O que é ser blogueira? Um papo franco sobre blogs e produtores de conteúdo - * Blog Elaine Gaspareto *

O que é ser blogueira? Um papo franco sobre blogs e produtores de conteúdo

em 31/08/2017


Faz tempo que eu sinto vontade de tratar deste assunto aqui no blog, mas sempre acabava adiando.
Mas agora, terminando esse período louco que é o Beda (não sabe o que é Beda? Pergunte-me nos comentários e eu explico 😉) achei que seria oportuno e adequado.
Afinal, o que é ser blogueira?

Se eu chegasse num grupo de amigos há alguns anos e dissesse que havia me tornado blogueira a maioria não faria ideia do que eu estava falando.
Blog, quando eu comecei, 9 anos atrás, era algo desconhecido das pessoas comuns, embora, claro, existissem muitos e muitos blogs.
Para a maioria das pessoas daquela época com acesso à internet ela, a internet, se resumia ao Orkut, e talvez fazer pesquisa no Yahoo...
Ser blogueira, ter um blog, em 2004, 2005 era coisa incomum, e eu mesma recebi comentários negativos e depreciativos de amigos da época. E olha que eu comecei o blog já em 2008.

O tempo passou e a roda girou.
Ter um blog, em 2010, 2011, era o máximo! Muitas blogueiras de beleza famosas hoje em dia começaram nessa época, um pouco antes, talvez.
Foi uma época de crescimento do número de blogs.
Os blogs de ajuda para blogueiros eram os mais procurados, afinal era todo um mundo novo que estava surgindo, e as pessoas queriam aprender.

Ser blogueira, naqueles anos, significava apenas isso: ter um blog e escrever nele.
Na maioria das vezes era algo pessoal, quase um diário. Raramente alguém ganhava dinheiro com o blog, só os grandes blogs conseguiam.
E ser grande, naqueles anos, significava ter uns 1000 acessos por dia, 2000 quando o blog era top!


Nos últimos anos eu vi acontecer na internet um boom de blogs de moda, beleza e lifestyle. Foi tão intenso e avassalador que para a maioria das pessoas ser blogueira, atualmente,  virou sinônimo de postar looks do dia, testar produtos de beleza, ganhar esses produtos de beleza das empresas, fazer eventos, e mais recentemente, gravar vídeos ensinando maquiagem ou afins no Youtube. Muita gente inclusive só considera blogueira aquela pessoa que tem canal no Youtube...
Duvida? Pesquise "blogueira" no Google e você verá que as imagens que aparecem são quase que exclusivamente de blogueiras de moda e beleza...
Contudo, essa visão restrita não poderia ser mais enganadora e nem estar mais longe da verdade.
Ser blogueira, ou ser blogueiro, é muito mais que isso.

E sim, querido leitor, pasme!
Existe blogueira, e blogueiro, que não posta foto de look do dia! Nem faz resenha de produto de beleza. Nem faz evento. Nem ganha rios de dinheiro e nem vive exclusivamente do blog.
Sim, nós existimos e sim, nós somos blogueiros!

Ser blogueiro pode ser simplesmente ter um espaço na internet que é só seu, gerenciado e conduzido por você, que fala sobre aquilo que você gosta, entende ou domina.
Pode ser um blog de culinária.
E não, nem todo blog de culinária é feito para ganhar produto de graça das empresas alimentícias. Muitos são feitos por blogueiras e blogueiros que amam o blog e fazem por amor.

Pode ser um blog de resenhas literárias.
E não, nem todo blog literário foi criado para ganhar livro de graça das editoras. Muitos são feitos por amor, e seus donos investem tempo, dinheiro e dedicação para compartilhar uma paixão em comum: os livros.

Pode ser um blog de games, um blog de concursos, um blog de ilustrações, um metablog (que ajuda outros blogs com tutoriais), um blog de poesias, um blog apenas pessoal, um blog materno, um blog sobre política...

Pode ser um blog como este onde você está, um blog de variedades, que tem de tudo um pouco, um blog essencialmente pessoal, sobre aquilo que o blogueiro, que a blogueira (no caso esta, que vos fala) gosta, pensa, vive, sente, aprende e ensina.

E não, nem sempre blogs ganham dinheiro.
Eu posso ter um blog por anos a fio e nunca ter tido renda com ele. E tá tudo bem se for assim.
Não ganhar dinheiro com o blog, não viver dele, não ganhar produtinhos com ele não faz ninguém ser mais ou menos blogueiro, ou blogueira.
Mas sim, pode acontecer do trabalho ser tão bem feito, com tanta paixão e dedicação, que acabe chamando a atenção e gerar alguma renda.
E tá tudo bem também; conciliar paixão e ganho não é pecado, nem faz quem consegue gerar renda com o blog ser mais ou menos blogueiro, ou blogueira.


A grande verdade é que não somos, na imensa maioria dos casos, famosos; não estamos na mídia, não contratamos equipe técnica e fotógrafos para o look do dia, nem gravamos vlogs das viagens patrocinadas.
Não vivemos, na imensa maioria dos casos, apenas do blog.
Para a maioria dos blogueiros e blogueiras o blog é um caso de amor.
E ainda assim somos todos blogueiros e blogueiras.

Sem curso de como ser um blogueira famosa, sem ser blogueira ou blogueiro profissional, sem ser digital  influencer (desgosto do termo, aliás), sem muita grana, sem "recebidos do mês", mas ainda assim, blogueiros e blogueiras.
É isso que somos. Temos um blog.
Somos blogueiros e somos blogueiras.


18 comentários via Blogger
comentários via Facebook

18 comentários:

  1. Oi Elaine,tinha até esquecido que hoje édia do blog.
    Comecei meu blog no final de 2011,por puro hobby, pois eu sempre gostei de viajar e testar produtinhos de beleza.
    Nunca postei look do dia, não é a minha praia. Só escrevo sobre o que eu gosto, não sobre o que pode render dinheiro ou qualquer privilégio. Aliás, quando comecei, nem sabia que era possível ganhar dinheiro com blog. Hoje, já recebo algum dinheiro, mas nem de longe é o meu sustento. Continua sendo meu hobby, o melhor de todos.
    Tenho pavor do titulo de "influencer digital". Não pretendo influenciar ninguém, apenas trocar experiências, interagir com quem tem os mesmos interesses que eu.
    Cursei e me formei em Turismo pela PUC/RS e já viajei muito, desde bem novinha, por isso, sei que escrevo com propriedade sobre o assunto. Gosto de estimular as pessoas a saírem de sua zona de conforto e viajarem mais, principalmente quem não o faz por medo de viajar só. Mas não considero isso influenciar, porque eu não tento fazer as pessoas a gostarem de viajar, mas sim, encorajar as que já gostam e são acomodadas ou têm medo.
    Beijinhos e parabéns pela blogueira maravilhosa e generosa que você é!
    Ana

    ResponderExcluir
  2. Olá.. ♥ Eu gostei do texto, e me identifiquei com ele. Sou blogueira há quase sete anos, faço publicações quase que diárias, não o monetizo (por opção) faço apenas por amor e paixáo, mesmo. Aprendi todos os macetes na marra, lmbro que sequer sabia o significado da palavra ''link'' quando eu iniciei..rsrs.. Recebo cerca de 2.500 acessos diários e para mim, está de bom tamanho, por conta disso fiz várias amizades, amadureci, errei, aprendi, continuo em pé. Ser blogueiro (a) é como frequentar uma escola, é uma lição que aprendemos todo dia. Saber que alcançamos pessoas dos mais diversos países, todos envolvidos por uma mesma paixão... isso não tem preço!! Abraço,

    ResponderExcluir
  3. Gostei e é muito bom ser blogueira, independente de fama..Não tenho nada, canal, nada.,.. Tenho blogs e enquanto der os terei! Simbooooooooora continuar blogando!rs bjs, chica

    ResponderExcluir
  4. parabéns amei seu post, e sim eu me considero uma blogueira porque faço por amor, não tenho recebido do mês, não tenho câmera fotográfica, faço tudo com celular que não é um iphone. trabalho como empregada domestica para pagar minhas conta. mais mesmo assim não deixa de ser uma blogueira.
    www.divacrespa.com

    ResponderExcluir
  5. Ameeeei o post Elaine !

    Faço parte dessa turma que "bloga" por amor. :)

    Beijo !

    ResponderExcluir
  6. Sim Elaine, o Blog é um caso de amor, maravilhoso, que tira o stress, ajuda nos dias de depressão e, de quebra. nos faz aprender muito!

    ResponderExcluir
  7. Elaine:
    Adorei o post.
    Meu blog é puro amor, pois adoro dividir o que descobri ou continuo descobrindo nas viagens que faço e claro aprendo muito também.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  8. Olá,queirdia Elaine!
    Blogar há 8 anos me fez crer nas verdadeiras amizades...
    A doce arte de blogar se faz no dia a dia de forma mais sublime dando amor e carinho no que se faz além de grande ânimo e generosiade... sem esperar retribuições de qualquer tipo (nem de comentários) se vier, ótimo!
    Seja abençoada e feliz!
    Bjm de az e bem

    ResponderExcluir
  9. Elaine Gaspareto, Thank you so much for your article. It's very useful!
    * dragon ball super | animeyt

    ResponderExcluir
  10. Elaine, eu simplesmente adorei seu post! Eu já tive blog sobre meio ambiente (em 2007), Materno (em 2008), tipo diário (em 2011) e hoje tenho um de resenhas literárias. Fiz todos eles por amor e para interagir com outros blogueiros com paixões em comum. O que mais está durando é o atual, eu dedico certo tempo nele e não ganho um centavo. Uma pena que a interação diminuiu muito, pois as pessoas preferem instagram, facebook e outras redes sociais. Não tenho grandes ambições com meu blog, somente quero que continue como está, mesmo com os pouquíssimos acessos que tenho... Ele me tira o stress do dia a dia e me realiza.
    Obrigada por esse post!
    bjs

    Amor Por Livros
    http://amo-os-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Onde assino?
    👏👏👏👏👏👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  12. Oi Elaine, adorei a postagem. Eu também sou deste tempo (perdi meu mais antigo blog, por inexperiência).
    Mas não desisti, abri mais três e vou blogando como distração e pelas amizades que fiz.
    Atualmente blogo menos, preciso de tempo para outras coisas (sou totalmente diversificada rsrsr).
    E ainda tempo para viajar um pouco.
    Junto dindin o ano inteiro para no verão me divertir com minha neta (lá bem longe do Brasil).
    Ah e não ganho nada com o blog. Nem quero esta responsabilidade. Vou aprendendo aqui e ali.
    Você é uma das melhores blogueiras e amiga, tenho certeza, desta louca blogosfera rsrsrs
    Parabéns querida!
    blogjoturquezzamundial
    blogaustraliacomcappuccino
    blogjoturquezzapinturas
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. O que dizer desse post?!?!?! Emoção pura!!! Há menos de seis meses de completar 10 anos de blogosfera, de ter vivido tantas e tantas emoções, descobertas, ganhos e perdas puxadas pelo meu blog só posso me emocionar com um post que expõe tão lindamente a verdade do somos e podemos ser atraves desse espaço tão pessoal e unico construido nesse universo chamado internet! O blog é um caso de amor, eu poderia dizer que essa foi a melhor definição, mas acho que esse post todo foi uma obra de arte. Tem muito sentimento envolvido nele, como tem nessa arte de ser blogueira... Blogueira é uma coisa que se É! Obrigada por ter escrito Elaine! Você é show!

    ResponderExcluir
  14. Olá Elaine! Tudo bem?

    Uau! Também sou dessa época e faz muito tempo que não leio algo assim. Nasci na Internet em 2008 e imediatamente me apaixonei por blog.

    Em 2008 eu era muito ativa e que coisa boa era brincar nesse Universo blogueiro. A partir de 2013 dei uma desacelerada e postava não com muita frequência. Quanta coisa mudou desde lá.

    Me identifiquei com o texto pois o meu blog é apenas sobre as coisas que sinto e minha única intenção e falar ao mundo do que penso e ao mesmo tempo acompanhar a evolução do meu pensamento.

    Obrigada por escrever resgatando a alma blogueira. Ou seja, o primeiro significado de ter um blog.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Simples e direto! Excelente texto, amei como você expôs o que é ser blogueira, mas aqui quem fala é um bloqueiro haha. Não criamos um blog para ganhar brindes e tudo mais, mas para divlugar aquilo que gostamos de conversar a respeito, que dominamos e que amamos. Bem inspirador!! Obrigado pelo texto! Abraços.

    https://levigarian.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Eu tenho um blog de imagens - posto apenas por diversão mesmo, e muitas das coisas que posto nele, são pedidos de amigos. Todas as imagens que posto nele, sempre dou créditos, por exemplo, se eu fazer um wallpaper dou os créditos para as páginas do que usei para fazê-lo. Se eu usar um render e texturas, coloco os link para a página em qual o render tá postado e o link para a página donde as texturas tão postadas. Uso o nofollow nos links, pois deu problema uma vez, depois de eu adicionar o nofollow não deu mais problemas.

    Aos poucos, estou conseguindo seguidores para minha página do facebook, blog e do Google Plus, mas eu sei que ter muitos seguidores e comentários, nunca vai ser o caso do meu blog, então, só posto mais por mim mesmo e para os meus amigos e amigos deles que me pedem.

    Pelo menos agora nas pesquisas o blog tá ficando melhor, pois ao digitar o nome do meu blog, ele não aparecia e mal aparecia imagens deles. Depois que fui melhorando o template, fui compartilhando as imagens para o Pintirest, foi melhorando mais nas pesquisas, até amigos já encontrou renders meus no Google imagens.

    Sei que tenho um longo caminho pela frente, mas é assim mesmo. Continuarei postando, principalmente renders. É triste ver que muitas pessoas não se esforçam em fazer um render de boa qualidade e muitas vezes usam a borracha mágica do PS (uma borracha que corta todo o fundo de uma vez, deixando o render mal cortado, cheio de serrilhado e as vezes até corroído) por preguiça. :( Por isso, eu decidi fazer, pois renders de personagens animados, eu corto e passo um contorno nele, deixando quase ou sem serrilhado, assim, a pessoa não precisará ficar corrigindo erros chatos.

    Falando em renders, eu tenho um pouco de medo de sites como DeviantArt a qual não aparece a data de postagem. Tenho medo que em sites assim, alguns usuários pegue algum render meu, tire o logo do meu blog e poste como seu. Tem muitas pessoas desse tipo.

    Em um outro blog, a qual mudei pra esse antigo, eu postei um antigo banner de um style meu que eu tinha postado em um site de fanfics a qual tem um canal nele chamado Personalizar. Então, a pessoa pegou o banner que eu tinha postado como capa de fanfics, retirou a url do meu blog, já que estava numa parte branca a qual era só usar o pincel pra cobrir, e usou como banner de seu style. Para o azar dela, eu fiscalizava esse canal, verificando se tinha styles irregulares e me deparei logo com a imagem. Nós conseguimos identificar o que foi feito por nós, então a denunciei e ela foi banida do site por plágio.

    Acho tão errado a pessoa copiar algo de outro, se não sabe, busque aprender assim como busquei a aprender a editar imagens e o modelo css de lá. Só basta querer, mas pra muitos é mais fácil roubar/copiar do que buscar a aprender.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…



Visualizações

Contando...

Dias online
Postagens
comentários