Todas as coisas que eu sei- Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão - * Blog Elaine Gaspareto *

Todas as coisas que eu sei- Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão

em 09/07/2017


Essa noite, enquanto o sono não vinha, eu fiquei pensando em como a gente vai juntando "saberes" ao longo da vida...
Já pensou nisso? Em todas as coisas que você sabe fazer?
Tem vezes, na vida da gente, que podemos nos sentir menores, menos capacitados, sem muitas ferramentas de sobrevivência.
Especialmente quando passamos por algum momento pessoal ruim, ou quando alguém magoa/diminui a gente...
Em situações onde a vida parece travar, muitas vezes quando estamos em dificuldades financeiras, ou de relacionamento...

Você já passou por isso, por esses momentos?
Eu já, e pensar em tudo que eu sei, em tudo que eu aprendi, em tudo que já acumulei de conhecimento e de vivência ajudam muito a superar qualquer fase ruim.

Eu sei ler. Aprendi quando tinha mais ou menos 7 anos, no primeiro ano da escola.
E sei escrever (embora esteja desaprendendo escrever à mão, #mimata).
Eu sei cozinhar. Aprendi quando era pequena, o básico, mas depois fui aprendendo todo o resto por gostar mesmo. Fui responsável pela comida em uma casa onde trabalhei aos 13 anos. Cozinheirinha? rsrsrsr
Eu sei fazer bolo, sei fazer doce de leite de cortar.
E sei fazer feijoada. Não há quase nada que eu não saiba. Só não sei fazer aquilo que nunca tentei.

Eu sei costurar. Não gosto, mas sei. Sei bordar, mas não gosto. Mas sei. Não andarei pelada por não saber fazer uma roupa rsrsr
Eu sei fazer sapato. Fui operária de fábrica de calçados por mais de 20 anos, e aprendi de tudo. Sério, aprendi tudo, sei fazer uma sandália inteira, do zero. Sei até escalar (que é transformar o desenho em modelo a ser produzido). Eu sei contabilidade. Detesto, mas sei. Sério, eu já trabalhei com livro caixa (ainda existe isso?)

Eu sei lidar com todo tipo de pessoas, me adapto bem. Mas prefiro não precisar, gosto de estar comigo mesma. Já fui caixa de supermercado, recepcionista, babá. Sim, eu sei cuidar de crianças. Mas não gosto muito não rsrsr

Eu sei fazer faxina, sei cuidar de plantas, sei cuidar de cachorro.
Eu sei pintar parede, sei fazer consertos em casa, sei levantar uma parede, sei rebocar, sei assentar piso. Sei pintar chão, sei fazer um banco de madeira. Eu sei plantar uma árvore e ela dará frutos porque eu sei cuidar, podar, adubar, conversar com ela. Se bem que nem precisa cuidar muito, aqui onde moro é terra abençoada...

Eu sei cortar cabelo. Houve um tempo em que eu cortava o meu cabelo, o da minha irmã. Graças a Deus não precisa mais, mas eu sei se for preciso fazer.
Sei fazer unha, sei o básico da maquiagem. Mas não gosto muito não. Sou bem pouco vaidosa...

Eu sei fazer blogs. Aprendi lendo, estudando, aprendi fazendo, errando e acertando. Consigo ler um código tão claramente quanto leio um texto; só de olhar um blog eu já vejo o que pode ser melhorado, o que não funciona, o que está com erro. Basta olhar o código.
E sei resolver a maioria dos problemas. Os que não sei eu aprendo como solucionar, em pouco tempo.
Eu sei como manter um blog ativo. Mantenho este por quase 9 anos já. É algo que eu gosto muito, muito mesmo.

Eu sei discutir política, mas evito porque é terreno estéril. Eu conheço História, essa mesma, com H maiúsculo. Eu conheço religião, houve um tempo em que estudei muito, vivi muito, era minha vida.
Eu sei Português, cometo poucos erros. Sei porque gosto de ler.
Eu sei ler... eu sei escrever... e por aí vai...

Sinto imensa gratidão por todas as coisas que eu sei.
Gratidão por ter aprendido sozinha, gratidão por cada pessoa que me ensinou algo, desde cozinhar (minha mãe e meu pai, e depois a vida, essa linda), até quem me ensinou como escrever, como ter capricho com os livros, com os cadernos...

Tive um patrão que me ensinou como entregar uma tesoura pra outra pessoa: eu entregava com a ponta virada pra pessoa, ele me ensinou que o certo é entregar com o cabo virado pra quem vai receber, assim evita que ela se machuque se a ponta da tesoura esbarrar na mão dela.
Coisa boba? Nem tanto.
Me ensinou, com isso, a pensar no próximo, em não faze-lo correr risco de se ferir se eu posso evitar.

Gratidão por tudo que me ensinaram nessa vida. Por tudo que outras pessoas me permitiram aprender. Por tudo que me forçaram aprender.
Saber, me disse um gerente uma vez, não ocupa espaço e é pra sempre.
Gratidão.
Sempre!

E você? Já tentou fazer uma lista das coisas que você sabe?
Lindeza, creia em mim: não há maneira melhor de levantar a autoestima do que ver o quanto a gente é capaz!!!
Experimenta!!!!


Venha participar com a gente da Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão!
Clique aqui e saiba como é simples participar!


3 comentários via Blogger
comentários via Facebook

3 comentários:

  1. Olha Elaine se pararmos para pensar que a vida é um eterno reciclar, afirmo que ainda hoje estou aprendendo, coisas que acreditava já dominar, como a leitura, que tive que reaprender como fazê-lo na universidade, de forma a não colocar a minha opinião enquanto leio.
    Muita Luz e Paz!
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Elaine! Ter oportunidades de aprender é maravilhoso! As vezes vejo pessoas se ofendendo quando alguém ensina algo, acho que fazem a leitura de que está chamando de burro...Eu fico imensamente agradecida, sempre fiquei, posso até ter ficado com vergonha algumas vezes, mas grata, sempre. É preciso ter humildade para aprender ou o orgulho o fará realmente um "burro".
    Moça prendada, beijos!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Acho super importante pararmos pra pensar no que sabemos fazer. Deixar de lado aquilo que não sabemos é essencial.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…



Visualizações

Contando...

Dias online
Postagens
comentários