"Eu escolho o lado bom da vida!"

em 28 de outubro de 2011

Acredito que existam poucas pessoas blogueiras (esse tipo especial de pessoa que somos nós rsrsr) que nunca tenham ouvido falar da minha última convidada nesta semana de festa.

Vou dar dicas, tá?

Ela é jovem, mas passa tanta maturidade no que escreve que nem parece ter apenas 28 anos. Ela tem um dos blogs mais movimentados que conheço. E tem um público tão fiel que me surpreende!!! Ela é criativa, ela é talentosa. Ela é prendada, linda, querida e muito, mas muito cheia de ideias para movimentar o blog. Ela é feliz.

Ela escolheu o caminho da felicidade, e trilha esse caminho. Não que sua vida não tenha dores… claro que tem, temos todos, não é? Mas ela pinta sua casinha de cor de rosa e poás, e pinta a vida também; ela decidiu ser feliz. Apresento a você minha convidada de hoje: Rejane Batista, do blog Casa, corpo & Cia.

'Serra era uma cidade pobre, não tinha muitas vagas de emprego, principalmente para uma pessoa sem formação profissional. O que restou? Meu pai foi cortar cana e eu vi de perto o que era trabalho escravo, a miséria. Eu vi na minha frente a pobreza que você só vê na televisão e pensa se realmente existe. '

O trecho acima eu retirei da participação dela na Blogagem coletiva Há amor em mim. Li o texto dela todo, depois li boa parte dos muitos comentários (público fiel, lembra?) e me peguei chorando.

Mas não de tristeza, ou de pena. Não! Pois o relato da Rejane suscita muitos sentimentos, menos pena. O texto dela me deu alegria, me deu otimismo, me fez ver mais uma vez que a gente escolhe mesmo o próprio caminho. E, claro, eu me identifiquei totalmente com o relato dela.

Essa menina bonita e vitoriosa tem algo mais, tem brilho. E isso transparece no texto dela.

Ficou com vontade de ler? Segue o link:

Há amor em mim – by Re Batista

Desejo que, ao ler, você sinta a mesma injeção de ânimo e otimismo que senti. E veja que podemos sim construir dia a dia nossa própria felicidade…

E para encerrar eu não resisti e trouxe mais um pedacinho:

'Com 28 anos, eu ainda brinco de casinha. Aqui tem rosa e corações pra todo lado, porque eu posso ser quem eu quiser. Não tem mais idade para usar a roupa que você gosta? Quem te disse isso? Não tem mais idade para correr, rolar pelo chão, dançar e fazer palhaçada com as crianças? Quem decretou? Faço tudo o que quero e ainda sou capaz de andar de patins como se só tivesse 15 anos.Eu escolho O LADO BOM DA VIDA'

Bom sábado pra você! Seja feliz, nem que seja um pouquinho! Você merece. Sim, merece sim!!!!

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

28 comentários , comente também!

  1. Oi Elaine!

    Eu já tinha ido lá no blog da Rejane e comentei essa postagem. Engraçado que achei a narrativa dela um pouco parecida com a sua, a maneira leve de descrever situações que normalmente as pessoas estariam maldizendo a sorte.

    O blog da Rejane é tuuuudo de bom mesmo!

    Beijos.

    Clau

    ResponderExcluir
  2. Eu amei o relato da Re e publiquei um trecho dias atrás, porque me serviu ara uma boa conversa com meus filhos sobre conquistas, esforços, união, enfim, VALORES que considero essenciais aqui dentro de casa.

    Rejane é tudo isso e muito mais. Eu me sinto privilegiada por ser amiga dela na vida virtual e na vida real, porque aprendo muito com ela!!!

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  3. É quem ver cara não ver a história que há por tras! Mas, quem sabe o quanto o feijão de água e sál pode ser uma delicia e há doçura contida em um copo de farinha com açucar sabe o que é a vida!!! É de emocionar a história dessa nega, é de inspirar também! E eu concordo com ela, nós podemos ser tudo o que quisermos, conquistamos esse direito!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Elaine...
    Eu fui lá e adorei tudo também
    Gente simples que vive o amor, que escolhe viver o amor e que é retribuida com amor em dobro.


    Beijossss

    ResponderExcluir
  5. Olá Elaine,
    Na época da postagem lí a história
    de Rejane, é uma das mais bonitas que já ví, de amor, dignidade e otimismo...precisamos muito disso hoje em dia.

    Quero aproveitar para parabenizá-la por seu blog.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. E eu não conhecia a Rejane.

    Fui lá dar uma olhada e me encantei.
    Ela é isso mesmo que você disse e o principal, é autentica, desencanada e parece ter mesmo escolhido viver o lado bom da vida.
    O texto dela para a blogagem foi delicioso e como ela se orgulha de sua histotia de vida.

    Parabens a ela e a você por traze-la aqui.

    bjos pras duas

    ResponderExcluir
  7. Nossa Elaine, estou com os olhos cheios de lágrimas...
    Mais uma vez eu digo: Não chorei nada para escrever o post, pois cada memória que tinha e escrevia, só me deixavam mais otimista, mais feliz e confiante. E pensava: Graças a Deus! Passei por muitas coisas, mas nada me abalou. Consegui ir muito longe, e ainda estou caminhando, dia após dia, rumo ao sucesso.
    Como você bem disse, não queria escrever de uma forma que as pessoas sentissem pena de mim, mas sim que sentissem ânimo, força e conhecessem um pouco de quem eu realmente sou, e não ficassem apenas com a "fantasia" de que sou uma menina mimada, riquinha, filhinha de papai...
    Filhinha de papai eu sou né, rsrs, afinal, é só eu e meu irmão e eu ainda sento no colo do meu pai e meu coração dispara quando o vejo, corro para abraçá-lo e beijá-lo e ele está sempre cheiroso.

    Mas ao ler cada comentário, chorei muito. Choro agora ao ler o seu post. Porquê?
    Porquê eu dou uma de durona, mas eu sou chorona, sensível e estou sentindo como se milhares de mão me abraçassem e tivesse milhares de ombros para encostar. Então o meu choro é de felicidade, porque afinal, isso não é pra qualquer um, então me sinto abençoada e privilegiada.
    Será que eu mereço?

    Eu companhei durante a semana todos os posts, esta blogagem, esta festa foi de arrebentar os corações...

    Beijos e abraço.
    Lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  8. Conheço o blogue da Rejane, assino o feed e de vez em quando dou o meu pitaco por lá! Gosto do astral do blogue, da simplicidade que ela expõe sua vida e a alegria que demonstra a cada novo trabalho realizado. A energia positiva que ela possui toca aqui ♥. Bom fim de semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  9. Oi Elaine!

    Fui em vários Coletivas, mas a da Re não me lembro... Mas agora não perdi a oportunidade! A garra e amor do pai dela me fez lembrar o meu, deu saudades... Belo depoimento e exemplo de vida!

    Beijossssssss

    ResponderExcluir
  10. O que falar? Tenho uma irma loira(q esta morena) que mora no rio?Na verdade admiro muito essa menina, sabia que ela viria aqui de novo, pois a historia dela, aliás parte dela, e muito interessante, sabe pq penso assim?Pq é sim a historia de muita gente, ou ao menos um pedacinho, mas o que ela fez com sua historia, ahhh ai, meu bem, tem que ser muito abençoada, pq fazer do limão uma limonada, isso não é qualquer um, por isso como disse a ela, é um exemplo, principalmente de autenticidade.

    Um beijo Elaine, e tudo aqui ficou bom demais...

    ResponderExcluir
  11. Fui lá, e chego aqui mais grata pela vida, por tudo, grandes e pequenas bénçãos.
    A gente se inspira.
    bjus
    verdadesdemae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Que história linda...pena que não pude participar da festa mo dia, é uma lição de vida..beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá, querida
    Obrigada pelo voto de felicidade pra nós... merecemos sim e Deus nos quer felizes intensamente... para tal Ele nos criou...
    Bjm de paz e ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
  14. Elaine, é tão bom encontrar pessoas que passam por dificuldades e mesmo assim vivem com alegria. Muitas vezes me pego reclamando de coisas bobas e logo me arrependo e "despenso" tudo, pedindo perdão a Deus por minha pequenês. (não uma cachorrinha, mas eu, pequenininha, um grão de areia nesse mundão...).
    Essa menina é uma grande guerreira.
    Mas sabe o que tornou a vida dela e da família cheia de superações? Estarem juntos, se amarem, lutarem juntos, se respeitarem.
    Meus respeitos a ela, um docinho de moça.
    Fui lá e li o texto dela, não há como deixar de ter uma profunda admiração e carinho por ela e por toda a família.
    Mas não deixei nenhum recado, espero queela leia por aqui.
    Beijo em você e na Rejane.

    ResponderExcluir
  15. Oi Elaine! Eu li o texto da Rejane, achei muito interessante porque as experiências que ela viveu a gente conhece apenas nas aulas de geografia e nos filmes!
    Que todas as famílias se mantenham unidas como a dela apesar da diversidade!


    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Elaine! Que lindo tudo isso do "Há amor em mim".
    Um pouquinho de cada um, uma história sempre diferente uma da outra, mas sem deixar de emocionar.
    Eu comentei lá no Blog da Re que essa foi a história que mais me tocou nestes escolhidos. Porque passei também por algumas coisas na vida que tive que enfrentar e superar com pouca idade.
    E levei para meu Blog o link dela para que todos aprendam a não reclamar da vida, às vezes por uma simples bobagem, um simples capricho.
    E a gente vai aprendendo um pouquinho mais a cada dia, com a experiência de outros, não é?
    Muito emocionante toda essa comemoração dos seus 3 anos de Blog. Parabéns!
    Continue sempre sensível e carinhosa assim, você ensina muito de calor humano também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Já li e não me canso de ler!!!!
    Muito lindo a história da vida dela e como ela deu a volta por cima e se tornou uma pessoa feliz.
    Belo post.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Olá amiga, tudo de bom para vocês, é bom ter as pessoas realizadas,mas por vezes queremos levar bem a vida e não nos deixam, beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Muito comovente o texto da Rejane ... uma grande lição de vida!!!
    Adorei participar dessa BC, li textos maravilhosos e de muito aprendizado.
    Pena que meu texto não mereceu sequer um comentário seu, fiquei sem saber se leu ou não.
    Beijos no coração
    Marcia

    ResponderExcluir
  20. Escolha perfeita, a menina moça é D+...
    Aprendi mais uma lição de vida
    Eu sempre via chamadas do mosaico dela pelos blogs das amigas, lia o nome "Casa Corpo e Cia" e pensanva: este blog não tem nada a ver comigo, me remetia a vaidade ou futilidade, quando cheguei através desta coletiva cheguei a ficar com vergonha(meu suposto preconceito), quanto mais lia, mais me encantava e sai de lá orgulhosa de ter participado desta festa,sua festa, nossa festa.
    Valeu Elaine. Cada lágrima, cada soriso e cada estória vividas aqui.

    ResponderExcluir
  21. Elaine,

    Escolha perfeito, o texto da Re foi um dos que mais me emocionou, chorei porque temos histórias, mesmo espacial e temporariamente muito parecidas e vendo a força que ela tem dá ânimo e nos mostra que nada é em vão e se a família nutre respeito e amor, tudo o que acontece fortifica.
    Grandes beijos

    ResponderExcluir
  22. Elaine,
    Obrigada por compartilhar essa bela história de vida com suas seguidoras!!
    Estava precisando disso,pelo momento que estou vivendo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  23. Sejamos todos felizes sim, as vezes a vida nos dá mil e um motivos para estarmos triste, mas, quando olhamos para trás, vemos que existem pessoas com problemas bem maiores do que o nosso, e se elas conseguiram superar, por que não tentarmos também, né verdade?
    Grande abraço e bom FDS.

    ResponderExcluir
  24. A Rejane eh com certeza um exemplo de mulher guerreira, batalhadora, e generosa! A história de vida dela eh emocionante! Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Olá ,eu já tinha lido e comentado,realmente a história de vida da Re é muito emocionante,e é a prova que Deus muda nossa sorte ,e transforma nosso choro em alegria bjs e boa terça.

    ResponderExcluir
  26. Post tão gostoso de se ler esse da Rejane. Que história de vida muito bonita, muito rica de amor, união, coragem, determinação.

    O amor vence tudo e uma prova é a históri real que a Rejane nos contou. Tive a felicidade de ser sua seguidora desde que iniciei com o meu blog. E veja que cresceu demais e lá é lindo demais e em tudo reflete amor .


    Obrigado Elaine por nos proporcionar momentos inesquecíveis com sua Blogagem Há amor em mim.

    Beijos

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…