Noites de tormenta

em 18 de agosto de 2014

Você talvez já deva conhecer esse romance, muito provavelmente através do cinema, com o filme estrela do por Richard Gere (pausa para suspirar) e Diane Lane.
Veja o trailer:



Se não assistiu, assista! É um filme lindo, delicado, bem fiel ao livro e, claro, tem Richard.
Tem também James Franco, Viola Davis,  Christopher Meloni. elenco maravilhoso!

Mas não é do filme que quero falar, e sim do livro.
Aliás, leia o livro antes de ver o filme, se puder.
O livro é mais detalhista (claro) e nos revela o íntimo dos personagens de um modo muito profundo e pessoal.

Sinopse de Noites de tormenta:
Aos 45 anos  Adrienne Willis repensa toda a sua vida quando o marido a abandona por uma mulher mais jovem. Com o coração partido e em busca de descanso ela segue para a pequena cidade de Rodanthe, na Carolina do Norte, para cuida da pousada de uma amiga.
Quando uma tempestade terrível se aproxima, Adrienne começa a achar que sua fuga perfeita está arruinada - isso até a chegada do novo hóspede, o Dr. Paul Flanner. 
Aos 54 anos, o médico chega a Rodanthe para repensar sua profissão e relação com a família. Agora, em meio à tempestade que os cerca, os dois seres feridos procurarão conforto um nos braços do outro - e esse único fim de semana despertará sentimentos que irão acompanhá-los pelo resto de suas vidas.
Eu li quase todos os livros de Nicholas Sparks.
Gostei de todos, uns mais que os outros.
Noites de tormenta não foge ao estilo do autor: é simples, fácil de ler, ideal para quem está começando a se aventurar no mundo maravilhoso da leitura.
É cheio de reminiscências, intercalando passagens do presente e do passado, e esse modo de construir o livro nos ajuda a conhecer profundamente ao Paul e à Adrienne de antes, a forma como eles se tornaram o que são quando finalmente se conhecem em uma pousada, naquelas noites de tormenta.
É doce. E é triste. Profundamente triste.
Muitos romances de Sparks são assim, tristes, não terminam em happy end.
Mas pelo caminho nos fazem pensar...

Quando li este livro eu o fiz em 3 horas. Foi um dos dias em que estava com meu marido no hospital, e um livro é sempre uma companhia preciosa naquele lugar.
Como eu disse, li de um fôlego só, sem parar, sem sentir vontade de parar.
E enquanto lia fiquei pensando em Paul, em Adrienne, e em como o amor nasce e pode curar um coração ferido.

Além de Paul e Adrienne outro personagem me cativou no livro: a filha de Adrienne.
A moça está de luto por ter perdido seu jovem marido para o câncer, e à despeito de ter 2 filhinhos pequenos para criar está desistindo da vida.
Esse é o motivo para que a Adrienne de 60 anos resolva finalmente contar à filha sua história com Paul, acontecida 14 anos antes e da qual jamais falara com ninguém, exceto com seu pai já falecido.
Um amor como o de Paul e Adrienne, mesmo nas circunstâncias em que desabrochou, pode ser capaz de ajudar a moça a superar sua própria dor?


Curiosidades:
Os nomes dos personagens principais são os nomes dos pais de Nicholas Sparks; 
O título em inglês (Nights in Rodanthe) faz referência à cidadezinha onde fica a pousada em que Paul e Adrienne se conheceram. O filme foi de fato rodado lá;
O primeiro título em português que o livro teve foi O sorriso das estrelas. Mas foi trocado depois do sucesso estrondoso do filme;
A crítica de cinema não recebeu bem o filme, mas o público sim;
Depois das filmagens um furação devastou a casa onde o filme foi feito.


Não vou detalhar nem resenhar o livro, não é meu estilo.
Gosto de compartilhar as coisas que leio, simples assim.
Se tiver a chance, lei o livro.
E veja o filme, que é lindo, delicado e nos transporta...


Assistir Noites de tormenta online
 

Baixar Noites de tormenta em pdf
 
 
Gostou?
Curta a postagem, compartilhe no G..
E caso sinta vontade deixe seu comentário. Isso é que torna o blog vivo e o mantém ativo!

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

5 comentários , comente também!

  1. Oi, Elaine!
    Eu já assisti esse filme e amei!
    Faz um bom tempo, mas estou chorando até hoje...
    O filme é lindo e o livro mais ainda!
    Obrigada por compartilhar!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa!!! Realmente parece ser um livro brilhante!
    Fiquei com vontade de ler...
    Confesso que nem vi o filme e nem li o livro.
    Vou fazer como você disse, primeiro o livro e depois o filme.

    Um dos livros/filme que mais gosto do Nicholas Sparks é Um amor para Recordar.
    Conforme você disse, os livros dele na maioria são tristes, mas nos fazem pensar.

    Blog: www.cantinhodaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  3. Acho que já assisti ao filme, se não me engano e o fim é muito triste mesmo ... Nem sabia que é de Nicolas Sparkles . Trabalho em uma biblioteca e os alunos pedem muito livros desse autor . Bjs e parabéns pelo lindo texto ! bJ !

    ResponderExcluir
  4. Oi Elaine, bom dia!
    Eu sempre choro com Nicholas Sparks, não tem jeito... rs.
    São obras que mexem mt com a gnt, pelo menos comigo!
    Ótima sugestão de leitura e de filme! ;)
    Bjs
    www.viveraprendendo.com

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho medo de ler o Nicolas #ProntoConfessei Eu tenho alguns e-books deles e as vezes abro, olho... olho... olho... a essa altura da vida já sei que texto simples não é sinônimo de história simples e estou frágil a dramas... Mas prometo que vou tentar, porque ele é sempre muito bem recomendado justamente pelas minhas amigas mais experientes na arte de viver problemas complicados e supera-los e isso é mais que um ponto a favor do homem.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…