Sobre levar vantagem em tudo

Atualizado com comentários ao final do artigo!

Quando eu tinha uns 4 ou 5 anos morava em frente à nossa casa uma senhorinha bem velhinha chamada vó Raimunda. Quer dizer, ela não se chamava vó, mas todos a chamavam assim. No quintal enorme dela havia de tudo, muitas árvores, muita diversão para as crianças. E ela plantava milho e mandioca.

Um dia eu atravessei a rua, entrei no quintalzão dela, aproveitei que ela estava arrancando mandioca e peguei uma raiz. Atravessei a rua de volta, com a raiz de mandioca e botei em cima do fogão de lenha em minha casa.

Minha mãe, claro, me perguntou de onde viera a mandioca e eu, inocentemente, disse "peguei na vó Raimunda". Minha mãe perguntou: "Ela te deu?" E eu repondi: "Não, eu peguei".

Atravessamos a rua de volta, eu, minha mãe e a mandioca. Ela me fez devolver e pedir desculpas. A vózinha até tentou, disse que não tinha importância, que não era nada, mas não adiantou. Entreguei a mandioca de volta, pedi desculpas e levei uma surra pra nunca mais roubar.

 

Há em Franca, interior de São Paulo, um evento de música católica chamado Hallel-Som e vida (clique no link e veja o site). Fui muitas vezes ao evento, que lembra um pouco, guardadas as devidas proporções, shows de rock. Muitas bandas se revezam nos palcos, e cada uma delas costuma colocar uma barraca com seus cd's para venda. Milhares de pessoas assistem aos shows.

Cansei de ver, ao final de um show, as pessoas sairem do local e irem às barracas dos ambulantes, fora do parque de exposições, comprar cd pirata da banda que acabaram de assistir, com a qual oraram junto nas ministrações, banda ou cantor que de alguma forma tocou o coração do ouvinte.

As pessoas simplesmente diziam, quando eu perguntava, que não tinham dinheiro para o cd original.Sempre fiquei pensando nisso…

Mas eu aprendi com músicos e pregadores famosos do meio católico, e também do meio evangélico: Não tem dinheiro para o cd original? Então não tenha o cd. Ou faça economia e compre o seu. Comprar cd pirata, da banda que ralou pra gravar, é roubo. E entre irmãos de fé isso é ainda pior. E vale para cd's em geral, eu acrescento.

Sei que hoje em dia tudo está ao alcance de 1 clique: a música, o livro, o cd inteiro, a série. Está tudo certo se não é ilegal. Acontece que muitas vezes é ilegal.O fio de luz puxado clandestinamente, o programa pirata, os downloads ilegais… sei que pareço maluca falando nisso, mas me ocorre que se fazemos isso no nosso dia a dia, como vamos ensinar às crianças que roubar é feio, é errado? Palavras, quando não são seguidas de ações, não ensinam nada a ninguém.

Se você sabe que um botijão vazio de gás custa 60 reais (aqui custa) e de repente aquele vizinho malandro te oferece um botijão por 10 reais, tá na cara que é coisa irregular, não é? Afinal, de onde veio? Um por semana??? Difícil botijão dar cria…

Se você compra, quem é o ladrão? Quem roubou ou quem comprou? Eu digo que ambos são. Aqui onde moro acontece direto. Ladrões roubam até cesta básica nos mercados e revendem por 1/5 do valor. O ladrão roubou, e vendeu a outro ladrão. Já ofereceram à minha vizinha o celular que roubaram da filha dela… por 1/5 do valor.

Antiquada? Sim, eu sou. Sou do tempo em que era preferível pedir a roubar. Minha mãe mesma pedia banana maçã ao verdureiro pra me dar quando eu era bebê e meus pais não podiam comprar. Tempos duros, de pobreza mesmo, quem viveu nos anos 70 sabe o que foi aquilo, como uma vez me disse a Gilmara.

E eu cresci vendo homens terem cãimbra de tanto cortar cana pra sustentar a família, meus vizinhos e meu pai. Homens que pediam ao feitor alguns gomos de cana pra levar pras crianças em casa; era uma festa a cana chegando. Pessoas cuja primeira conta que pagavam era a de água e de luz.

Levar vantagem em tudo deve ser bom. Mas e se o botijão de gás roubado fosse o seu?

Outro dia um super daqueles grandes estavam fazendo uma promo daquelas... tipo 1/5 do valor do produto... depois saiu a reportagem que era carga roubada.
CD eu não compro, DVD também não, ás vezes fico com uma vontade de ver um filme, mas não compro.
Porque é fácil falar de ética em tantos aspectos, chamar político de ladrão (o que é verdade) mas fazer igual...

64 comentários:

  1. Ótimo post. Eu reclamo quando roubam um post, um conteúdo que alguém escreveu, mas eu mesma já baixei diversos filmes direto da internet.

    Obrigada pela sacudida, amiga!

    ResponderExcluir
  2. Elaine, sempre leio seus posts... mas sabe cumé né ? Nem sempre a gente consegue comentar.
    Mas esse eu tive que. Concordo plenamente com você !!
    eu tento de todas as formas não comprar nada pirata, tento, porque ás vezes eu compro sem saber.
    Outro dia um super daqueles grandes estavam fazendo uma promo daquelas... tipo 1/5 do valor do produto... depois saiu a reportagem que era carga roubada.
    CD eu não compro, DVD também não, ás vezes fico com uma vontade de ver um filme, mas não compro.
    Porque é fácil falar de ética em tantos aspectos, chamar político de ladrão (o que é verdade) mas fazer igual...
    E olha que para ser diferente tá difícil viu ??
    Adorei o post. Mas sempre adoro, srrsrs

    bjus 1000 linda

    ResponderExcluir
  3. Elaine, a revista veja publicou a uns dois anos um artigo sobre as questões de ética com as quais nos vemos envolvidos no dia a dia.
    primeiro abordou a corrupçao geral no pais, tipo a dancinha da deputada quando o colega dela foi absolvido, lembra?
    depois as questoezinhas simples, aquelas que muita gente naopresta atencao, sobre o toco de cigarro no chao, a fila dupla ou tripla, furar uma fila de banco.
    eu guardei o artigo e releio sempre.
    e envio sempre para o meu pessoal do curso online, ( sou tutora de cursos online).
    o que eu gostaria é que as pessoas parassem de encarar pequenos delitos como inofensivos.
    o cara que afana a cesta basica é ladrao,mas a madame que para seu carro na fila tripla é uma safada tb.
    e penso como vc: nao compro nada pirata: prefiro nao ter!

    ResponderExcluir
  4. Concordo com você, hoje em dia tudo esta muito banalizado, banalizam a vida quando atiram sem mais nem mens, banalizam o serviço das pessoas quando compram cd's piratas, falta ética e bom senso em muitos lugares, muitos pais já ensinam os filhos a errar de pequeno.
    Vou pedir liccença e contar uma pequeno "Causo"
    Sempre confiei nos meus filhos, se pergunto sobre lição e falam que não tem, eu acredito, acho que a confiança é uma das bases. Um dia minha filha do meio, chegou em casa com um bilhete, onde a profª dizia que ela não havia feito a lição de casa por algum motivo (acho que pq não deu tempo, saiu, etc), li o bilhete e fiquei p...da vida, perguntei poque ela havia mentido a profª e ela já com vergonha começou a chorar, não bati, mas mandei uma resposta a profª dizendo que ela estava mentindo e que se não havia feito a lição era porque não quis...disse que gostaria de ver a resposta da prfª no dia seguinte. Recebi a resposta da profª e ela ficou de acompanhar mais de perto a Gabriela. Posso dizer que dessa forma ela aprendeu a lição, e a mentira não faz mais parte de seu vocabulário.

    Desculpe a carta...

    Bjão e uma otima semana

    ResponderExcluir
  5. Mais uma maravilha por aqui...
    Concordo contigo...

    Um CD por exemplo, não é NADA necessário, não é produto de primeira necessidade. Então se não dá pra comprar, não burle as leis...

    Que coisa essa mania!!! beijos,linda semana,chica

    ResponderExcluir
  6. Ótima reflexão Elaine, as pessoas estão precisando dos velhos hábitos saudáveis: educação, respeito à hierarquia, falar e praticar a verdade, precisam ouvir mais, pensar antes de fazer besteiras. Gosto de ler reflexões assim. Ainda bem que muitas pessoas ainda pensam assim e vão continuar agindo assim, ensinando a Ser e não a Ter. beijos, Ro

    ResponderExcluir
  7. Parabéns....Sábias palavras...Tá se vendo (lendo) que vc é um ser humano de bom caratér..(há se todo mundo pensasse assim)......abraços querida....e que deus te conserve sempre assim.

    ResponderExcluir
  8. Antiguada, Eliane? Claro que não! Você é honesta e tem ética, coisa que as pessoas hoje em dia não tem. Um grande bj

    ResponderExcluir
  9. Concordo com seus post. e com os comentarios anteriores.
    O exemplo vale muito.

    ResponderExcluir
  10. Infelizmente hoje em dia as pessoas estão cada vez querendo levar mais vantagem em tudo.Há pessoas que só visam seus interesses e o que mais se vê é este tipo de coisas.Concordo com você:se não pode comprar o cd não compre ou economize para comprar o original,pois o artista e todos os envolvidos na fabricação do cd trabalharam duro,enquanto o "pirata"simplesmente copiou o que estava pronto.Beijos e uma ótima semana para você.

    ResponderExcluir
  11. Oi querida,infelismente estamos no tempo em que ser honesto é ser cafona,tento criar os meus filhos da forma que fui criada espero passar pelo menos a metade das coisas que aprendi respeitar e ouir sempre os mais velhos,só pegar o que me pertence e nunca pensar que é melhor que o outro espero formar duas pessoas de carater e com a ajuda de Deus e essas palavras sábias que leio sempre sei que vai ser possível.

    ResponderExcluir
  12. Elaine,

    Ótimo post, nos faz refletir. Me encontrei nos downloads de livros, fiquei com vergonha agora. Os demais atos somos contra por aqui, evitamos qualquer dessas coisas até porque nosso maior fiscal aqui é o filhote, devolvemos trocos dados errados, pedimos para refazer o cálculo quando achamos que está para mais ou para menos e trabalhamos a ideia de que o legal é conquistarmos as coisas, merecermos elas e nunca levar vantagem sobre os outros. Passei muitas dificuldades, venho de família humilde, mas sempre aprendemos que a melhor coisa é trabalhar, meu pai trabalhava de domingo a domingo e toda vez que fico em casa, como agora, fico com peso na consciência, pois não foi assim que fui educada.
    Grandes beijos

    ResponderExcluir
  13. Jeremias 22:13 "Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça e os seus aposentos sem direito!Que se vale do serviço do seu próximo, sem paga, e não lhe dá o salário."
    Cheiro!!!


    http://www.maniadmarie.com/

    ResponderExcluir
  14. Elaine,boa noite!
    Sigo seu blog há algum tempo,quando alguém me pede ajuda "técnica" sobre blogs,sempre te indico,mas devido à correria do dia a dia muitas vezes passo por aqui mas não comento.
    Mas agora quando entrei no meu painel e li o seu assunto de hoje,não pude deixar de vir aqui e comentar.
    Penso exatamente como você,graças a Deus fui educada em um tempo onde ética,respeito ao próximo,fazer o que é certo era um valor.
    Semana passada publiquei um Meme onde falo sobre isso,falo sobre o mundo ,o país que quero para os meus filhos.
    Se isso é ser antiquada,sou antiquada com muito orgulho!
    Tenha certeza Elaine que a partir de hoje você ganhou mais do que uma seguidora,ganhou uma admiradora, alguém que partilha das mesmas ideias e que voltará com muito mais frequência no seu cantinho.
    Beijo,fique com Deus e tenha uma semana muito abençoada!

    ResponderExcluir
  15. Oi Elaine, como é bom ouvir pessoas que foram educadas como nós falarem sobre a vida, é como se não fosse só a gente que caiu de paraquedas nestes tempos de o importante é ser feliz, não importa como e nem quem é atingido. Parabéns pelo post. Bj.

    ResponderExcluir
  16. Amei o post e concordo.
    Bjs.

    http://esmaltesdastella.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Elaine! Você não é antiquada, você foi bem educada! Fico pasma com as "coisinhas" que algumas pessoas fazem de errado e acham normal.
    Eu penso igual a você e a herança que meus pais deixaram para mim e meus irmãos também foi uma ótima educação.
    Se não posso comprar, fico sem!
    Se comprei algum dia pirataria foi sem saber, tipo comprar uma escova de dentes Oral B numa farmácia e depois ver na TV (no Fantástico) que algumas são pirateadas !!!!! Se as pessoas não educarem às crianças desde pequenas, o mundo estará perdido para sempre.
    Honestidade e educação são primordiais.
    Desculpe escrever tanto, mas fico indignada com esse fatos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Elaine,

    Confesso que já cometi esses erros sim: Baixar filmes, cds e programas da internet.
    Nunca parei pra pensar, pq não doia no meu bolso, né? Agora entendo.

    Beijos, flor!

    ResponderExcluir
  19. Recebi um prêmio virtual e escolhi você para premiar.Quando tiver um tempo dá uma passadinha em emu blog http://minimundomania.blogspot.com .Beijos e uma semana maravilhosa para você.

    ResponderExcluir
  20. A Questão Elaine é que o conceito de "normalidade" do que acontece mudou de paradigma , ser honesto é ser otário, ter Fé é careta, ter Religião nem se fala! o mundo está virado e as pessoas fogem do real e mergulham na insensatez , então levar vantagem passou a ser "normal" custe o que custar. Muito oportuno o seu texto.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  21. Mas bah! Que legal!

    Me lembrei do P. Freire, que aproveitou o pulo de uma galinha em seu quintal e feliz da vida apresentou-a a sua mãe como solução para a fome naquele dia...

    Sua mãe o fez devolver a galinha ao vizinho com pedido de desculpas e tudo mais!

    ResponderExcluir
  22. Parabéns pelo ´post e pela coragem de fazê-lo. Este é um assunto forte e que acontece o tempo todo e em todo lugar. Sua mãe é parecida com a minha...
    Bjos e boa semana...

    ResponderExcluir
  23. Olá Elaine
    Ótima postagem!
    Infelizmente vivemos num país onde levar vantagem é sinônimo de esperteza. Condeno tal atitude e faço de tudo para passar aos meus filhos os mesmos valores que herdei dos meus pais e graças à Deus está dando certo. Tenho três filhos maravilhosos, que com certeza passarão estes mesmos valores adiante.Então estaremos multiplicando sementes que dignifica o homem à levar uma vida honesta.
    Abraços e tenha uma ótima semana

    ResponderExcluir
  24. Adorei o post, vantagem em cima dos outros é o que + acontece nos tempos de hoje por isso, os pais devem iniciar pelos valores! bj

    ResponderExcluir
  25. Meu pai sempre dizia que quem roubava 1 real (na época era outra moeda), roubava 1 milhão. O melhor é trabalhar, mas se tiver sem trabalho, não roube, peça.

    Mas sem hipocrisia, já baixei filmes e músicas da internet.

    beijos

    ResponderExcluir
  26. Oi Elaine!!!
    A honestidade vem do berço.
    Beijinhos
    Ângela Guedes

    ResponderExcluir
  27. Meu pai usava um ditado antigo que diz: "as palavras comovem mas o exemplo arrasta" vai mais ou menos na mesma linha do que acabas de postar, como criticar os ladrões se usurpamos os direitos de outros no nosso dia a dia sem nos darmos conta?

    ResponderExcluir
  28. Com certeza Elaine.. hoje em dia é tudo muito normal.. é errado mesmo, e temos q ser os primeiros a dar os exemplos aos nosso filhos.. mas somos os primeiros a comprar um DVD pirata pra eles.. é dificil mesmo!! Bjinhos Lili do Luanzinho

    ResponderExcluir
  29. Olá Elaine!Ótimo post e confesso que estou refletindo até agora,pois baixo séries aqui na net :S
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  30. Oi Elaine!
    Entendi tudinho que você disse e penso igual. Acredita que eu me sentia sem graça quando dizia que comprava as minhas músicas? Pois é eu comprava, tudo legal. Como não dava para gastar muito estipulava uns 15,00 por mês e achava bom. Mas me chamaram tanto de "tonta"! Aí me disseram que tinha um site que dava para baixar de graça, sem problemas. Eu fui e baixei algumas músicas, ainda era liberado, mas quando começou a polêmica de se era certo ou errado, fiquei sem graça. Parei, aliás, o site também parou. Nunca comprei cd pirata por achar injusto com os músicos, mas já comprei games no camelô...ai...vai entender,não é?
    Não vejo problemas em baixar coisas free, mas não gosto de coisa pirata. Até mesmo os joguinhos foram só uma fase.
    Parece que hoje em dia é vergonhoso ser honesto e correto. Mas também aprendi assim: melhor pedir do que roubar. Não tenho vergonha. O não você já tem, o sim é lucro!
    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  31. Elaine
    Te admiro imensamente. Você tem o dom da escrita, muito bom ler os seus textos. Concordo com você em gênero, número e grau. Precisamos nos consciêntizar de que comprando produtos piratas, estamos sendo tão bandidos quanto aqueles que pirateiam. Esta semana que passou estava conversando com minha jovem filha (19 anos), justamente sobre o "levar vantagem".
    Hoje em dia a grande maioria das pessoas só fazem algo pensando no quão lucrativo aquilo será para elas. "O que vou ganhar fazendo isto?" "O que receberei em troca?" "Qual o benefício que isso me trará?" Estas pessoas que me desculpem mas EU aprendi diferente. Aprendi a fazer o bem sem olhar para quem. A não pensar o que ganharia e sim em servir, em ser útil sem esperar coisa alguma. Para sermos ou termos algo não precisamos lesar ninguém.
    Bjussss...

    Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;Mateus 5:6

    Pois tu, SENHOR, abençoarás ao justo; circundá-lo-ás da tua benevolência como de um escudo. Salmos 5:12

    ResponderExcluir
  32. Elaine,
    Ótimo post,nos faz refletir.A ética é tudo,e fui criada sabendo respeitar antes de pensar em Ter.
    Um beijo!

    Simone Souza

    ResponderExcluir
  33. Bendita Mandioca da vózinha né?Eu lembro perfeitamente, minha mãe me fez voltar na creche que frequentava e devolver a coleguinha um anel de plastico, fui zoada pela turma e tudo, mas minha mãe fez bafo, disse que se eu sofresse BULE por ser educada, ela me tiraria de lá, eu devia ter uns 4 anos, minha mãe era cretina, nem pensava, fazia o que achava certo né?Sabe amiga o fato de ser casada com uma pessoa que manja de certas coisas como tu, me fez entender o pq pagar por um sistema operacional R$ 400,00, mas dormir tranquila.Na net, tenho visto muita coisa estranha, gente que se faz de besta, te copia na cara dura e ainda faz de conta que tem autismo(me perdoe quem sofre de autismo),mas vc fala, dá indireta e a criatura nada...fala serio né? será que precisa ler cartilha pra respeitar o proximo?E assim criam habitos, e mesmo sem querer esses habitos são passados aos filhos né?

    beijos amiga, ótimo post

    Fernanda

    ResponderExcluir
  34. Adorei a reflexão!!!
    As vezes precisamos de uma "sacudida" como foi dito acima para analisarmos nossos próprios atos!

    ResponderExcluir
  35. Elaine, está bom de mandar este texto lá para os ministérios em Brasília...

    Posso até errar mas é tentando acertar junto com minha consciência.

    Um lindo dia p/ vc Bella!

    Beijosssssssss

    ResponderExcluir
  36. Oi Coisinha, é verdade!
    Marido as vezes baixa musicas...e faz um mistureba de cantores e põe no pen drive...Aí eu reclamo com ele, e ele responde: Quem vai me vender um CD assim, todo misturado so com as musicas que eu gosto? de vários cantores? e eu Num sei... então ouça no rádio! hehehe

    RELEVAMOS ELE OU NÃO?

    Beijos

    ResponderExcluir
  37. ELAINE,esses valores deveriam ser ensinados em casa,é questão de carater!Na escola deveria ter filosofia desde o pré para se ensinar ética ás crianças.Talvez o mundo seria um pouco melhor!Adorei seu texto e assino embaixo!bjs,

    ResponderExcluir
  38. Oi Elaine,não acho certo de forma alguma comprar CD ou DVD piratas,entre tantas outras coisas que aparecem na nossa porta. Eu me coloco sempre no lugar de quem esta perdendo. Ser roubado,ser lesado é muito triste. Aprendi muitos valores com minha Avó que me criou e esse é um deles. Eu te enviei um email não sei se recebeu? Estou querendo fazer umas mudanças em meu blog!
    Abraço carinhoso.
    Cris

    ResponderExcluir
  39. Ah,como sou evangélica tenho vários CDs dos louvores que gosto.
    Detalhe,nenhum é pirata!
    Se eu gosto,vou lá e compro mesmo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  40. Oi, Elaine!
    Adorei a postagem!
    Infelizmente, eu conheço muitos pais que ensinam aos filhos como tirar vantagem de tudo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  41. Elaine,

    Até meu marido veio comentar, tu tá podendo hein?! Nem no meu blog ele comenta, vou fazer greve por aqui, kkk, mentira, ele gosta do que é bom, então mais que justificado ele vir dar pitaco aqui.
    Grandes beijos

    ResponderExcluir
  42. EU GOSTEI DO POST ELAINE!
    MAS TENHO CULPA NO CARTÓRIO...
    O PC TÁ CHEIO DE MÚSICAS MINHAS E DO FILHOTE, TÊM FILMES E COISAS ASSIM...

    MAS PARA OUTRAS COISAS EU SOU HONESTA ATÉ DEMAIS!

    BJINHOS

    ResponderExcluir
  43. Saber que algo é errado e fingir que não se sabe é conduta típica de muitos. Infelizmente, no entanto, é muito difpicil mudar uma mentalidade tão arraigada no pensamento das pessoas.

    ResponderExcluir
  44. Ai meu Deus Elaine, e eu que fico postando fotos e nem sempre ponho os créditos?! Sei que estou errada, e olha que condeno o jeitinho brasileiro, casei com o senhor certinho e criamos os meninos assim tb.
    Sempre digo, que não é a Bíblia que norteia as ações do homem, e sim seus princípios, valores universais, como se diz.
    Há pessoas que só fazem a coisa certa se alguém está olhando, outras porque é pecado e assim vai.
    Valeu o puxão de orelha amiga, bjs

    ResponderExcluir
  45. Eu sempre falo que sou contra os "que querem tirar vantagem de tudo". Acho um horror. Mas, as vezes compro CD e DVD pirata. Foi bom este puxão de orelha. Vou refletir sobre atitudes assim.
    Aqui na minha cidade aconteceu um fato inusitado.Dois ladrões de moto roubaram a casa Lotérica. Foi em volta de 20 mil. Todos os clientes q estavam na fila tb foram roubados. Ameaçaram até tirar as roupas das pessoas.Minha irmã faz piadinha de tudo. Disse q não podemos andar com calcinha sem elástico e nem furada. Vai q temos q tirar a roupa na rua, rs.
    Acredita q os ladrões apavorados esconderam num quintal de uma casa as motos e os pacotes de dinheiro. Um sr, q mora sozinho nessa casa, viu eles fugirem e deixou todo o dinheiro lá no quintal e chamou a polícia.Pobrezinho de dar dó e não pegou nem uma notinha de 100. Pensa , o tanto q tinha espalhadas no chão. Ainda existe gente honesta, com certeza.

    Bjos Luzia

    ResponderExcluir
  46. Elaine acho que a sua postagem vem a calhar e muitas pessoas precisam ler. Concordo plenamente: Palavras, quando não são seguidas de ações, não ensinam nada a ninguém. Nossos governantes precisam aprender essa regrinha básica da convivência humana! Como estão no poder deviam dar bons exemplos.
    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  47. Oi Elaine!

    Eu lendo teu post e lembrando do meu marido, ele pensa assim exatamente como vc, em tudo tudo, como ele trabalha com informática ressalta principalmente o uso de programas piratas, baixar músicas e filmes na net, ele é ético, não aceita nada ilícito, não aceita suborno de nenhuma espécie, e correto, reto como uma flecha e sofre com isso, com sua maneira de ser, é considerado "chato" o "certinho" mas é incrível pois quando ele fala: "isso não é correto, não vai dar certo" não demora pra vir as consequências...

    Eu tb concordo com vc em todos os aspectos citados e concordo com ele tb, na verdade fui aprendendo, pois em algumas ocasiões me deixei levar e comprei joguinhos para o game do meu filho piratas, achava um absurdo um jogo original custar R$120,00 se um pirata custava 10,00 e ainda me justificava, achando que havia feito certo pois a "lojinha" era no Shopping, qual o erro nisso?
    Demorei um pouquinho a entender essas coisas, e hoje não compro absolutamente nada pirata, nada mais barato e jamais penso em levar vantagem em qualquer coisa que seja, como diz meu marido "quem compra pirata financia o crime, o tráfico de drogas e armas"
    Temos filhos e procuramos não só falar e sim darmos o exemplo.

    Parabéns pelo texto e pela abordagem.
    Refletir sobre isso é sempre muito bom!

    Abraços, Fabiana

    ResponderExcluir
  48. Oi Elaine,

    A gente vive hoje uma era na qual o errado é que tá certo.
    Os exemplos vem de cima e são amplamente divulgados pela mídia sem nenhuma consequência para o transgressor.
    Todos os dias se vê falar sobre desvios de dinheiro publico, de conduta e fica tudo por isso mesmo. A impressão que passa é que ao poder pode tudo.
    Estes fatos mudam o inconsciente da população como um todo. Se eles podem roubar bilhões, porque não posso comprar um CD pirata, parar em fila dupla, estacionar em local proibido ou reservado a deficientes, furar filas, comprar coisas denotadamente roubadas, agredir professores, fraudar notas, colar em provas, comprar gabarito de vestibular ou do ENEM, dirigir alcoolizado, fazer galinhada com galinha do quintal do vizinho? Estamos no pais do tudo pode. As falcatruas estão escancaradas para todo mundo ver, num teatro armado pelos partidos políticos que se unem em corporativismo.
    Como educar os nossos filhos, como fomos educados, se os exemplos que veem são esses? Passamos por idiotas, os errados somos nos!
    Muito boa a discussão levantada pelo seu post.
    Não se forma um individuo e nem um povo sem exemplos de conduta correta, ilibada.
    Temos de pelo menos cuidar da nossa célula mater que é a família. Começa tudo por ai.
    E não perdermos nunca a capacidade de nos indignar. É botar a boca no mundo sempre que pudermos. Pelo menos nos alivia a alma.

    bjos

    ResponderExcluir
  49. Se não conseguimos coibir de um lado, talvez possamos fazê-lo do outro. Como? Os aparelhos não aceitariam os piratas, como acontece com alguns para DVD e BLU-RAY. Não sendo possível ouví-los e assistí-los, ninguém os compraria.

    Tudo é questão de princípios e eles são originários da educação.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  50. Concordo em genero, numero e grau contigo...como se diz o ditado: "É de pequeno que se torce o pepino.." Se não dermos bons exemplos aos nossos filhos, sobrinhos, primos, estaremos criando possiveis marginais em casa, mesmo sem sentir, são pequenos gestos que fazem a diferença no futuro...Vamos no exemplo do cd.. O artista estuda pra isso, ensaia, tem custos altissimos com tudo, gravação que é um absurdo de caro..enfim, tudo isso para vender seu trabalho, e o fã faz o que? O trai..vai e compra um pirata onde o artista não tem participação em nada nos lucros, ou seja trabalhou de graça...fã que é fã de verdade não trai seu artista....

    ResponderExcluir
  51. Se não se resiste a ser favorecido na Lei do Gerson, então perde-se o discurso de varrer deste país a impunidade.
    Interessante reflexão com puxão de orelhas.
    Meu abraço de admiração.

    ResponderExcluir
  52. Olá, querida
    E a gente se acostuma e vai burlando do que não nos pertence por direito... no interior, isso é forte por demais!!!
    Bjm de paz

    ResponderExcluir
  53. Estou amando seu blog! Esse post em especial tocou meu coração e me fez lembrar de, entre tantas outras ocasiões, uma vez em que, numa papelaria onde comprei papel de seda e cartolina, paguei o valor da compra - R$ 9,00 - com uma nota de 50 reais. E a vendedora me deu o troco de ... 50 reais! Na mesma hora, e falando baixinho, pro patrão dela que estava perto não ouvir, a alertei de que esta era a nota que eu havia lhe dado e que eu queria apenas o troco! Que susto ela levou e como me agradeceu por não falar alto! E quando eu paguei por um artigo que por esquecimento não me foi cobrado numa conta, e o atendente me olhou como se eu fosse um E.T. ou como se eu merecesse um prêmio por ser honesta... Chego à conclusão de que o que falta ao mundo de hoje é, justamente o que vc disse, VIVER realmente o que aprendemos na Bíblia. Gosto de uma frase de D.L. Moody: "A Bíblia não nos foi dada para aumentar nosso conhecimento, mas para mudar a nossa vida" !
    bjs!

    ResponderExcluir
  54. Elaine, eu sou de Franca e o Hallel é um sucesso aqui.
    Olha, eu não compro cd pirata porque não é ítem de necessidade e como eu já passei muita tbm, eu prefiro guardar o dinheiro ou comprar outra coisa mais útil. No interior é bem assim que vc falou mesmo.
    E esses valores vêm de berço, de exemplo. O que eu sempre ensinei: se não é seu, não coloque a mão. Deu certo.

    Beijossss

    ResponderExcluir
  55. Elaine, muito amplo o post e vale o alerta sim.



    Parece que o mundo de hj esta com tudo trocado. A honestidade parece que é diferencial onde deveria ser normal.
    beijos,
    Elaine Cunha
    www.caminhandocontando.com

    ResponderExcluir
  56. O que acho é que parece que o brasileiro fica feliz de poder comprar barato. É o chamado bom e barato e doa a quem doer.

    A liberdade de hoje foge aos princípios que fui educada e é por isso que sou muito chata em questão de comprar. Pesquiso e compro qualidade com bom preço.

    Reclamo por um centavo desde que seja meu por direito. Outro dia peguei um´ônibus com a passagem ao valor de 2,80. Dei 5,00. O Motorista ( qua agora é trocador tb) me pediu 0,10 centavos. Dei e ele me devolveu 2,25 (2,00 + 0,25). Fiz as contas e perguntei:
    Porque me pediu 0,10 ao invés de 0,05 ? Você está me devendo 0,05.

    Ele respondeu grosseiramente:
    -vai reclamar por 0,05 madame?

    Vou porque de 0,05 a 0,05 o senhor faz a festa.

    Com isso todos que estavam na mesma situação no bus começaram a reclamar.

    Passei a roleta e fiquei só na escuta até chegar ao meu destino.
    A desculpa era de que não tinha troco onde é sua obrigação ter.

    Bem termino por aqui senão vou ter é história para contar.

    Beijos
    -

    ResponderExcluir
  57. Ei Elaine!
    Ótimo texto, só agora o li. Quando passo por aqui, costumo folhear os posts anteriores para ver se li todos.
    As pessoas cometem pequenos atos ilegais e fazem discursos de moralidade, não veem a sua prática, na verdade vemos mesmo é muita hipocrisia.
    Agradeço a lembrança viu?
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  58. Graças a Deus pude ler essa postagem e com isso não me sentir tão ET. Prego e vivo isso aqui em casa. Tentamos andar nos trilhos o tempo todo, pois não acho justo fazer com os outros o que não desejamos pra nós.
    Tive meus documentos e carteira roubada na semana passada, quando saia as pressas para socorrer o meu pai. Não me pergunte como , mas conseguiram usar o meu cartão do banco, sacaram o limite do dia e o resto que viram no saldo fizeram compras em um supermercado. Não pude cancelar o cartão na mesma hora, pois a vida do meu pai era mais importante. Então, aproximadamente seis horas foram o suficiente para invadirem a minha vida.
    Foi um choque constatar o rombo em minha conta, que mesmo não tendo senha comum ligada a nenhum dado de minha vida ou sequencia lógica de números, foi descoberta (essa criatura deveria usar os seus conhecimentos para o bem...), mas fico aliviada de saber que o ato ilegal não foi feito por mim. Entreguei para Deus e vou sobreviver bravamente, já quem fez, não sei como será o resto de sua história...
    Bjks

    ResponderExcluir
  59. Elaine, essa tua história da mandioca (que nós chamamos de aipim) me lembrou uma história de minha infância que eu já havia esquecido há muito tempo.
    Quando eu tinha uns 08 anos e meu irmão uns 11(talvez menos, sei lá), na frente de nossa casa tinha uma senhora que criava galinhas, soltas no pátio e elas colocavam os ovos embaixo embaixo da casa, não havia cerca nem nada, e esta senhora assim como minha mãe trabalhava o dia todo.
    Um dia eu e meu irmão entramos embaixo da casa e pegamos, "roubamos" na verdade alguns ovos e levamos para casa.
    Confesso que não me sentia fazendo algo errado, na minha cabeça estava somente dando uma melhorada na janta, que lá em casa a coisa andava braba.
    Mas parece que a natureza resolveu nos aplicar uma peça da pior maneira possível.
    Chegamos em casa, colocamos os ovos no armário, (pois não tínhamos geladeira) e fomos para a sala.
    De repente amiga, veio uns barulhos da cozinha, e um cheiro insuportável, a porcaria dos ovos estavam podres e resolveram estourar bem ali, na cozinha limpinha de minha mãe.
    O cheiro é algo que não consigo esquecer, um ovo podre já fede, imagina uns 4 ou 5 que havíamos pego e estouraram, porque não sobrou nenhum.
    Elaine, limpar aquilo tudo e tirar aquele cheiro insuportável antes de minha mãe chegar foi a lição maior que recebi em minha vida de não pegar nada que não me pertencesse.
    O trabalho foi árduo e mal cheiroso.
    Concordo com tudo o que disseste, mas te digo uma coisa, por mais que tentemos ensinar isso a nossos filhos, é muito difícil, nunca comprei CD pirata, não baixo filmes da no PC, e nem livros. Meus filhos pensaram assim por muito anos também, mas hoje é difícil, o nosso país tá tão descontrolado, tão corrupto, que eles dizem pra mim.
    Mãe só tu não faz.
    Tá ficando difícil passar valores hoje em dia, não podemos desistir, acredito que quando eles tiverem os filhos deles voltaram a esses valores que ensinei, não que façam isso com frequencia, mas pra mim que nunca fiz, uma ou duas vezes já é demais.
    Quem sabe se tivessem que limpar ovo podre na infância os políticos também aprenderiam não é?
    E nós não precisaríamos ouvir as sentenças tão faladas hoje pela juventude.
    Que pra ser rico é fácil, só precisa ser político, que é sinônimo de ladrão que não vai preso nunca.
    Parabéns pelo post, eu não deixo de acreditar, um dia isso muda.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  60. Tua mae agiu tao corretamente, que deu orgulho daqui por ser mae tbm e como ela, lutar desde que meus filhos nasceram por dar bom exemplo.

    Sabe Elaine, sempre fui uma pessoa mt correta, gracas tbm a minha mae, que nunca havia visto alguém mais justa. Minha mae sempre falava sobre dignidade em casa. Dizia pra nós nunca termos nomes sujo na praca, nunca pegar o que nao era nosso, nunca nos meter em briga, nunca criar inimigos, essas coisas.
    Entao, cresci uma pessoa correta. MAs foi aqui, que aprendi a ver que certas coisas, realmente, nao sao corretas, é que no Brasil, isso já é tao difundido que parece normal,banal, p ex., aquele monte de dvd pirata que o povo, usando a desculpa de ser pobre e nao ter trabalho, vende nas ruas a ceu aberto ,e os que se dizem pobres que nao podem comprar os originais, compram e compram sempre, alimentando esse roubo, essa vergonha nacional. Já houve tempo que eu entendia quem comprava pirata, hj nao suporto nem a ideia!

    E isso é só uma das coisas que aprendo na Alemanha, todos os dias, a mais linda que vejo? Ninguém pega as flores do jardim do vizinho, se vc quer igual, vc se dirige a loja e compra. pronto e ponto!

    Temos mt o que caminhar pra chegar num ponto desses :-(

    ResponderExcluir
  61. Eu falei sobre isso no meu face,eu sou catolica e amo minha igreja mas eu não entendo como pode em aparecida do norte ter tanta pirataria no patio da igreja,e a igreja se beneficiar dessas vendas,tem gente que sai da sua cidade pra comprar produto pirata lá.
    pirataria é crime e deve ser proibida em todo lugar!

    ResponderExcluir
  62. Voltando ao mundo virtual!

    Dei uma lida nos seus últimos posts e esse aqui me chamou mais a atenção. Exatamente porque toca num assunto que acho que é o pior defeito da cultura brasleira. A de levar vantagem em tudo. A cultura do jeitinho.

    Não vou te dizer que não baixo músicas e filmes na net. Seria hipócrita se dissesse isso. Mas no geral procuro ser o mais ética possível. Mas confesso que no Brasil é um exercício diário, difícil e só poucos conseguem ser 100%.

    Beijocas

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.


Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…