1 ano e tudo o que cabe dentro dele

em 9 de janeiro de 2014

Nós. Raridade...
Hoje faz 1 ano que meu marido foi diagnosticado com Esclerose Múltipla.
Quanta coisa é capaz de caber em apenas 1 ano?

Olhando retroativamente, a sensação que eu tenho é que eu não vivi este último ano, tenho a sensação que o tempo não passou, que a vida está em suspenso.
Não sei explicar... mas é tão real esse sentimento que frequentemente esqueço que fiz 41 anos, sempre respondo que tenho 40... como se o tempo tivesse parado.
Mas claro que não parou.

Nesse ano muita coisa aconteceu: ele esteve internado, vivemos a saga para conseguir a medicação da qual ele necessita, precisamos reorganizar a vida, precisei me adaptar com ele permanentemente em casa já que ele foi demitido da empresa onde trabalhava. E em função da doença não há mais aquele parceiro que repartia os deveres de uma casa comigo. De repente minha carga de trabalho triplicou.
Sem contar, claro, as preocupações e incertezas financeiras.

Uma das características da EM é a fadiga. Essa acompanha sempre, estando em surto ou não.
Mas em episódios de surtos ela é debilitante.
E neste primeiro ano de diagóstico ele tem emagrecido muito.
Hoje brinquei que os quilos dele estão vindo todos pra mim.
Porque a gente brinca, a gente ri, e tenta não deixar a peteca cair.

Nesses meses todos ele tomou incontáveis injeções,dia sim, dia não, com muitos momentos de sofrimento e tristeza, com muitas marcas, com os temidos efeitos colaterais.
Durante este ano foram dezenas de exames, e recentemente foram feitas mais 2 ressonâncias para acompanhar a evolução da doença.
Ainda não temos o resultado, mas nem precisa.

Minha experiência e um exame clínico simples mostraram que pela primeira vez nesse ano de diagnóstico ele está em novo surto.
Isso significa que nesse momento há uma área do cérebro que tem atividade da doença. Significa que mais neurônios estão sendo "desligados".
É triste mas foi menos do que eu esperava; primeiro surto em 1 ano quer dizer que a medicação funciona e reduz mesmo os surtos.
Mas ainda assim é de partir o coração.
Ver um homem jovem mal conseguir se equilibrar, ter que caminhar lentamente como se fosse idoso e ainda assim de bengala... é de partir o coração.

Assim que o resultado das ressonâncias saírem ele deve ser internado para o que os médicos chamam de pulsoterapia. Essa ação freia rapidamente a doença, é como um ataque. Tem efeitos colaterais fortes, mas funciona e breca o avanço do "desligamento" dos neurônios.
Internação de novo... e eu fico pensando como vai ser, moramos longe do HC e eu não dirijo.
Sim, eu sei... preciso urgentemente tirar carteira de motorista. Mas isso me apavora, pense numa pessoa com medo...

Outro dia comentei com a Ju Ramalho, por telefone, que se as pessoas soubessem o esforço que faço todos os dias pra levantar da cama... se soubessem como me custa sorrir e dizer que está tudo bem quando minha mãe ou minha sogra perguntam... ah... se fosse possível expressar em palavras o que é, como é...

Claro que sei que nesse momento há dezenas, centenas de pessoas vivendo coisas muito piores.
E até isso é fator de tristeza porque me envergonha sentir as coisas que sinto, sentir essa tristeza que não passa, essa sensação de desamparo, de instabilidade.
Na prática as coisas estão melhores do que eu imaginava, mas a tristeza, a vontade pedir pra parar o mundo que eu quero descer, sabe? Isso não passa.
Sinto vergonha de sentir isso, gostaria de ser mais forte, mais capaz...

Uma amiga psicóloga  me disse que eu estou vivendo um período de luto. Toda uma vida se foi, pra sempre, e não vai voltar.
No começo, naquela fase de resiliência, de ficar firme e aguentar o tranco a gente não sente, mas depois que passa a primeira fase vem o luto, vem aquilo de perceber que não vai voltar.
Ela tem razão, eu sinto que estou mesmo na fase do luto. A vida do jeito que estava organizada, com suas seguranças e planejamentos, se foi.
E luto é muito ruim.

Tem dias que não consigo trabalhar, e isso me angustia demais. Sei que tenho decepcionado pessoas, estou com coisas muito atrasadas...mas juro que estou tentando. E eu vou conseguir!
Vou conseguir me organizar, disciplinar meus horários, me disciplinar... reorganizar a vida.
Também nem sempre dá pra sair de casa, passamos Natal e Ano Novo aqui. E no aniversário de 14 anos da nossa sobrinha e afilhada não deu pra ir...

Outro dia vi em minha timeline, no meu perfil pessoal do Facebook, a foto do filhinho de uma amiga querida. O garotinho tem ACC e teve uma convulsão. Ela partilhou a notícia, com tanta calma, com tanta serenidade... mulher admirável.
Vi a foto, ele dormia, e numa das mãozinhas tinha a atadura, provavelmente ali teve uma agulha enfiada.
Não perguntei, não comentei, não tive coragem.
Não sei como uma mãe consegue suportar a dor de ver seu amorzinho sofrendo...
Acho que eu não aguentaria, sou muito fraca, sou muito pequena...

Mas, como eu disse, a gente tenta não deixar a peteca cair.
Quando dá a gente passeia, a gente sai, a gente ri. A vida não é só dor, injeção e medo de cair...
Nesse ano construímos meu escritório, agora trabalho fora do quarto, finalmente. Falta só colocar o forro de pvc, daí fica perfeito!
Fizemos algumas melhorias na nossa casa, cobrimos a garagem (nem acredito, 13 anos demorou!), pintamos tudo, minha irmã talentosa e dedicada pintou quase tudo sozinha, eita mulher de garra!

Ganhei muitos presentes neste final de ano, vou fazer um post só de coisas da minha casinha.
Princesa
 Menininha
Minhas meninas estão lindas, Menininha (que foi operada de câncer esse ano) está ótima, e Princesa se recuperou muito bem da doença do carrapato. Não desgruda do marido. Sabe amor? Pois então...
Fico devendo foto das outras duas...





Ele leva com mais leveza do que eu, porque eu sou mesmo mais tensa, mais preocupada, mais angustiada.
Ele brinca com a própria incapacidade, diz que o robozinho está precisando de reparos, está precisando de óleo...
Mas de vez em quando eu flagro o olhar dele, vejo como é ruim andar de bengala, apoiado em mim.
E sorrio. Pra que ele não sinta mais do que já sente.
Sorrimos juntos, e no final das contas acho que é isso aí, juntos e avante...


Feliz 2014.
Tá atrasado, mas tá valendo.
Né?



Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

70 comentários , comente também!

  1. Olá Elaine, boa noite!
    Primeiro quero dizer que vc é muito corajosa para expor isso em seu blog.
    Quero que saiba que estou feliz em dizer que estarei orando pelo restabelecimento da saúde de seu marido e vc minha amiga virtual força que Deus está no comando de tudo.
    Com certeza ele vai melhorar, as medicações surtiram efeito.
    Desejo a vocês um 2014 cheio de boas realizações.

    ResponderExcluir
  2. Elaine querida,
    Que Deus esteja com você nessa fase difícil e delicada. Dias melhores virão, estarei orando.
    Amei as fotinhas das cachorrinhas! Dizem que os animais retiram grande parte das energias negativas do ambiente...eu creio nisso.
    Um grande abraço com imensa admiração.

    ResponderExcluir
  3. Amiga, eu faço uma ideia do seu sofrimento e aqui vc demonstra o tamanho do amor que você tem por seu marido, e nunca pense que vc esta fraca, pois só de você fazer este esforço todo você já esta demonstrando a sua força, a palavra de Deus diz : ´´Porque, quando estou fraco, então, é que sou forte.`` Se apegue em oração, e Deus vai te dar um alivio na alma e no corpo. Um bj no seu coração.
    2 Coríntios 1210

    ResponderExcluir
  4. FORÇA AMIGA,ESTOU ORANDO POR VOCÊS.UM AO OUTRO AJUDOU E AO COMPANHEIRO DISSE,ESFORÇA-TE.UM BEIJO NO CORAÇÃO DE CADA UM DE SEU LAR.VALÉRIA.

    ResponderExcluir
  5. Pois é Elaine, sorrir quando está tudo bem é fácil demais, sorrir quando as coisas não vão nada bem é para os fortes.

    Falar é fácil demais, vivenciar é outra coisa.

    Se, de vez em quando a gente não chorar, a gente desaba, se a gente não viver o luto, mais pra frente a gente pira.

    Tudo tem seu tempo, e temos que respeitá-lo sem perder a fé e a esperança.

    Desejo que dentro desse seu ano caiba muita paz, harmonia, serenidade, resiliência, saúde, superação, amor ...

    beijoooos

    ResponderExcluir
  6. Olá Elaine

    Sabe, eu acho que vc tem mais garra do que imagina. Não sei se suportaria passar por tudo que vc está passando. Conheço os problemas com esta doença. Vou rezar para que a vida lhe seja mais leve de hoje em diante.

    AMIGA DA MODA by Kinha

    ResponderExcluir
  7. Acabei de ler seu post, estou com lágrimas nos olhos, acho que você é uma grande mulher, forte, guerreira.Desejo que Deus te de ainda mais força para levar o barco,não é nada fácil;
    Me identifiquei ctg, tenho carteira mas tenho pânico e não dirijo,estou casada desde 1986, meu marido sempre dirigiu,e hoje anda doente com problemas nas articulações, as vezes não consegue andar e diz que eu tenho que começar a dirigir, não sei se consigo.
    Desculpa esta a falar de mim,você já tem de sobra preocupações.
    Vou orar por vocês.
    Um abençoado 2014

    ResponderExcluir
  8. Só posso lhe dar esperanças, Elaine. Vá com fé. A amiga da minha filha curou-se, depois de alguns anos doente. Acho que a cada dia a medicina avança um pouco, novas luzes sobre os casos. Deus abençoe que o Erdilan, se recupere logo dessa crise.
    Estarem juntos e com fé é o mais importante.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Tá valendo Elaine! Grata!!!
    Em certas situações até nos surpreendemos com a força que temos dentro de nós, como vc e a Ju, existem também muitas guerreiras anônimas... Admiro vcs!
    Que venha um ano especial p/ nós!
    Um abraço carinho p/ vc e o Erdilan!
    Bjosssss.

    ResponderExcluir
  10. Oi Elaine
    Como vocês são bonitos, casal lindo, ainda não tinha visto foto sua.
    Olha, eu não consigo imaginar todo o seu drama, seu sofrimento, sua impotência diante de algo que não tem solução, só quem vive isto, sente na própria carne, tem condição de falar sobre o assunto.
    É fácil te falar pra ser forte, pra ter esperança e fé, quando não sou eu que estou no seu lugar; mas, querida, é isto que posso te dizer, Deus te dará o sustento necessário pra levar adiante a situação até quando ELE quiser, até este momento tem sido assim.
    Você pode contar com minhas orações, é o que posso fazer por você, cara Elaine.
    Grande beijo e fique bem.

    ResponderExcluir
  11. Ai amiga...o que dizer para vocês numa hora assim...tô com o coração apertadinho...
    Mas vou dizer de novo: FORÇA e FÉ!!!
    Coragem, cabeça erguida, certeza de que as coisas podem e vão melhorar! De que você vai conseguir viver e encerrar esse luto, e de que muuuuitas coisas boas ainda estão por vir! Você merece!!!!
    E não esquece de mim, viu?! Tenha a certeza de que estarei sempre aqui, torcendo por vocês!
    Beijos em seu coração,
    Cris

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga, so uma pergunta? Eu acredito que com essa doenca ele possa se encostar ne? Uma amiga minha foi diagnosticada com EM e se encostou agora nao trabalha mais. Bjkas e forca naperuca.

    ResponderExcluir
  13. Vc é guerreira sim! E um exemplo. Te admiro! Gosto muito dos seus textos, sempre me fazem pensar...
    Bjo pra vc!

    ResponderExcluir
  14. Menina, como você é forte.
    Vi tudo que você comentou muito de perto. O marido de uma prima/afilhada -quase filha- passou por muita coisa parecida. Infelizmente -alguns dizem que felizmente, não sei- ele entregou os pontos logo, pediu pra parar o mundo e desceu, Não tirou a própria vida mas, se desligou do mundo, das pessoas, da família, dos amigos, parou de sair, de falar, de andar, e finalmente, Deus o levou, não porque estava na hora, eu acho, mas porque ele se recusou a qualquer tipo de tratamento. Orgulhoso, vaidoso, não aceitou ajuda, nem bengala, nem cadeira de rodas, nada. Foi para um quarto de hospital e ficou, inerte. As famílias sofreram demais, foi tudo muito rápido, algumas pessoas nem chegaram a ficar sabendo o que aconteceu direito. Minha prima ficou sem chão, a ficha custou a cair, foi horrível. Vocês estão certos, tem que levar com uma certa leveza, encarar de frente, nem tudo está perdido. É difícil? É. Mas hoje em dia tem tratamento para tudo, pode-se ter qualidade de vida.
    Admiro você e nunca a esqueço em minhas orações. Força!!!

    ResponderExcluir
  15. Olá! Elaine desejo do fundo do meu coração que você consiga superar tudo e que este ano seja muito bom .Apesar de tudo vale a pena viver.Que Deus abençoe vocês .Beijo

    ResponderExcluir
  16. Querida, sabe, tem coisas que não são explicáveis, tudo tem um motivo e uma razão. Se pudéssemos jamais deixaríamos sofrer quem amamos. Seja forte, ajude seu companheiro e não se preocupe tanto com a instabilidade financeira, Deus nunca desampara aquele que é seu!
    Esse ultimo ano tambem foi dificil para mim, compartilhei com você minha dor. Queria tanto poder te ajudar, queria te pegar aqui no colo sabe e te ajudar a passar essa fase ruim. Moramos tao distante uma das outras, mas eu sempre penso em você. Fica bem viu. Beijos Mona

    ResponderExcluir
  17. Me comovi com seu desabafo, imagino que não deve ser facil. Sou como vc, sofro e me envergonho pq ao mesmo tempo penso que existem situações piores! Mas Deus vai dando forças pra vcs, dia após dia!
    bjs

    ResponderExcluir
  18. Acompanho seu blog há tempinho, leio quase todos os posts que recebo por e mail, e hoje fiquei tocada com seu relato. Como sou uma pessoa positiva, sempre digo para as pessoas pensarem que tudo vai dar certo e lutar por isso. Sei que você não tem o que fazer em relação à doença de seu esposo mas tentar ser feliz faz bem. Pode ser fácil falar isso quando uma pessoa não está passando por problemas, mas, mesmo sem te conhecer, desejo melhoras para ele e a felicidade de vocês! Continue postando pois seu blog é muito legal! Abraços e força! Obs: suas cachorrinhas são lindas!!

    ResponderExcluir
  19. Feliz 2014!
    Com muito carinho, lhe desejo força e muita fé nesta jornada!
    Tem meu respeito e admiração!

    Beijos,
    Annamaria - Árvore dos Contos

    ResponderExcluir
  20. Feliz 2014 pra você também minha querida. Muita paz, muita força e muita FÉ em tudo!
    Não se envergonhe do que está sentindo. Falar é necessidade de desabafo. Ter fraquezas, sentir tristeza, alegrias em outras horas e em outras não, não é vergonha e pecado nenhum.

    Sim, existem dores piores do que as nossas, mas as nossas nos doem muito e só nós sabemos o que passamos e sentimos... a nossa dor é "maior" de todas...

    Você falando do caminhar do seu marido me lembrei do meu pai, também doente desde abriu apos um infarto. Um homem saudável, alegre, cheio de vida com 80 anos dávamos menos 10. O danado do infarto o pegou de jeito. Se debilitou, anda devagar, tira agua da pleura furando as costas de 20 em 20 dias. Chora pra tirar, fica nervoso, intolerante, triste, limitado.

    Está vivo por um milagre. MAS ESTÁ! E enquanto estiver vivo vai ser tratado da melhor maneira. Acarinhado, ou mesmo tratado com firmeza quando é preciso. Faremos de tudo pra ele se sentir melhor, pra viver bem, pra sentir que é amado, pois está VIVO!!! E essa vida presente vale todos os momentos. O futuro? A Deus pertence.

    Dói, dói muito vê-lo acabado de um dia pro outro... Hoje nem me visitar ele pode mais pois se anda 5 minutos já cansa com sua capacidade de mais ou menos 35% do coração.

    Mas daqui de longe (moro ha uma distância de 6hs de onibus), vou rezando, vou torcendo, vou levantando-o todos os dias com incentivos e broncas, com alegrias e muito amor...

    A vida é assim minha querida. Nada perfeita, mas o importante é levá-la com honestidade com quem está perto da gente, com esperança na vida e em Deus. Com esperança na melhora e principalmente com amor, para que quem precisa da gente se sinta confortável e amado e viva melhor todos os dias...

    Desejo imensamente que Deus te dê MUITA força, a você e seu marido, pois sei que apesar de você ser uma guerreira, as coisas não são simples... Sim, você é uma guerreira e Deus sabe disso..

    Que o Espírito Santo te ilumine e dê discernimento a sempre fazer o melhor em tudo e que Nossa Bondosa Mãe do Céu te cubra com seu Manto Sagrado, te protegendo, te abençoando, te tendo como filha todos os dias...

    Fique bem!
    Beijos e um abraço bem apertado de conforto amigo!

    Teresinha Nolasco

    ResponderExcluir
  21. Minha querida eu admiro sua força, vc não é fraca! Deus vai continuar dando força aos dois acredite sempre nisto!
    Beijinhos sempre...

    ResponderExcluir
  22. Meu anjo vc tem 41 anos vai fazer 42 em setembro! estamos em Janeiro de 2014!!!
    A menininha fez outra cirurgia, ela operou em dezembro de 2012 não foi?
    Beijos...

    ResponderExcluir
  23. Oi Elaine, sou leitora do seu blog há mais de um ano.
    Acho você uma mulher linda, com um coração e uma força interior que me emocionam profundamente.
    Um exemplo pra nos ensinar a enxergar a vida de uma outra forma.
    Que Deus continue te confortando e sustentando nesses dia difíceis.
    Um beijo! ~<3

    ResponderExcluir
  24. Olha, parabéns por passar por isso e ainda expor isso no blog!! MUITO CORAJOSA te desejo o melhor !! beijos. :) Já seguindo o blog , adorei!!
    http://sabedorianaoseiescrever.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Parabens acabei de ler teu post com lagrimas,vc e valente,mulher de fibra!

    ResponderExcluir
  26. Um grande abraço, querida! Vc é uma pessoa muito generosa, sempre vai encontrar anjos em seu caminho. E vc é forte. Que 2014 seja muito, muito especial! Adorei te conhecer um pouquinho mais. Bjs

    ResponderExcluir
  27. Boa noite, Elaine. Eu sei bem o que vocês estão passando, porque minha esposa também tem EM. E eu sei bem o que é Interferon dia sim, dia não e os efeitos colaterais terríveis. Devido a esses efeitos colaterais, ela decidiu parar com o medicamento e, graças a DEUS, não teve mais surtos. O que eu posso te dizer é que você tenha FÉ ! Você é uma pessoa iluminada e JESUS te ama e ama seu marido ! É como você diz: AVANTE !!! Fiquem com DEUS e parabéns pelo seu blog !!!

    ResponderExcluir
  28. Lendo tudo isso, senti você a meu lado, como se estivéssemos conversando ......
    Difícil, não é? Mas nada é impossível quando confiamos em Deus e continuamos na luta.
    Sei que um dia ainda vou ver você e o Erdilan. Quero dar um abraço de muito carinho e admiração.
    Chorar não é vergonha, querer parar o mundo e descer não é vergonha ....... Tudo isso fortalece.
    Sorte do Erdilan ter você e sorte sua ter ele para cuidar com todo o amor que vocês tem de sobra.
    Sempre penso e rezo por vocês. E a palavra é: CONFIE. Milagres existem!
    Beijos para vocês. Paz e luz.

    ResponderExcluir
  29. Elaine,
    Como vc é bonita! Vcs dois são muito jovens, formam um belo casal.
    Na verdade, mesmo para quem tenha saúde perfeita ou muito dinheiro, não há nenhuma garantia de nada. O que ocorre é que muitas pessoas se iludem com aparências de normalidade ou segurança. Todos estamos sujeitos aos maiores desastres e tb, graças a Deus, podemos ser presenteados com as maiores graças. E tb não é pecado algum sentir tristeza por perdas sérias, não se culpe, vc tem direito de sentir o que sente, por que não? Eu não me conformo com um bocado de coisas ruins na minha vida, na vida dos meus filhos, na vida da minha mãe. E as coisas ruins continuam existindo. Não dou descanso a Deus, peço e peço e vou continuar pedindo, mesmo exausta. Merecemos a vida, a felicidade, o amor, a paz. Pecado é não desejar isto ou desejar somente para nós. Não é teu caso.
    Desejo que vcs acreditem que o melhor sempre é possível e que celebrem muito a graça de viverem um grande amor, isso é um tesouro!
    Saúde, paz e alegria para vcs!

    ResponderExcluir
  30. Oi Elaine,
    Sempre há uma luz no fim do túnel. A EM não é uma doença fácil de se lidar.Minha irmã é portadora há mais de 18 anos e graças a Deus e ao tratamento que vem fazendo vive bem, sem muitas limitações.
    Uma vez já havia te escrito sobre o tratamento com Vitaminas.
    Procure se inteirar sobre o assunto. É um tratamento muito eficaz e resultado de pesquisas do Neurologista dr Cícero Coimbra Galli.
    Dá uma olhada neste grupo:http://br.groups.yahoo.com/neo/groups/bemditasvitaminas/info
    Feliz 2014!

    ResponderExcluir
  31. É difícil encontrar palavras pra te animar.
    Este seu "luto atrasado" eu senti qdo minha mãe se foi em 2010, e ainda tinha num prazo de 10 anos perdido meu pai e minhas 2 irmãs, eu sempre me mantive forte, mas só depois de alguns meses da morte da minha mãe é que a dor veio forte, me senti a um passo da depressão, engordei, não tinha mais prazer em sair de casa e eu sem contar pra ninguém e marido achando que o problema era ele, coitado.
    Mas a vida e cheia de altos e baixos. Mta fé neste momento.
    Bjs

    ResponderExcluir
  32. Oi Elaine. Achei muito corajoso vc partilhar com tanta gente suas dores e alegrias. Como seu esposo tbm tenho uma doença auto imune,há 10 anos.Sei o quanto é difícil ir perdendo capacidades q antes eram tão naturais... Dói mesmo,mas como td,vc verá "a gente vai levando,a gente vai levando".
    De minha parte orarei por vcs sempre,pra que Deus lhes de força e sabedoria para lidar com tudo,sempre unidos. E precisando conversar,to aki.Força querida!

    Um abraço bem forte nos dois,cafuné nas 4 catitas.

    ResponderExcluir
  33. Olá Elaine,
    Tanta coisa difícil num ano só. Força, espero que melhore e que 2014 seja um bom ano para si e todos os seus.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  34. Oi Elaine Feliz 2014! apesar de tudo, temos que continuar seguindo, tristes, chorando, rindo, temos que nos adaptar a nova vida. E tirar proveito dela! São mudanças, inevitáveis e muitas vezes dolorosas!
    Tenho certeza que dias melhores e mais divertidos virão, podem demorar, mas virão. Sorte e força para você, para ele e para suas cachorrinhas.

    ResponderExcluir
  35. Admiro sua coragem em compartilhar conosco sua dor, suas dúvidas, seu amor pelo seu marido, o sofrimento dos dois. Penso muito em você, sempre desejando que tudo esteja melhor e com esperança. Vivo um momento também difícil e às vezes tenho sentimentos parecidos com os seus. Também perco a coragem, muitas vezes. Mas o que se há de fazer? Nossos companheiros precisam muito de nós. Se fraquejamos, imagina como eles ficam? É nisso que me agarro para continuar.
    Saiba que você tem uma amiga por aqui que te admira muito e torce muito por você. Beijos,

    Eneida

    ResponderExcluir
  36. Nossa Elaine,
    confesso que me emocionei lendo seu post. Penso, que você com certeza é uma mulher guerreira, sei que não te conheço pessoalmente, mas sinto sinceridade nas suas palavras. E com certeza, os momentos difíceis serão superados com força e fé.
    Beijos para vocês dois, Jana

    ResponderExcluir
  37. Ser humano é assim mesmo... Tantas contradições, sentimentos, vivências... Vergonha, medo, incapacidade e, por outro lado, a garra para nunca deixar de ter fé e segurar a vida com unhas e dentes. Por pior que seja, Elaine, tenha certeza de que esse amor te sustentará nas noites escuras. Um dia tudo passará, e esse amor eterno, o que liga duas almas verdadeiramente gêmeas, continuará a existir, em qualquer lugar, de qualquer jeito, em qualquer lado da vida. Continue, um dia de cada vez e quando precisar parar, pare, descanse um pouquinho, chore, desabafe e lembre que os seus amigos, mesmo os virtuais, continuam te mandando as melhores energias e vibrações. Vc é linda, poderosa, cheia de bondades e a vida para o seu marido só é suportável por sua causa, embora seja uma grande responsabilidade, não desista...

    Um grande beijo e que 2014 traga dias melhores para todos1

    ResponderExcluir
  38. Olá Elaine!
    Saiba que você é mais forte do pensa, pois precisou de força e coragem para postar a sua dor aqui.
    Te admiro ainda mais. Confesso que não pude conter as lágrimas ao ler seu post. Pois no ano passado eu sofria com Síndrome do Túnel do Carpo onde eu sentia tantas dores que já não dormia a um ano. E com o passar dos meses fui perdendo a força dos meus braços e não conseguia mais levantá-los. Nem podia mais pegar minha filha que na época ainda estava com dois aninhos. Quando ela me pedia colo eu a dizia que eu a pegaria sentada mesmo e não poderia carregá-la em pé. Ela afirmava que tudo bem pra mim. Me doía também saber como isso havia mudado a minha vida.
    Pedia a Deus todos os dias chorando muito que eu queria ter a minha vida normal de antes. E depois de andar por vários consultórios médicos conheci um que realmente foi um presente de Deus pra mim. O Drº Frederico Oertel. Ele é um especialista em mãos e operou a minha mão direita que era a que estava pior. Com três dias de operada voltei a usar minha mão com coisas leves. Mas sentia muito o local da cirurgia. Hoje já fazem +/- 9 meses que ele me operou. Vivo normalmente graças a Deus sem mais aquelas terríveis dores e como foi bom voltar a dormir uma noite inteira sabe. Muita gente chegou pra mim pra dizer que o meu caso não tinha cura, outras diziam que se eu operasse ficaria com a mão atrofiada. E falavam muitas outras coisas também bem ruins sabe.
    Mas eu preferi orar e acreditar e esperar pelo melhor. Hoje eu não tenho mais tanta força com meus braços e não devo pegar muito peso por não mais aguentar devido a essa doença que prefiro crer que passou.
    Você é uma pessoa maravilhosa e creio que muitas coisas boas ainda vão acontecer na sua vida. Você é linda ao demonstrar tanto amor pelo seu esposo cuidando dele com tanto carinho e dedicação.
    Querida eu te desejo o melhor! Deus seja contigo sempre flor!
    http://dulcineiadesa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  39. Fiquei emocionada aqui e compartilho da sua dor! Sabe tenho problemas que por mais que postassem no blog as pessoas não entenderiam! Mas o que posso desejar é força e principalmente Fé! Assim vc fica forte! Esse termo que usou de que nem viu o tempo passar eu estou há dois anos assim e realmente sei como é! Foi em Novembro do Ano passado que me vi aos 37 anos com rosto opaco e muito envelhecido ai estou tentando tomar as rédeas da minha vida agora! bj

    ResponderExcluir
  40. Puxa Elaine, não sei nem o que dizer, não consigo conter as lágrimas, bem de lá do fundo do meu coração desejo a você e seu esposo um ano cheio de esperança, realizações, saúde e a Paz de Deus, acalma seu coração e lembre-se que depois desta postagem terá muitas pessoas orando por vocês, bjs feliz 2014

    ResponderExcluir
  41. Oi Elaine, deixei tua postagem para ler qd. tivesse um pouco mais de tempo, acabo de lê-la e estou com lágrimas nos olhos, pelo seu marido, por uma grande amiga minha que tem câncer e padece em casa, e tantos outros que nem conhecemos mas estão precisando de saúde.
    Se todos os seres humanos soubessem quanto isto aqui é passageiro, viveria muito melhor, seria muito melhor, não se apegaria a maldades, invejas, raivas, crueldades e outras tantas ruindades.
    Teríamos um mundo quase perfeito!

    Outro dia dei uma bronca na minha amiga, ela disse estar cansada, que preferia "partir", eu fiquei indignada, como assim?, e a filha que está sofrendo ao lado ouvindo ela falar isto?, e a família sofrendo?, e nós amigas que a amamos?, não!!!, tem de lutar, tem de querer viver, tem de ter: FOCO NA CURA, FÉ QUE VAI SE CURAR, FORÇA PQ. A ESTRADA É LONGA E TEM MUITAS PEDRAS, mas ... Deus é muito bom!

    Vou orar por vc. para que tenha muita força, por seu marido p/ que se cure, eu acredito em milagres, então peça, converse com Deus e acredite, ele fará o melhor.


    Beijos e de coração desejo que tenha junto a todos os seus um 2014 de paz, de vitórias, de saúde, de superação, de amor


    Audeni

    ResponderExcluir
  42. Não há o que ser comentado, somente te oferecer carinho e te desejar força. Um abraço Raquel

    ResponderExcluir
  43. Oi Elaine, te admiro muito, pela competência, garra, generosidade e autenticidade, além do mais você é uma menina de muita luz. Uma vez me falaram que Deus não dá fardo maior do que podemos carregar, na hora fiquei chocada, como alguém pode avaliar o peso que carregamos, mas hoje, após a passagem da tormenta, sinto que o período foi importante para meu aprendizado e para me livrar de muitos medos.
    Elaine, não tenha medo do que ainda não está aqui, você, com certeza, se supera a cada dia que passa, tornando-se cada vez mais sábia e perseverante. Tenha esperança e muita fé, Deus está contigo, abraços carinhosos

    ResponderExcluir
  44. Que 2014 seja muito abençoado para vc, que a doença do seu esposo estabilize e por honra e glória do senhor regrida.

    Tri-Beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  45. Imagino o quanto esse ano a amadureceu, é tão difícil não ter escolha, a gente só sabe que tem que fazer o que é preciso ser feito. Ainda bem que vc consegue encontrar momentos de alegria e absorver esta energia momentânea.
    Infelizmente não temos poder de nada diante dessas coisas da vida...
    Abração, amiga!

    ResponderExcluir
  46. :-(

    sem coragem de comentar tbm...

    ResponderExcluir
  47. Minha flor sinto muito o que esta passando , e espero que esse ano seja melhor , tenho certeza que logo vc estará dirigindo, não te conheço pessoalmente mais vai fazer 5 anos que acompanho seu blog e pela suas postagens sei o quanto vc e guerreira!
    bjs

    ResponderExcluir
  48. Oi Elaine, é a Vi, a momentos que só nos resta apegar muito em Deus, para que e Ele nos dê força para prosseguimos a nossa caminhada.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
  49. Elaine, querida, é tão nítido seu amadurecimento! Não que vc não fosse antes, claro, mas entendo (e sinto na pele!) o qto a dor nos faz amadurecer.
    Continue firme e forte, apoiando-o, dando amor e carinho sempre!
    Deus a de continuar capacitando-a mais e mais dia-a-dia!
    Bjs em seu coração!

    ResponderExcluir
  50. Oi Elaine,
    Estou tão longe e posso fazer tão pouco de onde estou... mas esteja certa que vocês dois estarão em minhas preces a partir de hoje.
    Bjs

    ResponderExcluir
  51. Oi Elaine! Que momento dificil vc está vivendo! Nunca presenciei a EM em pessoas jovens,imagino que deve ser uma bomba na cabeça da gente. Desejo que seu marido possa ficar bem ,que a doença estabilize ou regrida (não sei se pode regridir,mas o desejo que tenho é esse). Achei lindas as fotos de suas cachorrinhas! Bjs e feliz 2014!

    ResponderExcluir
  52. Olá, comadre!

    Venho com todo carinho convidar vc e suas leitoras para participar do "1º SORTEIO DO MEU DOCE LAR: UMA "BOLSA CHENSON"!!!"

    Conto com sua participação e boa sorte!

    Deus abençoe!
    Bjs!

    Karin Filgueira
    http://meudocelarbykarinfilgueira.blogspot.com.br/2014/01/1-sorteio-do-meu-doce-lar-uma-bolsa.html

    ResponderExcluir
  53. OI ELAINE, sinto muito por ver você sofrendo e não saber o que o futuro te reserva,Sei que és uma lutadora e que não medirá esforços para ver o seu marido melhorar;Tenho uma sobrinha com este problema e já estava bem complicada a vida dela.O marido desesperado procurou por todos os recursos e descobriu o médico que trata com a vitamina D.Conseguiram uma consulta e já esta se tratando;Graças à Deus melhorou tanto já no início do tratamento que é quase inacreditável ser a mesma pessoa.Comunique-se com ela, tenho certeza que te dará todas as informações necessárias.O nome dela é Suzan Regert de Presidente Getúlio SC.Deixe teu endereço do face no meu blog que te passo maiores detalhes.

    ResponderExcluir
  54. Seu post me trouxe lágrimas aos olhos... farei uma oração ao universo pra que envie forças pra que vocês consigam muita força e amor juntos, apoiando um ao outro. Espero muito que o tratamento do seu marido dê certo! É a segunda vez que acesso o seu blog e esse post me conquistou e me mostrou que você deve ser uma mulher de fato muito forte! Obrigada pelos trabalhos e tutoriais, hoje estou tendo a oportunidade de checar mais deles. FORÇA!

    Beijos carinhosos de uma desconhecida :)

    Andrea

    www.swezilian.com

    ResponderExcluir
  55. Olá Elaine,

    Desde que conheci seu blog venho aqui sempre, me tornei sua fã, mas neste começo de ano demorei um pouco e quando chego leio este post. Me emocionei muito e resolvi comentar.
    Se precisar de alguma coisa neste mundo digital me fale que, se puder ajudar farei.
    Espero que Deus lhe dê forças para seguir em frente. Confie Nele e tenho certeza que as coisas irão melhorar.
    Desejo que seu 2014 seja de muita luz e paz.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  56. Deus está contigo e sabe que vc tem forças suficientes pra passar por tudo isso.
    E olha, vc pode reclamar sim, lamentar... todos nós sofremos em algum momento na vida, e cada um tem sua vida e seu sofrimento. Qdo lidamos com saúde ou a falta dela é muito difícil mesmo. Ficamos impotentes e à mercê da tecnologia, dos médicos, enfim, à mercê da sorte e do conforto e misericórdia de Deus.
    Deus está contigo, menina! Sempre!
    Beijos

    ResponderExcluir
  57. Eu sei o que vc esta sentindo e ainda que não soubesse me colocaria em seu lugar...
    É a primeira vez que entro em seu blog, já até tinha ouvido falar em vc, mas nunca tinha tido a curiosidade de entrar.
    Mas hoje sem querer te encontrei...o que vc esta passando eu tbm passo com o meu marido, segundo os médicos ele carrega uma bomba relógio dentro dele. Sim menina a qualquer momento uma das veias de seu coração pode estourar.Não sou nenhuma garotinha, mas tínhamos uma vida ativa, e hoje? As vezes penso que sou viúva de marido vivo. mas não deixo minha preocupação e tristeza passar pra ele.Alguns sustos ele já me deu, sua última internação foi em outubro, ficou alguns dias na UTI depois que retornou ainda não teve uma crise mais séria, mas deves em quando o encontro com dores no peito e diz vai passar, coloco o remédio de baixo de sua linguá a espera do pior. Por algumas vezes pensei que ele fosse morrer, aniversário dele, niver de um de nossos netos, nosso aniversário de casamento no último dia 27 aí agente comemora é claro que na medida do possível...a única coisa que não podemos deixar é de ir em frente Elaine, pois somos mais que vencedoras em Cristo e só Ele pode nos dá força, preencher todo e qualquer vazio que podemos esta sentindo eu sei que Deus opera faz milagre e eu creio mas se de tudo essa não for a sua vontade eu tbm peço a Ele ao nosso Deus que me de força para suportar.
    Que Deus continue a te dá forças e a ele tbm.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  58. Se vc ganhasse um real por cada vez que me emociona como ficaria gordinho teu cofrinho ein?!?! Já faz um ano que tu ta nessa luta, parece que foi ontem que você compartilhou conosco dessa aventura nova na qual a vida te meteu sem perguntar se vc estava pronta para desbravar e mesmo assim você e sua família de dois tem vivido faze por faze.

    Torço muito por você, oro para que Deus te der força, graça, coragem para se levantar da cama e seguir com dignidade e coragem.

    Cheros Elaine e coisas boas para você em todos os dois mil e alguma coisa virão por ai...

    ResponderExcluir
  59. Bom dia,
    Jesus falou que não nos deixaria sozinhos, eu creio que Ele esta contigo te carregando no colo nestes momentos difíceis, Deus te fortaleça e abençoe, pq em td tem um propósito, estarei orando por vcs,
    bjs

    Maristela

    ResponderExcluir
  60. Não acredito Elaine. Vc tá querendo concorrer ao título de Mulher Maravilha? Passar por tudo isso, perceber que está vivendo o luto de uma situação, e ainda dizer que é fraca? Por favor, não se imponha mais essa carga!!! Se compartilhar esse momento aqui, nesse espaço, te ajuda, Sou toda ouvidos. Use e abuse. Bjs prá vc. www.recicleiavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  61. nossa nem imagina como admiro sua garra e confiança no que a vida te reserva..É uma dádiva, conseguir serenar diante de tantas provações, e com elas ainda ter animo e coragem em se dedicar a ajudar os outros, quer atravéz de suas experiências, quer atraves dos post s com ideias,dicas e entusiasmo para que possamos seguir adiante...realmente vc é uma gd guerreira
    Feliz 2014 a sua grande família
    Estou precisando de ajuda com meu bloguito, por isso gostaria que vc fizaesse um orçamento para que eu possa reativa-lo..Fiquei seis meses com ele parado em virtude de uma viagem para fazer um curso e aí já viu....quero voltar a trabalhar com ele mais quero dar a ele uma repaginada ...e vou ser sincera apesar de suas inúmeras dicas maravilhosas...eu não consegui...por isso pesso socorro
    meu email.cappatricia2@hotmail.com
    meu blog. patricia-aria.blogspot.com
    xrim e até breve

    ResponderExcluir
  62. Elaine,
    Já nos falámos por e-mail em outras fases, uma das vezes tinha a ver com o avanço da vida, lhe pedi conselhos , não nos conhecemos pessoalmente e além disso eu vivo do lado de cá em Lisboa, sua forma carinhosa mas ao mesmo tempo firme me conquistou. Entretanto tenho acompanhado desde o inicio o drama com seu amado, e dou comigo por vezes a comparar meus problemas (quem não tem?) . Só quero deixar aqui o quanto eu a acho uma mulher forte, companheirona, amiga, mesmo com todos os seus problemas tem sempre uma palavra de apoio para quem precisa. Seu querido (dentro dos males que lhe apareceram) tem a sorte de ter a seu lado uma Mulher, Amiga e tudo o mais que quando nos casamos dizemos junto do Sr. Padre (na saúde e na doença ... na felicidade e na dor ... durante todos os dias de nossas vidas). Entendo e tenho o mesmo problema pois também não conduzo ... devia ser tão obrigatório como aprender a ler e escrever ... toda a vida meu pai me levava daqui para ali, meus amigos, agora e há anos meu marido ... mas sempre me disseram para tirar a carta, mas hoje não tinha tempo amanhã também não ... e os dias foram passando mas quando vejo alguma mulher da família ou amiga a ser totalmente autónoma e quando o marido adoece ... então é a dificuldade total, tenho uma amiga que conduzia mas pouquinho sempre andava com seu marido há anos seu marido teve um AVC e ficou sem poder conduzir, bem menina só queria que a visse, teve que conduzir pois estava sempre dependente dos filhos e há anos anda daqui para ali, para férias e tudo ... é uma mão na roda para ela e para ele. Vá menina a Elaine é bem nova, vai ver que vai conseguir eu que sou mais velha estou a pensar seriamente a fazê-lo , um dia perguntei a um instrutor a quem é que tinha dado lições com mais idade e ele uma senhora que ficou viúva e precisava de conduzir e tinha 72 anos isso mesmo setenta e dois anos ... e conseguiu levou mais tempo mas conseguiu. Beijos linda Elaine, um abraço a seu marido e acredite que deste lado duas pessoas pedem ao Pai por vocês.
    Júlia
    Júlia Albuquerque Vieira
    julia.vieira@sapo.pt

    ResponderExcluir
  63. Primeira vez por aqui e vc me emocionou. Nao so pelos problemas que vc esta passando, mas pela forca, garra e coragem que vc tem. Belo exemplo. Que Deus te guarde e fortaleca.
    Marcia Galha.

    ResponderExcluir
  64. Números 6: 24-26 diz:" “Jeová te abençoe e te guarde. Jeová faça que sua face te ilumine e te favoreça. Jeová levante sua face para ti e te designe a paz.”
    Fonte: Bíblia online http://www.jw.org/pt/publicacoes/biblia/nwt/livros/N%C3%BAmeros/6/#v4006001
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  65. Sei que não é fácil, mas com certeza o amor vence tudo! Deus abençoe essa família guerreira e linda!
    Força pq vai dar tudo certo!!!
    Fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  66. Elaine, já li e reli este seu post algumas vezes, e não sabia se queria comentar. Vejo incentivos e motivações tão belas e bem escritas aí em cima, o que eu posso dizer? Vc é uma mulher com uma fortaleza incrível e um coração grande. Realmente não consigo imaginar, como vc levanta da cama, sabendo esse grande problema que tem que enfrentar. E ainda trabalha, visita os blogs amigos, faz posts tão bonitos, como se a vida lhe sorrisse. Deus lhe mandou um grande fardo, mas vc é crente e sabe que melhores dias virão. Sinta-se abraçada muito fortemente. Que Deus lhe mande uma luz neste Novo Ano!

    ResponderExcluir
  67. Querida Elaine, procure a Igreja da Graça de Deus mais próxima da sua cidade, leve-o lá, e faça a corrente da fé.
    Oração nunca é demais, Jesus já levou sobre si todas as nossas enfermidades, portanto, essa doença não pertence ao seu marido.
    O mesmo Deus q efetuou curas no novo testamento e ressuscitou Lázaro no quarto dia da sua morte, é o mesmo hj e eternamente, ele não mudou.
    A palavra de Deus diz: SE CRETES VERÁS A GLÓRIA DE DEUS!
    Por acaso existe algo impossível para Deus? Não, não existe, tudo é questão de fé, a fé em Jesus Cristo, Senhor e Salvador das nossas vidas.
    Mas, lembre-se: O que cura é a nossa fé, portanto, precisa crê q Jesus Cristo pode tudo, mas, lembre-se: Jesus Cristo, não é maria, josé ou joão,paulo, não, é Jesus Cristo e Ele não divide a gloria dEle com ninguem.
    Acho que não custa nada tentar e exercitar a nossa fé. AS vezes Deus permite q nós passemos por determinadas provações para que nos acheguemos a Ele e percebamos que nós sem Ele não somos nada.
    Não basta dizermos eu tenho Deus, tem que exercitar.
    Sintam-se abraçada!
    Ah! Procure o cano da RIT tv, e assista ao missionário RR Soares, ele é intensamente usado por Deus em curas e milagres, então, pq ñ tentar, ñ arranca pedaço e é de graça, passa na sua tv.
    bjokas!

    ResponderExcluir
  68. Não sei se vc já ouviu falar ou conhece a historia dessa mulher
    http://www.biancatoledo.com.br/BiaT/testemunho.html
    BIANCA TOLEDO, pesquise tudo que vc puder dela, inclusive fotos e videos e vc verá o milagre q Deus operou na vida dela.
    é tremendo, profundo, tem fotos e videos, que é para as pessoas incrédulas verem e tbém para aumentar a nossa fé e crê q existe um Deus do impossivel q age segundo a nossa fé.
    leia, ñ custa nada e mostre tbém para seu marido.

    ResponderExcluir
  69. Elaine
    Ao que parece, seus outros leitores disseram muito mais do que eu poderia dizer. Confesso, fiquei muito emocionada com seu relato e desejo profundamente em breve ter notícias de que a vida e o coração de vocês estejam mais tranquilos.
    Se o luto hoje vigora, é possível que amanhã, um sentimento melhor o substitua.
    Amor, luz, força e serenidade! Um abraço apertado de 20 segundos. Mariana.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…