Costela na panela de pressão- sem água, saborosa demais! - Elaine Gaspareto- Dicas para blogs e inspirações para a vida

Costela na panela de pressão- sem água, saborosa demais!

Publicado em 08/05/2019

Costela na panela de pressão- sem água, saborosa demais!
Eu já vi algumas vezes essa receita de costela feita na panela de pressão, sem nada de água, só com cebola e alguns poucos temperos.
Nunca levei muita fé; sempre achei que a carne não cozinharia, que sem água ia grudar tudo no fundo, e pior: a panela, sem ter vapor para soltar, ia explodir e bá-bau panela, carne, fogão.
Mas sabe como é... a curiosidade foi maior que o temor e resolvi testar.
E, olha, dá muito certo. Fica perfeita, saborosa demais, preparo mais rápido, e não, a panela não explodiu.
Vem comigo que vou te contar exatamente como eu fiz, experiência pessoal mesmo, em primeira mão!

Costela de panela de pressão- modo de fazer


Ingredientes:
1 quilo e meio (mais ou menos) de costela bovina;
4 cebolas grandes fatiadas (não precisa ser fatia fina não);
suco de limão (uns 2 limões grandes, vai de gosto);
sal;
pimenta do reino;
cúrcuma, páprica picante, etc... (temperos que você gostar);
2 tomates grandes picados grosseiramente (é opcional, mas faz diferença, dá cor ao molho que fica após o preparo);
cheiro verde picada (opcional também);
mandioca cozida em água e sal pra acompanhar (faz, esse molho com a mandioca é de comer agradecendo a Deus!)

Modo de fazer:
Tempere a carne como você está acostumado/acostumada.
Eu não usei alho, mas se gostar, use.
Nesse dia temperei com sal, cúrcuma, páprica picante defumada e suco de limão.
Deixe marinando ao menos por meia hora.
Pique as cebolas (tem que ser cebola grande, não economize, tá?) e os tomates.

Na panela de pressão (a minha é normal, 4 litros de capacidade) coloque uma camada farta de cebola.
Acomode a costela sobre as cebolas, espalhe um pouco do tomate.
Repita: cebolas, mais carne, e tomate.
Tampe a panela e leve ao fogo.
Assim que pegar pressão conte 20 minutos.
Se forem pedaços maiores de costela aumente um pouco o tempo.
Passados os 20 minutos desligue o fogo e deixe a pressão sair sozinha.

Assim que a pressão sair abra a panela e confira se a carne está bem macia e cozida.
Você verá que há muito líquido na panela, um molho bem saboroso.
Se sentir necessidade de cozinhar mais um pouco volte ao fogo, com a panela tampada, por mais 10 minutos, mais ou menos.
Aqui em casa não precisou.

Costela na panela de pressão
Caso a costela esteja macia e você queira encorpar um pouco o molho leve a panela destampada ao fogo e deixe ferver um pouco para engrossar.
Finalize salpicando cheiro verde a gosto.
Aí, meu bem, é só aproveitar!
Fica uma delícia, a panela não explode, não gruda nada no fundo, não fica sem gosto e não precisa refogar a carne antes de cozinhar.
Aqui em casa, agora, costela só faço assim.
Faz aí e me diz!

Quer imprimir a receita?
 Clique no botão verdinho abaixo, selecione o trecho que quer imprimir (ou salvar em pdf) e aproveite!

Print Friendly and PDF





3 comentários

  1. Querida profê, esse tutorial de costela me fez salivar, e olha que faz anos que não como carne. Adoro receitas simples e rápidas. Vou mandar para meu irmão, o cara é metido a chef.....rsrs
    Muita Luz e Paz!
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Elaine, adoro costela e assim como você, só há pouco tempo fiz assim sem água no cozimento, adorei, com mandioca então...perfeito para as noites frias.
    Pode servir meu pratinho que aceito! :D
    Abraço!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Deixe sua pergunta ou solicitação sempre nos comentários, eu infelizmente não tenho como responder pedidos de ajuda por email.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…