Empreendedor digital: como criar um negócio na internet - Elaine Gaspareto- Dicas para blogs e inspirações para a vida

Empreendedor digital: como criar um negócio na internet

Publicado em 09/02/2021

Empreendedorismo digital é simplesmente  criar um negócio que funcione na internet. Entenda esse cenário e como o ambiente digital pode ser um ótimo espaço para fazer negócios de sucesso.

Com a alta do mercado digital da internet, e o aumento expressivo de seus usuários nos últimos tempos, o espaço da web passou a não representar apenas um campo informacional, de diversão ou entretenimento, mas também uma possibilidade para negócios e isso cresce exponencialmente. Sendo assim,  com esse novo cenário surgiu, então, o empreendedorismo digital. A realidade de empreender na internet, muitas vezes fazendo o próprio horário e trabalhando para si mesmo, com a possibilidade real de um bom retorno financeiro, é o presente e o futuro dos negócios, à medida que o mundo se torna mais tecnologicamente dependente e globalmente conectado.

Contudo, grandes empresas físicas mudaram seus conceitos e passaram também a ter também lojas virtuais e, grandes negócios exclusivamente virtuais são exemplos de empreendedorismo digital, como Netshoes, Submarino e Amazon, empresas que surgiram dentro desse novo mercado e alcançaram grande relevância, concorrendo, inclusive, com lojas físicas de tradição. Surgiram, também, os marketplaces, grandes portais que reúnem vários estoques de grandes e pequenas lojas em um único lugar, como Walmart, Dafiti, Magazine Luíza e etc. A comodidade de comprar pela internet, sem sair de casa, ou mesmo estando em qualquer lugar onde haja acesso à rede, faz com que os negócios virtuais cresçam cada vez mais.

Estudos mostram que, até o ano de 2020, cerca de 50% das compras serão feitas online, por meio de smartphones, tablets e outros eletrônicos, ou seja, as lojas físicas não serão a primeira opção dos brasileiros. Atualmente, existem 58 milhões de consumidores online, ou seja, cerca de 27% da população brasileira.


Empreendedorismo digital: O que é?


Pode-se dizer que o empreendedorismo digital como o desenvolvimento de um modelo de negócios para oferecer um produto ou serviço diferenciado através de um meio digital gerando lucro. Há várias formas de colocar esse conceito em prática, mas as mais comuns são as duas seguintes: desenvolver um produto/serviço próprio e passar a comercializá-lo na internet, ou vender produtos de terceiros, através de um blog ou site. 

Nesse último formato, você se torna um afiliado de produtos que você vende. Os critérios de decisão com relação ao que será comercializado (tanto para um afiliado quanto para um desenvolvedor de produto próprio) são fatores determinantes para o sucesso do empreendimento digital.

Alguns exemplos de negócios digitais são: cursos online, e-commerces, blogs, canais do YouTube e soluções tecnológicas em geral.


Como ser um empreendedor digital?



O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) possui um material específico sobre negócios digitais e o arquivo traz informações relevantes quanto à escolha do nicho de mercado, ou seja, a decisão que determinará o que será vendido. O conteúdo traz, inclusive, um roteiro para guiar tal escolha. Esse é o passo inicial no empreendedorismo digital e, como já dito, é de extrema importância. Ter uma ideia na cabeça não é sinônimo de oportunidade de negócios. Verificar se o que se está planejando é viável, se há espaço, se existe um nicho de mercado para o produto/serviço que o empreendedor deseja comercializar, se há pessoas dispostas a pagar por esse produto ou serviço, são ações indispensáveis ao começar a empreender na internet.

Além de identificar se existe o espaço, é preciso averiguar se o mercado proporcionará vendas suficientes para render um lucro compensador diante do esforço empreendido no negócio. Se há possibilidades concretas de mercado e lucro, então existe uma oportunidade de negócio. Se não, o empreendedor precisa retroceder, talvez adaptar a ideia, pesquisar e estudar mais, repensar, inovar, para então investir.

Outro fator extremamente importante na escolha do nicho de mercado é ter afinidade com o setor. Escolher esse ou aquele mercado visando apenas ou principalmente o retorno financeiro é um grande erro. Se o empreendedor tem paixão pela sua ideia e se ele conhece a área que escolheu, tem mais chances de sucesso, como acontece com qualquer empreendimento. Conhecimento, portanto, da área com a qual se quer trabalhar e sobre o empreendedorismo digital e como ele funciona, são os termômetros finais na decisão do empreendedor quanto a colocar em prática ou não a sua ideia.


Empreendedor digital: passo a passo para começar



Por mais planejado que esteja o seu negócio, somente a prática e a vivência do dia a dia é que vão colocar tudo nos eixos, até que o negócio engrene. Mesmo assim, algumas dicas são básicas e precisam ser seguidas:

  1. Se planeje financeiramente;
  2. Identifique seus pontos fortes e fracos. Faça a análise SWOT;
  3. Defina bem seu nicho e público alvo;
  4. Analise seus concorrentes e o mercado;
  5. Escolha um domínio para comprar, será o seu endereço na web;
  6. Divulgue seu produto;
  7. Estude qual rede social tem a ver com a sua audiência e público;
  8. Crie conteúdo – marketing de conteúdo;
  9. Mantenha relacionamento com o seu consumidor;

Como ter sucesso com o empreendedorismo digital?



Pode parecer óbvio, mas não custa lembrar que um forte interesse pelo mundo virtual é bastante desejável ao investir em um empreendimento digital. Isso porque o negócio exigirá que o empreendedor esteja conectado durante grande parte do seu dia e, se ele não se sentir confortável com isso, ao longo do tempo, essa dificuldade pesará. O envolvimento com redes sociais também é essencial para promover o negócio.

O empreendedorismo digital está intimamente ligado ao marketing digital, e compreender isso é essencial para quem deseja se aventurar em negócios do mundo virtual. Algumas dicas para quem quer ter sucesso com o empreendedorismo digital:

1 - Grave vídeos
O conteúdo em vídeo atrai bastante gente, mesmo que seja uma dificuldade de início, insista e logo se tornará natural;

2 - Autoridade
Tenha convicção do que fala. É importante ter autoridade no assunto para ganhar credibilidade do público;

3 - Busque audiência
Você precisa de pessoas te assistindo, lendo seus posts e alcançando cada vez mais público, só assim vai aumentar seu tráfego e começar a monetizar;

4 - Seja afiliado
Se você não quer criar um produto digital, você pode ser um afiliado e vender produtos de outras pessoas e ganhar comissão por isso, via plataforma;

5 - Seja motivado
Descubra formas de se motivar todos os dias. Somente com energia focada o sucesso vai chegar. Pratique resiliência;

6 - Estude as redes sociais
Facebook, Instagram, Linkedin, Youtube, Whatsapp, Twitter, Pinterest… elas são as grandes aliadas e alavancadoras do mercado digital, estude cada uma delas para usá-las ao seu favor, da maneira mais eficaz possível;

7 – Mentoria para gestão de negócios
Mentoria negócios voltada para empreendedores que objetivam entender mais sobre mundo dos negócios e gestão. Nesse caso, o mentor auxiliará com orientações/sugestões e compartilhamentos de ações e estratégias que podem alavancar os resultados do negócio.


Ideias de Empreendedorismo Digital





Quer começar e não tem ideia? Empreender no mundo digital têm muitas vantagens, e você pode testar o que mais vai dar certo com você, suas preferências pessoais, estilo de vida e etc. Há uma variedade enorme de coisas que podem ser realizadas. Como já foi dito, você pode criar um infoproduto ou vender um que já exista. São duas formas de empreendedorismo digital. Vamos a algumas dicas práticas que podem ser um pontapé inicial:

  1. E-book – crie um produto digital de dicas menos complexas, como por exemplo, de confeitaria simples, de cuidados com pets, de dicas de estudo e comece a vender em plataformas de afiliados. Infoprodutos demandam pouco investimento e podem dar um ótimo retorno;
  2. Crie um aplicativo – se você tem mais experiência com programação, é um excelente negócio! Veja que área tem mais autoridade e crie algo que resolva o problema das pessoas;
  3. Cursos curtos e práticos de redação, educação financeira, básicos de word, excel, de instagram;
  4. Crie um blog de um nicho específico, crie muito conteúdo, com isso vai gerar engajamento e audiência e aí, pode iniciar vendendo produtos do nicho escolhido;
  5. Consultoria – se você tem conhecimento o bastante em determinada área, crie uma consultoria digital e procure clientes no ramo.
É um mar de oportunidades, o empreendedorismo digital é ilimitado. O que você precisa, é organizar a cabeça e definir em que gostaria de iniciar seu projeto na internet. Porque somente com foco as coisas vão caminhar. Existem muitos casos de sucesso e o próximo pode ser o seu! Espaço tem, busque o seu nesse oceano azul e desenvolva o seu negócio!

Aproveite todo o potencial do seu negócio com a mentoria de negócios e atinja resultados maiores no mercado.




2 comentários

  1. Muito oportuno este post, Elaine! Eu empreendo digitalmente há anos e é ótimo. Acho que essa tendência veio para ficar e agora ainda mais por causa da pandemia. Os negócios digitais estão com tudo! Adorei as informações.

    beijossssss

    ResponderExcluir
  2. Olá tudo bem Eliane Gaspareto,VENDA QUALQUER PRODUTO OU SERVIÇO NA INTERNET PARA QUALQUER PESSOA, SEJA A ENTREGA ON-LINE OU OFF-LINE  
    Vire uma máquina de vendas AUTOMÁTICAS e fature muito mais.

    Acesse o site e aproveite :)

    http://bit.ly/Cursocompletocomunidadesuporte

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Deixe sua pergunta ou solicitação sempre nos comentários, eu infelizmente não tenho como responder pedidos de ajuda por email.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…