O que é e o que não é plágio no mundo dos blogs?

em 4 de setembro de 2013

Há algumas semanas, passeando por blogs (sim, eu leio muitos blogs, de todo jeito) me deparei com a seguinte situação: uma blogueira postou em seu blog um texto escrito por ela. Para ilustrar esse texto ela usou uma imagem garimpada via Google Imagens. Não colocou crédito na imagem.

Não era foto pessoal, não era foto de receita nem foto de artesanato. Era uma imagem que havia sido editada por outra pessoa. À imagem original a pessoa que editou escreveu algumas palavras, colocou uma moldura, ou seja, ela não desenhou a imagem, ela aplicou enfeites simples sobre uma imagem pré-existente.

Acontece que ambas as blogueiras, a que editou a imagem e a que encontrou essa imagem no Google Imagens aparentemente possuem leitores em comum, e um desses leitores "avisou" a blogueira que editou a imagem que essa imagem estava postada no blog da blogueira que "garimpou" a imagem via mecanismos de busca.
Estava armada a confusão. Acusações de plágio, ameaças de processo, e claro, muita mágoa envolvida.
Não sei como terminou.
Mas o caso me fez pensar e pesquisar sobre o assunto.

Para entender vamos usar exemplos de situações reais, que eu já vi e que talvez você também tenha visto:

Vejamos este 1º exemplo:
Eu faço um bolo de chocolate com uma receita que encontrei em algum site ou blog de culinária. O bolo fica lindo, eu fotografo e posto a receita em meu blog, ilustrada por uma foto minha. Mas como a receita pode ser encontrada com algumas variações em dezenas de sites e blogs e eu nem sei mais de qual copiei a receita estou cometendo plágio?
E já que a receita pode ser encontrada em dezenas de sites e blogs como saber quem a criou de fato?
E se for uma receita que esteja há décadas sendo passada de pessoa pra pessoa? A quem creditar algo que caiu em domínio público?
Posso ficar brava se alguém copiar a receita e por sua vez fizer exatamente o que eu fiz: assar o bolo, fotografar e postar em seu próprio blog?
 Existe plágio nesse caso?

2º exemplo:
Eu faço um bolo de laranja, receita que minha mãe fazia desde quando eu era criança.
O bolo fica lindo mas eu esqueço de fotografar.
Quero postar no meu blog a receita que dá tão certo. Mas não tenho foto pra ilustrar.
Então pesquiso 'bolo de laranja" e aparecem centenas de fotos lindas, de lindos bolos de laranja.
Escolho uma, publico junto com minha receita. Digo que a imagem é ilustrativa, e que a peguei da internet.
Houve plágio nesse caso?

3º exemplo:
Sou artesã, faço caixinhas de mdf pintadas à mão. Mas estou começando, minhas fotos são ruins, não tenho câmera, não tenho tempo de fazer boas fotos e preciso de imagens para conseguir pedidos, etc...

Pesquiso imagens de caixinhas de mdf na internet, escolho as que mais se parecem com o que eu posso fazer e posto na minha fanpage do Facebook, na minha loja virtual ou mesmo em meu blog.
Aceito pedidos, que foram feitos por pessoas que não foram informadas que as imagens são 'meramente ilustrativas'.
Acontece que a pessoa que de fato fez as caixinhas cuja imagem eu "peguei na net" fica sabendo que seu trabalho está sendo usado como "imagem ilustrativa" por outra artesã.
Ela pede que eu retire a imagem, ameaça me denunciar. Eu fico emputecida, então ela não sabe que se está na internet é de quem pegar???
E aí?
Há plágio nesse caso?

4º exemplo:
Tenho um blog de moda. Sou fã das blogueiras que postam look do dia.
E de vez em quando eu posto uma foto com esses looks do dia, coloco o link de onde peguei a foto mas jamais pedi autorização à moça dona da foto.
Um dia recebo um email informando que estou sendo processada por usar indevidamente a imagem de outra pessoa.
Eu alego que pus link. E que usei a foto porque admiro demais o estilo e a beleza da it girl...
Mas nunca pedi autorização, e embora a foto esteja no blog público da blogueira de moda trata-se de uma foto pessoal.
Mesmo com link, é plágio? E se eu alegar que é homenagem? É plágio/

5º exemplo:
Tenho um blog cujo foco principal é decoração.
Fonte da imagem: Polyvore
Costumo postar fotos da minha casa, das coisas que faço para decorar meu lar.
E um dia dou de cara com fotos da minha sala no blog de uma pessoa que jamais tive contato.

Ela não diz que a foto é dela, mas também não diz que não é. Bem pequenininho, embaixo da foto da minha sala tem a palavra Daqui e um link para meu blog. Como meu blog tem mais de 500 postagens fica complicado para algum leitor achar a minha postagem com a minha foto original.

Peço à pessoa pra retirar minha foto, ela diz que estava prestando uma homenagem, que admira meu blog... e que eu também uso fotos de sites e revistas em meu blog, como inspiração.

E aí?
Plágio ou homenagem? Se eu também uso fotos que não são minhas mas de revistas e sites (em sua maioria estrangeiros) posso reclamar quando minha foto pessoal vai parar em outro blog?

Último exemplo:
Sou artesã e montei um passo a passo ensinando como personalizar uma agenda.Comprei material, fotografei os passos do trabalho, editei as fotos e publiquei o passo a passo bem explicadinho em meu blog.
Um dia cai em meu colo o link de um blog onde a dona blogueira copiou todo o meu passo a passo, todinho, com todas as fotos, cada linha, cada palavra, e postou no blog dela.

Em nenhum momento ela diz que o passo a passo não foi feito por ela.
Ela recebe os comentários elogiosos e os aceita.
Eu reclamo, amigas minhas comentam no blog dizendo que o trabalho é meu.
Então a blogueira, muito à contragosto, menciona com um link ao final do texto que o passo a passo, bem como as fotos e o texto, foram tirados do meu blog.

O link foi colocado, mas como o pap está todinho postado ali alguém irá se interessar em ir ao post original?
E como fica a questão da indexação pelos mecanismos de pesquisa?
Quem será rebaixado em resultados de pesquisa por postar conteúdo duplicado?
É plágio?
Ou  eu estou sendo egoísta de não deixar que copiem e colem o meu post, que levou "apenas" 4 horas pra ser elaborado?


Como você viu, são exemplos que nos fazem pensar, não é?

Tudo é plágio?
Nada é plágio?
Onde meus direitos como editora de um blog começam e onde terminam?
Quando posso realmente invocar a lei de direitos autorias e quando não posso?

Esta postagem está sendo feita agora, com sua ajuda.
Com base no que eu aprendi com gente que sabe mais do que eu, e com base nas experiências que vamos trocar via comentários vou escrever a continuação desse texto.

Assim sendo, passo a bola pra você:
Opine, dê seu ponto de vista.
Vamos juntos descobrir onde começa o nosso dever e onde termina nosso direito.

Continua...


Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

76 comentários , comente também!

  1. É muito bom ter mais informação sobre esse assunto, muitas pessoas, plagiam e nem sabem...
    Seu blog é muito legal... Parabéns!!
    Universo Alternativo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, de boa, creio que copiar descaradamente um texto e colocar no seu blog como se fosse seu é muita cara de pau, né...eu sempre coloco créditos em tudo que ponho no meu blog até porque tem espaço pra todo mundo e eu quero ser parceira...agora, das fotos eu sinceramente estava ingênua a respeito...pensamos que fotos do google imagens são "libertas" disso, mas já vi que não. Bom, agora já organizei tudo, coloquei créditos das imagens rsrsrsrs e agora seeempre colocarei os links dos créditos. Foi ótimo esse tópico.

      Excluir
  2. Oi Elaine,

    Como já te falei, tem uma pessoa que montou uma loja virtual, pegou uma foto do meu convite de avental, colocou a marca d'água dela e estava vendendo como se fosse dela.
    Entrei em contato várias vezes, ela disse que perdeu a senha do blog, que a loja virtual não deu certo e prometeu tirar a foto, mas até hoje nada.
    Como faço para invocar a lei dos direitos autorais??? Consigo fazer isso sem advogado???
    Beijos e obrigada pelo post.

    ResponderExcluir
  3. Odeio isso, já tive muita coisa copiada em antigos blogs, acabei deletando todos eles, hoje porém, trabalho diferente, eu copio sim imagens, eu copio sim texto dos blogs e....

    O resultado é uma ótima indicação que esta dando certo, ou seja eu divulgo parte do artigo e link para o artigo original, assim minhas leituras tem uma prévia e gostando elas continuam a leitura no artigo original onde o criador do artigo tem todo o mérito.

    Porém, posso sem querer divulgar um artigo que na verdade não é o original e sim um plagiado sem saber :(

    Adorei seu blog assim que bati o olho decidi seguir em todos os meios possíveis.

    Beijos no coração e fiquem todas com Deus!

    Solange (SolSexy) Sexy de moda intima :)
    www.soldicas.vai.la

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre me questiono sobre isso e acabo morrendo de medo de pegar qualquer foto da internet.. Mas acabo colocando, eu aviso que as fotos não são minhas que foram achadas no google e, por estar postado em tantos lugares (sem os direitos)não tem como eu descobrir de quem é a foto e que se alguém for os donos ou souber de quem é, me avisar para eu colocar os devidos créditos. Mas,no fundo ainda acho que estou errada,né?

    ResponderExcluir
  5. Plágio:

    Acredito que tudo depende da índole egocêntrica de cada um.

    O que escrevemos não vemos mal algum disto ser multiplicado. Quem aprende, aprendeu de alguém; será que no fundo de tudo isso não tem uma boa dose de plágio?

    Nós colocamos gravuras dos mecanismos de busca em nossos post para os ilustrá-los; claro que não as fotos pessoais de alguém.

    A WEB é uma grande escola onde quem posta algo seria infantilidade não querer que alguém o copie (se gostar copia).

    Quem não quer ter algum artigo seu copiado, que não post nada.

    Esta é a minha opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luíz Oliveira, faço das suas palavras as minhas, sempre pensei assim.

      Não coloco marca d'água em meus trabalhos inclusive propositalmente, afinal, nunca tive problema com isso e olha que meus trabalhos são bem requisitados.

      Esta também é minha opinião.

      Excluir
  6. Olá Elaine! Que boa postagem hoje ! tenho uma amiga que é advogada e trabalha com isso. Acho que ela diria que tudo é plágio rss. Mas então, não tenho muitas respostas, mas sim muitas perguntas. Por exemplo, recentemente me rendi a criar uma fan page do meu blog no Facebook. Aí para não ficar uma fan page só de textos meus, resolvi homenagear alguns blogueiros que eu gosto. Eu coloco o link, falo alguma coisa sobre a pessoa, às vezes digito parte do texto e falo para lerem mais no blog dela. E aí? Isso é plágio? O fato de estar atraindo pessoas para a minha fan page com textos de outros seria anti ético? Até agora as pessoas citadas gostaram (sempre aviso que estou fazendo isso. Afinal, estou divulgando para elas. O que vc acha? Bjs

    ResponderExcluir
  7. Elaine, achei os exemplos dados mais que pertinentes, pois é o que mais se vê por aí! Eu poderia me estender em cada exemplo,se é ou não plágio, mas acho que antes de tudo se deve ter educação: gostei da foto, peço licença de uso por email, simples assim!
    Eu também uso imagens da Google, mas deixo claro de onde foram tiradas e se não houver como localizar o crédito deixo no post o seguinte recado: "* As imagens não creditadas foram retiradas da internet, caso reconheça alguma nos ajude a dar o crédito.", nunca obtive qualquer reclamação, até por que uso pouquissimas, mas se houvesse com certeza reeditaria o post com o devido crédito.
    Eu autorizo qualquer pessoa a me copiar desde que me PEÇA AUTORIZAÇÃO. E uso de educação sempre, para você ter uma ideia, se eu escrever um post especial para você publicar em seu blog, se eu quiser republicá-lo em meu blog,mesmo sendo um texto meu, pedirei autorização para você e direi que foi originalmente escrito para este blog, como você poderá ver aqui:http://www.palavrasvagabundas.com.br/2013/03/uma-carta.html.
    Então depois desse quase post, eu acho que antes de ser plágio ou não, o que falta é eucação mínima onde tudo pode ser pego e usado, como se a internet fosse a terra de ninguém.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jussara concordo com vc, assim como na vida real, o que falta na virtual, muitas vezes é educação....parece simples, né? Não precisariam grandes regras se as pessoas fossem educadas.

      bjs
      Edi

      meuladoarteiro.blogspot.com.br

      Excluir
  8. Oi Eliane esse é um tema bem interessante , e vou acompanhar pra saber mais , no meu caso quando posto algo que não é meu por exemplo receitas e pap eu geralmente coloco uma foto e link direcionando ao conteúdo completo por que sei que se eu deixar todo no meu poucos irão ao blog de origem conferir, mais ainda assim ainda me vem a duvida se é errado , vou aguardar pra ver se fica bem claro pra mim. Sucesso e até a próxima postagem.

    ResponderExcluir
  9. Elaine, essa semana eu tenho mais duvidas do que certeza com o plagio... especialmente poque nessa semana aconteceu algo comigo em relação ao plagio, fiz uma resenha de um livro para um blog literário a convite do editor. Como sempre coloquei tudo de mim nessa resenha, o melhor de mim de meu conhecimento em história - conquistado com uma rotina de estudo desgastante - da minha experiencia de vida - exposição total - da minha sensibilidade - mais exposição impossível... A resenha ficou um pouco maior do que devia, mas tudo bem, o edito do blog e o seu publico não fazem a linha "só leio texto curto". Tudo lindo, tudo fofo ai...

    ... Ai descobrir na blogosfera meio por acaso em um blog lindíssimo uma resenha na qual a autora fez meramente um resumo da minha, enxugou o texto, pegou as frases que ela achou mais legais, resumiu as que achou menos legais, fez um resumo do meu texto assim perfeito... E ai foi plagio?

    ResponderExcluir
  10. OLà ELIANA
    A MINHA REGRA è, NUNCA COPIO TEXTOS DE OUTROS BLOGS,
    E AS FOTOS COLOCO OS O NOME DO BLOG, E ENDEREÇO DO LINK
    DE ONDE FOTA TIRADAS, SEMPRE.
    PARA MIM BLOG QUE NÃO COLOCA O LINK DE ONDE TIROU AS IMAGENS,
    NÃO è UM BLOG SERIO.
    Jà VI UM PASSO A PASSO QUE FIZ DE COMO FAZER UMA CAPA DE SOFà, QUE è O LINK MAIS CLICADO DO MEU BLOG, DA ALMENOS UM ANO,
    MAS AS PESSOAS QUE POSTARAM SEMPRE FORA HONESTAR E COLOCARAM O LINK DO BLOG.
    EU TAMBEM POSTO MUITOS TUTORIAIS DE BLOGS ESTRANGEIROS, MAS SEMPRE COLOCO O LINK DO POST ORIGINAL, E ALGUMAS VEZES A BLOGUEIRA DONA DO POST ORIGINAL, AGRADECEU,
    PORQUE POR CAUSA DO LINK RECEBEU MUITAS VISITAS DO MEU BLOG.
    FALEI DEMAIS, QUERO AGRADECER PELO TUTORIAL DA BOLINA DO PINTERES, FINALMENTE CONSEGUI COLOCAR NO MEU BLOG.
    GRAZIE

    BACI

    ResponderExcluir
  11. Sou uma caloura em matéria de plágio. Por via das dúvidas, excetuando uma meia dúzia de fotos (das quais coloquei os links), todas as fotos do blog são minhas. Não quero correr riscos. Estou na blogosfera para aprender e partilhar. Não quero confusão com ninguém. Me interessa muito ler sobre plágio e ética na blogosfera, e faço-o sempre que encontro algo a respeito.Portanto vou seguir este debate com atenção. Bjs

    ResponderExcluir
  12. A internet é muito democrática e não tem jeito, a inspiração vem das coisas que vemos e lemos. Acho que o Pinterest nos ajuda com as imagens, pois desde que linkamos corretamente, ele ainda ajuda a divulgar o local de origem da foto. Como os blogs são livres e estamos em rede, a troca a meu ver é muito interessante, desde que sempre se mencione a fonte, não vejo problema algum. Acho que ficaria difícil se alguém invadisse o face e começasse divulgar fotos, etc... De qualquer forma, tudo é muito vulnerável. Eu ainda acredito em uma conversa franca. Gostei muito da tua reflexão, faz a gente pensar....
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Elaine estou precisando da sua ajuda: Veja por favor o que aconteceu com o meu blog. http://www.artemcasasonia.blogspot.com.br/Você teria como me ajudar? Estou aflita. Agradeço antecipadamente a sua atenção. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sônia, parece que as suas imagens foram todas deletadas do Picasa. Você mexeu nele recentemente?
      Se mexeu pode ter deletado alguma pasta e daí não tem volta...

      Excluir
  14. Oi Elaine
    Vim dar minha opinião sobre o assunto porque eu passo por isso sempre com vários posts sobre pap.
    Acho o seguinte: posso copiar a "ideia" de um trabalho sim, se eu mesmo fizer o trabalho, fizer meu próprio texto com minhas próprias fotos. Ninguém é dono de ideias mas sim de suas próprias fotos e textos. Não adianta copiar e colar um post inteiro e depois no final colocar um crédito minúsculo que nem é link na verdade. Se um leitor pode ler o post copiado e colado pra que vai no blog do post original para conferir? já que está tudo no blog plagiador?
    Fiz um pap sobre o suporte de pistola para cola quente com pregadores que criei e acho o post inteiro copiado e colado em vários blogs. A dona do blog recebe elogios na maior cara de pau e nem se explica, que não é dela e tals.
    Agora quando acho um suporte feito por uma blogueira (que ela mesma fez), peço até para a pessoa se posso copiar a foto e levar para meu blog, linkando a foto ao blog dela. Nesse caso a pessoa não copiou a foto e sim a ideia, teve o trabalho de fazer e postar em seu blog, nesse caso ela não precisa citar a fonte porque a foto é dela mesma.
    É isso que eu acho.
    Bjos

    Blog Pesquei na Net

    ResponderExcluir
  15. Oi Elaine!

    Esse assunto dá pano pra manga!
    Na minha opinião não considero o 1º e 2º exemplos plágio, já nos outros exemplos acho que já rola plágio sim. Não acho correto expor um trabalho de outro como seu.
    Eu fico super insegura quando quero postar uma imagem. às vezes coloco a fonte,mas quando é uma imagem "genérica", tipo: foto de chuva e eu pego no google images, raramente coloco a fonte.
    Ótimo post!

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  16. Elaine, sou uma artesã de palavras. Meu trabalho é, prioritariamente, o texto. Peço que não copiem nada sem minha autorização, mas é claro que copiam. Por outro lado, se eu não quisesse compartilhar o que escrevo eu guardaria na gaveta. Então... corro o risco. Não copio textos de ninguém, mas uso imagens do Google quando preciso e coloco o link logo abaixo delas. Não sei se é o correto, mas se fizerem o mesmo com o meu material, vou me dar por feliz.
    Bom abrir esse espaço para reflexão... abraço!

    ResponderExcluir
  17. Querida Elaine voce sempre trazendo post de otimo conteudo para nos. Voce e tudo de bom. Beijokas da Gaucha.

    ResponderExcluir
  18. A maioria das imagens eu copio do google. Tenho um aviso no blog que diz que eu copio e se alguém for dono, me avise que retiro ou então coloco os créditos.
    Qdo é receita, peço permissão, coloco a foto da dona do blog e o link pra pessoa copiar a receita.
    Pesquisas, faço a mesma coisa, sempre coloco algum link de onde me baseei.
    Acho que é plágio qdo a pessoa pega e não menciona de onde pegou. Se é do google, não tem marca d'água, não tem link nem nada, então acho que não é plágio, já que é somente a foto. A gente sabe qdo é foto pessoal e qdo é foto não pessoal. Se bem que foto não pessoal pode ser de alguma publicidade. Vai saber, né?
    Enfim, pegar o que é dos outros e levar a fama é plágio.
    Eu tomo o maior cuidado, mas não tem jeito, não tem como ter blog de textos, de contos, de crônicas e ter todas as imagens próprias. Acho impossível.

    ResponderExcluir
  19. Elaine

    Vc sempre tocando nos pontos importantes! Semana passada tivemos uma blogagem coletiva contra o plágio, envolvendo alguns blogs de culinária. Quando, no meio do meu post, eu falei que as pessoas poderiam copiar a minha receita a mão (pois desativei o CTRL C = CTRL V como aprendi aqui), recebi alguns emails mal criados. Outras amigas se riram disso gostosamente, talvez achando que fosse uma sacanagem minha, sei lá, fazer as pessoas escreverem em plena era digital, que loucura isso, né??

    Eu penso da seguinte forma: se o conteúdo é meu, não pode não copiar!! Já coloquei um print friendly lá, para quem quiser salvar a postagem em pdf, mesmo assim continuo achando um risco... Já vi amigas que tiveram suas receitas recolhidas, transformadas em apostilas e vendidas!!!

    O assunto rende muito nos blogs de gastronomia e artesanato. Muitas artesãs têm sim seus trabalhos copiados, postados e não creditados. É plágio!!

    Concordo com a Jussara, falta educação. Falta respeito. Não tem essa de ingenuidade, ah eu não sabia!! Bom, por omissão também se peca, oras!!

    A maioria dos blogs sérios traz avisos e licanças. Porquê as pessoas não lêem isso?? Ah, não lêem sequer o post inteiro - pois eu recebo toneladas de emails perguntando justamente o que está escrito no post.

    Não vejo muito futuro. Enquanto a mentalidade "facebook" predominar, cada blogueiro sério deve fazer valer os seus direitos. Denunciar, processar, reclamar, botar a boca no trombone. Sim, senhora.

    Por que não adianta ficar reclamando que se é plagiada e não fazer nada a respeito. Tenho visto casos em que a simples reclamação pública, a farsa revelada, é suficiente para a pessoa se mancar e sair de mansinho.

    E que o mundo saiba: não somos chatas, gostamos do nosso conteúdo compartilhado!! Só queremos o respeito pelo nosso trabalho. Essa história de dizer que "se não quer que copiem, não postem" é pura falta de educação! Nossos blogs são extensões nossas, como a sala ou a cozinha da nossa casa. Cuidamos com carinho, adoramos receber as pessoas, sentamos para um café e uma conversa. Você vai à casa de uma amiga e rouba um vaso? Uma panela? Uma almofada? O cachorro?

    As pessoas precisam entender que não podem sair por aí copiando e que vai acabar em pizza. Cansamos da pizza, tá?

    beijo

    ResponderExcluir
  20. Complexo demais ......... Se todos tivessem educação, consideração, tudo seria mais fácil.
    De vez em quando coloco uma foto do Google e digo que é de lá.
    Mas não de fotos de pessoas ou algo particular.
    Uma flor, por exemplo, acho que não tem problema se eu coloco a fonte.
    E texto, se copio um pedacinho ou frase (o que é raro), deixo link para continuarem lendo o resto por lá.
    Mais essa conversa é para muitas e muitas reuniões rsrsrsr
    Boa noite.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  21. Olá Elaine, sou seguidora de todas as dicas que vc nos ensina em seu blog.
    Uso todos os seus ensinamentos no meu,pois foi graças a vc que consegui desbloquear meu blog que estava com um vírus.

    Aprendo muito sobre códigos entre outros contigo e recomendo a todos os blogueiros que conheço.
    Amei essa postagem, ela tem muito a nos fazer refletir sobre o assunto.

    Sou artesã e já tive apostilas plagiadas na íntegra e p/ completar até a política de vendas de uma das minhas lojas virtuais tbm foi copiada sem cerimônia alguma.
    Uma amiga viu na web e me avisou, quando abri o site e constatei a veracidade da situação fiquei perplexa.
    Tbm excluí alguns blogs e redes sociais por causa disso.

    Aos poucos estou saindo da internet, por causa da decepção que esses fatos me causam.
    Acho que há espaço p/ todos e que cada um pode sim se inspirar no trabalho de outra pessoa, mas não usá-lo como sendo obra de sua autoria.
    A internet é uma escola aberta e o respeito deve ser praticado.

    Muita saúde p/ sua família e continue essa pessoa simpática e generosa que é.
    Obrigada pelas dicas valiosas.

    ResponderExcluir
  22. Gostei do post, ansiosa pela continuação, bjs


    Meu blog: FABIOLA KEFFER

    ResponderExcluir
  23. Oi Elaine.
    Exemplos que nos fazem pensar bastante. Acho que em tudo vale a consideração e o bom senso. Eu sempre uso meus textos e as vezes quando posto uma mensagem aliada ao meu texto ponho o nome do autor. A maioria das vezes uso minhas fotos, quando uso outra para ilustrar o texto, ponho o link. Acho que é questão de se pensar: Estou fazendo com os outros o que queria que fizessem comigo?
    Este assunto rende bastante...
    Tenha um lindo dia.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  24. Ai amiga...vem comentário longo por aí... rsrsrs Adoooooro seus posts reflexivos!
    Confesso que já fiz tanta coisa... rsrsrs E você bem sabe... E justamente de blogs que eu adoro, que eu sigo, que eu comento, que eu leio, e que sim, eu esqueço de pedir "antes": posso????? Você bem sabe disso... Lembra quando comecei um post com um parágrafo inteiro seu, que era justamente o que eu queria falar naquele momento. Sabe aquela coisa de "identificação". Aí quando leio sobre plágio, penso: que mico!!! kkkkkkkkk Não sei dizer exatamente o que é considerado plágio, mas na minha "leiga" opinião, acho que copiar algo e dizer-se autor é plágio. O resto, é de se pensar para poder avaliar...
    No 1º exemplo não considero plágio. Caraca, como saber qual a receita original... que com certeza, surgiu antes da internet?!?!? rsrsrs Acho que se eu souber o link que peguei a receita, colocarei... mas confesso: anoto muita coisa que nem sei depois de onde veio!!! =/
    No 2º exemplo tb não vejo problema... Quem nunca? É plágio? Jura????? rsrss Aff... Melhor ir me preparando para processos, é isso? =D
    3º exemplo - Não acho certo dizer que as fotos de um trabalho são suas se não são! Acho que é agir de má fé. Mas não vejo problema se a pessoa pedir para usar antes, dizendo a verdade de que ainda não fez nenhum trabalho, e que gostaria de usar seu como referência. E claro, avisar isso a quem está comprando também!!!
    4º exemplo - Caraca, tô nessa!!!! rsrsrsrsrs Não sou blogueira de moda, mas acho que já usei fotos de algumas que admiro, citando alguma combinação, uma peça ou acessório... sei lá... É plágio??? Tô fu... rsrs
    5º exemplo - Caramba, eu coloco os links pequeninos abaixo das fotos. Isso depois de aprender aqui sobre plágio, né? rsrs Mas se for postagem antiga, confesso: nem sei dizer!!! Não lembro... =(
    No 6º exemplo, acho errado publicar algo "idêntico", mesmo com link no final do post. O ideal é que cada pessoa escreva, mesmo que seja falando de outro post, outro trabalho, outra imagem... Até porque se é algo ou alguém que eu admiro e estou sempre lendo e vendo, nada mais natural que queria mostrar pra todo mundo, não? Assim todos os amigos podem conhecer também aquela pessoa ou aquele trabalho maravilhoso que tanto me inspiram! =) Você que o diga, né amiga???? rsrs Já levei parágrafos seus inteiros, né? #sorry #vergonha Mas você é inspiradora demais!!! BOMBRIL para blogs!!! Caraca, e o que é bom a gente compartilha, né? =))))
    Já essa parte de indexação e mecanismos de qualquer coisa juro que eu tento entender cada vez que você explica... mas "tico e teco" começam a brigar... e eu deixo pra lá...
    Acho que bom senso é a base, né? Claro que a gente não conhece todo mundo, mas acho que julgar que alguém fez algo de má fé também é uma acusação forte, sei lá... =/
    Estarei acompanhando! Lóóóóógico!!! =)))) Super beijo!

    ResponderExcluir
  25. Olá, sempre que publico de outros blogs, peço autorização á autora e comento sobre o blog como uma forma de agradecer e divulgar, mas em algumas publicações,as vezes uma foto, costumo colocar o link, não sei se estou agindo certo, respeito muito o trabalho dos outros e quando admiro tambem, gosto de divulgar, compartilhar. Ficaria muito,muito chateada mesmo se publicassem algo meu sem autorização ou sem o link.Preciso me informar mais sobre o assunto plagio.Muito bom esse post. Bjos

    ResponderExcluir
  26. Vou falar o que me veio à "cabeça", por favor não se ofendam... Se eu tivesse um enorme muro do lado de fora da rua várias pessoas pendurassem um objeto e colocassem seu respectivo nome e deixassem lá esses objetos, artesanatos por ex.
    O que acham que aconteceria com esses objetos? Assim acho que acontece com as postagens, á partir do momento que expomos uma foto, imagem, receita, etc... corremos o risco de alguém com certeza copiar, é complicado não é mesmo. bjs e fiquem à vontade para visitar meu blog, terei muita satisfação em recebe-los.http://fazerepostar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Elaine, tudo bem?
    Assunto difícil, né?
    No começo do blog, por ingenuidade mesmo, pratiquei muito plágio, na maioria dos casos contra revistas de artesanato. Mas parei com isso muito tempo atrás.
    Uso fotos de livros e revistas que eu compro como ilustração ou pra passar adiante inspirações que acho que valem a pena.
    A maioria das minhas fotos eu mesma tiro e os textos são meus.
    Já usei marca d'água, agora não uso mais.
    Faço os post para dividir o que eu sei, muito do que sei aprendi em tantos posts por aí.
    Quando dá (ou eu lembro de anotar onde achei a inspiração) cito a fonte. Participo de desafios de blog sempre citando-os.
    Acho que faço a minha parte.
    O sonho de todos aqui é que todos façam a sua parte, pena que nem sempre é assim.
    Não sei se sou plagiada, não fico procurando por isso, também não sei qual seria a minha reação se encontrasse meus PAPs por aí copiados sem dó e sem os devidos créditos.
    Vou continuar acompanhando a discussão para saber se realmente estou de bem com a blogosfera.

    luzweber.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Elaine, minha opinião postei anteriormente...mas, estou de volta para parabenizar e divulgar esta postagem entre as redes sociais qual faço parte.

    Ótima hora você fez esta postagem, tenho visto neste tempo muitas pessoas ofendidas por terem seus trabalhos copiados e outras sendo muito desonestas vendendo algo que não é dela.

    Bom, muito bom!

    Sou sua fã, :)
    Cláudia Marcia

    ResponderExcluir
  29. Quando iniciamos nesse universo creio que muitas falhas são cometidas por falta de conhecimento mesmo, e se for assim, a pessoa que errou não se incomodará em acertar as coisas e se retratará automaticamente. Mas infelizmente existem pessoas astutas e sem caráter que cometem plágio intencionalmente, e aí é uma lástima.

    Sei que tenho aprendido várias coisas durante esta caminhada, principalmente através do teu blog, e estou ansiosa para saber as respostas desses exemplos.
    A gente responde sim ou não, como num teste, mas quer conferir o gabarito para descobrir se está certo ou errado o modo de proceder.

    Grata pelas dicas. Bjs.

    ResponderExcluir
  30. Postagem polêmica...mas necessária!!!! rsrsr
    Sabe que lendo os blogs na semana retrasada, presenciei uma briga destas....será que é a mesma?? rs

    Enfim...tenho pouquíssimo tempo como blogueira, mas acredito que um blog tem que ter as características de que o faz, nada deve ser copiado, e ainda mais sem autorização.

    * Se a foto é ruim, tire várias...afinal vc vai publicar!!!
    * Não copio receitas....tiro idéias e crio as minhas próprias, fazendo alterações necessárias!!!

    O meu Blog tem a minha cara...tem ideias de outros Blogs, mas nada é copiado é criado ou alterado para que tudo fique co as minhas características.

    No início teve algumas receitas que eu tirei de um grupo fechado do facebook, mas foram postadas com créditos a aquelas pessoas.
    Hoje não faço mais...vou com a minha imaginação e tento fazer com que dê certo!

    Se são plágios ou não...não sei, acho que só um advogado perito no assunto poderia nos responder 100%, mas na dúvida, prefiro não correr o risco!!!

    Beijocas e parabéns pela postagem!!!

    Andressa
    http://pimentasdocepimentas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Eu tento usar sempre imagens livre de direitos autorais , mas ja fiquei na mão muitas vezes poe não achar uma foto que transmita a mensagem que eu quero , acabo pegando uma do google , mas tento fazer a pesquisa em ingles , mas meu coração aperta , estou cada dia mais tentando fazer minhas proprias imagens , salvo quando não dá .
    Mas tem muita blogueira que fala de plágio mas nem tem fotos próprias , olha esse assunto é realmente de arrepiar , alias eu não costumo sitar a fonte , to super errada ,né , vou tentar consertar isso

    ResponderExcluir
  32. Elaine, preciso falar com vc, mas o formulário de contato está fora do ar. Qual outra maneira de contatá-la? Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hélida, pode me mandar um email: elainegaspareto@hotmail.com
      bjssss

      Excluir
  33. Elaine, vc não vai acreditar o que aconteceu comigo nesse fim de semana. Fui numa palestra sobre pesquisa histórica para pilcha gaúcha. Lá o palestrante falou também da pilcha atual(indumentária gaúcha)e não só de época. Estava vendendo um livro sobre o assunto, eu comprei o livro e quando começo a folhear encontrei 3 fotos dos meus trabalhos sem os devidos créditos. Foi tão constrangedor. Eu fiquei vermelha, ele ficou sem jeito. Brinquei com ocorrido, pedi uma dedicatória especial, mas não gostaria de processar, apenas acho que teria direito de que seja colocado os créditos. Não sei nem como começar. Vou continuar acompanhando seus posts. Bjussss

    ResponderExcluir
  34. Elaine, acabei de denunciar roubo de imagem lá no face...Achei uma foto minha, de trabalho meu, até com meu nome, no site Eu Que Faço. Botei a boca no trombone, denunciei no site e por email ao "vendedor", solicitando retirada imediata. Foi retirada, sem uma explicação ou pedido de desculpas. Mas que fiquei muito brava, isso fiquei...De agora em diante, vou monitorar constantemente minhas fotos, aff... Ninguém merece passar por isso, roubo é roubo, virtual ou não...
    Beijos, Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana como faz para monitorar as fotos? Já tive curiosidade de ver se tinha algo meu copiado, mas não sei como fazer ..kkk..
      bjs
      Edi

      meuladoarteiro.blogspot.com.br

      Excluir
  35. Odeio plágio, também já fui vítima disso. De na cara de pau as pessoas roubarem os meus textos e não fazerem menção nenhuma ao meu blog ou a mim. A pior de todas foi quando a minha avó morreu e eu fiz um texto em homenagem a ela. Era a MINHA DOR, o MEU SENTIMENTO e a MINHA CRIAÇÃO para a minha vózinha. Aí o sistema que eu tenho no blog me levou ao caminho das pedras para ver o roubo. Sim, o roubo. Roubaram a minha dor e o meu momento de luto. Sei que todos perdem avós, sei que todos sofrem com a morte, mas verbalizar isso é muito pessoal e eu não gostei. Verbalizar assim com as palavras dos outros é mole. E se passar como o autor é crime. Cheguei a me sentir violentada. Exigi, isso mesmo, exigi que a pessoa tirasse o meu texto do seu blog, a essa altura não cabia mais nem ela me creditar, e sim tirar mesmo. A dor era minha e não dela, a dor dela que ela sentisse e verbalizasse por si só. Eu sempre fico chateada. ;) Ela tirou, aliás, até hoje todos que mandei tirar deixando bem claro que o plágio é crime e está previsto na Lei nº 9610 sobre direitos autorais tiraram. Bem, como te falei pelo Facebook hoje em dia a impunidade em relação aos crimes na internet são quase e cada vez mais nulos.
    Beijo, beijo e parabéns pelo post!
    She

    ResponderExcluir
  36. MINHA ÚNICA PREOCUPAÇÃO AGORA: NÃO LER A PARTE II...RS...
    MULHER, VC É O MÁXIMO: ENVOLVEU BLOGUEIRAS ENGAJADAS, OUVIR-LHES-Á A OPINIÃO...QUEM SABE UMA NOVA ÉTICA CONSENSUAL NASCERÁ DISSO? SEM CONTAR QUE EU LI COISAS LINDAS NOS COMENTÁRIOS, DO TIPO "SOU ARTESÃ DA PALAVRA" (ME VI NISSO E ADORARIA TER ESCRITO).
    DE TUDO UM POUCO NOS COMENTÁRIOS, MAS, POR ENQUANTO, ME PARECE NÃO EXISTIR MUITO ALÉM DO "PENSO QUE", "NA MINHA OPINIÃO" E AFINS...
    HÁ LEGISLAÇÃO CLARA OU OS PROCESSOS SÃO COISAS DE ADVOGADO ESPERTO/ NÃO POSSO PERDER A PARTE II...PELO QUE SEI DE VC, NÃO NOS DEIXARIA NO MEIO DO CAMINHO...(TENHO MEDO DE ESCURO)...UM ABRAÇO FRATERNO coisinhasdleo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  37. Elaine, saindo um pouquinho da pergunta...Qual o conceito de blog?
    Um blog é local onde se junto um monte de um mesmo/ou variados assuntos?
    Quer saber, penso que a maioria dos blogs é tudo a mesma coisa, sem identidade, sem criatividade, cópia da cópia da cópia....
    É plágio? Ao meu ver, sim, mas antes da questão jurídica passa pela questão ética e moral e cada um é quem sabe da das suas intenções, mas quem vê de fora e não vê isso como atitude correta, pensa que é falta de escrúpulos mesmo, principalmente quando gera lucro financeiro e status.
    Quem tem competência, cria, quem não tem usa a velha malandragem de levar vantagem em tudo e vou te dizer uma coisa, a coisa faz sucesso, brota aos montes estes tipos de blogs e fanpages no Face com conteúdo alheio.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  38. Elaine vc me pegou agora! Eu escrevo textos e uso ou fotos minhas ou da net! No meu blog explico que tiro de lá e que se alguém se sentir lesado me procure que retiro!
    Vou esperar a continuidade do post porque são situações muito atípicas.
    No Recanto das Letras por exemplo podem copiar meus trabalhos desde que citem a autoria, acho tudo muito complexo e sem segurança.
    Mudando de assunto, já procurei demais como encontrar este atalho seu desde janeiro de 2011 e não consegui. Já vi dele em um blog de um amigo, mas onde me explicou não achei. Gostei dele porque é mais delicado. O outro pede o perfil do google + e por enquanto não pretendo colocar, todos reclamam que fica difícil de achar o meu blog. Não sabem que é só ir em sobre afffff.
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  39. Acho que nem todos os casos são plágio, se levarmos em conta a definição do dicionário, mas todos os casos são de apropriação indevida.

    PIOR DE TUDO: Piratatia na internet. usar imagens e textos sem dar os links de origem.

    O mais constrangedor é quando fazem isso no facebook, pois preciso descurtir as páginas para não me sentir cúmplice de quem se apropriou das imagens.

    Mesmo se não souber o verdadeiro autor, não nos custa dar o link de onde vimos a ideia.

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  40. Eu já gastei muita saliva tentando fazer as pessoas entenderem que algumas fotos, especialmente de trabalhos, não devem ser expostas sem o devido crédito. Alguns acreditam que "caiu na rede é peixe" isto é, tá liberado,.
    Fiz vários posts e comentários sobre o assunto. Não adianta. Cada um quer priorizar o seu lado. Parei de falar/opinar sobre o assunto. Mas vou seguir seus posts, para aprender mais. Bjks.

    ResponderExcluir
  41. Boa noite Elaine
    Excelente post, mas vou deixar um cadinho do que acontece comigo.
    Pelo menos uma vez por semana, eu encontro blog's de culinária com exatamente tudo copiado de outros.
    Semana passada eu encontrei 6 receitas e fotos minhas num desses. Era blogspot. Reportei ao google, e para cada denúncia, 1 formulário. O google acatou minhas denuncias e retirou as publicações do blog infrator.
    Se o google fez isto, é porque estou certa na denuncia, do contrário eles nem me dariam ouvidos certo?
    Outra coisa que quero comentar, Elaine. O povo tem manida de falar que pegou foto "da net", do google, mas se esquecem que o google é uma ferramenta de busca somente, cada foto tem um link original, e este sim é que deve ser usado para dar créditos. E vou mais além... existem tantos bancos de imagens gratuitas, os quais é só se cadastrar, e baixá-las, inclusive vem até o numero de registro. Porque o povo não faz isso??? eu mesma, já baixei imagens no Dreanstime, que tem fotos lindas, e voce pode usá-las tranquilamente, sem correr o risco de ser denunciado. Já baixei tambem fotos do Shutterstock mas este, são imagens pagas. Agora, se alguem copiar uma foto, uma imagem, um vetor que eu paguei, ahhhhh vou pra cima com força e vontade rsrs
    Bom, é isso o que penso, minha querida.
    Vivo indicando seu blog viu? é óoooootimo!!
    Beijossssssss

    ResponderExcluir
  42. Desde o início dos meus blogs,uso minhas próprias imagens,pois antes de ter blog eu já tinha orkut e muitas vezes vi pessoas falando que tiveram seus trabalhos copiados e já tive um blog,hospedado pelo meu provedor de internet,que foi plagiado e não gostei nada disso.Portanto sempre tive esse cuidado e quando criei o blog http://minimundomania.blogspot.com.br,que é meu xodó,sempre usei minhas próprias fotos,aliás,bem ruinzinhas.Os textos também são de minha autoria.Não copio nada de ninguém e se faço alguma coisa inspirada em trabalhos de outras pessoas,como por exemplo as bonecas Tildas,dou os devidos créditos.Vou acompanhar esta série de postagens sobre o assunto para saber mais.Obrigada pelas dicas que sempre nos dá.Beijos.Lenira.

    ResponderExcluir
  43. Oi Elaine! Lendo os exemplos que você citou,penso que a grande maioria de nós já incorreu no erro do plágio, de uma ou de outra forma. Estou a pouco tempo nesta área e jamais copiei uma postagem de outro blog.Porém...rs rs rs, não vejo mal em fotografar, editar e postar a partir de revistas impressas e nem publicar a partir do Pinterest. Penso também que é uma questão de bom senso e esta reflexão pode nos ajudar a todos sobre esta questão.
    Um grande abraço,
    Zélia Dantas

    ResponderExcluir
  44. Sim todos esses são casos de plágio pois não fornecem fonte. Trazendo para o lado jornalistico é a mesma coisa que escrever uma materia de gaveta e vê-la publicada em uma revista de grande circulação por outro jornalista.

    ResponderExcluir
  45. Elaine, depois de ler alguns posts seus e de “proteger” o meu blog do Ctr+C, Ctr+V escrevi o seguinte texto no alto da página: ESTE BLOG É TOTALMENTE CONTRA O PLÁGIO DE TEXTOS. Todos os meus trabalhos são originais ou são feitos sobre pesquisas de trabalhos que faço referência (bem ao estilo acadêmico).
    Quanto às imagens é um pouco mais complexo. As fotos, gráficos e tabelas que eu mesmo fiz, coloco marca d’água. Imagens genéricas busco dos seguintes sites com imagens gratuitas: dreamstime, Stock.XCHNG, rgbstock, arteexpressagratis, deviantart, mas sempre coloco os créditos. Imagens tiradas de jornais, revistas e da Wikipédia, uso sempre me referindo à fonte. Capas de livros e cartazes de filme uso sem dó porque considero que estou divulgando o trabalho. Jamais uso imagens de outros blogs.
    Espero que os outros tratem os meus textos e imagens da mesma forma.

    ResponderExcluir
  46. Olá Elaine.
    Excelente postagem. Há realmente coisas que nos deixam na duvida. Nos dois primeiros casos não me parece caso de plágio. Mas a situação das caixinhas e do PAP é plágio. Quando vejo algum Pap interessante de revistas, ponho na minha tag de ideias criativas e so ponho uma foto quem quiser ver o resto tem de ir ao blog original. Nas casas utilizo apenas fotos de revistas com o link para a postagem o mesmo com fotos de moda, regra geral são de sites de criadores internacionais. Mas realmente depois de ler fica realmente a duvida até aonde vai o plágio. Uma coisa eu faço sempre os textos são escritos por mim a minha maneira se houver citações, que são muito poucos talvez uma palavras, são devidamente identificadas no meio do texto. Gostei de ler os comentários anteriores dá para pensar.
    Beijinhos grandes.

    ResponderExcluir
  47. Nossa, gostei muito do tema de hoje!!!
    Comecei meu blog ha pouco tempo e tento tomar muito cuidado com isso. Hoje mesmo postei uma foto da Nicole da novela e peguei no google... rs...
    Fotos pequnas que não querem dizer muita coisa só pra dar um charme que não sejam demonstração de um trabalho de uma pessoa, acabo colocando sem citar fonte.
    Agora quando vejo que é algo bem elaborado, que a pessoa teve o cuidado de editar , ou que exemplifica um trabalho dela e talz aí eu coloco assim: "tirei essa foto desse artigo aqui(link no aqui), desse blog aqui(link no aqui)" e as vezes eu acabo elogiando o blog e indicando pra galera que o blog também é muito legal e merece ser lido...
    Será que estou certa??
    Beijossssssssss

    ResponderExcluir
  48. "kraaaack", dedos prontos, vamos lá:

    Quando uma imagem é disponibilizada na internet e logo se espalha ao longo de vários espaços, é simplesmente impossível que haja a possibilidade de alguém "futucar" tudo até encontrar o primeiro post com a imagem e o seu dono simplesmente para perguntar se pode usá-la. A partir do momento que o "dono" da imagem reclama ou enfatiza sus direitos, por uma questão de ética, esta deve ser removida. Não por um processo, as para evitar constrangimentos. E mais, se aquela imagem foi pega de outro blog e assim sucessivamente, deve ser posto em pauta o blog de onde isso foi feito. E aí cabe ao dono do blog (tão incomodado) que procure o primeiro plagiador.

    Neste caso, há uma popularização quanto a imagem.

    Quando se trata de imagens produzidas e ligadas diretamente ao criador (artesanatos INTEGRALMENTE produzidos por certa pessoa e o mesmo para imagens, como caricaturas, esculturas e "caixinhas personalizadas")
    contudo, quando a produção é desenvolvida por outra pessoa por exemplo a caixinha foi você que FEZ mas o método de criação foi feito por outra pessoa faz simplesmente com que você não tenha o direito de cobrar. Afinal de contas... você pintou a parede de sua casa, certo, você escolheu a cor, escolheu a pincelada, mas não pode cobrar que ninguém a use como imagem decorativa já que outras pessoas também pintam.

    Quando se trata do bolo de chocolate, usar imagens decorativas também não é plágio. Não é uma fotografia propriamente dita artística, e portanto, podem existir outros bolos de chocolate parecidos ou é possível que atinja-se um resultado perfeitamente igual com outras receitas (em aparência).

    Quando trata-se de texto, aí a coisa é mais complexa por ser propriedade intelectual. Você produziu, e este não pode ser reproduzido totalmente idêntico, seguindo a reprodução parcial ainda é aceitável. O link para redirecionamento do criador do trecho citado é imprescindível.

    O texto completo e o link no fim é inaceitável, já que prejudica o verdadeiro desenvolvedor do conteúdo.

    Marcas d'água em imagens devidamente produzidas não devem ser retiradas, estas devem ser postas somente em imagens integralmente produzidas pelo blog.

    Acho que falei tudo rsrsrsrsr.

    Bem, pelo menos é esta política que uso em meu blog (http://www.umesobretudo.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
  49. Uma amiga está passando por uma situação grave de plágio. A plagiadora copiou "todo" o blog dela, imagens e texto e ainda está usando de má fé para com os leitores. Coloquemo-nos no lugar da dona desse blog plagiado, será que é justo que todo um trabalho e um nome bem construído ao longo do tempo seja difamado por uma copiadora desprezível que tem como único intuito "se dar bem" sem fazer força em cima do trabalho de outrem?

    Elaine, obrigada por todas as orientações que disponibiliza em seu blog e que tanto me ajudam na construção do meu.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  50. Vixe agora a coisa pegou, eu por exemplo posto trabalhos de artistas que fazem desenhos, pintam quadros e por ai vai, claro que coloco o link dos seus sites e etc, qto as imagens tento achar a origem mas as vezes é impossível vou pulando de blog em blog, site em site e não acho, então coloco que peguei do Google e se tiver direitos que me avisem que retiro na hora.
    Quando vou encaminhar algum post que vi para ajudar em tutoriais dou a chamada e já passo o link do blog pra pessoa ir la ver o post.
    Pra mim plágio é pegar um poema por exemplo de um blog que tem todos os dados do autor, postar no seu , sem pedir autorização e não dar credito, ou a imagem que tem direitos vc não creditar, no demais é complicado....pra ser sincera blogs 100% originais para mim só os de escritores que criaram ou os de ajuda para blogs como o seu e outros que postam tutoriais, mesmo assim se for pensar tutoriais seriam plágios? quem fez a primeira explicação?
    Agora que não sei mais nada mesmo kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  51. Olá! faço minha as suas perguntas!
    Agora quando se trata de informação onde todos tem por direito saber, como por exemplo: Informação governamentais, no qual o cidadão precisa ter ciência, não vejo problema em copiar e colar, desde que, tenha a fonte de anexo até mesmo para a averiguação dos fatos. Meu blog Educação em foco: Noticias já... é assim, ainda recebi apoio do próprio governo de SP com o prêmio Mario Covas que recebi, na categoria governo aberto, cujo o próprio nome diz (Governo aberto). Agora sobre os exemplos colocado acima por você no seu blog, sinceramente, quem faz isso é cara de pau! Principalmente quando se trata de imagens.
    Tenho um blog de vídeos do YouTube nesse caso, também não vejo problema pois estou fazendo propaganda de graça para quem quer visualização no YouTube, penso que se a pessoa postou o vídeo a publico é porque ela que que todos veem... Tou certa? Nesse caso acho que estou ajudando também. Tenho mais dois blogs com postagens de minha autoria e fico até com medo de liberar a público devido aos plágios desses cara de pau. Um dia tomo coragem e coloco a público,primeiro tenho que pegar meu diploma, pois, esse blog tem minhas redações da faculdade.
    Adorei o assunto! Abraços!

    ResponderExcluir
  52. Ai, acho que cada qual com seu cada qual, tudo tem que ser bem esclarecido, pedir liberação.

    ResponderExcluir
  53. §1º Se a violação consistir em reprodução, por qualquer meio, com intuito de lucro, de obra intelectual, no todo ou em parte, sem autorização expressa do autor ou de quem o represente, (...): Pena – reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa, (...).
    § 2º Na mesma pena do parágrafo anterior incorre quem vende, expõe à venda, aluga, introduz no País, adquire, oculta, empresta, troca ou tem em depósito, com intuito de lucro, original ou cópia de obra intelectual, (...), produzidos ou reproduzidos com violação de direito autoral.

    Até onde sei, plagio esta ligado a utilizar o produto para bem próprio, principalmente ganhar dinheiro em cima do objeto plagiado, ou seja, muitos dos casos citados nos exemplos poderiam ir para a justiça sim, porém muito provavelmente só seria pedido que retirasse ou o desuso do objeto plagiado.

    Vou pesquisar mais sobre o assunto, citarei o que encontrar

    ResponderExcluir
  54. Oi Elaine, plágio é uma coisa séria e uma doença que ataca a internet sem pedir licença. Constantemente eu sou plagiada, vez ou outra encontro blogs inteiros com textos meus e assinados por outras pessoas, mesmo que junto aos textos, exista um alerta que possuem copyright.
    Eu me dou o trabalho de todos os meses, registrar os direitos, dos textos que criei no mês anterior, mas infelizmente é impossível evitar, mas isso me garante que caso apareçam em algum livro editado, eu possa requerê-los e buscar a correção necessária.
    Dito isso, muita coisa na internet é impossível saber de quem é a verdadeira autoria, as cópias são tantas e os créditos são tão diversos, que podemos fazer injustiça. Há até textos e poemas creditados à autores e poetas famosos, os quais não são os verdadeiros criadores. Quanto às imagens, tentar descobrir o verdadeiro proprietário é mais dificil ainda, tal é a proliferação de copias não autorizadas, editadas, com marca dágua ou não. Creio que o melhor é usar o bom-senso e ambos os lados, resolverem o problema pacíficamente, por que na internet, até provar algo, é dificílimo, descobrir como localizar quem fez a cópia é quase impossível, tal é a reserva dos servidores e plataforma e exige um tempo enorme, trabalho exorbitante para juntar provas e dinheiro para tudo isso, nem se fala. Por isso que o plágio é tão disseminado, as dificuldades fazem, nesse caso, a impunidade. Reclamar a autoria é um direito e dar os créditos é um dever. Se não sabemos, deixemos em aberto, mas nunca assinar como obra pessoal.
    BJOS
    Lena

    ResponderExcluir
  55. Estou entrando agora no mundo Blogger,, ainda construindo meu perfil, e textos como esses, são realmente de grande ajuda a nós que realmente temos o dom da palavra, a nós que sabemos comentar algum assunto, com riqueza de detalhes, com opiniões próprias, teorias, enfim...
    Já aconteceu isso comigo no Facebook! Estou sempre escrevendo textos, a respeito de vários assuntos que acho relevantes e tal...Um dia entro, e tem uma mensagem de uma ''amiga virtual'', dizendo que não resistiu e postou o meu texto em seu Facebook, e eu em resposta, disse que era só ela compartilhar, e tudo bem! Só que de curiosidade, fui até ao seu perfil, e lá estava meu texto, colado, sem nenhuma indicação da minha autoria! Postei na mesma hora nos comentários, que ela devia ter colocado, que fui eu quem o escreveu! Mais tarde entro, e lá está ela dizendo que eu devia ter feito aquele comentário ''gravíssimo'', por privativo!! É muito ''cara de pau''! Se ela mesma disse que era gravíssimo, então ela tinha bastante noção da falta de ética que estava cometendo! Para piorar, ainda se deu ao ''luxo'' de me bloquear!! Daí, postei comentando aos amigos, o que tinha ocorrido, e pedí que caso gostassem dos meus textos, que ''por favor'' compartilhassem, e não copiassem para colar em seus posts! Então, foi muito bom ter achado aqui suas pesquisas, para prevenção desse ato inescrupuloso! Abraços! A propósito, como estou aprendendo agora a entender html, fica difícil para eu alterar os códigos, mas vou procurar alguém ensinando como fazer para bloquear cópias do meu também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beth, eu acho o máximo isso de dizer que 'não resistiu' e copiou.
      Quer dizer que se tal pessoa vir um vaso de rosas na porta de uma casa ela não vai resistir, vai colher algumas rosas e levar pra enfeitar a sala dela?
      É assim que funciona? Eu, hein...


      Aqui no blog tem alguns códigos de bloqueio.
      Aqui:
      http://www.elainegaspareto.com/2013/05/aprenda-bloquear-o-blog-contra-copias.html

      Espero que ajude.
      beijos, obrigada pela partilha.

      Excluir
  56. Olá boa tarde! Muito interessante o tema sobre você abordado! Sou autor de blogs, na verdade tenho 4; sendo que na verdade um é sobre desenhos de minha própria autoria. abaixo dos desenhos sempre coloco, ! fonte: o autor", me referindo ao desenho, e termino com um pequeno texto a respeito do mesmo!
    Já os demais, eu apenas escrevo ( Contos, crônicas, soneto e Poesias), todos de minha autoria; no entanto, para melhor ilustrar-los, eu copio imagens do Google e, ao contrário do primeiro, eu nunca coloco em baixo das imagens copiadas, nunca faço referência ao Google como "dono" da imagem. assim, baseada no seu post, gostaria de saber sua opinião e dos demais colegas blogueiros, se isso é plágio? outra coisa, tenho outro blog em outras páginas, e com outros públicos alvo, lá vez por outra publico o mesmo texto, estarei eu plagiando a mim mesmo, sendo que me dos, eu não uso meu nome e sim um pseudônimo, mesmo assinando em baixo do mesmo o meu nome completo?
    Em suma, gostaria por obséquio que a nobre colega e demais amigos blogueiros me tirassem essa dúvida, bem como me ajudasse, dando-me dicas de como poderei proceder, caso em alguns desses caso eu corra o risco de estar sim, fazendo, ainda que não intencionalmente plágio!
    sem mais para o momento, agradecendo desde já a colaboração, abraços, e até a próxima!

    Adilson Adalberto

    ResponderExcluir
  57. Eu escrevo poemas, e livros. Tenho medo de postá-los em meu blog. Mas decidi que, se tiverem que plagiar algo que eu faço, é porque meu talento é invejável! Por isto, vou começar a postar o que já fiz há muito tempo! Mas foi bom ler seu blog, e aprendi um pouco mais sobre plágio! vlw ^^

    ResponderExcluir
  58. Oi! Tenho um blog basico da blogger (blogspot) sobre viagens, nao ganho dinheiro com ele. Uma pessoa criou um site (wordpress) com o mesmo titulo do meu blog. Há como entrar com acao contra a pessoa? Meu blog eh mais antigo, mas nao tenho copyright (o blogspot tem copyright automatico?? )

    ResponderExcluir
  59. Olá Elaine, meu blog é tipo de noticias, o que eu faço? Sendo que não tenho fotografos pra tirar as fotos pra mim. Naqueles bancos de imagens sem direitos autorais que você publicou um post, não tm as imagens que eu procuro, tipo eu fiz um post do rock in rio e as imagens não são minhas

    ResponderExcluir
  60. O mais correto é entrar em contato com o autor e pedir sua autorização. Na maioria das vezes o autor vai permitir desde que vc dê os créditos a ele.
    No meu caso, não foi um artigo e sim uma ilustração minha: http://azulzinhonoticias.blogspot.com.br/2013/01/vane-e-o-capitao-amnesia.html
    O cara uso meu personagem sem minha autorização e sem me dar os créditos. Ainda cortou a imagem onde tinha minha assinatura. Vc pode ver o original aqui: https://cabecascaninas.wordpress.com/2010/02/14/capitao-amnesia-novo-quadro-de-humor-para-radios-e-novas-midias/
    Entrei em contato com ele, de forma gentil, e pedi para retirar e ele disse que não ia. Mostrei até o registro do personagem na Biblioteca Nacional e ele deu risada.
    Já o denunciei no Google e estou aguardando.
    Mas se alguém quiser usar algum desenho meu num artigo, é só entrar em contato comigo que na maioria das vezes autorizo, dando os devidos créditos (ou pelo menos não cortando minha assinatura). Menos alguns em meu portfólio que foram trabalhos cujo cliente pagou pelos direitos exclusivos de uso.

    ResponderExcluir
  61. Eliane, por favor, me ajuda!
    Estou super agoniada com o que acabei de ver.
    Tenho meu blog completando exatamente um ano hoje, registrado no Registro.br, e acabei de ver que fizeram um blog com o mesmo nome que o meu e o a única coisa que diferente é que o meu é .com.br e o dela só .com.
    O meu - http://www.vamossersinceras.com.br/
    O dela - http://www.vamossersinceras.com/

    O que que eu faço? Por favor me orienta, me ajuda!
    Tem como denunciar e fazer ela mudar o nome?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vivianne, boa tarde
      Não há o que fazer.
      São dois endereços web diferentes, não é plágio porque são diferentes e nome fantasia não é considerado plágio.
      Esse é o motivo de eu ter registrado as variações de meu domínio, tenho ambos, o .com e o .com.br
      Infelizmente não há o que fazer...
      Sinto muito, mas como essa pessoa registrou o domínio pertence à ela...

      Excluir
    2. Isso é falta de criatividade. Se eu vejo um nome que já tem procuro pensar em outro porque acaba dividindo tráfego, eu acho. Uma sugestão que tive é vc colocar um selo de oficial, como no twitter. Não sei se ajuda muito se a outra colocar também. Aí eu sugeriria entrar em contato com ela para mudar o domínio para "vamos ser autênticas". :D

      Excluir
    3. Leo, anos atrás meu blog se chamava Um pouco de mim.
      Daí achei 2 outros com o mesmo nome e só não foi o mesmo endereço porque é meu nome, né?
      Mas infelizmente acontece mesmo...

      Excluir
    4. Pior que até o template é parecido. Deve ser uma fã da Vivianne. :P
      É, tem que usar criatividade pra nome. Poderia ser Um tequinho de Elaine, Um bocadinho de Elaine. É um pouco comprido o nome, mas as pessoas sabem que é seu. :)

      Excluir
  62. Ai meu Deus, não acredito nisso! W ai ficam duas paginas com os nomes igual só diferente domínios?
    E a página do Facebook, posso fazer alguma coisa?

    Olha, acabei de lembrar que quando fiz a pagina no blogger, fiz uma tb no Wordpress e que está lá, é https://vamossersinceras.wordpress.com/ isso muda alguma coisa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente sim, e até o template é parecido, né?
      Sinto muito, Vivianne...
      Ter no WP é bom, preserva o endereço mas não muda nada.
      Uma dica: experimente falar com a menina, com calma, racionalmente.
      Não creio que vá adiantar, mas argumentar o que o Leo acima disse talvez ajude.
      Mas eu, como disse, não creio que ela vá desistir... mas se te tranquiliza experimente...
      Infelizmente não sei se vai adiantar ou se você não vai ficar mais estressada...

      Excluir
    2. Muito boa a ideia do "Vamos ser Autênticas", Léo! Rs rs
      Eli, o nome é idêntico, o template parecido, o cabeçalho do template e do Facebook quase iguais... É muita falta de criatividade né? Não vou negar que estou arrasada e que isso acabou c o meu dia, mas mandei um email pra ela dizendo que eu percebi que ela adorou meu blog, mas colocar o mesmo nome e até a escrita do cabeçalho colocar quase igual, é muita sacanagem.
      Ela não me respondeu ainda, nem sei se vai né!
      Pensei em denunciar a página dela no face, sei lá, to tão chocada que nem sei o que fazer, mas agradeço imensamente a paciência, o retorno e o apoio.
      Gde beijo

      Excluir
    3. O da Vivianne ainda tem mais tráfego que o da outra. Acho que por estar a mais tempo e por ser .br. Brasileiros acabam caindo no seu.
      .com funciona mais internacionalmente.
      Eu não me preocuparia tanto. Só continuar postando conteúdo relevante pras pessoas para que seu blog se destaque mais. E se tiver canal no Youtube ajuda também, já que não podem ter 2 com o mesmo nome. ;)

      Excluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…