Eu volto já... me espera!

em 6 de maio de 2016


Às vezes, bem de vez em quando, a gente topa inesperadamente com algo que nos emociona, nos cativa, nos faz parar o que estamos fazendo e prestar atenção.
Comigo é assim, e com você?
Aconteceu há uns dias.

Eu ouvi essa canção, e aos primeiros acordes, parei o que estava fazendo (um trabalho) e prestei atenção.
No meio da música eu estava com os olhos marejados.
Repeti o vídeo, e as notas de novo me fizeram chorar.
É mais que a letra, linda e cheia de significados, é mais que o clipe bem feito, melancólico e delicado...

A melodia, não me pergunte o por quê, entra na gente, toca algo, emociona... talvez pela melancolia da música (sim, estou melancólica ultimamente...), talvez pela melodia marcante (ouça até o final, please!)
Você entende?
Não?
Então, lindeza, dá play e veja que canção bonita...


Eu ainda estou aqui
Perdido em mil versões irreais de mim
Estou aqui por trás de todo o caos
Em que a vida se fez.

Tenta me reconhecer no temporal
Me espera...
Tenta não se acostumar
Eu volto já
Me espera...

Eu que tanto me perdi
Em sãs desilusões, ideais de mim
Não me esqueci
De quem eu sou
E o quanto devo a você.

Tenta me reconhecer no temporal
Me espera...
Tenta não se acostumar
Eu volto já
Me espera...

Mesmo quando me descuido
Me desloco
Me deslumbro
Perco o foco
Perco o chão
E perco o ar
Me reconheço em teu olhar
Que é o fio pra me guiar
De volta... de volta.

Tenta me reconhecer no temporal
Me espera...
No temporal
Me espera...
Tenta não se acostumar
Eu volto já
Me espera...

Eu ainda estou aqui...


Pasme, mas eu nunca tinha ouvido nada do Tiago Iorc.
Gostei muito do timbre dele, e que moço bonito (como diria Gabriela...).
E Sandy é essa coisa linda, essa voz...
No clipe lindo, além da beleza das imagens, da melodia, dos artistas, bote reparo nas unhas e no batom da Sandy. Nude pode mesmo ser impactante...
Gente, quanta delicadeza...

Música boa, linda, delicada e cheia de sentimento.
Pra terminar (ou começar, depende do momento em que você estiver lendo...) muito bem a semana...
Não é?

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

6 comentários , comente também!

  1. Lindo. Adorei.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Oi Elaine, adorei esse vídeo, minimalista nos movimentos, focado na essência da cena...Muito sensível como vc disse!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eu tinha visto os dois cantando no Super Star, mas no video está maravilhoso! Amei a sugestão!
    Boa semana! Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Vc disse tudo q senti. E como vc fala.. que moço bonito...

    ResponderExcluir
  5. Elaine, gostei e me identifiquei bastante. Também tenho me sentido assim ultimamente...
    bjsssss

    ResponderExcluir
  6. Elaine, estou meio assim... basta ler meu blog melancólico pra saber.
    Sou muito musical, muito mesmo. Quer me fazer chorar, use música. rsrs
    Estou ouvindo essa pela primeira vez, mas ontem mesmo, estava conversando com minha mãe, e no rádio começou tocar Vento no Litoral. Aquela música de todas no mundo é que me traz toda a sensação de tristeza, é como se ouvir trouxesse a tona a sensação de toda perda que tive que enfrentar e, dói a ponto de eu nem conseguir cantar junto sem o nó na garganta atrapalhar, quase postei sobre isso...
    Agora duas músicas que me dão um gás: Uma nova mulher (Simone) E I can see clearly now (Jimmy Cliff)

    Música, escrita, como falam pela gente. Amo apenas.

    Beijosssss

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…