Sobre as coisas que a gente ainda não viveu...

em 5 de junho de 2013


Você se lembra da primeira vez que pisou em um cinema?
Lembra da primeira vez que se sentou na cadeira, que se acomodou... E o friozinho que sentiu quando as luzes se apagaram e o som explodiu na sala?
Lembra da primeira vez que viu as imagens imensas, gigantescas, bem à sua frente, os atores parecendo que iam saltar e  caminhar ao seu lado?

Lembra de achar o som alto? E de sentir cheiro de pipoca com manteiga?
Lembra de ficar 2 horas na mesma cadeira, e nem ver o tempo passar?
Lembra como foi isso, sua primeira ida ao cinema?
Não lembra?
Eu lembro.
Eu fui ao cinema pela primeira vez no último domingo.

Oi!
Muito prazer!
Eu me chamo Elaine, tenho 40 anos, 4 cachorras, 2 irmãos e 1 marido.
E nunca havia pisado em um cinema. Até domingo.

Dizendo assim você vai achar estranho. Mas não esqueça que eu moro em uma cidade pequena que não possui cinema, o antigo virou templo evangélico...
E até ano passado não tínhamos carro.
E mesmo depois do carro não houve oportunidade de ir ao cinema, tantas coisas aconteceram desde o ano passado...
Somente agora marido se sente seguro o bastante para dirigir em estrada, porque antes a gente não sabia se ele teria algum surto dirigindo, ou mesmo se poderia continuar dirigindo...
Mas domingo fomos. E foi incrível!

De volta pra casa, cansada depois de passar o dia fora (almoço fora, shopping, cinema, tão adolescente isso rsrsrs) fiquei pensando...
Tantas coisas eu não vivi... coisas simples, como andar de patins, ou andar de bicicleta. Coisas como ver o mar, ou mesmo ver um rio bem grande.
Já pensou nisso?
Nas coisas que você não viveu, nas coisas que você não fez?

E sabe o mais divertido de estar vivo?
É que enquanto há vida há chance de fazer tudo o que não fizemos ainda.
Pena que a gente esqueça isso, pena que a gente viva esperando o dia de realizar aquele desejo... sendo que o dia de realizar pequenos desejos é hoje!
E a alegria da vida está em realizar os pequenos desejos. Grandes, de vez em quando podemos conseguir.
Ou não, já que alguns desejos grandes nem sempre realizaremos.
Mas os pequenos... aqueles que estão ao alcance dos dedos... ah, os pequenos desejos... esses podemos realizar.
Hoje!
Agora! Se for um pouquinho mais elaborado (como andar 70 quilômetros pra ir a um cinema num domingo chuvoso e frio) pode ser pra esta semana...
Só não pode deixar pra lá...

Qual desejo você quer realizar esta semana?

Em tempo:
O filme que fui ver?
Faroeste caboclo. É aquela história que a gente já conhece desde os anos 80: triste, violenta, pungente, dolorida.
Quando terminou a plateia cantou junto a música, por alguns minutos eu tive de novo 15 anos. Foi de arrepiar...
Mas isso é assunto para outro papo...

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

33 comentários , comente também!

  1. Puxa,Imagino tua emoção!!! Que legal e sempre é tempo pra realizar desejos,não? Viver o que não vivemos. Eu sempre quis voar em um balão, mas agora, ando meio " cagonilda",rs..Não quero mais. Mas fazer o que queremos, independente da idade é tudo de bom. beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Fiquei tão feliz por vocês!
    Passeando, curtindo, feliz!
    Isso mesmo, sempre tem uma primeira vez, e temos que aproveitar tudo, saborear cada momento.
    E você fez uma boa estréia.
    Filme pesado, mas que nos emociona .........
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  3. Oi Elaine, tudo bem com você!!!
    Sabe, faz um tempão que não tiro um tempinho para comentar nos blog's das amigas sabe... tenho torcido de longe por tantas meninas, vendo seus feitos e suas histórias...
    Hoje senti a necessidade de deixar um Oi aqui, me emocionei com suas palavras... que gostoso isso... e que filme hein, pra ser o primeiro...
    Eu fui no cinema a primeira vez ver desenho com minha menina, ela tinha quase 6 anos... saímos de lá boquiabertas, maravilhadas... felizes ... e desde então vamos sempre ao cinema, ver animação =) é o programinha família favorito da turma!!!
    Tudo de bom pra vocês!
    Felicidades sempre =)

    (ahhh adorooo essa musica, estou louca pra ver o filme... mas acho que aki não vai vir tão cedo)

    ResponderExcluir
  4. Olá Elaine. Adorei o post. Minha primeira vez no cinema foi com uma turma de alunos. Até hoje não tive oportunidade de ir com o marido, sempre é trabalho, sempre com alunos e filmes infantis. Penso como você em aproveitar as oportunidades, já que o tempo de ser feliz é agora. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Que delícia de programa!!!
    Sabe que nasci no interior, e fui ao cinema lá pelos 17 anos, e lendo seu post tentei lembrar como foi minha primeira vez no cinema, e não lembrei detalhes....mas depois que fui mãe, tenho ido mais vezes!!!
    A experiência mais gostosa que tive até hj com o cinema, foi há anos atrás, levei um grupo de senhoras , e como morávamos no interior, muitas ali, com 70 anos ou mais, estavam indo pela primeira vez ao cinema!!!
    Foi muito emocionante!!!
    Assista um filme em 3D, vc vai amar!!!
    Bjcas!!! Grazi

    ResponderExcluir
  6. Oi Elaine,
    Que delícia deve ter sido... Qdo aqui, na minha cidade, tinha um cinema (com cadeira estofada) e aqueles telões antigos... era mto bom assistir os filmes... Mas ele tb virou templo evangélico!
    Agora há um cinema no shopping... Mas nunca fui nesse! A maioria dos filmes que vejo são piratex, ou baixados da net... Ou ainda alugados na locadora!
    Que bom que vc realizou seu sonho...
    Sabe? Para essa semana eu estou com desejo de tomar um copo bem grande de Açai puro... Pequeno e gostoso meu desejo né? Estou esperando o tempo ficar um pouco mais quente, pq ele (o açaí) é mto gelado!!!
    Belo restinho de semana para vc!!!

    bjo

    ResponderExcluir
  7. Elaine..eu tenho 28 anos e fui uma unica vez ao cinema...acho q eu tinha uns dez anos...rsrs...na minha cidade tbm nao tem cinema...hehehe...bjusss.

    ResponderExcluir
  8. Elaine..eu tenho 28 anos e fui uma unica vez ao cinema...acho q eu tinha uns dez anos...rsrs...na minha cidade tbm nao tem cinema...hehehe...bjusss.

    ResponderExcluir
  9. Elaine,
    que delícia ler essa sua experiência!
    ;)

    ResponderExcluir
  10. Que emocionante, Elaine! Imagino sua alegria.
    Começar com cinema nacional podia não ter sido uma boa, mas já ouvi dizer que o filme é ótimo.
    O que importa nem é mesmo o final, afinal vc podia não ter gostado. Mas a emoção de toda primeira vez é muito diferente, tenhamos a idade que tivermos.
    Isso mesmo, temos que realizar pequenos desejos todos os dias. Enquanto tivermos tempo. E o tempo é sempre hoje.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  11. O que me arrepiou, foi seu post! lindo! tocante! Sem comentários!!! Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  12. nossa Laine me vi em sua história, conheci a arte do cinema ano passado, ate entao nunca tinha pisado em um, lembro que no dia chorei como uma criancinha, e choro ao ler sua experiencia que é uma enorme catarse... e esse filme que voce estreou no cinema, nao poderia ser melhor, assisti, chorei, ri, chorei, chorei mais um pouco, e realmente quanta saudade dos meus 15 anos, onde Às sextas-feiras algun amigo levava um violao, sentavamos no patio e começavamos a cantoria e após as aulas na porta da escola, lembro que em uma dessas disse pra mim mesmo que queria ser como Renato Russo!! quanta saudade!!! foi quando aprendi o gosto pela música... e parece que foi ontem!!

    ResponderExcluir
  13. Aaaah esses prazeres tão comuns para tão poucos e tão raros para tantos. Em pequena eu sonhava com o cinema, só fui pela primeira vez aos vinte tantos anos. Meu primeiro filme foi "O homem de ferro 1", inesquecível!!!

    ResponderExcluir
  14. Olha, às vezes é tanta coisa na vida que a gente precisa apenas... descarregar!! Deixar a "mala" cheia de coisas ainda não resolvidas, de coisas que não podemos (ou não queremos ou não temos como resolver!) ali, n o cantinho, só um poquinho...

    Dias para respirar um ar puro, olhar o céu - mas olhar mesmo! Se sentir pequena e ao mesmo tempo grande em cada pequena realização!

    Não lamentar jamais o que não pôde ser feito, se quando fazemos, tentamos fazer o melhor. O que não deu, dará depois, ou não, mas não importa, importa hoje: o que faremos hoje? Diremos eu te amo milhares de vezes aos nossos amados, afagaremos nossos filhos, cachorros e plantas, agradeceremos a Deus por mais um dia de aprendizado na Terra, tentaremos ser melhores pessoas.

    Mas com cinema fica bem melhor, né?

    Ainda temos o amanhã, que ele venha, cheio de esperança em novas e boas realizações e experiências, quaisquer que sejam elas.

    beijos!

    ResponderExcluir
  15. Engraçado como esquecemos ou não nos damos conta de quanta gente tem uma vida diferente da nossa. Cinema pra mim sempre foi algo comum, digamos. Nem lembro direito quando foi a primeira vez. Só sei que não parei mais - exceto quando faltava grana... Agora, depois da filhota, renovo minha experiência com a tela grande. E lembro bem de seus 3 primeiros filmes. =)

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pela sua estreia!! sempre há tempo!1 \0/


    saúde,paz


    Ro

    ResponderExcluir
  17. Lendo o seu post, acabei lembrando da primeira vez que fui ao cinema. Aqui em Fortaleza cinema já tinha vários desde que nasci. Cidade do interior é assim mesmo, hoje eles preferem colocar igrejas nos locais dos cinemas. Mas voltando para o seu post, é mesmo, tanta coisa simples que a gente não fez ainda...eu nunca andei de bicicleta. Quando vejo aqueles passeios de bikes fico com uma invejinha... Mas ainda dá tempo para a gente fazer uma ruma de coisas, né? Vamos por essa ideia na cachola!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  18. Me lembro da primeira vez que fui ao cinema, foi tão bom, tão diferente.

    Seu texto me fez refletir sobre "as primeiras vezes" e sobre as coisas que ainda não experimentei.

    A sensação de fazer algo novo é tão boa, tenho muita vontade de mergulhar.

    Mas, a vida vai passando e vou deixando isso de lado.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Nossa,Elaine!Incrivel nunca ter ido ao cinema!Adorei seu texto e entendi que nunca é tarde pra realizar os nossos sonhos.bjs,

    ResponderExcluir
  20. Que lindo isso!!!
    Bom a gente viver esses momentos independente de idade, prova de que nunca é tarde para conhecer, aprender e viver mesmo que seja uma coisa simples.
    Adorei o post.

    http://minhavidaintensa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Você é emocionante Elaine! Adoro ler as suas histórias. Tem emoção, detalhes, sentimento, verdade... Você é fofa. Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oi Elaine! Sempre é tempo de realizar coisas que ainda não vivemos mesmo. Ler esta sua experiência foi emocionante.

    Abraços. Fabiana.

    ResponderExcluir
  23. Oi Elaine querida, lembra de mim?
    Faz tempo que eu não te visitava, aliás, não fui muito assídua na blogosfera por um bom tempo.
    Feliz por poder mudar isso agora.

    Menina, que texto mais inspirador. Jura que você nunca havia ido ao cinema? Nos dias de hoje, parece mentira, né? Mas é como você disse, trata-se de uma cidade pequena ... talvez por isso, gente da cidade grande vá achar estranho.

    Amei o texto. Mesmo. Me fez pensar ... sobre as coisas que ainda não vivi. E que quero muito viver ;)

    Querida, preciso de você de novo. Como eu faço? Te mando um email, não é isso?

    Um beijo no coração. Foi bom "estar com você" de novo.

    ResponderExcluir
  24. Elaine, não sabes a alegria que sinto quando vejo essas pequenas felicidades na sua vida !!

    Chego a ficar emocionada !!!
    Que foi me deixa, que sou dessas... rsrsrs

    No próximo vai assistir um bemmmmmmmmmmmmm meloso, srsrrs é muito bom também !!!

    Bjus 1000 sua linda !!!!

    ResponderExcluir
  25. Eu aqui de novo ..........
    Esqueci de dizer que ia ao cinema com pai desde criança (no século passado rsrsr podíamos entrar à noite). Depois com meu primeiro namorado(hoje Husband).
    O pai dele era Gerente de Cinema e era amigo dos outros Gerentes, a minha cidade tinha uns 6 ou mais cinemas de rua. Íamos quase que diariamente, e de graça rsrs Até hoje vamos muito ao cinema (pagando rsrs), agora só tem dentro de Shopping). Somos cinéfilos. E você vai ser também!
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  26. Que beleza de postagem! Realmente,quantas coisas deixamos de fazer por pensar que não se pode ou se acha difícil!Que bom que marido está dirigindo e que puderam ir ao cinema, incrível ter sido sua 1ª vez!
    Abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir
  27. Pois é Elaine quantas e tantas coisas que deixamos de fazer por falta de coragem, estímulo, força de vontade né? Adorei seu texto. Por ser sua primeira vez, vc sentiu tudo e exatamente como me senti a primeira vez que fui ao cinema, e com isso descobri que lembro nos mínimos detalhes, foi muito bom recordar. Espero e desejo que com essa sua primeira ida ao cinema, venham muitas ao lado do seu marido e com a mesma felicidade e intensidade com que essa foi vivida. Um desejo que gostaria de realizar essa semana? É o mesmo que desejo à varias semanas atrás, muitas, e muitas, conhecer Gramado, é meu sonho, tão fácil, mas por falta de tempo, din-din, ou outra coisa qualquer não fui ainda, mas depois desse post, vou arregaçar as mangas pra realizar meu sonho. Beijinhos

    ResponderExcluir
  28. Olá,td bem?
    Que incrível essa sua experiência, muito bom mesmo. Parabéns! Lembrei da minha filha, ela chegou para meu coração ao dez aninhos de idade e quando descobri que ela nunca tinha ido a um cinema, logo a levei e fiquei encantada com a carinha que ela fazia observando a tudo, cada detalhe. Ela estava maravilhada e isso não tem preço!
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  29. Que
    LInda
    Me fez chorar
    Aproveite querida a vida, o cinema, as primeiras vezes.
    E compartilhe conosco.
    Beijocas.
    Eu lembro da primeira vez do cinema e de tantas outras coisas...
    E lembro dos meus sobrinhos a primeira vez comigo...foram inesqueciveis.
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Vc acredita que eu NUNCA OUVI FAROESTE CABOCLO??? Cada um com suas primeiras experiências à espera da hora certa de acontecer!!!
    Mas eu me lembro da minha primeira ida ao cinema, para ver "A Fantástica Fábrica de Chocolate", a primeira versão, cerca de 40 anos atrás. Me emociono até hoje, e olha que vi o filme umas 1488 vezes!!!
    Tem coisas que são simplesmente mágicas...
    Beijo, lindona!!!

    ResponderExcluir
  31. Meu Deus imagino a emoção.
    Tudo que é a primeira vez é mais gotoso,e não importa a idade o importante é fazer.
    Ainda mais quando pode se dizer que é uma aventura, em pleno domingo chuvoso andar 70 quilomêtros é uma super aventura.
    Parabéns.

    Bjs
    Cris
    casafilhosemarido.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  32. Oi Elaine,
    Sabe, não me lembro quando fui ao cinema, morei em uma cidade pequena até os 16 anos e faz pouco tempo que tem cinema lá.Fazer certas coisas se tornam tão normais para nós que esquecemos da magia de cada momento que vivemos e ler essa postagem me fez refletir sobre projetos simples ou até mesmo mais complicados que deixamos de realizar.
    Um super abraço!
    Káren

    ResponderExcluir
  33. Oi Elaine!

    Você tem um jeito tão doce de contar as coisas! É como se a gente sentisse um pedacinho da sua emoção.
    Cinema eu conheci criança, acho que o primeiro filme foi os 10 mandamentos, fomos em gangue, a família toda! rsrs Aí criei gosto, ia quase todos os fins de semana na matiné, mas ia com as amigas, naquela época não tinha perigo sair na rua. Agora, já tem uns bons anos que não vou, o último filme foi Mar em Fúria, tem uns 10 anos, rsrs
    É interessante pensar nas coisas que gostaria de viver, sinceramente, ainda não sei.
    Lindo post.

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…