Setembro 2017 - * Blog Elaine Gaspareto *

28 de setembro de 2008, o dia em que tudo mudou...

em 30/09/2017


Quinta-feira passada, dia 28 de setembro, este blog que você está lendo completou 9 anos de vida.
Sim, de vida, meu blog-filhinho é bem vivo, sabia não?
Eu lembro exatamente do dia em que eu o criei. Senta que vou resumir pra ti:

Em 2008 eu estava vivendo um dos piores momentos da minha vida. Estava sem trabalho (foi um ano terrível para as fábricas de calçado, minha antiga profissão) e nós estávamos cheios de dívidas. Sabe aquela fase de contar moeda pra comprar bala? Então...
Eu não estava bem, psicologicamente falando; chorava o tempo todo, aflita, angustiada e muito sozinha. Ficava sozinha em casa, sem trabalho, e não havia muita motivação pra seguir, sabe como é?

Eu havia aprendido há pouco tempo que computador a gente liga na tomada. Sim, sério. Eu nunca havia estado perto de um, e o nosso primeiro foi ganho de um vendedor da empresa onde marido trabalhava. Ficou parado aqui por meses, até que um dia marido decidiu colocar internet em casa. Eu nem dei bola, mas na solidão daquele setembro eu sentei, aprendi a ligar e sozinha aprendi tudo, desde digitar, pesquisar... descobri o Google..
Levava horas pra digitar uma frase, as letras fugiam de mim, eu não sabia nem nada. Só fui descobrir que haviam outros navegadores tempos depois, pra mim a internet era o Internet Explorer.
Mas aprendi. Sozinha.

No final de setembro, dia 28, eu entrei por acaso em um blog (O blog mais legal de todos, hoje sem posts, uma pena) e vi, no alto, a barra de navegação do Blogger, onde aparece Crie seu blog. Cliquei.
E sozinha, sem ter ideia do que fazia, criei este blog.
Nos primeiros anos ele se chamou Um pouco de mim. Porque ele nasceu pra ser isso, um pouco de mim, um lugar para falar de mim...
Você já leu a descrição dele? Clica na imagem, é a descrição que fiz no dia que criei o blog.


Esta imagem foi uma das que usei, a que mais gosto até hoje...
Quer ver como ele era?
Clique aqui e veja as várias versões (consegui recuperar de 2010 pra cá, as anteriores infelizmente não...)

Olha como era em 2010:
Ver o blog em 2010
Em 2012:
Ver o blog em 2012
Em 2013:
Ver o blog em 2013
Em 2014:
Ver o blog em 2014
Em 2015:
Ver o blog em 2015
Em 2016:
Ver o blog em 2016

Legal, né?

Cada fase da minha vida está representada neste blog. Cada momento, cada derrota, cada conquista. Alegrias, dores, dúvidas e sobretudo, muito da minha rotina. Através do blog eu tenho arquivados os lugares que fui, as comidas que fiz, o nascimento e a morte, as perdas e os ganhos. Meus trabalhos com blogs, o começo e a pausa, e talvez o fim.
A evolução do meu aprendizado sobre blogs, a evolução do meu pensamento e do meu jeito de ver a vida.
Aqui estão registrados meus dias, minhas horas, um pedacinho importante da minha vida.
Se procurar tem quase um mapa sobre a Elaine nas páginas deste blog...

Eu sou muito grata por este blog. Sou grata porque houveram dias em que ele me salvou. Escrever nele me deu outra perspectiva.
Houve um tempo, inclusive, em que ele alavancou minha vida financeira e me permitiu sustentar minha casa. Ele foi minha vitrine e consegui dezenas de trabalhos através dele.
Sou grata.

Conheci gente incrível, que mora em meu coração, através desse blog. Ajudei, fui ajudada. Sofri decepções e decepcionei, sorri mais do que sofri, descobri um lado dark de ter um blog de relativo sucesso.
Aprendi. Cresci. Apareci.
E evoluí, tanto como pessoa quanto como blogueira.
Porque é isso que eu sou, a blogueira dona desse blog.
Sou grata demais!
E que venham os próximos anos.
Nós, o blog e eu? Estamos apenas começando...




+Paula Mello fez esse vídeo pra mim, não é fofo?

Venha participar com a gente da Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão!
Clique aqui e saiba como é simples participar!


QUERO LER O POST COMPLETO

Tortinha de maçã assada fácil e deliciosa

em 28/09/2017


Quer experimentar uma tortinha de maçã bem simples e fácil de fazer?
Vem comigo, vou compartilhar contigo essa receitinha!

Ingredientes do recheio:
3 maçãs (eu prefiro sem casca);
½ xícara (das de chá) de açúcar;
Canela em pó(a gosto);
Suco de 1 limão;
1 colher (das de sopa) de Maisena;
2 colheres (das de sopa) de água fria;

Ingredientes da massa:
1 gema (reserve a clara para servir de "cola" para fechar a massa);
1 xícara e ½ (das de chá) de farinha de trigo;
4 colheres (das de sopa) de açúcar;
50 gramas de manteiga sem sal (2 colheres das de sopa bem cheias);
água fria;
1 colher (das de chá) de fermento químico em pó;

Modo de fazer o recheio:
Em uma panela coloque a maçã picada, o açúcar, a canela e o suco de limão.Cozinhe por 10 minutos, misturando de vez em quando até que fique levemente macia.
Depois da maçã ficar macia junte 1 colher (das de sopa) de maisena diluída nas 2 colheres de água.Cozinhe até que fique bem cremoso. Deixe esfriar completamente.

Modo de fazer a massa:
Em uma tigela coloque a farinha, o açúcar, a manteiga e a gema. Misture com as pontas dos dedos até que tudo tenha sido absorvido pela farinha.
Junte o fermento e água aos poucos ou seja 1 colher (das de sopa) de água por vez até que a massa fique numa textura que seja possivel abrir. Vá devagar com a água, tá?

Coloque a massa em uma bancada com um pouco de farinha, sove por 10 minutos e deixe a massa descansar na geladeira para descansar o glúten e endurecer a manteiga.


Abra a massa bem fininha, coloque o recheio frio e pincele um pouco de clara de ovo nas bordas para ajudar a fechar.
Feche as bordas com um garfo (como fazemos com pastel, sabe?) e leve para assar em uma forma untada e enfarinhada.
Para dar a cor bonita pincele com uma gema e salpique açúcar por cima da gema.


Asse em forno preaquecido a 180°C por cerca de 20 minutos ou até dourar.
Eu deixei passar do ponto, sendo que o ideal é dourar levemente. Fica de olho, tá?
Da próxima vez que fizer não vou pincelar a gema, achei desnecessário.

Dicas extras:
✔ Forno é algo que só a gente conhece, né?
Aqui em casa levou 20 minutos, mas varia de forno para forno.
✔ Você pode usar maçã verde caso goste.
✔ Experimente fazer o recheio de banana ou pera, por exemplo...
✔ Quer extrapolar na gostosura? Sirva quentinha, com uma bola de sorvete. Nham-nham...

Gostou da sugestão?
Quer um pedacinho?




QUERO LER O POST COMPLETO

Marcadores (ou tags) do blog em formato Menu suspenso

em 27/09/2017

Marcadores (ou tags) do blog em formato Menu suspenso


Existem algumas formas diferentes de mostrar os marcadores (ou Tags, ou Categorias, no Blogger é tudo a mesma coisa) na lateral ou no rodapé do blog.
Veja alguns exemplos que já ensinei aqui no blog (clique sobre a imagem para ir ao tutorial correspondente):

Formato colunas:



Formato de nuvem colorida:



Formato Colors:


Já usei algumas dessas, e de outros tipos, mas desde quando eu comecei o blog (praticamente) que eu uso essa forma de exibir os marcadores do blog: Marcadores do blog em formato menu suspenso.
Não sabe do que estou falando? Veja ali na minha lateral o item Marcadores. Clique nele. Isso é um menu suspenso.
Ele não existe no Blogger (como existe, por exemplo, o gadget Arquivo) mas podemos inserir um truque e fazer com que ele fique assim.
Quer aprender? Vem comigo!


Colocar os marcadores do blog em formato de Menu suspenso


Para começar você precisa, claro, ter o gadget Marcadores instalado. Se já tiver e ele já for personalizado não tem problema, basta inserir novo gadget Marcadores.
Esse é um daqueles que você pode ter quantos desejar.

Instalou? Arraste para onde deseja que fique, salve a alteração do Layout e a seguir clique na ferramentinha de edição, como se fosse editar seu gadget Marcadores.
No alto da caixinha dele aparecerá um endereço bem grande, que começa com https e termina assim: null&widgetId=Label1

A terminação final Label1 pode mudar para você, em vez de 1 vai aparecer o número de seu gadget (pode ser 2, 3 se você tiver outros gadgets Marcadores já inseridos no blog). O importante é guardar esse número, ele é o ID de seu gadget Marcadores.

Agora vá ao painel de seu blog e clique em Tema. A seguir clique em Editar HTML e no alto do código-fonte clique na opção Ir para um widget.
Vai expandir a lista dos elementos de página adicionados ao seu blog.
Localize o gadget Marcadores que voce acabou de inserir.
No caso do meu exemplo é Label1.
Selecione de <b:widget até </b:widget> e substitua tudo por este código:


Copiar o código


Salve, troque a expressão Selecione por outra (Escolha o tema, Escolha o assunto, Escolha o que ler, etc...) se desejar e salve.
Tá feito!

Para não restar dúvida gravei a execução do tutorial, aperta o play!


QUERO LER O POST COMPLETO

Tutorial Photoshop para iniciantes -Aprendendo criar imagem para o blog

em 26/09/2017


Dentro da série que a Elaine vem publicando sobre Como editar imagens para usar nos posts do blog, já se falou sobre vários editores de imagens, todos com boas ferramentas para ajudar os blogueiros.

Hoje eu quero te ensinar a criar a sua imagem no Photoshop. Muitas pessoas têm o programa instalado no computador e nunca usaram, na verdade o programa tem recursos avançados e profissionais mas também pode ser usado para imagens simples!

Quem sabe começando com uma imagem para o blog logo você fica craque? Espero que sim! Então aproveita e já se inscreve no Canal do Youtube, em breve teremos mais vídeos sobre o assunto.



QUERO LER O POST COMPLETO

Caixa (ou box) personalizada para assinar o feed do blog

em 25/09/2017


Você tem (ou deseja ter) em seu blog a caixinha, ou box, que permite assinar o feed do blog e que dá ao leitor a oportunidade de receber seus posts por email tão logo eles sejam publicados?
Então esse tutorial é pra ti, querido leitor!

Antes de mais nada é preciso ativar o feed de seu blog através do Feedburner, caso ainda não tenha o recurso em seu blog.
Se você já tiver pode pular essa etapa, ok?


Ativar o feed do blog via Feedburner


Vou mostrar o modo mais simples, ok?
Faça assim: clique em Layout, no painel de seu blog.
A seguir clique em Adicionar um gadget e dentre as opções que aparecerem escolha Follow by email.
Vai abrir uma janela assim (claro que com as informações de seu blog):

O endereço que aparece após http://feeds.feedburner.com/ é o endereço do feed de seu blog. No caso do meu exemplo é BlogDeTestesDaElaine. Isso é importante, inclusive respeite as letras maiúsculas se houver, ok?

Deixe essa janela aberta e clique em Visualizar estatísticas e mais informações.
Vai abrir então a página no Feedburner, que é um serviço Google para gerar o feed dos blogs.
Na página inicial terá o endereço do feed que você acabou de criar.
Clique nele.
Vai abrir outra página, clique em Publicar (ou Publicize, se estiver em inglês).
Quando abrir a aba clique então em Emails Subscriptions, que estará na lateral esquerda da página.
Na próxima página que abrir clique em Ativar (ou Activate se estiver em inglês). Feito isso clique em Salvar.
O código que aparece é o código da caixa padrão do Feedburner. Se quiser usa-la copie o código e cole em seu blog como gadget HTML/JAVASCRIPT.
Ela ficará assim:



Eu já mostrei aqui no blog algumas opções de personalização dessa caixa.
Recorde:
Como personalizar o box de envio do feed do blog?

Vou te mostrar hoje mais uma forma de personalizar essa caixa. Bem legal, com ícones de suas redes sociais, bem moderna e lindinha.
Assim:

Demonstração do tutorial


Importante: caso opte por usar o código que vou disponibilizar abaixo não precisa inserir essa padrão, ok? Guarde apenas o ID de seu feed.


Como personalizar a caixa de envio do feed?


Para colocar em seu blog é bem simples: acesse a página com os códigos necessários a execução do tutorial:


Copiar o código


A seguir copie o código de personalização e vá ao painel de seu blog.
Clique em Layout e a seguir clique em Adicionar um gagdet.
Escolha a opção HTML/JAVASCRIPT  e dentro da caixinha que expandir cole o código copiado anteriormente.

Você verá, no código, que deixei marcados alguns campos em CAPSLOCK.
Esses campos precisam ser editados, indispensavelmente.

São os campos onde você coloca o endereço de seu feed (lembra que pedi pra manter a janela do feed aberta?
Copie o final do endereço, (que no meu exemplo é BlogDeTestesDaElaine) e cole no campo ID DO FEED. Aparece 2 vezes no código, substitua em ambas, ok?

Também deixei marcado ENDEREÇO HTTP DE SEU LOGO. Substitua pelo endereço http do logo de seu blog.
Caso não tenha logo basta apagar o trecho todo, de  <img border até width="100" />

As cores e fontes são personalizáveis. 
A fonte que coloquei é Open Sans, mas você pode trocar pela que desejar.
As cores são sempre trocadas mudando o código hexadecimal de cada item. Sempre que aparecer no código um sinal # seguido do código hexadecimal significa que é o código da cor daquele item. Para trocar a cor troque o código dela.
Aqui tem uma tabela de cores e seus códigos hexadecimais.

Também deixei marcado no código o local onde inserir os links de suas redes sociais.
Caso queira apagar alguma rede social basta apagar a linha que corresponde a ela.
Por exemplo, vamos supor que eu quira apagar o link para o Twitter. Eu apago isso:
<li><a href="LINK TWITTER" target="_blank"><i class="fa fa-twitter"></i></a></li>
E assim sucessivamente, para cada rede social que queira deletar.


E é só isso!
Bem simples, o maior trabalho é copiar e colar os links, né?
Se tiver qualquer pergunta deixe aí nos comentários e eu respondo :)

E aproveitando que tamo papeando, quer assinar o feed do blog e conhecer nossas redes sociais?



Subcribe
Assine o feed do blog!
Fique tranquilo, nunca compartilharei sua informação com ninguém!

QUERO LER O POST COMPLETO

Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?

em 23/09/2017


Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?
Já pensou nisso?
Eu pensei... atravessando o Rio Tietê, na  altura da cidade de Pederneiras, indo para Bauru. Foi a primeira vez que vi o Tietê... e fazia tempo que eu não fazia algo na vida pela primeira vez...

Olha o Tietê

O rio é muito lindo, grande, e no trecho que vi, muito limpo.
E sim, fica longeee daqui, 4 horas de carro pra ir e mais 4 pra voltar....
O que eu fui fazer tão longe de casa?
Fui buscar o documento de quitação da minha casa e lavrar a escritura dela.
Conheci Bauru, fui na Cohab, que fica numa avenida imensa e linda.

Cohab, em Bauru. Nem fica os perdidos como eu achei que ficaríamos...

Sou grata por isso, por finalmente ter os documentos da casinha em mãos, por ela ser nossa, o nosso lugar pra envelhecer com segurança e conforto.
Sim, é sério!
Meus pais, por exemplo, trabalharam a vida toda e nunca tiveram uma casa pra chamar de sua; meu pai paga aluguel até hoje. Meus irmãos, idem. Então, sim, é uma dádiva e um privilégio, pelo qual eu sou muito, muito grata!

Nem ficamos perdidos, chegamos sem erro, e apesar do calor e do tempo de estrada, foi lindo e divertido.
Meus irmãos foram com a gente, para o caso de marido precisar, e nem precisou.
Sou grata pela viagem divertida e cansativa, e proveitosa, pelas horas junto aos meus amados, pedaços do meu coração que bate fora do meu peito...

Olha eles! E o Tiete ao fundo, coisa mais linda!

Sou grata por tudo dar tão certo em minha vida, sou grata pela vida boa que tenho, sou grata porque tenho muito mais do que um dia achei que teria...
Chegamos num ponto da vida em que não temos dívida alguma, temos nossa casinha de 50 metros quadrados, nosso Uninho. Como eu disse, muito mais do que um dia achei que teria...

Então, minha gratidão dessa semana é dupla, ou tripla, ou quádrupla, ou sei lá quantas vezes mais eu teria que repetir, de tanta gratidão que é!
Não cabe no texto, não cabe nas palavras, não cabe em mim!
E eu me sinto grata, finalmente., por poder repartir contigo, querido leitor, essas coisas todas.
Essa Blogagem Coletiva tem sido uma coisa bem boa em minha vida, é um registro de tudo que esse ano tem sido.
E isso é também motivo de gratidão...

Venha participar com a gente da Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão!
Clique aqui e saiba como é simples participar!


QUERO LER O POST COMPLETO

Marcadores do blog personalizados em formato de lista com efeito de transição

em 21/09/2017


Olá, querido leitor que também possui um blog!
A postagem de hoje é especial para você! Ela mostra como personalizar os marcadores de seu blog e deixa-los assim, em formato de lista colorida com lindo efeito hover de transição, semelhante ao que eu uso atualmente (2017) aqui no blog.
Veja ali na aba Categorias como fica, ou confira na demonstração abaixo:


Demonstração do tutorial


Vamos aprender?
Para começar você precisa ter inserido em seu blog o gadget Marcadores.
Faça assim: vá ao painel de seu blog e clique em Layout. A seguir clique em Adicionar um gadget e dentre as opções selecione Marcadores.
Configure para exibir em formato Lista, marque para mostrar a quantidade de posts por marcador e salve.
Arraste para onde deseja que fique e salve a alteração do Layout.
Agora clique em Tema e então clique em Editar HTML.
Dentro da caixa do código-fonte de seu blog tecle Ctrl+F e na barra de busca que expandir digite </head> e tecle Enter para localizar. ACIMA dessa tag de fechamento cole este código:


Copiar o código


Salve e tá pronto!
Todas as cores podem ser alteradas; basta trocar o código hexadecimal que aparece sempre precedido de #.
Aqui tem uma tabela de cores.

Viu que simples que é?
Aproveita que foi tão fácil e deixe seu comentário de incentivo!
Também agradeço se você puder curtir ou compartilhar esse tutorial em suas redes sociais.
Muito obrigadinha!!!
QUERO LER O POST COMPLETO

Box flutuante para curtir a fanpage (aparece ao sair do blog e não ao entrar!)

em 20/09/2017

Box flutuante para curtir a fanpage (aparece ao sair do blog e não ao entrar!)

Em 2016 eu ensinei aqui no blog como instalar um box flutuante que aparece ao sair do blog e não ao entrar.
Não sabe do que estou falando?
Veja:

Para ver o tutorial do box Assinar o feed clique sobre a imagem

No tutorial em questão eu prometi adaptar os códigos para exibir o box de curtir a fanpage, mas acabei esquecendo...
Até que um leitor do blog me perguntou se o tutorial havia sido feito, e por isso resolvi trazê-lo hoje.
Depois de pronto o resultado será este (claro que com a sua fanpage):


Demonstração do tutorial



Como instalar o Box de curtir a fanpage que aparece ao sair do blog e não ao entrar?


Para começar voce precisará do código da caixa de curtir a sua fanpage.
Vou deixar aqui o link que ensina como conseguir esse código, mas também vou deixar o código padrão na página com todos os códigos necessários, ok?
Então, para começar, acesse a página com os códigos necessários a execução do tutorial:

Copiar o código


Agora vá ao painel de seu blog e clique em Tema. A seguir clique em Editar HTML e dentro da caixa do código-fonte tecle Ctrl+F. Na barra de busca que expandir digite ]]></b:skin> e tecle Enter para localizar.
ACIMA de ]]></b:skin> cole o CÓDIGO CSS.
Salve.

A seguir, na barra de busca, digite </head> e localize.
ACIMA de </head> cole o CÓDIGO JAVASCRIPT.

Pausa para informação importantíssima!
Caso seu blog use domínio próprio o arquivo javascript a ser usado é este:
<script src='http://yourjavascript.com/08011672710/ouibouncebyelainegaspareto.js'></script>
Mas caso seu blog não use domínio próprio o código javascript será este:
<script src='https://sites.google.com/site/codigoselainegaspareto/scripts/boxflutuantebyelainegaspareto.js'/>

Isso acontece por causa do sufixo http ou https.
Se for blog que começa com http (blogs com domínio, até a presente data) tem que usar o arquivo que começa com http.
Se for blog sem domínio, que começa com https, precisa usar o arquivo que começa com https.
Sim, foram horas até sacar isso...
Fim da pausa

Inseriu o código correto?
Salve.

Localize agora </body> e acima disso cole o CÓDIGO HTML.
Salve e verifique se está tudo ok.
O box deve surgir ao levar o mouse para fechar a página, mas precisa rolar a mesma um pouco antes de clicar para fechar.
Tudo ok?
Então vamos trocar a minha fanpage pela sua.

Como o Blogger não aceita códigos não-parseados em seu código-fonte precisamos então converter esse código.
Calma, é simples!
Acesse essa página aqui do meu blog:
Conversor de códigos.

No primeiro campo cole o código completo de sua caixinha Curtir e clique em Converter.
Copie o conteúdo do campo abaixo (Código convertido) e cole no local determinado no CÓDIGO HTML.
Salve.
E tá feito!


Dicas extras importantes


Abaixo deixo algumas respostas para perguntas que podem surgir.
Antes de ficar frustrado por não dar certo releia o tutorial, certifique-se de haver entendido tudo e de não haver esquecido nada, e leia as dicas abaixo.
Testei em vários modelos diferentes e em todos deu certo, então pode crer: dá certo, basta fazer certinho, com paciência e persistência...


1- No CÓDIGO CSS você altera coisas como cores e fontes.
Cores eu deixei as oficiais do Facebook mas se quiser trocar fique à vontade. Sempre altere os códigos hexadecimais precedidos de # para trocar as cores que estão no código pelas cores que deseja.

2- A fonte Muli pode ser trocada pela fonte que desejar, e nesse caso precisa alterar também o CÓDIGO JAVASCRIPT dela, ok?

3- Aliás, falando em javascript: eu hospedei os arquivos que fazem o tutorial funcionarem uma conta minha mas sugiro que você baixe o arquivo e hospede em seu próprio servidor, ok?
Para baixar pé só clicar sobre o link e ele abrirá, daí é só copiar, colar em um bloco de notas, salvar na extensão .js e hospedar em seu host.


4- A largura ideal da caixa de curtir, nesse caso, é de 530px, ok? Caso queira alterar larguras precisa entender o básico de CSS. Mas faça testes até chegar onde deseja; é assim que passo horas pra chegar no resultado que partilho aqui.

5- Caso seu blog tenha algum outro script que use JQuery para funcionar pode dar conflito e ambos se anularem. Aí não tem jeito, tem que escolher...

6- Para finalizar: gostou do tutorial e acredita que ele será útil para seus leitores? Então me ajude a divulga-lo. Eu  agradeço muito!
QUERO LER O POST COMPLETO

Quibe assado recheado com muçarela e requeijão

em 19/09/2017



Ingredientes do quibe:

250 gramas de trigo para quibe;
1 quilo de carne moída;
azeite à gosto;
sal à gosto (1 colher das de sopa, mais ou menos);
1 cebola grande ralada;
2 dentes de alho espremidos;
Hortelã se gostar (eu não uso, mas reza a lenda que quibe precisa de hortelã rsrsrs)
Cheiro verde picadinho;
2 tomates fatiados finamente;
azeitonas fatiadas;
200 gramas de queijo mussarela fatiado;
1 copo de requeijão cremoso;
manteiga ou margarina para besuntar;


Modo de fazer:

Comece colocando o trigo de molho: coloque em uma vasilha grande (ele incha!) e cubra com água fria.
Cubra a vasilha e deixe de molho por, no mínimo, 2 horas.
Eu deixo um pouco mais, mas nunca de um dia para o outro porque senão ele pode fermentar.
Quando estiver bem inchado escorra a água, coloque-o sobre uma peneira para realmente sair toda água.
Ao trigo escorrido junte a carne moída crua, o cheiro verde, a cebola ralada, o alho bem espremido, o cheiro verde finamente picado, o sal e umas 5 colheres (das de sopa) de azeite. Se for colocar  hortelã essa é a hora.
Misture tudo com as mãos até sentir a liga da massa. Prove o sal e ajuste se precisar.
Reserve.

Em uma assadeira untada com azeite distribua metade da massa do quibe.
Sobre ela espalhe fatias de muçarela, tomate fatiado e o requeijão.
Sobre o requeijão espalhe o restante da massa do quibe e pressione para acomodar bem.
Faça cortes na superfície da massa e sobre esses cortes espalhe pedacinhos de manteiga ou margarina. Isso fará seu quibe ficar bem macio e úmido.
Assim:


Cubre com papel alumínio e leve ao forno  (180º) por mais ou menos 30 minutos.
Aí varia de forno para forno, como eu sempre digo.
Nos minutos finais retire o papel alumínio para dourar.


E está pronto!
Pode servir com arroz branco e uma saladinha, ou sozinho. Fica bom de todo jeito!
Quer provar?



Se desejar imprimir a receita clique no botão abaixo:

Print Friendly and PDF
QUERO LER O POST COMPLETO

Slide de destaques lindo e cheio de efeitos para modernizar o blog!

em 18/09/2017


Há, aqui no blog, vários tutoriais que ensinam como colocar no blog os mais variados tipos de slide.
São slides de posts recentes, slides de destaques, etc...
Hoje quero te mostrar esse, que é uma adaptação de um original Wordpress.
Veja:


Demonstração do tutorial


Bonito, né?
Em minha opinião um slide de destaques é mais útil do que o slide de posts recentes. Ele serve para destacar aquele post importante, destacar banner de parceiros ou anunciantes, ou ainda destacar as categorias/assuntos mais relevantes do blog.
Veja lá no meu blog de testes as várias opções de uso de cada aba do slide.
Quer ter em seu blog?
Abaixo segue o passo a passo que mostra como instalar e como configura-lo para seu blog.
Vem comigo!


Como adicionar o Slide de destaques no blog?


A instalação desse slide é a coisa mais fácil do mundo! Juntei todos os códigos, tanto o Código CSS quantos os códigos HTML e os scripts javascript num único bloco de códigos, para simplificar ao máximo a instalação.
Acesse a página com o código completo do slide, copie todo o código e cole em um post de rascunho (ou bloco de notas) para facilitar a edição:


Copiar o código


Como você viu no código do slide ele tem, na primeira parte,  linhas destacadas em CAPSLOCK, que indicam as áreas editáveis do slide relativas às cores e fontes.
Leia o código, ele te dirá exatamente o que e onde alterar para que as cores combinem com seu layout.
Essa parte é de sua escolha, se não quiser alterar nada, fica a seu critério. Se não mexer em nada as cores serão as do meu exemplo.
As cores sempre são alteradas trocando o código hexadecimal delas pelo código hexadecimal da cor de sua escolha. Aqui tem uma tabela de cores e códigos, caso precise.

A segunda parte do código é o CÓDIGO HTML e essa parte é indispensável que você altere.
Como sempre, leia o código e ele te dirá onde alterar tudo que precisar.
Esse é o código completo de uma aba do slide:

<li><a href="LINK AQUI">
  <img src="ENDEREÇO HTTP DA IMAGEM AQUI" title="Aqui o nome do marcador"/>
  </a>Aqui a descrição do post ou da categoria</li>


Entendendo o Código HTML:


Onde você lê LINK AQUI é o endereço de cada marcador ou página, ou post que queira colocar nessa aba;
Onde você lê ENDEREÇO HTTP DA IMAGEM AQUI é, claro, o endereço da imagem hospedada como ensinei acima;
Onde está Aqui o nome do marcador coloque o nome da categoria (Receitas, por exemplo, ou o que desejar...);
Onde está Aqui a descrição do post ou da categoria coloque a descrição da categoria, página ou post.

A área das miniaturas é assim:

<a href="LINK AQUI" title="NOME DO POST 1 AQUI">
<img src="ENDEREÇO HTTP DA MINIATURA 1 AQUI"/></a>

Também bem simples de entender, né? Basta colocar o link, o endereço da miniatura e o nome do post, marcador, assunto, etc... nos locais indicados.


Como editar as imagens para o slide?


A parte mais trabalhosa é editar cada imagem que você for usar em seu slide.
Nesse ponto é importante ressaltar que é indispensável editar cada imagem no tamanho exato recomendado, tanto a imagem em tamanho grande do slide quanto a miniatura dessa imagem.
Para cada imagem do slide é necessário editar a mesma imagem em 2 tamanhos: Imagem grande: 950px de largura por 350px de altura;
Miniatura: 85px de largura por 48px de altura.

Vamos supor que eu esteja inserindo o slide em meu blog.
Eu destacaria as minhas categorias principais e a página Anuncie.
Assuntos: Dicas para blogs, Receitas doces, Receitas salgadas, Livros e resenhas e a página Anuncie.
Então as imagens que eu escolheria seriam relativas a esses temas, entende?

Então, reforçando: escolha imagens que tenham a ver com o tópico de cada aba do slide, edite essas imagens cada uma nos dois tamanhos recomendados, e a seguir hospede-as para obter o endereço de cada uma delas.


Como hospedar as imagens?


Imagens prontas?
Então é hora de hospeda-las pois precisaremos do endereço http de cada uma delas.
Para hospedar as imagens você pode usar o próprio Blogger.
Faça assim:
Em um blog de testes crie uma postagem e carregue nela as imagens que desejar.
Deixe todas em Tamanho original e (no navegador Chrome) clique sobre cada imagem com o botão direito do mouse.
Dentre as opções que aparecerem escolha Copiar endereço do link.
Esse é o endereço web de sua imagem.


Editar o código e colocar o slide no blog


Chegou a hora de editar o código do slide.
Insira tudo o que ele pede, os links dos marcadores, posts ou páginas, a descrição de cada aba e o nome da categoria/assunto/marcador.
Coloque o endereço da imagem maior no local indicado, e o endereço da mesma imagem em miniatura no local indicado no código.
Faça isso com todas as abas e depois de terminar a edição copie todo o seu código.

A seguir vá ao painel do blog onde deseja instala-lo e clique em Layout.
Aí clique em Adicionar um gadget e escolha a opção HTML/JAVASCRIPT.
Dentro da caixinha que expandir cole todo o código copiado e salve.
Arraste para baixo de seu cabeçalho ou menu e salve a alteração do Layout.
Seu slide já estará funcionando.


Fiz tudo certo e não apareceu...


Sim, pode acontecer.
Se seu blog tem outro slide este pode não funcionar ou ambos se anularem;
Se existem muitos gadgets em seu blog que usam javascript para funcionar (slides, menus mais elaborados, etc...) pode dar conflito.
Se você apagar alguma aspa ou sinal do código ele pode não funcionar. Então tenha atenção.

Agora o pulo do gato! O Código javascript!
Nos testes que fiz eu notei uma coisa espantosa que consegui resolver depois de muito estudo, preste atenção!

Se seu blog não tem domínio próprio e portanto começa com https o endereço do script tem que ser este, do meu site de hospedagem de arquivos:

https://sites.google.com/site/codigoselainegaspareto/scripts/slidedestaquesbyelainegaspareto.js


Se seu blog tem domínio próprio e começa com http o endereço do script é o que está no código.
Isso acontece porque o script precisa ter a mesmo sufixo do blog onde o slide for hospedado.

Deixei explicadinho na página de códigos, ok? Basta ler e substituir, dependendo do caso de seu blog.
Imagina o tanto que deu trabalho descobrir isso?
Deu, mig@s, muito...

E terminamos!
Horas de trabalho para montar o tutorial, traduzir e converter os códigos, testar e descobrir os erros...
Merece um compartilhamento?
Eu agradeço...




QUERO LER O POST COMPLETO

Aos 45 do primeiro tempo...

em 15/09/2017


Completei hoje, às 7 e meia da manhã, 45 anos.
Se a vida fosse um jogo de futebol eu teria acabado o primeiro tempo. Metade do jogo. Mas como a vida é jogo importante, muito provavelmente teria prorrogação...

Num jogo de futebol, se você nunca assistiu a algum, tem primeiros tempos que são incríveis, tudo acontece nele.
Os gols, as expulsões, as substituições, as brigas, as jogadas lindas e inspiradas, a defesa inesquecível do goleiro. Tudo dá certo, a vitória acena, tudo é fácil e maravilhoso...
Tem jogo em que o primeiro tempo vale o ingresso todo, de tão emocionante que é.

Mas há primeiros tempos que a gente sente cada segundo, de tão pesado e sofrido que é. Nada dá certo, a bola não entra, o adversário impede qualquer progresso. Parece que dali não vai sair nada que preste... o jogo se arrasta, o tempo não passa, a coisa não flui e só há desanimo, desesperança...


Mas há jogos em que a graça da coisa está toda no segundo tempo. O time está mais relaxado, mais entrosado, mais confiante. Já explorou as fraquezas do adversário, já encontrou os espaços por onde jogar, já achou o caminho até o gol e provavelmente já marcou algum e não levou nenhum.
A experiência conta muito, afinal já é o segundo tempo e o time sabe quais são os limites e quais são as possibilidades reais. Não é mais sorte, é sabedoria.
Inúmeras vezes a emoção está no segundo tempo, e são tantas as vezes que a partida é definida nos minutos finais... é muita emoção...
Há segundos tempos que são um show de talento, experiência e sabedoria em administrar o tempo e os recursos....

Também é no segundo tempo que a maioria das substituições são feitas, quase uma cirurgia no time. Sai um membro, entra outro em seu lugar; isso se não houver expulsão... aí é time com 1 a menos...
E também há o cansaço da partida, especialmente se ela for dura e o adversário for forte.
O corpo não é mais o mesmo, as pernas não obedecem mais e o atacante começa a esperar pelo passe na boca do gol; já não há mais pique pra sair correndo em carreira desabalada. Afinal, já foram jogados 45 minutos (ou mais) e a disposição nem sempre é a mesma do  auge da partida...
Sem contar que sempre existe aquele risco de levar um drible bem no finalzinho... de sofrer uma perda da qual não se recupera porque o tempo... ah... o tempo... acabou.


Percebe como se parece com a vida da gente?
Eu não sei em fase do jogo você está. Talvez esteja no começo do primeiro tempo, talvez esteja no meio dele... ou talvez esteja, como eu, iniciando o segundo tempo.
Ou já esteja avançando segundo tempo adentro.
Talvez você seja mais bem preparado do que eu e nem sinta os primeiros 45... talvez esteja já cansado ainda no começo do primeiro tempo; talvez sinta que está no banco de reservas e ainda nem começou a jogar de fato... talvez seja goleiro... talvez, no jogo que é a vida, você seja o zagueiro... aquele que defende... ou o atacante...

Mas uma coisa é certa: no jogo que é a vida todo minuto conta, seja lá de qual tempo for.
Sim... é numa fração de minuto que um gol é marcado, que a vitória é alcançada e que a partida pode virar.
Já vi jogos que pareciam perdidos virarem e já vi jogo ganho ser perdido. Na vida também é assim. Nada está perdido, nada está garantido, o jogo não pára!
Porque essa é a graça da coisa: tudo pode mudar de um minuto para outro. Não há nada definido enquanto houver bola rolando.
O jogo, meu bem, só acaba quando soar o apito final.
Até lá há jogo e se há jogo há chance de mudar, de fazer aquela jogada incrível, de segurar aquela bola que ia estragar tudo. Enquanto há jogo, há esperança.


Pra mim?
Começa agora o segundo tempo, porque no jogo que é a vida não há intervalo regulamentar.
Que comece o segundo tempo!
Acho que ele vai ser ainda mais incrível do que foi o primeiro...

Venha participar com a gente da Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão!
Clique aqui e saiba como é simples participar!


QUERO LER O POST COMPLETO

Menu para blog em formato Leque- lindo, fácil e útil!

em 14/09/2017


Você gosta de tutoriais rápidos e simples para usar no blog? Se gosta então o tutorial de hoje é pra você!
Estou falando desse menu diferente, cheio de charme e muito bonitinho, em formato de leque que se abre para revelar as abas.
Ele pode ser usado na lateral do blog, acima da área dos posts, no rodapé da área dos posts ou no footer, o rodapé do blog.
Também pode ser usado em um post, caso você queira, como eu fiz no meu exemplo.
Quer aprender?
É muito simples e fácil!
Vem comigo!


Como colocar o Menu Leque no blog?


Para começar defina os links e o nome de cada aba que seu menu terá.
Sugestões? Use para destacar páginas importantes do blog, ou posts importantes. Ou ainda use para colocar o link de suas redes sociais, mais ou menos assim:

Definidos os links e o nome de cada aba acesse a página com o código necessário a execução do tutorial:


Ver o menu e copiar o código


Copie todo o código e a seguir vá ao painel de seu blog e na aba Layout (ou Design, é a mesma coisa) clique em Adicionar um gadget. Dentre as opções que aparecerem escolha HTMLJAVASCRIPT.
Na caixinha que expandir cole o c[odigo copiado anteriormente.
Salve, posicione onde deseja que fique e salve a alteração do Layout.
Seu menu já estará aparecendo.
Agora basta editar os nomes das abas e colocar o endereço http para onde deseja que cada aba direcione ao ser clicada.
E tá pronto!

Para trocar as cores basta substituir os códigos hexadecimais das cores que estão no menu pelos códigos hexadecimais das cores que deseja.
Aqui tem uma tabela de cores e seus respectivos códigos hexadecimais.
As cores sempre aparecem no código precedidas de #, ok?

Caso queira usar o menu em uma postagem faça assim: copie o código do menu, vá até o post onde deseja inserir o menu Leque e no alto do editor de postagem (onde você escreve seus posts) clique em HTML. Essa ação reverterá seu editor de postagem para o modo HTML.
Cole o código completo do menu onde deseja que ele apareça na postagem, coloque os links no local indicado e ajuste o nome de cada aba.
Depois de pronto publique seu texto normalmente, como está acostumado.
Para voltar o editor de texto ao modo normal clique em Escrever no alto da página.

Gostou? Deixe seu comentário, ou clique em Compartilhar ao final do post.
Eu agradeço demais!!!!



QUERO LER O POST COMPLETO

Conheça Sacolei, a loja online de calçados com venda no atacado e varejo que vai encantar você!

em 13/09/2017


Você sabia que antes de trabalhar online, tanto personalizando blogs e prestando assessoria para blogueiros (e com meu próprio blog, claro) eu fui, durante muitos e muitos anos, pespontadeira?
Não sabia? Nem sabe o que é uma pespontadeira?
Vou te contar!
Pespontadeira é o nome "técnico" que é dado à pessoa (pode ser homem ou mulher, inclusive há mais homens que mulheres pespontando) que costura sandálias, sapatos, botas, etc... nas fábricas de calçados.
Sim, eu trabalhei por mais de 20 anos dentro de fábricas de calçados, depois trabalhei outros tantos em casa, naquilo que a gente chama de banca de pesponto. Eu amava!

Lembro até hoje do cheirinho de calçados novinhos sendo preparados para envio, lembro de quando era época de começar a coleção nova... lembro dos vendedores que percorriam o Brasil com uma mala enorme, pesadíssima, cheia de amostras, um pé de cada modelo, de cada cor.
Aquilo nunca me pareceu muito prático, imagina carregar aquilo tudo país afora?
Claro, depois as fábricas maiores começaram a ter mostruário impresso, mas era caro, e na minha época internet não era coisa que fosse usada pra vendas.

Mas daí que isso mudou, e é justamente de uma empresa que comercializa calçados variados (e lindos!) que quero te falar. Clique aqui para conhecer!


Estou falando da Sacolei, uma empresa que vende calçados tanto no atacado (para quem deseja revender os produtos) quanto no varejo (para o consumidor final, eu e você) e que trabalha com diversas linhas de calçados: rasteirinhas, sapatilhas, botas, sapatos, anabelas, tênis, coturnos, etc...
Os calçados são lindos, o preço é inacreditável, são aceitas várias formas de pagamento, o envio pode ser via Pac ou Sedex e já muitas, muitas opções, para todos os gostos e estilos.


Rasteirinhas Sacolei- para revender ou para desfilar um modelo diferente por dia...




Salto? Sim, temos!




Botas, para qualquer época do ano...




Sapatilhas lindas e confortáveis



Não são lindos?
E olha que separei só uma pequena parte do que a Sacolei disponibiliza!
Tem muito mais opções, de cores, modelos, texturas, acabamentos...
Acredite em mim, é de fazer a gente querer quebrar o cofrinho...


Revenda os produtos Sacolei e gere renda extra pra você!


Mas sabe o mais importante, que quero destacar?
Falo da possibilidade de gerar uma renda extra revendendo rasteirinhas, sandálias, botas, etc...
Já pensou?
Nas compras por atacado (acima de 10 pares) você ganha um desconto de 25%.
Ah, Elaine, mas comprar 10 pares iguais, não sei não...
Acontece, querido leitor, que aí mora a grande vantagem da Sacolei!
Você não precisa comprar a grade completa.
Pode escolher a cor, a numeração e o modelo que desejar. Basta somar 10 pares na sacola de compras e o desconto de 25% é aplicado na hora!

Esse é o diferencial: montar sua própria case de produtos, do seu jeito, de acordo com o que mais vende em sua região.
E isso fábrica nenhuma faz, em geral a venda mínima é a grade de 12 pares, mesma cor e mesmo modelo, numeração pré-definida.

E se você não quer revender mas quer o desconto de 25% seus problemas siacabaram-se!
Basta completar a quota mínima de 10 pares, de quaisquer cores e modelos, e o desconto é aplicado na sacola.
Já pensou? E sapatilha, rasteirinha, scarpin, bota e sandália pra montar aquele closet mara que a gente respeita!


Demais informações:

A entrega: é feita via Pac ou Sedex. Fiz uma simulação e no meu caso 10 pares não chegaram a R$20,00 de frete.
O pagamento: tem várias formas aceitas, inclusive pode ser parcelado no cartão. E aceita boleto ou depósito em conta.
Trocas: sim, há uma política bem clara sobre trocas e devoluções, de acordo com a legislação vigente.
Importante: Todas as informações estão disponíveis no site.


E é isso, gente querida!
Gostou da #dicadaelaine?
Seja para revender e gerar uma renda extra, seja para ter vários pares lindos e fofos pra chamar de seu clique aqui e aproveite!
Afinal, sapatos... como não amar?
Né?
QUERO LER O POST COMPLETO

Como editar um menu com abas e sub abas- passo a passo completo

em 11/09/2017

Como editar um menu com abas e sub abas- passo a passo completo

Quer aprender como colocar em seu blog um menu bem bonito e fácil?
Vou te ensinar hoje como inserir em seu blog um menu simples mas bem completo, com abas e sub abas. E o que é melhor: em apenas um passo, instalado como gadget. Não é demais?
Depois de pronto ele ficará assim (claro que com seus links, personalizado por você, como você desejar) :


Demonstração do tutorial


Quando eu publico algum tutorial que ensina como instalar um menu no blog sempre aparece algum blogueiro ou blogueira que está começando e que ainda se atrapalha na hora de inserir links no menu ou que me pergunta como fazer para os posts irem para a aba certa do menu.
Então vou aproveitar que esse menu é bem simples e nesse mesmo tutorial vou ensinar o passo-a-passo de como fazer o menu funcionar, como editar as abas e como fazer para os posts irem para as abas corretas.
Vamos lá?

Uma dica importante para começarmos é você fazer uma pequena e simples alteração em seu template, para poder colocar o menu abaixo do cabeçalho.
Alguns blogs possuem a área do cabeçalho travada. Vamos resolver isso.
Vá até a aba Tema (ou Modelo) de seu blog e clique em Editar HTML. Dentro do código fonte de seu blog tecle Ctrl+F e na barra de pesquisa digite Cabeçalho. Tecle enter.
Vai aparecer um código semelhante a esse:

<b:section class='header' id='header' maxwidgets='1' name='Header' showaddelement='no'>
        <b:widget id='Header1' locked='true' title='Blog de testes da Elaine 5 (Cabeçalho)' type='Header'>

Aí é só trocar maxwidgets='1' por maxwidgets='4'  e onde aparece 'no' troque por 'yes'
E onde aparece locked='true' troque true por false.
E salve.
Só isso e seu header vai estar destravado e você poderá incluir até 4 gadgets abaixo dele..

Feito isso vá até a aba Layout de seu blog, atualize a página para aplicar a alteração do código-fonte.
A seguir clique em Adicionar um gadget e dentre as opções que aparecem escolha HTML/JAVASCRIPT.
Aí copie o código do menu:


Copiar o código


E cole o código todo dentro da caixinha do gadget.
Salve, arraste para baixo do Cabeçalho e salve a alteração.
Se tudo deu certo seu menu já aparece em seu blog.
Para personalizar itens como fonte e cores basta ler o código. Ele te dirá tudo o que é preciso.
Cores são alteradas trocando o código hexadecimal precedido de # pelo código da cor que deseja.
Aqui tem uma tabela de cores, caso precise.

Também pode usar as cores de seu template: vá ao seu painel, clique em Tema/Personalizar/Avançado e veja suas cores. Elas mostram também os códigos hexadecimais de cada uma. Legal, né?
Personalize seu menu com as cores que deseja, salve e tá feito!
E aí é a hora do show! Vamos aprender o passo-a-passo mais pedido:

Como configurar corretamente um menu para blog- inserir links e nomear as abas


Agora que já instalamos o menu, e deixamos com as cores que queremos, vamos à parte mais importante desse tutorial, que se destina especificamente a iniciantes, ok?
Se você já manja dos paranauês todos de como inserir links no menu, como usar marcadores, etc... então essa parte não é pra ti.
Mas se você quer aprender ou relembrar o básico da configuração de um menu, vem comigo!

Quando instalamos este (ou qualquer outro menu) em geral ele possui a área para inserir os links e os nomes das abas e sub abas. No caso deste menu especificamente a área que vamos editar é essa, que claro, já está em seu menu que você instalou em seu blog:

<div id="nav">
 <ul>
  <li><a href="#">Home</a></li>
  <li><a href="#">Nome da aba</a></li>
  <li><a href="#">Aba com sub abas 1</a>
  <ul>
   <li><a href="#">Sub aba 1.1</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 1.2</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 1.3</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 1.4</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 1.5</a></li>
  </ul>
  </li>
  <li><a href="#">Nome da aba</a></li>
  <li><a href="#">Aba com sub abas 2</a>
  <ul>
   <li><a href="#">Sub aba 2.1</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 2.2</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 2.3</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 2.4</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 2.5</a></li>
  </ul>
  </li>
  <li><a href="#">Nome da aba</a></li>
  <li><a href="#">Nome da aba</a></li>
 </ul>
</div>

Observe que cada linha é específica de uma aba do menu. Assim, essa primeira linha, em geral, é para colocarmos o endereço do blog, da página inicial dele.
Seguindo o exemplo do meu blog de testes ficaria assim:

<li><a href="https://blog-de-testes-do-cliente.blogspot.com.br/">Home</a></li>

Viu o que eu fiz? Coloquei o endereço completo do meu blog de testes no espaço onde havia a #.

Agora, na aba seguinte, vamos supor que eu queira colocar o endereço de uma página estática do meu blog, a página Quem escreve, por exemplo (ou qualquer nome que você queira dar: Autor do blog, Sobre, Quem faz o blog, Autor, A Blogueira, etc...)
Eu vou ao meu painel, clico em Páginas e a seguir, com o botão direito do mouse, clico em Visualizar abaixo da página cujo endereço eu preciso, no caso a minha página Quem faz o blog. Aí selecione Copiar endereço do link.
Este é o endereço que colocaremos no espaço destinado a ele no menu. Assim:

<li><a href="http://blog-de-testes-do-cliente.blogspot.com/p/quem-escreve.html">Quem escreve</a></li>


Aí chegamos em uma aba que tem sub abas. Ela é assim, conforme você pode ver em seu menu:

<li><a href="#">Aba com sub abas 1</a>
  <ul>
   <li><a href="#">Sub aba 1.1</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 1.2</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 1.3</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 1.4</a></li>
   <li><a href="#">Sub aba 1.5</a></li>
  </ul>
  </li>

No caso do meu exemplo eu defini que essa seria a aba onde eu colocaria as categorias mais importantes do blog.
Para isso eu fui ao blog e olhei os marcadores (ou tags, ou categorias, chame como preferir) e escolhi quais iriam nessa aba.
Escolhi Beleza, Make, Moda e Unhas. A aba vai se chamar Feminices pois as categorias que selecionei para ela dizem respeito ao universo feminino.
Ficaria assim:

<li><a href="#">Feminices</a>
  <ul>
   <li><a href="http://blog-de-testes-do-cliente.blogspot.com.br/search/label/Beleza">Beleza</a></li>
   <li><a href="http://blog-de-testes-do-cliente.blogspot.com.br/search/label/Make">Make</a></li>
   <li><a href="http://blog-de-testes-do-cliente.blogspot.com.br/search/label/Moda">Moda</a></li>
   <li><a href="http://blog-de-testes-do-cliente.blogspot.com.br/search/label/Unhas">Unhas</a></li>
   </ul>
  </li>

Viu o que eu fiz?
Coloquei o nome da aba, os nomes das sub abas e no lugar das # eu coloquei o link de cada marcador.
Para copiar o endereço de cada marcador vá ao seu blog, pare o mouse sobre o marcador cujo endereço você quer e com o botão direito do mouse clique em Copiar endereço do link. Esse é o endereço de seu marcador.
Em geral ele será mais ou menos assim:

http://endereçodeseublog.blogspot.com.br/search/label/NOMEDOMARCADOR

Também excluí uma das sub abas, percebeu? Apenas selecionei e deletei isso: <li><a href="#">Sub aba 1.5</a></li>
E a sub aba sumiu.
Se eu quisesse incluir mais uma (ou várias) sub aba bastaria repetir a linha quantas vezes eu quisesse ao invés de excluir.

No código que forneci tem mais uma aba com sub abas. Nela eu defini que ficariam as categorias Dona de casa, com os marcadores Decoração, Receitas e Cozinha.
Fiz o mesmo procedimento da aba Feminices e o resultado é o que você conferiu no blog de testes.

Se não quiser sub abas basta excluir esse trecho todo do menu e as sub abas sumirão.
Se quiser mais abas com sub abas basta copiar o trecho referente a elas e colar antes do fechamento da div do menu, que é assim:
</ul>
</div>
Ou em qualquer lugar que desejar que ela, a aba com sub abas, apareça, entre uma aba e outra.
E só ler o código e ele te mostrará tudo o que deseja saber.

Nas demais abas simples eu defini que uma seria o Sitemap do blog, a página Anuncie e a última seria a página de Contato.
Assim o meu menu ficou pronto e funcionando perfeitamente.


E como os meus posts vão para a aba certa do menu?


Simples!
Toda vez que eu fizer um post em meu blog e ele se encaixar na categoria Receitas, por exemplo, basta eu colocar Receitas na caixinha Marcadores que aparece a direita do editor de postagens (lá onde a gente escreve os nossos posts) e o meu post irá automaticamente para o lugar certo.
Faça o teste: no blog de testes clique em Receitas e você verá que os posts dessa categoria aparecem.
E assim é com todos.

Dica importante:
Para sempre funcionar o marcador precisa ser escrito sempre do mesmo modo. Se eu coloquei no menu o marcador assim:

<li><a href="endereçodeseublog/search/label/Beleza">Beleza</a></li>

E escrever beleza na caixinha Marcadores quando for fazer meu post aí não dará certo.
Percebeu a diferença? Letra maiúscula!
Se eu defini que será Beleza o nome do meu marcador, se é assim que está no endereço http dele então é assim que eu sempre terei que usar.
Se usar beleza em algum post o menu não vai funcionar.
Pontuação e grafia importam, então fique atenta.
Entendido?

E acabamos!
Mega tutorial, né? Bem completo, com as dicas todas para editar qualquer tipo de menu pois em geral a forma de inserir links é a mesma.

Agora é contigo, querido leitor!
Me ajuda? Compartilhe esse tutorial, para que ele chegue a mais pessoas e ajude mais gente.
E se restou alguma dúvida diga nos comentários do post e eu respondo tão logo seja possível.



QUERO LER O POST COMPLETO

O país que eu amo, terra onde Deus me plantou- Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão

em 08/09/2017


Eu nasci e cresci na mesma cidade, e muito provavelmente vou morrer aqui.
Jamais morei em outro lugar, e só saí do meu estado pra ir em Minas Gerais, que fica uns 100 km. daqui.
Nunca saí do Brasil e provavelmente nunca sairei.
Então o que vou escrever aqui é a visão de uma pessoa que não conhece a vida fora do Brasil, que não viu com seus próprios olhos as diferenças que possam existir, se é mesmo mais seguro, se é melhor a vida em outros países; se é pior, se tem mais ou menos bandidos aqui do que em outros lugares do mundo.
Não posso falar do que não vivi, mas posso falar do que sinto.

E sinto uma imensa tristeza quando vejo tantas pessoas, brasileiros como eu, desprezando, menosprezando e odiando o país onde nasceu.
Vejo tanto isso... gente que xinga o país dos piores nomes, hoje mesmo li algo assim, que me motivou a escrever esse texto.
A pessoa dizia, mais ou menos, que se pudesse já teria ido embora desse país de merda, desse país de ladrões, de gente sem educação e sem cultura, que esse país é o c* do mundo, e por aí vai...
Fico triste quando leio ou ouço isso.
E, infelizmente, leio muito isso.

Praça da minha cidade. 

Meu país não é perfeito.
Eu não sou besta de não ver o quanto ele é pobre, atrasado, mal administrado, racista, afundado em corrupção e violência.
Embora distante de mim (pois vivo em uma cidade pequena, então aqui tudo é micro) sei bem que o meu país vive um estado de quase-guerra. Talvez, guerra civil de fato em muitas áreas.
Eu evito noticiários porque me deixa ainda mais triste ver o que as pessoas que administram meu país fazem com ele.
Estupram-no todos os dias, violentam a terra que os pariu, roubam-na e a deixam abandonada à beira da estrada.
Os governantes do meu país fazem isso com a pátria-mãe. Todos os dias, em todas as esferas. Há anos e anos. Desde sempre.

Mas meu país não é merda.
Meu país é terra de gente boa, e de gente ruim, como todos os outros países desse mundo. Tem o lado bom, tem o lado perverso. Infelizmente sobressai o lado perverso porque desgraça é notícia.
A pessoa que trabalha, que ajuda os mais pobres, que ajuda os animais abandonados, que gasta as madrugadas acudindo outras pessoas... o policial honrado, a enfermeira amorosa, a professora apaixonada, a cozinheira caprichosa, a faxineira zelosa, o juiz justo... eles não são notícia.
Mas meu país lindo está cheio de gente assim!
Fim de tarde em frente minha casa

E eu sou grata por ter nascido aqui.
Sinto gratidão por viver numa terra maravilhosa, onde a gente joga a semente em qualquer nesga de terra e dali um tempo colhe o fruto. Moro num país onde a semente de girassol que o pardal deixa cair consegue virar flor nas rachaduras da calçada...
Meu país é lindo, e olha que a lindeza que vejo com meus olhos é só a lindeza que está em frente minha casa num fim de tarde. Nunca vi as belezas naturais famosas, só por foto. Mas sei que meu país é lindo.

Essa árvore é uma mangueira que nasceu sozinha, do caroço que alguma criança jogou...

E meu país, este que tantos brasileiros depreciam e esnobam, é o sonho de tanta gente. Tantos refugiados, tantos estrangeiros que chegam de lugares tão terríveis e se encantam pelo meu país... que ora os recebe bem, ora os rejeita... porque, como eu disse, há aqui a mistura exata do bom e do ruim, do bonito e do perverso. Como há em qualquer lugar dessa terra que tenha ser humano.
Nós, seres humanos, somos assim, a mescla do bom e do ruim, do bem que queremos e do mal que rejeitamos...

Sou grata por ter nascido aqui, uma terra naturalmente pacífica; e nesses dias de tornados e furacões, isso é um alento e um motivo de gratidão...
Um país jovem, nem 200 anos de independência ainda...
Eu acredito que não há, pra mim, lugar melhor para viver.
Foi aqui que fui plantada, é aqui que eu floresço...

Sinto um arrepio ao ouvir o hino do meu país, e não, não é resquício de doutrinação militar, é amor mesmo.
Anseio pelo dia em que esses versos se tornarão um fato! Anseio pelo dia em que meu país se erguerá pela justiça, e sonho com o dia que os filhos do meu país não mais fugirão da luta...

"Mas se ergues da justiça a clava forte
Verás que um filho teu não foge à luta
Nem teme, quem te adora, a própria morte!
Terra adorada!
Entre outras mil, és tu, Brasil, ó pátria amada.
Dos filhos deste solo és mãe gentil!
Pátria amada!
Brasil!

Observação:
O vídeo é da bandeira que fica hasteada na avenida aqui onde moro, fiz há alguns meses e sempre me emociona vê-la.... As fotos são minhas, clique sobre elas pra ver em tamanho maior.

Venha participar com a gente da Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão!
Clique aqui e saiba como é simples participar!


QUERO LER O POST COMPLETO


No Instagram