E a gente continua sendo capaz de florescer, apesar dos (d)anos... - * Blog Elaine Gaspareto *

E a gente continua sendo capaz de florescer, apesar dos (d)anos...

Publicado em 16/04/2018

Tempo de leitura:

Alguns anos atrás eu comprei um vasinho com violetas cor-de-rosa.
Eu sou apaixonada por violetas, tenho 6 vasinhos na floreira.
Mas essa, em especial, quero te mostrar hoje pois ela me fez reolhar não só as minhas violetinhas, mas pra mim mesma.
Deixa eu explicar?

A primeira foto foi tirada com meu celular velhinho, em maio de 2015, quase 3 anos atrás, bem quando eu comprei o vasinho:


A segunda foto foi tirada no domingo de manhã, ontem, dia 15/04/2018, usando o mesmo celular (sim, pasme):


Sim, depois de tanto tempo e ela continua dando as florzinhas mais lindas.
Ela, a violetinha, envelheceu, perdeu folhinhas, ganhou novas, perdeu de novo... já caiu da floreira (caíram todas quando a floreira despencou), já foi derrubada, quase morreu afogada porque marido não sabia que não pode regar demais (ele é responsável por lavar a frente de casa e isso inclui regar as plantas), quase morreu de sede porque marido ficou traumatizado da bronca que eu dei e parou de regar...

Essa violeta sobreviveu a pedreiros, gente esbarrando nela, sobreviveu a tanta coisa que é um milagrinho ela ainda florir....
As flores são um tiquinho mais desbotadas e um tiquinho menos do que eram, mas sabe?
A minha violetinha, apesar dos (d)anos continua sendo capaz de florescer.

Parece tanto com a gente, né?
É um cai da floreira, passa necessidade, passa perrengue, passa excessos, envelhece, sofre perdas.... mas olha lá nossas florzinhas... e nossas folhinhas se renovando mesmo quando ninguém mais apostaria na gente.
E a gente continua sendo capaz de florescer, apesar dos (d)anos...

Painel Reolhar a Vida

Blogagem Coletiva Reolhar a Vida.
Clique aqui e saiba tudo sobre a proposta, e veja como fazer parte!
Seja muito bem-vindo para participar!








7 comentários via Blogger
comentários via Facebook

7 comentários:

  1. Elaine:
    Adoro violetas e são bem resistentes.
    beijocas

    ResponderExcluir
  2. Gosto dessas surpresas da natureza;Lindo de ver! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Isso é tão bonito, né, verdadeira inspiração!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo! É maravilhoso olhar para nossa vida e perceber que ainda somos capaz de florir apesar de tudo que passamos. Que não percamos essa capacidade!
    Obrigada por essa reflexão!
    Beijos
    Tamara
    tamaravilhosamente.com

    ResponderExcluir
  5. Que post lindo Elaine, realmente a vida das plantas é muito inspiradora né? Elas murcham, depois conseguem se erguer novamente, podem sofrer danos naturais ou não e mesmo assim conseguem dar um jeito de florescer <3 Por isso amo tanto as flores.

    Blog Vinte Primaveras

    ResponderExcluir
  6. Oi Elaine,
    Adoro o que vc escreve! Sua violeta é uma sobrevivente. eu tenho uma por aqui que está resistindo aos meus tratos de serial killer de plantas. confesso, não me dou bem com elas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá Elaine, que linda história da sua violetinha.
    E você a mais bela das violetas, com delicadeza nos inspira cada vez mais.
    Paz e Bem minha linda florzinha, bjs Nice

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…