Conheça a Vila do Abraão com o site Roteiro de Turismo

em 15 de julho de 2014

http://www.roteirodeturismo.com.br/
 Clique sobre o banner e conheça o site Roteiro de Turismo

O site Roteiro de Turismo mostra um pouco mais sobre a charmosa Vila do Abraão          

A Vila do Abraão é o principal ponto de chegada dos turistas que visitam Ilha Grande.
É conhecida, inclusive, como a capital da Ilha Grande, já que é na Vila que se concentram a maioria das pousadas em Ilha Grande, campings, restaurantes, casas de praia e suítes para alugar.


Além disso, as agências de passeios e mergulhos, os guias de trilhas, e os comércios e barcos para traslados também ficam situados na charmosa Vila do Abraão.
O clima tropical e a estrutura são ideais para os visitantes que desejam conhecer um pouco mais de uma das maravilhas que o Rio de Janeiro oferece.           

Alguns dos pontos turísticos da região são o Pico do Papagaio, considerado a terceira maravilha de Ilha Grande, com 982 metros de altura, e a igreja São Sebastião, que é referência histórica e cultural da Ilha, com cerca de 150 anos de existência.

A sensação dos visitantes é de total tranquilidade quando chegam a Vila do Abraão pela primeira vez.  Os carros não circulam pelo local, e é possível apenas ouvir traineiras e saveiros como meios de transporte, que levam os turistas a grandes passeios. 
       

Não somente a Vila possui infraestrutura completa, como também oferece lugares repletos de história, como o Lazareto e o Aqueduto, as cachoeiras dos Escravos e Feiticeira, as calmas praias da enseada do Abraão, como a do Morcego, Abraãozinho, Guaxuma, Crena, Comprida, Bica, Julia, Canto e Preta, e a pequena praça onde está a igreja.

        

Na Vila do Abraão, é importante saber algumas informações

O transporte pode ser feito através dos Saveiros (Conceição de Jacareí), das Barcas S/A (Angra dos Reis e Mangaratiba) ou do Catamã IGT (Angra dos Reis).

A Vila também comporta os mais importantes serviços, como posto de saúde 24 horas, DPO, corpo de bombeiros, lan houses com acesso à internet, um Bradesco  Expresso para saques e pagamentos, lojas de artesanatos e roupas, correios, chaveiro, jornaleiro e farmácia.           

Os eventos que merecem destaque nas praças da Vila são no Reveillón, Carnaval, Ilha do Zouk, que acontece em maio, Festival da Música, em junho, e a Festa Caipira, em julho.
Mas, durante todo o ano é possível se divertir durante as noites, em Abraão.

De abril a outubro, a indicação é curtir um bom restaurante a beira mar, visitar as barraquinhas de souvenirs e artesanatos que ficam localizados na praça principal.
Já na alta temporada e nos finais de semana, a dica é ficar atento as festas e eventos que acontecem, além de curtir alguns locais especiais, como o Casarão da Ilha, o Restaurante Bardejco e o Espaço Ipaum Guaçu, que são grandes points da região.            


Para chegar na Ilha Grande basta dirigir pela Rodovia Rio-Santos até as cidades de Mangaratiba ou Angra dos Reis e tomar a barca para a Vila de Abraão.

Para saber mais informações sobre os restaurantes e pousadas em Ilha Grande basta acessar o site do Roteiro de Turismo.

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

8 comentários , comente também!

  1. Que legal e deve ser lindo por lá! Uma viagem bem diferente! Tranquilidade ,adoro isso! bjs, tudo de bom,chica Gostei das dicas!

    ResponderExcluir
  2. Estive neste lugar uns 8 dias e me apaixonei mesmo!

    ResponderExcluir
  3. A Ilha Grande é paraíso! Fui com um grupo de amigos, por Angra, num mês de março e fiquei uma semana por lá.
    Ilhas, praias, cachoeiras, rios ..... o dia todo de barco com várias paradas, águas claras e limpas. Muito estrangeiro junto. E à tardinha e noite, restaurantes, lojinhas, conversas até tarde.
    Bateu saudades rsrsrs
    Pretendo voltar muito em breve.
    joturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Cara Elaine, o lugar é lindo mesmo!! Preciso lhe fazer uma pergunta. Fiz um blog, dia desses e coloquei o linkwithin, porém não aparecem as miniaturas. Já fiz todo o tipo de tentativa. Pergunta: Há que se editar as fotografias de alguma forma? Ou só pode haver uma fotografia? Fico grata e no aguardo de sua ajuda. Lhe escrevei sobre a propaganda e vou lhe responder em breve. Muito grata pela atenção.

    ResponderExcluir
  5. Oi Elaine,
    Já estive nesse lindo lugar há mais de 20 anos, num passeio rápido de um dia só pra conhecer durante minha lua de mel. Fiquei apaixonada mas até hoje não voltamos lá. Já pedi pro marido, vamos aguardar kkkk.
    Pelas fotos dá pra ver que está tudo muito mudado, calçamento, lojinhas. Na época em que eu fui era uma vila de pescadores, com ruas de terra e pouco comércio. O presídio tinha sido demolido há pouco tempo e estava se iniciando uma reformulação do lugar. Agora fiquei ainda com mais vontade de voltar nesse paraíso.

    Beijos
    patriciaaprendendo.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Elaine!

    Uma bela dica! Tenho uma amiga que já ficou uns dias por lá e disse que é um sonho!

    beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  7. Amo, amo amo este lugar!!! Um paraíso. Super recomendo a visita!

    ResponderExcluir
  8. Eu não conheço , deve ser um lugar super bacana , quem sabe ainda visite !!!
    Beijinhos
    Deus abençõe

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…