Outubro Rosa: uma reflexão, duas homenagens e três desejos

em 31 de outubro de 2015


Outubro de 2015 terminou... mais um Outubro rosa, com toda a publicidade em torno da prevenção do câncer de mama.

Uma reflexão


Antes de ter blog eu nunca tinha ouvido falar em Outubro rosa.
Depois do blog eu tomei ciência de que existia esse movimento mundial de alerta e conscientização.
E também tive contato, pela primeira vez na vida, com pessoas reais, que passaram ou estão passando pela experiência de descobrir e tratar um câncer de mama.
Também passei pela experiência de conhecer, ainda que virtualmente, quem infelizmente não sobreviveu ao câncer...
Mas, louvado seja Deus, a imensa maioria sobreviveu, e está aí pra sorrir, pra ensinar e pra gritar, à plenos pulmões: eu venci!!!


Quero deixar, nesses minutos finais de outubro, uma homenagem à todas essas mulheres incríveis, que colocam um sorriso no rosto, cortam o cabelo (ou raspam completamente) e agarram a vida com força e voracidade.
Quero dizer o quanto admiro e sinto amor por cada uma, por cada mulher que passa pela vivência do câncer, e que ensina aos outros uma preciosa lição: a vida, essa coisa linda, ela merece que a gente lute por ela, com unhas, dentes, garras....


Duas homenagens


Quero destacar, entre tantos, dois rostos que pra mim são o exemplo mais contundente de como uma mulher pode passar pela devastação de descobrir a doença e literalmente fazer disso uma chance de crescimento, não só pessoal como de todos que tiverem a honra de conviver com ela, de vivenciarem de perto o que uma mulher é capaz diante de uma doença assim.

O primeiro rosto é de uma mulher que venceu o câncer, e junto à essa vitória venceu mais, muito mais do que a gente pode imaginar; uma mulher linda, sorridente, cheia de características tão próprias, cheia de vivacidade e de coragem.
Essa mulher:


Já publiquei anteriormente sobre ela, relembre:
Pessoas que inspiram: Margaret

E aqui, conheça o blog dela, um blog que é a cara da vivacidade...
Sabe o que significa vivacidade?
É a característica ou particularidade do que tem vida.
Qualidade de quem age com destreza ou rapidez; agilidade. Que consegue entender e/ou compreender com facilidade; esperteza.
Que realiza alguma tarefa com entusiasmo; impetuosidade.

Vivacidade: acho que descreve Margaret com perfeição!



A outra mulher linda que quero homenagear é a Andreza, dona de um blog lindo (que no momento está com acesso restrito),  e dona de um dos perfis mais cheio de lindezas do Instagram.



Ela passa, nesse exato momento, pela experiência de se curar de um câncer.
Eu a conheço desde 2012, com os longos cabelos escuros.
E sinto um afeto imenso ao vê-la assim, tão linda e com tanta força, sorrindo para a vida, enfeitando sua casinha com flores, com arte e com sorriso, comemorando aniversário de casamento, se vestindo de bruxinha... vivendo.
Sim, vivendo, e não apenas sobrevivendo.

Minha admiração e meu respeito, e minha gratidão, Andreza. Porque sem uma palavra, apenas vivendo, você me ensina grandes coisas...


Três desejos


Se eu pudesse  desejar, nesse momento, 3 coisas para dar à alguém que passa pela experiência de descobrir um câncer, eu desejaria:

  1. Que você não esteja sozinha, e que não fique sozinha ao longo do processo de descobrir, tratar, curar e vencer; Solidão é muito ruim, e não ter alguém que nos segure pela mão é terrível e desesperador...
  2. Que todas as mulheres consigam o tratamento que precisam e merecem, em tempo hábil para a cura, com qualidade e com eficácia;
  3. Que cada mulher, ao ser diagnosticada, não sinta que recebeu um veredicto de morte. É ruim? É. É pra desistir? Não. A vida, essa coisa linda e louca, sempre vale a pena. Sempre...


Para encerrar eu quero deixar esse vídeo.
Tire uns poucos minutos do seu dia, da correria que é a internet, onde tudo é tão rápido e tantas vezes tão volátil...
Assista ao vídeo, do começo ao fim.
E bote reparo, em especial, no antes e depois dos olhos de cada artista do vídeo.
Os olhos, gente querida, eles entregam a alma.
E olha, tem muita alma nesse vídeo! É publicidade, claro. Mas da melhor qualidade...
Enjoy!


Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

6 comentários , comente também!

  1. Sinceramente Elaine,
    este foi um dos posts de uma sensibilidade tocante.
    Sério!!!!! Não tenho muito o que comentar, a não ser dizer obrigada por este post!
    Beijos,
    Jana ♡

    ResponderExcluir
  2. Querida, obrigada por esse "fechamento" do outubro rosa... Bravooooo!
    Compartilhando... :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Elaine! como não se emocionar com esse vídeo? Somos uma carcaça e seria muito bom se víssemos além dela, o outro e a nós mesmos.Linda postagem.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Quero te dizer que amei a maneira carinhosa e delicada com que vc trata o assunto. Conheci Margaret em um encontrinho em julho deste ano em S. Paulo e não fazia idéia que receberia a 2 semanas atrás o diagnostico de câncer de endométrio e suspeita na mama. Mas não tive medo, porque tenho uma familia ótima e ao ver a cara feliz da Marga e relembrando sua alegria de viver, também fiquei esperançosa e tranquila em que Deus pode tudo. Obrigada por tudo. Bjkas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosane, desejo do fundo do coração que você, daqui um tempo, possa voltar e me dizer que o câncer foi vencido.
      Não tenha medo!
      O tratamento tem evoluído tanto, e graças aos avanços o índice de cura é muito alto.
      Tive uma amiga, mãe de um amigo, que teve câncer de endométrio anos atrás, e ela está curada, viva e cheia de netos. Então, pode crer, com tratamento e apoio quem vai estar com o sorriso estampado no rosto será você, assim como Margaret hoje.
      Fica firme aí, e se precisar de algo, é só dizer.
      beijossss

      Excluir
  5. Emoção! É o que senti! Chorei e sorri. Com o coração feliz eu te agradeço a delicada homenagem! Autorizo a colocar minha foto olhando de frente e encarando a doença! Lá no face Elaine, fique a vontade. Beijos!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…