Viver com fé

em 27 de maio de 2013

De vez em quando pipoca na mídia a notícia que este ou aquele produto precisará ser retirado do mercado porque foi contaminado com ácido, envasado com produto de limpeza, misturado com restos de cinza, tinha pelos de animais no molho de tomate, vidro no sabonete infantil, larvas no bombom, fezes de rato no chocolate e por aí vai...

Eu tenho muito medo dessas coisas, porque a gente não pode fugir delas. Fazem parte da nossa vida moderna, onde nem cheiro verde a gente planta mais...

Quando eu trabalhava fora de casa pegava ônibus pra chegar à fábrica.Todo dia, o mesmo trajeto, e eu ficava pensando...via gente legal, via gente grossa, via motoristas legais e via motoristas ensandecidos.
E se um dia o motorista acordasse surtado e jogasse o ônibus num poste? Ou seja, todo dia eu colocava a minha vida nas mãos dele.

Quando vou tomar sorvete com marido em uma sorveteria delicinha que tem aqui em São Joaquim (sorvete de doce de leite com nozes...delícia!!!) eu sempre penso nisso: a pessoa que fez o sorvete tem a vida dos clientes nas mãos. E se der a louca e ele resolver envenenar meia cidade? O rapaz que faz o pão, a moça que faz a coxinha na salgaderia... o tiozinho que vende suco na esquina...

Em cada situação dessas a gente precisa de fé. Não estou falando de fé em Deus, não quero entrar nessa esfera. Estou falando em ter fé na vida, em esperar o melhor das pessoas, em acreditar que a moça que faz sua salada no restaurante não quer seu mal. Em acreditar que o motorista de ônibus que te conduz não acordou a fim de morrer...

Falo em viver com fé, acreditando que vai dar certo, que vai funcionar, que há mais gente legal do que gente má. Que ainda que o mal cause mais estrondo do que o bem ainda assim o bem é mais resiliente...

Esses casos dos produtos industrializados adulterados me deixa muito aflita. A gente abre uma inocente caixinha de leite e bebe ácido junto. De onde vieram os pelos de animais achados no molho de tomate? Como foram parar lá? E pior do que achar uma larva no bombom é achar meia larva em meio bombom... Assustador...

Mas ainda assim vale a pena.
Viver vale a pena, e viver com fé vale a pena.
Semana nova começando, uma página em branco esperando nossos gestos de fé...
Fé nas pessoas, fé na vida. Acreditando que vai dar certo. Que a semana vai ser assim, ó:
LINDA!!!!

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

25 comentários , comente também!

  1. Elaine,
    eu vivo assim... dia 13/05 tive q depositar minha vida nas mãos de um médico q eu não conhecia e não confiava... Até agora deu tudo certo... tomara Deus q continue assim!!!
    To bem viu?
    Boa semana pra ti tb!
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Elaine, perfeitas suas considerações. Não há como fugir dessas coisas, ou até há, mas a pressa com que se vive dificulta muito. Além do mais, paga-se caro, então devíamos ter pelo menos o conforto de comer ou beber um preparado feito com segurança. Nem imagino de onde vieram os pelos mas, teoricamente, dos gatos que ficam nos locais para cercar os ratos ou destes mesmos...rsrs
    Esta semana a Veja está trazendo uma reportagem sobre os ratos que vivem em padarias e restaurantes, em plena Paris. Não é só aqui que acontecem os absurdos, infelizmente.
    Saudade de você, pensei muito em vcs esta semana que passou. Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Isso amiga, acreditar nas boas coisas, nas pessoas boas. .. Que tudo se resolva da melhor maneira! Deus nos ouça. Beijos querida.

    ResponderExcluir
  4. Sabe Elaine,o dito popular" Vivendo e prendendo..." é muito presente no meu cotidiano. Cada dia pessoas novas cruzam nossas vidas, acontecimentos inesperados acontecem. E eu aproveito tudo isso com despojamento de expectativas, aproveito as surpresas. Já houve momentos em que eu pensava que uma das três pontes que cruzo duas vezes ao dia pudesse cair, hoje só aproveito a paisagem...

    ResponderExcluir
  5. LINDINHA
    ACABEI DE MANDAR UM PEDIDO DE AJUDA PARA VC.... VAMOS TRABALHAR JUNTAS.....ESPERO ANSIOSA A SUA RESPOSTA.... UM ABRAÇO CARINHOSO.....

    ResponderExcluir
  6. Poxa Elaine! Seu post vem na direção contrária dos meus sentimentos nessas últimas semanas. Tá difícil. Só "sacanagi". Só gente (líderes) querendo se dar bem. Saúde nos hospitais nas mãos de gente que não tem amor à profissão e nem respeito ao próximo....e por aí vai. Seu post é um alento e um sopro. Não temos saída.... Temos que acreditar e ter fé! Não nos restou mais nada!!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Elaine tenho pensando muito em si não só pq o que falta fazer mas principalmente pq você nunca mais disse nada e quando uma pessoa têm um blog no ar e desaparece por algum tempo alguma coisa aconteceu mas a fé é o melhor que temos eu própria tenho comido o pão que o Diabo amassou mas hoje é segunda feira outra semana outra esperança beijinhos.
    Beijinhos
    Alexanda Melo

    ResponderExcluir
  8. Apesar de tudo que vemos,. a FÉ é preciso sempre! Ela ajuda! beijos,chica

    ResponderExcluir
  9. Sebastiam Bach dizia "gosto de viver apaixonadamente,como se este dia fosse o último da minha vida".Nossa a paixão não deixa enxergar os problemas cotidianos,ao menos a maioria deles passariam desapercebidos ou com mais leveza .
    Beijinhos e ótima semana.

    ResponderExcluir
  10. Eu continuo acreditando!!!

    Tive que jogar fora 2 1/2 litros do leite Italac, ou seja, quando saiu a reportagem eu já havia ingerido 1/2 litro. Que nosso Pai nos proteja!

    Ainda valem acreditar nas pessoas e, principalmente em Deus!!
    Xerocas e muita paz.

    ResponderExcluir
  11. Tem razão flor.
    Realmente poupem Deus para assuntos mais sérios..rs
    Temos que ter sim fé na vida...
    E vamos levando...em frente e sorridente.
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  12. Elaine só com FÉ que tenhamos qualidade em que nos é servido como "manjares dos deuses"...tudo muito caro e pura droga,é a ganância sempre dominando os homens,
    mas vamos levando....somos brasileiros temos samba,carnaval e futebol...
    bjjss
    meu cachixó

    ResponderExcluir
  13. Fé, é o que eu mais peço para ter todos os dias. Fé nas pessoas, na vida, em Deus, em mim...
    Beijos grandes
    Adriana

    ResponderExcluir
  14. Tem coisas que é melhor não pensar muito... Por achar um ratinho dentro de uma garrafinha de um certo refrigerante castanho, nunca mais consumi. Ganhou minha saúde, rs. Beijos, linda e abençoada semana pra vocês.

    ResponderExcluir
  15. Elaine, ter fé na vida é consequentemente ter fé em Deus, mesmo que inconsciente. Porque Deus é vida. Mesmo assim com nossa pouca fé, em Deus ou na vida, vivemos com medo.

    Sabe do que tenho? Com tanta coisa ruim nas mídias, carros bombas, malucos em escolas, eu fico pensando que a qualquer hora pode aparecer algum onde estou e sair atirando. Sabe, nem é questão de ter fé. É questão de bitolação, neurose, por tanta coisa ruim que vemos todos os dias.

    Mas vamos levando... "andar com fé eu vou..que a fé não costuma faiá, ê ia iá"...

    ResponderExcluir
  16. Bom dia, menina...

    Se formos ficar com medo de tudo a gente simplesmente não come, não respira, não conversa, não faz mais nada!
    Lembrando do tempo de meus avós que tinham que plantar e colher pra comer, e usaram gordura animal pra conservar certos alimentos e temperar a comida (hmmmm comida de fogão à lenha, feita com gordura), eles corriam um risco imenso com essa tal gordura. Hoje em dia são os industrializados, os agrotóxicos, o açucar exagerado, o sódio, enfim, todas essas porcarias que a gente coloca pra dentro por puro prazer em comer.
    Já vi gente que comia tudo certinho, que não tinha nenhuma doença e morreu jovem, atropelado.
    E já vi gente fumando e bebendo como um louco e que viveu por quase 90 anos.
    A vida é isso mesmo, como vc disse. Fé! E também leveza, paz, serenidade... um conjunto de coisas que nos dão satisfação e ver que vale a pena apesar dos pesares.

    Uma linda semana pra vc!!!

    ResponderExcluir
  17. Lindo texto, Elaine! Obrigada pro esse presente!
    Estava com saudades de vir aqui!
    O blog tá lindo!
    Bjs
    Fica c/ Deus!

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde, Elaine.
    Lindo texto.

    Eu tenho que confessar, perdi a fé nas pessoas.
    Sempre tive facilidade em acreditar, e isso me trouxe decepção atrás de decepção. Até que uma delas moldou muito do que me tornei, uma pessoa cética, hostil, até pessimista. Não o tempo todo, não com todo mundo, mas com os dois pés bem atrás. Isso me levou a manter certa distancia emocional da maioria das pessoas, pouquíssimas são queridas, e quase nenhuma eu consigo confiar cegamente.
    E isso, apesar de ter um lado bom e protetor, também me "protege" de ter qualquer tipo de relação legal e de qualidade. Hoje tenho dificuldade com amizade, em relacionamento amoroso, nem se fale.

    Fiquei preocupada com seu sumiço. Espero que esteja tudo bem. Feliz semana nova para você também.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Estava com saudades das tuas palavras.

    Um abração, querida.

    ResponderExcluir
  20. Oi Elaine!Um ótimo texto e temos que ter fé nas pessoas,realmente!Tb acredito que o bem é maioria,mas ás vezes parece estar muito calado...rss...esse é o problema!Seria bom ver nos jornais mais notícias de boas ações pra nos fazer crer que a humanidade não está totalmente perdida.Bjs e boa semana,

    ResponderExcluir
  21. Oi Elaine, que coisa boa ler novamente suas postagens sempre tão legais, espero que esteja td bem com vcs e as cachorrinhas!
    Sabe que também penso sempre nisso (ainda pego ônibus rs), a vida da gente está o tempo todo nas mãos de terceiros, mesmo que não nos demos conta disso. Se ficarmos bitolados é um pulinho para a síndrome do pânico se instalar...Temos que viver com perigos e tudo ou...morre-se vivo.

    Beijos!

    ResponderExcluir

  22. Elaine,
    Uma vez ouvi um senhor contar que ao ouvir um outro dizer que não tinha fé, não resistiu e comentou: "O senhor tem fé, sim, só que não sabe disso. O senhor viaja de ônibus e de avião. Por que a senhor viaja? Porque tem fé que irá chegar. O senhor almoça em restaurantes porque tem fé, pois não sabe nada sobre quem preparou sua comida"... e por aí foi. Não sei o que esse outro disse a respeito, mas certamente passou a encarar de outra maneira seu dia a dia.
    Seu post me lembrou essa história. Nossa... eu tenho tanta fé! rs
    Abraço! Linda semana!

    ResponderExcluir
  23. Oi minha flor!
    Tudo bom?!
    Vim aqui no seu cantinho e desde já te seguindo!
    Parabéns o blog é lindo e te desejo todo sucesso!
    Te convido a passar no meu blog e se puder seguir!

    www.blogcamilalima.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Aprendi que devo esperar do outro que ele faça o que eu faria, sendo assim apenas confio e tenho FÉ na humanidade, se todos fossem maus então o mundo não existiria mais. Por isso acordo todo o dia e sei que algo melhor está por vir. Estes atos, quero crer, são frutos da ganância que fez uns poucos "sabotarem" alguns produtos, e em sua ânsia de ter esqueceram-se de ser.


    Muita Luz e Paz
    Abraços

    ResponderExcluir
  25. Como disse o próprio Jesus: No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.
    João 16:33
    bjsss

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…