5 séries baseadas em personagens da DC Comics para ver na Netflix - * Blog Elaine Gaspareto *

5 séries baseadas em personagens da DC Comics para ver na Netflix

Publicado em 31/10/2018

Tempo de leitura:

Sim, eu assisto séries de super heróis. Sim, eu vejo filmes de super heróis. Sim, eu tive infância mas sou apaixonada pela cultura pop vinda das HQ's, gosto do tema, não tenho preferencia entre Marvel ou DC e assisto inclusive as séries animadas tipo Liga da Justiça.

E o post de hoje é justamente sobre séries, mas em live action. Estão na Netflix (ao menos até o momento em que escrevo), com todas as temporadas já exibidas, então dá pra maratonar com calma.
Vem cá, cata essas indicações e algumas curiosidades de cada série!

Séries baseadas em personagens DC Comics pra ver na Netflix


5- Arrow
Lançado em 2012, Arrow conta a história de origem do herói Arqueiro Verde alter-ego de Oliver Jonas Queen (interpretado por Stephen Amell).
Personagem da DC Comics, o Arqueiro Verde foi criado por Mort Weisinger e George Papp e apareceu pela primeira vez no quadrinho More Fun Comics #73 de 1941.

Arrow apresentou inúmeros outros personagens conhecidos das HQ's, como por exemplo a Caçadora, o Pistoleiro e o Exterminador.
Arrow abriu portas para outras produções da The CW em parceria com a DC Comics, formando o Arrowverse.

Por que eu recomendo a série: 
Embora seja, obviamente, uma obra de ficção, Arrow se conecta muito bem com a realidade.Na primeira temporada, por exemplo, o vilão tem um projeto de "salvar" a cidade destruindo o bairro mais pobre e com maior índice de criminalidade da cidade, o Glades.
Imagina que louco alguém sugerir destruir (ou metralhar) um bairro inteiro, matando todo mundo, só pra tornar a cidade mais segura? Tipo assim, metralhar uma favela, já pensou?
Vilões pensam, alguns políticos brasileiros chegam a dizer...

Informações técnicas:
6 temporadas completas na Netflix, e a 7ª está em exibição na tv a cabo.
Cada temporada tem em média 23 episódios, com cerca de 42 minutos cada episódio.


4- The Flash
The Flash estreou na The CW em 2014 e ruma para sua quinta temporada. Baseada no personagem dos quadrinhos criado por Gardner Fox e Harry Lampert – e que teve sua estreia na HQ Flash Comics #1, da DC Comics, em 1940 -, a série conta a história de Barry Allen (Grant Gustin) um cientista brilhante que trabalha no Departamento de Polícia de Central City.
Barry testemunhou, quando jovem, o assassinato de sua mãe, acontecimento que incriminou seu pai – injustamente. 14 anos após o ocorrido, uma explosão na cidade traz consequências inimagináveis, proporcionando a Barry poderes meta humanos.

The Flash é muito mais leve e divertida que Arrow.
Tem personagens muito legais, o clima em geral é leve e inclui até algumas piadas. E muitas citações e referencias geek, especialmente nas falas de Cisco, meu personagem preferido!

Por que recomendo a série:
É leve, solar, e mesmo nos momentos mais tristes, onde tudo é tenso e dolorido (na temporada de Zoom, por exemplo) ainda assim valores como família, amizade, confiança e lealdade são enaltecidos e valorizados.
A estória de Barry é inspiradora, Grant Gustin é uma coisa fofa como Flash, e ainda tem personagens famosos da DC que aparecem em muitos episódios.
A gente se diverte, se emociona... vale a pena!

Informações técnicas:
The Flash tem 4 temporadas completas na Netflix e a 5ª já está sendo exibida na tv a cabo.
Cada temporada possui 23 episódios, com 41 minutos de exibição cada.


3- Supergil
Série criada originalmente para o canal CBS, mas posteriormente adquirida pela The CW, Supergirl é mais uma das séries baseadas em personagens da DC Comics que faz parte do Arrowverse.

Supergirl apresenta a história de  Kara Zor-El/Kara Danvers (Melissa Benoist), prima de Kal-El/Superman/Clark Kent.
Mais poderosa do que o próprio Superman, Supergirl teve sua primeira aparição no quadrinho Action Comics #252 de 1959.

Graças a popularidade da série há boatos que sugerem que a Warner está trabalhando em um filme da super-heroína.

Por que eu recomendo a série:
Recomendo demais, por muitos motivos!
Supergirl tem as melhores personagens femininas do mundo das séries.
Não só a protagonista, mas todas as outras: Alex (irmã de criação de Kara), Lena Luthor (irmã de Lex, sim, ele mesmo), outras mulheres badass que vão aparecendo ao longo da série, e a minha preferida: Cat Grant, vivida na 1ª temporada pela maravilhosa Calista Flockhart.

Cat Grant tem as melhores falas da primeira temporada, é ela quem dá nome a Supergirl em uma cena memorável: enquanto Kara questiona o motivo de tê-la nomeado como Supergirl, com medo de que a heroína seja minimizada por conta do “girl” em seu nome, Cat é simplesmente incrível ao ressaltar que não, não há o menor problema em ser vista como uma garota.

Kara: Supergirl? Não podemos chamá-la assim! Desculpe, só acho que não devemos minimizar a importância disso, de uma super-heroína! Não deveríamos chamá-la de Superwoman? Se nós a chamarmos de Supergirl, algo menor do que ela é, isso não nos faz culpadas de sermos anti-feministas?
Cat: O que há de tão ruim sobre ser uma garota? Eu sou uma garota, e sua chefe e poderosa e rica e gostosa e inteligente. Então se você encara a Supergirl como qualquer coisa menos do que excelente, o real problema não seria… você?

Gosto tanto dela, que concordo com esse texto que a chama de "a verdadeira garota de aço", de onde retirei esse quote acima.

Informações técnicas:
Supergirl tem 3 temporadas completas na Netflix e a próxima já está sendo exibida na CW.
Cada temporada possui 23 episódios (menos a primeira, que tem 20 episódios) e 42 mintos de tela


2- Legends of tomorrow
A série DC’s Legends of Tomorrow é um spin-off das séries Arrow e Flash e baseadas em personagens da DC Comics.
Legends of Tomorrow conta a história de um grupo de heróis e vilões montado por Rip Hunter (Arthur Darvill) para impedir uma ameaça que pode exterminar a terra no futuro (o vilão Savage).

A premissa da série (na 1ª temporada) é a seguinte:
Rip Hunter, um Mestre do Tempo do ano de 2166, viaja 150 anos no passado e seleciona um time de heróis e bandidos para confrontar e derrotar Vandal Savage, um homem imortal que está prestes a conquistar o mundo e destruir a humanidade, causando caos total na Terra. Juntos como um time, eles abrem mão de tudo em suas vidas normais e viajam no tempo para parar este vilão que não ameaça somente a integridade do planeta, mas do próprio tempo como uma entidade.

Por que eu recomendo a série:
Simplesmente porque eu sou alucinada por tudo que envolve viagem no tempo!
E também porque a série, ao longo de suas 3 temporadas completas, soube se reinventar. Deixou de se levar tão a sério, abraçou de vez a galhofa e se tornou muito, mas muito divertida mesmo!
cheia de absurdos, de situações impossíveis, com diálogos totalmente sem nenhum senso e personagens pra lá de divertidos Legends of tomorrow é aquela série que a gente senta pra ver quando quer esquecer da vida, dos boletos e das aflições político-brasileiras.
Vai por mim, é totalmente sem compromisso, divertida e muito legal!

Informações técnicas:
Legends of tomorrow tem 3 temporadas completas na Netflix, e a 4ª está em exibição na CW, e na Warner aqui no Brasil, como aliás todas as demais do Arrowverse.
As temporadas possuem 16 episódios, com cerca de 42 minutos de tela cada um.


1- Gotham
Deixei Gotham por último porque, na prática, ela difere muito das anteriores. Não faz parte do Arrowverso, é exibida originalmente pela Fox (e não pela CW como as demais) e o clima é bem mais dark.
Baseada no universo de Batman, Gotham estreou em setembro de 2014 pela Fox e já está renovada para sua quinta e última temporada.
Apresentando diversos personagens da DC Comics no universo do Batman, Aqui, Bruce Wayne (David Mazouz) ainda é uma criança e a figura que representa a ordem e justiça da cidade é o Detetive James Gordon (Ben Mckenzie), aquele mesmo que virá a ser o Comissário Gordon dos filmes, HQ's e séries animadas do Batman.

Na série são apresentados  personagens existentes no universo do Homem Morcego, contando a origem de vilões – e mocinhos – incluindo Mulher-Gato, Coringa, Charada, Pinguim, Hera Venenosa e tantos outros.
O clima da série é denso, pesado, escuro, aflitivo. A construção dessa atmosfera é perfeita, e Gotham (a cidade) é o personagem principal, do meu ponto de vista.
E tem brasileira no elenco: Morena Baccarin interpreta a doutora Lee, interesse amoroso do detetive Gordon. Na vida real ambos são casados, sabia?

Por que eu recomendo a série:
Para quem curte o universo do Homem-morcego Gotham é um prato cheio!
Embora, como eu disse acima, o clima e a atmosfera sejam densos, escuros e muito pesados, e haja muita violência (muita mesmo, teve episódios que parei de ver, depois voltei, parei de novo, é tenso) ainda assim é muito boa a série.
Não há mocinhos, pra ser franca, há muita dubiedade em todo mundo, mas é interessante demais ver o Batman surgindo.
Na quinta temporada parece que ele emerge finalmente. Também, é a última, né?

Informações técnicas:
As 4 primeiras temporadas estão completas na Netflix. A quinta e última temporada ainda não estreou na Fox, emissora que a exibe em primeira mão.
Cada temporada possui 22 episódios, com cerca de 43 minutos de exibição cada um.


E terminei!
Amo esses posts! São demorados pra fazer mas me divertem, me tiram daquela "obrigação" de produzir conteúdo sempre "útil". Me aliviam o cansaço, sabe?

Veja também:


Agora fala comigo, querido leitor!
Você gosta de séries assim, baseadas em HQ's?
Quais já viu?
Conta pra mim!





3 comentários via Blogger
comentários via Facebook

3 comentários:

  1. Por aqui filho assiste todas desse universo de HQ. Eu assisti e gostei muito de LEGION , apesar de bem complexa para meus neurônios envelhecidos, tipo...não entendi nada, mas entendi tudo rs Ainda bem que o filho me tira as dúvidas.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsr Legion ainda não vi mas sei que se passa no universo X-men, está na lista aliás das que quero ver.
      Mas tem tantas... e nessa minha lista da DC ainda faltou Raio Negro que comecei essa semana.
      Série é vida, Dalva.
      Larguei novela faz anos rsrsrs
      beijossss

      Excluir
  2. Não vi nenhum mas vou começar seguindo sua orientação!Obrigada!!!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…