O país que eu amo, terra onde Deus me plantou- Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão - Elaine Gaspareto- Dicas para blogs e inspirações para a vida

O país que eu amo, terra onde Deus me plantou- Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão

Publicado em 08/09/2017

Eu nasci e cresci na mesma cidade, e muito provavelmente vou morrer aqui.
Jamais morei em outro lugar, e só saí do meu estado pra ir em Minas Gerais, que fica uns 100 km. daqui.
Nunca saí do Brasil e provavelmente nunca sairei.
Então o que vou escrever aqui é a visão de uma pessoa que não conhece a vida fora do Brasil, que não viu com seus próprios olhos as diferenças que possam existir, se é mesmo mais seguro, se é melhor a vida em outros países; se é pior, se tem mais ou menos bandidos aqui do que em outros lugares do mundo.
Não posso falar do que não vivi, mas posso falar do que sinto.

E sinto uma imensa tristeza quando vejo tantas pessoas, brasileiros como eu, desprezando, menosprezando e odiando o país onde nasceu.
Vejo tanto isso... gente que xinga o país dos piores nomes, hoje mesmo li algo assim, que me motivou a escrever esse texto.
A pessoa dizia, mais ou menos, que se pudesse já teria ido embora desse país de merda, desse país de ladrões, de gente sem educação e sem cultura, que esse país é o c* do mundo, e por aí vai...
Fico triste quando leio ou ouço isso.
E, infelizmente, leio muito isso.

Praça da minha cidade. 

Meu país não é perfeito.
Eu não sou besta de não ver o quanto ele é pobre, atrasado, mal administrado, racista, afundado em corrupção e violência.
Embora distante de mim (pois vivo em uma cidade pequena, então aqui tudo é micro) sei bem que o meu país vive um estado de quase-guerra. Talvez, guerra civil de fato em muitas áreas.
Eu evito noticiários porque me deixa ainda mais triste ver o que as pessoas que administram meu país fazem com ele.
Estupram-no todos os dias, violentam a terra que os pariu, roubam-na e a deixam abandonada à beira da estrada.
Os governantes do meu país fazem isso com a pátria-mãe. Todos os dias, em todas as esferas. Há anos e anos. Desde sempre.

Mas meu país não é merda.
Meu país é terra de gente boa, e de gente ruim, como todos os outros países desse mundo. Tem o lado bom, tem o lado perverso. Infelizmente sobressai o lado perverso porque desgraça é notícia.
A pessoa que trabalha, que ajuda os mais pobres, que ajuda os animais abandonados, que gasta as madrugadas acudindo outras pessoas... o policial honrado, a enfermeira amorosa, a professora apaixonada, a cozinheira caprichosa, a faxineira zelosa, o juiz justo... eles não são notícia.
Mas meu país lindo está cheio de gente assim!
Fim de tarde em frente minha casa

E eu sou grata por ter nascido aqui.
Sinto gratidão por viver numa terra maravilhosa, onde a gente joga a semente em qualquer nesga de terra e dali um tempo colhe o fruto. Moro num país onde a semente de girassol que o pardal deixa cair consegue virar flor nas rachaduras da calçada...
Meu país é lindo, e olha que a lindeza que vejo com meus olhos é só a lindeza que está em frente minha casa num fim de tarde. Nunca vi as belezas naturais famosas, só por foto. Mas sei que meu país é lindo.

Essa árvore é uma mangueira que nasceu sozinha, do caroço que alguma criança jogou...

E meu país, este que tantos brasileiros depreciam e esnobam, é o sonho de tanta gente. Tantos refugiados, tantos estrangeiros que chegam de lugares tão terríveis e se encantam pelo meu país... que ora os recebe bem, ora os rejeita... porque, como eu disse, há aqui a mistura exata do bom e do ruim, do bonito e do perverso. Como há em qualquer lugar dessa terra que tenha ser humano.
Nós, seres humanos, somos assim, a mescla do bom e do ruim, do bem que queremos e do mal que rejeitamos...

Sou grata por ter nascido aqui, uma terra naturalmente pacífica; e nesses dias de tornados e furacões, isso é um alento e um motivo de gratidão...
Um país jovem, nem 200 anos de independência ainda...
Eu acredito que não há, pra mim, lugar melhor para viver.
Foi aqui que fui plantada, é aqui que eu floresço...

Sinto um arrepio ao ouvir o hino do meu país, e não, não é resquício de doutrinação militar, é amor mesmo.
Anseio pelo dia em que esses versos se tornarão um fato! Anseio pelo dia em que meu país se erguerá pela justiça, e sonho com o dia que os filhos do meu país não mais fugirão da luta...

"Mas se ergues da justiça a clava forte
Verás que um filho teu não foge à luta
Nem teme, quem te adora, a própria morte!
Terra adorada!
Entre outras mil, és tu, Brasil, ó pátria amada.
Dos filhos deste solo és mãe gentil!
Pátria amada!
Brasil!

Observação:
O vídeo é da bandeira que fica hasteada na avenida aqui onde moro, fiz há alguns meses e sempre me emociona vê-la.... As fotos são minhas, clique sobre elas pra ver em tamanho maior.

Venha participar com a gente da Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão!
Clique aqui e saiba como é simples participar!





4 comentários

  1. Lindo e impressionante texto sobre o Brasil e sobre ser Brasileiro! Gostaria de o publicar, em seu nome, é claro, no Portal Splish Splash e no blog da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Posso?

    ResponderExcluir
  2. Agradeço pelo texto.♥ A verdade é que vivemos em um estado de guerra civil, mesmo. Em 5 anos, a violência no Brasil mata mais que a guerra na Síria. Se mata mais POR DIA no Brasil que o confronto entre Israel e Palestina, entre outros dados alarmantes. [Fonte da pesquisa: New York Times]
    A natureza no Brasil é rica e abençoada, também amo o nosso país, que é absolutamente maltratado, pilhado e usurpado. Deus nos proteja.

    ResponderExcluir
  3. Elaine:
    Difícillll!!! Amo meu país, mas te confesso que ando com muita vergonha.
    Tanto que quando saio por aí as pessoas acham que não sou brasileira e muito menos sulista e deixo assim mesmo de tanta vergonha de toda essa situação.
    Porque luto para ser uma pessoa melhor não entrar de roldão furando fila, fazendo coisas erras achando-me certa, fingir dormir no ônibus para não ceder lugar a uma pessoa mais fragilizada fisicamente... e assim vai.
    Porque penso ninguém fica assim e sim o são desde sempre falta aquela formação lá do berço como dizia minha mãe.
    São mentes brilhantes, mas que usam de uma forma equivocada, segundo meus conceitos.
    E também fico refletindo eles não sobem aquela rampa sozinhos, nós o povo brasileirissimo que o colocamos lá.
    Que Deus continue nos abençoando para discernirmos o certo do errado. aff

    ResponderExcluir
  4. Ah, que bom, vou lá ver assim que der!
    Em breve vou disponibilizar alguns layouts novos...
    beijossss

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Deixe sua pergunta ou solicitação sempre nos comentários, eu infelizmente não tenho como responder pedidos de ajuda por email.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…