Reeducação alimentar sem radicalismos!

em 14 de agosto de 2015

Olá amigas!
Em minha apresentação à vocês falei sobre a transformação que os exercícios fizeram em minha vida e hoje - depois deste recesso na minha coluna aqui no Blog da queridíssima Elaine Gaspareto, causado pelo final do semestre na faculdade de Engenharia Civil - volto, para falar sobre alimentação.

Como já lhes disse não sou profissional da área e busco apenas passar informações que adquiri nesses quase 4 anos de vida saudável  no contato cotidiano com ótimos nutricionistas e educadores físicos e mesmo aprendizado que adquiri de leituras, cursos e palestras.

Mas principalmente compartilho minha experiência pessoal.

Sou absolutamente contra radicalismos. 

Extremismos te afastarão do objetivo maior que é e sempre será a saúde.
Busque uma mudança alimentar pautada numa reeducação, onde a cada dia você aprende a se comportar de um modo diferente diante da comida. 
Dietas com nome, em geral, não funcionam para mim. 
Dieta dukan, dieta paleo, dieta da lua, dieta da sopa, dieta da herbalife... todas poderão te levar a uma perda de peso momentânea, mas desconfio profundamente dos resultados que elas poderão trazer para a sua mente, e como não te educam, em pouco tempo os quilos voltarão.


As mudanças de hábitos alimentares são obrigatoriamente mudanças de comportamento. E quando você se dispõe a passar por essas mudanças, a dizer não para aquelas comidas que fazem mal a saúde, você passará a entender que o alimento serve para nutrir o seu corpo e não para anestesiar a sua mente.

Posso afirmar que progredi imensamente, mas a cada dia trabalho minha mente para conseguir atingir os meus objetivos. Pois não é nada fácil nos livramos de substâncias que são extremanete viciantes e que estão assim, tão disponíveis e culturalmente tão empurradas.


O açúcar, a pior das substâncias, no meu ponto de vista, causa os mesmos efeitos da cocaína em nosso cérebro e é tão inocentemente apresentada aos nossos bebês, cada vez mais cedo!



Então a dica é, sem radicalismos, vamos observar mais aquilo que comemos, aquilo que damos aos nosso filhos. Vamos evitar os empacotados, vamos preparar comidinhas, bolinhos caseiros evitando os refinados (açúcar e trigo brancos), inserindo frutas, legumes.

Que tal reduzir aos poucos o sal nas suas preparações? São pequenos passos que nos trarão mais anos de qualidade de vida no futuro.


Vamos trocar os remédios por prevenção??

Já que 90% das epidemias que vivemos hoje são causadas pela alimentação inadequada imposta pela midia e pela cobiça da indústria alimentar...





Encontre a Greicy:
Instagram Quero ser sarada
Blog Quero ser sarada
Quero ser sarada no Facebook

Um comentário , comente também!

  1. Eu sofro bastante com reeducação alimentar por que sou MUITO indisciplinada. Já tentei várias dietas malucas com resultados momentâneos como vc disse, ainda tô esperando eu mesma me conscientizar pra uma vida saudável. Dieta não faz milagre infelizmente. Ajuda mas não é a solução. Beijos!

    http://mahjestic.com/blog

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…