Tudo o que você precisa saber sobre Crédito Consignado - * Blog Elaine Gaspareto *

Tudo o que você precisa saber sobre Crédito Consignado

Publicado em 21/05/2018

Tempo de leitura:


Em um mundo ideal a gente não passaria por apertos financeiros.
Em um mundo ideal não aconteceriam imprevistos, o salário seria suficiente para dar conta da vida e ainda sobraria um pouco para guardar para o futuro.
Em um mundo ideal a gente jamais precisaria pensar em pegar dinheiro emprestado, jamais.

Acontece que, como a vida adulta não cansa de nos ensinar, o mundo ideal não existe e as emergências e imprevistos acontecem.
E aí chega aquele momento em que a gente precisa de um aporte, de uma ajuda pra resolver o imprevisto, pra acudir a emergência.
E é justamente nesse momento que a gente se interessa pela modalidade de crédito pessoal conhecida como Crédito Consignado.
Aliás, você sabe do que estou falando?


O que é crédito consignado?


 O crédito consignado é a modalidade de crédito pessoal em que o valor das   parcelas é descontado automaticamente, direto no contracheque ou   benefício INSS.

A medida provisória que regulamenta as regras do crédito consignado é de 2003 e foi estabelecida no governo do presidente Lula e visava, sobretudo, oferecer crédito pessoal a juros bem mais baixos do que os do cheque especial e do cartão de crédito, por exemplo.


De lá pra cá ela tem sido aprimorada e cresce ano a ano.
Os principais motivos são a facilidade na obtenção do crédito e os juros infinitamente menores.
O fator principal que possibilita os juros serem menores é que há garantia de pagamento já que o valor da parcela é descontado direto em folha.




Quem pode fazer um empréstimo consignado?


Essa modalidade de crédito pessoal é especificamente destinada a quem tem renda fixa mensal comprovada: aposentados ou pensionistas INSS, servidores públicos, militares das Forças Armadas e trabalhadores de empresas privadas que tenham convênios com bancos que operam o crédito consignado.
Se você é autônomo ou freelancer não terá acesso a essa modalidade de crédito.

Quando fazer um empréstimo consignado é boa opção?


Fazer empréstimo nunca é bom, e só deve ser considerado quando há uma emergência ou imprevisto, tipo comprar um medicamento caro que não estava no orçamento, ou consertar algo que estragou em casa e é urgente, ou o conserto urgente do carro, etc....
Ainda que seja mais baixo, existe juro e pagar juro é muito ruim, né? Por isso tem que ser bem pensado...

Também pode ser uma boa opção para quitar dívidas mais caras.
Dívidas de cartão de crédito ou cheque especial, por exemplo. Vale a pena adquirir um crédito pessoal consignado e pagar dívidas assim.
Fica mais barato pagar a dívida de um crédito consignado, então é um caso que vale a pena.

Quando não vale a pena usar o crédito consignado?


Contratar para pagar compras do dia-a-dia: se a gente precisa recorrer a empréstimos para isso tem algo errado aí.
O melhor a fazer é reorganizar o orçamento e/ou aumentar a renda.

Alguém te pediu dinheiro emprestado? Jamais faça empréstimo para ajudar outra pessoa.
Pode ser amigo, pode ser família... se alguém pedir para contratar o empréstimo em seu nome, não aceite.
Vai que essa pessoa acabe se enrolando (ou te enrolando) e quem irá pagar a dívida é você.



Onde conseguir um crédito consignado?


Se você é aposentado ou pensionista do INSS pode solicitar seu crédito consignado direto no banco onde recebe seus rendimentos.
Servidores públicos podem solicitar no banco em que recebem e trabalhadores privados podem solicitar nos bancos conveniados. Pergunte no RH da empresa quais bancos ela tem convenio.
Não é preciso ser correntista do banco para solicitar.
Também pode ser solicitado em financeiras conveniadas.

Outras dicas legais sobre crédito consignado



✔️ Mesmo com o nome negativado é possível conseguir crédito consignado.
Isso deve-se ao fato de que, como eu disse acima, o valor da parcela é descontada direto na folha de pagamento. Daí a margem de risco para o banco é praticamente zero.

✔️ Nem todos os bancos praticam a mesma taxa de juros.
Vale a pena pesquisar e escolher a menor taxa, sempre. Na Caixa Econômica Federal (CEF) por exemplo a taxa de juros é de 2,19 a.m para trabalhadores da rede privada.
Para servidores públicos e aposentados as taxas costumam ser menores porque são mais garantidos.

✔️ O prazo de pagamento nessa modalidade de crédito é maior, em relação ao empréstimo convencional: em alguns casos pode chegar a 120 meses!
Para aposentados há limite de idade para contratar o crédito consignado: 79 anos, 11 meses e 29 dias.
Isso acontece porque caso o beneficiário venha a falecer a dívida deixa de existir.
Isso não se aplica aos trabalhadores de empresas privadas: falecimento, demissão não quitam a dívida, que continua tendo que ser paga.

✔️ Caso você opte por solicitar o crédito consignado online pode usar os serviços de empresas especializadas no ramo, como por exemplo o Grupo AMP.
No site dá inclusive para simular o crédito, ver o valor das parcelas em bancos diferentes, a margem consignável, etc...


Ufa! Que monte de informação, né?
E tem muito mais, existe uma infinidade de informação disponível na internet sobre esse assunto.
Leia tudo o que puder, se informe, entenda bem o que é e só contrate um crédito consignado com responsabilidade.

Ah, uma última dica: contrate empréstimos ou financiamentos, apenas em bancos ou correspondentes bancários que são instituições autorizadas pelo Banco Central.
Cuidado e prudência: use sem moderação, sempre!
Não é?





1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário:

  1. Uma postagem bem esclarecedora sobre crédito consignado, pois muitas vezes, o fazemos sem conhecimento e invés de ajudar, prejudica.
    Abraços afetuosos!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…