Não há sequer um...

em 7 de março de 2016



Ontem, enquanto eu esperava meu marido, na entrada do pronto socorro aqui da minha cidade (vamos lá todo dia pra ele tomar a medicação injetável para Esclerose Múltipla) o tremular dessa bandeira me chamou a atenção.


É uma bandeira grande, hasteada na avenida, muito bonita e que me prendeu a atenção por uns minutos.
Fiquei pensando no país que ela representa.
Meu pobre país. Eu chorei.

Eu vejo as notícias. Eu vejo, eu leio, eu penso...
Eu vejo as discussões nos sites, nos blogs, nas redes (anti)sociais.
Eu vejo as agressões, as mágoas entre amigos que discordam, mas sobretudo eu vejo o tamanho do buraco em que meteram meu pobre país.
Essa gente filha da puta, mal caráter, desonesta, essa gente que rouba, que mata, que dissimula, que engana... políticos. De todos os níveis, eleitos ou indicados.


Fico pasma, assustada e muito triste quando vejo pessoas que eu considerava inteligentes gastando tempo e amizades para defender o indefensável.
Políticos.
Como se algum deles valesse uma letra do teclado.
Esses homens e essas mulheres... que mentem sem um pingo de remorso, sem um lampejo de vergonha na cara.
Tudo é questão do quanto é possível enganar, mentir, iludir e convencer.
Nunca se trata da verdade, nunca há verdade. Só um teatro armado para enganar.
Todos mentem, todos, sem exceção, roubam, desviam, armam esquemas, maquinam negociatas, passam os dias e a calada da noite inventando meios de roubar, desviar, e como se safar.

Acha exagero dizer que todos roubam?
Pense no seu político preferido, seu candidato, aquele em quem você vota, aquele por quem você se exalta. Aquele que você defende, às vezes com unhas e dentes.
Ele mente, ele rouba, ele ou faz parte da quadrilha ou espera, ansiosamente, a chance de fazer. Ele planeja fazer parte dos esquemas. Se está denunciando é porque ainda não o deixaram entrar, ou o tiraram dos esquemas.

Se o nome dele não está nos noticiários, das duas, uma: ou ele ainda não foi pego ou ele ainda não roubou o suficiente para ser relevante. E virar notícia.
Mas corrupto, ou em vias de sê-lo, pode apostar. Ele é. Ele deseja ser. Ele deseja os milhões, as regalias, ele deseja ser reeleito.

Sim, porque aqui, em meu pobre país, não há governante, deputado, senador, vereador, o que quer que seja, que mereça confiança.
Aponte 1, apenas 1.
E eu te digo: "Dê tempo ao tempo, e veremos em quanto tempo ele cai, mostra a face, escorrega e deixa cair a máscara".
O deputado, o vereador, o prefeito. O governador. A presidente.

Tão triste me sinto, tão triste...
Olho a bandeira do meu país, a bandeira que aprendi a amar desde criança quando a hasteavam no pátio da escola onde estudei... , que ainda me faz chorar quando é hasteada, a bandeira que me representa, que me emociona... e penso nos desgraçados que destroem esse país.


Penso nas pessoas que morrem por falta de atendimento médico, porque algum desgraçado desviou os recursos que salvariam vidas.
Penso nas crianças que nunca atingirão seu potencial porque algum maldito embolsou o que era delas, o que deveria ser delas.
Penso em todo mundo que está sem emprego, que está com medo de ficar sem emprego, penso em quem passa fome... aquela fome diferente do que a gente sente no intervalo entre o almoço e a janta... porque algum desgraçado roubou tanto que força empresas a fecharem, que torna esse país inviável, que faz com que pessoas sérias se afastem daqui correndo...

Enquanto isso, enquanto os ladrões pilham, destroem e matam, eu olho a bandeira do meu pobre país e penso que nunca verei gente de bem governando essa terra.
Simplesmente porque, diante do lucro roubado, dos milhões (bilhões?) à disposição, do enriquecimento farto de toda a família (filhos, netos, mulheres, amantes) não há gente de bem.
Só há o melhor ator, a melhor atriz.
Aqueles que conseguem iludir a plateia por mais tempo...


Olho para esses que estão no poder... olho para aqueles que estiveram no poder... olho para aqueles que querem desesperadamente assumir o poder...
Todos iguais, farinha o mesmo saco, ratos do mesmo porão... ou pior: tem os ruins, e os piores. E ainda os piores que os piores.
Não há um que valha a pena. Não há um que valha a ofensa digitada nas redes sociais.
Olhe a História.
Pense por si, olhe os fatos. Sem paixões, mas com olhos críticos.
O herói de ontem é o bandido de hoje; o herói de hoje é o bandido de amanhã.
Não há um que mereça defesa.
Não há sequer um...



Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

16 comentários , comente também!

  1. Concordo com você. O mais triste é saber que pessoas inteligentes, do bem, compactuam com isso e ainda defendem esse governo. Realmente, não é muito diferente de todos que conhecemos, a não ser na maneira absurda que roubaram. Fiz uma imagem e já falei muito dela: vamos pegar os que encontramos agora no cofre, saqueando o país. Depois vamos em busca dos que saquearam antes deles. Não justifica aceitar mais isso. Tomara que o povão, o falsamente erguido socialmente, se conscientize disso. A mim dói demais ler que quem está contra o governo assim o faz porque não suporta ver o "pobre' com direitos. Que se quer a volta da ditadura, que se quer o regime de escravidão! Quanta bobagem! Mas vamos esperar, o tempo é o senhor da razão e tudo que tiver que ser, será. Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso texto(desabafo)!!!
    Parabéns Elaine por expressar, tão bem, o sentimento de muita gente. Eu sinto isso mesmo que você escreveu.
    Abraços carinhosos
    Go












    ;9

    ResponderExcluir
  3. Olá, Elaine, você disse tudo em seu texto!
    Não há mais o que falar diante da safadeza dessa gente...
    Elaine, me visite, tenho uma indicação para você!
    Obrigada, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  4. Estou tão triste e decepcionada quanto você!
    Não acredito mais em nenhum político! Aliás, quando vejo um deles falar como vi hoje nossa presidenta, me revira o estômago.... Sinto náuseas e nojo! Não quero mais votar! Não vou mais sair da minha casa pra votar em ninguém! Nenhum deles merece meu voto nem minha confiança!
    Pago a multa mas não voto mais... Chega!

    ResponderExcluir
  5. Pobre bandeira brasileira!
    E pensar que poderia ser pior.Imagine uma bandeira vermelha com uma estrela no lugar dela.
    Falta pouco para isso acontecer.
    Acho que não existe um homem de caráter para comandar o nosso Brasil..Por isso torço pela Intervenção militar e acabar com a bagunça generalizada que se instalou no país.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Concordo com tudo e muitas vezes perco o sono, pensando em como está a minha Pátria Amada. Também não vejo uma luz no fim do túnel, não tenho esperança, penso que chegamos ao fundo mais profundo do poço. Não tenho vontade de votar, nem em quem confiar para votar...enfim, desilusão total, medo de tudo, pensando no que será de nós, nós dias que virão, devido ao caos que estamos vivendo.

    ResponderExcluir
  7. Ah lá vou eu ser do contra rsrsr Sim, bandidos por toda parte. Mas nem sempre foi assim! Já tivemos boas pessoas e bons homens públicos governando o nosso país. Homens como Ruy Barbosa e tantos outros que idealizaram um país justo, constitucional, equilibrado e regido pela Lei.

    O problema não são os políticos, é o povo que os elege, povo miserável que troca voto por uma lata de leite ou um chinelo.

    Povo sem educação e que também não quer ser educado: tem muito mais "ibope" um BBB da vida ou um desfile de carnaval ou um jogo de futebol do que um bom programa na tv cultura. Só para falar da televisão, que é o atual "ópio" do povo.

    As intrigas da novela? Todo mundo sabe. Quem foi pro paredão no BBB, todo mundo sabe.

    Isso para mim é o mais triste. Uma nação de incultos, que amam um bolsa-família, que se matam por uma esmola do estado, que fazem qualquer coisa para não perder o benefício, mesmo que isso signifique manter o filho na sexta série com 18 anos nas costas.

    O povo é o primeiro corrupto, Elaine. O jeitinho não nasceu com os políticos que estão aí, vem de antes. Quando alguém pede ao guarda de trânsito para relevar uma infração, quando alguém sonega imposto, quando alguém paga ao funcionário público por uma certidão que deve sair antes do prazo, enfim, as pequenas corrupções do dia a dia, tão presentes, são o princípio de tudo. O país inteiro é corrupto, não só os políticos, que são apenas reflexo da sociedade.

    Mas eu não me rendo e não acredito que seja o fim, pelo contrário. É uma catarse, um momento em que tudo é posto à mostra, para que o povo acorde.

    Como dizia o Mestre, é necessário que venha o escândalo, mas ai de quem o causa. É necessário, para que as pessoas, pelo menos algumas, tenham a consciência de seus atos e mude.

    Torço para ver essa mudança ainda nesta vida, por isso acredito que somente a educação pode cumprir essa tarefa. E para isso educo meus filhos, é a minha parte. Cada um deve fazer a sua, contribuir de alguma forma e promover a mudança.

    Não sou moderada, nem de esquerda, nem de direita. Sonho com um anarquismo, em que a gente não precise de governo, em que as pessoas vivam do seu trabalho, construam suas comunidades, não dependam de esmola assistencialista. Eu sonho. Um dia, quem sabe...

    beijossssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exactamente Paula Mello, os governantes de uma nação são o retrato de seu povo, sem dúvida, a culpa de toda esta bandalheira é do povo que troca sua dignidade por cesta básica e outras migalhas do governo, que servem apenas de "cala boca".
      Daquilo que fico a saber pelas notícias que me chegam, não tenho esperanças que o Brasil se resolva tão cedo, talvez um dia, mas por agora é tempo do caos. Uma pena :(

      Excluir
  8. Bom Dia Elaine, é verdade todo o seu desabafo, estamos sufocados de tanta deslealdade, de tanto roubo, está tão fácil que eles roubam na nossa cara!!! Deus tenha misericórdia de todos nós, um abraço forte ...

    ResponderExcluir
  9. É triste mesmo :(
    Eu que estou fora do país fico horrorizada, as coisas na minha infância não eram fáceis, mas agora estão muito más e não tenho esperanças de que tudo se resolva tão depressa. A corrupção é grande demais e o povo se descansou tempo demais. Quando vejo populares defendendo o Lula, é impossível pensar que Brasil tem futuro :(

    ResponderExcluir
  10. Passando para desejar um FELIZ dia das MULHERES....

    ResponderExcluir
  11. Um feliz dia das mulheres para você.
    O blog está lindo.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  12. Elaine,

    Apesar de concordar com tudo o que você falou e que deixa tanta gente indignada, com razão, não posso deixar de dizer aquele ditado:"O povo tem o governo que merece." Ainda que eu não concorde com a corrupção e essa ladroeira toda, toda essa lama foi criada porque alguns deram o voto a essas pessoas de forma indiscriminada, sem analisar, e pior, ganhando alguma coisa para isso. As pessoas que na maioria das vezes se irritam com a corrupção, não votam se não tiverem alguma coisa em troca. Vai ser político hoje em dia e tentar ganhar uma eleição sem compra de voto... coitado, não tem voto nem mesmo em sua própria casa. O problema maior é a educação de casa, que permite que os pequenos sejam constantemente comprados cedo, por uma bala, um brinquedinho, para darem em troca o que os pais querem deles, depois vão se trocar por qualquer coisa quando crescem, só fazem algo de valor se tiverem um "retorno". (Não é verdade?)
    Eu me lembro de minha avó agora, morei muito tempo com ela e quando meu filho era pequeno ela queria dar umas moedas para que ele fizesse algumas coisas para ela, tipo, buscar chinelos em baixo da cama, ajudar a varrer as folhas no jardim... eu sempre briguei com ela por isso, porque eu acho que a pessoa tem que fazer essas coisas em casa sem receber dinheiro, porque é uma responsabilidade de todos fazer pequenos trabalhos, não precisa ganhar sempre... do mesmo jeito, acho que o eleitor não pode ficar amarrado no dinheiro que vai ganhar, porque ele vicia e torna o eleitor "o mesmo ladrãozinho safado" que o seu político se tornou. Somos responsáveis por isso, mas enxergamos tarde demais, quando já está tudo no mar de lama. Existe saída para essa crise sim, mas é preciso que alguns destemidos comecem a plantar a "sementinha da honestidade" e não se vendam por interesse algum, nem dinheiro e nem favores. Os políticos são sujos, mas mais sujo é quem sabendo que o cara é um desonesto dá livremente o seu voto para que ele continue roubando.

    Abração, querida!

    Drica.

    ResponderExcluir
  13. Oi Elaine,
    Parabéns pelo texto, pelo desabafo tão realista.
    Me sinto da mesma forma, desde a última eleição. Um desânimo tomou conta de mim que está me paralisando, e me corrói ainda mais quando vejo cada notícia, cada escândalo, cada nova terrível descoberta.
    Me entristeço ainda mais por perceber que no discurso dessa mesma classe de desclassificados que se tornaram os políticos a intenção de atribuir a nós, o povo já sofrido, enganado e tolhido de seus direitos, a culpa por tudo que está acontecendo. Somos vítimas de bandidos, isso sim!
    A única culpa que podem nos apontar é a de não saber votar.

    Beijos
    Patricia

    ResponderExcluir
  14. Ah querida amiga, você disse tudo que eu penso.
    Ás vezes tento achar que nem tudo está perdido, que nosso país pode melhorar.
    Mas é difícil manter este otimismo.
    Quero ir embora daqui. Viver os anos que tenho pela frente, num país evoluído, decente, que dê valor aos seus habitantes.
    Vamos aguardar amiga, como a esperança é a última que morre ....
    Vou compartilhar sua postagem, ok? Muita gente precisando ler essa bela e verdadeira crônica.
    joturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. O que mais me assombra é como tem gente pondo a mão no fogo por políticos e partidos, como se fossem times de futebol!!! Elaine, nenhum é confiável 100%. Ninguém é!As redes precisam de mais conteúdo, cultura, menos mimimi por bandidagem.
    Bjoka!
    https://meripellensmix.wordpress.com/blog/

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…