Como montar um site simples e funcional passo a passo - * Blog Elaine Gaspareto *

Como montar um site simples e funcional passo a passo

Publicado em 08/05/2018

Tempo de leitura:

Como montar um site simples e funcional passo a passo

Não há como negar: ganhar dinheiro na internet, sem sair de casa e podendo fazer os próprios horários é o sonho de muita gente.
E sim, é possível fazer acontecer, eu mesma sou a prova viva disso.
Ganho dinheiro com o blog (ou site, se você preferir chamar assim; aqui vamos usar ambas as palavras para significar a mesma coisa) ), ganho dinheiro produzindo conteúdo para outras plataformas, para outros sites, personalizando blogs, prestando assessoria para blogueiros e blogueiras, etc...
E se tivesse talento para comércio poderia, por exemplo, ganhar dinheiro com loja virtual...
E tudo isso se tornou possível porque, lá em 2008, eu criei este blog.

Quem deseja saber como ganhar dinheiro na Internet deve ter o conhecimento de que um site funcional é uma das ferramentas imprescindíveis.
A presença digital é fundamental para qualquer tipo de empresa e deve estar presente nos planos de qualquer negócio.
Por isso, vale a pena saber o passo a passo para criar um site adequado.


 Quais as vantagens de ter um site?


Com os avanços da tecnologia, muitos negócios são totalmente baseados na web e o site é o canal principal de toda a estratégia, seja de uma pessoa ou seja de uma empresa. 
Não aposte todas as suas fichas em redes sociais, jamais! Crie um site, é realmente importante se você deseja firmar sua marca na internet.

Pode ser um site simples, porém deve contar com funcionalidades adequadas para o negócio. 
Devido a essa importância podemos elencar algumas das vantagens em criar um site. Vamos ver?

Maior alcance de público
Pessoas de diferentes faixas etárias e de qualquer local do mundo estão constantemente na web, seja para buscar informações, entretenimento, serviços e produtos. 

Essa característica tão abrangente torna um site um meio muito útil para atingir o público, criando um interessante meio de interação e consolidando uma boa base de clientes.

Versatilidade multimídia
Por meio de um site é possível atingir o seu público consumidor utilizando as mais variadas mídias, tais como textos, imagens, áudio e vídeo.
Sim, vídeos!
Observe a maioria das grandes blogueiras de moda e beleza, por exemplo.
A maioria delas possui o canal no Youtube mas mantém o blog ou site, e sempre insere os vídeos também no blog.
Isso ajuda (e muito) a posicionar o vídeo, ajuda em termos de SEO e entrega o conteúdo para muito mais gente!
Pense nisso!


Vitrine para o mercado profissional
Um site não demonstra ser útil apenas para quem tem um e-commerce ou pretende posicionar a sua empresa no mercado. 
Um site pessoal, por exemplo, pode funcionar perfeitamente para profissionais como publicitários, designers e jornalistas terem os seus respectivos portfólios.
E se você pretende firmar parcerias com empresas, lojas, editoras, etc... ou realizar posts publicitários ter um site bem construído é indispensável!  


Saiba como montar um site funcional passo a passo



Diante de tais vantagens e oportunidades, é importante cada vez mais marcar presença na esfera digital. 
Hoje em dia criar um site não é tarefa exclusiva apenas para profissionais que possuem conhecimento na área de programação e webdesign.

Atualmente é possível contar com plataformas amigáveis e intuitivas que oferecem os mais diversos recursos para você ter o seu site de acordo com os seus propósitos e objetivos.

Sendo assim, o passo a passo para você ter um site para chamar de seu consiste em:

1 – Escolha o seu domínio
Escolha o seu domínio

O domínio é simplesmente o nome do seu site. Por isso, ao montar o seu site, comprar um domínio confere para o seu empreendimento uma postura mais profissional do que apenas utilizar uma versão gratuita ou com algum subdomínio.
Na hora de escolher um domínio, leve em consideração duas características essenciais que ele deve possuir. São elas:

a) Simples:
Por se tratar da identidade do seu site, o domínio deve ser simples, de fácil memorização e se tornando acessível para boa parte do público. Essa simplicidade é vital para você posicionar o seu negócio na mente dos consumidores.

b) Curto:
O domínio ideal deve ser curto e prezar pela objetividade. Nomes de domínios menos extensos são bem mais fáceis de serem identificados e memorizados.

c) Opção por boas extensões:
A extensão de um domínio é a sua terminação. 
Dependendo do tipo do site ela pode ser “.edu”, “.gov”, “.org” e a mais conhecida, que é a “.com”. 
Atualmente já é possível contar com outras extensões como o “.art.br” ou o “.pizza.br”.

De uma maneira geral, o ideal é optar pelas extensões mais conhecidas e que são facilmente memorizadas pela maioria das pessoas. 


2 – Escolha a hospedagem de site
 Escolha a hospedagem de site
A hospedagem de site corresponde ao serviço de armazenamento que permite que o seu projeto web esteja disponível para quem queira visitá-lo. 
Caso você opte pelo Blogger (como eu) não precisará contratar hospedagem, mas se optar por um site mais robusto ou que agregue um e-commerce por exemplo precisará de uma boa hospedagem.

Alguns dos planos de hospedagem são caracterizados por serem mais simples e, consequentemente, com preços mais acessíveis. Já outros planos são personalizados e trazem algumas vantagens a mais.

Vale destacar que existe a possibilidade de você registrar o seu domínio e hospedar o seu site por meio da mesma empresa. 
Quer uma sugestão?

E não esqueça que é importante escolher um plano que seja mais viável com o seu tipo de projeto. Nesse caso, alguns dos planos de hospedagem mais conhecidos são:

Compartilhada
Nesse tipo de hospedagem, um mesmo servidor tem condições de abrigar mais de um site. Esse modelo de hospedagem é bastante recomendado para sites que não contam com um número de acessos considerado alto.

Dedicada
Por meio da hospedagem dedicada, o seu site terá um servidor destinado apenas para ele. Esse modelo apresenta preços mais elevados, porém ele é o mais adequado para sites que possuem tráfego  elevado. 

VPS
Também conhecida como Virtual Private Server, que em português pode ser traduzido como Servidor Virtual Privado. Nesse tipo de modelo os usuários compartilham um servidor, porém cada servidor fica isolado, ou seja, privado, sem afetar a performance dos outros sites.

 Escolha a sua plataforma

3 – Escolha a sua plataforma

Depois de efetuar o registro de domínio e optar pelo tipo de hospedagem de sites chega a hora de começar a criar de fato o seu site. 
Nesse caso, é preciso escolher seu sistema de gerenciamento de conteúdo ou CMS (Content Management System)

O CMS corresponde ao sistema utilizado para possibilitar o gerenciamento dos elementos que irão constituir o seu site. Existem sistemas que são gratuitos (como Blogger, Wix e Wordpress.com, por exemplo), bem como é possível contar com os pagos.

O mais recomendado pela maioria dos profissionais e também o mais utilizado atualmente é o Wordpress. 
Com ele, você pode editar o visual do seu site, posicionar menus, personalizar postagens, trabalhar com imagens e vídeos e, até mesmo, obter outros recursos graças aos seus vários plugins.


4 – Escolha um template

O template consiste no elemento visual do seu site. É muito importante que na hora de optar pelo template do seu site você leve em conta os seus objetivos, bem como o seu tipo de público. 

É importante também estar ciente de que atualmente um bom template deve ter características responsivas, ou seja, que se adaptam com mais facilidade nos mais diversos dispositivos móveis.

O Wordpress, por exemplo, é uma plataforma que conta com templates bem variados, destinados para os sites que abordam assuntos dos mais diversos. 

Por isso, vale pesquisar com atenção qual é o template mais adequado. O ideal é optar por templates que consigam aliar um visual agradável com boas funcionalidades.



Conclusão


Agora que você conhece os passos básicos para construir o seu site, não há mais motivos para você ficar fora do mundo digital. 
Há, aqui mesmo no blog, muitos e muitos tutoriais e séries que podem te ajudar a começar algo simples, e se quiser algo mais profissional é só clicar no primeiro link que destaquei logo no começo do texto.

E se você conhece algum amigo ou contato que ainda acha que construir um site é muito difícil, não se esqueça de mostrar esse post a ele. 
Acredite em mim, ter um site em 2018 é o primeiro passo essencial para você começar de fato a ganhar dinheiro na internet.






1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário:

  1. Elaine, seu posts são maravilhosos, seu blog ajudou a montar o meu blog e compartilhei na minha página Dicas da Layne no Facebook e pedi para quem quer criar um site visitar que tem muitas coisas boas e gratuitas, obrigada pela pessoa que você é, bjs.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…