Veja o filme e leia o livro: O Testamento- by Nora Roberts - Elaine Gaspareto- Dicas para blogs e inspirações para a vida

Veja o filme e leia o livro: O Testamento- by Nora Roberts

Publicado em 15/03/2019

Veja o filme e leia o livro: O Testamento- by Nora Roberts
Ando passando bastante tempo no Youtube, vendo filmes antigos que a gente não encontra facilmente em serviços de streaming, por exemplo. Já fiz um post aqui no blog indicando 5 filmes bons para ver de graça no Youtube.
Tem uma variedade grande de filmes lá, uns muito bons (clássicos, principalmente), outros bem ruins, mas a maioria é daquele tipo de filme entretenimento mesmo, leve e sem nenhum compromisso ou pretensão.

E é justamente um filme assim que trago hoje como indicação nessa nova sub-categoria que inicio hoje no blog: Veja o filme e leia o livro.
Serão dicas/indicações de filmes que têm como base algum livro; sempre que possível trarei o link para ver o filme e, ocasionalmente, um link para baixar o livro caso ele esteja disponível na rede.

O Testamento- Nora Roberts


Esse é o caso de O testamento, filme de 2007 baseado no livro Montana Sky, da Nora Roberts, centésima obra da autora, lançado em 1997.
Vamos papear?

Sobre o livro:

A morte de Jack Mercy, homem que notabilizou-se por fazer mais inimigos ao longo da vida do que qualquer outra coisa, provoca um impasse para suas três filhas, cada qual de um casamento e totalmente estranhas entre si. Jack deixa expresso em testamento uma condição para que elas possam receber a herança que cabe a cada uma: Willa, Lily e Tess serão obrigadas a viver sob o mesmo teto, como uma autêntica família, na Fazenda Mercy. Isolada, bonita e misteriosamente violenta, a fazenda tornar-se-á palco de ressentimentos, crimes, amor, surpresas e angústias para as três herdeiras. O grande desafio para essas três mulheres será deixar a amargura de lado e conviver em harmonia.
Eu ainda não li o livro, por isso deixo aqui uma resenha bem boa do blog Et Coetra:


Mas eu vi o filme e gostei bastante. Não é uma obra prima, mas distrai, é leve apesar do suspense, e tem boas atuações.


Uma das irmãs é interpretada pela atriz Charlotte Ross, que faz a mãe da Felicity Smoak na série Arrow (e a mãe da Quinn Fabray em Glee, lembrei agora).
E eu fiquei lá, igual boba, pensando: olha a Donna Smoak, que jovenzinha...

E tem John Corbett, que é uma figura bem interessante da gente ver, né?
Gostei demais do personagem e do par dele com a Willa, personagem de Ashley Williams:


Em geral eu prefiro o contrário, ler primeiro e ver depois, mas nesse caso acho que foi bom pois não sou muito familiarizada com o universo de Nora Roberts (embora tenha vários livros dela aqui em casa, não lidos, ainda).


Sobre o filme:
Ano de Produção: 2007
País de origem: EUA
Gênero: Suspense
Duração: 95min
Direção: Mike Robe
Elenco: John Corbett, Ashley Williams, Charlotte Ross, Laura Mennell
Sinopse:
Jack Mercy morre e deixa sua propriedade para as três filhas, meias-irmãs que sequer se conhecem. No entanto, a condição para receber a herança é que vivam juntas por um ano. Elas aceitam o desafio sem imaginar que um inimigo ameaça destruí-las.
Ficou interessado?
Vai por mim, é bem legal e divertido, distrai. E abstrai, o que tem sido bem necessário nesses tempos difíceis...

Leia o livro:

Ler ou baixar o livro


Veja o filme:






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Deixe sua pergunta ou solicitação sempre nos comentários, eu infelizmente não tenho como responder pedidos de ajuda por email.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…