Abril 2015 - * Blog Elaine Gaspareto *

Colocar barra de rolagem colorida no blog

em 28/04/2015

barra de rolagem colorida para blog
Alô, pessoas!
Sabe tutorial rápido, que não dá nem 100 palavras?
Esse é assim!
Vamos aprender como colocar uma barra de rolagem colorida no blog.
Assim:

Demonstração do tutorial

A má notícia é que só é visível para quem estiver navegando no Chrome ou Safari.
Mas vale a pena pois a maioria dos navegantes hoje em dia utilizam o Chrome, não é?
Aqui no meu blog cerca de 75% dos usuários usam o Chrome...
Vamos aprender?

Como colocar a barra de rolagem colorida no blog

É bem simples: vá ao painel de seu blog, clique na aba Modelo, e a seguir clique em Editar HTML.
Dentro da caixa de código tecle Ctrl+F e na barra de busca que expandir digite ]]></b:skin> e tecle Enter para localizar.
Achou? ACIMA disso cole este código:

Copiar o código

Edite para combinar com as cores de seu blog (deixei as áreas editáveis marcadas no código), salve e voilà!
Tá feito!

Simples, rápido e muito fácil...
Mais fácil que tirar balinha de criança, né não?
QUERO LER O POST COMPLETO

Torta com recheio cremoso de frango

em 27/04/2015

Você não faz ideia de como essa torta é gostosa e facinha de fazer!
Pra te dar uma ideia é massa de liquidificador, fica pronta em pouco tempo, é econômica e rende uma assadeira grande.
Espia ela inteira:


Para fazer é muito fácil, anote os ingredientes:
Vamos começar com o recheio porque ele precisa esfriar bem, tá?

Ingredientes do recheio:

1 peito de frango sem osso;
1 lata de ervilhas;
1 lata de milho verde;
cheiro verde picadinho;
5 colheres (mais ou menos) de farinha de trigo;
1 cubo de caldo de galinha;
2 colheres (de sopa) de extrato de tomate ou 3 tomates picadinhos sem pele nem sementes;

Modo de fazer o recheio:

Cozinhe o peito de frango sem osso na panela de pressão com água até cobrir e uma pitada de sal.
Depois de uns 20 minutos de pressão retire do fogo, tire a pressão, reserve a água do cozimento, feche de novo a panela e chacoalhe com fé e confiança;
Pronto, seu frango está desfiadinho, sem esforço.

Faça agora um refogado com o frango desfiado, as ervilhas escorridas, o milho verde (eu uso o cozido no vapor), 1 cubo de caldo de galinha, o extrato de tomate (ou os tomates picados) e a água do cozimento do frango.
Sem parar de mexer vá acrescentando a farinha de trigo.
Isso deixará seu recheio cremoso.
Eu não usei porque marido não gosta mas pode acrescentar palmito picado, fica muito bom! Cozinhe até que a farinha tenha sido incorporada, uns 5 minutos.

Depois que o recheio apurar, desligue o fogo e deixe esfriar completamente.
Vamos à massa!

Ingredientes da massa:

3 xícaras (de chá) de farinha de trigo peneirada (sim, é importante, ajuda a deixar a massa assim levinha e aerada);
2 ovos inteiros;
2 colheres (de sopa) de manteiga ou margarina de boa qualidade;
1 cubo ou sachê de caldo de galinha;
1 pitada de sal pra realçar o sabor;
250 ml. de leite em temperatura ambiente;
1 colher (de sopa) rasa de fermento em pó químico (aquele que usa pra fazer bolo);

Modo de fazer a massa:

Bata tudo no liquidificador,deixando o fermento por último.
Sério, só isso, bata tudo junto e por último coloque o fermento, pulse para misturar bem e despeje cerca de 70% da massa em uma assadeira untada com margarina.

Sobre a massa distribua o recheio bem frio, e sobre ele coloque o restante da massa.
Leve ao forno pré-aquecido, em temperatura média (uns 200 graus) até dourar.
No meu forno levou uns 35 minutos, quando começou a dourar eu espetei um palito de churrasco no centro, ele saiu limpo, então estava assado.
Claro que, como o recheio é cremoso o palito trouxe traços desse recheio, mas tente espetar na massa pra ter certeza do cozimento.

Olha por dentro, bem de pertinho:


Se gostar de mais cor, aumente a quantidade de tomate ou de extrato de tomate, mas evite exageros para não ficar ácido.

A massa fica bem levinha, desmancha, sabe? E o recheio cremoso fica perfeito!



No sábado, dia que eu fiz, olha quem experimentou, e fez "hummm" quando provou:

Tava bom, irmã?

Experimenta, você vai gostar.
E se quiser pode inclusive acrescentar um copo de requeijão cremoso ao recheio, fica melhor ainda...
Faz aí e me diz!
QUERO LER O POST COMPLETO

Comprar com desconto? Eu quero!

em 22/04/2015

compre com desconto em suas lojas favoritas
Não é novidade pra ninguém: esse ano, dizem os especialistas, será de dificuldades, a economia não vai crescer, ao contrário...
A inflação alta, a indústria tirando o pé do acelerador, e por aí vai.
Tudo isso é verdade, a gente que administra as contas de casa sente e sabe muito bem, e de perto, que os tempos são duros.
Mas eu me pergunto quando eles não foram assim...

Eu tenho 42 anos (oh my God! tudo isso, já...) e desde menina, desde que descobri o preço das coisas, (e acredite, descobri cedo, trabalho desde os 11 anos) eu ouço dizer, e sinto, que a inflação está alta, que o salário não dá, que a economia vai mal.
Não importa quem seja governo, quem seja oposição. A gente, que nem é governo nem é oposição, a gente que é pessoa simples e comum, sabe que sempre é difícil esticar a grana.
Sabe que, não importa a época, sempre é tempo de economizar.

E não é só nas coisas do dia-a-dia não.
A gente precisa (e gosta, né?) de economizar em tudo.
Aqui no Brasil a cultura dos cupons e códigos de desconto ainda está ganhando força, mas em países como EUA esse cultura é extremamente forte e desenvolvida.
Existem, por lá, grupos de caçadores de cupons de desconto.
É um hábito bem característico.
E que, olha, é muito, muito interessante que a gente desenvolva.

No Brasil há algumas opções quando a gente fala em códigos de descontos e cupons de desconto.
Hoje quero te falar de um que andei experimentando: https://www.picodi.com/br/

Funciona de modo muito simples, totalmente gratuito, basta acessar o site, navegar por ele, e escolher a loja onde deseja conferir os descontos oferecidos.
E se quiser receber as melhores promoções e cupons exclusivos basta fazer um cadastro simples.
Sim, eu fiz.
Sim, é bom!!! rsrsrs

Vou te dar um exemplo: imagine que você queira comprar um notebook novo.
Ou um celular. Ou uma batedeira.
Livros?
E se for com descontos, é melhor, não é?
Eu acabei de comprar um notebook novo para Erdilan.
Marido fez aniversário, merece, né?
Comprei no Submarino, chegou em 4 dias, parcelado num monte de vezes...
Sem juros, tá? Que não estou disposta a pagar juros... E usei um código de desconto que peguei no site. Facinho, facinho.

Também já usei cupons de desconto do site em outras coisas, e vale a pena.
É desconto, gente, sempre vale.
Seja 5, 10, 40, 50%...
Sempre vale a pena fazer uma economia, de qualquer tamanho, em qualquer coisa.

Então segue a #dicadaelaine:
Na página inicial do Códigos Desconto já tem um monte de opções.
Vá navegando, é divertido...
Difícil vai ser sair de lá sem clicar ao menos nuns 10 cupons...
Nem que seja só "pra dar uma olhadinha"
Quem nunca? rsrsr
Não é?


QUERO LER O POST COMPLETO

Onde encomendar ilustrações personalizadas?

em 21/04/2015

Eu, como você provavelmente sabe, trabalho atualmente com personalização de blogs e assessoria para blogueiros.

Dentre os meus trabalhos, na maioria das vezes, eu uso imagens já existentes, provenientes de sites de compras de imagens, bancos gratuitos de imagens, meu arquivo de imagens, etc.

Mas ocasionalmente eu uso imagens, ilustrações exclusivas, desenhadas por um ilustrador, desenvolvidas especialmente para um cliente em particular.
Eu, como você talvez não saiba, não desenho nada, absolutamente nada.
Não crio ilustrações, de jeito nenhum.
Faço montagens lindas com imagens preexistentes, mas ilustrações exclusivas, não.

E devido à isso, de vez em quando, quando algum cliente precisa de algo muito específico ou de alguma ilustração exclusiva, eu indico ilustradores que fazem esse trabalho.

Esse post hoje é para isso, para indicar alguns ilustradores cujo trabalho eu conheço e gosto, embora não tenha trabalhado diretamente com todos.
São estilos diferentes, variações de preço diferentes, traços diferentes.
Conheça, e se você precisar, entre em contato para um orçamento sem compromisso.
Acredite, vale, e muito, o investimento feito!

Laura Arruda

Para começar, conheça a Laura Arruda.
Fiz alguns trabalhos com ilustrações exclusivas dela.
O traço simples e delicado, as bonequinhas que fazem sucesso.... cenários completos, você vai se apaixonar!

Para ir ao portfólio da ilustradora clique no banner abaixo:




Ila Fox

Há um tempo eu indiquei aqui no blog o trabalho da Ila Fox.
Relembre: http://www.elainegaspareto.com/2013/08/onde-encomendar-ilustracoes.html

O trabalho dela é muito lindo e caprichado. Caricaturas são o forte, o traço é muito bonito e ela não faz só ilustrações para blogs não! Convites, noivinhos, um monte de coisas.
Confira clicando no banner abaixo:


Mulher Vitrola

Minha terceira indicação é a Renata Montenegro, blogueira que edita o Mulher Vitrola.
O trabalho da ilustradora, por ela mesma:
"Bem, eu trabalho com ilustrações personalizadas para blogs/sites/empresas e também logotipos, tudo com uma pegada meio cartoon. Meu portfólio é esse: http://www.flickr.com/artedevitrola"

E, gente, que beleza de portfólio!
Como a Renata disse, a pegada meio cartoon é evidente, e tem também um ar assim, meio retrô, sabe?
Muito lindo, muito fofo, você vai amar com certeza!
Clique no banner e vai lá:



Te mais ilustradores que quero indicar, assim que possível faço novo post ou atualizo este, tá?
Aproveite e vá lá, conheça os trabalhos lindos.
E se precisar de um blog personalizado, já sabe, né?
Escreva pra mim!

Solicitar orçamento sem compromisso

Visite meu portfólio

Conheça minha Loja virtual, de templates à pronta entrega e serviços para blogs

QUERO LER O POST COMPLETO

Nova caixa de curtir do Facebook- aprenda como ter a sua!

em 20/04/2015


Alô, pessoas!
Há alguns dias eu mostrei aqui no blog algumas opções para colocar a caixa (ou box) de curtir fanpages do Facebook no blog.
Recorde aqui o tutorial mais antigo:
http://www.elainegaspareto.com/2013/03/como-colocar-o-box-de-curtir-do.html

E o tutorial mais recente:
http://www.elainegaspareto.com/2015/03/como-colocar-caixa-de-curtir-do-facebook-no-blog.html

Acontece que na manhã de sábado passado o Facebook Developers mudou radicalmente a forma de inserir essa caixa. Agora é Facebook Plugins.
E fez mais: mudou a aparência dela, está mais bonita e mais a "cara" da fanpage.
Não é mais padronizada, agora mostra sua capa. E, além do tradicional botão Curtir tem agora o botão Compartilhar.
Veja ali em minha sidebar e ao final desse tutorial como ficou o meu box.


Na página inicial do Facebook Developers apareceu um aviso informando que o método antigo de inserção do box vai se tornar obsoleto à partir de 23 de junho de 2015.
Veja:

Em tradução aproximada:
"Com o lançamento do Graph API v2.3, o plugin anterior é obsoleto e deixará de funcionar em 23 de junho de 2015. Use a nova página Plugin. 
A página Plugin permite que você insira um simples feed de conteúdo de uma página em seus websites. 
O LikeBox é uma versão especial do botão Curtir destinado somente à fanpages. Ele permite aos administradores  promover suas páginas e incorporar um simples feed de conteúdo de uma página para outros sites."


Então, bora aprender o jeito novo?
É simples.

Para começar clique aqui:
https://developers.facebook.com/docs/plugins/page-plugin

Vai abrir essa página:

Configure assim:
1- Facebook Page URL: coloque o endereço de sua fanpage.
Gente, tem que ser fanpage, perfil não gera box de curtir. Sempre digo isso, e sempre aparecem comentários dizendo que não deu certo, daí vou ver e a pessoa tentou colocar o endereço de perfil.
Tem que ser fanpage.
Veja aqui a diferença entre perfil e fanpage.

2- Width: defina a largura de seu box
Coloque uma largura que caiba na área onde o box vai ficar.
Em geral eu não mexo em Height, ele se ajusta automaticamente.

Nos demais campos você define se quer ou não a capa de sua fanpage como fundo do box (Hide Cover Photo), define se quer as fotos das pessoas que curtiram a fanpage (Show Friend's Faces), define se deseja exibir as postagens (Show Page Posts).
Mexa, se familiarize.

Depois de pronto clique em Get Code.
Vai expandir essa janela, claro que com seu código:


Deixe essa janela aberta, vá ao painel de seu blog e clique em Layout.
Clique em Adicionar um gadget, escolha a opção HTML/JAVASCRIPT e dentro da caixa que abrir cole ambos os códigos gerados no Facebook Plugins, um abaixo do outro deixando uma linha de espaço.
Coloque título se desejar, salve, arraste para onde deseja que fique e salve as alterações do Layout.

Se tudo deu certo seu box estará lindo, funcionando, e com os botões de Curtir e de Compartilhar ativos.
Assim, semelhantes ao meu:





Se você fizer diz aí nos comentários, e deixe o endereço de sua fanpage.
Sempre atrai visitantes e curtidas....
QUERO LER O POST COMPLETO

Pra qual lado que mexe?

em 17/04/2015


Hoje eu almocei arroz fresquinho, soltinho e branquinho, feijão bem cremoso, bife, salada de alface com tomate e ovos cozidos.
Daí você deve estar pensando:
"Grande coisa, Elaine"
E eu respondo:
Grande coisa sim, imensa, cheia de significado.
Porque não fui eu quem cozinhou esse almoço. Foi meu marido.

Antes, deixa eu te contar uns "causos" do começo do casamento:
Logo na primeira semana eu coloquei macarrão pra cozinhar e fui tomar banho enquanto isso. Era o final do ano de 1995.
Do banheiro pedi:
"Amor, mexe o macarrão pra mim!"
Ele:
"Pra qual lado que mexe?"
Sério, não é piada.
Ele nunca tinha acendido uma chama de fogão, nunca tinha mexido numa panela, jamais tinha imaginado que macarrão precisa mexer de vez em quando.

E nos anos seguintes a coisa não foi muito diferente: ele, que nunca havia varrido um chão, aprendeu limpar, arrumar, tirar pó, botar roupa pra lavar, etc.
Meu lema sempre foi "se eu trabalho fora você trabalha dentro" que eu não vou me matar enquanto marido descansa.
Sempre trabalhei, e sempre dividimos as tarefas.
Menos na cozinha, ele alegava que não conseguia, que é canhoto (sério?), que ia se queimar, que não conseguia cortar, que isso, que aquilo.

Mas os anos passaram, ele foi diagnosticado com EM e foi demitido. Os dias ficaram maiores, sobram horas, e eu passei a trabalhar ainda mais, de 12 a 16 horas por dia.Sim, é muito, também acho rsrsrs
E tem dias que não rola parar pra fazer almoço. Tem dias que nem rola parar pra almoçar.
As contas, essas lindas, sempre são pontuais e ao contrário da renda, sempre aumentam. Resta-nos trabalhar...

Então um dia eu ensinei, pela décima terceira vez, como fazer arroz.
Depois mostrei como temperar o feijão.
E como temperar bifes.
E picar tomate fininho.
E semana passada ensinei cozinhar ovos. Sim, cozinhar ovos.
Como pode existir no mundo uma pessoa que não saiba cozinhar ovos???

E como meus dias têm sido complicados, teve dias que eu quase nem andei por causa da coluna (ainda bem que trabalho sentada), quase que a semana toda foi dele a comida daqui de casa...

Ele se dedicou, ele conseguiu. Venceu o preconceito, venceu o comodismo.
O arroz dele é melhor que o meu, ele é mais paciente, fica lá, enquanto a comida cozinha. Nunca queimou nada, ao contrário de mim, que vivo com pressa...
Ele faz um prato de cada vez.
E faz o melhor suco de laranja que já bebi. Sério.

E isso me ensinou, ou melhor, me relembrou algo: que quando a gente se dedica, quando a gente quer de fato, a gente consegue algo que parecia muito além das nossas capacidades.
A gente é capaz de aprender tudo, se tentar. Somos muito mais adaptáveis do que pensamos...

Acredite nisso: não há nada que você queira de fato que não possa aprender.
Eu sou a prova viva disso, criei uma profissão onde não havia nada, me reinventei depois dos 40... e aprendo algo novo todo dia.
Porque a gente tem que querer aprender, ao invés de dizer que "sou canhoto, me corto, me queimo, me frustro, me canso, me isso, me aquilo"...

E meu marido lindo, com seu almocinho simples e bem feito (carinho, afeto, tempero melhor não há) é a prova que sempre é tempo de aprender algo novo e descobrir que faz muito bem o que antes parecia tão impossível.
Não é?



QUERO LER O POST COMPLETO

Torta fácil de abobrinha

em 14/04/2015


Você curte abobrinha?
Eu gosto, de todo jeito, como salada, refogada, "batidinha" como minha mãe fazia quando eu era criança...
A receita que vou compartilhar hoje é uma torta que sempre faço, embora marido não coma.
É bem facinha e econômica.

Ingredientes

Você vai precisar de:
1 abobrinha grande, verde, ralada no lado grosso do ralo;
5 ovos;
5 colheres de farinha de trigo peneirada (mais ou menos, depende da farinha);
1 colher de sopa de fermento em pó;
2 tomates sem pele nem sementes picadinhos;
Meia xícara de chá de azeitona verde picada;
Cheiro verde picadinho à gosto;
Sal à gosto;
200 ml. de água, mas pode ser menos, coloque aos poucos;
100 ml. de azeite;
Queijo muçarela para cobrir (pode substituir por parmesão ralado);

Modo de fazer

Coloque no liquidificador metade da água (uns 100ml., pra ajudar a bater), o azeite, os ovos e o sal ou cubo de caldo de legumes.
Bata bem até incorporar tudo (uns 3 minutos).
Despeje o conteúdo do liquidificador em uma bacia e incorpore a farinha aos poucos. Nesse momento você sente se a massa "pede" mais [agua. O ideal é que não fique muito rala pois a abobrinha vai soltar líquido ao assar.
Acrescente os tomates, a abobrinha, as azeitonas, e o cheiro verde.
Misture bem, coloque por último o fermento em pó.
Despeje em assadeira untada e enfarinhada, cubra com o queijo escolhido e leve pra assar em forno médio ( eu uso 200 graus) por cerca de 30 minutos, ou até que a torta esteja assada.
Na minha foto eu coloquei queijo depois de assada porque esqueci, mas coloque antes, e se puder, prefira muçarela.

Dicas da Elaine:
  • Essa torta solta bastante água enquanto assa, por causa da abobrinha e do tomate.
  • Para reduzir isso não esqueça de tirar as sementes do tomate, são elas que soltam a maior parte da água.
  • Se sentir que sua massa ficou muito líquida acrescente mais farinha, umas 2 colheres devem bastar, mas lembre que a umidade da farinha varia de marca para marca, região do país, etc. E lembre que a farinha precisa de tempo pra absorver a água, então não saia colocando muita farinha pois a massa ficará pesada.
  • Para saber se a torta está assada vale o truque do palito: enfiou no centro, saiu limpo? Tá assada. O interior fica úmido, tá? Sim, complicado saber se está úmida ou crua, mas em geral uns 30 minutos de forno é o bastante.
  • O tempo de forno varia; no meu leva menos tempo, mas se seu forno for lento pode levar mais tempo. Evite forno muito forte, a massa fica ruim se assada assim.
  • Não, nunca fiz em forno microondas, detesto rsrsrs

Faz aí e me diz se não é a torta mais gostosinha desse mundo de torta de abobrinha...
Hummmmm....



QUERO LER O POST COMPLETO

Arquivo do blog em formato Calendário

em 13/04/2015


Ensinei aqui uma forma fácil e simples de personalizar o gadget Arquivo de seu blog.
Recorde: http://www.elainegaspareto.com/2015/04/personalizar-o-gadget-arquivo-do-blog.html
Hoje vou ensinar uma personalização que de vez em quando faço em meus trabalhos de design e personalização de blogs.
Os créditos originais desse hack são de um blog que atualmente está fechado: http://phydeaux3.blogspot.com/


O modelo está presente no Template Pretty, à venda na minha loja de templates à pronta entrega.
Vai lá! Quem sabe você não se encanta e acaba adquirindo um dos templates?


Seguindo o tutorial você terá esse resultado:

Leia atentamente antes de começar

  1. Leia o tutorial todo antes de começar; muitas vezes a gente fica ansioso pra fazer e vai lendo e fazendo, pra no fim descobrir que deveria ter lido antes. Então, siga a dica: leia até se certificar de haver entendido.
  2. Faça antes em um blog de testes, até se sentir seguro.
  3. O blog onde for instalar o recurso precisa ser público, ter o arquivo instalado e configurado como explico no tutorial.
  4. E, claro, a dica da tia Elaine: faça backup de seu template sempre que for editar o código-fonte dele.

Tomadas as precauções, vamos ao tutorial, que apesar da aparente dificuldade é muito simples e fácil, são apenas alguns passos simples.

Para começar você deve ter o gadget Arquivo do blog instalado em seu blog.
Para isso vá em Layout/Adicionar um gadget/Arquivo do blog e configure-o exatamente assim:

como configurar o gadget arquivo do blog

Salve.

Agora vá ao seu painel do blog, clique na aba Modelo, escolha a opção Editar HTML e dentro da caixa de códigos tecle Ctrl+F.
Na barra de pesquisa que abrir digite ]]></b:skin> e tecle Enter para localizar.
Acima da tag localizada cole esse código:

Copiar o 1º código

Ele define a aparência de seu arquivo, coisas como cores, fontes, bordas.
Deixei marcado no código as áreas editáveis, ok?
Edite para que combine com seu blog, e salve.
Claro que por enquanto nada vai aparecer.
Vamos à etapa seguinte.

No menu superior do seu código-fonte, (onde está escrito Ir para um widget) localize o BlogArchive1, que é justamente o seu widget.
Assim:

Trata-se de um código longo, que começa com <b:widget id='BlogArchive1'  e termina com </b:widget>

Você precisa selecionar todo o código, e substituí-lo por este, que fará a personalização ser possível:

Copiar o 2º código

Depois de substituir o código original pelo código que disponibilizei, salve.
Estamos acabando.

Dentro da barra de busca digite </head> e tecle Enter.
ACIMA dessa tag de fechamento cole o 3º código:

Copiar o 3º código

Salve as alterações.
Se tudo deu certo você tem agora um lindo e fofo calendário que marca as suas postagens.

Fiz tudo e não deu certo. O que houve?

  1. Seu blog pode ter algum script que conflite com os códigos do arquivo;
  2. Você pulou alguma parte;
  3. Você colou algum código no lugar errado;
  4. Seu blog é privado (sim, tem que ser blog público);
  5. Você não configurou o Arquivo do jeito que mostrei no começo: lista simples, arquivamento mensal, nome do mês completo.

Sugiro que leia e releia, faça e refaça até ter certeza de que fez tudo certo.
Leia os códigos, em especial o primeiro, ele te dirá onde alterar cores, fontes, etc...

QUERO LER O POST COMPLETO

Novos copos long drink: Novo modelo, mais leve, mais barato!

em 07/04/2015

Você gosta de novidades?
E de ter opções fáceis e mais baratas quando precisa de algum produto?
Se você anda pensando em encomendar/orçar copos personalizados para festas, casamentos, comemorações, aniversários, e o que mais você imaginar eu tenho A NOVIDADE  pra te contar! É um lançamento da empresa parceira do blog Brindecef.
Vem comigo!


A Brindecef agora está com novidade em copos long drink!
Devido à grande demanda, agora estamos fabricando os copos long drink 280 ml, que são mais leves e mais baratos.

Nossos copos são fabricados em acrílico* (poliestireno) sendo resistentes e úteis por muito tempo, pesam cerca de 33 gramas e por isso são mais baratos que os outros modelos de copos que fabricamos.



Temos também os copos com glitter que estão fazendo o maior sucesso nas festas e baladas por todo Brasil.
Eles são lindos e são diferentes dos demais copos, dando um toque de originalidade à qualquer tipo de comemoração.

Copos long drink com glitter, se joga na balada!


Outra novidade são os copos long drink laranja opaco neon e amarelo opaco neon, que também são um sucesso em todos os tipos de festas. Os copos neon, brilham sob luz negra e deixam o ambiente da festa mais animado.




Gostou?
Quer solicitar um orçamento sem compromisso?
Clique no banner abaixo!




QUERO LER O POST COMPLETO

E-books: seus encantos e desencantos

em 06/04/2015

Quando os e-books apareceram no mundo dos leitores confesso ter sido resistente à eles.
Costumava lê-los no computador vez ou outra, mas tinha aquela aversão medrosa, quase fobia de quem tem muito amor ao livro impresso e tem receio de ver ele ser desprezado pela humanidade.

Foi o meu amigo Alexandre Melo o responsável por me fazer vencer a minha resistência e viver a experiência de ler e-books ao me convencer, com muita paciência e diálogo, a adquirir um "leitor de livros digital" (e-Reader).


Salvo engano, no Brasil existe em circulação três tipos de leitores de livros digitais (e-reader): o Kindle, da Amazon; o Kobo, da Livraria Cultura; e o Lev da Livraria Saraiva.
Todos eles possuem diferentes versões.
O meu leitor é um Kobo Touch, preto, com WiFi, tela sensível ao toque e sem luz embutida.
Em Abril o meu kobo completou um ano de uso, então decidi escrever sobre os aspectos positivos e negativos da experiência de ler em e-book.

A começar pelo lado positivo, para mim ler em e-books funcionou muito bem, cerca de 50% das leituras que fiz entre abril de 2014 e hoje foram feitas em e-book. Isso acontece principalmente pelas características do e-reader por mim adotado.

O Kobo Touch é:

  • Pequeno, cabe em minha menor bolsa;
  • Leve, não pesa quase nada mesmo;
  • Discreto;
  • Ajustável à minha necessidade, posso modificar tamanho, fonte e espaçamento dos parágrafos e deixar o texto da maneira que mais me agrade ler;
  • Tem dicionário embutido, qualquer dúvida basta tocar na palavra e ele te dá o significado dela;
  • Tem WiFi, posso comprar os lançamentos no dia do lançamento e receber na hora onde eu estiver;
  • Não permite acesso as redes sociais, logo me desconecta do mundo tanto quanto o livro físico.
Essas características foram as grandes responsáveis por meu encantamento em relação a esse estilo de material de leitura.
Como um monte de gente, em um dia normal eu pego ônibus lotado, faço um pequeno percusso de moto, desço 130 degraus de escadaria e subo uma ladeira gigantesca, ou seja, levar rua acima rua abaixo um livro de centenas de páginas como os volume de "As crônicas do gelo e fogo" do George R. R. Martim, para citar um exemplo, é simplesmente inviável.

Já o e-book não pesa absolutamente NADA, mesmo a pesada série de George R R Martin com suas milhares de páginas não adiciona peso algum ao e-Reader \o/.
Aliás, levo ela inteira nele e quando sinto saudades dos personagens abro qualquer um dos volumes e leio onde estiver.

Além disso, como não moro no eixo Rio/São Paulo, quase sempre, nas grandes promoções das livrarias enfrento o frete e minha relação com os correios, como a da maioria dos leitores, é complicada.
Só a titulo de exemplo vou deixar abaixo a imagem de uma das ultimas encomendas que recebi via correios, ela fala por si.

 

O e-reader me oferece outra opção quando desejo comprar um livro e não posso ir à livraria, não estou afim de vender um rim para pagar o frete ou morrer de raiva com os correios.
Basta um clique e pronto, estou lendo meu romance, sem transtornos ou aborrecimentos adicionais.


No entanto, nem tudo são flores, há claro alguns pontos negativos nos e-Readers.
Ou melhor, pontos incômodos.
A começar pelo preço.
No Brasil, em muitos momentos, não há uma grande diferença nos preços do livro físico e do e-book, às vezes com as promoções da vida o livro físico pode se tornar inclusive mais barato que o e-book.
Minha versão impressa de Emma, de Jane Austen que o diga...


Pode-se argumentar que eu comprei "Emma" no sebo, mas já vi a versão física de vários de meus e-books sendo vendida por preços iguais, equivalentes e até mais baratos, mesmo com a inclusão do frete.
Não consigo encontrar justificativa para isso.
Levando em conta a ausência de despesas com impressão, distribuição e armazenamento, para mim, o e-book no Brasil não só é caro, como também está longe de ser vendido a um preço justo.

Além disso, o e-reader parece ter uma percepção especial de quando está faltando 30 páginas para o desfecho do livro.
Nossa... nem conto as vezes nas quais estive a um passo do desfecho do livro e então ele pluft...
Simplesmente descarrega.
Claro que isso demora cerca de 50 horas de leitura para ocorrer, mas ocorre e quando ocorre a raiva pode se elevar as alturas!


E claro, e-book não substitui livro físico.
O livro físico tem peso, forma, cheiro, fonte característica, aparência peculiar e a junção de tudo isso da a cada livro um tipo de personalidade própria.
A gente olha para ele e já sente vim ao nosso encontro ondas de lembranças e sentimentos especifico daquela história.
Já os e-books possuem uma imaterialidade perturbadora.


Quando você termina de ler um e-book você não tem nem uma manifestação
física dele, nada material capaz de ancorar os sentimentos provocados pela leitura.
Essa ausência de um corpo físico para nos ligar a emoção gerada pela leitura é tão forte em mim que não é raro eu me pegar comprando a versão física de um e-book do qual gostei muito.
QUERO LER O POST COMPLETO

Um prato para celebrar o outono- filé de peixe com legumes grelhados

em 02/04/2015



A chegada do outono, com seu friozinho, pede aconchego! 
Mantas fofas nas camas e no sofá para curtir um filme, chocolate quente para acompanhar... As verduras estão rareando, por isso é hora de colocar os legumes no prato. 

A sugestão de hoje é uma "comida de conforto": traz as cores do outono e ao mesmo tempo é leve e saudável.


Filé de Peixe com Legumes Grelhados


Usei pescada branca, mas você pode usar o peixe de sua preferência, inclusive em postas fica melhor ainda. 

Fiz assim, para 5 pessoas:
(quantidades a gosto de cada um, use os legumes que tiver e gostar!)

10 filés de pescada branca, passados em água com limão;
2 pimentões vermelhos bem grandes;
4 abobrinhas italianas;
4 cebolas;
4 cenouras;
4 dentes de alho amassados;
Azeite quanto baste;
Sal, orégano, pimenta a gosto;

Lave bem o peixe, retirando quaisquer restos de sangue, escamas, etc. Coloque em uma tigela grande com água e sumo de dois ou três limões, deixe 1 a 2 minutos e retire. Escorra bem, coloque sobre folhas de papel toalha e salpique sal a gosto.

Corte os legumes em tiras finas, pelo comprimento. Retire a casca da abobrinha embaixo de um fio de água para não ficar com as mãos grudentas e corte em tiras. Corte as cebolas em 4 e separe as pétalas. Coloque os legumes em um prato, separadamente.

Em uma frigideira antiaderente ou em uma grelha, coloque um fio de azeite e as tiras de cenoura. Mantenha o fogo baixo e deixe grelhando, virando de vez em quando. Proceda com todas as cenouras e faça o mesmo com os outros legumes, deixando a abobrinha por último (como é mais macia, cozinha muito mais rápido). Vá retirando os legumes grelhados e deixando reservado em um prato aquecido ou no forno baixo. 
Ao mesmo tempo em que coloca os legumes, adicione um pouco de alho aqui, uma pitada de sal ali, um fio de azeite acolá e continue grelhando, sempre em fogo baixo para não queimar.

A seguir, coloque os filés de peixe e grelhe, adicionando mais azeite se necessário e ao seu gosto. Vire com cuidado para não quebrar os filés, mas procure não virar toda hora: deixe uns 3 minutos de um lado, depois vire e deixe mais uns 3 minutos. 
Se o peixe for em posta, você vai precisar de mais tempo. 
A seguir, coloque a cebola, deixando grelhar até que fique macia.

Retire os filés e vá reservando, de preferência em um prato aquecido em banho-maria ou no forno.

Montagem do prato
Legumes embaixo, filé de peixe em cima. Este prato é muito simples de fazer, só exige um pouco de paciência. A vantagem é que suja uma panela só =) e fica uma delícia. 


Combine o seu peixe preferido com os seus legumes favoritos e tenha sempre um prato diferente. 

É uma boa opção para o jantar e pode acompanhar um purê de batatas ou até mesmo um macarrão, se você quiser. 
Pode-se substituir o peixe por filé de frango, também fica divino.
QUERO LER O POST COMPLETO


No Instagram