Sobre sentimentos e ondas

em 18 de julho de 2012


"Sentimentos são bem parecidos com ondas: não podemos impedir que eles venham, mas podemos escolher em qual deles surfar"

A frase acima não é minha, nem conheço a autoria. Mas ela resume muito bem algo que eu vivi por esses dias e que gostaria de compartilhar com você.

Semana passada eu tive uma grande decepção. Alguém com estava convivendo (virtualmente) e que sempre foi gentil comigo, até insistente, que sempre disse com todas as letras que gostava de mim, que me admirava (que medo eu garrei disso), que se inspirava em mim, etc e tal, na verdade, por trás, para uma terceira pessoa, falava mal de mim, críticas duras, absolutamente infundadas e mentirosas,  e que muito me surpreenderam. E magoaram. Não, ninguém me contou, não exatamente. A coisa caiu em meu colo como sempre acaba acontecendo.

Fiquei profundamente triste e decepcionada. E com raiva, e magoada. E consequentemente desconfiada de tudo e de todos. Foi muito ruim. Devido à falsidade da pessoa eu experimentei muita mágoa e raiva. Como não sou assim, não faço isso, e jamais diria que gosto se não gosto, jamais forçaria uma proximidade se não gostasse da pessoa, não havia imaginado que existisse ao meu redor gente assim. E experimentei uma decepção amarga, porque me dediquei a ajudar e acolher alguém assim. Passei 2 dias muito triste, chorei muito e até perdi a fome. Que drama, né?

Liguei pra uma amiga querida aos prantos, imagina a cena? Queria ouvir a voz de alguém que, tenho certeza, gosta de mim. E também pra me relembrar que as pessoas não são todas iguais, que por causa de uma decepção eu não posso desconfiar de tudo e de todos. Não sou assim, desconfiada e fria. E não quero ser. Não vou deixar que uma decepção me roube a fé nos outros.
Sabe por que? Porque vim a este mundo pra ser feliz. E ser capaz de ajudar outros a serem mais felizes. E é aí que entra a frase do começo do post.

Os sentimentos são mesmo como as ondas. Eles vêm, não há como impedir. Raiva, medo, tristeza, decepção, solidão. Mas, assim como acontece com as ondas, eu posso escolher em qual sentimento eu vou "surfar". E podendo escolher eu escolhi passar por cima. Claro que às vezes não dá pra passar por cima, então, como os surfistas, a gente passa por baixo. Mas passa, e deixa o que causou a mágoa no seu lugar, ou seja, no passado.

Claro que decido onde quero deixar a mágoa, mas não sou boba. Assim, eu me afasto de quem age assim. Sei que todo mundo merece uma segunda chance, mas quando a pessoa revela um traço de falsidade e duplicidade tão evidente acho melhor me afastar. Me fez mal uma vez, a culpa é dela. Se fizer de novo a culpa será minha que deixei. Simples assim.

E assim a vida segue. E assim sigo a vida. Escolhendo em qual onda surfar.

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

38 comentários , comente também!

  1. Elaine

    eu tb já me decepcionei com uma pessoa que tinha contato virtual... pessoa que eu admirava e depois soube que não sentia o mesmo por mim.

    fiquei MUITO triste... mas depois vi que essa assunto era um assunto onde eu não tinha controle. Porque... essa pessoa só me conhece virtualmente, então eu não podia me defender...
    então simplesmente deixei pra lá... pq eu SEI quem eu SOU... ela não sabe... então.. sinto MUITO.

    a gente vai aprendendo a lidar com essas magoas e vamos vendo as que tem fundamento e as que não deveriam nem ser sentidas..

    Bjsssss

    ResponderExcluir
  2. Oi Elaine.Saiba que você não está sozinha não.Há pouco tempo também sofri uma decepção muito grande.E o pior que não era uma amizade virtual, eera real.Comecei a me envolver com um ex-amigo e estávamos nos dando super bem.Cheguei a abrir meu coração pra ele e expus todo emu sentimento por ele.E o mesmo depois de algum tempo disse também que sentia o mesmo por mim.Mas do nada sumiu.Nem mesmo um telefonema.
    Infelizmente existem pessoas assim.Fiquei muito triste, decepcionada e magoada principalmente porque se dizia meu amigo.E eu dou muito valor a essa palavra amizade. Mas não fiquei com raiva não, graças a Deus!Mas assim como você, também escolhi em qual onda surfar e resolvi virar a página.Fica na paz, que com certeza você assim com eu vai superar isso.Bjs

    ResponderExcluir
  3. Escolheu bem a onda.
    Qto mais eu vivo neste mundo virtual, mas eu vejo que ele é idêntico ao mundo real.
    Aqui encontramos afinidades, amigos que parecem ser de infância, mas tb encontramos gente que não é do bem.
    Quem perdeu nesta história toda foi "ela".
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Elaine, querida, lamento muito o ocorrido. É a maldade querendo ganhar espaço.
    Mas, não sofra por isto. Apenas... "Faça aquilo que está ao teu alcance, onde tu estás e com aquilo que tens".
    (Provérbios 3.27)

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente não deve ser sua primeira decepção e, se bem conheço a vida, não será a última, Elaine. Mas uma coisa é certa: vc terá muito mais alegrias com as pessoas do que decepções. Por isso, siga firme nessa convicção de "escolher sua onda"... é mesmo o melhor a fazer. Adorei isso. Meu pai me dizia: "Se não tens inimigos porque a ninguém causaste injúria, não faltarão os que o serão por inveja."
    Vc é uma pessoa do bem.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  6. Oh! Flor...
    Cada uma de nós tem uma missão nessa vida e ao que parece você tem essas duas muito claras na sua jornada, a de servir e a de passar por magoas desse tipo( de vez em quando aparece alguém e lhe machuca no seu ponto mais fraco, que é seu coração sensível, delicado)ainda bem que você consegue escolher a melhor onda para surfar( pois tem gente que fica afogado no sofrimento)e tem platéia na beira da praia esperando você chegar na sua prancha.
    Cut beijos e um abraço daqueles de 5minutos e nenhuma palavra.

    ResponderExcluir
  7. Semana passada eu passei por uma situação parecida.
    Sou do tipo que brinca com todos e falo muito besteira. E vou brincando como vão me permitindo. E fiz um post no face, brinquei com uma "amiga" e ela se ofendeu. Retirei meu comentário...
    No outro fiz outro post, dizendo em entrelinhas que estava triste por ter sido mal interpretada.
    Ela foi tão agressiva comigo, tão estúpida, que fiquei chocada mesmo...
    Chorei, mas respondi que ela tinha a opção de me excluir...
    E excluiu...

    É, Elaine, se na real nunca conhecemos direito a pessoa, imagina virtual?
    Isso dói, mas passa, porque existem mais pessoas boas e do bem do que o contrário.
    os bons se atraem, sempre!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    É,creio que sentimentos são parecidos com ondas,mas quando escolhemos a errada...fica difícil.
    Obrigada pele texto.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Oi Eli, sei bem do que está falando, também me decepcionei, mas no meu caso a pessoa em questão está no fundo do posso como eu por ter dado um passo errado e sinto que merece uma segunda chance por n motivos, se é que me entende, agora preciso darlhe o perdão, e não é nada fácil...boa sorte amiga, tb preciso encontrar a onda certa e não me arrepender...beijos

    ResponderExcluir
  10. OI, Elaine. Estava eu aqui... triste, sem comer, segurando o choro há mais ou menos 5 horas... Quando li o título de seu post agradeci a Deus por estar aqui. Hoje eu tive uma decepção com uma pessoa que vinha na minha casa, e eu ia na casa dela, fazíamos artesanato juntas... e que trabalha
    comigo. Ela foi tão agressiva comigo, e na frente das minhas colegas de trabalho... eu fiquei vermelha, sem fala, custei a voltar ao assunto da reunião, custei a encontrar o chão... Eu não esperava e nem consegui reagir... saí antes da reunião acabar, parecia que eu não cabia dentro da sala de tanta decepção!
    Elaine, vc nem precisa publicar o meu comentário... é só um desabafo...
    Quero que saibas o quanto me ajudasses... vou reler tudo que vc escreveu muitas vezes até meu cérebro e meu coração esquecerem ...
    OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  11. oi Elaine
    meu pai...
    imagino o susto, a mágoa, raiva, enfim; muito triste a gente ser magoado assim, gratuitamente.

    fiquei pensando naquela dorzinha que você comentou comigo...

    O corpo fala não é?

    Mas de um outro lado, fiquei pensando Elaine nesta amiga sincera e leal que te acolheu.

    Eba....... Ela existe e certamente fez você perceber que, por causa dos amigos leais e verdadeiros, somos capazes de superar quase tudo; até uma falsidade destas.

    Infelizmente algumas pessoas são assim, precisam de usar máscaras para conseguirem viver.

    Que a força da amizade te alcance, querida.
    Muitas surpresas felizes te esperam.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Uai boei...
    Quer dizer boei porque não sei quem é, não desconfio quem seja e nem me interessa saber.
    Triste é saber que pessoas agem dessa forma com quem só distribui amor.
    É isso amiga escolha em qual onda surfar.

    Bons sonhos
    Beijos
    "A vida é um show, e por traz de um ator ou atriz que falha há sempre uma pessoa machucada nos bastidores." (Augusto Cury)

    ResponderExcluir
  13. Oi flor linda,
    Entrei na net bem rapidinho...
    vi teu post e não poderia ir embora sem comentar.
    Realmente, esta situação é dolorosa e triste. É incrivel como há pessoas que não se importam com os sentimentos das outras.
    Não possuem nenhum cuidado... nem tão pouco um tracinho de decência. É triste!!!
    Mas, tenho certeza que Jesus tá no controle e todo este sentimento ruim vai ser apagado do teu coração.
    E lembre-se: estas pessoas não te merecem!!! Vc é boa demais para estar no meio delas!!!
    Vc não perdeu nada... essa daí que perdeu... Foi tola... foi cega...
    Bjin e fica bem!!!
    Simone Viana

    ResponderExcluir
  14. Olá querida, infelizmente existem pessoas desse tipo, que brincam com os nossos sentimentos , mas não se deixe abalar, tenho certeza que você é muito mais que isso, e mesmo sendo virtualmente o nosso contato..admiro muito o seu carater e transparência!! Um excelente descanso!!super bjs

    ResponderExcluir
  15. Eu acho incrível essas coisas!! Acho que pessoas assim só podem ser doentes!

    bj

    ResponderExcluir
  16. Minha querida Elaine, já passei por isso 3 vezes e com "amigas" de infância. Como é difícil superar. A gente fica pasma!
    Mas, graças a Deus, esse sentimento horrível vai embora e a pessoa passa a ser invisível para mim em todos os sentidos.
    Você tem muito, mas muito mais pessoas que te amam de verdade, então não sofra mais por quem não merece!
    Fique bem.
    Um abraço bem afetuoso e um beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  17. Oi Elaine
    Que chato isto, infelizmente a vida apronta destas, eu sei bem do que você descreveu e a gente sofre mesmo, mas tudo é aprendizado e o importante é que você sabe que (graças à Deus) somos seres diferentes uns dos outros. E você é superior a tudo isto.
    Fique bem !
    Um abraço grande
    Mana

    ResponderExcluir
  18. Elaine querida, não se abata por isso não. Eu ficaria muito triste também, somos sensíveis, né?
    Mas acredito que se a vida te mostrou a verdade, realmente cabe a ti decidir o que fazer com ela.
    Você é uma pessoa muitooooooooo querida, e tem muitas meninas que gostam de ti de verdade, eu sei porque falamos sobre você, e sempre ouço palavras de carinho e admiração.
    Você é um exemplo de bondade e amizade!
    Fique bem, você é muito mais do que essa onda...
    Beijos
    Vero

    ResponderExcluir
  19. Elaine,você fez a escolha certa.É melhor se afastar dessa pessoa e seguir em frente e não deixar que ela contamine você.Existem pessoas que não sabem viver de outra maneira.São pessoas infelizes e invejosas e se entramos em sua sintonia,acabamos por ficar doentes,como elas estão.Então,o melhor que temos a fazer é nos afastar,pois como você mesma disse se elas nos feriram uma vez,a culpa é dela,mais se nos ferirem outra vez,a culpa é nossa.E o melhor é seguir em frente e ignorar esta pessoa.E por causa dela não deixar morrer a fé e deixar de acreditar nas pessoas.Você tem muitas pessoas que te amam,até mesmo sem nunca terem te visto.Não vale a pena ficar triste,pois se você fica triste,vai deixar tristes as pessoas que te querem bem e você nasceu para ser feliz e espalhar felicidade.Beijos.Lenira.

    ResponderExcluir
  20. Minha querida
    sei como você se sentiu , ja passei por isso , mas tem um historia que tambem gosto de lembrar :
    Um velho índio descreveu certa vez em seus conflitos internos:
    "Dentro de mim existem dois cachorros, um deles é cruel e mau, o outro e muito bom e dócil. Os dois estão sempre brigando..."
    Quando então lhe perguntaram qual dos cachorros ganharia a briga, o sábio índio parou, refletiu e respondeu:
    "Aquele que eu alimentar mais".
    Bjs minha querida , fica em paz

    ResponderExcluir
  21. Muitas vezes eu dei uma segunda chance. Até perceber que a cada chance dada eu perdia horas de um tempo apenas imaginado, porque de fato nunca existiu. Assim são as pessoas que nos decepcionam dessa forma. Elas não existiam de fato. Amávamos, gostávamos de um ser simplesmente criado. Essa era minha maior revolta: ter acreditado em quem não existia. E por que comigo? O esquecimento e o desprezo são os maiores castigos àqueles que agem dessa forma desonesta.

    A vida pôs em meu caminho pessoas maravilhosas, mas também aqueles que no momento em que os encontrei deveria ter dado a volta ... E não é a vida uma união de opostos?...

    Seus textos dizem muito de mim...

    Um grande abraço, Elaine.

    ResponderExcluir
  22. Elaine, delicada essa situação. Tem que ver os dois lados, talvez possa ter lhe caído nos ouvidos de uma maneira equivocada, sei lá, alguma intriga justamente para jogar a outra contra você. Sei lá como reagiria, é muito delicada a situação.
    Já aconteceu comigo, duas blogueiras famosas mandarem comentários para mim (nunca os tirei, estão no "De amor e de..." falando de uma situação que eu expus, mandei e-mail e uma delas disse inverdades sobre mim, vasculhei o blog dela todo, desde meu primeiro comentário, copiei todos e mantenho-os arquivados, nem sei para que. Mas ela disse algo que me atingiu - e que não era verdade-, isso me tirou os sono e a alegria de blogar. Esse mundo é uma selva, viu? Confiar desconfiando é ruim demais, mas tem que ser assim.
    Acho que eu daria nome aos bois, viu? Talvez a pessoa possa se defender, sei lá!
    Beijo!
    (fica tranquila, decepções sempre acontecem, mas o número de pessoas que te admira de verdade é muito maior).

    ResponderExcluir
  23. Oi Elaine, tudo bom ??/
    nossa dá uma raiva de pessoas assim mesmo, mais infelizmente existe essas insanas, que aparecem em nossas vidas, e passa que nem um furacão deixando rastro de caos...
    Bem mais é como você disse devemos seguir a vida em frente e deixar o passado para trás...
    Alem do mais amigos contamos nos dedos...


    Tem sorteio lá no blog mais corre tá que é até dia 28/07.

    beijos

    ResponderExcluir
  24. Oi querida Elaine.

    Mágoa, raiva, decepção fazem parte da vida e nos foi ensinado que devemos repudiá-las sempre. Que são sentimentos menos nobres do que outros inclusive em moda. E assim vamos vivendo superficialmente.
    Estar em contato com essas emoções "ruins" deixá-las aparecerem, senti-las, só vai tornar sua vida mais rica. Você se tornará forte e ainda não excluirá estes sentimentos pois existem e de vez em quando eles precisam sair e você reconhecê-los. Tudo isto faz parte de anos e anos de análise.
    Fique bem. Isto tudo irá passar também, como tudo na vida. Da minha parte posso dizer com segurança que não faço as pessoas de bobas. Não faço aos outros o que não quero que façam comigo.

    Abraços de conforto

    ResponderExcluir
  25. Eu quando decepciono, decepciono com tudo e com todos.
    Se vc mentir, penso que tudo o que diz é mentira.
    Infelizmente estou achando que todas as pessoas são iguais, talvez umas piores do que as outras rsrs

    ResponderExcluir
  26. Só não entendo o fato de ter te decepcionado com a tal pessoa, acho que tu te decepcionou contigo mesma...A gente (eu especificamente) se decepciona com as pessoas mais próximas por não saber que elas não tem nada além do que nos oferecem, a gente que espera demais das pessoas... Fica na paz...

    ResponderExcluir
  27. Olá Elaine, eu não queria comentar essa postagem, pois já havia tempo que eu fiz uma aqui.
    Mas, tem uma pensamento que vem bem a calhar com essa situação que diz: "Assim como a terra que não é lavrada cria espinhos e cardos, assim a alma que não é exercitada na virtude cria malícias e maus pensamentos". Ela martela em minha cabeça ha muito tempo, e lendo sua indignação lembrei.
    Fica aqui minha solidariedade em protesto.
    Abraço

    ResponderExcluir
  28. Puxa querida amiga... imagino o que está sentindo. Marido costuma dizer que eu "sou fácil de enganar igual criança" e as vezes me pergunta (com tom de deboche) sobre as "amigas" que tenho virtualmente... amigas como você... que eu sinto um carinho grande... ele diz que não consegue entender! Concordo com algum comentário aqui (esqueci já de quem foi, rsrs) que a vida virtual é como a vida real. A gente cria afinidades, amizades, confiança... enfim, bons sentimentos. Da mesma forma que existem pessoas frias, distantes, falsas, grosseiras... gente de todo tipo!!! Se decepcionar acaba sendo consequência mesmo. Mas que bom que existem pessoas como você, que mesmo quando magoadas, conseguem não se abalar por completo, e acabar dessa forma perdendo outras amizades! =) Vc é uma pessoa abençoada, iluminada e maravilhosa!!! ♥ gigante!!! "Ondas" assim passam... sempre passam! E nunca faltarão outras para surfar!!! =)
    Super beijo!!!
    Si

    ResponderExcluir
  29. Elaine,
    To ali ali com a ValLindinha, sabe?
    Tenho muita dificuldade em confiar nas pessoas, mas sinto as raras que merecem minha confiança, e mesmo não precisando dizer isso, vc é uma delas, apesar de nunca ter nos visto pessoalmente. E já tem outras que mesmo convivendo pessoalmente não merece tal confiança. Pra vc ver como uma coisa não tem nada a ver com a outra, né?
    Desculpe o comentário, talvez sem nexo.

    Beijossssss

    ResponderExcluir
  30. Elaine,
    To ali ali com a ValLindinha, sabe?
    Tenho muita dificuldade em confiar nas pessoas, mas sinto as raras que merecem minha confiança, e mesmo não precisando dizer isso, vc é uma delas, apesar de nunca ter nos visto pessoalmente. E já tem outras que mesmo convivendo pessoalmente não merece tal confiança. Pra vc ver como uma coisa não tem nada a ver com a outra, né?
    Desculpe o comentário, talvez sem nexo.

    Beijossssss

    ResponderExcluir
  31. QUERIDA VIM NO SEU BLOG NUM MOMENTO DIFICIL .
    COMPRIENDO SUA TRISTEZA EM ALGUNS ANOS JÁ DEU PARA CONHECER BEM O MUNDO VIRTUAL.
    ASSIM COMO É NA VIDA REAL EXISTE PESSOAS BOAS E AS MENOS DE TODAS AS INDOLES .
    EU JÁ ME DECEPCIONEI E MUITO A PONTO DE DELETAR MEUS LOGS.
    MAIS TUDO SE SUPERA QUANDO AS VERDADEIRAS AMIZADES FICAM DO NOSSO LADO.
    SIGO SEU BLOG A BASTANTE TEMPO TENHO VC COMO UMA PESSOA SUPER ESPECIAL.
    SEJA FELIZ APENAS AMIGA DEIXA DE LADO AS MAGOAS SÓ LHE FAZEM MAL.
    VOCÊ É SUPERIOR A QUAL MALDADE.
    BEIJOS LINDA TARDE,
    EVANIR.

    ResponderExcluir
  32. Oi Elaine,

    Demorei a voltar e agora encontro você,sempre tão de bem com a vida,a vivenciar uma decepção com alguém em quem confiou...ainda bem que você sabe "Surfar" e pegar a onda certa...
    não deixe que pessoas maldosas e falsas perturbem a sua vida,amiga,elas não merecem suas lágrimas.

    Bjssssss e um lindo dia,
    Leninha

    ResponderExcluir
  33. Elaine, eu gostei do texto que você escreveu. Na minha vida algumas ondas me derrubaram feio... Com o passar do tempo, com o amadurecimento percebi que me permitia deixar a onda me levar. Percebi que muitas vezes com o mar agitado eu entrava para ver no que ia dar, ou até mesmo quando abria os olhos via a onda já em cima de mim...
    Hoje sou muito seleta com tudo e tenho meu jeito de ser seja lá agradável ou não para as pessoas. Depois que percebi "o que" e "quem" não me faziam bem eu simplesmente mudei meu jeito de lidar!
    Se não posso me afastar da pessoa (pq são "parentes"), eu simplesmente falo o necessário e a conversa nunca se aprofunda... Coloco sim um muro entre eu e a pessoa para que seja somente aquele momento e tudo que essa pessoa falar antes de entrar no meu coração eu mentalizo, para verificar se é bom ou não. Se for entra se não for fica de fora sem dó.
    Eu sou uma pessoa que prefiro conhecer muito bem a pessoa para depois confiar nela e nunca o contrário!
    Que você possa realmente superar seta mágoa e decepção. Ore por esta pessoa para que ache a luz dela e que não pense mais em você.
    A melhor coisa realmente é se afastar.

    Beijos no seu coração :o)

    ResponderExcluir
  34. Olá, Elaine!

    O que não falta neste mundo são espíritos sem LUZ! Não se deixe abater por estes seres, mantenha sua Luz acesa e seu caminho iluminado, invocando todas as entidades que possuem luz própria, ou seja, as do BEM! Bjs,DY.

    ResponderExcluir
  35. Recentemente também me decepcionei com uma "Santa" pessoa, que quase me deixou louca para resolver uns problemas virtuais para ela e que se mostrou a pior pessoa que convivi. Também estou com um pézinho atrás com o mundo virtual. Mas não fique triste! Entrega para Deus, porque ele sabe de tudo e quem é do bem, dorme tranquilo!! Beijus,

    ResponderExcluir
  36. Decepção não é fácil de engolir, mas continuar com raiva é como tomar veneno e esperar que o outro sinta as consequências, como se diz por aí... nada como viver a vida com leveza, parabéns por ter mudado de onda tão prontamente - nem todos conseguem ver a vida com essa objetividade.

    ResponderExcluir
  37. Amiga parabéns pelo belo Blog!tente surfar nas ondas de Deus,no mar dele as ondas trazem paz,conforto,serenidade e muito amor,alem de sabedoria para se ver que os seres humanos são assim ingratos,vejam o que fizerem com o próprio Jesus, pregara-no em uma cruz e humilharam ao máximo e é que ele era o ser mais puro e perfeito da terra,agora imagine,que gente somos?que merecemos?bom isso,só Deus pode julgar e nos perdoar.por isso amiga coloque nas mão de Deus e o mais ele fará!fica em paz.

    ResponderExcluir
  38. Sei bem como vc se sente, por um período eu tbm passei a desconfiar de tudo e todos, perdi a fé nas pessoas, e achava que qualquer pessoa que se aproximava de mim era ou pra tirar proveito, ou pra me prejudicar e denegrir. A gente se magoa, pessoas sensíveis sofrem. Eu tbm não entendo pq as pessoas agem dessa forma, quando seria tão mais descomplicado e simples ser do bem e ser verdadeiro, mas a verdade, infelizmente, é que nem todos são feitos da mesma essência e índole vem de berço. Você é uma fofa, querida, prestativa, não se contamine com essa gente leviana, não vale à pena, palavra de quem já viveu na carne. Tem muito mais gente que gosta e admira você do que pessoas desse tipo, graças à Deus. Beijos querida e um domingo de paz ♥

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…