Quem me dará um ombro amigo quando eu precisar? -Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão - * Blog Elaine Gaspareto *

Quem me dará um ombro amigo quando eu precisar? -Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão

em 23/07/2017


Se você acompanha o blog há algum tempo talvez se lembre: meu marido foi demitido da empresa onde trabalhava, imediatamente após ter confirmado o diagnóstico de Esclerose Múltipla.
Depois de um tempo da demissão  ele procurou um advogado e entrou com uma ação contra a empresa, por danos morais e discriminação.
Para que a ação fosse julgada ele precisou, dentre outras coisas, de 3 testemunhas idôneas, que tivessem trabalhado na empresa durante o período em que ele esteve lá e que tivessem visto de perto o que houve.
Ele não conseguiu 3 testemunhas.

Ele juntou, no fim das contas, 9 testemunhas. Gente que o procurou, que se ofereceu pra depor, gente que ligou aqui em casa dizendo que estava disponível.
O advogado selecionou 3, e nos dias dos depoimentos estavam todos lá, nas duas vezes (o primeiro julgamento foi anulado porque o juiz era parente dos réus). Depoimentos sérios, contundentes, que ajudaram demais.
Os amigos do meu marido largaram casa, trabalho, afazeres, e foram lá, pra ajudar, por amizade.
Tenho pensando nisso desde então...

No último dia 20 de julho foi comemorado o Dia do Amigo.
Mas eu me pergunto se realmente temos (ou somos) amigos de todos aos quais chamamos de amigo.
Eu sei de mim... sei que sou a pior amiga do mundo, sou ausente, sou distraída, ocupada demais e isso é o oposto de ser amiga. Amar, querer bem, desejar o melhor para o outro... tudo isso eu faço, mas amizade pede presença, pede chegada, pede proximidade, e não só de alma, mas de corpo mesmo.
Eu falho nisso, não é de admirar que conservei tão poucos amigos ao longo da vida.

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais
A Lista
Oswaldo Montenegro


A vida vai seguindo seu curso, a gente vai mudando, e o amigo próximo de ontem hoje pode ser quase um estranho. Acontece.
Também acontece da gente conseguir manter um amigo pela vida toda.
Eu tenho uma amiga assim, a gente se conheceu quando tínhamos 7 anos. Sou madrinha do casamento dela, ela é madrinha do meu casamento.
Acontece contigo?

Ou ainda, o que é mais comum, ao menos pra mim: novos amigos vão surgindo, de acordo com etapas da vida... alguns chegam, cumprem sua função naquele momento, depois partem... quase como anjos, já reparou?
Outros ficam... a amizade se transforma, nunca acaba, mas se modifica. Mas o amigo, ah... ele está ali para o que a gente precisar.

E tem a família, cheia de pessoas que a gente não escolheu exatamente, mas que estão ali. Achar um amigo dentro da família que nos foi dada é motivo de imensa gratidão, já pensou nisso?
Acredite em mim: ter irmãos, tios, primos ou pais que sejam seus amigos é, no fim das contas, o maior presente que a gente pode receber.
Sou grata pelos amigos que tenho dentro da minha família. Especialmente meus irmãos.

Você já pensou nisso?
Nos amigos que teve, que se foram seguindo o curso da vida....
Não que a amizade tenha acabado, mas meio que murchou, como uma plantinha sem cuidado...

E nos amigos que chegaram, ficaram por um tempo, cumpriram uma função e partiram...

Os amigos da vida toda... aqueles que, não importa o tempo ou as mudanças da vida, eles estão ali, perto ainda que fisicamente longe...

Os amigos dentro da família... permanentes até mesmo por conta do vínculo, mas ainda assim, uma escolha... do coração.

Quem me dará um ombro amigo
Quando eu precisar?
E se eu cair, se eu vacilar
Quem vai me levantar?
Anjos de resgate

Sim, porque amigos a gente vai escolhendo ao longo da vida, e se tivermos um pouco de sorte, vamos também sendo escolhidos.
Ser escolhido pra ser amigo de alguém é a coisa mais linda do mundo!!!!
Você já foi escolhido pra ser amigo de alguém?
Conta pra mim!
Vamos compartilhar a gratidão pelos amigos que fomos abençoados em ter!



Venha participar com a gente da Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão!
Clique aqui e saiba como é simples participar!


5 comentários via Blogger
comentários via Facebook

5 comentários:

  1. Oi ELaine, lindo o seu post. Lindo o caso do seu marido que teve 9 amigos para depor e ajudá-lo. Muito bom termos amigos e sermos amigos.
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  2. Oi Elaine! Realmente foi linda a atitude dos amigos do seu marido. A vida nos apresenta chances de conhecermos pessoas. Algumas simplesmente passam por nós, outras permanecem em nossas vidas. Também sou grata pelos amigos que possuo. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Elaine:
    Realmente ter amigos é maravilhoso. Faço das irmãs minhas amigas.
    beijocas

    ResponderExcluir
  4. Oi Elaine!!
    Bacana mesmo esse carinho e atenção que os amigos do seu esposo tiveram com ele.
    Amigos assim é pra toda a vida claro.
    A ideia do Blogagem Coletiva muito linda adorei!!
    Quero sim participar, adorei!!! Você tem ideias maravilhosas!! Obrigada amo suas postagens!!!

    Irene Brito
    www.artesanatoirene.blog.br

    ResponderExcluir
  5. Olá, querida Elaine!
    Ainda bem que os temos e eles nos elevam a caminhos seguros do amor fraternal!
    Seja feliz e abençoada!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…



Visualizações

Contando...

Dias online
Postagens
comentários