O dia que Luke Cage veio morar em minha casa - * Blog Elaine Gaspareto *

O dia que Luke Cage veio morar em minha casa

Publicado em 20/01/2018

Tempo de leitura:


Vou te contar a estória de como esse lindão da foto aí de cima chegou em minha vida.
Estória curta com muitas fotinhas, leia com carinho, tá?
Na foto acima ele estava no campo de futebol que tem quase em frente minha casa.
Apareceu um dia, certamente alguém abandonou.
Grande, um macho jovem, lindo.
Mas sabe como é, cachorro grande, desconhecido, todo mundo da vizinhança ficou com medo.
Foi apedrejado, enxotado, passou muita fome e sede. Até bomba tacaram nele.

Meu marido se aproximou, dava água e ração, ele foi se chegando, viraram amigos.
Um dia marido saiu de carro, ele desembestou correr atrás.
Então foi assim que te abandonaram, cachorrinho?


Aí começou um tempo de chuva. Muita chuva.
Abri o portão uma noite e lá estava ele, todo encolhido na soleira do portão, molhado, sozinho, com frio.
Chamei, com medo e com pena. Ele veio, dócil e gentil, cheirou minha mão e me olhou com aqueles olhos cor de mel.
Pronto, cabô.

Chamei pra dentro, ele colocava a patinha na garagem e recuava, assustado, com medo de fazer algo errado... foi um tempo até ele entrar.
Aí abri a porta da lavanderia, ele disparou para o quintal, deitou na chuva, se recusava entrar na lavanderia.
Cheio de pintinhas brancas, meu pretinho lindo
Abri o quarto que temos no quintal, arrumei caminha.
Ele entrou, deitou, dormiu. Sem dar um pio.
Tirei foto, postei nos grupos daqui da cidade, claramente tinha dono.
Nunca apareceu.

Era pra tirar da chuva que deixei entrar, mas como boto na rua de novo?
Mas já tenho 3, onde encaixar um cachorrão desses???
E eu só olhava naqueles olhos cor de mel... olhava e meu coração apertava ao pensar no que seria dele...

Ele foi se mostrando doce, manso... não tinha o que fazer. Aqueles olhos...
Aí, 3 dias depois, mandei castrar, vacinar, vermifugar.
Deitou a cabeça no colo da veterinária. Fez festa pra minha irmã como se a conhecesse da vida toda. Brincou com meu irmão...
Apanhou 2 vezes da Menininha e foi chorar no cantinho, um cachorro enorme com coração de criança.
Luke.
De Luke Cage, o herói urbano negro, lindo, sofrido e com um coração tão gentil da Marvel...
Meu Luke.

Que chora ao me ver de manhã. Corre feito louco no quintal, escorrega, cai, levanta, ri...
Que obedece tudo que a gente pede. Que parece saber de antemão o que é pra fazer.
Que é preguiçoso, manso, brincalhão.
Que só foi latir depois de semanas aqui. E agora patrulha o quintal de noite, um latido de tremer janela e porta...


Que quando ganhou uma bolinha pra brincar dormiu com ela por dias, e sempre que a gente joga ele pega e devolve pra caminha.
Um menino que foi obviamente criado com brinquedos, que não dá trabalho algum, que teve dono e que foi descartado como se fosse lixo.


Está aqui. Faz parte da família. Forever.
Amoroso, todo dia pede pra passear, arranhando levemente a porta da cozinha.
Marido sai com ele no começo da noite, quando está bem fresco. Eles, o marido e o cachorro, detestam calor.
E Luke, o cachorro que ninguém queria, é atração! Lindo! No começo andava tímido, agora segue orgulhoso, cabeça erguida, olhando tudo, se "amostrando"...
E vai com passinho miúdo, devagar, caminha lentamente. Eu juro que ele sorri.
Sério.


Ele entendeu desde o começo que o homem que o conduz pela coleira é limitado, a Esclerose Múltipla não permite passos largos nem rápidos.
Mas, olha a beleza da coisa toda: o cachorro, aquele que algum idiota descartou, ele sabe. Ele entende o que muitos humanos se recusam a entender. 

Ele caminha devagar, sem puxar a coleira.
Calmo, paciente, um passo de cada vez. Espera, pára, olha para o pai que o acolheu e sorri. Sério, ele ri.
Caminham juntos, a passos lentos...
Sim, é bonito de ver...

Painel Reolhar a Vida

Blogagem Coletiva Reolhar a Vida.
Clique aqui e saiba tudo sobre a proposta, e veja como fazer parte!
Seja muito bem-vindo para participar!







22 comentários via Blogger
comentários via Facebook

22 comentários:

  1. Que linda tua história .Adorei esse amiguinho querido, pretinho com pintinhas brancas. Valeu! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  2. Nossa,li aqui com lágrimas nos olhos. Não entendo como alguém pode abandonar com se fosse um chinelo velho um ser tão indefeso! Mas graças a Deus vcs apareceram na vida dele! Anjos que encontraram outro anjo!

    ResponderExcluir
  3. Elaine,
    Tenho um cachorro mestiço de labrador com vira-lata, que tem medo dos meus gatos e tem medo de água, apesar do nome Pomposo! Thor!!!
    Lindo seu post!
    bjos no core

    ResponderExcluir
  4. A sua história me emocionou muito, parabéns pelo ato de adoção, pessoas como você fazem a diferença no mundo.

    ResponderExcluir
  5. Que linda história! <3 Emocionante...
    Que Deus abençoe a vida de vcs sempre!

    ResponderExcluir
  6. Oi Elaine!

    Tinha que ser uma estória tão linda? É claro que to chorando...
    Parabéns a você e ao maridão por acolher Esse "descartado" (horrível esse termo) tão linddão!
    Que sejam todos muito felizes! Menininha, Princesa, Bloguinho e agora o Luke.

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo (sempre, rsrs)

    ResponderExcluir
  7. Coisa mais linda de se ver! Meu coração se enche de esperança na humanidade quando vejo histórias assim! Vida loga, saúde e muita felicidade pra vocês!

    ResponderExcluir
  8. Elaine, que lindo post! Fiquei emocionada com a história. Parabéns por acolhe-lo! Bjs

    ResponderExcluir
  9. Que meninão mais lindo, teve sorte de encontrar uma família acolhedora!! Talvez seja a crise, muita gente desempregada, mal tem o que comer em casa, tem aumentado (aparentemente) o número de cães abandonados, inconsciência gera atos assim...triste.
    Dona menininha deve ter ficado com ciúme!
    AS fotos estão lindas!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Que lindo Elaine, acredito que nada é por acaso, e ele entrou na vida de vcs. por várias razões e até para protegê-los também!!!

    Parabéns pela atitude, o Luke será agradecido a vcs. pelo resto da vida dele, e mesmo em outro plano ainda se encontrarão porque ... nada é por acaso!!!


    Bjs. e Ótimo domingo a todos e família canina


    Audeni

    ResponderExcluir
  11. Oi Elaine, linda historia, agora seu esposo tem um companheiro para passear, ele é muito lindo.
    Bom domingo, beijos, Vi

    ResponderExcluir
  12. Nhóinnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn, Luke não ganhou só seu coração né Elaine ?
    Ganhou o coração do mundo, srrsrsrsrs
    Sim, ele sorri ! Quem não sorriria ?

    Que post mais lindo !

    Bjus 1000 querida

    ResponderExcluir
  13. Parabéns Elaine por ter acolhido o Luke. Como o descreveu, ele é mesmo um doce. Espero que a Menininha esteja bem melhor.
    Beijinhos
    Adelaide

    ResponderExcluir
  14. É mesmo de emocionar e olha que não tenho nenhum bichinho de estimação, não levo jeito...talvez um dia encontre algum que leve jeito comigo. Parabéns.

    ResponderExcluir
  15. Elaine! Como é lindo este texto. Fiquei com lágrimas nos olhos, de tristeza e depois de muita felicidade. Parabéns para vocês por serem pessoas lindas! Beijos

    ResponderExcluir
  16. Muito emocionante!. Parabéns por esse ato de amor que poucos tem! Beijão

    ResponderExcluir
  17. Ohwn Elaine... que post emocionante! Um coração bom sempre se aproxima de outro coração bom! ♥ Graças a Deus! Luke é lindo demais! Super beijo

    ResponderExcluir
  18. Ele é igualzinho à minha Lola!! Que lindo!! Esses cachorrões sabem ganhar o coração da gente.

    beijossssss

    ResponderExcluir
  19. História linda, Elaine, que comprova aquilo que penso: existem mais pessoas boas no mundo, do que ruins. Acredito nisso, piamente! bj

    ResponderExcluir
  20. Olá Elaine... Que história linda... Parabéns pelo conteúdo, adoramos tudo!
    Nós frequentemente navegamos pela web em busca de bons conteúdos, principalmente com temas assim como o seu de muita qualidade, e quando encontramos, logo compartilhamos em nossa rede!

    E esta sua postagem fez maior sucesso, confere nesta data e link:

    https://www.visitas.site/?data=22-01-2018

    Continuem enviando seus melhores conteúdos, merecemos conteúdos de qualidade!
    Desejamos sucesso aos projetos!

    Equipe Visitas.Site
    https://www.visitas.site

    ResponderExcluir
  21. Elaine:
    Amo, amo, amo e como não amar.
    beijocas

    ResponderExcluir
  22. Oi Elaine! Esses anjos aparecem nas nossas vidas, como um milagre. Muito amor. Bjs Nice

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…