Churrasco de panela- a receita definitiva!

em 18 de novembro de 2016

Churrasco de panela

Título sensacionalista, eu sei rsrsrs
Mas acredite: essa carne fica tão boa que não dá pra dar outro nome ao post!
E é tão fácil de fazer que nem chega a ser receita, é mais uma dica pra deixar seu jantar ou almoço do final de semana saboroso sem uma trabalheira imensa.
Vou te contar como faço, tá?


Separe 1 peça de carne de cerca de 1 quilo, mais ou menos.
Nesse caso eu usei alcatra, mas fica bom com praticamente qualquer carne bovina, até com ponta de peito eu já fiz!
Se tiver uma gordurinha é melhor, fica mais saborosa e macia.
Não precisa temperar a carne com antecedência, olha que beleza!

Na panela de pressão doure uma cebola grande em pedaços e 2 dentes de alho espremidos. Se gostar muito de alho pode aumentar, aqui em casa marido não curte muito.

Quando estiverem bem dourados, formando aquele fundo escuro na panela coloque a carne e sele-a de todos os lados. Não deixe de selar, é isso que dará a cor bonita na carne.


Acrescente 3 gomos de linguiça toscana inteiros, 2 cenouras em pedaços grandes (ajudam na maciez da carne), 2 tomates em pedaços grandes, 3 colheres das de sopa bem cheias de shoyo, pimenta bem picadinha caso goste, e ervas caso goste.
Na verdade o ideal é usar os temperos que você gosta.
Se gostar de caldo de carne, coloque 2 cubos em substituição ao shoyo; se tiver caldo de carne pronto, use.
Se gostar de tempero pronto, fica bom também.
Lembre-se: a intenção é facilitar!

Refogue tudo junto e a seguir cubra a carne com água fervente. Precisa ser água quente pra não interromper o refogado da carne.
Tampe a panela de pressão e deixe cozinhar por 30 minutos depois que pegar pressão.

Após esse tempo abra a panela e confira o ponto da carne.
Aqui 30 minutos foi o suficiente para chegar na maciez que eu queria.
Aí é só aguardar uns 10 minutos para os sucos da carne se acomodarem, fatiar e servir.
No dia que fiz acompanhei com um arroz de forno e só.
Não tem erro, fica uma coisa de boa!

churrasco de panela com arroz de forno



Dicas extras:

1- E o caldinho que fica na panela?
Coloque em forma de gelo e congele. Quando precisar é só usar como base para uma sopinha, por exemplo...
2- Arroz soltinho? Aqui tem umas dicas bem legais!
3- Eu já fiz na panela de pressão comum e na elétrica. A única diferença é que na elétrica eu usei menos água, apenas 1 xícara das de chá. Fica bom do mesmo jeito.


Faz aí e me diz!
Se sobrar um tempinho, faz esse pudim enquanto a carne cozinha:

Pudim de doce de leite


Enjoy!


*Imagem que ilustra o começo do post é uma cortesia Shutterstock.

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

5 comentários , comente também!

  1. Elaine, será que com patinho dá certo?

    ResponderExcluir
  2. Ain Laine, eu quero!
    Assim que minha cozinha ficar pronta vou fazer!
    bjkas

    ResponderExcluir
  3. Menina você me deixou com água na boca com essa receita, e esse pudim minha sobremesa preferida, mas nunca experimentei o de doce de leite. Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  4. Awesome recipe of Panela. I don't eat this type of meat item yet and i would like to taste it once. Here the step wise procedure is very understandable and i think i can do it. Thesis writing service reviews always help me to get new cooking ideas.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…