Setembro 2013 - * Blog Elaine Gaspareto *

O que é mesmo plágio? Continuação do (debate) artigo anterior

em 27/09/2013


No começo de setembro (como o tempo voa...) eu publiquei um artigo com algumas perguntas e questionamentos sobre o que é e o que não é plágio.
Relembre aqui::
O que é e o que não é plágio no mundo dos blogs?

Foi uma das postagens mais acessadas dos últimos tempos, chegou a mais de 5 mil acessos únicos desde a publicação. E cada comentário postado acrescentou algo ao assunto, levantou outros pontos, e me fez ler ainda mais sobre o tema.

Conforme eu prometi no artigo vou desenvolver mais um pouco o assunto, com base nos comentários e sobretudo nos questionamentos que deixei na primeira parte desse artigo.
Claro que não pretendo esgotar o tema, seria impossível dada a quantidade de comentários.
Então nessa 2ª parte vou focar no quesito imagens, tá?

Vamos por tópicos, tá?
Vem comigo!

Antes de mais nada, qual a definição de plágio?

Vou responder com base no que diz a lei, no que diz o dicionário mas focando/adaptando ao mundo dos blogs, ok?
Explico isso porque plágio com foco no mundo acadêmico, por exemplo, tem outra abrangência.
Meu foco, aqui, são os blogs, e por extensão, fanpages que em geral são vinculadas a blogs e/ou lojas virtuais.

Em palavras simples:
Plágio é o ato de assumir como sua a criação de outra pessoa. Seja essa criação uma receita, uma foto, um texto, uma poesia, um post.
Se não foi você que fez e ainda assim posta em seu blog como se fosse seu ou dando a entender que foi você que fez, então isso é plágio.

Mas nem tudo o que postamos em nosso blog, que não foi feito ou escrito por nós, é classificado como plágio.
Há o que chamamos contrafação.

Contrafação

Caso você poste uma foto, receita, texto completo ou trechos dele, passo a passo de artesanato ou de maquiagem e ao final da postagem coloque o link dizendo de onde retirou o material não é plágio.
Mas ainda assim é errado.
Chama-se contrafação. E é errado, caso o autor do texto ou dono da imagem não tenha autorizado clara e expressamente.

E para o Blogger e Wordpress a punição é a mesma: caso seja denunciado e a denúncia aceita seu blog será notificado, seu post revertido para rascunho ou deletado.
E se houver reincidência seu blog pode ser deletado e sua conta Google/Blogger suspensa ou excluída.
Se você usa o Adsense para monetizar seu blog ele será cancelado.
Sim, acontece sim.

Mas isso não é o pior.
Para mim o pior é a fama de ladrão de conteúdo. Essa, uma vez que pega, gruda quiném cola do rótulo azul...
Acredite em mim: sempre, sempre, sempre alguém descobre se um passo a passo for plagiado. Se fotos com direitos autorais forem postadas em outro lugar, se um texto for plagiado sempre as pessoas saberão.
E se o dono fizer barulho o prejuízo à reputação de quem plagiou pode ser irreversível.

Resumindo:
Não tem link para o post de origem, e dá a entender que foi feito pelo dono do blog que copiou e colou: é plágio;
Tem link, mas foi todo feito na base do Crtl+C Crtl+V é contrafação.
E são passíveis da mesma punição pelo Blogger, Facebook e WP.


 Diante da explicação mais técnica, vamos relembrar os exemplos que dei no post anterior:
(para entender você precisa ler o artigo http://www.elainegaspareto.com/2013/09/o-que-e-e-o-que-nao-e-plagio-no-mundo-dos-blogs.html)

Exemplo 1:
Nesse caso não há plágio, nem mesmo contrafação. Um bolo de chocolate, como citado no exemplo, é algo que devido à forma, se torna impossível de creditar. A menos que tenha algo realmente inovador e extremamente característico em sua composição.

Exemplo 2:
A foto do bolo de laranja foi feita por alguém. Trata-se de uma foto pessoal, real. Se deseja usar, peça. Se não pedir e não linkar de onde tirou é plágio, uso indevido de imagem.Se linkar e usar sem autorização é uso indevido de imagem.

Exemplo 3:
Plágio. Sem mais. Já perdi a conta de quantas artesãs conseguiram que o Elo 7 e o Facebook retirassem imagens que estavam sendo usadas como 'meramente ilustrativas'.
Se não fosse errado porque as plataformas entrariam em ação???

Exemplo 4:
Plágio por uso indevido de imagem.
Não é homenagem, é apropriação indevida.
Não me questione, questione o Blogger, WP e similares.
Com ou sem link, se a denúncia for feita e aceita o blog infrator será punido.

Exemplo 5:
Se a foto é pessoal, está com link e foi usada sem autorização, é contrafação. Se está sem link é plágio. ambos os casos são passíveis de punição.
Mas nesse caso eu acredito que deva prevalecer o bom senso.
Pergunto: o que vale mais: uma imagem ou um link?
Se é apenas 1 foto que esteja sendo usada para ilustrar um artigo, mesmo que sem autorização, acho que vale como divulgação. Desde que contenha o link para o blog de origem.
Sejamos sensatos, concorda?
Nem sempre é preciso fazer um cavalo de batalha.
Às vezes a divulgação do blog da gente é mais importante do que levar tudo ao pé da letra...

Exemplo 6:
Plágio, claro e óbvio. Falta de ética, falta de bom senso e sobretudo desonestidade.
Sim, desonestidade, já que copiar o trabalho dos outros e receber elogios é muito feio...
Deve ser denunciado.


Agora quero usar alguns dos comentários do post original para desenvolver temas que podem ajudar mais pessoas a compreender melhor o assunto:

Rosana Costa comentou que acreditava que as fotos encontradas via Google Imagens estavam 'libertas" dos direitos autorais. Ela percebeu que não é assim, e passou a creditar.
Ela está certa em creditar, embora eu ache que sempre que possível é melhor pedir autorização ou melhor ainda, ter suas próprias fotos. Me refiro a fotos pessoais, claro.
Quando se trata de ilustrar um post penso que deve prevalecer o bom senso. Não faça com os outros o que não quer que façam com você.

Sempre que buscamos uma imagem no Google, ao encontrar, aparece essa tela:
Pesquisei na internet, via Google Imagens, por 'latinhas encapadas com tecido'.
Os primeiros resultados foram do blog da Neli, o lindo (eu que fiz) Caprichos by Neli.

Se você prestar atenção verá o aviso:
As imagens podem ter direitos autorais.
Isso quer dizer que se você quer usar as fotos deve pedir ao dono delas. Ou linkar corretamente, deixando claro que a foto não é sua, que não foi você que encapou as latinhas.

E compartilhar uma foto, com link, tudo bem. A gente fica muito feliz quando divulgam um post nosso. Pra mim nem precisa pedir, basta avisar pra eu ver e ficar feliz.
Eu fico radiante!!!

Mas ir ao blog e copiar o post todo, e somente ao final colocar um link não pode.
Não, não pode.
Não mesmo.
De jeito nenhum.
Tá?
Sem link, então... é crime, é feio, é bobo e você queimará o próprio filme se fizer.

A Juliana Medeiros pergunta se mesmo creditando as imagens ainda está errado.
Minha opinião: nem sempre dá pra saber quem é o dono de fato da foto. Se ela tiver marca d'água dá pra saber, mas se for ilustração não dá. desenhos, gifs, etc, também não dá.
Então minha dica é: se for possível creditar, faça-o. Se não for, credite de onde pegou: Flickr, Pinterest, We Heart It, etc

A Malu Machado pergunta se ao colocar parte de um texto na fanpage dela, seguido de uma descrição sobre o autor e o link para o blog dele seria errado, já que ela usa trechos de textos de outrem para promover a própria página.
Minha opinião: se o dono do texto é avisado, se é apenas um trecho e não textos inteiros e sobretudo se tem o link, deixando claro que o texto não é dela, então é certinho, na verdade é uma forma de divulgação muito bem-vinda.

A Pandora encontrou um tipo de plágio muito complicado de provar:
A pessoa pegou a resenha dela, cortou, editou, e postou como sendo própria.
Mas aviso que, embora mais difícil de provar, não é impossível. Se houver uma correspondência de 50% (salvo engano) entre o texto original e o plágio Blogger e WP acatam a denúncia.

E aí entra a regra de ouro, citada pela Cynthia:
Se eu encontro um texto ou foto minha postada sem meu consentimento em outro blog e faço a denúncia e esta denúncia é acatada, então quem está certo?
Pelos Termos de uso do Blogger o denunciante está certo. Se não fosse assim por que Blogger, Facebook, Wp, etc dariam ouvidos e entrariam em ação?

Vale lembrar que tanto Blogger quanto WP seguem as leis dos EUA, a DMCA (Digital Millennium Copyright Act), por isso não importa o país de onde a denúncia surja, a lei a ser seguida será sempre a americana. E ela é rigorosa.



Para encerrar essa parte eu quero citar as palavras da Jussara, do blog Palavras Vagabundas:
"... antes de ser plágio ou não o que falta é educação mínima, onde tudo pode ser pego e usado, como se a internet fosse a terra de ninguém.".
Concordo muito com essa fala, ela resume bem o que penso.




Farei uma 3ª parte, para falar mais especificamente dos textos e tutoriais. E também quero falar sobre o motivo pelo qual não devemos autorizar que nossos textos sejam repostados em outros blogs.
É ´serio isso, pode crer!

Ah, e também quero te contar como eu agi quando fui punida pelo Blogger devido à uma acusação de plágio.
Sim, eu fui mesmo denunciada e punida.
No próximo artigo eu te conto tudinho.
Sim, eu conto, pode esperar!
QUERO LER O POST COMPLETO

Salada de macarrão fácil, rápida e deliciosa

em 24/09/2013

salada de macarrão fácil, rápida e deliciosa

Primavera chegou, e com ela um calor intenso.
Tá quente aí?
Que tal uma salada de macarrão fácil, rápida e deliciosa pra refrescar?
Vou te contar como fiz essa da foto.
Para começar cozinhe em água e sal 500 gramas de macarrão parafuso. Se tiver daquele tricolor fica lindo.



Enquanto a água ferve e a massa cozinha prepare os demais ingredientes:
200 gramas de presunto fatiado e cortado em cubos para ficar bem fininho
cheiro verde bem picadinho, à gosto
3 tomates picadinhos em cubos
1 cenoura sem a casa ralada no ralo grosso
200 gramas de palmito picado
meia lata de ervilhas, caso goste
suco de 1 limão grande
250 gramas de maionese, daquela bem boa
Sal para ajustar caso precise

Depois que a massa cozinhar (al dente) escorra-a e deixe esfriar bem.
Em uma vasilha grande coloque a massa cozida, e todos os ingredientes.
Esprema o limã por cima e misture muito bem, até incorporar os ingredientes.
Leve para gelar antes de servir.
Fica uma delícia!
De tudo que eu faço este é o prato favorito do meu cunhado, marido de minha irmã. Fiz sábado para ele...
Tão bom, né? Cozinhar para a família da gente...
QUERO LER O POST COMPLETO

Esmaltes, plantas, um arranjo e 41 anos

em 21/09/2013

Dia 15 de setembro eu completei 41 anos.
Nesses 5 anos de blog (o blog aniversaria dia 28) foi a primeira vez que não senti vontade de festejar aqui, de fazer post contando minhas impressões e sentimentos.
Reflexo de um momento pessoal muito particular.

Mas isso não quer dizer que eu não tenha comemorado, de modo diferente, mas claro que comemorei.
Li cada recadinho amoroso no Facebook, cada mensagem, cada email.
Me emocionei e agradeci à Deus por cada desejo de felicidade que chegou até mim!

E entre os presentes que ganhei está esse arranjo de flores.
Olhe bem:


Aqui, em detalhes:

Esse trabalho incrível é feito em E.V.A. por uma artesã aqui da minha cidade.
Ela expõe as peças na feirinha que começou a funcionar recentemente na cidade. A feirinha é tão legal e divertida que vale um post só pra ela.
Eu nunca tinha ido em uma feira, e agora vou todo domingo, é uma delícia!
E no domingo do meu aniversário marido me deu esse arranjo.

E como eu queria exibir meu presente pedi pra minha irmã pintar minhas unhas de lilás, mas um lilás quase roxo.
Olha que lindeza:



Aqui, mais de perto, em foto com filtro pra deixar mais bonita e suave:



Abaixo a mesma foto, sem filtro algum:


 Aqui na luz natural:


O esmalte que usei, você não vai acreditar, mas custou apenas 1 real.
É este:

Chama-se Star Night e a cor é a Luana.
Nunca tinha visto, mas queria testar e achei a cor linda, do tom que queria.
Como uso uma vez e depois passo para minha sobrinha, valeu o 'investimento'.
Cobre bem, não sei se dura.
Mas 1 real, né?

Como meu aranjo não é uma planta de verdade separei essa florzinha pra completar:

Quer ver mais plantas e esmaltes?
Clica aqui, ó:






QUERO LER O POST COMPLETO

Ateliê Masan Arteira- tudo para suas artes em E.V.A.

em 19/09/2013

Oi, gente!
Quero apresentar à você uma loja que personalizei recentemente na plataforma Divitae.
Trata-se de uma loja com tudo o que você, que trabalha com e.v.a., precisa para confeccionar suas peças.
Como eu não sou entendida no assunto artesanato pedi pra Edna Masan, dona da loja, falar um pouco sobre o que ela comercializa.
Como vocês, Lojinha Masan, nas palavras de sua proprietária, Edna Masan:

Ateliê Masan Arteira é uma micro empresa especializada na arte em EVA desde 2008.

Trabalhamos com artes prontas para decorações, lembrancinhas e presentes, em temas de personagens e personalizadas a seu gosto.
Também trabalhamos com cursos, apostilas e dvd's nos mais variados temas.

 LANÇAMENTOS 2013
Personagens personalizados, lembrancinhas e decoração

 E à partir de 2012 iniciamos a inclusão de vários produtos como matéria prima e ferramentas voltados para este mundo mágico do artesanato!


 Você encontra conosco tudo para seus trabalhos, especialmente os trabalhos em e.v.a.

Comercializamos também os kits "FAÇA VOCÊ MESMO" para suas peças em e.v.a., contendo a matéria prima, moldes e recortes que voce utilizará na montagem da peça escolhida:


Caso prefira também temos as partes avulsas já recortadas, tudo para suas peças em e.v.a. 3D, fofuchas, mini fofuchas, etc...
Tudo para facilitar seu trabalho!
Temos como princípio atender as necessidades de cada cliente com comprometimento e agilidade, oferecendo somente produtos de altíssima qualidade para sua total satisfação...


Faça-nos uma visita...

Se você já conhece e trabalha com o e.v.a. vai se deliciar com tudo que há na loja para te auxiliar!

E se você ainda não conhece, venha conhecer e quem sabe encomendar sua peça pronta para uma ocasião especial ou quem sabe até entrar para o mundo da arte em e.v.a. !!!
Com certeza vocêvai amar cada detalhe...

Espero sua visita...

Para conhecer o trabalho desenvolvido pela Edna você pode acessar a loja clicando no logo abaixo:

QUERO LER O POST COMPLETO

Personalizar os títulos dos gadgets

em 18/09/2013

Hoje vou partilhar com você uma dica simples e bem facinha de fazer: colocar fundo em seus títulos dos gadgets,
Assim, como eu uso atualmente (09/2013):


Para começar acesse a aba Modelo de seu blog, e a seguir clique em Editar html.
Dentro da caixa de código tecle Ctrl+F e na barra de busca que abrir procure por isso:

h2 {

Essa é a tag que define a aparência dos títulos dos gadgets.
Caso você nunca tenha personalizado essa parte estará assim:

 h2 {
font: $(widget.title.font);
color: $(widget.title.text.color);
}

Agora vou ensinar o básico para personalizar.
Veja os códigos:

Centralizando o título:

 h2 {
font: $(widget.title.font);
color: $(widget.title.text.color);
text-align: center; 
}

Colocar uma cor de fundo:

 h2 {
font: $(widget.title.font);  /*fonte do título do gadget*/
color: $(widget.title.text.color);  /*cor da fonte*/
background: #000;  /*color de fundo*/
}

Arredondando as bordas do fundo:

 h2 {
font: $(widget.title.font);
color: $(widget.title.text.color);
background: #000;
 -moz-border-radius: 3px;
-webkit-border-radius:3px;
-goog-ms-border-radius: 3px;
border-radius:3px;
}

Sendo que 3px é o ângulo de arredondamento. Quanto maior o número mais arredondado fica. Mantenha o mesmo número nas 4 ocorrências pois cada uma delas é um filtro para os diferentes navegadores.

Colocando imagem ao invés de cor:

h2 {
font: $(widget.title.font);
color: $(widget.title.text.color);
background: transparent url(ENDEREÇO DE SUA IMAGEM) center no-repeat 
height: 50px; /*altura da imagem*/
width: 200px;  /*largura da imagem*/
}

Você pode colocar faixinhas, por exemplo. Basta saber o tamanho dela e hospedar para obter a url da imagem.
Sugestões de imagens:








 Caso queira colocar uma imagem tipo papel amassadinho, por exemplo, troque no-repeat por repeat no código e mantenha os valores em height e width.

Colocando sombra no texto do título:

 h2 {
font: $(widget.title.font);  /*fonte do título do gadget*/
color: $(widget.title.text.color);  /*cor da fonte*/
background: #000;  /*color de fundo*/
text-shadow:0px 1px 1px #fff; /*cor e inclinação da sombra*/
}


Veja como ficaria o código completo, com fundo vermelho:

h2 {
font: $(widget.title.font);  /*fonte do título do gadget*/
color: $(widget.title.text.color);  /*cor da fonte*/
background: #ff000b;  /*color de fundo*/
text-shadow:0px 1px 1px #fff; /*cor e inclinação da sombra*/
 -moz-border-radius: 3px;
-webkit-border-radius:3px;
-goog-ms-border-radius: 3px;
border-radius:3px;
}

E aqui o código completo, com a faixinha verde:

h2 {
font: $(widget.title.font);  /*fonte do título do gadget*/
color: $(widget.title.text.color);  /*cor da fonte*/
background: transparent url(http://3.bp.blogspot.com/-9qSzwQLCQME/UhfxRyrdrRI/AAAAAAAAuXQ/XUmtp_3gk7s/s1600/popular-smaller-2.png) center no-repeat;
height: 49px;
width: 262px;
text-shadow:0px 1px 1px #fff; /*cor e inclinação da sombra*/
 -moz-border-radius: 3px;
-webkit-border-radius:3px;
-goog-ms-border-radius: 3px;
border-radius:3px;
}


Copiar os códigos

Agora é com você!
À partir desses códigos básicos você pode mudar, colocar outros tipos de imagens, colocar bordas, etc.
Não há limite!

Gostou?
Clica em curtir!
Eu agradeço!
QUERO LER O POST COMPLETO

Modelo pronto para personalizar os comentários do blog

em 17/09/2013

 Alô, leitor!
Trouxe hoje mais uma opção de modelo pronto para você que deseja personalizar e numerar os comentários de seu blog.
Sim!
Este modelo é especial, pois além de personalizar ele numera automáticamente todos os comentários do blog.

Depois de feito o resultado será exatamente esse:
Atenção!
Tutorial para os templates do Design de Modelo do Blogger.
Caso seu template seja modificado, externo ao blog ou se sua área dos comentários tiver sido muito alterada será preciso testar antes.

Para colocar em seu blog, exatamente nessas cores, desse jeitinho, é muito simples:
Acesse a aba Tema de seu blog.
Clique em Editar html.
Dentro da caixa do código tecle Ctrl+F e na barra de busca que expandir digite ]]></b:skin>  e tecle Enter para localizar.
Acima de ]]></b:skin> cole o código:


Copiar o código


Mais dicas:
⇒ Caso um dia queira alterar ou reverter basta apagar o código inserido.
Aqui tem uma tabela de cores para você usar e escolher as cores que desejar.
⇒ Para que a personalização funcione é preciso que seus comentários sejam do tipo Incorporado, ok?


Muito importante!
Por favor não republique esse tutorial em seu blog.
Se gostou e crê que seus leitores podem gostar indique com um link direto como chegar até aqui.

QUERO LER O POST COMPLETO

O que é BlogLovin? Como usar?

em 13/09/2013

Desde meados de 2013 o Google desativou os serviços do Google Reader.
Para quem lê muitos blogs foi uma péssima notícia pois o serviço era o melhor leitor de feeds que havia.

Clique aqui e leia o que escrevi sobre o Google Reader

Mas então que acabou e de repente ficamos orfãos de leitores de feed.
Houve então uma corrida para outros serviços e eu testei alguns antes de falar sobre o assunto de novo.
Para não ficar complicado e extenso vou falar hoje sobre o BlogLovin, que é o que eu uso no momento.
Para começar:

O que é BlogLovin?

BlogLovin é um leitor de feed. Vou explicar dando exemplo, tá?
Imagine que cada blog que você lê é uma revista. Existem revistas de culinária, de artesanato, de variedades, de informática.
Imagine que cada revista dessas é vendida em uma banca diferente.
Então você, para ler todas, tem que ir de banca em banca para comprar a revista que quer ler. E isso todo dia que sai edição nova...

Agora imagine como seria mais simples se um jornaleiro esperto resolvesse juntar numa mesma banca todas as suas revistas preferidas... E ainda viesse de van até sua casa, todo dia, trazer as novidades para você escolher o que quer ler.
E sem cobrar nada pelo serviço.
Seria perfeito, né?
Pois é isso que um agregador/leitor de feed faz. É isso que, resumidamente, o BlogLovin faz.

Como usar o Bloglovin?

Para se cadastrar é muito simples:
Acesse essa página:
Nela você verá que existe a opção de se cadstrar por email ou usando sua conta do Facebook.
Escolha qual prefere e clique no botão correspondente.

Se for pelo email basta colocar as informações pedidas e se cadastrar clicando em Sign up. Você receberá um link de confirmação em seu email, basta clicar nele para ativar.

Se optar por usar sua conta do Facebook o processo é o seguinte: basta ir aceitando o que a tela pede e ao final inserir sua senha do Facebook.
Eu preferi por email.

Depois do processo de inscrição completo você verá esta tela:

Os blogs que aparecem são sugestões pois para começar você precisa seguir ao menos 5 blogs.
Mas claro que não precisa ser nenhum desses sugeridos. Use a barra de pesquisa para colocar o endereço do blog que deseja seguir.

Para testar coloque http://www.elainegaspareto.com
Aparecerão 3 endereços, que são meus blogs públicos que usam o meu domínio.
Aproveite e siga!

Pesquise outros e vá clicando em Follow.
Quando completar 5 aparecerá a opção Next ao final da página.Clique nela.
Aparecerá uma lista com seus amigos do Facebook que possuem perfil no BlogLovin. Você tem então a opção de segui-los.
Clique em Follow naqueles que desejar. Se quiser pode pular essa etapa e clicar em Next.

Se você estiver usando o Chrome abrirá essa página:

Ela permite criar um ícone em seu Chrome que facilita, e muito, seguir blogs pelo BlogLovin. Ao instalar o ícone ele permite que você siga blogs apenas clicando no ícone, muito fácil. Basta clicar em Install now e a extensão será instalada no Chrome.

Não há esse recurso para o Firefox.
No Internet Explorer também não há extensão disponível. Só mesmo no Chrome, por enquanto.

Caso você tenha o arquivo com o backup dos dados de seu falecido Google Reader pode importar todas as incrições para o BlogLovin. Faça isso clicando em Settings, que aparecerá quando você passar o mouse sobre seu ícone de perfil.
Assim:
Clicando em Settings você configura seu BlogLovin como desejar.
Não há opção de usar o português como idioma.
Se não tiver backup dos dados do Reader aproveite para começar do zero, seguindo apenas blogs que realmente leia.
Ao seguir um blog você pode colocar cada um deles em grupos. Eu, por exemplo, tenho alguns grupos, ou pastas: Variedade, Metablogs, Culinária, e por aí vaí.
Para fazer isso basta definir o grupo no qual quer colocar cada blog quando for dar Follow.
E se um dia deixar de se interessar por algum blog basta dar Unfollow. Simples e indolor.

Quando cadastrares teu blog no BlogLovin podes inserir nele um ícone, como esse que eu uso, por exemplo:
Follow on Bloglovin

Follow on Bloglovin

Aproveita e segue aí!
Para achar o ícone que melhor se adapta ao seu blog clique em BlogLovin Button, na mesma janela do seu perfil. Escolha qual deseja e cole como gadget html em seu blog.

Essa é a minha alternativa ao fim do Google Reader.
Você usa?
Gosta?
Se usar  me diz e eu adiciono seu blog ao meu BlogLovin!
QUERO LER O POST COMPLETO

Canecas de acrílico- para você comemorar!

em 10/09/2013

Entre amigos e parentes você pode comemorar todos os dias pelo simples fato de estar entre eles!
Sendo assim todos os dias temos motivos para brindar, pelo simples e soberano dom da vida.


Por isso comemore sempre, pois manter-se alegre atrai mais conquistas para o seu dia.
Comemore!
A palavra comemorar significa memorar junto, ou seja, lembrar junto.
Comemore junto às pessoas que você gosta, sempre!

Por isso nós da Brindecef, pensando em momentos como estes, produzimos as canecas de acrílico mais lindas para você, canecas de acrílico personalizadas de acordo com seu gosto e com seu evento!

Compre para sua comemoração canecas de acrílico personalizadas para sua festa, para sua recordação e de todos que presenciaram esse momento.

Nossa empresa fabrica canecas de 300 ml e 400 ml nas cores translucidas e opacas.
Temos as seguintes canecas disponíveis:
  1. brilha sob luz negra: verde e laranja 
  2. translúcidas: vermelha, cristal, rosa, azul, amarela, violeta
  3. opacas: branca, preta, rosa, lilás, azul
*Atendemos revendedor e cliente final ou seja: comercializamos no atacado e no varejo.

As canecas de acrílico podem ser utilizadas em diversos eventos, como noivados, casamentos, aniversários, formaturas, blocos de carnaval, comitivas, entre outros tipos de festas.

Entre em contato conosco e peça um orçamento sem compromisso!
Visite nosso site para conhecer mais produtos e obter mais informações:

www.canecasdeacrilico.org



QUERO LER O POST COMPLETO

Pessoas que inspiram: Clau Finotti e as Fadas Madrinhas

Há uma categoria aqui no blog chamada Pessoas que inspiram.
Ela anda em slow blogging porque antes de falar e expressar admiração por alguém eu tenho querido me certificar do que estou postando, já que há muita decepção também virtualmente.

Até hoje postei 2 artigos, sendo que ambos com o passar do tempo só me fizeram ter ainda mais certeza da admiração e inspiração.
Clique aqui e reveja as pessoas iluminadas e inspiradoras que por aqui deixaram sua marca

E hoje eu trago para apresentar à você mais uma dessas pessoas inspiradoras e que, creio eu, você gostar de conhecer.
E não é só uma pessoa, mas sim um ideal, um projeto que pode fazer a diferença em muitas vidas.
A começar pela sua vida. Pela minha vida.
Porque, ao contrário do que muitas vezes pensamos, ajudar, ser solidário e agir em favor do outro tem benefícios primordialmente para quem ajuda, para quem faz!
Com você:

Pessoas que inspiram: Clau Finotti e as Fadas Madrinhas


Conheci a Clau há uns 4 anos, eu acho. Fizemos contato, descobrimos algumas semelhanças e afinidades e um dia eu vi que ela fazia aniversário perto de mim. E descobri que ela pedia presentes, olha que atrevida!
E pedia brinquedos... que moça estranha...

Calma, eu explico: o aniversário era dela, mas os presentes eram para crianças de creches na região de Itumbiara onde ela morava.
Tratava-se do projeto Fadas Madrinhas, que tinha como objetivo juntar brinquedos e recursos para fazer uma grande festa para as crianças.

Mas deixa eu te apresentar a Clau.
Ela, por ela mesma:


Eu sou a Claudiene, ou simplesmente Clau. Prestes a completar quarenta anos, me sentindo com 15 para sempre. Tenho um casamento feliz de quase dez anos, ainda sem filhos.

Uma servidora pública e dona de casa sem tempo para nada, inventando tudo principalmente quando se trata de artesanato e prática assistencial.

Metida e engraçadinha mas muito compenetrada, ansiosa por natureza, detalhista por patologia e assim vou vivendo, um dia de cada vez, procurando encontrar minha missão nesta vida.



 
Mas o que é exatamente e como surgiu essa estória de Fadas Madrinhas?
Diz aí, Clau!


Nós somos um grupo de amigas que se reúne em algumas ocasiões buscando fazer eventos para beneficiar crianças carentes.
O começo foi assim: No meu antigo trabalho no Fórum de Itumbiara-GO sempre se desenvolvia projetos de Dia das Crianças e Natal e eu gostava muito de trabalhar nisso.

Por essa razão fui conhecendo outras pessoas com essa mesma vontade de ajudar e nos aproximamos naturalmente.
A maioria de nós acaba, por esse motivo, sendo ligada judiciário, mas essa não é a regra para ser Fada Madrinha no nosso grupo (risos).
Todas temos empregos, somos já umas vinte mulheres de idades variando de 65 até as duas pequenininhas filhas bebês das amigas, que tem em torno de 2 anos e estão frequentando nossas festas também.



Por que o nome Fadas madrinhas?
Em uma escola que fizemos uma festa, a diretora começou a falar para os meninos agradecerem à “madrinhas” da escola.
Eu achei interessante e me apossei do nome, achei que tinha tudo a ver e acrescentei “fada” por conta das histórias infantis que mexem com o imaginário das crianças.

Nós ganhamos até um desenho de fadinha só nosso, feito pela designer Isabela Mascarenhas. Chique, né?






Como são conseguidos os recursos para as festas promovidas pelas Fadas madrinhas?

Não temos parceria fixa com pessoas ou empresas. Quando os eventos eram no Fórum, pedíamos via ofício e ganhávamos muito, mas como agora é uma iniciativa particular não temos como fazer isso.

Nossos recursos durante o ano vem de nós mesmas, ou seja, a famosa “vaquinha” entre amigas, mas quando o evento é grande recorremos a mais pessoas, seja no nosso círculo de amigos, seja na internet. Tem funcionado assim.

Há ocasiões em que penso: “Deus do céu, agora não vai ter jeito, vou ter que fazer um empréstimo no banco para a festa acontecer (risos)!”
Mas aí algum milagre acontece, alguma doação de última hora de alguém esquecido acaba nos salvando.

Uma vez estávamos nesse sufoco daí apareceu um anjo que eu nem conheço, conhecida de uma amiga e nos deu uma boa quantia. Ah, foi só alegria... Não querendo levar a coisa para o lado religioso, mas tenho muita fé em Deus e acredito também que a boa energia dessas crianças fazem as coisas se encaminharem e no fim dar tudo certo.

Qual a área de atuação?
Nosso público são as crianças. Foi acontecendo naturalmente, não nos reunimos e escolhemos isso. Hoje estamos centralizando nossa atuação no Dia das Crianças, pois percebi que fazer nesse dia e no Natal acabava sobrecarregando as pessoas que doam, então fazemos uma festona em outubro e normalmente durante o ano ficamos só em visitinhas em abrigos mesmo.

Ah, sempre reunimos um dinheirinho em junho para doar agasalhos. Aqui em Goiás não é tão frio, mas um moletom é bem vindo. Sempre visitamos creches da prefeitura que são escolhidas de acordo com a carência do bairro.

Quais as maiores alegrias e quais as dificuldades em fazer de fato os eventos acontecerem?

As alegrias?
Nossa, é uma coisa tão boa que a gente volta para casa esgotada fisicamente mas leve de espírito. É uma sensação bem diferente de uma realização pessoal como compras e viagens, sabe? Se as pessoas tivessem noção do quanto é bom, todas virariam Fadas Madrinhas.

Sabemos que não podemos melhorar a miséria de ninguém e nem dar fim aos problemas sociais do país, mas só de pensar que pelo menos aquele grupo de crianças teve uma boa recordação de um Dia das Crianças (ou Natal) feitos por nós e que vai carregar isso por toda a vida, ou seja, vai ajudar a construir a sua personalidade pelo lado positivo, já é uma alegria sem medida.

A maior dificuldade?  Não termos parceria fixa.


Você, assim como eu,  não tem filhos (por enquanto). Se tivesse acha que isso influenciaria no modo como se dedica a proporcionar um dia feliz para crianças com as quais, na maioria das vezes, tem pouco ou nenhum contato regular?

Acho que se eu me tornasse mãe hoje de um bebê, pelo menos nos primeiro meses deixaria as meninas organizando os eventos e ficaria só mesmo me dedicando à criança, pois quero ser mãe em tempo integral nesse primeiro momento, mas depois dele maiorzinho iria junto comigo, claro!

Vai aprender a ser solidário antes mesmo de aprender a andar! Parar não está nos meus planos e nem nos das outras amigas, muito pelo contrário, queremos cada vez mais, tanto é que esse ano, em vez de uma festa realizaremos duas, uma em Itumbiara-GO e outra em Trindade-GO.

As primeiras Fadas Madrinhas são de Itumbiara, mas como hoje eu trabalho em Trindade, a vida foi me aproximando de pessoas muito boas e valiosas, no fim, somos outro grupo de Fadas Madrinhas unidas pela vontade de fazer o bem. Esse ano de 2013 faremos festa para umas 400 crianças.

O que é preciso para ser uma fada madrinha? Já pensou se o projeto vira uma franquia ou ong?

Não somos pessoa jurídica. Uma amiga do grupo, que é advogada, até cogitou que tivéssemos uma ONG, assim conseguiríamos fazer mais, ganhar mais coisas até de empresas, porém eu me mudei de cidade, não teria como estarmos juntas fisicamente para administrar isso no nosso tempo livre, dessa forma, nosso sonho foi adiado.

Franquia? Não sei como isso seria na prática.
Tenho muito medo das pessoas vincularem nosso nome a práticas políticas, auto promoção ou religiosas. Quando pedimos as doações eu já aviso: não pode misturar política. Eu gosto de acompanhar tudo de perto e com as meninas que eu trabalho sei que não terei esse problema, pois são todas desprovidas de interesses secundários, queremos mesmo só ajudar, mas não sei, só Deus sabe os rumos que o crescimento desse projeto irá tomar.

Quais as dicas que você daria para alguém que queira fazer algo semelhante na cidade onde mora?

Basta começar!
Se tiver medo de ousar no começo, junte cinco amigas, façam um lanche, levem em algum abrigo.
Um bolo de caixinha e um suco não custam quase nada e vão ser um bom pretexto para as pessoas visitadas se sentirem importantes e vocês se sentirem mais felizes ainda.

Quando a gente faz esse tipo de coisa, acaba atraindo prosperidade para nossa vida e nem falo de dinheiro, mas de bem estar, felicidade e harmonia em família.
Nossa pior ruína é o individualismo, é sim!

Faça um artesanato, leve esmaltinhos, promova uma tarde de beleza com maquiagem e unhas. As meninas e adolescentes de abrigos não são diferentes das nossas, tem vaidades e precisam desenvolver mais do que nunca sua auto estima.
Não tenha medo de se envolver e no fim das contas a mais feliz será você mesma.

Para encerrar você pode dizer o que quiser, algo que eu tenha esquecido de mencionar, ou de perguntar.





Agradeço imensamente o convite, pois nosso trabalho sobrevive com divulgação. E depois, vou ficar radiante de saber que alguém leu esta postagem e começou a ser Fada Madrinha na sua própria cidade.
E não se esqueçam, precisamos de atender 400 crianças este ano, portanto, toda ajuda é válida.











Leu até aqui?
Muito obrigada!!!

Ao terminar de editar esse texto foi me dando uma vontade de chorar, um aperto, sabe?
Acho que foram as fotos, o olhar que algumas imagens capturam...
Gostei muito, espero que você também goste!

E, claro, agora vem o pedido:
Como a Clau disse esse ano a festa será para 400 crianças.
Tem ideia do tanto de coisa que as Fadas Madrinhas precisam?
Você pode ajudar?
Olha, pode ser um brinquedo, dos mais baratinhos porque a prioridade é a quantidade.
Mas se você preferir pode juntar o dinheiro do brinquedo, mais o dinheiro do frete (que é caro demais) e enviar para a Clau.
Pedir dinheiro é complicado, mas quando a causa é boa ale a pena.

Para entrar em contato direto com a Clau use esse formulário de contato abaixo.




Powered by 123ContactForm | Report abuse


Se preferir pode visitar o blog Força de Expressão e usar o Contato do blog.

Caso sinta em seu coração o desejo de ajudar você pode compartilhar essa postagem, pode curtir no facebook, pode retuitar, pode usar trechos dela para divulgar em blog.
Quanto mais pessoas divulgarem mais será ampliado o alcance.

Se a ideia te inspirar conte pra mim, envie fotos se fizer algo semelhante...
Pode ser em uma creche, em um abrigo, em um bairro mais carente...
Pode ser em uma família com muitas crianças e poucos recursos...
Já pensou?
Fazer alguém feliz, em um mundo onde tanta gente tenta minar a alegria alheia pode ser um excelente modo de ser a gente mesma mais feliz.
Não é?




QUERO LER O POST COMPLETO


No Instagram