Aquaman: o filme feliz da DC Comics - Elaine Gaspareto- Dicas para blogs e inspirações para a vida

Aquaman: o filme feliz da DC Comics

Publicado em 09/01/2019

Tempo de leitura:

Em Mulher Maravilha, filme de 2017 com Gal Gadot que inclusive comentei aqui no blog eu digo que há uma cena, quando Diana sai do bunker e enfrenta, na Terra de Ninguém, os tiros dos inimigos alemães que, pra mim representa o momento exato do nascimento da Mulher Maravilha.
Eu choro toda vez que vejo a cena, há um simbolismo ali que é muito forte pra mim, mulher que cresceu vendo homens como heróis.

Mas por que estou falando de Mulher Maravilha se o post é sobre o Aquaman?
Simples. Em Aquaman há um momento assim, que pra mim simbolizou o nascimento do Aquaman.
Não é com o Jason Momoa (lindo, excelente no papel, o Aquaman definitivo sem dúvida alguma) mas com um dos atores mirins que interpretam o personagem ao longo do filme.
Essa cena:

O ator mirim é muito parecido com Momoa, a cena é perfeita. Pra mim, ali nasceu o Aquaman!
Eu amei o filme.


Amei tudo, a estética exagerada e "brega", as cores fortes, a levada meio anos 1980 que o filme tem, o humor nem um pouco forçado...
Amei Nicole Kidman, a maravilhosa Mera de Amber Heard (que merece demais o sucesso depois de tudo que denunciou de Jhonny Deep), a direção de James Wan é brilhante e inspirada, o roteiro praticamente sem furos e Atlântida...
Que imagens incríveis, que coisa linda!

Até o meio-irmão (meio Loki) do Aquaman eu gostei, um vilão que beira o caricato, até sorriso de vilão ele tem. Patrick Wilson sempre bem...
O vilão "secundário" é Arraia Negra, e olha, entendi as motivações dele.
Sério, não é sempre que eu entendo um vilão... mas esse eu entendi.
Lembro de ter pensado na cena com o pai dele e o Aquaman no submarino: Superman não faria isso...

Confira a sinopse:
Do diretor James Wan, chega uma aventura cheia de ação que se alastra pelo vasto e visualmente belo mundo subaquático dos sete mares, ‘Aquaman’, estrelando Jason Momoa no título. O filme revela a história de origem do meio-humano, meio-atlante Arthur Curry e o leva para a jornada de sua vida – uma que fará não apenas que ele encare quem ele realmente é, mas descubra se ele é digno de se tornar quem ele nasceu para ser… um rei

Elenco:
Jason Momoa como Arthur Curry / Aquaman
Amber Heard como Mera
Yahya Abdul-Mateen II como David Kane / Arraia Negra
Willem Dafoe como Nuidis Vulko
Dolph Lundgren como Nereus
Patrick Wilson como Orm Marius / Mestre do Oceano
Temuera Morrison como Thomas Curry
Nicole Kidman como Atlanna
Vou te contar uns spoilers do filme, não abra se não quiser ler, ok?


 Mera e Arthur não são o casal-padrão. Não são fofos, mas seguem aquele roteiro bem clichê dos filmes românticos, sabe? Mocinha encontra mocinho, se estranham, ela desdenha dele, mas se apaixona e no fim as diferenças somem num beijo apaixonado.
Pois bem, o roteirinho até que é esse, mas é tudo meio irônico, como se o filme tirasse sarro de si mesmo,até o único beijo do casal é meio zoado.
Bonitinho, mas romance não é o que move  a princesa Y’mera Xebellian.
Ela é co-protagonista do filme, não haveria Aquaman sem ela, tanto pelo peso dela como personagem, quanto pelas ações dela dentro da trama.
Na batalha contra Orm ela salva o Arthur. Se não fosse isso, nem teria filme.
Ela é demais!

Aquaman usa uniforme verde e amarelo, brilhante, berrante, com escamas!
Ele aparece vestido assim após conseguir o tridente do rei Atlan, um tridente místico poderoso.
Sim, é brega.
Sim, é lindo e faz um efeito visual incrível!
Não chega a ser um spoiller, mas né...

E como eu falei no começo, na cena em que o pai do Arraia Negra morre eu pensei: nem Oliver Queem, faria isso.
Aquaman, que frio você... ganhou um baita inimigo por conta de uma ação. Até reconhece isso mais para o final, mas daí a merd@ já tava feita...

Nicole Kidman como Rainha Atlanna
 A rainha Atlanna não envelhece.
Sério, nem no filme Nicole envelhece.
O pai do Arthur envelhece normalmente, a rainha não.
E não, ela não aparece muito, só no primeiro e último ato.
Nem é spoiller, mas queria dizer que sim, ela não morre e reaparece no fim com um inexplicável vestido de rainha, meio do nada...
Tá, parei :)

Fim dos spoilers, tá?
Veja o trailer estendido do filme:

Como eu disse no título do post achei Aquaman um filme feliz, em todos os sentidos: feliz na concepção, feliz na realização e feliz no resultado.
Saí do cinema feliz, leve, um filme divertido e que não te deixa meditativo nem encucado.
Um filme feliz.
Tá bom, né?
Filme Aquaman- DC Comics






3 comentários:

  1. Amei. E tbm achei um filme superleve. E super feliz. Saí do cinema querendo entrar pra ver de novo. Achei as cores da roupa superbrega tbm, mas bem agradável a visão que deu.

    ResponderExcluir
  2. Eu amei muito o filme.
    Achei tudo perfeito.
    Tanto que vi 2 vezes, uma dublado e outra legendada.

    ResponderExcluir
  3. Eu saí do cinema querendo mais... Vontade de pedir pra voltar ao começo do filme e ver de novo!!!
    Para mim é o MELHOR FILME DA DC, sem sombra de dúvida.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…