Costeleta de porco bem acompanhada e perfeita- como fazer? - Elaine Gaspareto- Dicas para blogs e inspirações para a vida

Costeleta de porco bem acompanhada e perfeita- como fazer?

Publicado em 08/07/2014


No dia a dia a gente precisa variar o cardápio, principalmente para quem almoça e janta em casa. Eu gosto de incluir a carne de porco, pois ela é saborosa e nutritiva. Meus filhos também adoram! 

Esta costeleta fica muito boa, mas tem uns truques para ficar perfeita!
Vamos aprender?

► Primeiro lave bem as peças de carne. Eu gosto de passar uma água com limão em seguida. Não tem muita razão nisso, acho que é apenas uma mania de quem adora limão. 

► A seguir, retire a gordura a seu gosto, eu tiro tudo. Mesmo assim sempre fica um pouquinho, ao redor da costeleta. É essa gordurinha que faz a costeleta levantar na hora de fritar.

Para que isso não aconteça, ou seja, para que a peça fique reta e encoste no fundo da panela para cozinhar por igual, o truque é dar um pique com uma faca bem afiada mais ou menos na metade. Veja como eu fiz:


► A seguir, elas foram para o tempero: alho, cebola e salsa batidos (que sempre tenho pronto), mais orégano e tomilho, sal e louro. Aqui cada um coloca a gosto. Pode usar alecrim também. Temperos secos são ótimos, mas caso possa, opte pelos frescos.

► Depois, é só dourar em fogo médio, um pouco de cada lado. Não fique virando toda hora, tenha paciência e deixe dourar bem de um lado e depois do outro. Quando estiverem moreninhas, você pode aumentar o fogo para dar aquela última corada. 


Acompanhei as minhas costeletas com brócolis e abobrinha, além de um arroz simples, apenas misturando arroz branco com integral. Você pode usar o acompanhamento que desejar: batatas são sempre uma delícia, seja batatinhas fritas, uma bela salada russa ou até o simples purê. 

Farofa para acompanhar as costeletas

A farofa eu fiz assim: dourei uma cebola em rodelas bem fininhas, acrescentei um pouco de alho, quando estava dourado coloquei a polpa de meio maracujá.
Caso não tenha, coloque uma xícara de café de suco concentrado (não vale em pó).
Mexa bem, acrescente a farinha de mandioca torrada e dê uma aquecida para pegar o sabor.
Só isso.
Fica suave mas muito gostosa e combina super bem com a carne de porco.

Isso é o que eu chamo de costeleta bem acompanhada, ou melhor: um prato simpático!


Claro que uma saladinha também vai muito bem junto com tudo isso, ou um vinagrete, ou... o que a sua imaginação e o seu paladar pedirem!

Comentário da Elaine:
"aqui onde moro, interior de São Paulo, pertinho de Minas, chamamos de bisteca.
Como se chama aí onde você mora?"







10 comentários

  1. Pela imagem, parece estar uma delícia.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Que delícia :D

    Anotado !!

    http://naiamelo.blogspot.com.br/ (Ciranda da Bailarina)

    bjo

    ResponderExcluir
  3. Sou do interior também ( Votuporanga), mas trabalho/moro em Osasco e São Lourenço do Oeste (SC). Ficava ressabiada de ir ao açougue aqui no sul e pedir cortes que talvez tivessem outro nome. Felizmente os nomes são os mesmos. Aqui é bisteca também. Faço este corte na bisteca também. Acho que a intuição ajuda muito. Adoro seu blog.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Ai menina, que delicia!!!
    Tenha costeletas ou carré como chamamos por aqui, e farei amanhã pra janta, junto com a farofa com o suco do maracujá que também tenho na geladeira.
    Ótimas as suas dicas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Aqui também é bisteca. Deu até vontade... Tô precisando me alimentar melhor.

    ResponderExcluir
  6. boa dica...aqui chamamos de carrê...beijus e que receita divinaaaaaaa

    ResponderExcluir
  7. Acabei de jantar e já me deu fome...kkkk delícia!
    aqui no Sul conhecemos por carré!
    bj

    ResponderExcluir
  8. Gostei do truque para a costela não levantar! Como boa mineira, sempre tem costeletas em casa!

    ResponderExcluir
  9. Olá, querida Elaine
    Que prato mas apetitoso!!! Bem disposto e sugere um bom apetite...
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  10. Paula delicía de dica !!!
    Beijinhos
    Deus abençõe

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Deixe sua pergunta ou solicitação sempre nos comentários, eu infelizmente não tenho como responder pedidos de ajuda por email.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…