Janeiro 2014 - * Blog Elaine Gaspareto *

Modelo pronto para personalizar os comentários do blog

em 30/01/2014


Olá, leitor!
Seguindo a série de tutoriais que ensina como personalizar a área dos comentários do blog trago hoje este modelo:



Ele pode ter as cores trocadas para que se adapte ao seu blog, e tem os comentários já numerados, diferenciando os comentários das respostas.
Também diferencia o comentário do autor do blog.
Bem legal e útil!

Importante:
Antes de fazer quaisquer alterações em seu template faça backup (cópia de segurança) antes.
http://www.elainegaspareto.com/2012/08/como-fazer-backup-completo-do-blog.html

 

Como instalar os comentários personalizados no blog

Para instalar em seu blog é muito simples:
Acesse o seu painel do blog, clique em Modelo e a seguir clique em Editar html.
Caso você nunca tenha mexido na área dos comentários encontre esta tag:

]]></b:skin>

E acima dela cole isto:

Copiar o código



Agora, leia: 
Como usar os tutoriais deste blog?


Dicas extras:
-Se a área dos comentários de seu blog já foi alterada anteriormente apague toda personalização anterior para que este código funcione sem erros.
-As cores e a maioria das fontes podem ser alteradas. Deixei marcado no código onde isso é possível.
-Faça testes, vá descobrindo o que combina melhor com seu blog.
-Caso não goste do resultado apague o código inserido e salve.
-Se preferir use o backup feito para retornar seu blog ao que era antes das alterações.
-Para trocar as cores troque o código hexadecimal precedido do sinal #.
-Aqui tem uma Tabela de cores, com seus respectivos códigos hexadecimais.

Ajude a divulgar o tutorial, compartilhe, curta...
Isso ajuda o blog a crescer e motiva para postar cada vez mais e melhor!

QUERO LER O POST COMPLETO

A saga do aspirador de pó defeituoso ou como a Electrolux trata seus clientes quando surge algum problema

em 29/01/2014

Vou te contar uma história, na verdade uma saga: 
Há meses compramos, no +Magazine Luiza de minha cidade, um aspirador de pó da marca Electrolux .
Ele funcionou uma única vez, depois a potência dele não aspirava nem um pelinho de cachorro.
Voltamos à loja, e como estava dentro do prazo de 7 dias, foi feita a troca.


Chegamos em casa, testamos, e na segunda vez que ligamos apresentou o mesmo problema do primeiro. Voltamos à loja. Lá testamos, o vendedor e o gerente certificaram o defeito, foi feita nova troca.

Chegamos em casa, ligamos, e nada, não aspirava.

Para encurtar a história esse processo se repetiu 6 vezes, sendo que todos os aparelhos que a loja nos deu apresentaram o mesmo maldito defeito. Inclusive na loja, ao ligar pela segunda vez simplesmente parava de aspirar.


Levamos então maldito aspirador à assistência técnica autorizada pelo fabricante, assistência essa que fica distante mais de 80 quilômetros de onde moro.
Gastamos tempo e dinheiro para levar e para buscar.
Sabe o que aconteceu?


NADA!!!!
Na segunda vez que usamos o aspirador apresentou o mesmo problema. Sendo que a assistência técnica autorizada afirma que trocou a peça defeituosa.

Veja bem: peça defeituosa em um aspirador que nunca foi usado.

Voltei à loja +Magazine Luiza e como se passou muito tempo eles se recusam a trocar ou devolver o valor, que aliás está pago faz tempo.

Alegam que a responsabilidade é do fornecedor e não deles.
Mas a lei diz que ambos, loja e fornecedor, são solidários na responsabilidade.

Paguei, e nunca pude usar o bem pelo qual paguei e que só me trouxe dor de cabeça e chateação.
Amanhã cedo vou ao Procon de minha cidade, sem esperança alguma que seja resolvido porque sei muito bem como é este país...
Também vou à polícia fazer um boletim de ocorrência.

E registrei reclamação pública no Reclame Aqui:

http://www.reclameaqui.com.br/7772866/electrolux-do-brasil-aspiradores-de-po-sanduicheiras-liquid/aspirador-de-po-jamais-funcionou-como-devia-e-empresa-se-diz/

Não tenho ilusões, mas estou disposta a levar o caso ao Juizado de pequenas causas.
Não é só pelo valor, é pela sensação de impunidade e de ter sido lesada, roubada mesmo.

Estou postando isso porque meu blog é minha única forma de expressão, é minha janela para o mundo.

Quero contar a forma desprezível como a Electrolux trata seus clientes. 
Pra te dar uma ideia, no chat eles só atendem se o produto for Linha Branca, ou seja, de mais valor.
Produtos mais baratos como o aspirador só por telefone, e mesmo assim a ligação é paga!
Pode isso, produção?
E  o +Magazine Luiza, que tirou o corpo fora e se comportou de forma covarde nesse caso?
Decepção define.


Nunca imaginei que uma empresa tão conhecida pudesse colocar no mercado um engodo, uma enganação.

E ter um pós-venda tão ineficiente, primário e incompetente.

Caso você queira me ajude a espalhar este post, seja curtindo, compartilhando ou marcando no G+.
Sei bem que pouca voz a gente tem, mas mesmo voz pouca faz barulho quando se junta com outras vozes...
QUERO LER O POST COMPLETO

Personalizar o gadget Estatísticas do Blogger

em 28/01/2014

Personalizar o gadget Estatísticas do Blogger

Todos nós conhecemos o gadget Estatísticas do Blogger.
Trata-se do gadget que mostra quantas visualizações de página o blog teve desde que o recurso foi implantado, se não me engano no final de 2010 ou começo de 2011.
É funcional mas bem basiquinho.
O tutorial de hoje vai ensinar como dar um charme ao gadget, e ainda acrescentar a quantidade de postagens e comentários que há no blog.
Ficará assim:


Demonstração do tutorial


Instalar o hack Estatísticas no blog

Para começar você precisa ter instalado em seu blog a versão básica do gadget.
Entre em seu painel, clique na aba Design e a seguir clique em Adicionar um gadget. Escolha a opção Estatísticas do blog, salve sua escolha e arraste para onde deseja que fique. Salve as alterações.

Caso já tenha o gadget instalado pode, claro, pular essa primeira parte e ir direto para a personalização.

Personalizar o gadget Estatísticas do blog

Clique na aba Modelo e a seguir clique em Editar html.
Dentro da caixa de código que abrir tecle Ctrl+F e na barra de busca cole isso:



Tecle Crtl+C para copiar.
Dê Enter para localizar.
Agora preste bastante atenção!
Você vai selecionar tudo o que estiver desde <b:widget id='Stats1' locked='false' até </b:widget>.
Veja no print de tela:


Depois de selecionar SUBSTITUA todo o trecho selecionado pelo primeiro código:

Copiar o primeiro código


Salve a alteração.

Agora vamos dar estilo à aparência do gadget.
Localize dentro do código-fonte esta tag:



E acima dela cole o segundo código:


Copiar o segundo código



Com dificuldades para copiar os códigos? 
Leia: 
Como usar os tutoriais deste blog?

Este código define a aparência do gadget. Você pode trocar cor de fundo, tamanho da fonte, cor das letras, etc.
Deixei marcado no código as principais alterações que podem ser feitas.
Será preciso um pouco de conhecimento em CSS mas é tudo muito simples e fácil.
Depois de deixar como deseja visualize e se estiver ok salve as alterações do modelo.

Um bom lugar para deixar esse gadget é no final da sidebar. Evite deixar no começo porque em alguns templates ele pode atrapalhar a exibição de outros gadgets.
Então, arraste sempre para o final da sidebar ou coloque no footer/rodapé do seu blog.

Viu que legal que fica?
Gostou?
Curte aí!


QUERO LER O POST COMPLETO

Sobre julgar sem saber o que aconteceu



Quando eu ainda trabalhava em fábrica de calçados trabalhei por muitos anos com uma moça que, na época, devia ter a idade que tenho hoje, em torno dos 40.
Ela era muito quieta, muito boa de serviço, boa companheira de trabalho, boa pessoa, muito reservada.
Um dia soubemos que o pai dela estava bem doente. Ele morava no asilo, e ela e a irmã moravam sozinhas na casa que fora da família.

Foi uma enxurrada de fofocas e de críticas: onde já se viu deixar o pai morrer no asilo? um pai cuida de 10 filhos, mas 10 filhos não cuidam de um pai, ela, com essa voz mansa, é muito ruim, internar o velhinho doente no asilo e ficar com a casa...
E por aí seguiu, por muito tempo. Até depois que ele morreu.

Ela sabia do que falavam, nunca se defendeu.
Um dia, antes do final do ano, ficamos as duas e mais 2 meninas trabalhando até bem tarde, era época de fechar pedido, era normal irmos até 10 da noite.
Então ela contou um pouco sobre o que foi a vida dela, e da mãe, e das irmãs.

Foi uma conversa breve, mas ela contou, em linhas gerais, coisas que ainda hoje me fazem pensar em como a gente julga as pessoas sem conhecer os fatos, sem saber o que aconteceu na vida da pessoa pra que ela aja assim ou assado...

O que ela nos contou é muito simples: durante a vida toda, dela e das 3 irmãs, o pai foi um carrasco.
Nenhuma das irmãs estudou, ele não permitia. Trabalhavam desde os 7 anos, primeiro na roça, depois como empregadas na cidade.
Surras? Elas nem sabiam que haviam crianças que não apanhavam.
Não foram poucas as vezes que ele tirou o prato de comida das mãos de uma delas, e nem foram poucas as vezes que ela e as irmãs ficaram fechadas em um quarto por 2, 3 dias, sem banho, sem comida, de castigo.

Quando ficaram mocinhas foi pior: as surras se multiplicaram, uma das irmãs fugiu de casa com 15 anos, com um homem de mais de 60 anos, porque não suportou os maus tratos, a violência, as humilhações e sabe Deus mais o que que a voz mansa dela não conseguia dizer.
As 3 irmãs que ficaram nenhuma se casou, a mais velha morreu antes dos pais.
A mãe morrera fazia tempo, uma daquelas mulheres que apanhavam caladas, que nascem e morrem oprimidas.

Quando ele adoeceu elas tentaram, as duas irmãs que sobraram. Tentaram cuidar dele, mas depois de muita comida jogada na cara, muitas cusparadas, muitos socos e muitos xingamentos elas decidiram que ele ia para o asilo.
Morreu lá.
E naquela noite, ela contou essas coisas com voz mansa, baixa, sem levantar a cabeça do serviço que fazia.
Falou sobre como foi duro, sobre como jamais ele deu um abraço sequer nas filhas. Falou muitas coisas, falou da vida dura que, mesmo eu, que tive vida dura, não imaginava que existia...
 A gente julgava-a sem saber.

E esquecíamos que nem todo velhinho é uma pessoa boa, esquecia que gente má e intratável também tem filho, fica doente, envelhece.
E sobretudo esquecia que quem sabe da própria vida é quem a vive.
De fora é muito fácil julgar, falar, condenar.
Apontar o dedo é fácil, eu faço, talvez você também...

Lembrei dessa estória quando vi esse vídeo abaixo:
 (vi no mural da Bel)


O título Nunca julgue rápido demais bem poderia ser trocado por um melhor: nunca julgue. Erraríamos menos... e faríamos as pessoas sofrerem menos...

Como é fácil olhar de fora e emitir o julgamento, como é fácil...
E como é injusto.
Olhamos as atitudes de alguém, a forma como a pessoa leva a vida e apontamos o dedo, e criticamos.

Mas na verdade só quem pode saber o que passou, o que viveu e as motivações que tem é a pessoa.
Ninguém está na pele de ninguém pra saber.
E sem saber todo julgamento é equivocado.
Aliás, mesmo sabendo de alguns fatos ainda assim não sabemos do todo.
Então julgar é equivocado sempre.

Claro que, no momento em que deixamos que coisas ruins que nos acontecem nos levem a perpetuar a maldade estamos caindo em uma armadilha.
Ter passado por coisas ruins, ter sofrido, não é licença pra impingir aos outros os mesmos tormentos.
Em algum ponto a corrente de sofrimento tem que ser quebrada.

Sempre penso nisso, sempre penso que as coisas que eu vivo não podem me endurecer, ao contrário!
Mas também é preciso saber a hora de se afastar do que não tem jeito, de quem se recusa a mudar.
Hoje compreendo que foi isso que aquela moça fez.
E compreendo também que julga-la foi equivocado. Só ela sabia o que a vida dela era...

Afinal, como uma pessoa me disse um dia:
Quem é você pra julgar outra pessoa?





QUERO LER O POST COMPLETO

Omelete de forno recheada

em 24/01/2014


Final de semana chegando, e tudo que a gente não quer é passar tempo demais na cozinha, né?
Aqui em casa raramente eu abro o fogão aos finais de semana.
E quando abro é pra fazer algo bem rapidinho, bem facinho, e que seja bem gostoso.
Pronto! descrição perfeita pra essa omelete de forno recheada e deliciosa.

Pra fazer é tão simples que você nem vai crer!

Separe:
6 ovos grandes ou 7 se forem menores;
100 gramas de presunto fatiado e cortado em tiras. Pode ser em cubinhos bem pequenos se preferir;
100 gramas de queijo muçarela fatiado, cortado em tiras ou em cubinhos se preferir;
1 tomate grande, sem pele e sem sementes, cortado em cubinhos bem pequenos;
cheiro verde à gosto;
sal à gosto;
meia abobrinha italiana ralada no ralo grosso (pode tirar se não gostar, mas fica divino se colocar)
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 colherinha de café de fermento em pó (daquele do bolo);

Ligue  o forno para que ele aqueça enquanto bate a omelete.
A seguir, em uma vasilha, quebre os ovos e bata ligeiramente com um garfo ou fouet.
Acrescente todos os demais ingredientes, menos o fermento.
Bata bem até incoprorar tudo.

Acrescente o fermento, mexa de baixo pra cima para incorporar e despeje em uma forma pequena untada com azeite ou margarina.
Eu uso uma antiaderente de 20 centímetros de diâmetro para que a omelete fique assim, alta e bonita.
Também pode ser usada uma forma de bolo inglês, fica linda!
Leve ao forno pré-aquecido.

Em geral o tempo médio varia entre 15 e 20 minutos em forno com temperatura de  240 graus.
Mas forno é quiném marido: cada uma conhece o seu, né?
Se usar forno elétrico 15 minutos em temperatura 250 graus bastam.
O ponto é quando a superfície começar a dourar.
Vale usar o truque do palito: enfie no centro da omelete, saiu limpo, tá pronto!
Não abra antes de começar a dourar senão ela murcha!

Sirva imediatamente, acompanhada de uma salada verde fica maravilhosa!

Faz aí e me diz se não é o tipo de coisa que salva uma sexta-feira à noite, depois de uma semana cansativa de trabalho...
A gente merece...
Né?
Imprima esta receita ou salve-a em PDF


QUERO LER O POST COMPLETO

Menu especial para blog

em 23/01/2014

Olá, leitor!
Vou compartilhar com você um menu maravilhoso, excelente para economizar espaço, ótimo para deixar o blog limpo e bem organizado.
Esse menu tem um diferencial: ele comporta abas multiníveis, o box de curtir do Facebook, o box de seguidores do Google+ e a caixa de seguidores do Twitter.E também as postagens recentes e os últimos comentários feitos em seu blog.
Além de uma barra de pesquisa.
Inacreditável??
Veja:



 E o melhor de tudo é que a instalação é bem simples, basta um pouco de dedicação e atenção e todo mundo vai conseguir fazer.

Instalar o menu no blog

Para começar, caso você use um dos templates do Design de Modelo do Blogger precisará retirar toda a parte que define a aparência do menu nativo de cada template.
Nos modelos do Design de Modelo essa parte está localizada no código fonte do blog.
Faça assim: clique em Modelo, Editar html e localize esse trecho:

/* Tabs

Apague tudo que estiver desde /* Tabs até encontrar /* Headings, sendo que este /* Headings não deve ser apagado.
Salve a alteração.
Essa ação retira as definições do menu original e prepara seu template para receber o novo menu.
Vamos à ele?

Acesse a aba Layout de seu blog, clique em Adicionar um gadget e escolha a opção HTML/JAVASCRIPT.
Dentro da caixa que expandir coleeste código:

http://codigos.elainegaspareto.com/2014/02/codigo-do-menu-especial-para-blog-com.html


Agora preste bastante atenção ao que vou explicar!
No código você encontra os lugares onde precisa preencher com seus endereços do perfil Google+, o endereço da fanpage de seu blog e seu username do Twitter.
Os dois primeiros (perfil G+ e fanpage) basta você copiar o endereço e colar no local indicado.
No meu caso este é o endereço do meu perfil G+: https://plus.google.com/u/0/+ElaineGasparetoParada
E este é o endereço da fanpage do blog: https://www.facebook.com/ElaineGaspareto

Mas no caso do Twitter será preciso ir até este site:
http://www.musicpaax.com/twitter/
E gerar lá o aplicativo que possibilita ter o box com os seguidores do Twitter.
Caso você já tenha feito isso em alguma ocasião não precisa refazer, mas se nunca gerou esse box do Twitter precisará fazer agora.
À partir daí basta colocar seu username do Twitter no local indicado e o box aparecerá.
Não adianta só colocar o username, tem que gerar o aplicativo no site, e somente depois disso colocar o username no local indicado no código, ok?

Depois de completada essa parte você deve configurar as abas do menu.
Você pode colocar quais links desejar. No meu exemplo eu coloquei os links para meu blog, para meu portfólio e para a Galeria de blogs.
Você pode colocar o que desejar, e dar às abas o nome que desejar.
Feito isso seu menu está pronto.
Salve e arraste para baixo do cabeçalho de seu blog.

Tem uma posição exata que permitirá que o menu abra exatamente como o meu: tem que ser imediatamente abaixo do cabeçalho.
Faça testes até achar o lugar exato, ok?
Depende de cada template, por isso terá que testar.
Nos testes que fiz deu certo também colocar no footer, ou rodapé do blog.
Como eu disse, faça testes.

Dicas extras:
Todas as cores podem e devem ser trocadas para combinar com seu blog.
Cores sempre são definidas por códigos hexadecimais precedidos do sinal #.
Sempre que esse sinal aparecer no código será seguido de um código hexadecimal que define a cor.
Portanto, para trocar as cores basta trocar os códigos.
Aqui tem uma tabela de cores com seus respectivos códigos.
Escolha os que mais combinam com seu blog, faça as substituições e salve.

Releia o tutorial até se certificar de haver entendido tudo.
Caso tenha dúvidas deixe nos comentários e na medida do possível eu tentarei ajudar, desde que a resposta já não esteja no próprio tutorial.

http://www.elainegaspareto.com/p/contato_27.html
Gostou, quer ter em seu blog mas não tem tempo ou paciência para fazer?
Escreva pra mim, nós combinamos o valor e eu faço rapidinho pra você!


QUERO LER O POST COMPLETO

Como colocar o botão Imprimir em postagens do blog?

em 21/01/2014


De vez em quando eu publico aqui no blog receitas culinárias.
Veja:
Receitas

E nessas postagens é bem útil um botão que possibilite imprimir a receita, caso o leitor deseje.
Também é possível ter o mesmo botão já instalado em seu blog, e assim todas as suas postagens terão a opção de serem impressas.
Vou ensinar hoje ambas as formas de ter o botão de imprimir ou salvar a postagem em pdf.
É bem simples, basta um pouquinho de atenção e todo mundo vai conseguir!

Botão Imprimir a postagem apenas nas postagens que você desejar

Para fazer como eu faço aqui no blog e disponibilizar a opção de imprimir apenas nas postagens que eu escolher faça assim:

Depois de escrever a postagem que deseja disponibilizar para impressão clique em HTML, no alto do seu editor de texto.
Essa ação reverte o editor de texto para o modo HTML.
Assim que fizer isso copie este código:

Copiar o código


E cole-o ao final de sua postagem.
Veja aqui como fica:
http://www.elainegaspareto.com/2013/06/pudim-de-doce-de-leite-simples-e-delicioso.html

O botão dá a opção de imprimir, salvar em pdf ou enviar por email.
É maravilhoso, faça o teste!

Caso você prefira ter o botão instalado automáticamente ao final de suas postagens siga o tutorial abaixo:

Instalar o botão Imprimir abaixo de todas as postagens

Acesse o painel de seu blog e clique na aba Modelo.
A seguir clique em Editar HTML e localize este trecho dentro do código-fonte:

<div class='post-footer-line post-footer-line-2'>

Você encontrará (provavelmente) 2 ocorrências deste trecho. Estamos procurando a segunda ocorrência, tá?
Acima do trecho localizado cole este código:

Copiar o código

Visualize e se estiver ok salve o modelo.

Veja como fica:
http://blogdetestesdaelaine.blogspot.com.br/


Dicas importantes:
O código alinha o botão à direita.
Se quiser alinhar à esquerda troque right por center. Tentei centralizar mas não dá certo. Se colocar o comando center ele vai alinhar à esquerda sem erros mas se tentar alinhar usando o comando left ele fica desalinhado.
Então, reforçando:
Alinhar à direita como está no meu teste: right;
Alinhar à esquerda: center;
Não use left.
Não sei o motivo, mas centralizar não consegui.
Faça testes em seu template até conseguir deixar como deseja.
Caso queira trocar a imagem do botão basta trocar o endereço da imagem pelo endereço daquela que deseja usar.
Dentro do código este é o endereço da imagem:
 http://cdn.printfriendly.com/button-print-grnw20.png

Abaixo selecionei algumas imagens que você pode salvar, hospedar e usar caso queira.

Como hospedar imagens usando o Blogger?

Faça assim:
Crie uma postagem 'falsa', que nunca será publicada, ficando sempre no rascunho.
Insira nela a imagem que deseja hospedar. Depois de concluir o upload da imagem clique sobre ela e com o botão direito do mouse copie o endereço, url ou link da imagem (o nome dependerá de qual navegador esteja usando); este é o endereço web de sua imagem.















Releia tudo até se certificar de haver entendido.
Se tiver dúvidas diga nos comentários e na medida do possível eu tentarei ajudar.


QUERO LER O POST COMPLETO

Bolo de banana delicioso, fácil e econômico

em 16/01/2014

Banana... você gosta?
Eu não sou assim uma entusiasta da banana, mas esse bolo eu gosto e sempre que tem banana passando daquele ponto ideal pra comer in natura (firme e sem casca marrom) eu uso pra essa receita.
Olha que bonito que fica esse bolo:

A massa é um coringa: cresce que é uma beleza, dá pra cortar ao meio que não quebra, caso queira rechear.
E se quiser substituir a banana por maçã ou pera fica delicioso pois a massa é um pão-de-ló neutro.

Agora vou te contar como faço.
Vem comigo, é mega simples e fácil!

Separe os ingredientes: 
5 bananas-nanicas bem maduras cortadas no sentido do comprimento (quanto mais maduras, melhor. Banana prata também fica boa, mas prefira a nanica)
3 ovos
150 ml. de leite
1 xícara das de chá de açúcar peneirado
1 colher das de sopa rasa de fermento em pó
2 xícaras as de chá de farinha de trigo peneirada
100 gramas de margarina, sendo que desse total separe um pouco para untar a assadeira
canela em pó

Agora o modo de fazer:
Bata as claras em neve, ponto firme. Reserve.
Bata a margarina, as gemas e o açúcar até obter um creme fofo e clarinho.
Vá colocando a farinha, devagar, alternadamente com o leite.
Não pare de bater.
Quando a massa estiver bem homogeneizada desligue a batedeira e incorpore o fermento e as claras em neve.
Não bata, incorpore delicadamente, de cima para baixo.
Despeje na assadeira untada e enfarinhada.
Por cima da massa coloque as bananas. Salpique canela em pó. As bananas vão entrar na massa, fica lindo!

Leve pra assar em forno pré-aquecido. A temperatura deve ser média, uns 180 graus. Jamais asse bolo em forno com temperatura muito alta.
Não abra o forno antes da massa se firmar, senão lá se foi a altura e a maciez.
Mas forno é igual marido: cada uma conhece o seu...
Aqui em casa leva 25 e 30 minutos pra ficar perfeito.
Quando asso em marinex como na foto coloco sempre uma forma de alumínio embaixo, assim evita que o bolo queime por baixo.
Depois de pronto é só servir.
Com uma bola de sorvete fica di-vi-no!!!!

QUERO LER O POST COMPLETO

Slide de postagens recentes para blog- simples e fácil de instalar

em 15/01/2014

slide de postagens recentes para blog

Destacar as postagens recentes do nosso blog pode ser uma boa ideia para cativar aquele leitor que chega ao blog direto em uma postagem específica e não na página inicial do blog.
Nesse caso o slide mostra o que de mais atual foi postado, mantendo o leitor mais tempo no blog.
E isso é muito importante para diminuir as taxas de rejeição do Google Analytics e ajudar a melhorar o posicionamento do blog frente aos mecanismos de pesquisa.






Há algum tempo mostrei como instalar um slide de postagens recentes aqui no blog.
Veja:
Slide de postagens recentes

Ele tem muitos efeitos lindos de transição mas a instalação é mais complicada.
Esse que mostro hoje é mais simples, basta um passo e ele estará prontinho, lindo e funcionando em seu blog.
Ficará assim:


Demonstração do tutorial

Instalar o slide de postagens recentes no blog

Entre em seu painel e clique na aba Layout. Clique em Adicionar um gadget e escolha a opção HTML/JAVASCRIPT.
Dentro da caixa que expandir cole este código:


Copiar o código


Optei por colocar o código dessa forma porque ele fica muito extenso e não dava para formatar corretamente e fazer caber na área de postagem do meu blog.
Basta abrir a página, selecionar todo o código e copia-lo.

Todas as modificações que você pode fazer estão marcadas no próprio código. Dá pra mudar cores, largura e altura, cor de fundo da paginação, etc.
Altere cores trocando os códigos das cores.
Aqui tem uma tabela de cores com seus respectivos códigos hexadecimais.

Caso queira e tiver conhecimento suficiente pode também alterar a largura do slide.
Se desejar alterar a quantidade de posts exibidos localize este trecho dentro do código: numPost:11
E troque o número 11 pelo número de posts que quiser exibir.

Agora preste atenção!
Onde você lê AQUI O ENDEREÇO DE SEU BLOG substitua, claro, pelo endereço de seu blog, sempre começando com http. Não apague nem duplique a barra do final.
Depois de pronto arraste para onde deseja que fique e salve as alterações.
Nos testes que fiz só dá certo se colocar na sidebar.
Tem que testar, pois cada template tem suas particularidades.

Caso tenha dúvidas releia o tutorial até se certificar de haver entendido certinho.
Se mesmo assim as dúvidas persistirem deixe nos comentários e na medida do possível tentarei ajudar.

E se sentir vontade curta a postagem, compartilhe nas redes sociais. Essa ação ajuda o blog a crescer e melhorar, me motiva e me deixa feliz...
QUERO LER O POST COMPLETO

Índice com todas as postagens do blog, separadas por categorias

em 14/01/2014


Uma das coisas mais legais em um blog é a organização e a facilidade  que ele oferece ao leitor.
Um blog organizado e que fornece fácil acesso ao seu conteúdo tem mais chances de crescer. Certamente o leitor prefere organização e acessibilidade, não é?

Uma forma bem interessante de organizar suas postagens é criar uma lista com todas elas, separadas por marcadores, tags ou categorias, como você preferir chamar.
Veja um exemplo de como ficará seu Índice de postagens se você seguir o tutorial de hoje:


Copiar o código


Para ter em seu blog é muito simples!
Comece criando uma nova página estática: entre em seu painel, clique na aba Páginas, escolha a opção Página em branco.
Coloque o título que desejar e clique na opção HTML. Essa ação reverterá o editor de texto para o modo HTML.
Cole então este código:


Copiar o código


Com dificuldades para copiar o código? 
Leia:
Como usar os tutoriais deste blog?

Todas as alterações em termos de cor de fundo, cor e tipo de fonte, cor e tipo de borda estão marcados no código.
Altere para combinar com seu blog.
Outra coisa que pode ser alterado é o termo Carregando. Substitua caso deseje.
Essas alterações são opcionais, mas onde você lê ENDEREÇO DE SEU BLOG troque o endereço do meu pelo endereço do seu para que suas postagens sejam exibidas..
Não esqueça!

Dicas extras:
Esse recurso só funcionará se seu blog tiver marcadores inseridos nas postagens e se seu feed estiver ativo.
Não é possível selecionar quais marcadores exibir; o script usa o feed do blog como base e lê todos os marcadores criados.
Caso você instale e não funcione em seu blog pode ser que haja conflito com algum script de seu template.
O script lista os marcadores e as postagens em ordem de relevância, ou seja: os marcadores com mais postagens aparecem antes. E as postagens publicadas mais recentemente também aparecem antes em cada marcador.
Vá mexendo, faça testes, até achar a cor certa de cada item. Deixe bem bonito.

Se fizer me chame pra ver!
E se quiser me ajudar/alegrar/fazer feliz compartilhe ou curta essa postagem!
QUERO LER O POST COMPLETO

Presbiopia: eu tenho. E você, tem?

em 12/01/2014

A Elaininha do blog também está de óculos...
Esse post bem poderia ter outro nome e parafrasear um blog teen famoso: Depois dos 40- quando tudo começou a mudar...
Porque foi exatamente assim que me senti quando fui à uma consulta com um oftalmologista aqui da minha cidade.

Mas peraí que vou começar do começo...

Como já falei algumas vezes aqui no blog eu fui pespontadeira por muitos e muitos anos.
Se você não conhecia o termo ele quer dizer costureira de calçados, em máquina industrial.
Então... eu fui, por uns 20 anos ou mais.

E nesse tempo todo eu era a única costureira que eu conhecia que não usava óculos, que enxergava perfeitamente.
Ou ao menos era o que eu achava.

Depois veio a internet, em 2008, e as horas diante de um monitor foram aumentando, até que há 1 ano e meio passo cerca de 16 horas diante do computador, já que deixei de fazer sapato para fazer blog.
E junte a isso o fato de que eu leio (ou lia) ao menos 1 livro por semana, às vezes 2 ou mais...
Pois bem...

Há alguns meses eu não consigo ler nada impresso.
Nada. Nem livro, nem revista, nem jornal, nem bula de remédio...
De longe, afastando o livro, até dava pra ler no começo, mas de perto ficava como se estivesse bêbada, tudo embaçado, impossível distinguir as letras.
Sim, já fiquei bêbada e sei como é.

Rapidamente notei que a piora estava ocorrendo. De uns meses pra cá nem de perto, nem afastando o livro, de jeito algum dava pra ler.
Era hora de fazer exame de vista, como diz minha mãe.
Resultado?
Presbiopia em ambos os olhos, já em estado avançado.

E astigmatismo, que o médico disse que eu provavelmente tenho desde sempre já que ao contrário da presbiopia o astigmatismo não é progressivo, a gente nasce com ele.
Sim, a presbiopia é progressiva, ou seja: mesmo usando óculos ela vai avançar, e terei que trocar lentes de ano em ano.

Se não usar óculos ela vai pouco a pouco tirando a visão e a pessoa fica praticamente cega.
De acordo com o oftalmo, a prebiopia é o endurecimento do cristalino. Ele deixa de ser maleável e perde sua função.
Ela costuma aparecer perto dos 40 anos e é mais conhecida como vista cansada.
Ou seja: depois dos 40, quando tudo começa a mudar...

No meu caso será preciso o uso de lentes multifocais, por causa do astigmatismo combinado à presbiopia.
Então, querido leitor, eis-me aqui.
De óculos.

Inacreditável a mudança!
Impossível descrever.
É como se as cores tivessem, de repente, ganhado mais dois tons.
As letras estão nítidas de novo, eu posso ler outra vez!
Hoje li os nomes dos esmaltes que comprei...
Li a data de validade do frando do almoço.
Eu li, fazia tempo que não lia...
Hoje vou retomar a leitura de um livro que deixei pela metade porque não conseguia...
Meu blog tem letras grandes, que coisa!
Até consegui enfiar uma linha na agulha, olha que beleza!

Não ria, mas é como se eu tivesse retrocedido 10 anos, a visão com óculos é de assombrar!
A dor de cabeça eterna, que me acompanha desde sempre pode ser em função do astigmatismo. Foi piorando porque a presbiopia se associou ao astigmatismo...
Ou seja: tudo por causa da visão com problemas.

A gente vai ficando "cega" tão lenta e gradativamente que nem sente. Ao olhar o mundo com meus óculos me dei conta que antes deles a vida estava meio cinzenta e sem cor não porque a vida seja cinzenta e sem cor mas porque eu estava com problemas de visão.

Então a dica é: se você começar a notar que as palavras embaçam quando você vai ler, se notar que ao afastar o livro dá pra distinguir melhor as letrinhas, e se tiver dor de cabeça constante quando tenta ler... pode procurar um oftalmologista.
Você pode ter desenvolvido presbiopia.


QUERO LER O POST COMPLETO

1 ano e tudo o que cabe dentro dele

em 09/01/2014

Nós. Raridade...
Hoje faz 1 ano que meu marido foi diagnosticado com Esclerose Múltipla.
Quanta coisa é capaz de caber em apenas 1 ano?

Olhando retroativamente, a sensação que eu tenho é que eu não vivi este último ano, tenho a sensação que o tempo não passou, que a vida está em suspenso.
Não sei explicar... mas é tão real esse sentimento que frequentemente esqueço que fiz 41 anos, sempre respondo que tenho 40... como se o tempo tivesse parado.
Mas claro que não parou.

Nesse ano muita coisa aconteceu: ele esteve internado, vivemos a saga para conseguir a medicação da qual ele necessita, precisamos reorganizar a vida, precisei me adaptar com ele permanentemente em casa já que ele foi demitido da empresa onde trabalhava. E em função da doença não há mais aquele parceiro que repartia os deveres de uma casa comigo. De repente minha carga de trabalho triplicou.
Sem contar, claro, as preocupações e incertezas financeiras.

Uma das características da EM é a fadiga. Essa acompanha sempre, estando em surto ou não.
Mas em episódios de surtos ela é debilitante.
E neste primeiro ano de diagóstico ele tem emagrecido muito.
Hoje brinquei que os quilos dele estão vindo todos pra mim.
Porque a gente brinca, a gente ri, e tenta não deixar a peteca cair.

Nesses meses todos ele tomou incontáveis injeções,dia sim, dia não, com muitos momentos de sofrimento e tristeza, com muitas marcas, com os temidos efeitos colaterais.
Durante este ano foram dezenas de exames, e recentemente foram feitas mais 2 ressonâncias para acompanhar a evolução da doença.
Ainda não temos o resultado, mas nem precisa.

Minha experiência e um exame clínico simples mostraram que pela primeira vez nesse ano de diagnóstico ele está em novo surto.
Isso significa que nesse momento há uma área do cérebro que tem atividade da doença. Significa que mais neurônios estão sendo "desligados".
É triste mas foi menos do que eu esperava; primeiro surto em 1 ano quer dizer que a medicação funciona e reduz mesmo os surtos.
Mas ainda assim é de partir o coração.
Ver um homem jovem mal conseguir se equilibrar, ter que caminhar lentamente como se fosse idoso e ainda assim de bengala... é de partir o coração.

Assim que o resultado das ressonâncias saírem ele deve ser internado para o que os médicos chamam de pulsoterapia. Essa ação freia rapidamente a doença, é como um ataque. Tem efeitos colaterais fortes, mas funciona e breca o avanço do "desligamento" dos neurônios.
Internação de novo... e eu fico pensando como vai ser, moramos longe do HC e eu não dirijo.
Sim, eu sei... preciso urgentemente tirar carteira de motorista. Mas isso me apavora, pense numa pessoa com medo...

Outro dia comentei com a Ju Ramalho, por telefone, que se as pessoas soubessem o esforço que faço todos os dias pra levantar da cama... se soubessem como me custa sorrir e dizer que está tudo bem quando minha mãe ou minha sogra perguntam... ah... se fosse possível expressar em palavras o que é, como é...

Claro que sei que nesse momento há dezenas, centenas de pessoas vivendo coisas muito piores.
E até isso é fator de tristeza porque me envergonha sentir as coisas que sinto, sentir essa tristeza que não passa, essa sensação de desamparo, de instabilidade.
Na prática as coisas estão melhores do que eu imaginava, mas a tristeza, a vontade pedir pra parar o mundo que eu quero descer, sabe? Isso não passa.
Sinto vergonha de sentir isso, gostaria de ser mais forte, mais capaz...

Uma amiga psicóloga  me disse que eu estou vivendo um período de luto. Toda uma vida se foi, pra sempre, e não vai voltar.
No começo, naquela fase de resiliência, de ficar firme e aguentar o tranco a gente não sente, mas depois que passa a primeira fase vem o luto, vem aquilo de perceber que não vai voltar.
Ela tem razão, eu sinto que estou mesmo na fase do luto. A vida do jeito que estava organizada, com suas seguranças e planejamentos, se foi.
E luto é muito ruim.

Tem dias que não consigo trabalhar, e isso me angustia demais. Sei que tenho decepcionado pessoas, estou com coisas muito atrasadas...mas juro que estou tentando. E eu vou conseguir!
Vou conseguir me organizar, disciplinar meus horários, me disciplinar... reorganizar a vida.
Também nem sempre dá pra sair de casa, passamos Natal e Ano Novo aqui. E no aniversário de 14 anos da nossa sobrinha e afilhada não deu pra ir...

Outro dia vi em minha timeline, no meu perfil pessoal do Facebook, a foto do filhinho de uma amiga querida. O garotinho tem ACC e teve uma convulsão. Ela partilhou a notícia, com tanta calma, com tanta serenidade... mulher admirável.
Vi a foto, ele dormia, e numa das mãozinhas tinha a atadura, provavelmente ali teve uma agulha enfiada.
Não perguntei, não comentei, não tive coragem.
Não sei como uma mãe consegue suportar a dor de ver seu amorzinho sofrendo...
Acho que eu não aguentaria, sou muito fraca, sou muito pequena...

Mas, como eu disse, a gente tenta não deixar a peteca cair.
Quando dá a gente passeia, a gente sai, a gente ri. A vida não é só dor, injeção e medo de cair...
Nesse ano construímos meu escritório, agora trabalho fora do quarto, finalmente. Falta só colocar o forro de pvc, daí fica perfeito!
Fizemos algumas melhorias na nossa casa, cobrimos a garagem (nem acredito, 13 anos demorou!), pintamos tudo, minha irmã talentosa e dedicada pintou quase tudo sozinha, eita mulher de garra!

Ganhei muitos presentes neste final de ano, vou fazer um post só de coisas da minha casinha.
Princesa
 Menininha
Minhas meninas estão lindas, Menininha (que foi operada de câncer esse ano) está ótima, e Princesa se recuperou muito bem da doença do carrapato. Não desgruda do marido. Sabe amor? Pois então...
Fico devendo foto das outras duas...





Ele leva com mais leveza do que eu, porque eu sou mesmo mais tensa, mais preocupada, mais angustiada.
Ele brinca com a própria incapacidade, diz que o robozinho está precisando de reparos, está precisando de óleo...
Mas de vez em quando eu flagro o olhar dele, vejo como é ruim andar de bengala, apoiado em mim.
E sorrio. Pra que ele não sinta mais do que já sente.
Sorrimos juntos, e no final das contas acho que é isso aí, juntos e avante...


Feliz 2014.
Tá atrasado, mas tá valendo.
Né?



QUERO LER O POST COMPLETO

Como compartilhar corretamente as postagens do blog

em 06/01/2014

De uns tempos pra cá o botão de compartilhar posts no Facebook, aquele nativo do Blogger, tem apresentado uma anomalia:não dá pra definir o texto que será postado e nem escolher a imagem que aparecerá no compartilhamento.
Veja um exemplo do que estou falando:

Ao compartilhar esta postagem:
Manual do blog lindo, organizado e gostoso de ler a imagem que deveria aparecer seria a imagem do post. Mas ao invés disso aparece uma imagem da sidebar, e na maioria dos casos aparece a imagem do cabeçalho do blog.
Você já percebeu isso?

A gente clica no ícone do Facebook para compartilhar e ao invés da imagem que ilustra o post em geral compartilhamos a imagem do cabeçalho, ou imagens aleatórias do blog.
Também tem acontecido do texto abaixo do título ser apresentado errado: algumas vezes, dependendo do blog, aparece o texto do primeiro comentário feito. Em outros casos aparece a mensagem do formulário de comentários ou o texto do perfil do autor caso exista.
Isso é ruim, o ideal é que apareça a descrição do post. E a imagem correta, referente ao post que estiver sendo compartilhado.

O problema também tem aparecido ao compartilhar posts no Google+, sendo que nesse caso o erro aparece mais comumente apenas nas imagens; em geral o texto não aparece quando não há descrição.

Nesse artigo vou explicar como contornar o problema e compartilhar corretamente as postagens do blog, com texto de apresentação e imagens corretos, tanto no Facebook quanto no Google+.

Para começar vamos resolver a questão do compartilhamento no Facebook:
Antes de mais nada você precisa definir corretamente as meta tags de identificação de seu blog.
Isso é muito simples de fazer:
Acesse o painel administrativo de seu blog e clique em Configurações. A seguir clique em Preferências de pesquisa.
Na página que expandir localize a aba Metatags. Veja que aparece a aba Descrição e ao lado dela a palavra Editar. Clique aí, em Editar.
Vai expandir uma caixa. Dentro dessa caixinha coloque a descrição de seu blog. Tem que ser curta, menos de 140 caracteres é o mais seguro. Salve a alteração.
Essa ação prepara seu blog para que, toda vez que você criar uma postagem, tenha a opção Descrição da pesquisa no editor de texto.

Veja o comparativo:
Antes, sem ter definido as metatags descritivas do blog as Configurações de postagens, lá no editor de texto aparece assim:
Depois de definir as metatags descritivas conforme ensinei as Configurações de postagens aparecem assim:

Note que apareceu a opção Descrição da pesquisa.
Agora, sempre que você criar uma postagem clique nessa opção e na caixinha que expandir descreva seu post. Este será o texto que aparecerá quando sua postagem for compartilhada.

Erro na seleção das imagens ao compartilhar no Facebook

Quando clicamos no ícone do Facebook para compartilhar a postagem pode ser que a imagem que for selecionada pelo sistema não corresponda ao que queremos. Nesse caso sugiro que você copie o link da postagem e cole diretamente em seu mural do Facebook, ou então em sua fanpage.
Trata-se de um erro que apareceu depois que algumas mudanças foram feitas pelo Facebook em seus botões e aplicativos.
Não há o que fazer para resolver, podemos apenas contornar.

A boa notícia é que parece que o botão Curtir ganhou a propriedade de levar junto com o link também a imagem do post curtido. Ainda não confirmei, mas seria bom...

Como compartilhar a imagem correta no Google+?

Quando compartilhamos uma postagem no Google+ abre uma janela, parecida com essa:


Em geral o botão captura a primeira imagem do blog, que normalmente é o cabeçalho.
Por isso que vemos tantos cabeçalhos no Google+, ao invés das imagens referentes às postagens compartilhadas, como seria correto.

Para resolver isso é muito simples: note que aparecem 2 flechinhas sobre a imagem. Navegue por elas até achar a imagem correta, representativa do post que esteja compartilhando.

Viu que simples que é?
Quer testar?
Clique nos ícones ao final da postagem e veja como tudo funciona!
QUERO LER O POST COMPLETO

Por que as mulheres pintam as unhas?

em 05/01/2014

Para ilustrar essa postagem eu  pintei as unhas de azul escuro, com brilhinhos. Azul noite, escuro como a vida tem sido em alguns momentos. Mas com brilhinhos, pontos de luz porque por mais escura que seja a vida sempre terá pontos de luz...
Não é de hoje que as mulheres pintam as unhas.
Há indícios de que o hábito vem do Egito antigo, sendo que chineses, japoneses e romanos também pintavam as unhas. E não só mulheres, homens também!
No Egito Cleópatra chegou a promulgar uma lei que determinava que somente ela poderia usar unhas vermelhas.
Na China as cores serviam para separar as classes sociais, sendo que as mais vibrantes só podiam ser usadas pelas mulheres da realeza. Às mulheres comuns restavam as cores claras e a desobediência era passível de pena de morte.

O esmalte, tal e qual o conhecemos hoje teria sido criado por uma francesa nos anos 20 do século 20.
Michelle Menard usou a mesma base das tintas para carros e criou o esmalte como cosmético.

Inspirada pelo alto brilho da pintura dos carros, a maquiadora Michelle Menard adaptou o esmalte usado nos carros para uso em unhas, resultando em uma laca brilhante semelhante ao esmalte que usamos hoje.

A invenção logo cativou estrelas de Hollywood como  Rita Hayworth, que popularizou o tom vermelho.
Aqui em cena de Sangue e areia, ao lado de Tyrone Power

Outra estrela de cinema que amava as unhas pintadas e tornou o esmalte objeto de desejo foi Jean Harlow:
Rita Hayworth e Jean Harlow


Nos anos seguintes a indústria avançou, e hoje podemos encontrar esmaltes em todas as cores, todos os tom, para todas as mulheres.
Mas a pergunta permanece:
Por que as mulheres pintam as unhas?

Desde 2010 há uma Blogagem Coletiva promovida pela Fernanda Reali onde, à cada semana, mulheres pintam as unhas, fotografam, fazem postagens onde por vezes há textos tão lindos, reflexões, partilha de vivências... uma coisa espantosa que surgiu do ato de pintar as unhas...
Certamente é a Blogagem Coletiva mais longeva que conheço.
E os efeitos dessa ação combinada de pintar as unhas e mostrar o resultado é surpreendente.

Derivado da Blogagem há um grupo no Facebook que reúne as participantes.
E foi lá que eu coloquei uma pergunta simples, para embasar este post.
Perguntei:
Por que você pinta as unhas?
E olha, as respostas são lindas, falam de autoestima, falam de sentir-se bem, sentir-se sexy. Falam de romper limites, de descobrir coisas novas sobre si mesma.

A gerente financeira Monalise Nogueira (blog aqui) diz que pintar as unhas a faz sentir-se mais mulher.
A fotógrafa Mari Hart Dore (blog aqui) diz algo que eu achei fascinante:
"Eu posso estar acima do peso, com roupa velha, cabelo ruim. Mas se estiver de unhas feitas, me sinto outra pessoa, completamente diferente! Das coisas na vida que não abro mão; fazer azunhas toda semana, e ainda tem semana que faço 2x!"

A também fotógrafa Diacuy (blog aqui, lindo, cheio de imagens ma-ra-vi-lho-sas) pinta as unhas porque acha sexy.
Ela tem razão.
Perguntei ao meu marido o que ele acha de unhas pintadas.
Ele disse isso, que é sexy, e que mulher de mãos bonitas e bem cuidadas é uma mulher mais bonita.
Ponto pra mim. Ponto pra nós.

Aliás quem também descobriu o poder das unhas bem cuidadas e pintadas em cores vivas foi a Clara (blog aqui).
Ela disse que antes de participar da Blogagem Coletiva só usava cores clarinhas, neutras.
Mas foi ganhando coragem e hoje usa cores vivas, vibrantes.
E descobriu que tem mãos lindas!
Ou seja, autoestima elevada!

E autoestima também foi a palavra-chave da resposta da Celena (perfil Facebook aqui).
"Eu pinto, porque me sinto mais feminina, poderosa, rsrs... com certeza melhora minha autoestima..."
E quem também falou de autoestima foi a Alessandra (perfil Facebook aqui), e ela ainda acrescenta algo que nós, mulheres do século 21 podemos usar e abusar: cores, muitas cores, todas as cores...
  
Eita coisa boa!!!! Autoestima e cores...

Já a Vivian (perfil Facebook aqui) acha que o esmalte está para as unhas como a roupa está para o corpo.  E a Kathleen (blog aqui) diz que pinta as unhas porque é uma demonstração de carinho e cuidado com as próprias mãos. Super concordo!!!

Cristiane (blog aqui), Gabriela (blog aqui) e Marion (blog aqui) têm a mesma opinião: unhas feitas são sinônimo de asseio e feminilidade.
E Adelaide Araçaí (blog aqui) diz que as mãos são o cartão de visitas, precisam estar apresentáveis.
Certíssimas elas!

E Cristina (blog aqui) diz algo que especialistas em cromoterapia reforçam: as cores têm o poder de expressar o estado de espírito!

E tem mais!
No caso da Leonor (blog aqui) foi terapêutico começar a usar esmalte. Ela, quando menina, roía as unhas de modo alarmante e a solução que a mãe achou foi levar a menina Leonor à manicure.
Resolveu, e ela tem unhas lindas, de diva!
 

Dentre as respostas  uma me chamou atenção, da Ju Ramalho (blog aqui) e aproveitei pra "pegar emprestada" a imagem que a ilustra:

"Eu pinto porque mesmo com tala num braço sinto que me faço um carinho. 
Gosto de as ver pintadas porque mesmo como estou me sinto mulher. 
E nos pequenos passinhos que estou aprendendo a andar gosto de ver elas pintadas, me sinto uma mulher forte e sexy. Minha auto estima aumenta e meu marido gosta. 
É um antídoto contra a depressão. 
Esmalte realça e não me sinto deprê e sim uma mulher que se ama e é amada.
Ju Ramalho "

Juliana sofreu um sério acidente de carro, passou muito perto da morte mas na dor e no sofrimento essa garota tem descoberto dentro de si uma mulher forte e corajosa.
De unhas pintadas, lindas e cheia de adereços!

Tem coisa mais linda, mais motivadora do que isso?
Porque não é só pintar as unhas.
É todo o processo, é parar uns minutos, é um carinho consigo mesma, é escolher a cor bonita, é estar cuidando de si, é se amar.
E quem se ama tem mais chances de ser amada, não é?

Eu li cada resposta, eu pensei muito no assunto.
E cheguei à conclusão que as mulheres pintam as unhas para isso, para sentirem-se femininas, lindas, com a autoestima elevada, pintamos as unhas para ter um tempo só nosso, para retribuir às mãos que cozinham, que limpam, que escrevem, que trabalham, que cuidam das crianças, que fazem arte, que curam e que alimentam um pouco do cuidado e carinho que dão aos outros.
Muito lindo isso!

Olhe para suas mãos agora.
Sim, olhe!
Quanta coisa elas fazem, quanto de nós se reflete em nossas mãos...
Merecem um carinho, não é?

Se você não pinta as unhas, quer começar? Ou recomeçar, caso faça tempo que não reserva um momento para se amar? 

E você:
Por que você pinta as unhas?

 




QUERO LER O POST COMPLETO


No Instagram