Saga Encantadas - resenha e Brincadeira premiada

em 2 de setembro de 2016


Contos de fadas... aqueles que a gente conhece desde criança, que viu nos desenhos da Disney, com toda a fofura e inocência que encantam e que...
Não, péra.
Se você está pensando que a Saga Encantadas é assim pode ir despensando.
A saga, que conta com 3 títulos (Veneno, Poder e Feitiço) não tem nada de fofa e muito menos de inocente.
Ao contrário, a série é bem picante, atrevida e muito, muito surpreendente.
Sem contar as cenas de sexo, claro.
Sexo em contos de fadas? Sim. Muito. Mas de um jeito, digamos, inusitado.

Pasme, mas Branca de Neve não é aquela mocinha  que canta com passarinhos na floresta. E Cinderela? Nada da inocente moça com sapatinho de cristal.
Ao contrário, eita pessoa, digamos... ambiciosa?
Bela Adormecida então... é muito, muito diferente da doce  (e um pouco chata) Aurora que a gente está acostumado.
E o Príncipe nem de longe é aquela coca-cola toda. E o caçador? Ah... o caçador...

São 3 volumes, que se completam e é impossível dizer qual o mais surpreendente.
As capas são a coisa mais linda do mundo, e já na capa de Veneno a dica é clara: "Repense seus vilões".
Eu acrescentaria: repense seus mocinhos.

Vamos à eles:



Sexy, sarcástico e de prender a respiração!
Para os fãs de Once Upon a Time e Grimm, Veneno é a prova de que contos de fadas são para adultos! Não existe 'Felizes para sempre'!

Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal?
E que princesas podem ser extremamente mimadas?
E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais?
Então este livro é para você!

Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios.
Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles exatamente como aparentam?

Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria 'um final feliz' pode se tornar o pior dos pesadelos!

Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e  Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes.
Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia!





Cuidado com o que você deseja!
Você se lembra da história da Cinderela, com sua linda fada madrinha, suas irmãs feias e um príncipe encantado? Então esqueça essa história, pois nesta releitura de Sarah Pinborough ninguém é o que parece.

Em um reino próximo, a realeza anuncia um baile que encontrará uma noiva para o príncipe e parece que o desejo de Cinderela irá ganhar aliados peculiares para ser realizado.
Contudo, não será fácil: ela não é a aposta de sua família para esse casamento real, e sua fada madrinha precisa de um favorzinho em troca de transformar essa pobre coitada em uma diva real.

Enquanto isso, parece que Lilith não está muito contente com os últimos acontecimentos e, ao mesmo tempo em que seu reino parece sucumbir ao frio, ela resolve usar sua magia para satisfazer suas vontades.

Feitiço é o segundo volume da trilogia iniciada com Veneno, que recria as personagens mais famosas dos irmãos Grimm com personalidade forte, uma queda por aventuras e, eventualmente, uma sina por encrencas.
Princesas, rainhas, reis, caçadores e criaturas da floresta: não acredite na inocência de nenhum deles!




Acordar uma princesa pode ser letal.
Quando um príncipe mimado é enviado pelo seu pai para tentar desvendar os mistérios de um reino perdido, ninguém imagina os perigos que ele encontrará pela frente!
Acompanhado da figura sóbria e sagaz do Caçador e de Petra, uma jovem valente que possui uma ligação muito forte com a floresta, o príncipe acaba encontrando um reino adormecido por uma estranha magia.

Todos os seres vivos foram cercados pela densa mata e estão dormindo, em um sono pesado demais, que só poderia vir da magia.
Mas que tipo de bruxaria assolaria uma cidade inteira e seus habitantes?
E, principalmente, quem faria mal a uma jovem princesa tão boa e tão bela?
A não ser, claro, que os olhos não percebam o que um coração cruel pode esconder...

Poder é o terceiro volume da trilogia Encantadas, e traz como história principal o conto da Bela Adormecida.
Porém, esqueça os clichês tradicionais e se entregue a uma nova visão dos contos de fadas, em que heróis e anti-heróis precisam se unir para não perecerem à beleza superficial de princesas e rainhas egocêntricas e aos príncipes em busca de aventuras.


Um comentário pessoal: eu li os livros na ordem em que foram publicados, mas precisa atenção porque os 3 estão muito interligados.
Na verdade são 1 livro único, eu acho, dividido em 3 volumes. Impossível ler apenas 1, tem que ler os 3 para fechar o roteiro, entende?
E tem muitas surpresas.
Além das 3 princesas "principais" temos um pouco de Chapeuzinho Vermelho, mostrada de um jeito bem à la Once upon a time. E temos João e Maria, mostrados de um modo bem peculiar.
E a bruxa, e os sapatinhos, e ratinhos... nada é o que parece.
Mas o caçador... ah, o caçador...


Ficou com vontade de ler?
Então fique mesmo porque é muito legal, distração garantida, diversão idem!
Claro que não é um primor de literatura, mas é bem escrito, a diagramação da Editora Única é muito boa e as capas são de uma beleza especial.




Quer ganhar os 3 volumes da Saga Encantadas?



Sim, você pode!!!
Como faz tempo que não faço nenhuma brincadeira aqui no blog vou usar esse post para sortear os 3 volumes da Saga Encantadas para um leitor ou leitora muito querido!
Quer participar? É bem simples!

Deixe um comentário nesse post respondendo à seguinte pergunta:

Veneno (Branca de Neve), Poder ( Cinderela) ou Feitiço (Bela Adormecida):
Qual sua 'princesa' favorita? Por que?


A resposta mais criativa (escolhida por mim) vai receber em casa, totalmente grátis, os 3 volumes da Saga Encantadas.

Vale uma resposta por perfil, tá?
Vou segurar as respostas até o dia do resultado, que será no Dia do aniversário do Blog, 28 de setembro.
Pode participar todo mundo, do mundo todo, desde que tenha endereço de entrega no Brasil.



Brincadeira encerrada

O comentário escolhido foi o da Val, número 5.
Mas minha vontade é presentear todas!!!
E muito obrigada à todo mundo que embarcou na brincadeira!!!!
♥ ♥ ♥ ♥


Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

14 comentários , comente também!

  1. Minha princesa favorita é a Bela Adormecida, pois o sono profundo foi causado pelo medo dela perder seu status devido a crise de cem anos de vacas magras que atingiria o Reino. Com medo de ser obrigada a dispensar servos e por a mão na massa, imaginou-se como uma gata borralheira às avessas de cútis áspera e unhas quebradas. O pavor foi tanto, que dormiu enquanto a crise ocorreu.

    ResponderExcluir
  2. Ah por que quero?
    Para desmistificar aquelas historinhas melosas
    e irreais que li na infância.
    Agora quero é mais histórias diferentes de amores picantes, interessantes .......
    Quero ganhar para ler em minhas férias.
    Obrigada pela oportunidade.
    joturquezzamundial
    Beijos.
    Vou compartilhar nas minhas redes.

    ResponderExcluir
  3. Depois de tudo o que vc descreveu, eu ficaria com Feitiço(A Bela Adormecida) pois estou morrendo de vontade de conhecer o Caçador...ah, o caçador...
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu amo ler e ainda não tinha visto esses livros não, me pareceram bem interessantes!
    Minha princesa preferida sempre foi Cinderela, nem sei te dizer bem porquê...todas tem um príncipe, mas acho que as outras duas por "dormirem" nas histórias, acabei optando pela Cindy...ehehehe
    Bjossss

    ResponderExcluir
  5. Esse "ah o caçador...." Só me faz pensar em Branca de Neve e o Caçador, com aquela coisa hummm delícia do Cris Hemsworth (leia-se marido)
    Quanto a princesa favorita, a minha é e sempre foi Branca de Neve.
    Numa das muitas versões lights da história (sim, pq os contos de fadas nunca foram fofinhos e nem eram para crianças)a mae da branca de neve, gravida imaginava sua filha e desejava na verdade. Aí olhando para a neve disse que gostaria que a filha tivesse a pele alva como a neve, passou um passaro negro e ela desejou que os cabelos fossem negros como as plumas do passaro.... Nesta viagem, como estava bordando, espetou o dedo na agulha e o sangue pingou na neve. A rainha então desejou que sua filha tivesse os bochechas rosadas como o sangue diluindo na neve.
    Daí que na época que minha mãe engravidou de mim, baixou a rainha mãe e ela ficou viajando nesta historia e quando eu nasci ela achou que eu era a branquinha de neve (versão brasileira Herbert Richers.... e plebeia)! Tá é viagem, mas eu era branca como a neve (lógico que logo na primeira nevasca, pq depois vira um barro horroroso e sujo), tinha os cabelos negros e como toda branquela, provavelmente minhas bochechas ficavam vermelha por qualquer motivo.
    Eu gosto da Branca de Neve pq ela sou eu. E pq ela é safadinha, morava com sete homens e ninguém nunca se importou com isto. E foi a primeira ativista da causa animal. E até depois de morta ainda tinha bofes desejando-a. Resumindo, Branca é Diva!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Val, se você acha a Branca de Neve clássica safadinha precisa conhecer a versão "adulta" dessa saga.
      A coleção é sua, fia!
      Me passa seu endereço, vou enviar!
      Me convenceu na parte da safadinha rsrsrsrs

      Excluir
  6. Oi Elaine,
    Esta é fácil. Minha princesa favorita é a Bela Adormecida (Aurora), pois é a única que não ficou trabalhando de sol a sol. Quando as coisas deram errado, ela dormiu! Só acordou quando o príncipe apareceu e tudo ficou bem!
    Tadinha da Branca de Neve, teve que trabalhar como doméstica para 7 homens! Pouco importa se eram anões, homens são homens e dão um trabalhão!
    A Cinderella, teve que trabalhar de graça para a madrasta e sua filhas. Uma verdadeira escrava.
    Já a Aurora dormiu!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. A Sinopse de Poder me interessou mais... Cinderela sempre me interessou mais porque ela sempre me pareceu mais resiliente, eu admirava essa coisa do "ter coragem e de ser gentil" ... Quando adolescente... eu sempre quis saber o que acontecia depois do felizes para sempre... aquilo me parecia tão abruptamente interrompido... e depois? A Rotina a casa, os filhos, os desentendimentos... hihihihi... Sempre fiquei esperando alguém que contasse a história do depois, ou por outro ângulo, sei lá! Às vezes - na maioria delas, aliás - essa coisa de ficar esperando o príncipe não dá certo. Eu acho interessantes que a gente não seja "contaminada" pelos "felizes para sempre" - Ser feliz é uma Saga, que a gente precisa enfrentar com heroísmo, coragem e magia. Acho que a Magia é sempre ter os pés no chão e recomeçar sempre. Beijos, Elaine!

    ResponderExcluir
  8. Oiii!
    Minha princesa favorita e também o livro que estou mais curiosa e ansiosa para ler é a Cinderela. Sempre foi um dos meus filmes favoritos quando criança, honestamente por causa dos bichinhos kkk, mas também porque mostra a história de uma garota que sofre nas mãos da madrasta e meio-irmãs mas nem por isso desiste de tudo e vai chorar no canto. Ela passa todos os dias feliz e até cantarolando, e um dia recebe a chance de "mudar" sua vida com ajuda da fada madrinha. Ela encontra o amor, mas não porque ele beijou ela, ou porque fez um acordo com um bruxa louca do fundo do mar que iria ganhar o coração dele, eles dançaram a noite toda e eu (loucamente apaixonada por dança) acho lindo a conexão que duas pessoas podem sentir só por dançarem uma com a outra e eu firmemente acho que foi essa ligação que os fez se apaixonarem :) Ver uma versão diferente desta história é realmente interessante, porque todos sabemos que existem dois lados de uma mesma história e agora temos a chance de olhar (talvez) por outro ângulo. Beijinhos, Jeniffer :)

    ResponderExcluir
  9. I am here for getting information because I have to Do My Dissertation complete I will just comment it is an English top-seller. Sarah Pinborough puts fairy tales good thing down and tells remarkable stories that Disney would never challenge tell.

    ResponderExcluir
  10. Meu lado infantil ama conto de fadas, como também é preciso "envelhecer" acho a versão da Cinderela mais interessante, mesmo que nem tudo seja o que parece a magia e os favores prometidos pela sinopse me prenderam e atiçaram toda minha curiosidade, que seja a Branca de Neve, a Cinderela ou a Bela Adormecida, preciso ler essas releituras que estão interligadas entre si.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  11. Gosto mais da Cinderela, ela me fez entender que quando voce quer uma coisa, não importa oque os outros digam, e o quanto te façam mau, voce é capaz de ir até o seu feliz pra sempre , mesmo que pra isso voce precise de uma mãozinha amiga <3 Louca pra ler essa saga!

    Um beijo de quem te acompanha e te admira! E parabéns pelo post :)

    ResponderExcluir
  12. A Bela Adormecida pq eu sou a bela da realidade, aquela que entra em coma quando dorme, ronca e baba até mesmo dentro do ônibus, tem um sono que não acaba nunca, que já dormiu até em pé no show do Planet hamp, então eu sou a versão do mundo real da Bela Adormecida.

    ResponderExcluir
  13. Talvez a princesa se torne a rainha má no futuro. Talvez o príncipe não queira se casar. Talvez o caçador seja o final feliz de alguém. Talvez a fada madrinha seja uma agente dupla contratada pelas irmãs da Cinderela! Talvez o lobo mal estava realmente com fome e seu instinto selvagem o fez agir como tal. Tantos "e se", mas a questão é: o que acontece depois que a cortina se fecha? Depois que são declarados marido e mulher? Depois que o mal foi derrotado? E se um morrer antes do outro? Se não forem capazes de terem filhos? Se não se amarem de verdade? Sempre pensei que "felizes para sempre" fosse como o "eticétera". "Eles se casaram e etc". Acredito que exista final feliz, mas a vida tem suas imperfeições.
    Acho que a Branca de Neve seria minha princesa favorita. Primeiro pelo fato de que, na versão encantada que conhecemos, ela sempre representou força, mesmo com toda a sua delicadeza. Foi usurpada de sua posição de direito, enfrentou perigos reais, foi caçada e que conseguiu conquistar o coração não só do príncipe, mas também dos anões. Apesar disso, sempre fiquei pensando na rainha... Será que tudo aquilo foi mesmo só por beleza? E se a moça que se apaixonou, foi parar em um lugar desconhecido, perdeu o marido e teve que suportar a enteada que a odiava for a inocente da história? Enfim, por todas estas possibilidades absurdas ou não, eu escolho a Branca de Neve. :D
    Acho que falei demais '0'
    Beijos, adoro seu blog!!!
    Com carinho, Vick
    extraordinaria-mente.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…