Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez? - * Blog Elaine Gaspareto *

Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?

em 23/09/2017


Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?
Já pensou nisso?
Eu pensei... atravessando o Rio Tietê, na  altura da cidade de Pederneiras, indo para Bauru. Foi a primeira vez que vi o Tietê... e fazia tempo que eu não fazia algo na vida pela primeira vez...

Olha o Tietê

O rio é muito lindo, grande, e no trecho que vi, muito limpo.
E sim, fica longeee daqui, 4 horas de carro pra ir e mais 4 pra voltar....
O que eu fui fazer tão longe de casa?
Fui buscar o documento de quitação da minha casa e lavrar a escritura dela.
Conheci Bauru, fui na Cohab, que fica numa avenida imensa e linda.

Cohab, em Bauru. Nem fica os perdidos como eu achei que ficaríamos...

Sou grata por isso, por finalmente ter os documentos da casinha em mãos, por ela ser nossa, o nosso lugar pra envelhecer com segurança e conforto.
Sim, é sério!
Meus pais, por exemplo, trabalharam a vida toda e nunca tiveram uma casa pra chamar de sua; meu pai paga aluguel até hoje. Meus irmãos, idem. Então, sim, é uma dádiva e um privilégio, pelo qual eu sou muito, muito grata!

Nem ficamos perdidos, chegamos sem erro, e apesar do calor e do tempo de estrada, foi lindo e divertido.
Meus irmãos foram com a gente, para o caso de marido precisar, e nem precisou.
Sou grata pela viagem divertida e cansativa, e proveitosa, pelas horas junto aos meus amados, pedaços do meu coração que bate fora do meu peito...

Olha eles! E o Tiete ao fundo, coisa mais linda!

Sou grata por tudo dar tão certo em minha vida, sou grata pela vida boa que tenho, sou grata porque tenho muito mais do que um dia achei que teria...
Chegamos num ponto da vida em que não temos dívida alguma, temos nossa casinha de 50 metros quadrados, nosso Uninho. Como eu disse, muito mais do que um dia achei que teria...

Então, minha gratidão dessa semana é dupla, ou tripla, ou quádrupla, ou sei lá quantas vezes mais eu teria que repetir, de tanta gratidão que é!
Não cabe no texto, não cabe nas palavras, não cabe em mim!
E eu me sinto grata, finalmente., por poder repartir contigo, querido leitor, essas coisas todas.
Essa Blogagem Coletiva tem sido uma coisa bem boa em minha vida, é um registro de tudo que esse ano tem sido.
E isso é também motivo de gratidão...

Venha participar com a gente da Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão!
Clique aqui e saiba como é simples participar!


9 comentários via Blogger
comentários via Facebook

9 comentários:

  1. Um bom tema pra pensar esse: acho que faz tempo não faço nada diferente aqui! E que coisa boa a quitação e escritura da casa! vale muito agradecer por tudo!

    ResponderExcluir
  2. Ops, saltou antes de mandar os beijos e feliz primavera! chica

    ResponderExcluir
  3. Oi Elaine! Ter um cantinho pra chamar "da gente" é mesmo um privilégio, uma segurança nesse viver que já não é coisa fácil. Que bom voltar depois dessa viagem e encontrar o seu porto seguro, teu mundo e poder descansar, né não!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Imagino a sua felicidade! Parabéns!
    Quando casei morei com meus sogros, por muito tempo.
    Quando surgiu oportunidade compramos um terreno bem baratinho, num lugar que era só mato.
    Começamos a fazer nossa casa, com empréstimo pela Caixa Econômica.
    Depois Husband e eu fomos continuando a obra (até começamos a morar nela).
    E hoje em dia, ela é nossa, não devemos mais nada.
    O dia que pegamos o "habite-se" e a escritura, choramos abraçados.
    Mais um sonho realizado.
    Quando há amor e luta diária juntos, vencemos!
    blogjoturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Fico feliz por si e seu marido, nada como termos nosso tecto, nosso espaço, nosso canto. E com tantos problemas que têm tido são mais do que merecedores de parabéns.
    Adorei a sua dica de pensarmos numa coisa que nunca fizemos e fizemos naquele dia ... para reflectir.
    Em Bauru vive uma amiga aqui da net, possivelmente conhece-a uma advogada linda por dentro e por fora. Beijinhos e tudo de bom para si seu amor e seus amores de 4 patinhas. Sejam felizes
    Júlia Albuquerque Vieira (aqui em Portugal

    ResponderExcluir
  6. Faz um bom tempo que eu não faço algo pela primeira vez, talvez por ser acomodar com a rotina, mas não quero que seja sempre assim. Otima postagem, muiito legal teus feitos.
    www.sempremorenaantenada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Que coisa maravilhosa!! Parabéns pela conquista, eu me senti nas nuvens quando quitei a minha moto, imagino uma casa, em um futuro proximo também pretendo conseguir a minha. Felicidades a família!! E sobre fazer algo pela primeira vez, foi ir em um parque aquático, com 26 anos e nunca tinha ido, foi algo maravilhoso de fazer, me diverti tanto, que no fim do dia estava sem forças, mas foi ótimo!!

    Lindo texto, senti a alegria lendo ele. Abraços!!

    BLOG - TUDO ATRASADO

    ResponderExcluir
  8. Parabéns, Elaine, conseguir quitar a casa é de fato um feito importante na vida. Não tanto pelo bem em si, mas pela tranquilidade que nos proporciona. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Elaine:
    Dá uma alegria, uma paz ter um cantinho para chamar de seu.
    Seja abençoada, sempre.
    beijocas

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…



Visualizações

Contando...

Dias online
Postagens
comentários