Eu tenho um blog há 10 anos! - * Blog Elaine Gaspareto *

Eu tenho um blog há 10 anos!

Publicado em 28/09/2018

Tempo de leitura:

Hoje, dia 28 de setembro de 2018, este blog que você está lendo completa 10 anos de existência. Sim, 10 anos de posts quase sempre diários, 10 anos construindo algo que não existia, 10 anos acertando, errando, conhecendo pessoas, vendo o lado bom delas, recebendo comentários incríveis. 10 anos.

Mesmo com tanto tempo de blog acho que só contei uma vez como tudo começou. E faz tempo! Então vou contar aqui, do jeito mais completo que lembro, como comecei este blog, há muito, muito tempo...
Vem comigo, de volta ao ano de 2008!
Na verdade a história desse blog e minha própria história como internauta começaram um pouco antes de  setembro de 2008.

No começo daquele ano meu marido ganhou um computador de um vendedor que atuava na empresa onde ele trabalhava. Fiquei p#t@! Aquele trambolho, só ocupando espaço e acumulando poeira... Eu nunca tinha chegado perto de um computador, não sabia digitar e só fui descobrir que computador era ligado na tomada no dia que marido finalmente o ligou. Era mais ou menos parecido com esse:
Uns meses depois ele quis colocar internet em casa. Eu pensei, e disse, que pra mim isso seria inútil, mas ele que fizesse o que quisesse.
Sim, sério! Eu não sabia nada, nem digitar. E não via qual utilidade um computador.
Pois bem.

Um dia eu sentei e a primeira coisa que aprendi foi jogar paciência. Achei legal. Quis um email, criei o que uso até hoje. Só conhecia o Internet Explorer, nem sabia que existiam outros navegadores. Nem sabia o que era navegador.
Não fazia ideia do que a internet podia significar.
Comecei a aprender digitação. Tudo sozinha, mexendo. Levei uma vida pra aprender a segurar 2 teclas ao mesmo tempo. Um dia liguei o capslock e não sabia o que fazer...
Esse foi meu primeiro avatar na internet (eu tinha pavor de colocar foto, um doguíneo me representava melhor):

Hoje em dia tenho até uma almofada com essa imagem, garrei amor naqueles anos iniciais...

Daí um dia estava vendo um programa de entrevistas qualquer na televisão e as convidadas eram um grupo teatral chamado Grelo Falante.
Achei o nome curioso e pela primeira vez na vida fui pesquisar no Google.
Digitei (depois de um tempo descobrindo como digitar, quais teclas apertar para chegar no mecanismo de pesquisa) grelo falante e apareceram resultados.
Um deles levou a um blog que está fechado chamado O blog mais legal de todos.
Lá tinha um post sobre as meninas do grupo de teatro. Tinha um monte de coisas escritas, o rapaz falava da vida dele, da filhinha. Achei incrível que uma pessoa comum pudesse escrever na internet!

E também tinha a navbar no alto do blog desse rapaz, aquela barra que antigamente os blogs Blogspot tinham, que trazia o link Criar um blog.
Cliquei nela.
Apareceu a página inicial do Blogger, fui vendo a tela e de repente eu tinha um blog criado.
Totalmente na intuição, coloquei na url meu nome, e chamei o blog de Sempre me sinto sozinha.
Era exatamente assim que eu me sentia naquele dia 28 de setembro.

Eu estava atravessando um dos piores momentos da minha vida, muito depressiva e sozinha, chorava o dia todo, estava sem trabalho pela primeira vez em muito tempo, as coisas estavam ruins. E meu primeiro post reflete isso.
Já pensei em apaga-lo, em edita-lo, mas seria desonesto com minha própria história.
Ele, e todos os outros, estão lá, guardados para sempre, expondo o meu momento, mostrando as alegrias do jeito mais inocente que você possa imaginar, posts sem qualquer pretensão, sem nenhum apuro, no começo muito curtinhos, tristes.
E aí tudo foi mudando.
Meu blog em 2010

Eu comecei a gostar de escrever, me sentia melhor. Mudei o nome do blog para Um pouco de mim.
Comecei a ler outros blogs. Um dia descobri que podia escrever o que eu achava do que havia lido e fiz meu primeiro comentário em um blog.
E um dia, imagina? Recebi meu primeiro comentário!
Usava um template verdinho do Blogger, e um dia achei que seria legal ele ser de outra cor.
Mexi, aprendi como fazer.
Aí queria mudar a letra. Mexi, aprendi.
Queria mudar, acrescentar. Mexia, perdia tudo, recomeçava. Perdi o modelo do blog vezes sem conta até descobrir que podia criar outro blog só pra testar. Foram meses até entender isso. Sozinha.
Meu blog em 2012

Naquela época não existia o mar de tutoriais que há hoje, tudo era meio secreto, e eu nem sabia fazer a pergunta para poder pesquisar.
Só arrisquei perguntar em um blog de dicas para blog famoso na época uma única vez, mas a dona do blog foi bem mal criada e disse que mesmo que ela tivesse tempo pra responder pergunta de iniciantes eu não conseguiria entender.
Pois bem, decidi aprender.
E, enquanto aprendia, ensinava. Comecei a categoria Dicas para blogs e o blog começou a ser conhecido e referenciado.

Meu blog em 2014

Num determinado momento troquei o nome do blog para meu próprio nome. E mantenho hoje em dia. Comprei meu domínio próprio em 2011. Comecei a ganhar dinheiro com o blog em 2010.
E apenas 2 anos depois de haver criado o meu blog ajudei essa mesma blogueira que foi mal criada comigo a resolver um erro no template dela. O mundo é redondo, amiguinhos, e gira...

E enquanto o mundo girava, eu aprendia.
Ele continua girando, eu continuo aprendendo.

Meu blog em 2015

Nessa década eu vi blogs grandes morrerem, vi novos surgirem, vi sumirem os comentários antes tão abundantes... vi novas mídias despontarem, vi a morte dos blogs ser decretada tantas vezes, e a cada vez eu olho para meu próprio blog e penso: estamos aqui. Você, meu blog, está aqui.
Sobreviveu à tanta coisa, aos anos, às novidades, às mudanças, resistiu.
Continuo resistindo.

Nesses tempos que estamos vivendo blogar se tornou um ato de resistência.
Não é simples, não é fácil, não tem a leveza e a alegria de antes, ficou mais difícil se destacar e se manter relevante, ficou mais técnico, tem muito mais competição e muito mais concorrência.
Mas também ficou mais fácil.
Hoje tem tutorial pra tudo, se quiser aprender sempre vai ter alguém pra ensinar.


Meu blog em 2017

Mas sabe? Eu sinto saudade daqueles anos, do começo, de quando ter um blog era algo quase marginal, a gente nem falava disso na vida real, era quase uma vergonha. Eu mesma, no entusiasmo do começo, contei para alguns amigos e fui muito zoada, ridicularizada até.
Hoje é diferente, blogueira virou profissão.
e que bom que seja assim!
Mas sinto saudade do tempo mais simples, onde a gente blogava sem nem saber que raio era SEO, métricas, alcance orgânico, e tudo o mais que precisei aprender para chegar viva aos 10 anos.

Porque sim, chegamos vivos, e muito vivos aos 10 anos do blog.
Apesar de tudo, apesar dos anos, e apesar dos danos... estamos aqui.
Eu e o meu blog, que eu amo, que criei do nada, que fiz crescer e que arquiva em si uma década da minha vida.
Feliz aniversário, meu querido amigo, você é dos maiores orgulhos que tenho na vida.

Blogagem Coletiva Reolhar a Vida.
Clique aqui e saiba tudo sobre a proposta, e veja como fazer parte!
Seja muito bem-vindo para participar!








17 comentários via Blogger
comentários via Facebook

17 comentários:

  1. Parabéns Elaine, seu blog é lindo, você é linda. Que venham muitos e muitos 10 anos!!

    ResponderExcluir
  2. 10 anos não são poucos em meio aos blogs..Resistir, continuar é um trabalho legal! Parabéns! Acompanhei muito de ti nesses anos todos, valeu muito sempre! Que festejemos mais e mais! beijos, chica

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelos 10 Anos de blog! Gostei muito do seu cantinho. <3
    Realmente muitos blogs maravilhosos foram embora, agradeço pq eles me ajudou muito <3

    ResponderExcluir
  4. Parabéns e que venha mais 10, 20... anos de blog. Abração!

    ResponderExcluir
  5. Boa Tarde, querida amiga Elaine!
    Muito obrigada por manter no ar um blog tão prestativo e auxiliador por 10 anos. Sou testemunha de que você é gratuita mesmo quando diz ganhar dinheiro com ele...
    Seja muito feliz e abençoada!
    Deus cuide de você e do seu blog!
    Bjm carinhoso, fraterno e festivo de paz e bem

    ResponderExcluir
  6. Nooossaaa, 10 anos!! Bastante tempo, bastante aprendizados. Bastantes erros e acerto.
    Fico feliz por você, por todas as coisas que passou e que te fizeram crescer e chegar onde chegou.
    E que venham mais 10, 20, 30 anos.

    Beijos
    Boas de Papo
    Instagram Boas de Papo

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo blog e pela resistência nesse momento tão competitivo que estamos atravessando! Sempre leio seus textos e já aprendi muito com você. Também aprendi muito nessa nossa jornada de blogueira. Mas, vamos em frente que novas coisas virão por aí, espero. Mais uma vez, meus parabéns e muito sucesso!

    ResponderExcluir
  8. Oi Elaine, bn!
    Parabéns p/esse seu cantinho tão acolhedor. Que Deus continue te iluminando e abençoando, p/que vc também possa continuar ajudando a tantos blogueiros como tem ajudado, sejam esses blogueiros iniciantes ou não. Que venham muitos e muitos mais aninhos p/vc comemorar com esse mesmo orgulho.
    Bjssssss

    ResponderExcluir
  9. OI Elaine,
    Parabéns pelos 10 anos de blog, e eu também sinto saudades de um tempo em que blogar era mais simples. aprendi a ser competitiva aqui na internet, mas competitiva comigo mesma e isto não está me fazendo muito bem, pois o que eu antes fazia por prazer, hoje faço por números.
    Adoro seu blog e estou há 8 anos na blogosfera, poré todos os anos me pergunto até quando.
    Será que chegarei até os 10 como vc? Espero que sim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Parabéns Elaine! Te admiro muito por sua competência e sobretudo por sua simplicidade por compartilhar seus ensinamentos sem arrogância. Sempre estou por aqui, usando seu blog como referência, admirando seus tutoriais e seus textos mais intimistas e um em especial me marcou que foi aquele que falava do quanto você se sente uma pessoa comum, o quanto nunca desejou uma vida sob os holofotes... ler este texto me fez mergulhar em reflexões profunda que se desenrolaram em coisas que me enriqueceram como um tijolo na construção de quem sou, esse trabalho que leva uma vida e nos embeleza e fortalece no fim. Desejo a você todo sucesso do mundo e vida longa ao seu blog!!! Você sempre será uma inspiração pra mim. Beijusss

    ResponderExcluir
  11. Parabéns, Elaine! Que venham mais 10 no mínimo, de muito conteúdo de qualidade! Estamos aí, andando juntas, errando e aprendendo. Quem foi picado pelo bichinho do blog não pára mais, nem que queira rsrs

    beijosssssss

    ResponderExcluir
  12. Parabéns Elaine pelo blog, pela determinação e perseverança! bjsss

    ResponderExcluir
  13. Parabéns Elaine, não é tarefa manter um blog comercial por tanto tempo, é preciso muita persistência, inteligência, determinação e você tem tudo isso de sobra.
    Lembrei que quando comecei usar a internet, encontrei um amigo de primário, nem me lembro qual foi o assunto, perguntei algo tipo se tinha dica para me dar...A resposta foi: digita https/www e a palavra que você quiser...Depois dessa raramente pergunto algo, se naquele tempo já era feio perguntar, imagine hoje. Quanto mais jovem se aprende, melhor, a cabeça vai ficando abestalhada :D
    Abraço e sucesso, sempre!

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelos 10 anos desse blog maravilhoso, que é um norte para os iniciantes, como eu, são dicas maravilhosas e dadas com imenso carinho. Que venha mais e mais décadas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Muitos parabéns, Elaine. Você é 10. Aliás, 1000. Bj

    ResponderExcluir
  16. Parabéns, querida!!
    Vida longa a este blog amado.
    Te conheci como "Um pouco de mim" e te acompanho desde então.
    Seu post me deixou emocionada e seu querido amigo é muito, muito especial mesmo
    Obrigada pela sua generosidade e disponibilidade na blogsfera.
    E obrigada também por um melhores presentes que você nos deu neste ano, o REOLHAR! Sigo firme, toda semana aqui com vocês e ADORO estes momentos.
    Nossos blogs são fontes e afeto e de muitas coisas boas!!
    Um grande beijo no seu coração

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…