A corrupção das coisas pequenas...

em 13 de março de 2016

Hoje de tarde, pra esfriar a cabeça diante de tantas coisas que roubam a paz da gente, eu saí com marido, Princesa e Bloguinho pra dar uma volta de carro pela cidade.
Passamos pela praça central da cidade, a manifestação contra a corrupção estava no fim, só umas poucas pessoas de amarelo na praça. Famílias, moças bonitas. Uma tarde no interior...


Durante nosso passeio passamos por um loteamento que está com as casas em plena construção; eu gosto de ver o bairro nascendo, os terrenos, as casas surgindo...
Notei uma coisa interessante: em alguns terrenos, onde ainda não começou a construção, havia lixo.
Nitidamente refugo de construção, despejado por carriola de pedreiro, sabe? Aquele montinho bem característico.
Fiquei pensando...

Ao invés de contratar uma caçamba simplesmente pega o lixo e joga no terreno do coleguinha.
Quando ele for construir, ele que resolva o problema do lixo que nem era seu...
Andando pela cidade, em áreas habitadas, a gente vê muito isso: lixo em terrenos vazios. Em frente minha casa, por exemplo...na avenida subindo para o bairro J. Paulo 2º...
Mas a gente protesta contra o governo. Porque não somos como esses políticos...
"Mas e esses governantes safados que deixam dívidas pro próximo eleito pagar? Cadeia neles..."

Tenho uma amiga enfermeira, que sempre aplica injeção em meu marido no PS daqui.
Sabe qual o dia que mais aparece gente não-habitual para se consultar com o plantonista?
Nas noites de domingo. E pedem atestado para a segunda-feira. Ela disse que já cansou de ouvir que foram pegar atestado pra resolver algum problema na segunda, porque precisam descansar, porque bebeu de tarde e ficou ruim...
Mas a gente protesta contra a corrupção porque somos contra ela, né?


A gente vê muito: a fila do banco ou da lotérica imensa, o cidadão entra, passa a vista nas pessoas da fila e se encontra um amigo melhor posicionado tasca: "paga essa pra mim, a fila tá muito grande".
Eu mesma já me estressei com isso na lotérica uma vez, acho o cúmulo da folga. O tal "levar vantagem" sempre. Jeitinho.
"Mas o governo, que corrupto, né? Sempre tirando vantagem da gente que é pobre..."

Esses dias vi, em um grupo do Facebook, uma mulher dizendo que queria proclamar uma vitória na vida dela.
Que tinha uma conta pra pagar e precisava de 1 litro de óleo. Mas não tinha dinheiro suficiente, então optou por ir ao mercado comprar o óleo.
Deu 5 reais pra moça do caixa, que se confundiu e devolveu troco pra 50 reais.
A mulher então foi ao Facebook glorificar a Deus pela vitória pois com o troco errado ela ficou com o óleo e ainda pagou a conta.
Glória à Deus!
Glória à Deus????
E a moça do caixa, que no fim do dia vai ter de seu salário a diferença descontada?
"Mas que governo ladrão, né? Prende, queima eles..."

Imagem daqui

A gente, que detesta tanto a corrupção mas enche a casa com produto pirateado, cd pirata, dvd pirata... se bobear até a camisa da seleção usada pra protestar é falsificada...
Mas ladrão é o político, eu não...
#sqn


A gente sabe que beber e dirigir não pode, mas é só uma latinha, tá calor...
Falar ao celular no trânsito também não pode, mas é rapidinho... opa, atropelei a tia, foi mal...
"Mas e esses políticos, hein? Acham que estão acima da lei, esses safados..."

Vaga pra idoso, pra deficiente, que nem deveriam sair de casa, e eu aqui rodando 10 minutos pra estacionar.
Vou usar a vaga especial, mas é rapidinho, 5 minutinhos... alivia aí, seu guarda...
"E aquele deputado? Corrupto, ladrão, bandido... nem liga pras leis do país..."


Entende onde quero chegar?
Eu penso muito nisso, na pessoa que eu sou e na pessoa que eu não quero ser.
Me vigio sim, porque sei que escorregar é muito fácil, especialmente quando tenho tantos defeitos.
E sei que tudo que é grande começa pequeno, nenhuma cobra nasce medindo 5 metros, ela nasce uma cobrinha bebê.
Mas bem alimentada ela cresce e engole tudo.

Assim é a corrupção contra a qual a gente tanto brada, assim é a corrupção contra a qual todos nos dizemos.
Ela está presente nas coisas pequenas.
Do dia a dia. Ela nasce pequena, e se a gente a alimenta nas coisas pequenas do dia a dia, ela cresce.
No troco errado que a gente não devolve, na fila que a gente fura, na vaga que a gente usurpa, nas mentiras que a gente conta para o patrão, nos minutos em que a gente "enforca" o serviço fingindo trabalhar, nos pequenos golpes que a gente dá.

Protestar contra o que está aí, comendo, corroendo e matando nosso país, é importante e essencial.
Mas vigiar a gente mesmo, nas pequenas ações do dia a dia, é que vai, de verdade, mudar o lugar onde a gente vive. E quem sabe... um dia pode até mudar o país inteiro...
Pense nisso...



Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

25 comentários , comente também!

  1. Que texto importantíssimo, não só para os Brasileiros como também para todas as pessoas que reclamam dos governos e etc e no dia-a-dia comete erros, como mentir e roubar...
    Esperemos que essa situação melhore rápido.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente, estava discutindo isso semanas atrás, reclamamos muito da corrupção em nosso pais, mas somos como eles.

    http://naiamelo.blogspot.com.br/ (Ciranda da Bailarina)

    Passa lá depois, beijos *-*

    ResponderExcluir
  3. Elaine, perfeito, a mudança deve começar em nós!
    Não adianta protestar, se nós agimos incorretamente.
    Só conseguiremos acabar com a corrupção, se nós formos corretos e honestos conosco.
    Parabéns... Obrigada!
    Abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  4. Oi Elaine
    Uma crônica bem pertinente.
    Ninguém nasce corrupto ou ladrão. São as pequeninas infrações que formam o cidadão corrupto e vai oras ruas protestar. Muito louvável o protesto mas que cada um cuide primeiramente do seu caráter e da sua postura mantendo-se idôneo dentro da nossa corrupta sociedade
    Uma boa semana para você
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Olá Elaine, texto que nos leva a reflexão e deveria ser compartilhado. ASs mudanças realmente começa em nós, nas mais pequenas coisas. Mas se não há educação nem respeito pelo próximo e muito menos, exemplo dos "grandes", como chegar lá? Triste, muito triste. Beijo e boa semana para vc!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo post, uma verdade e realidade muito triste as pessoas estão tão acostumadas com essas situações que já acham normal, um dia desses fui a fruteira comprar umas coisinhas na hora de pagar a moça do caixa me deu R$10,00 de troco, percebi e voltei, disse a ela você me deu o troco errado, ela me olhou toda nervosa e vermelha sem entender, apresentei o cupom a ela e expliquei, eu te dei R$20,00 minhas compras deram R$18,20, ela abriu um sorriso daqueles e hoje onde me encontra me cumprimenta de longe, algumas pessoas me criticaram depois, e eu simplesmente respondi: Aquilo que eu não quero que façam comigo eu não faço com outros. Muita gente precisando ler este artigo para refletir sobre as suas ações. Bjo tenha um belo dia.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela postagem. Excelente texto. A responsabilidade de termos um mundo melhor depende de todos nós. Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Disseste tudo que tenho pensado ao longo de todas as manifestações anti isso, anti aquilo.
    Belo texto!
    Abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir
  9. Você disse tudo que nós pessoas honestas pensamos.
    Ser honesto é obrigação de todos!
    Um país honesto é feito de pessoas honestas.
    Parabéns pela crônica. Excelente.
    E que o povo reflita .......
    joturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Eu penso do mesmo jeito.
    Texto perfeito.
    Como sempre vc tem o dom das palavras.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Ótima reflexão!

    A corrupção começa em nós. O povo tem o governo que "merece"; mas é bom que comecem a se manifestar, a se mexer, quem sabe assim começam a olhar pra além do próprio umbigo. O que falta de verdade é o pensar no próximo, porque quando pensamos no próximo não nos corrompemos.
    Que o Brasil melhore, que as pessoas melhorem. Que olhem para si, e exijam um governo digno de quem merece!

    Beijos! Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  12. Com certeza. Cada um tem que fazer a sua parte.
    Infelizmente, os hipócritas sempre estarão aí.
    Importante é a gente não desanimar na luta pela justiça, começando pelo nosso exemplo de vida.
    Bjk!

    ResponderExcluir
  13. Concordo totalmente com seu texto. 100%.

    Sou super certinha, corrijo troco errado, volto para pagar quando me cobram errado, não uso vaga de idoso ou deficiente nem que seja por 5 minutinhos. Sou super honesta e minha palavra tem o valor de uma assinatura no cartório.

    São tantas coisinhas pequenas, mas que fazem a diferença. E a gente precisa se educar para isso, mas chega uma hora em que fazer o certo é uma atitude óbvia e automática.

    As pessoas precisam parar de ter orgulho do "jeitinho brasileiro". Isso é uma pouca-vergonha. "Jeitinho-brasileiro" é sinônimo de conseguir o que vc quer (ou o que te traz vantagem) mesmo que prejudique outro ou que seja feito por caminhos desonestos. E enquanto isso for motivo de orgulho, o país não vai sair da lama em que está.

    ResponderExcluir
  14. Nossa, como sempre: Falou e disse! Concordo plenamente.

    ResponderExcluir
  15. Sábia reflexão."O que eu não quero para mim...Eu não quero para os outros."A vida assim seria bem melhor.

    ResponderExcluir
  16. Olá, Elaine.

    Fez uma maravilhosa reflexão. Importante, mesmo. Parabéns!

    Sobre caçambas de entulho em obras de construção, gostaria de comentar o seguinte:

    Pode ser descarte sem consentimento do dono do terreno. Pode ser também algum andamento de planejamento de terraplanagem (nivelamento do solo). E pede-se que se descarregue ali. O acordo facilita para os dois lados, pois gera economia para ambos.

    O mais triste nestes casos de serviços dos caminhões de caçamba, pelo menos aqui na cidade de São Paulo, é que essas empresas estão jogando o material coletado em locais irregulares. A imprensa daqui tem feito muitas denúncias a respeito, a Prefeitura está em pé-de-guerra com esses empresários sem escrúpulos, que ganham exorbitâncias de dinheiro de cidadãos que acreditam piamente que eles irão despejar os materiais em local que não agredirá o meio-ambiente.

    Trocando e recebendo o troco errado:

    Eu já vi o outro lado dessa história. Uma jovem evangélica trabalhava em uma agência bancária e se equivocou, passando para alguém um valor maior do que deveria. Este alguém recebeu e foi embora sem dizer nada. Ao findar do expediente, a diferença de valores apareceu na contagem de espécie e exame de papéis e o gerente ameaçou manda-la embora caso não cobrisse a diferença negativa no prazo de uma semana. A operadora de caixa era garota de origem bem pobre, pagava seus estudos com seu salário e nada lhe sobrava ao final do mês, seus pais ajudavam até nos custos da passagem de ônibus (casa, trabalho, faculdade) E esses pais, evangélicos, pediram oração na igreja, que orou pelo caso. Dias depois, uma mãe compareceu na agência acompanhada da filha, procurou a operadora de caixa com o dinheiro. Aquela mãe também era uma pessoa evangélica, sabia que o troco errado não era uma “bênção financeira" e o devolveu.

    O automóvel, os usos de celulares, ocupações das vagas para idosos e deficientes, e a ingestão de álcool antes de dirigir:

    A lei de trânsito cita a bebida, mas deveria citar também a cocaína, a maconha e alguns remédios de uso controlado... O sujeito que dirige drogado, com substâncias ilegais e álcool, com certeza também deve ser um desses que ocupa vagas reservadas aos idosos e deficientes...

    Mas, precisamos lembrar também que os idosos e deficientes também ocupam as outras vagas, quando as específicas a eles estão livres – e o pátio está cheio. Sou testemunha desse comportamento, que não é nenhum crime, mas cria uma enorme dificuldade na comunidade que se serve do espaço de estacionamento.

    Finalizando.

    Acredito ser extremamente importante pensar em tirar do cenário público-político essa gente que lesa nossa Pátria; e é muito importante também que tenhamos o bom senso de fazer, o que é de nossa competência ser feito, com licitude, pureza, honestidade. Porque, intencionalmente ou não, os comportamentos que adotamos falam mais alto que a nossas vozes. Somos “ouvidos” pelas crianças... E quem for mãe e pai, deixa para os filhos uma herança comportamental - não só aquelas de ordem material e genética - , que não é passada por discursos, é transmitida por exemplos.

    Cordialmente,

    Eliseu www.ubeblogs.net | http://belverede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Que coisa maravilhosa, vim aqui pegar umas dicas de blogger e me deparo com esse texto. Penso exatamente igual, é muito fácil postar textão sobre da corrupção dos outros roubando o wi-fi do vizinho. Iluminou meu dia.

    ResponderExcluir
  18. Graças a Deus, eu nunca tive o hábito de fazer isso. Já aconteceu de eu comprar algumas coisas na padaria, sair sem pagar - e viram eu saindo e não disseram nada é.é - e quando cheguei em casa, vi que estava com o mesmo dinheiro que sair. Voltei pra padaria e paguei. E o pior é que saí de 3 lugares sem pagar e nenhum deles disseram nada. >< Mas voltei em todos e paguei - com a maior vergonha, mas paguei. :V Quando me dão a mais - já aconteceu várias vezes - eu volto e devolvo o dinheiro, não importa quão longe seja onde comprei tal coisa. Algumas pessoas me chamam de burra, que era pra ficar, que não iriam sentir falta. Mas eu não consigo ficar. Sei lá, acho errado e pronto.

    ResponderExcluir
  19. Really informative post. Thank you for sharing. Keep writing and sharing with us. Expecting more informative posts and waiting for that. Thank you :)

    writing essays for cheap

    ResponderExcluir
  20. Pois eh.... mas que não deixamos de protestar e vamos mudar este jeito de ser..... tenho uma coisa pra falar..... estava eu neste portesto do dia 13 de Março com meu filho e marido. Daí andando pra ver até onde ia o final da rua aqui em campinas no centro de frente a Praça axhei uma senhora vendendo a água..... nossa que será vou comprar. ....quando eh? Cinco pila! Oi!? O jarro de 15 litros? Não a garrafinha.! Bem deixa pra lá.........pelo amor de Deus. .....o que eh isso.....oportunismo. fala sério foi em outro lugar se não há ia começar um outro protesto ali mesmo. Affffff......achei por 2 reais. Não eh barato mas está dentro do limite máximo. Agora me fala o que eh esta atitude? Fome,miséria, desespero ou o que poderia ser.? Engraçado no Brasil temos oprtunista pra tudo....... ex.... em desastre de qualquer tipo tudo eh duplicado os preços em outros países eles abixam os preços. .....pena muita pena pois ESTE país ehum dos mais lindo do mundo ......o mais complicado.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Thank you for your post. I really like to read different articles to get knowledge. I love to read. It is one of my hobby. Keep sharing new articles with us.
    Refer: http://american-writers.org/

    ResponderExcluir
  22. I like the way that you have discussed this issue in a way that we can all understand. It is quite clear that your writing skills are quite exceptional. I'm really looking forward to reading more of your work. You can get reliable thesis writing assistance by simply clicking on this link: Clinical Medicine Thesis Review Help

    ResponderExcluir
  23. I'm really glad that I came across this post.

    ResponderExcluir
  24. Thanks for the share loved reading the article, please do share more like this wiht us . Friv Juegos

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…