Publicidade no blog: considerações práticas e éticas

em 20 de junho de 2014

 E chegamos ao fim da minissérie Monetizar o blog!
Com este são 5 artigos, publicados sequencialmente.
Veja os anteriores:

Minissérie Ganhar dinheiro com o blog

Post 1- Ganhar dinheiro com o blog - isso é possível?
Post 2- Como configurar o Google Adsense no blog?
Post 3- O que é mídia kit? Como montar um mídia kit para meu blog?
Post 4- Parcerias e anunciantes: como conseguir?
Post 5- Publicidade no blog: considerações práticas e éticas

E para finalizar quero compartilhar com você um pouco da minha percepção sobre o assunto, quero falar um pouco sobre o que eu considero que seja legal e também dar umas dicas práticas (e algumas mais técnicas) para evitar erros e problemas quando o assunto é publicidade no blog.
São dicas minhas, e de modo algum esgotam o assunto. E como nem de longe sou dona de verdade alguma fique à vontade para seguir ou não.
Mas vai por mim, bom senso e honestidade sempre contam pontos positivos nesse mundo de blogs...

Como agir em relação à publieditoriais?

Eu assumi a regra pessoal de jamais falar de uma empresa ou produto do qual não goste ou não sobre o qual eu nada conheça.
Em geral os publieditoriais que publico são recomendações de lojas ou serviços que conheço, ou cujas donas eu conheço e confio. Em muitos casos o serviço, loja ou produto pertence à alguma blogueira e em muitos casos os blogs foram personalizados por mim, portanto o contato é mais próximo e já existia.Quando personalizo um blog eu, em geral, me aproximo e conheço muito da cliente, até pra acertar o que a pessoa deseja...

Também faço ações de marketing para empresas mais conhecidas (como OLX, CupomNation, Meliuz,etc) e publieditoriais para divulgar produtos de marcas grandes como por exemplo os que faço para a Brindecef.
Nesse caso, inclusive, conheci de perto a maioria dos produtos e já mostrei aqui por exemplo minha coleção de canecas da marca. Conheço, gosto, aprovo e recomendo.

Já recusei publieditoriais porque não tinham a ver comigo, ou com o perfil do blog. Recusei recentemente uma oferta promissora porque não teria como encaixar na linha editorial do blog. Ficaria deslocado e sem dúvida me constrangeria.

Uma vez, no auge do aperto financeiro, recebi uma proposta de uma escola de idiomas. A proposta era fazer um post recomendando a escola, dizendo o quanto ela era boa, tinha boa estrutura, era bem localizada e como as crianças aprendiam rápido. O valor era tipo um mês do que eu ganhava em média.
Mas uma das regras da proposta era que não deveria ser citado o termo publicidade; teria que ser um texto pessoal, como se de fato eu conhecesse a escola. Até dizer que tinha filho matriculado lá...

Recusei, claro. Com dor no coração, mas recusei. Como poderia aceitar?
Além do mais nem filho eu tenho, e moro distante mais de 500 quilômetros da tal escola.
Recusei porque seria desonesto. Mas doeu, não vou ser hipócrita e negar rsrsrs

Então, como eu disse no primeiro artigo da série: seja coerente.
Se você tem um blog de receitas veganas jamais poderia fechar acordo publicitário com aquela empresa de carne, concorda?

E as resenhas de produtos?

Também sugiro que você tenha cuidado com resenhas pagas.
Aliás acho o termo "resenha paga" contraditório. Qual empresa paga para uma resenha realmente sincera? E se o produto for ruim?Alguém será lesado: ou a empresa que pagou, esperando só elogios, ou o leitor, que se sentirá enganado.

Por isso eu evito fechar contratos que sejam de resenhas de produtos.
Ficaria numa tremenda saia-justa se o produto for ruim e eu tiver sido paga para falar dele.
Se o contrato é para fazer uma resenha deixe claro que será sua opinião real e não apenas elogios.
Não engane, nem se engane: as pessoas percebem e sua credibilidade vai embora.

Responsabilidade junto ao leitor

Já vi muito blog fechar parceria com lojas para sorteios.
E a loja jamais enviar o produto ao sorteado.
De quem é a responsabilidade?
Do blog.
Sem discussão.
Portanto só faça parcerias com lojas ou empresas de confiança.
Se der galho, arque com o prejuízo e envie o prometido. Mantenha sua credibilidade.

Cansei de ver publipost/resenha paga elogiando descaradamente um produto sendo que eu sabia que não era bom.
Recentemente vi algo assim sobre uma paleta de sombras. É ruim, tem cheiro ruim, pigmentação ruim e dá coceira mas a blogueira dizia que era maravilhosa. Gente, eu comprei uma, eu sabia que era ruim...
Não faça isso. Não minta.
Tenha cuidado ao recomendar um produto, é sua credibilidade junto ao leitor, ok?

Eu tenho uma regrinha pessoal: só aceito ser paga para recomendar algo que recomendaria de graça, por realmente gostar e aprovar.Simples assim.


Um conselho: seja honesto sempre, venda o espaço publicitário, não sua opinião.Tem uma frase, atribuída à Rosana Hermann que explica muito bem a diferença entre vender espaço publicitário e vender a alma, o conteúdo do blog:

 “(…) Os blogs se transformaram em mídia, e, como toda mídia, podem gerar receita através da venda de espaço. Mas uma coisa é você oferecer o espaço do seu blog, como quem oferece o sofá da sala para um vizinho fazer sexo com a esposa dele. Outra coisa é você oferecer o sofá e a sua própria mulher para o seu vizinho. Porque o sofá é espaço, mas a mulher é conteúdo.

Responsabilidade junto ao anunciante

Também já vi, nesse mundo vasto da internet, blogueiras que agem de má fé com as empresas, lojas, etc.
Aceitam a ação de publicidade, como por exemplo receber a roupa e fazer um post com o look.
Daí não fazem, simplesmente dão um perdido na loja. Combinam um vídeo com a make e não fazem...
Ou recebem por um post pago e não fazem, ou fazem tão mal feito que fica nítida a falta de zelo e capricho.
Também já vi blogueiras que não respeitam prazos, assinam para postar tal dia e não fazem... que tiram o banner do blog antes do período pelo qual foram pagas.

E há os casos em que, na avidez de conseguir uma parceria, a blogueira topa receber produtinhos em troca de uma resenha. Promete amor eterno, mente ao pedir parceria, diz que ama a loja, que não vive sem os produtinhos...

Daí o produto não é o que ela esperava e o que ela faz?
Desce o verbo, fala mal, presta um desserviço à marca, loja ou empresa.
Tenha cuidado ao aceitar resenhas pagas, como expliquei acima.
Resenha paga, seja em dinheiro, seja em produtinhos, pode ser uma faca de dois gumes.
Eu, como já falei, acho contraditório, tipo ser vegetariano e fazer propaganda de filé...

Se optar por fazer resenha deixe sempre claro que um rímel e um baton não compram sua opinião. Tente ser franca desde o começo, sempre.
Não engane nem iluda a loja parceira.

A dica é: seja transparente e honesta. Concordou? Faça.
Foi paga? Faça o que foi acordado.
Combinado não sai caro, nem baratinho.
Faça o combinado, sempre.


Considerações práticas

Preste atenção, essa é a parte "legal" da publicidade em blogs:

→ Sempre que for fazer um publipost deixe claro que se trata de publicidade.
Não tente passar a imagem para o leitor de que é "dica de amiga".
Além de desonesto é ilegal pois há um órgão que regula a publicidade no Brasil, o Conar. E ele tem jurisdição sobre os blogs.
Fique atenta!

→ Há algumas formas de deixar claro ao leitor que se trata de publicidade remunerada. Aqui no blog eu optei por um marcador ao final do post. Assim fica claro que é Resenha, Parceria, Publicidade ou Publieditorial. Também acho legal a colocação de um selo pra dar ainda mais ênfase e destaque que se trata de conteúdo patrocinado.

→ Quando se trata de banners, a meu ver não há necessidade de explicitar que é publicidade pois o próprio caráter do banner mostra isso.
E saiba que nem sempre a gente é pago para exibir um banner. Eu já exibi alguns como cortesia, ou porque de fato recomendo o serviço ou produto.

E o Google? O que diz sobre publicidade no blog?

Pergunta interessante.
As diretrizes do Google acerca de links pagos são claras: não é proibido mas deve ser sempre link do tipo no-follow.
Essa regra se aplica a blogs ou sites em qualquer plataforma e se deve ao fato de que o Google considera fraude um site subir posições nos resultados orgânicos de pesquisas através de link building feito via pagamento por links.

Então, se você vender espaço em seu blog lembre sempre de colocar o atributo no-follow no link para evitar qualquer problema futuro.
As marcas e lojas sérias sabem disso. Se a proposta for burlar isso, desconfie.

Qual o problema em burlar?
Seu blog ou site ser rebaixado e até banido dos resultados de busca.
Ah, e a marca ou loja também é punida.
Então, cuidado.

Finalizando:
Publicidade é boa, gera dinheiro para o blogueiro, gera visibilidade para a loja, marca ou serviço.
Hoje, inclusive, mais de 90% das pessoas buscam na internet informações sobre lojas, marcas ou serviços antes mesmo de ir à loja física. Veja aqui esse estudo.

E nesse aspecto não há melhor canal do que os blogs, que são atualizados em sua maioria diariamente, tem forte apelo junto aos leitores e são a forma mais barata de publicidade.

Veja bem, eu disse barata e é verdade. O valor pago aos blogs é baixo, menor que qualquer outro veículo de comunicação.
Mas, mesmo sendo a forma mais barata de fazer publicidade, tenha em mente que nosso trabalho com blogs tem valor. Muito.
E isso já vem sendo percebido pelo mercado publicitário faz tempo.
Acredito que há espaço para todos, e acredito que valorizar o próprio blog é importante.
Valorizar e não superfaturar, claro.
Seja sensato, seja coerente, seja honesto.

Acredite em mim: cedo ou tarde o trabalho bem feito, realizado com amor e dedicação tem sua recompensa.
Aliás, quer maior recompensa do que ter leitores?
I love meus leitores!!!

Gostou da minissérie?
Se não viu os demais artigos, veja. Aproveite as dicas, pare e repense seu blog.
Caso tenha perguntas diga nos comentários e eu tento ajudar.
Aproveita e curta, compartilhe, recomende nosso conteúdo.


E vem aí mais uma  novidade, o Perguntaê.
Ficou curioso?
Em breve!
Não perca!!!


Para não perder nenhuma novidade você pode:
→ Seguir o blog via gadget Seguidores: basta clicar em Participar deste site ali na lateral do blog e concluir o processo;

→ Pode curtir nossa fanpage: todos os posts têm seu link enviados pra lá no momento em que são postados. Basta clicar em Curtir!


→ Cadastre seu email e receba a atualização direto nele, assim que for postada.
Digite seu endereço de email:


Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

11 comentários , comente também!

  1. HOLA, COMO STAS? TUS TRABAJOS SON HERMOSO, TE FELICITO, QUE DIOS BENDIGA TU CREATIVIDAD.. AHORA TE SIGO, VISITAME TAMBIÉN, SIEMPRE SERAS BIENVENIDA.. ANIMATE.. BESOS, ABRAZOS Y BENDICIONES.
    ZHOBEYD@....

    ResponderExcluir
  2. AMEI!!!!
    Que coisa boa ouvir quem a gente gosta e confia falar! E de um assunto tão importante, tão atual, tão necessário!
    A série ficou perfeita, Elaine!
    Parabéns!!! Pelos posts, pela sua dedicação, pelo seu desprendimento, por tanta doação!
    Sou sua fã de carteirinha há muito tempo (espero que você já saiba disso! rsrs), mas a cada dia tenho mais orgulho em conhecer uma pessoa e uma profissional tão querida quanto você!
    Obrigada, obrigada, obrigada!
    Muitos beijos e muito sucesso!!!
    Cris

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelo " I love meus leitores" rsrsrsrs

    Mas é uma grande verdade, nossa maior recompensa são nossos leitores. Bjos querida!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia amiga!
    Obrigada por todas essas dicas.
    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Oi Elaine!
    Estou amando todas as postagens do seu blog, elas me ajudaram muito. Ainda tenho alguma dificuldade, então te enviei um e-mail solicitando a sua vaga de Personal-blogueira, estou bem interessada.

    Obrigada
    Beijos ;)

    ResponderExcluir
  6. Adorei suas dicas, são realmente muito importante para todos os blogueiros iniciantes, e ajudou a esclarecer muitas de minhas duvidas, seu blog é realmente fantástico, parabéns.
    Se puder da uma passadinha para conhecer o meu blog ficarei feliz em ter sua opinião sobre ele.
    http://estou-a-amar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Estou adorando a mini-série e nem sei como agradecer!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Super bacana esta postagem e concordo com você
    Ética Responsabilidade Sinceridade super essencial.
    Beijinhos
    Deus abençõe

    ResponderExcluir
  9. Adorei as dicas, li tudo, é muito bom contar com um blog com tanta informação boa. Passe a noite toda por aqui kkk. Um beijo!
    www.gabrielamacedo.com

    ResponderExcluir
  10. Li os 5 posts, muito bom, aprendi muita coisa, abriu o meu entendimento para este processo de crescimento e consolidação do trabalho de blogueira... Parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Excelente suas colocações, tô formulando meu blog agora e veio muito a calhar, já me aventurei no passado, mas as coisas mudam muito na internet. seu site tá me ajudando muito, com questões técnicas ( htmls e etc) e práticas tb, como esse post. parabéns pelo seu trabalho!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…