A noite escura da alma

em 4 de março de 2013

Há dias venho sentindo muita vontade de falar de mim. Falar do que estou sentindo, do que ando pensando, em como ando levando, ou tentando, levar a vida e  todas as suas imposições...

Há umas semanas eu fui com meu marido levar os papéis para receber a medicação que ele precisa. É medicamento de alto custo, e o Estado fornece, mas a burocracia é imensa. Esperamos horas para sermos atendidos, a moça responsável pelo atendimento foi muito gentil mas faltava um termo de consentimento.

Aí aconteceu algo muito estranho, muito mesmo. Estava eu sentadinha em frente à moça, ela me explicando que sem o tal termo o processo voltaria, quando de repente me bateu um cansaço tão profundo, de tantas idas e vindas, de estar tão perto e ter que recomeçar tudo...uma dor no coração... e eu desabei num pranto inesperado.
A moça (se chama Vanessa) foi gentil, ficou completamente penalizada. E eu não consegui conter o choro.
Chorei tudo o que não havia chorado, de soluçar. Foi tão constrangedor, eu ali, na frente de uma estranha...
Um choro incontrolável, avassalador... Juro, nem parecia eu...

Mas enfim, refizemos a papelada, o medicamento chegou.

Daí aconteceu algo muito ruim, que de certa forma me desestabilizou um pouco.
Como eu contei aqui no blog meu marido precisa tomar essa medicação de controle da Esclerose Múltipla. É uma medicação aplicada por injeção, dia sim dia não, pelo resto da vida. E eu queria conseguir aplicar, juro que tentei.
Foi a pior experiência possível. Para mim e para ele.
Eu tentei, mas o meu pavor de agulha falou mais alto, eu tremia tanto, incontrolavelmente...
Tentei seguir exatamente o que a enfermeira me ensinou, mas eu falhei.
E eu o machuquei. Choramos ambos, eu por ele, por não conseguir ajudar no momento que ele mais precisa, e ele pelo meu pavor e pelo sentimento de frutração que eu fiquei.
Chorei tanto, foi tão ruim, a sensação de fracasso diante de algo tão simples.



Tudo o que acontece com a gente, e em torno da gente gera efeitos, eu tenho percebido isso. Todas essas coisas que venho vivendo desde outubro do ano passado começam a mostrar efeitos em mim.
Tenho tido queda de cabelo. Isso é muito ruim porque eu sou a doida do cabelo, sabe? Enquanto tá na cabeça, legal, a gente cuida, acaricia, etc. Mas tenho um problema sério com cabelo fora da cabeça, tenho horror à fios soltos. Jamais seria cabelereira, morreria se vivesse cercada de cabelo pelo chão. E meu cabelo tem caído, muito, demais, de modo assustador. Troquei shampoo, cortei, e continua caindo...
Me abraça?

Também tenho tido muita dor de cabeça. Há momentos no dia que a coisa é tão séria que preciso fechar o quarto e ficar um pouco no escuro...
E dores de estômago, dias de muito enjoo, de náusea mesmo. Sem explicação.
Mencionei tudo isso ao neurologista do meu marido, na última consulta dele, e o médico disse que estou no limite do stress. Mas como sair disso se o que causa isso esta fora do meu controle?
Meu Deus, eu estou cansada.

Estou cansada de dizer isso, estou cansada de sentir isso. Estou tão cansada de sentir essa tristeza que não passa, essa vontade de chorar que não passa...
Às vezes me pego pensando que estou sendo fraca, em como há pessoas vivendo coisas dezenas de vezes piores que eu. Fico pensando que não há motivo para esta tristeza, no geral está tudo melhor do que eu imaginei...
Mas eu estou muito cansada.Não queria estar assim, estar escrevendo isso.
Mas é exatamente assim que estou, me sentindo muito pequena, muito incapaz e muito abalada.
E muito triste...


Há coisas que a gente precisa aceitar: estão acima de nós, acima da nossa capacidade de realizar, acima da nossa capacidade de assimilar. E pra mim sempre foi muito difícil aceitar limitações. Sempre fui aquela que quer conseguir tudo, que não quer falhar, que deseja acertar, que deseja conseguir.
Mas algumas coisas estão além de mim. Estou aprendendo a lidar com minhas limitações, tanto emocionais quanto físicas. Estou descobrindo que não dou conta de tudo, que não aguento tudo, que não sei tudo. Nem preciso saber tudo, fazer tudo.
E preciso aprender a pedir ajuda, a reconhecer que não posso...


O título que dei a este texto faz referência a um poema escrito por São João da Cruz no século 16. Às vezes sinto exatamente isso, como se estivesse atravessando uma longa noite escura... e como toda longa noite acredito que vá passar...
Enquanto isso... me abraça?



Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

97 comentários , comente também!

  1. Boa noite, Elaine. Falta de abraços sinceros NUNCA.... Sou grandona e, mando um ABRAÇÃO de muita paz, esperança.... Você é MUITO capaz.... Olhe ao seu redor, tudo que já aconteceu e, você VENCEU... Fraquezas acontecem e, a gente vence e passa por cima.... OUTRO ABRAÇÃO...

    ResponderExcluir
  2. força querida! Muita força, não desanime. Muitos abraços, muitos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oinn abraço querida, com força e muito carinho !
    E quero te lembrar, Deus só nos dá a cruz que podemos carregar ... Ele sabe que você pode ! Confia.

    Não fica triste assim não, do lado de cá tô torcendo por você viu.

    Bjins.

    ResponderExcluir
  4. Sinta-se abraçada querida.Não se culpe por todas as coisas que acontecem,pelos seus medos,seus anseios.Entenda que a dor é inevitável mas o sofrimento é opcional.A culpa só vai te fazer sofrer e nada mais.
    Peça forças a Deus mas acreditando que será atendida.Quando tiver necessidade,chore, não é vergonha nenhuma.Vocês vão superar tudo isso juntos.
    Gostaria de poder estar perto para te abraçar mas envio energias positivas para ti.
    Fica com Deus.

    ResponderExcluir
  5. Sei bem essa sensação de frustação ,quando algo e maior e você não pode mudar.
    Tão dificil o quanto isso e admitir.
    Mais você esta sendo o mais forte que pode.
    Minha mãe sempre diz:Deus da a cruz que vc e capaz de carregar.
    Um abraço forte e sincero de uma desconhecida pra você,mais que sentiu a sua dor.
    bj e muita fé.

    ResponderExcluir
  6. Oi Elaine, há muito tempo não comento em blogs por falta de tempo mesmo, mas não poderia deixar passar a oportunidade. E quero te dizer pra não achar que está sendo fraca e que os problemas dos outros são maiores. Essa é a sua dor, a que você consegue suportar, as pessoas são diferentes e seus limites também. Você precisa de ajudar pra poder ajudar seu marido. Procure um médico, um clínico que seja, pra você também se sentir amparada.
    Um enorme abraço!!

    ResponderExcluir
  7. a única coisa que posso te dizer neste momento é:força,muita muita força,e jamais perca a fé,sei que esta sendo difícil,mas Deus está com você em todos esses momentos,e mesmo não tendo muita intimidade virtual contigo,sinta-se abraçada por mim!

    ResponderExcluir
  8. Oi Elaine,

    Nossa, que sofrimento você está enfrentando....tanto que já começou a somatizar. Eu fico triste por você...

    Sabe, quando estamos vivendo ao lado de alguém com uma doença crônica e debilitante, como a Esclerose Múltipla, é muito importante ter apoio através da psicoterapia.

    Estou dizendo isso porque cuido de pessoas há mais de 20 anos e vejo a enorme diferença que faz...

    É um fardo muito pesado, não dá para carregar sozinha.

    Se você estivesse em São Paulo, ia te convidar para participar de nosso grupo que é muito amoroso e alegre, iria te fazer muito bem, mas como estamos longe, receba meu carinho e um abraço bem apertado.

    Continuo torcendo por vocês.

    ResponderExcluir
  9. Minha querida, queria estar ai para abraça-la de pertinho.
    Eu sei que as vezes é dificil ver a luz no fim do tunel, ver a solução pros nossos problemas, mas eu também sei que nada dura para sempre e que em pouco tempo, a situação vai se estabilizar e você vai voltar a sorrir e ser feliz.
    Por enquanto, permita-se. Chore quando tiver vontade, se feche no quarto para um momento de solidão quando vc se sentir exausta...

    Mil beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Elaine,
    já estava saindo, estava respondendo alguns comentários no blog cantinho organizado qdo vi que vc tinha feito um post e vim ver, não é comum eu entrar essa hora, mas como amanhã o meu dia está cheio resolvi adiantar!

    Pois bem, sinta o meu abraço apertado e cheio de carinho, mesmo sem conhecer pessoalmente estamos unidas na luta diária, muitas vezes os momentos parecem difíceis e intermináveis, e acredito que os vemos assim pois temos essa ¨teimosia¨ de achar que temos o controle de tudo e que podemos tudo. Mas Não, precisamos de ajuda, somos frágeis!
    Força, peço que Deus conforte, dê forças,Ele sabe e conhece o seu coração.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Elaine, sinta-se muito abraçada! Muitas pessoas aqui e na vida real te querem bem e sabem q teu momento é difícil sim. Mas sabemos q o Pai não dá fardo maior do que possamos suportar!
    Quanto a pedir ajuda, a gente não gosta (eu odeio), mas não somos super heróis, precisamos de amparo, abraço, alguém que aplique uma injeção, dividir a dor. Quem sabe, entre as pessoas próximas de vcs, aí na sua cidade, não tenha uma pessoa apta pra te ajudar com as injeções? É bom q vc fale, pois assim as pessoas podem saber como te ajudar! Daqui de onde estou fico imaginando que apenas as minhas palavras escritas podem te levar algum alento. E espero q contribuam para o bem!
    Espero q dividindo a dor vc consiga torná-la mais suave! Espero q saber q tens pessoas, distintas desconhecidas, que te desejam o melhor, sirva de algum consolo...

    Beijos e abraços carinhosos, quantos vc precisar!

    Luiza Mallmann

    ResponderExcluir
  12. Olá Elaine como nada é por acaso nesta vida eu pasei por aqui e estava lendo atentamente seu post , passei por uma situação bem pareçida com a sua com a suade da minha filha
    Mas enfim eu quero te dizer uma coisa o meu maior mal é me cobrar demais eu me cobro pelos erros dos outros eu sentia tudo isso um dia despenquei a chorar no balcão da farmacia simplesmente porque o atendente me perguntou se tava tudo bem eu soluçava e tinah vontade de gritar não , não está eu estou cansada as coisa não vão bem está tudo nas minhas costas e eu estou fracassando e essa tristeza hein ? que nunca me largava tive todos esses sintomas que descreve e que como fiquei debilitada fiquei feia abatida e não saia na rua para que as pessoas não me vissem .
    Li livros espiritas , fiz pensamento positivo , fui na igrja , fiz promessa, tomei banho de sal grosso , ascendo velas e nada
    Dai amiga criei coragem vi que sozinha eu não estava conseguindo a chegar em lugar algum eu sabia que tinha gente com problemas maiores pelo mundo , mas é dai mesmo o meu sendo pequeno eu estava sofrendo e para mim era enorme o peso que me trazia ,fui ao psiquiatra e começei a tomar remedio que com o tempo foi tirando com a mão a tristeza o animo voltou e minha saude instabilizou na verdade depois que uns exames que ele pediu alguns hormonios meus desistabilizaram por conta do stress e eu estava na verdade com depressão hoje estou curada graças a Deus
    Tenha força minha querida que Deus te abençõe
    Beijitos
    www.dicasdajucy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Sinta-se abraçada, Elaine.
    O que está sentindo é algo normal diante de tantos acontecimentos inesperados por que tem passado. Como a vida não para, vc ainda nem teve de descansar e tentar assimilar tudo o que te aconteceu...por isso o stress, por isso está somatizando.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  14. Posso lhe dizer que é o normal, se você estivesse durona é que seria estranho. Você está vendo o homem que ama passar por uma doença, tudo é muito novo, o sofrimento dele é o seu sofrimento. Não há como lhe dizer muita coisa. Só chore, chorar faz bem e cada vez que o fizer, o alívio chega porque exatamente você raciocina e sabe que há muita coisa pior, podia ser pior, no entanto ele está sob controle. O normal é você estar sentindo tudo o que descreveu. Entre tantas idas e vindas, papeladas, viagens, exames, consultas, finalmente agora as coisas entrarão num outro ritmo. Não se esqueça que não pode levar o mundo nas costas.
    Meu abraço, meu amor, meu carinho.

    ResponderExcluir
  15. É...Shakespeare já escreveu que "Não há longa noite que não encontre um dia", mas tenho pra mim que algumas noites parecem muito mais longas que outras...

    E tem muita gente/livro/filme que diz que 'na hora da necessidade, a gente descobre forças que nem sabia que tinha'.
    Bonito de se ler, fica ótimo em livro e alto ajuda, mas isso de ter um 'hulk' interior que vai aparecer quando a coisa apertar, é coisa raríssima.

    E a gente vai fazendo o que pode, na medida do que a gente consegue e não do que a gente gostaria.

    Lidar com doença nunca é fácil e quase sempre é muito difícil para quem está perto, para quem lida diretamente com o doente porque ninguém receita remédio pra dar forças a quem ampara e cuida de quem está fisicamente doente.

    Pros problemas da alma, as vezes o choro ainda é o único remédio pra conseguir aguentar...


    ResponderExcluir
  16. Olá, querida Elaine
    Abraço sim, com muito carinho fraterno... igual vc teve ao repaginar o meu blog...
    Já tive todos os sintomas psicossomáticos que vc menciona e a minha dor tive que engolir calada... é duro!!!

    Aqui, a gente tem quem nos escute com atenção e recebemos retribuição sim mas, na vida real, a gente se sente só... Tive a ajuda divina e de um par de amigas...
    Deus é por nós e quem será contra nós???
    Solidão povoada como dizia João da Cruz é para os que nos sentimos tristes e sem forças... A Trindade Santa vem em nosso auxílio e Maria com ela...
    Que os Arcanjos e Anjos de Deus venham interceder por vc e combater o Bom Combate por vc!!!
    Bjm de paz e orante

    ResponderExcluir
  17. Por vezes as grandes barreiras a vencer estão no nosso interior.
    Precisamos parar e tomar consciência do momento para reagir em conformidade sem nunca nos deixarmos vencer... nem pelo medo nem pelo desânimo...

    ResponderExcluir
  18. Te mando um abraço bem grandão daqui e te entendo bem. Ninguém é de ferro e chega uma hora que se desaba. Faz bem, limpa a alma, clareia o coração,alivia. Depois, passa e temos forças novamente. Vai em frente, firme, força, garra... E, quando tiver que desabar ou desabafar, tem o "ombro" amigo de todas nós! beijos,fica bem! chica

    ResponderExcluir
  19. Minha linda, que vontade de ir até você e te dar ABRAÇÃO! E te dar colo...te dar carinho...assoprar o machucado e dizer: calma querida, já vai passar!
    Imagino o quanto você está sofrendo. Sofrendo pela "perda" do marido que tinha, sofrendo pela perda da Elaine que você era. Sofrendo por toda a mudança à sua volta. É normal. Logo as coisas vão se acalmando e você vai perceber que seu marido está diferente, mas está lá. Que você , mudou sim, se deparou com um monte de situações que te fizeram mudar, mas continua aí. E que a vida também não é a mesma, mas você vai dar conta.
    Tudo isso faz parte. Só não deixa de se cuidar. Não deixa de enxergar você em meio à esse turbilhão todo!
    E conta com todas nós, aqui do outro lado!
    Beijos em seu coração,
    Cris

    ResponderExcluir
  20. Você está passando por momentos muito difíceis e acha que tem que ser forte..... mas não vai conseguir segurar essa barra toda sozinha. Não dá. Não consegue aplicar injeção? Nem todo mundo consegue... para isso Deus criou os farmacêuticos. Você já venceu a burocracia para conseguir os remédios..... essa costuma ser uma coisa bem difícil e chorar na frente dos outros pode ser embaraçoso, mas a tal moça nem lembra mais de vc.....Você está sendo forte demais, eficiente demais.... e seu corpo está cansado, dolorido, doente. Procure ajuda. Procure um médico porque se vc ficar muito doente, quem vai cuidar do seu marido? Seja forte, mas seja sensata.
    bjs
    Sônia

    ResponderExcluir
  21. Olá Elaine.
    É mais que normal que você se sinta assim. Você tem passados momentos muito difíceis e ninguém é de ferro. Você precisa mesmo de desabafar o que sente e deitar para fora. Peça ajuda e cuide de você que também precisa. Você é uma grande mulher, mas as grandes mulher também tem os seus momentos de ir abaixo e não vai deixar de ser especial por isso. Cuide bem de você, muita força e um abraço bem apertado e cheio de carinho e compreensão.

    ResponderExcluir
  22. Elaine.......um abraço imenso...
    Talvez fosse interessante buscar uma ajuda psicológicca para vc também...muito difícil lidar com tudo isso...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Elaine, eu não conheço você mas fiquei com o coração apertado ao ler este texto. Um abraço virtual mas sincero para você!

    ResponderExcluir
  24. Olá Elaine, sinta-se abraçada, e não tenha medo de se sentir fraca, vulnerável, e de pedir ajuda...a mulher nasce para ser forte e guerreira, a sociedade espera isso de nós, cuidamos da casa, do maridos, dos filhos, trabalhamos dentro, fora e fazemos isso incasávelmente....mais somos humanas, frágeis e precisamos de carinho, precisamos cuidar de nós...independente de ser um problemão ou um probleminha ele é nosso e é do tamanho que queremos que seja, para outro pode ser pequeno, mais para quem está vivendo é enorme...se permita ele ser grande, se permita sofrer por não querer isso, se permita pedir ajuda, se permita ir buscar ajuda, você precisa cuidar de vc primeiro para depois poder ajudar quem está a sua volta...chore o tanto que precisar para tirar todo essa dor ai do seu coração...e desbafe, pois vc é humana e precisa de amor e carinnho também! Espero que msm virtualmente vc possa sentir todo amor e carinho que estas palavras carregam por vc!! Bjooos e fique com a paz de Deus!

    ResponderExcluir
  25. Elaine,Bem Vinda ao mundo dos Humanos...Chorar,Entristecer,Pedir Colo,Tudo isso faz parte.Afinal vc é uma pessoa sensível e é "tocada" pela vida.Mas,não se assusta não q isso só te torna MAIOR.Desabafar é preciso. Vc vai ver como isso vai te dar um novo "gás" prá continuar seguindo.Se vc puder visitar o meu blog vai entender pq eu tô te falando essas coisas.Eu tb já me surpreendi com algumas reações,e hj entendo q era preciso. Conte comigo,eleve AQUELE ABRAÇÃO,q vc pediu. www.recicleiavida.blogspot.com Bjs, Ana Margarida

    ResponderExcluir
  26. Você precisa de um médico, precisa se cuidar porque ninguém é de ferro, querida.

    Um Beijão!

    ResponderExcluir
  27. Elaine me manda seu endereço por email?...quero te mandar um presente
    crpl@ig.com.br

    ResponderExcluir
  28. Elaine, o q/vc está sentido, inclusive a perda de cabelo é por causa do estresse. Não se martirise pq não conseguiu aplicar as injeções em teu marido, isso não quer dizer q/vc não está ajudando. Tenha calma, pense q/vcs já conseguiram a começar o tratamento e logo ele estará melhor. Procure ver as conquistas, as melhoras, relaxe e logo vc vai perceber q/vai melhorar tb.
    Confie em Deus, faça uma oração tds os dias pedindo forças e sabedoria p/poder enfrentar esse problema c/equilibrio e confiança.
    Um abraço forte e cheio de carinho.
    Bjs,
    Rai

    ResponderExcluir
  29. Elaine, querida!

    Eu te abraço, sim! E imagino de longe o que estás passando. Procure forças em Deus, só Ele é capaz de nos sustentar quando tudo a nossa volta parece desabar! Eu sei que apenas palavras não fazem muita diferença, mas palavras e confiança faz toda a diferença, então, arme-se de confiança, você precisa reagir. Não se culpe pelo que você não consegue fazer, você está muito cansada com toda essa situação e isso é mais do que natural! Procure encontrar alguma atividade paralela que te faça descarregar essa carga ruim que o estresse traz pra você! Estou aqui torcendo e rezando para que você consiga, querida!

    Grande abraço,

    Drica.

    ResponderExcluir
  30. Elaine,
    sinta-se muuuito abraçada! Vou estar orando por vc e por seu esposo!
    Isso tudo vai passar. Você vai ver! Acredito que a doença pode estabilizar e apesar das medicações vcs vão ter uma vida normal! Vc está no pico da emoção da descoberta do problema. Assim como vem a tempestade, ela acaba e volta a calmaria. Penso também que vc precisa de um remedinho pra relaxar. Senão vc estoura menina! Procure um médico pra te receitar um remedinho pelo menos por uns tempos.

    Bjinho no seu coração e fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  31. Elaine, querida,
    eu gostaria muito de poder abraçá-la neste momento...
    Mesmo udo que posso fazer é continuar orando a Deus pra que lhe dê forças para atravessar esse vale e sair vitoriosa lá na frente.
    Aguente firme.
    Você não está sozinha.
    Um forte abraço...

    ResponderExcluir
  32. Elaine não se cobre tanto, vc é feita de carne e osso como todos nós!
    Um ABRAÇO bem apertado e cheio de forças que dias melhores virão
    meu anjo!
    Fica com DEUS...

    ResponderExcluir
  33. Elaine, tenha muita força neste momento, pois Deus não permite jamais que passamos por algo que não podemos suportar. Saiba que a sua força é muito maior do que tudo que seus olhos podem ver, é uma força que está enraizada e nada nem ninguém pode derrubá-la. Estou orando por você. Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  34. peraí que eu vou abrir os bracos..
    pera...

    deixa meu marido virar a cabeca pro outro lado porque aí, isso iria ficar meio estranho.. peraí...
    ...

    te abracei Elaine, de verdade, pode acreditar me mim porque eu nunca minto. Todo mundo tira sarro da minha cara porque eu sou a maior bobona que todo mundo conhece, aquela que acredita em tudo o que se diz e nao sabe mentir desde que tinha 13 anos. Esta sou eu. E olha, eu abracei o meu laptop. nao, nao, abracei vc menina, e senti uma coisa estranha. Meus dedos meio que tremeram e eu fiquei pedindo que Deus cuidasse de ti, de vcs. Quase chorei, acredita? so por abracar vcs através da net.

    Elaine meu bem, toda a tua dor, todo teu estresse, é mais que compreensivel. Vc ta segurando uma barra mt grande, mt gigante, mt pesada, é mt compreensivel meu bem, por favor,nao se culpe, vc nao é perfeita, nunca foi e nunca será. Entao, nao se culpe! vc ta fazendo o que pode.

    Chore pelo amor de Deus, qd precisar.
    Olha, treine o lance da agulha, vc nao vai poder deixar que alguem faca isso por vcs, porque provavelmente, vc tera que pagar qd nao houver ninguem que possa ajudar. E seu marido sempre precisará de vc. Entao, faca um pequeno curso, sei la como, um treino de um dia inteiro, vai te fazer aprender. Tente dominar essa agulha, ela nao é mais forte que vc e seu marido precisa de vc fazendo a coisa certa pelo menos nesse sentido,deixe esse medo de lado, e tente novamente. Vai,vc vai conseguir.

    Desejo "luz" pra suas noites meu bem. Desejo a luz de Deus na vida de vcs dois.

    ResponderExcluir
  35. Sinta-se abraçada por alguém que sabe o que está sentindo porque passei por situação semelhante, não com marido, mas com a mãe.
    Cuide da tua saúde também, pois eu estava no mesmo limite em que hoje te encontras e adoeci seriamente. Graças a Deus minha saúde está restabelecida.
    Nunca fiz isso, indicar um link assim, abertamente, mas talvez possa ajudá-la encontrar um pouco de paz, lendo palavras que já mudaram a vida de milhões de pessoas, mundo afora.
    http://trentinicsb.com/
    Grande e fraterno abraço.
    Beth

    ResponderExcluir
  36. Ai Elaine...sabe, eu como Psicóloga te aconselho a atrevassar a noite escura de peito aberto, sofrendo e chorando tudo o que tem que chorar. Vc está vivendo uma espécie de luto, que nada mais é que mudança! Se a gente não vivencia a mudança, como vc já está fazendo, aquilo se instala na gente e vira outra coisa, tipo depressão, doença, verruga, sei lá, mas não é legal! Não se cobre tanto porque isso é normal! Se permita!
    E se precisar de um ombro amigo, vem cá que eu te dou até dois!
    Bjs

    ResponderExcluir
  37. Ah, Elaine, te dou um abraço, mesmo que virtualmente.
    Tenha certeza que tudo isso vai passar, vou orar aqui por ti, pedindo a Deus que te dê força para passar pelo que vem pela frente.
    Mais abraços.

    E pessoal, quando tiverem um tempo, acessem meu blog, falo sobre os acontecimentos do momento, discussões, temas e o dia-a-dia de uma estudante.

    http://totemdataverna.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Elaine, faça somente o que está dentro das suas forças e descansa confiando que Deus proverá o auxílio necessário. Já passei por momentos muito difíceis que pensava que não iria suportar, mas estou aqui e posso dizer pra você que: por mais difícil que seja a situação, lembre-se: "Tudo passa".
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  39. Espero que o meu forte e caloroso abraço chegue até vc e a conforte um pouco.
    Entendo seu processo, é de destruir qq um ver alguém que amamos nessa situação. Meu irmão teve câncer e foi tão difícil... eu sempre tentando animar todos da família, pra ng deixar de acreditar, e qdo eu vi, tinha desenvolvido uma labirintite.
    A gente precisa se permitir sofrer, chorar, reconhecer que é pequeno, frágil, limitado, e pedir forças a Deus.
    Minha mãe tbm perdeu mto cabelo nesse processo todo.

    Espero que vcs fiquem bem.

    ResponderExcluir
  40. Nem sei o que te dizer, mas sinta-se abraçada!
    Faz um tempo que tb me sentia numa noite escura, parecia não ter fim, mas foi graças a minha religião, a minha fé que consegui forças para me erguer novamente e continuar, com alegria e esperança que dias melhores virão e na verdade, vieram mesmo pra mim.
    O sentimento de tristeza parece que nunca tem fim, mas hj ele fica controlado, quietinho aonde quero que esteja.
    Fique em paz e sua alegria voltará.
    PS: aprendi a aplicar injeção qdo tinha 12 anos...então, calma que vc consegue.
    Bjs

    ResponderExcluir
  41. Oi Elaine,
    Sou eu a Izabela Menezes que te pediu pra dar um up no blog e pediu valores.
    Bom, espero que esteja lembrada de mim!
    Olha , nunca desanime ! Nunca por que Deus nao dá fardos pesados para costas leves.
    Se ele colocou isso na sua vida e por que tem plenas condiçoes fisicas e mentais de resolver.
    Se tudo ta dando errado ( ou aparenta dar errado) não ceda!
    Nunca! Por que o aprendizado vem dos momentos mais dificeis
    e voce ira vencer tenho certeza disso.

    Lute muito, aprenda coisas novas seja forte!
    QUe Deus esta do seu lado.

    Hum grande abraço e estamos torcendo por vc. Vc merece!

    ResponderExcluir
  42. Cara amiga Elaine já passei por uma situação como a tua e não tinha com quem me consolar não tinha sogros e meus pais também não tinha filhos menores que não iam entender meu marido teve um acidente, caiu de 4.60 metros de altura podando uma árvoree quebrou a vertetebra 7 vulgarmente falando quebrou o pescoço meu marido tem 1.80metros de altura e 1o6 quilos eu não podia chorar e mem pensar muito tinha que agir eu o recolhi e ficou internado 22 dias fez uma cirurgia e colocou uma placa um aro e quatro parafusos na coluna e hoje está perfeito fez um ano de fisioterapia direto e eu tive que ser pai mãe dona de casa e trabalhar tive horas que achei que ia explodir mas passou ele está ótimo mas naquela época eu sabia que ele podia ficar até tetraplégico.
    Depois que tudo aconteceu e ele voltou para casa fiquei 3 dias deitada sem falar com ninguém pensando mas tudo passou e com isto eu descobri Deus não dá o fardo maior que você possa caregar desculpe o desabafo mas acho que minha história talvez possa te ajudar beijos eliane lima.

    ResponderExcluir
  43. Amiga querida nem tenho o que dizer no momento.
    Então, um beijo, um abraço apertado, mesmo de longe.

    ResponderExcluir
  44. Força Elaine...Há momentos na vida da gente que parece que será impossível ver o dia seguinte...Não esmorece, acredita na paz. Olha pelo lado bonito, não pelo aspecto da tristeza! Tenha muita força, muita coragem e lembra que abrir teu coração, permite a gente de te afagar a alma,ainda que a distância...Força! bjks e um abraço muito afetuoso pra ti!

    ResponderExcluir
  45. Vim correndo te trazer o meu abraço!
    Sinta-se devidamente abraçada Elaine e saiba que estou orgulhosa de você, pelo fato de você descobrir que é gente como todo mundo... Gente que sofre, que dói, que chora e que não aguenta muitas vezes... Mas saiba que...TUDO ISTO VAI PASSAR!

    Beijos

    ResponderExcluir
  46. Elaine,

    Sinta-se abraçada, de verdade.

    Na minha opinião, você tem todo o direito do mundo de sentir o que estás sentido, mas você tem que se cuidar, procurar um médico pra você, você tem que estar bem e se sentir bem, por você e pelo seu marido. Não é porque o que te abala que está fora de seu controle, que você não vai se cuidar. Um médico vai te examinar e saber exatamente como te ajudar com medicamento. Acho que, (você quisesse/pudesse), seria legal também terapia.

    Minha irmã sempre passou um stresse profundo no trabalho, até que ano passado ela teve psoríase dos pés à cabeça. Todos os médicos pelo quais ela passou, indicavam terapia, ela tinha crises de choro na frente do dermatologista. Até que ela se convenceu em procurar um terapeuta. Ela está gostando tanto, que manda todo mundo fazer.

    Sinceramente? Não me imagino aplicando injeções em meu marido, deve ser difícil e aflitivo.


    beijos e se cuida

    ResponderExcluir
  47. Oi Elaine! Eu te dou um abraço muito forte ,com muito carinho .Teu cabelo esta caindo por causa do estress .É normal sentir-se fraca e cansada você está carregando um peso grande. Mas ,gostaria de poder ajudar ,como não posso, eu peço que tenha coragem ,força .Talvez um psicologo,ajudasse.Que Deus abençoe vocês.Gostaria de te abraçar pessoalmente.Bjs

    ResponderExcluir
  48. Oi, Elaine

    Você pediu e olha quantos estão aqui pra te abracar. Você gritou e olha quantos te ouviram. Sinto muito, mesmo, por tudo o que tem passado, você, seu marido, sua família. Nesses momentos, saber que a experiência dolorosa nos transforma em pessoas mais forte e melhores, pouco ajuda, não é mesmo? mas um conforto de uma braco virtual, embora não seja físico, pessoal, é um alento a mais pra atravessar essa noite.
    Você escolheu um ótimo título, pq ele está repleto de esperancas minha querida. Tudo o que sabemos é que uma noite escura sempre vai acabar.

    Um abraco carinhoso pra vocês, virtual, mas muito real.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  49. Olá amiga!
    Nunca passei por um problema como o seu, mas sei o que é essa noite escura. Conheço-a muito bem, com toda sua tristeza, sintomas, o frio na alma e tudo o mais.
    Só tem um abraço que lhe confortará, é o abraço de Deus.
    Rezarei para que vc consiga senti-lo, porque com certeza ele está lhe abraçando nesse exato momento e desde o início. Sei que é difícil sentir, mas ai entra a fé.
    Fé é a certeza daquilo que não vemos.
    E não se envergonhe de chorar ou de sentir fraca ou cansada, a unica vergonha é fugir, e vc está enfrentando tudo bravamente. Seu marido é um homem de sorte.
    Tenha fé minha amiga, sinta Deus te abraçando, chore se tiver vontade e vc verá a vitória.
    Quanto ao stress, talvez fosse bom procurar ajuda médica, além de ser o correto, ajuda a parar a queda dos cabelos, sei como isso é horroroso.
    Bjus, conte com minhas orações.

    ResponderExcluir
  50. Oi! Elaine vi quanto de conforto vc recebeu das pessoas que te admiram como eu, isso só pode te fortalecer muitas forças positivas energias do bem vão para você, tenho certeza que você já se sente melhor com tanto carinho. um grande beijo e um abraço bem apertado.

    ResponderExcluir
  51. Que texto lindo, é o ser humano pedindo ajuda...
    Fiquei comovida com seu apelo.
    Sinta-se abraçada, Elaine, meu carinho lá do fundinho da alma.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  52. Olá querida, Seguindo o blog!
    Que Deus possa te abraçar, te consolar, te amar, te restaurar, te impulsionar, te nutrir, te alegar, te visitar.
    Mesmo lá, bem no escuro, no sufoco, na dor, no pranto, ele está ali com você, deixe-o estar, deixe-se sentir.
    E tudo vai passar.


    (Comente e Siga-me)
    http://gabriellyrosa.blogspot.com G.R ♥

    ResponderExcluir
  53. Oi, Elaine, querida.
    A vida tem dessas coisas né, de teimar em nos fazer aprender algumas coisas por meios muito dolorosos... mas, de tudo isso, tenha sim, uma certeza, que és imensamente abraçada... por todo esse povo que te acompanha, através do teu blog; por essa pessoa generosa e que distribui amor fraternal, sim, porque nenhuma pessoa que não saiba amar profundamente disponibilizaria seu tempo para ensinar a outras pessoas que talvez jamais os olhos se encontrarão nessa vida...
    Fique com Deus, querida, tu e toda tua família, sejam protegidas pelas palmas das mãos de Deus e, sinta-se profundamente abraçada, acarinhada...
    Beijos fraternos.
    Patrícia Fagundes

    ResponderExcluir
  54. Querida,vim aqui te deixar o meu maior abraço,o meu melhor carinho e o meu mais afetuoso beijo do ano,vim pra te dizer que nesta noite minha oração será para ti e para teu esposo,que é um homem privilegiado por ter achado neste mundo de hoje alguém que o ame tanto,ao ponto de admitir seus medos...que não é para qualquer um.
    Parabéns por tanta força e por tanto amor e voce é capaz de muito mais do se acha,não te preocupes,as forças vem na hora certa.
    Procure uma ajuda terapeutica,faça o tratamento que melhor lhe convir para se sentir mais forte;eu recomendo muito a HOMEOPATIA é algo leve mas equilibra nossa alma e nosso corpo,eu uso e recomendo querida.
    Um beijo grande no coração
    Juliana

    ResponderExcluir
  55. Olá Elaine,

    Não tenho deixado recadinhos por aqui, mas acompanho tua luta e sempre teus posts através de e-mail. Você já sabe que gosto muito de você né ???
    Receba meu abraço bem apertado, de uma amiga de longe que torce muito por você e pelo Edirlan. Chore, desabafe aqui, converse com pessoas de suas relações, mas continue lutando sempre. Já te falei isto mas vou repetir você vai conseguir, vai ajudá-lo sempre. Eu sei bem o quanto tudo é difícil, mas Deus nos coloca em provações porque sabe conseguiremos atravessá-las.

    Um grannnnnnnde abraço e mil beijos.

    Mana

    ResponderExcluir
  56. Elaine, querida, venho sempre aqui e imagino como deve ser difícil. Sabe, eu desejo que as coisas fiquem mais leves para vocês dois. Que em meio a tudo isso haja uma Luz... Enfim... Deixo aqui o meu abraço carinhoso! Beijos!

    ResponderExcluir
  57. Um abraço bem apertado... não sinta vergonha pelas lágrimas, foram sua válvula de escape para não surtar...
    Vcs precisam de um acompanhamento psicológico, a enfermidade abala muito a todas as pessoas,o doente e o cuidador também!
    Eu chorei aqui com vc, pois hj o dia foi de muitos pensamentos por um momento que estou passando na minha vida, a minha "noite escura" já tá durando 10 meses e lendo seu relato vejo que a sua noite está muito mais escura que a minha... Te desejo força nesse momento, não deixe de cuidar de vc, se tiver oportunidade procure a terapia sim... Um bj! E muitos abraços!!!

    ResponderExcluir
  58. Elaine.
    Sinta-se abraçada por esta Pessoa.
    As vezes fico quietinha,mas sei o que acontece com vc.
    Fique bem tá.
    Bjus

    ResponderExcluir
  59. Eu escrevi pra vc e não tinha visto que vc tinha postado... lendo isso tudo, penso que eu poderia eu ter escrito várias linhas dessas, em outros tempos, agora... sobre as limitações, sobre aceitar, sobre ser forte, entre outras coisas. Sei, entendo o que vc está passando. Te abraço apertado, e te digo, chore, desabe, lave a alma, não temos que ser fortes sempre... não mesmo. Beijos com carinho ♥

    ResponderExcluir
  60. Elaine, estou acompanhando mais ou menos sua história e vejo que você realmente se empenha em tentar ajudar, mas nem tudo nós podemos fazer, assim como eu não posso ir até você e te dar um abraço, então estarei orando por você e pelo seu marido.

    ResponderExcluir
  61. Eu te abraço com todo o meu carinho e, de coração, desejo que você fique bem.
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  62. [ ]'s - abraços
    [ ]'s - abraços
    [ ]'s - abraços
    [ ]'s - abraços
    [ ]'s - abraços
    Sinta-se abraçada...
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  63. Estou longe, não posso te abraçar, mas posso elevar a Deus uma oração por vocês dois. E é isso que fiz. Dorme em paz, descansa que Ele pode cuidar de tudo por você.
    Besitos y bendiciones

    ResponderExcluir
  64. olá, vim aqui ao ver seu coment no face.. quase nao vou nos blogs e agora , com o face..fico mais por lá..eu tb sinto vontade de desabafar no blog , de falar das minhas angustias mas acho que de triste já basta a vida.. acho legitimo vc se abrir e desabafar.. isso aconteceu comigo quando fui numa cardiologista e fui contar como meu pai morreu p ela .. caí num choro q nao se acabava. mas depois daquele dia pude falar sobre o assunto na boa ..enfim,, a vida sempre nos reserva surpresas boas e ruins.. desejo de coração q suas adversidades se amenizem ou sumam por completo .. e q tal contratar uma pessoa só para as injeções?? eu nem olho qdo vou fazer exame de sangue.. bjks e fique bemLIN

    ResponderExcluir
  65. Um abraço de urso bem apertado!!Com carinho e muito amor...
    Minha querida você precisa se cuidar ,para cuidar dele!!!é fato ...não adianta vc querer postegar isso Elaine...Meu marido com 54 anos sofreu um derrame,paralisou o lado esquerdo,era um homem de 1,90 m e 100 kls....Tinha que fazer todas as necessidades básicas com ele ,como ele era diabético eu aplicava insulina,controlava a glicose...os filhos já casados cada um cuidando da sua vida,vinha uma auxiliar de enfermagem me ajudar a dar banho e cuidar dos curativos que começaram aparecer por causa da cama..foi internado várias vezes ,uma das vezes ficou com uma septcemia,ficou 3 meses internado em SP,bem lutei muito cuidei,tratei....numa fase boa em que ele melhorou ,fui ao mercado e simplesmente desmaiei...chamaram meu filho que é médico ,e nos levaram para morar com eles , porque se não cuidasse de mim eu também estava doente!!! eu não estava aguentando mais,me senti como você ..eu uma mulher forte,decidida .....como chorar ,fraquejar.....mas chega uma hora que ao vermos o ser amado sofrendo nos sentimos tão pequenos,porque conosco,enfrentar hospitais,médicos,burocracia,farmácias....Minha linda te conto isso para mostrar que somos falíveis,você fraquejar e chorar é mais que normal!!
    Novamente se cuide para poder cuidar dele...um abraço minha querida amiga...
    bjjsss

    ResponderExcluir
  66. Elaine querida. Fiz um comentário com um carinho enorme para você, mas acho que foi para o G+
    Vou procurar e colocar aqui.
    Fica com Deus, Ele ampara você.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  67. Oi Elaine
    Elaine?
    Elaine?
    Afff acho que desmaiou de tanto que apertei meus braços ao seu redor.
    Sentiu ai, o abração.
    Só posso pedir que Deus venha fortalece-la, renovar suas forças, cuidar de ti.
    A Bíblia nos fala que Deus afofa nosso travesseiro no leito de enfermidade. Creia que Ele tem cuidado de vocês.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  68. Bom dia Elaine, o desabafo faz bem pro corpo e pra alma, não guarde tudo pra você não, as vezes faz bem colocar pra fora tudo o que estamos sentido, isso pode aliviar um pouco a dor, o sofrimento e o medo que sentimos em determinadas situações.
    Eu te abraço bem forte, com toda a sinceridade do meu coração e espero que mesmo distante você possa senti-lo.
    Se cuida
    Bjs

    ResponderExcluir
  69. Bom dia!!! Que pena que é tudo real, poderia ser apenas a história de um bom livro e que no final tudo termina bem, eu ia começar a tomar meu café da manhã, mas não consegui parar de ler e chorei muito por vocês, sinto muito, mas você também precisa de cuidar pra poder ajudar seu marido e quanto ao abraço, que pena não estar perto de você, mas estamos aqui pro teu desabafo e torcendo...beijocas

    ResponderExcluir
  70. Elaine,

    preciso te falar uma coisa: não se sinta fraca. Você nem imagina isso, mas tem sido a pessoa mais forte que jamais vi na vida. Agora você não vê isso, mas quando a tempestade passar você verá.

    Bjos e muita força, Deus abençoe vocês!
    Luciana

    ResponderExcluir
  71. oi querida, sinta-se abraçada. Acredito que essa fase que vc está vivendo não é fácil, e vai durar um bom tempo...e que você fiquem velhinhos um do lado do outro...que descubram a cura dessa doença e que seu marido consiga viver bem com ela...amiga, vcs precisam de ajuda espiritual. Não sei se tem religião, mas acredito muito em Deus e sei que ninguém passa por situações que não seja para aprender alguma coisa e melhorar espiritualmente. Vocês não estão passando isso por acaso, tem uma razão de ser...não é fácil, mas com Deus será mais tranquilo...acredite nisso...eu fiz um projeto para ler a Biblia em um ano...faça com seu marido...vão aprender bastante e receber o conforto que precisam nesse momento...sem dúvida a queda de cabelo é stress...cuide mais de vc...faça atividade fisica, ioga, meditação...força aí..que Deus esteja com vocês...bjs

    ResponderExcluir
  72. Um montão de abraços pra você, querida! Já vivi um estresse desses, sei como você se sente. Vai passar sim, acredite. Você fez a coisa certa. Pedir abraço faz todo sentido. Só não se esqueça de abraçar-se a si mesma também. Você é uma pessoa admirável enfrentando um momento difícil. Merece todo o carinho dos amigos e de si mesma. Ah, se puder, faça algum exercício físico. Foi o que salvou minha vida e meu cabelo. :) Beijos!

    ResponderExcluir
  73. Minha querida me desculpe !!! vc está pedindo carinho não que contemos nossas experiências!!mas era tarde estava ontem muito triste e me vi em você!!Desabei junto...revivi...
    um abraço de urso daqueles que sufoca!!! Se cuida
    bjjss

    ResponderExcluir
  74. Elaine em momento algum vc está sendo fraca,é sim uma noite longa,mais tenho certeza vai amanhecer e trazer dias melhores,chore mesmo,desabafe,grite e peça colo e abraço,vc é humana é gente de carne e osso ,não comento muito por aqui porque sempre me falta as palavras certas,mais sempre leio seu desabafos,sinta-se abraçada fortemente querida ,que Deus te abençoe e te dê muita força,além da que vc ja mostrou que tem!!!
    Um abraço de urso pra vc^^

    ResponderExcluir
  75. Querida, é difícil, muito difícil mesmo... Quando meu ex marido teve uma crise séria de síndrome de pânico minha válvula de escape foi descobrir a blogsfera. Assim que comecei...
    Você precisa de algo assim, que canalize suas preocupações...
    Não entre nessa querida, ele precisa de você, então não dá pra focar doente agora né?
    Mando para você meu abraço enorme!
    uma passagem da bíblia que me ajudou muito foi o salmo 140 (da bíblia Ave Maria), nas outras acho que é 139.
    Dá uma olhada. Começa assim "Senhor vinde em meu socorro..."
    Um beijo enorme para ti!

    ResponderExcluir
  76. Que Deus te abençoe amiga e a sua família, o que mais nos deixa fragilizados é um problema de saúde, que é a nossa maior riqueza, lembre-se que nada é por acaso, e que Ele sabe de tudo e não deixa nada acontecer sem seu consentimento e razão. Que você tenha forças para continuar lutando com todo amor que vc guarda ai no seu coração, e é ele que vai revitalizar as suas energias, dias melhores sempre virão, um abraço muito carinhoso.
    Paty Alves
    www.agape-amorverdadeiro.blogspot.com
    www.patyiva.blogspot.com
    www.tentardecoracao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  77. Receba meu humilde abraço. Sei perfeitamente que não nos conhecemos, mas passo sempre por aqui e tenho acompanhado a sua história.

    Você dá lição de vida em se mostrar como é, com sua força e seus momentos mais humanos.

    Nada podemos fazer, apenas te abraçar e é isso que quero que você receba.

    Beijos, Luciana

    ResponderExcluir
  78. Elaine, li tudo, e sei que o fardo é pesado, porque envolve anciedade, medos, e o stress é coisa séria, pode ter certeza de seria muito bom que você também fosse acompanhada por um médico, para ajudar a controlar a anciedade, mas eu pessoalmente prefiriria ir tomando uns bons chás calmentes, procurar relaxar em casa, e o principal de tudo que eu quero e preciso te dizer é: busque o Senhor Jesus para sua vida, leia: Salmos 37:4-5(4:Deleita-te também no SENHOR, e te concederá os desejos do teu coração.
    5: Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará).
    Deus é fiel, rico em misericórdia, a através do Senhor Jesus, Ele nos acalma, por isso te aconselho, ore, busque e depois me responda.

    Grande beijo, gostei muito do seu site, me inspiro nele, para muitas coisas, me identifico com você pelo amor que dedico ao meu marido e filhos, tenho um casal,
    fica com Deus, e eu vou ficar orando por você daqui de Fortaleza/Ce.

    ResponderExcluir
  79. Oi Elaine, fiquei aqui pensando o que falar................não tenho palavras, mais tenho uma convicção e uma certeza, vc é um ser forte e perseverante, e de repente esse momento de desabafar foi apenas para te dar um novo alento, com suas lágrimas e seus medos vem uma nova perspectiva e tenho certeza que irá vencer.......o lance da injeção é mais pena do que medo, temos pena de machucar a pessoa que amamos e com isso não conseguimos ...tem um treino básico, trei ne em uma laranja com casca, a testura é a mesma da pele e vc sentira segura ao aplicar em seu marido, tente até se sentir segura ........e agora menina como dizem por aqui FORÇA NA PERUCA pois ninguém te segura.......xrim e boa sorte

    ResponderExcluir

  80. Oi, Elaine! Li a postagem pelo e-mail e não podia deixar de dar uma passadinha aqui para dar um abraço. Logo após ler o seu desabafo(você é corajosa!) veio em minha mente essa música que é como um longo abraço de Deus para você. Se quiser ouví-la deixarei o link do YouTube.

    "Estou contigo" -Jota A http://www.youtube.com/watch?v=IG1pY2hQKMw

    A noite chegou, eu estou a clamar
    O medo chegou, eu estou a chorar
    Mas Tua palavra diz: "O choro pode uma noite durar, e pela manhã a alegria virá"

    Mas, Senhor, a noite é longa
    e demora a passar, e os meus inimigos estão a zombar de mim
    Porém, olho para o céu, de onde me virá o socorro
    Então, ouço a Tua doce voz a me acalmar:

    Eu estou contigo, não te deixarei
    Durante a noite, tua voz ouvirei
    Passo a noite contigo pra te guardar
    E, pela manhã, minha promessa em tua vida se cumprirá

    Eu sou o Deus do dia, o Deus da noite e da madrugada
    Eu sou o teu abrigo, estou contigo
    Não te deixarei."

    ResponderExcluir
  81. Elaine,
    Doeu muito dentro de mim, li todo o post...Sinta-se abraçada, bem forte.
    Eu tenho pedido a Deus por você, pelo seu esposo. Quanto a noite escura, acho que todos nós, um dia, já nos sentimos assim. Meu Deus, é muita coisa nesse mundo. E nós somos carne, e como diz a Biblia, "a carne é fraca". O espírito é forte, mas a carne não. Por isso você, querida, eu, e todos nós, nos sentimos assim, fracos, impotentes. O bom disso tudo é que você aprendeu a pedir ajuda. Nós, Elaine, sozinhos, não temos como vencer. Sempre que sentir necessidade, fale sobre você, seus problemas, suas aflições. Principalmente com o Senhor. Se jogue aos pés Dele, e chore, chore muito, e você se sentirá fortalecida. Eu faço assim. Falo por experiência. São nesses momentos, quando pensamos que estamos perdidos, e que nada mais vai ter jeito, Deus nos dá a mão e nos diz: 'LEVANTA, FILHA. EU TE AJUDO, EU TE ESFORÇO."
    Deixarei esses versículos para fortalecê-la:

    Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.
    Direi do SENHOR: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.
    Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.
    Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.
    Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,
    Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.
    Salmos 91:1-6
    Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
    Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.
    Salmos 91:11-12
    Querida, Jesus está com você(s)!!Creia!!

    Bjssss

    ResponderExcluir
  82. Minha querida, sinta-se abraçada.
    Não a conheço mas leio sempre o seu blog... na moita. ;)
    Sei como é se sentir tão cansada e ter que admitir que não posso levar o mundo nas costas, que não posso cuidar como gostaria da vida daqueles que amo...
    Vocês estão em minhas preces, que Deus continue dando força e sabedoria.
    Um abraço afetuoso cheio de coragem, só pra você! <3

    ResponderExcluir
  83. "SENHOR dos Exércitos, bem-aventurado o homem que em ti põe a sua confiança."

    Salmos 84:12

    Elaine, mais do que os nossos abracos tenho certeza que ele tem te carregado no colo.

    É necessário chorar. Davi chorou e o choro nao durou somente uma noite, mas ele tinha a garantia de Deus que o choro passaria numa manha.

    Um abraco enooooooooooooooooooorme carregadinho de oracao.

    ResponderExcluir
  84. Oi Elaine,
    Alguns dias estou acompanhando seus posts e hoje me inscrevi no blog,
    nem li os comentários da outras pessoas para não me sentir diminuida,se quiser nem precisa aceitar este comentário porque eu quero que guarde no seu coração,de verdade,você ganhou uma amiga,sabe...eu passei uns pedaços na minha vida,e a pior coisa e chorar e olhar pra todos os lados e não ver ninguém pra te ajudar,porque nos momentos mais difíceis todo mundo some e nos deixa sozinhos....
    A pior coisa é se sentir sozinha,poxa vida...
    Minha foto é real,eu sou real,e sinto um carinho grande por você,e ainda olha só,precisar de mim,conta comigo,quero aprender nesta vida e compartilhar meus momentos,e achei graça,achei lindo seu jeito de escrever,demonstra quem somos sem mesmos falarmos,amo escrever também,as vezes escrevo besteiras,mas por falta de amizades verdadeira,prefiro o papel pelo menos ele não conta pra ninguém,rs...
    Existe amigos de verdade mas é raro,existe pessoas que te ajuda de verdade,ou pelo menos finge,o pior ninguém pensa como você,ou como eu...
    Tem uma pessoa pra te elogiar e mil pra te criticar,estaé a realidade...
    Olha falo com toda certeza deste mundo,e aquela que Deus coloca no nosso coração.....VOCÊ VAI VENCER,mais e mais....Obrigada por me ajudar,senão fosse suas dicas,rs...mas enfim to aqui pra te dizer,que vocÊ é iluminada,Deus te abençoe,acredito em Deus e sou cristã,mas não vou na igreja...apenas acreditooo,se Ele tem me ajudado,vai te ajudar porque vocÊ merece!

    bjussssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  85. Oi Amada.
    Lendo seu texto senti e imaginei cada momento que passastes. Só tenho uma coisa para te falar. Você não é fraca não. Você é forte, é guerreira, e o cansaço vem mesmo, porque vivemos neste mundo desleal. Mas acredite no Criador de todas as coisas e busque forças nEle. Estive assim o ano passado, sentia muita dor de cabeça, tontura e por aí vai, fiz uma série de exames e no final o neurologista acabou dizendo que é stress, a queda de cabelo é do hormônio da tireóide que está totalmente desrregulado, mas o resto é tudo tensional. Tomei antidepressivo por 3 meses e não tive mais dor de cabeça, já faz uns 3 dias que parei e estou muito tonta, com náuseas e dor de cabeça, o que fazer? Preferia viver sem essa dor, não voltarei a tomar os medicamentos, porque creio que o nosso Paizinho que nos fez irá tirar isso de mim e de você. Confie querida, e não se desanime, quando se sentir triste chore, diga tudo que quer dizer ao nosso Pai, ele conhece nosso coração, sabe de todas as coisas.

    Que nosso amado Criador e Salvador te conforte.
    Um abração bem grandão, ah e estou usando sua imagem linda que disponibilizou para nós, muito obrigada mesmo, se quiser me visitar...

    http://blogcasinhadalu.blogspot.com.br/search/label/Aprendi%20com%20a%20Mam%C3%A3e

    ResponderExcluir
  86. Elaine eu posso te dá um abraço tmb posso?

    ResponderExcluir
  87. Sem palavras, por favor só sinta o calor do meu abraço. Teamodoro.

    ResponderExcluir
  88. Oi, Elaine... faz um tempão que vc postou, mas só hoje estou lendo...

    Só uma coisa eu quero te falar:
    Vc tem todo o direito de chorar, de soluçar, de reclamar, de não aguentar, de querer colo, de precisar de ajuda, de fraquejar, de adoecer, de se estressar, de sentir medo, de fracassar, de saber que não dá conta...
    E apesar de tudo isso, continuar forte e fazer tudo o que tiver que fazer, no seu ritmo, no seu tempo, nos seus limites... vc é humana, lembra? E muitos te amam e estão só esperando vc chamar pra poder te ajudar...
    Se cuide, pra poder cuidar dos outros...
    Vc é tão importante e tão preciosa quanto seu marido ou qquer outra pessoa.
    Se cuide, querida!

    Beijos

    ResponderExcluir
  89. Ownnn, Elaine!!! Poxa, que sofrimento. É muita coisa pra suportar só... De vez em quando passo aqui no blog, mas sempre recebo seus e-mails e saiba que vocês estão em minha orações, viu?! Mesmo de longe, sinta-se abraçada, querida! Fica com Deus! Você é muito forte!!!

    ResponderExcluir
  90. Querida Elaine estou aqui tb para dar-lhe um abraço bem forte e amoroso, com certeza isso tudo é reflexo da barra que estás passando, na hora do problemas somos forte mas depois o corpo pede socorro, não se aflija e não sintas impotente pq tu sempre mostra força, garra e determinação...qt ao cabelo é stress mesmo...cuide-se acima de tudo e se precisares de algo grite que vamos todas te socorrer..beijus e te abraço assim oh \\\\\\\\\\\\\\\\O///////////

    ResponderExcluir
  91. Olá Elaine

    Fiquei emocionada com seu relato e vou rezar muito para que seu coração se aquiete e vc fique ebm apesar de tudo. Mas o tudo, poderia ser muito pior, como vc bem disse. Acho que no seu caso é excesso de cobrança para com vc mesma. Sei o quanto é difícil, pois meu marido é exatamente assim, e sofre por isso. Tente ser mais light. Fácil falar, para quem está fora do problema, eu sei, mas tente...

    AMIGA da MODA by Kinha

    ResponderExcluir
  92. Elaine, como é complicado encontrar palavras para responder seu comentário lá no blog dá trabalho, pois é muito difícil mensurar a dor alheia! mas quem não tem dúvidas, quem não vacila, e principalmente, quem não sofre? A fé se abala, nós somos humanos, não perfeitos, e até entender esses caminhos tortuosos pelo qual passamos muita mudança se opera na nossa vida, feridas são abertas, demoram cicatrizar... Mas mesmo assim, confie que tudo que Deus faz é perfeito! Eu fico muito triste quando as pessoas falam mal da Bíblia ou de gente que confia em Deus apesar de tudo, pois ele nos conforta, e mesmo no meio da tempestade nós podemos sentir o seu amor "ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, eu não temeria mal algum pq a tua vara e o teu cajado me confortam..." Ele não nos prometeu uma vida cheia de alegria, de vitórias, ele disse que passaríamos aflições e iríamos carregar nossa cruz, por isso eu me entristeço com este evangelho em que nos acomodamos, que vivemos nossa vidinha tão confortável de ir pra igreja dia de domingo, de se acomodar com a forma do mundo e achar que tá muito bom, as vezes levamos um sacolejo daquele pra entender que devemos fazer diferença! Peça a Deus Graça para suportar este vale das sombras, e não se esqueça que as tribulações do presente não podem nem se comparar a glória que há de vir!
    Beijos

    ResponderExcluir
  93. Olá Elaine...muito tempo não venho aqui, senti tudo isto que você está sentindo quando meu marido, o qual eu pensei que ficaria casada pro resto da minha vida me abandonou sem casa sem nada. A situação não tem nada a ver com a tua, mas os sintomas parecidos.
    Cabelos? Quase cairão todos, sistema nervoso nem sei se tenho, fui humilhada, chacoteada desprezada amigas blogueiras riram de mim achando que eu estava exagerando, só sabe o tamanho da dor quem sente. Por isto entendo você. A blogueira ai de cima diz tudo que gostaria de te dizer, você não acredita.
    Encontrei paz e equilíbrio para continuar em Jesus somente Ele pode nos estender a mão nestes momentos únicos. Ah! Nema divórcio hoje em dia você não será a primeira nem a única...sei disto, mas ele era o meu amor, meu porto seguro, casei pensando que seria pro resto da vida, sei o amor que tens pelo teu esposo. Com tudo isto quero te dizer, busque neste momento a Deus nosso socorro e refúgio bem presente independente da situação. Estou bem melhor graças ao meu Deus.
    Abraços

    ResponderExcluir
  94. sei tudo que está passando, também estou na noite escura da alma, onde a fé anda falhando, estou lutando contra a ansiedade, e vou vencer. sinta-se abraçada e me abrace. fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedrinho, eu abraço sim, vem cá!
      Sinta-se mesmo abraçado... ajuda muito, sabe?
      beijos

      Excluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…