O comentário que virou pão... ou sobre como abraçar alguém que está longe...

em 14 de julho de 2016

há sempre algo para ser grato

Há um ditado que diz, mais ou menos assim: "tenha cuidado com o que você deseja/diz/pede. Você pode ser atendido."
Vou te contar... tenha cuidado mesmo.
Você pode conseguir.
De surpresa.
E vai ser lindo!

Antes, deixa eu contar que eu sofri um pequeno revés: abri o pulso direito.
Deve ter um nome técnico pra isso, não lembro agora.
Só sei que dói demais... "é a dor mais funda que a pessoa pode ter..." (mentira, dor de dente é pior... de fratura no joelho também.... e de coluna travando. Mas você entendeu, né?)

A dor dói. E faz mais de 2 semanas que não consigo nem segurar um garfo sem sentir dor. Digitar é um tormento.
Trabalhar é complicado.
Mas, como sempre faço, peguei o limão e fiz uma caipirinha (não literalmente rsrs porque não consigo) e já que não podia trabalhar aproveitei pra estudar.
Varei madrugada, mas agora consigo tornar qualquer template do Blogger responsivo.
Sim, migos!
E já tem 3 modelos totalmente responsivos disponíveis na loja.
Olha (clica no laptop e vai lá...):







Voltando ao assunto: abri o pulso, #sofro, não podia fazer quase nada de trabalho, então fui fazer outras coisas...

Daí dia desses eu comentei em um post do blog O Tacho da Pepa, da +Lia Angelica Agio onde ela ensinava como fazer um pão australiano igual ao famoso de um restaurante famoso. E contei no post da Lia sobre isso, dizendo que nem ia comer o pão lindo porque não posso amassar nem massinha de modelar...
Olha aqui o post:




Esqueci o assunto (mentira, fiquei pensando no pão, sou dessas) e segui a vida.
Eis que agora há pouco chega o carteiro, marido recebe, eu vejo o pacote, e já sabia o que era.
Espia:

Aí bateu a dúvida: abro o pacote ou leio a cartinha primeiro? rsrsrs



Sim, dentro do pacote fofo tinha um pão.
Sério, gente, um pão. Macio, cheiroso...
Esse pão:


Que já nem está mais assim, foi-se mais da metade... tenho marido, né?

Tô fazendo graça pra disfarçar o tanto que já me emocionei.
Como pode existir no mundo alguém que lê seu comentário, que faz um pão lindo, embala com carinho, se abala de casa até os Correios e envia (via Sedex!) pra você?
Além do afeto, o trabalho que dá... é muita vontade de abraçar, né?


Eu recebo muitos mimos, de pessoas muito queridas, seria impossível listar tudo.
Dia desses recebi da minha querida +Paula Mello um cobertor fleece, macio, quentinho, gostoso demais.
E quando falei pra ela do meu pulso ela queria me mandar uma munhequeira já que aqui onde moro não achei.
Sem contar as coisas de comer que ela me manda (quer ganhar meu amor eterno? Me dê de comer rsrsr).
E tantas coisas a Paula me dá. Apoio, conselhos, e mais um monte de outras coisas...
É muito amor, nem sei como descrever.

Estou citando duas pessoas, poderia citar muitas outras. Recebo muito amor pelos Correios. Muito mesmo.
Quase nunca conto porque fico constrangida de mostrar tudo, sou mais reservada hoje em dia, sabe? Calos de anos de blog.
Mas sempre me surpreendo, e sempre me emociono com demonstrações gratuitas de afeto e amizade. Nunca acho que mereço, na maioria das vezes é sem merecimento algum, gratuito de verdade.
Por isso valorizo tanto.
Cada presente, cada mimo, cada pedacinho de afeto que me alcança.


Tem gente que diz que blog não gera amizades reais.
Discordo.
Totalmente.
Tenho amiga que conheci via blog que me socorreu em situação de extrema dificuldade, que me salvou de verdade sem nem me conhecer direito ( +Luci Cardinelli  serei sempre, e pra sempre grata!), tenho amigos que me ajudam até sem saber... amigos que apoiam, divulgam e endossam meu trabalho, que me ouvem e que me aconselham muitas vezes sem nem imaginar...


Enfim... tudo isso pra dizer que: pulso aberto, sem poder trabalhar direito, aproveitei pra estudar, agora posso oferecer design responsivo em meu trabalho e pra falar do pão, de afeto, da vida e de como alguém pode abraçar a gente mesmo estando longe...





Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

14 comentários , comente também!

  1. Elaine querida, espero sinceramente que seu pulso esteja melhor, sei bem como é esse tipo de dor, ando na fisioterapia a quase dois meses e ainda terei que fazer mais, mas o meu é o ombro que deu uma calcificação,não podia escrever e até uma pena me pesava e eu gritava de dor, mas estou melhorando, vc sabe, Bhasinha crescendo e eu ficando velha, ela tá pesada e tenho que carrega-la, mas não reclamo, pois cada um tem seu destino e Deus sabe de todas as coisas e como gosto de dizer não dá a carga maior que nossos ombros suportam, né? Enfim venho muito menos ao blog do que gostaria, mas de vez em quando venho aqui te visitar e ler algo tão bonito, vc merece cada gesto de carinho que recebe, pois vc dá esse carinho as pessoas, lembro bem de seu telefonema no momento mais difícil de minha vida que foi o falecimento do meu Benzuco e vc me deu apoio, carinho e me fez rir muito levantando meu astral, jamais esquecerei... Então minha linda, receba todos os carinhos do mundo, desfrute desse pão maravilhoso com um bom café junto do maridão e melhore seu pulso, cuide-se bem e que Deus esteja sempre contigo abençoando teus passos e tua vida. Vc é linda de viver, bjuivos no coração desta tua amiga agora diretamente das terras de Cabral. Loba.

    ResponderExcluir
  2. Oi Elaine,
    Tenho várias amigas que consegui através do blog e amo interagir por aqui.
    Fiquei com vontade do pão, está lindo!
    Eu ia falar da munhequeira, pois vai resolver o problema. Já tive pulso aberto e basta colocar a munhequeira para passar. Se vc não encontrar por aí, faça uma com elástico largo e velcro.
    Tb fico emocionada qdo ganho mimos de blogueiras e comentaristas não blogueiras. Tenho um mimo preferido, uma Tilda de vestido azul e casaco amarelo, que fica na poltrona da minha sala de estar. Ganhei de uma blogueira queridíssima!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Boa noite amiga!
    Como é bom saber que tem pessoas tão bacanas assim!
    Um grande abraço e melhoras.

    ResponderExcluir
  4. Elaine, sumi dos blogs desde que voltei pra Faculdade, tenho ideias e penso: vou escrever, chego em casa, me enrolo e não faço nada. Sinto uma saudade imensa, e eu tinha dois, um esportivo e mais um. Vou conhecer algumas pessoas com as quais fiz amizade nas olimpíadas rsrsrs. Estou animadíssima pra isso. Adorei sua história, entro no meu blog de vez enquando pra matar saudades e seu blog está na minha listagem, parei pra ler. Amei e matei saudades! Que Gostoso! Um beijo e tudo de bom sempre! Melhoras. Rafaela www.apenasumponto.blogpsot.com

    ResponderExcluir
  5. Melhoras!
    Você merece essas coisas e muito mais.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Elaine, esta manhã o mundo amanheceu novamente mais triste. Mas relatos como o seu nos fazem ser positivas e acreditar que vale a pena viver pois há mais pessoas boas no planeta do que gente má. As melhoras do seu pulso. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Desejo melhoras para você! Que fofa a Lia mandar esse pão para você, quando vi a postagem dela também fiquei babando. rsrsrs

    ResponderExcluir
  8. Que bom que aquela época boa dos blogs ainda existe e persiste.
    Quem está de fora não entende, mas nós que pertencemos a este universo paralelo entendemos e conhecemos o que é isto.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Melhoras, adoro esse pão.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  10. Olá, Elaine!
    Como não comentar esse post lindo que me causou emoção. É tão emocionante saber que existem pessoas que gratuitamente nos abraçam com carinho, palavras e ações de conforto. Que Deus abençoe cada uma dessas pessoas e você também.
    Abraços apertados e boa recuperação. Parabéns pelo template responsivo. Show!

    ResponderExcluir
  11. Oi Elaine! Que mimo literalmente delicioso!!
    Bom demais quando as pessoas percebem o carinho além do presente em si, sempre gostei de presentear com coisas feitas por mim, hoje faço menos pois a saúde já não ajuda então na maioria das vezes é só afeto mesmo.
    Achei lindos seus templates, parabéns! Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oie Elaine, estou de cama, fiz retirada de vesícula e pedras faz dois dias. E olha que faz 3 meses que retirei o útero.
    Toda dor dói, não existe intensidade maior ou menor paracquem sente.
    Toda preocupação também é assim.
    Porém de tempos em tempos aparecem anjos despidos de asas para nos confortar.
    Eu tenho tido essa sorte.
    Espero que vc fique bem sempre.
    Abraço a Edirlan e as meninas.
    Estou removendo todo ou quase conteúdo do blog. Mudou as questões e quero focar no nicho que estou hoje. Saúde para quem tem problemas e superou como eu, e cultura. Superação.
    Obrigada por vc ser sempre solidária.
    Um dia apareço por aí sabia? Bjos

    ResponderExcluir
  13. Bom, primeiro que não vale. Eu é que queria faze ro agrado, vem você e páaaaaaaaa... arrasa com esse meu coraçãozinho, srrsrsrsr

    Acho que tudo é uma plantação, não tem uma vez sequer que eu não grite e você não venha ao meu socorro... acha mesmo que um pão seria difícil ? Queria mandar a padaria toda, srsrrs mas fiquei com medo de estragar... Fiquei feliz de vc sentir o abraço do pão, era essa a intenção, faze-la sentir especial e querida, pois é isso que vc é ! Demais da conta !!

    Também tenho pulso aberto, quando ele abre fico sem poder fazer nada, mas a munhequeira é tiro e queda. Te cuida !!

    Bjus 1000 sua linda !

    ResponderExcluir
  14. Oi, Elaine! Espero que esteja melhor... Carinho é bom demais,né? E você merece...
    Mas deixa eu falar, que lindo seus lays... Vc sabe que amo,né? Preciso me desenferrujar e encarar o tal responsivo (comentei isso antes). Eu tinha receio de não poder deixar responsivo e bonitinho ao mesmo tempo e ando muito preguiçosa,confesso...

    Mas como sempre, você me inspira...
    Melhoras.

    Beijosssssssssss

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…