Óculos de sol feminino e sua evolução através do tempo - Elaine Gaspareto- Dicas para blogs e inspirações para a vida

Óculos de sol feminino e sua evolução através do tempo

Publicado em 26/02/2021


Vem cá,  vamos papear um pouco sobre coisinhas "aleatórias", curiosidades interessantes e conhecimento simples que dão, a este blog, essa característica que eu gosto tanto que é ser tipo assim, um shopping com tudo dentro!

Vem, que hoje vamos papear sobre óculos de sol feminino, sua origem histórica e sua evolução ao longo do tempo.

Vem, prometo que será uma leitura simples e gostosa!



Historicamente falando os primeiros óculos de sol (muito diferentes, claro, do que conhecemos hoje em dia) podem ter surgido á época do Império Romano.

Há registros de que Nero, o imperador que incendiou Roma, usava uma esmeralda lapidada para filtrar a claridade quando ia assistir aos jogos dos gladiadores.

Também há registros ainda mais antigos de que os Inuítes (povo esquimó) usavam uma proteção feita de madeira e ossos com uma ranhura para proteger os olhos da claridade excessiva do sol quando incide na neve. Mais ou menos assim:



Apesar dessas possibilidades históricas fato é que os primeiros óculos com lentes escuras foi produzido em 1885.

A produção comercial, no entanto, só começou em 1929 por Sam Foster, dono da marca Foster Grant. Em 1936 Edwin H. Lane modernizou o design introduzindo a versão polarizada. 

Pronto! Fim da pequena introdução histórica.


Eu sou fascinada por esses detalhes históricos que mostram como acessórios evoluem e se modificam através dos tempos.

E a verdade é que óculos de sol são desses itens que, sozinhos, conseguem mudar completamente um look.

Começaram como algo funcional mas não demorou nadinha para virarem acessórios de moda e estilo.


Sim!

Depois do surgimento dos óculos com lentes escuras a escalada fashion foi intensa e fulminante.

E cada década teve seu queridinho, aquele estilo ou modelo que basta a gente bater o olho e já consegue relacionar com a sua década de auge e/ou surgimento.

As cores intensas dos anos 1980, os óculos redondos e com lentes coloridas dos anos 1970...

A década de 1950, por exemplo: nessa época os óculos no estilo cat eye conquistaram definitivamente as mulheres ao redor do mundo graças à sua popularização no cinema. Audrey usava...



Outro estilo muito popular, que ficou conhecido como big eye e trazia lentes enormes. Bem a cara dos anos 1960. Quando Jackie Kennedy usou a popularização foi instantânea:



Aliás, falando em óculos de sol feminino assim lindos e grandes, que dão esse ar de moça rycah me lembrei de um fato da minha meninice, lá no começo dos anos 1980...

Quando eu era bem novinha tive uma professora que eu achava o máximo da chiqueza

Ela era alta (ou eu que era pequena, 11 anos) e sempre se vestia da mesma maneira para dar aula: jeans, camiseta básica sem detalhe algum, sapatilhas da cor da camiseta e um lenço amarradinho no pescoço.

E, arrematando tudo, óculos de sol femininos grandes, que cobriam boa parte do rosto. Lindo, elegante e tão marcante que até hoje, passados mais de 35 anos, ainda lembro dela e dos óculos de sol dando aquele ar chique.


Aliada à lembrança dos óculos de sol ficou em mim o jeito que ela os tirava assim que pisava na sala de aula: não pelas hastes, mas segurando os óculos pelo meio, mão aberta. Achava demais, coisa de quem sabia como usar e como tirar...

Parece bobagem? 

Sim. Mas achava muito lindo e, pra usar um termo bem anos 2020: empoderador.

Aí gente... me deixa, sou assim mesmo, de lembranças e nostalgia...


Para a menininha daqueles anos 1980 os óculos de sol femininos eram novidade. A gente estava acostumado aos óculos unissex, daqueles vendidos na rua e mesmo esses eram distantes pra mim.

E ver uma mulher inteligente, que falava com a gente sobre livros e escritores (falei que essa minha professora dava aula de português?) e que, ainda por cima aparecia cada semana com um par de óculos cada vez mais incríveis era fascinante.


As camisetas coloridas combinando com as sapatilhas... O lencinho amarrado no pescoço, o perfume que preenchia a sala... tudo eu me lembro.

Mas o que mais eu me recordo, com uma nitidez impressionante, são os óculos de sol feminino, grandes e lindos, dando aquele ar de atriz de televisão de tão bonita que ela ficava...

Tão bonita, pra mim, quanto a palavra nostalgia...



Para encerrar, um lembrete que, infelizmente, é a cara da nossa época: alie seus óculos de sol à sua máscara.

Linda, protegendo a si e aos outros: isso sim é a cara da riqueza.

Não é?





3 comentários

  1. Bem interessante! Também gosto de fatos históricos!

    ResponderExcluir
  2. Elaine, Adorei o post, bem legal e interessante. Eu tenho um óculos de sol que adoro, que inclusive é a que estou na foto do perfil, tenho há anos.Todo verão tento comprar outro prá variar, mas nunca encontro um que me agrade de verdade.É muita inovação e eu sou mais básica.Bem lembrado usar o óculos com a máscara, protege mesmo. Meus filhos adolescentes usavam lentes de contato, antes do covid.Voltaram aos óculos de grau, por segurança. Comprei um produto aqui na Espanha, que não deixa embaçar as lentes e pronto.Besitos e tenha um linda semana

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Elaine. É muito bom ler você!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Deixe sua pergunta ou solicitação sempre nos comentários, eu infelizmente não tenho como responder pedidos de ajuda por email.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…