5 Filmes clássicos para ver de graça no Youtube - Elaine Gaspareto- Dicas para blogs e inspirações para a vida

5 Filmes clássicos para ver de graça no Youtube

Publicado em 04/10/2019

Além da Netflix, dos canais pagos e da infinidade de sites que oferecem filmes e séries para ver online tem uma opção que gosto muito e que tenho usado bastante, especialmente para ver filmes antigos, clássicos.
E quando falo antigos são antigos mesmo, décadas de 1930, 1940, 1950, etc...
São obras que a gente não encontra em outros lugares, coisas maravilhosas para ver, recortes de uma época do cinema que a gente não viveu, mas ama...
Hoje separei para indicar 5 filmes clássicos, lindos demais, pra ver de graça no Youtube.
Vem!


Sissi, a Imperatriz


Caso você não conheça a história ao mesmo tempo trágica e bela da imperatriz da Áustria vale a leitura desse resumo, simples e muito didático:


O filme na verdade é uma trilogia.
Separados como estão dá pra ver um pouco por vez.
Acredite em mim, é lindo, Romy Schneider é a própria definição de beleza e está incrível no papel principal.
Embora não seja fiel à história real a trilogia é mais do que indicada.
Entretenimento direto dos anos 1956...







O corcunda de Notre Dame


O corcunda de Notre Dame
Quem não conhece a triste e comovente saga do Quasímodo e sua amizade com a cigana Esmeralda aos pés da Notre Dame?
Há outras versões da história clássica, mas separei esta, de 1939 com Charles Laughton e Maureem O'Hara.
Uma preciosidade!



1984 de George Orwell - Filme de 1956

1984 de George Orwell - Filme de 1956
O romance 1984, do escritor britânico George Orwell, é uma distopia escrita em 1949 que projeta como seria a vida no futuro distante de 1984.
Se você não conhece a obra sugiro essa resenha, com link para baixar o pdf do livro, caso queira.
Imperdível!


Sinopse:
O filme é uma adaptação do famoso livro e considerada uma versão mais fiel à obra.
Depois da guerra atômica, o mundo foi dividido em três estados e Londres é a capital da Oceania, dominada por um partido que tem total controle sobre todos os cidadãos. 
Winston Smith é um humilde funcionário do Partido e comete o atrevimento de se apaixonar por Julia, numa sociedade totalitária onde as emoções são consideradas ilegais. 
Eles tentam escapar dos olhos e dos ouvidos do Big Brother (Grande Irmão) , sabendo das dificuldades que teriam que enfrentar.

Ficha técnica:
Data de lançamento 1956 
Duração: 1h 30min
Direção: Michael Anderson
Elenco: Edmond O'Brien, Jan Sterling, Michael Redgrave 


E Deus criou a mulher


E Deus criou a mulher
Sinopse:
Década de 1950, Saint Tropez. Juliete Christiane Hardy (Brigitte Bardot) é uma jovem órfã com um comportamento bem liberal, que é marginalizada pela sociedade local. Ela é desejada por um milionário, Eric Carradine (Curd Jürgens), mas se sente atraída por um homem da região, Antoine Tardieu (Georges Poujouly).
Entretanto, ela acaba se casando com o irmão deste, Michel André Tardieu (Jean-Louis Trintignant).

Lendo apenas o resumo não dá pra perceber o furação que foi E Deus criou a mulher.
Simplesmente catapultou Brigitte Bardott ao posto de símbolo sexual de toda uma era.
Pense numa lindeza:

Título original: Et Dieu... créa la femme
Ano de produção: 1956
Elenco: Brigitte Bardot, Curd Jürgens, Georges Poujouly



Cinderela em Paris


Sinopse:
Um famoso fotógrafo de modas, Dick Avery (Fred Astaire), trabalha para a Quality Magazine, uma conceituada revista feminina.
Dick cumpre as determinações da editora da revista, Maggie Prescott (Kay Thompson), que não está satisfeita com os últimos resultados e tenta encontrar um "novo rosto".
Dick o acha em Jo Stockton (Audrey Hepburn), uma balconista de uma livraria no Greenwich Village onde um ensaio fotográfico ocorrera recentemente.
Após certa resistência, Maggie aceita Jo como a modelo que irá à Paris para fotografar e ser o símbolo da Quality.
Jo só concorda pois lá poderá conhecer Emile Flostre (Michel Auclair), um intelectual cujas idéias ela idolatra.
Entretanto, ao chegarem em Paris as coisas não correm como o planejado.

Além da delícia que é o filme fique de olho no figurino.
Esse filme, inclusive, foi o que fez grudar em Audrey a marca de ícone fashion.
Também, pudera... é muita beleza junta, as roupas e Audrey...

Ficha técnica:
Duração: 103 minutos
Direção: Stanley Donen
Título original: Funny Face
Ano:1957
Elenco: Audrey Hepburn, Fred Astaire


Gostou?
É diversão grátis para o fim de semana todinho, né?
Ou para aquela noite em casa... um mergulho em décadas passadas...
Enjoy!





4 comentários

  1. Nossa, não sabia que esses filmes antigos estavam no youtube! Vou procurar alguns que ando querendo assistir faz tempo!

    cobaiaamiga.com

    ResponderExcluir
  2. Adoro clássicos, nos fazem viajar no tempo, sou do tipo que reparo na fotografia, no figurino, no código de leis da epóca, no comportamento, na musica, etc....
    Grata pelas dicas!
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Oi Elaine, adorei as indicações! Tinha visto e durante a semana assisti 1984, é sensacional, já tinha lido o livro 2 vezes, mas o filme também é bacana, sem contar que é de 56...o visual da perspectiva de tecnologia passava longe, na verdade acho que até em 1984 mesmo qdo o livro foi relançado não se imaginaria o salto que demos em tecnologia.
    Que tema atual, incrível com tanta tecnologia e as pessoas ainda são convencidas de que 2+2 são 5...
    Espero que esteja bem na medida do possível, abraço!

    ResponderExcluir
  4. Ai, que delícia, Elaine! Eu adoro filmes antigos, acho que tem uma aura como nenhum outro tem, eram mais glamourosos...não sei explicar. Já tinha colocado 1984 na minha lista. Já vi Sissi, realmente é maravilhoso. Já vi o Corcunda de Notre Dame também, emocionante...os outros vão pra minha lista com certeza. bjossss

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Deixe sua pergunta ou solicitação sempre nos comentários, eu infelizmente não tenho como responder pedidos de ajuda por email.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…