A força impressionante de um elogio

em 3 de dezembro de 2012

Quando eu tinha 9 anos fui premiada na escola com um caderno, um livro da Ana Maria Machado e um monte de lápis e borrachas. O motivo? Eu escrevi uma redação, que deixou a professora tão orgulhosa que a fez sair de sala em sala mostrando para as demais professoras.
Não lembro absolutamente nada da redação, mas lembro nítidamente do quanto fiquei feliz e do quanto me senti animada. A menina pobre, quieta, tímida e retraída descobrira algo que fazia bem. Passei a escrever cada vez com mais capricho.

Anos depois, com 11 anos, a professora de artes pediu que cada aluno lesse um poema para a classe toda. Ali, de pé, eu lembro de tremer muito. Li Canção do exílio e quando terminei fui aplaudida. Descobriram que a menina tímida tinha entonação de voz, sabia fazer as pausas que o poema pedia, tinha emoção ao ler. Passei a ler cada vez mais, e com isso fui melhorando o que já era um dom natural.

Por que estou relembrando isso? Porque tenho pensado muito na força imensa que um elogio tem. Eu gosto de cozinhar, e isso foi se acentuando ao longo do tempo porque primeiro meu pai elogiava as coisas que eu fazia. Depois os amigos passaram a elogiar. Um elogio tem o poder de motivar, de elevar, de alegrar a alma.
Mas não me refiro ao elogio fácil, aquele da boca pra fora, ou aquele feito por hábito. Me refiro ao elogio que motiva porque é sincero. Me refiro ao elogio amoroso.

Veja as crianças, olhe para elas. Se você tem crianças perto de você, olhe para elas. Elogiar algo bom tem um efeito muito mais positivo do que corrigir algo errado. A correção é necessária, claro, mas o elogio... ah o elogio! Esse é capaz de realizar milagres!
O mesmo acontece em relação a nós, esses adultos que na verdade ainda têm uma criança dentro de si: um elogio nos cativa, nos anima, nos faz ver em nós o que talvez a vida tantas vezes dura vai encobrindo...

Vou te contar uma experiência pela qual passei outro dia: há aqui em São Joaquim um restaurante de comida simples, muito gostoso. De vez em quando marido e eu almoçamos lá. Da última vez que estive lá perguntei pra mocinha que nos atendeu quem era a cozinheira. Ela, ressabiada, mais que depressa apontou a responsável. Ela me olhou com aquele olhar duro, já imaginando que viria reclamação. Eu olhei para ela, nos olhos, e disse: "Sua comida é maravilhosa! Uma delícia!"
Você não imagina a transformação que se deu no rosto dela. Sem exagero, ela iluminou-se! Agradeceu, assim, timidamente e se foi. Foi aí que comecei a pensar nisso, na força motivadora de um elogio sincero e merecido.

Olhe as pessoas à sua volta. Seja em casa (onde a força do elogio precisa ser posta em prática!), seja no trabalho... Pense em quantos elogios sinceros você pode fazer, em quantas coisas positivas você tem a dizer para cada pessoa que cruzar seu caminho nesta semana. E pense no quanto isso pode deixar caminhos mais leves e por que não? Até mais floridos...
Claro que não é simples. Tem pessoas que são mais duras, mas talvez seja justamente a mais dura aquela que mais precise.
Claro também que não é falar por falar. Trata-se apenas de reconhecer o que a pessoa tem de bom.

Vamos experimentar? Ao invés de murmurar, de reclamar, de criticar, de espalhar contrariedade, que tal elogiar? Comece com as pessoas que você mais ama. Sim, comece agora!
O efeito pode ser avassalador!




Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

45 comentários , comente também!

  1. Nossa, eu também sei como é isso, todos nós né? Tem os elogios verdadeiros e os puxa-saco, eu gosto muito de elogiar, mas só consigo quando é alguém que eu tenha pelo menos um pouco de intimidade. Está mais que provado que incentivos e elogios são o que fazem a pessoa correr atrás e também não desistir. Quando se é muito reprimida na infância, a criança cresce revoltada e infeliz se não for salva na adolescência pode se tornar algo sério, sem drama, acaba com o psicológico da pessoa. Vamos espalhar o bem sim, com muitos elogios tô com você nessa Elaine! Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Que beleza de reflexão, Elaine!!!
    Quando estava grávida li um desses manuais para "educar" crianças, dicas de gravidez e até uma certa idade, agora não me lembro o nome, mas ele falava muito nisso, na importância do reforço positivo na educação dos filhos, adotei isso e levo até hoje, não só com o filho, mas com todos,o rsultado é muito bom!! As pessoas repreendem demais as crianças deixando nelas a memória do negativo, não que se deva calar aos erros, mas mostrar o quanto o lado correto é mais bacana.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Ai, ando emotiva! Que texto bom de ler. Identifiquei-me com você, também era uma menina tímida, que gostava (e sabia bem) de fazer redações, que sabia (e sabe) ler muito bem, com todas as entonações pertinentes, e pausas, e etc. Também precisei muito de elogios, que não vieram de casa. Não por pais insensíveis, mas apenas não atentaram para a importância, eram tantos filhos, tantas bocas...
    Elaine, você tem o poder de me emocionar, sempre.
    Beijo e boa semana.

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo, concordo plenamente com você.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Verdade!!!! Um elogio sincero tem poder extraordinário!!! Muito boa postagem!!

    ResponderExcluir
  6. Adorei o texto! Parabéns!Vale a leitura!Beijos

    ResponderExcluir
  7. Adorei o texto!!! Parabéns!Vale a leitura, beijos.

    ResponderExcluir
  8. Elaine sou uma eterna advogada do poder de um merecido elogio! Motiva, recompensa, torna marcante algo bom, faz querer ser sempre melhor, crescer, evoluir, faz valer a pena!
    Linda mensagem!
    bj Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  9. Acho que pela mensagem que te deixei no face, você deve ter percebido o quanto eu gostei do post e o quanto ele mexeu comigo.
    beijos...

    ResponderExcluir
  10. Elaine, pura verdade! Amei o texto, vc realmente escreve muito bem!!! Beijos

    ResponderExcluir
  11. Elaine, eu acabei de elogiar o meu marido!!!! ele lavou toda a louça da pia!!!!!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  12. Elogio é como um presente, é bom dar, é bom receber.
    Vou me lembrar bem, nesta semana que se inicia de por isso em prática.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Elaine, concordo em gênero, número e grau!! É tão mais fácil viver assim do que reclamando de tudo a toda hora. As pessoas andam muito mau humoradas hoje em dia. A sabedoria consiste em encontrar motivos para sorrir, mesmo quando o mundo diz que é pra chorar.

    Uma semana iluminada!!

    ResponderExcluir
  14. Oi Elaine também concordo na força e poder de um elogio sincero, por experiência própria.O elogio...o reforço positivo, joga as pessoas pra cima, aumenta a auto estima e nos responsabiliza a sermos melhores. Parabéns pela linda postagem!!!
    Fica com Deus e tenha uma linda semana!!!

    ResponderExcluir
  15. Adorei seu texto Elaine. Receber elogios é muito bom, gratificante, e nos motiva a continuar o que se fez bem para ser elogiado. Lindo post. Bjocas ótima semana

    ResponderExcluir
  16. Essa coisa de ficar quieto ou só abrir a boca para reclamar começa dentro das casas, seja com a empregada ou com quem cuida da casa: quase nunca a gente elogia o quarto arrumado, a comida bem feita, a sobremesa surpresa, a toalha pendurada quando saímos do banho...Mas é encontrar a cama sem fazer, a comida salgar, a toalha faltar pra gente ter forças pra reclamar.

    ResponderExcluir
  17. Concordo absolutamente com as suas palavras :)
    Os meus amigos dizem que não, que quando são criticados têm mais força para mostrar que quem criticou está errado. Eu sou ao contrário, o elogio conforta-me e tenho vontade de fazer sempre melhor, enquanto a critica é demasiado avassaladora em mim e me deixo ir a baixo :x
    Beijinho*
    Boa semana :)

    ResponderExcluir
  18. Eu sempre elogio as pessoas, sempre elogio meus alunos.. e sei o quanto isto transforma e eleva a auto estima. Sempre necessitei muito disso e sei o quanto eu perdi de fazer por não ter incentivos. Quero, portanto, que outras vidas sejam mais leves..

    ...adorei. Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Essa é uma verdade muito grande, elogio faz bem para a mente, para a alma e acarinha o coração de qq um.
    Infelizmente a gentileza e educação não são constantes nos dias de hj, fazendo com q as pessoas aguardem apenas reclamações e críticas.
    Elogiar é simples e alegra, vamos elogiar sempre; principalmente as crianças para q aprendam desde pequenos como fazer.
    Parabéns pelo assunto escolhido e a linda forma com a qual o apresentou.
    Abs e uma linda semana para tds nós. ;D

    ResponderExcluir
  20. Elaine, isso é verdade. Eu experimentei algo parecido assim na Italia quando fomos esse ano para lá. Estivemos em restaurante, comemos por lá e o restaurante é um tipo assim bem antigo, com banheiro no subterraneo. E qual nao foi a minha surpresa em encontrar um banheiro limpo, cheiroso e todo equipado. Quando subi fui direto a dona que estava no caixa e agradeci a ela na frente de um montao de gente pelo banheiro limpo. A mulher ficou surpresa. Eu disse a ela que elogiar quem nos proporciona um banheiro tao limpo é preciso para que ela saiba que está fazendo bem. Um homem que estava na fila disse: mediante as suas palavras dona, vou falar pra minha mulher que ela pode ir sem medo ao banheiro. veja só.
    Eu tb acho que as pessoas reclamam muuuuuuuuuuito e de tuuuuuudo. Estamos vivendo uma sociedade doente. Doenca: Insatisfacao. Nada é bom o suficiente.

    Bjos e boa semana

    ResponderExcluir
  21. Olá Elaine.
    Concordo plenamente e assino por baixo. Já tive algumas experiências e realmente um bom elogio sincero é uma grande motivação.
    Beijinhos grandes.

    ResponderExcluir
  22. Ah! Elaine
    Que post gostoso de se ler, fiquei pensando sobre o que você postou no face sobre os comentários nos blogs, sobre poucos comentarem e tal, até nisso nos sentimos animadas quando alguém vem ao nosso blog e nos elogia de algo que fizemos, escrevemos... é tão gostoso! ás vezes uma simples frasezinha já nos deixa felizes. Tive a tristeza de ter um sobrinho que foi atingido pelo atirador da Escola Tasso da Silveira em Realengo aqui no Rio. Meu Deus! como foram importantes as palavras das amigas virtuais, todo incentivo que nos deram, na época fiquei me sentindo forte mas depois fui desmoronando e como foi especial para mim as palavras de tantas pessoas. As palavras constroem mas também podem destruir rapidamente, por isso um elogio ou uma palavra amiga é tão importante em nossas vidas...
    Lindo post!
    bjo

    ResponderExcluir
  23. Vc tem toda razao!
    Vim te convidar para participar do nosso concurso cultural de Natal!
    São duas opções de prêmios super bacanas para presentear a garotada!
    Não perca!
    http://coisasdamaura.blogspot.com.br/2012/11/concurso-cultural-natal-especial-com.html?m=1

    ResponderExcluir
  24. Concordo e reconheço que, na verdade, o elogio atua como um motor que nos empurra para cima. Linda mensagem! adorei, Beijo Teresa

    ResponderExcluir
  25. Elaine, esse post também tem tudo a ver comigo! Me vi nele. Minhas redações ganhavam prêmios, minha leitura também. O padre que está agora na minha comunidade rasgou um elogio enorme para uma igreja lotada quando fui ler o salmo 23, o meu preferido. Eu o li com tanto amor que era para ser cantada a resposta e eu nem esperei, li direto, tal a minha empolgação! E essa não foi a 1ª vez que ele elogiou-me! Cozinhar também foi um dom que recebi de Deus! Sou muito elogiada, tanto que meu blog se chama Casa da Alquimia, pois a alquimia acontece na cozinha. Minha intenção era a de postar receitas com algo a mais, tipo contando uma história como o meu primeiro post. Mas percebi que eu não teria condições para tamanho feito, pois nem grana eu teria para fazer os pratos. Mas mesmo assim, coloco uma receita ou outra que faço,sim! Me empolguei com sua narração e atrevi-me a contar a minha vivência. Grande semana e grande abraço!

    ResponderExcluir
  26. Li.Fechei a pagina. Naveguei em outros blogs, mas minha cabeça ficou aqui. Entao resolvi voltar e comentar.
    Nao tenho com nao deixar aqui meu elogio. Todas as vezes que venho aqui me surpreendo! Voce escreve cronicas maravilhosamente bem. Porque fala de gente, fala de sentimentos vitais. Voce nao escreve cronicas, voce desenha sentimentos!Seus textos sempre nos fazem refletir e nos aproxima do sentir! Maravilhoso o seu texto!
    (Desculpe a falta de acentos, meu not est´´a desconfigurado)
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  27. Ah! Mais uma coisa, a menina timida, que viu nas letras e na leitura uma fonte de desenvolvimento pessoal, tambem sou eu! Apesar de timida, quando eu lia em voz alta, todos se admiravam!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  28. Primeiro quero elogiar você pelo texto lindo e direto.
    É verdade, um elogio nos faz perder o medo de nos atirar nas coisas que gostamos de fazer.
    Um elogio deixa um sorriso em nossos corações.
    Eu faço sempre elogios, dizia para meu filho: muito bem, que ótimo, foi difícil mas você conseguiu ..........
    E isso é assim até hoje (e ele já tem mais de 30 anos).
    Obrigada por proporcionar a alegria de lermos você.
    Você mora no meu coração, você sabe, não é?
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  29. Oi. Uma maravilha, está dito e bem dito.Todo o Apoio.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  30. Sou adepta dessa teoria também!

    ResponderExcluir
  31. OI Elaine!

    Adoro esses seus posts...eles sempre me tocam...
    Eu sempre gostei de cozinhar, mas não sou de comidas elaboradas, gosto muito de coisas com molho. Lembrei do meu pai também. Quando eu cozinhava para mim e para ele quase nunca era elogiada. Ele gostava da comida, mas quando eu perguntava se estava bom ele dizia: É...está. eu ficava louca! Procurava me esmerar mais e mais e a resposta era a mesma. Aquilo me incomodava um pouco,acabei desistindo de agradá-lo, era o jeito dele, fazer o quê? mas passou. Hoje, quando eu faço comida para o namorado, principalmente aos domingos, quando eu pergunto se está bom ele responde: Delícia! está mais gostoso ainda do que o da semana passada! O que você faz? - Isso sim faz com que eu tenha vontade de cozinhar, de surpreender, de colocar uma coisinha diferente a cada domingo.
    Sempre que posso procuro elogiar, sei o bem que faz!

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  32. Verdade, sabe que eu gosto de elogiar ??
    Gosto muito e gosto de receber também, elogio é alimento para a alma... além de amor a gente precisa dessa aprovação, é do ser humano...

    e se todos se elogiassem mais não sobraria espaço para tanta murmuração !!!

    Adoreiiiiiiiii o post, mas qual a novidade né ?? rsrs

    Bjus 1000 querida

    ResponderExcluir
  33. Devíamos fazer um caderno de elogios e fazer pelo menos 5 por dia!!!

    ResponderExcluir
  34. Que post lindo Elaine. Você disse tudo e mais um pouco. Parabéns.
    E vc tem toda razão, eu também acho que podemos melhorar nossa dia e o de outras pessoas fazendo elogios sinceros.
    Vamos pensar nisso e não deixar as oportunidades passarem.
    Bjs e uma linda semana ♥

    ResponderExcluir
  35. É mesmo Elaine!
    Um elogio nos põe lá nas alturas...
    Adoro quando cozinho e o marido me elogia pela comida gostosa!
    Eu tb adoro cozinhar...
    Gosto quando falam que está divino, maravilhoso, aquilo que fiz!!!
    Adorei o post!!!

    Boa semana para vc tb

    bjos

    ResponderExcluir
  36. Oi Elaine, bom dia!
    Você escreve muito bem e com certeza os elogios que recebeu foram merecidos! O elogio sincero realmente tem uma força mt grande, assim como a crítica maldosa, quando não serve para fazer a pessoa crescer ela arrasa e pode deixar marcas para sempre! Vejo pelo meu afilhado, ele tem 7 anos e já tem uma vidinha sofrida, filho de pais separados é criado pela avó materna e qdo ele passa o dia aqui em casa percebo que ele se desvaloriza mt, ele próprio se autoentitula burro, gordo, preguiçoso e por aí vai... teve um período que foi preciso levá-lo ao psicólogo pq ele não queria mais sair de casa e nem ir pra escola. Foi uma luta! Mas td isso pq a família por parte da mãe dele (o pai dele é irmão do meu marido) o xinga com esses adjetivos. E tds as vezes que ele fica comigo procuro sempre elogiá-lo de coração e fazer ele perceber as suas qualidades e assim ele se sente feliz! :)
    Lindo dia pra vc!
    Bjsss
    Sileni
    www.viveraprendendo.com

    ResponderExcluir
  37. Verdade,fazia empo que eu não vinha aqui no seu blog e hoje li o que eu precisava,Obrigada ,Vc é D+ rs,Bjs rícia.

    ResponderExcluir
  38. Olá, Elaine!
    Eu também descobri o efeito dessa tática na prática.
    Eu moro numa vila fechada onde tem muitas crianças e claro carros e elas adoram correr na frente do carro em movimento. Então eu comecei a falar em tom de brincadeira com elas... olha quando vocês verem o meu carro entrando é pra vocês correrem para a calçada devagar para não cair, porque eu sou barbeira tá legal? E elas achavam aquilo muito engraçado, mas faziam e eu fazia questão de parar e dizer novamente GOSTEI DE VER, VOCÊS TODOS ESTÃO DE PARABÉNS. FICARAM ESPERANDO O CARRO PASSAR AÍ NA CALÇADA. PARABÉNS.
    E hoje quando eu passo e não dou os parabéns elas me cobram... POXA TIA, VOCÊ NÃO DEU PARABÉNS PRA GENTE. E eu aprendi mais essa lição com os pequeninos. Beijos no seu coração.

    ResponderExcluir
  39. simplesmente amooooodoroooooooooooooooo seus posts viu elaine, vc é minha piscologa virtual, nossa vc nem imagina como me faz bem qndo leio suas postagnes. bj

    ResponderExcluir
  40. Olá Elaine!
    Realmente um elogio no momento certo faz milagres e eu também tenho experiência disso.
    Beijo
    Milai

    ResponderExcluir
  41. q texto maravilhoso
    fiquei fã
    te espero no meu blog tambem
    bjsssssss

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…