Sex shop - Renda extra explorando o mercado erótico - Elaine Gaspareto- Dicas para blogs e inspirações para a vida

Sex shop - Renda extra explorando o mercado erótico

Publicado em 26/10/2019

 loja de sex shop
Se você nasceu em meados dos anos 1970, ou 1980 com certeza se lembra da época em que loja de sex shop era coisa rara de se ver. Portinhas pequenas meio camufladas, o mais discreta possível, algumas até com fachadas falsas para não melindrar a clientela.

E essa clientela era, majoritariamente, masculina. Raras eram as mulheres que entravam numa sex shop, e quando o faziam era assim meio escondido, envergonhadas, quase uma contravenção.

E, na maioria dos casos a visita tinha o objetivo de comprar aquela lingerie especial, de fetiche. Brinquedos eróticos? Não. Quase nunca. Mas isso ficou, definitivamente, no passado.
Ainda bem!

Hoje o público-alvo das sex shop é (finalmente!) a mulher comum, como eu e você. Não apenas a mulher super-sexy, nem apenas a profissional do sexo, mas mulheres comuns, casadas de longa data, recém casadas, recém separadas, solteiras... mulheres de todo jeito, de toda classe social, de várias idades (de muitos amores...).

Mulheres (e homens, claro) que sentem curiosidade, que querem inovar, apimentar a relação, que desejam explorar a própria sexualidade, ou que já são consumidores dos produtos geralmente encontrados em sex shops.

E ainda bem que é assim, ainda bem que o mundo muda, que nós, mulheres, mudamos também e vamos, cada vez mais, deixando antigos tabus de lado. Conhecer o próprio corpo, o próprio ritmo, os próprios desejos e vontades. E buscando viver livres e felizes com quem somos. Como somos.

E, como eu disse, ainda bem que é assim. Já era tempo, né? Mudamos nós, as mulheres, mudou o mundo e mudaram também as sex shops. Se antigamente elas eram redutos de apetrechos sexuais e lingeries-fantasia hoje em dia o cenário é bem outro!


Hoje em dia, além dos tradicionais brinquedinhos sexuais, fantasias, géis e todo tipo de apetrecho erótico, qualquer sex shop mais antenada vai oferecer roupa íntima, camisolas e lingeries maravilhindas, bijuterias, make e cosméticos (sim!) e, acredite, até jogos!

E quando falo em sex shop não me refiro apenas às lojas físicas! Dê uma olhada rápida no Instagram e você vai encontrar muitas sex shops virtuais! Uma pesquisa rápida no Google vai exibir muitas dessas lojas. Inclusive empresas que oferecem oportunidade de revenda, com preços de atacado!

Sabe o que isso significa?
Que qualquer pessoa pode gerar renda extra surfando na onda das sex shops online!
Nunca pensou nisso?
Pois pense!

Sex shop - Renda extra explorando o mercado erótico
Dá pra montar sua sex shop online, manter estoque baixo trabalhando sob demanda, investir basicamente em marketing online usando sua rede de contatos e o melhor: sem sair de casa, podendo conciliar com sua atividade atual.

Renda extra, miga!
Já pensou?
Não?
Nunca?
Nem conhece uma sex shop?
Oxente, bora mudar isso, uai (misturei sotaques, né? rsrsrs)

Faça uma experiência, pesquise sobre sex shop, conheça uma caso nunca tenha se aventurado.
Você vai descobrir que aquela imagem antiga não condiz mais com a realidade.
Bem longe está o tempo que gerenciar uma sex shop era quase um segredo...
Hoje pode ser um negócio muito rentável, ainda que aliado à discrição.

Troque uma ideia com suas amigas, faça uma sondagem em suas redes sociais. Caso sinta-se mais confortável comece oferecendo lingeries diferenciadas, fantasias, produtinhos mais "lúdicos", cosméticos, roupa íntima... Com o tempo você amplia seu negócio online, e de repente começa até uma sex shop física...

Quem sabe não está aí um nicho que você pode explorar e conseguir gerar uma graninha extra?
Seria demais, né? E, de quebra, ainda se divertir...
#quemnunca?










5 comentários

  1. Oi Elaine, como andam as coisas? Espero que bem na medida do possível.
    A erotização nas relações são bem-vindas, o complicado é ter um parceiro/a que no dia a dia estejam sintonizados para quando o momento de intimidade chegar. O bom mesmo é namorar, morando juntos a intimidade com qualidade é para poucos esforçados na relação como um todo. Só acho e to fora do mercado hehehe.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dalva, estão na mesma só que bem piores.
      Assim que der vou dar notícias, infelizmente nenhuma boa...

      Erotização é bom. Houve um tempo em que eu não pensava assim mas viva! a gente vive e muda, ainda bem!
      Né?

      PS: volta pro mercado, muié rsrsrsrsr

      Excluir
    2. ...certamente não está sendo fácil...

      Dou conta mais não! rs

      Excluir
  2. Infelizmente a realidade de hoje é outra, hoje em dia está tudo mudado até no momento de prazer.

    Meu Blog: Dicas Online

    ResponderExcluir
  3. Olha, sabe que eu nunca tinha pensado nisso? Já até me imaginei navegando no insta de alguma amiga empreendedora e recebendo brinquedinhos em casa rsrsrs. Quem sabe a empreendedora nesse caso não poderia ser eu mesma, hehehehe (http://www.mundodalilica.com)

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Deixe sua pergunta ou solicitação sempre nos comentários, eu infelizmente não tenho como responder pedidos de ajuda por email.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…