Quibe de forno recheado

em 14 de janeiro de 2016

quibe assado recheado

Você gosta de quibe?
E se for assado e não frito?
Recheado com molho de carne moída, tomate e mussarela...
Fica bom, viu?
Vamos fazer?

Ingredientes:

250 gramas de trigo para quibe;
1 quilo de carne moída;
azeite à gosto;
sal à gosto (1 colher das de sopa, mais ou menos);
1 cebola grande ralada;
2 dentes de alho espremidos;
Hortelã se gostar (eu não uso, mas reza a lenda que quibe precisa de hortelã rsrsrs)
Cheiro verde picadinho/
2 tomates fatiados finamente;
azeitonas fatiadas;
200 gramas de queijo mussarela fatiado;


Modo de fazer:

Comece colocando o trigo de molho: coloque em uma vasilha grande (ele incha!) e cubra com água fria.
Cubra a vasilha e deixe de molho por, no mínimo, 2 horas.
Eu deixo um pouco mais, mas nunca de um dia para o outro porque senão ele pode fermentar.
Quando estiver bem inchado escorra a água, coloque-o sobre uma peneira para realmente sair toda água.
Enquanto isso faça um refogadinho com 250 gramas de carne moída, um pouquinho de cheiro verde e um cubo de caldo de carne.
Reserve.

Ao trigo escorrido junte a carne moída restante, o cheiro verde, a cebola ralada, o alho bem espremido, o cheiro verde finamente picado, o sal e umas 5 colheres (das de sopa) de azeite.
Misture tudo com as mãos até sentir a liga da massa. Prove o sal e ajuste se precisar.
Reserve.

Em uma assadeira pincele com fartura azeite e forre o fundo com metade da massa de quibe.
Espalhe o refogado de carne moída por cima, coloque os tomates, as azeitonas e cubra com as fatias de mussarela.
Espalhe o restante da massa de quibe sobre esse recheio, alise bem. Se precisar molhe as mãos em água, ajuda...
Finalize regando tudo com uma quantidade boa de azeite.
Se desejar marque os quadradinhos na superfície da massa.
Leve para assar, em forno 180 graus, por cerca de 40 minutos.
Mas fique de olho, o meu assa mais rápido, cerca de 30 minutos e tá no ponto.
Fica bom... demais!!!!


Dicas extras da Elaine:

→ Escolha uma carne magra, boa. Patinho, por exemplo. Peça para moer duas vezes, fica fininha.
→ O trigo, algumas pessoas demolham em água quente. Eu uso água fria, faça seus testes e veja como fica melhor pra você.
→ Azeite para finalizar faz diferença, não use óleo. Também pode espalhar pedacinhos de manteiga sobre a massa. Eu, porém, prefiro azeite.
→ Coloque o sal devagar, assim se faltar é fácil corrigir. Uma vez salguei demais e não como resolver...
→ Dá pra rechear com legumes cozidos, presunto, requeijão, coalhada... mas desse jeito que mostro aqui é meu preferido. Experimente suas variações, é divertido experimentar na cozinha!




Se desejar imprimir a receita clique no botão abaixo:

Print Friendly and PDF

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

3 comentários , comente também!

  1. Hummm, marido adorou e disse que vai fazer, parece uma delicia!
    Bom fim de semana!
    Bjs❤

    ResponderExcluir
  2. Hummm ficou com bom aspecto.


    Beijinhos e bom domingo,
    Clarinha
    http://www.receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/01/molotoff-de-capuccino.html

    ResponderExcluir
  3. Elaine...Essa é uma receita bem deferente da que eu conhecia, pareceu-me deliciosa. Quanto ao hortelã é preciso sim, quibe sem hortelã perde aquele sabor original, quanto aos outros ingredientes adorei.
    Abraços sempre...
    Luandabela

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…