Outubro 2011 - * Blog Elaine Gaspareto *

Postagem de festa: Jacilene, ou Pandora

em 31/10/2011

Olá, leitor!

Hoje quero apresentar a você o penúltimo guest post desta série que comemora os 3 anos do blog.

Ele foi escrito por uma menina muito querida, A Jacilene, ou como ficou conhecida na blogosfera, a Pandora.

Ela edita o blog Uma Pandora e sua caixa, e está presente no livro coletivo que lançamos como resultado do Concurso Conto vidas.

Que dizer dela? É uma das minhas mais frequentes comentaristas, e uma pessoa das melhores, daquelas nas quais você pode confiar.

Com você, Jaci, a minha querida Pandora:
Uma professora de português uma vez me disse que não existem sinônimos perfeitos, mas um sinônimo quase perfeito para "blogar" é "se encontrar".

Desde que eu comecei a viver a experiência única,emocionante e altamente viciante de ser blogueira percebi a blogosfera como um lugar de inúmeros encontros, alguns felizes outros nem tanto,alguns com segundos e terceiros… outros consigo mesmo.

Não lembro mais como me encontrei com a Elaine e com Um pouco de mim,mas se não consigo lembrar o caminho que tracei até chegar aqui, com certeza não esqueço as felicidades que esse encontro me trouxe desde o primeiro momento.

Sempre penso que o “Um pouco de mim” é como um porto onde muitos navios se encontram e como um bom porto sempre foi um bom lugar para encontrar pessoas, rir, se emocionar, curtir um bom papo, contar novidades, ouvir boas histórias e vivenciar o que há de mais inusitado na vida blogueira.

Aqui se vive desde blogagens coletivas que te convidam a fazer o difícil exercício de falar bem de si mesma e te dão inteiramente de grátis uma grande amiga (sim, foi durante aquela blogagem do ano passado que conheci uma das minhas amigas mais queridas); passando pela improvável satisfação de ganhar um sorteio, mesmo sendo uma das pessoas mais pé frio da história; chegando até a realização do viajado sonho de ver seu nome estampado em um livro.

Pensando direitinho, avaliando, relembrando, dizer que há, apenas, um pouco de mim nesse blog é uma temeridade, depois de mais de ano de sucessivos encontros virtuais entre esta Pandora e a Elaine posso dizer que aqui existe muito de mim.Em cada postagem lida, comentário escrito, pessoa conhecida,aventura virtual vivida, fui deixando partes de mim aqui e levando partes daqui comigo em contínuos encontros e reencontros que vão muito além do virtual.

Cheros Elaine, obrigada por me proporcionar mais essa aventura e que sempre passamos nos encontrar nesse e em tantos outros espaços, sejam eles virtuais ou concretos.


Gostoso demais de ler, né? Lendo esses textos eu fico me sentindo importante, sinto que de algum modo eu estou fazendo diferença nesse mundo… ajudando de alguma forma.

Muito obrigada, Jaci, por suas palavras, e sobretudo por sua amizade.

Xêros, linda!!!!

E xêro pra você também, querido leitor.

Amanhã tem o último post desta série, mas não vou contar quem escreveu, tá? Quem adivinhar pode ganhar presente.

Você vem, tá?
QUERO LER O POST COMPLETO

"Eu escolho o lado bom da vida!"

em 28/10/2011

Acredito que existam poucas pessoas blogueiras (esse tipo especial de pessoa que somos nós rsrsr) que nunca tenham ouvido falar da minha última convidada nesta semana de festa.

Vou dar dicas, tá?

Ela é jovem, mas passa tanta maturidade no que escreve que nem parece ter apenas 28 anos. Ela tem um dos blogs mais movimentados que conheço. E tem um público tão fiel que me surpreende!!! Ela é criativa, ela é talentosa. Ela é prendada, linda, querida e muito, mas muito cheia de ideias para movimentar o blog. Ela é feliz.

Ela escolheu o caminho da felicidade, e trilha esse caminho. Não que sua vida não tenha dores… claro que tem, temos todos, não é? Mas ela pinta sua casinha de cor de rosa e poás, e pinta a vida também; ela decidiu ser feliz. Apresento a você minha convidada de hoje: Rejane Batista, do blog Casa, corpo & Cia.

'Serra era uma cidade pobre, não tinha muitas vagas de emprego, principalmente para uma pessoa sem formação profissional. O que restou? Meu pai foi cortar cana e eu vi de perto o que era trabalho escravo, a miséria. Eu vi na minha frente a pobreza que você só vê na televisão e pensa se realmente existe. '

O trecho acima eu retirei da participação dela na Blogagem coletiva Há amor em mim. Li o texto dela todo, depois li boa parte dos muitos comentários (público fiel, lembra?) e me peguei chorando.

Mas não de tristeza, ou de pena. Não! Pois o relato da Rejane suscita muitos sentimentos, menos pena. O texto dela me deu alegria, me deu otimismo, me fez ver mais uma vez que a gente escolhe mesmo o próprio caminho. E, claro, eu me identifiquei totalmente com o relato dela.

Essa menina bonita e vitoriosa tem algo mais, tem brilho. E isso transparece no texto dela.

Ficou com vontade de ler? Segue o link:

Há amor em mim – by Re Batista

Desejo que, ao ler, você sinta a mesma injeção de ânimo e otimismo que senti. E veja que podemos sim construir dia a dia nossa própria felicidade…

E para encerrar eu não resisti e trouxe mais um pedacinho:

'Com 28 anos, eu ainda brinco de casinha. Aqui tem rosa e corações pra todo lado, porque eu posso ser quem eu quiser. Não tem mais idade para usar a roupa que você gosta? Quem te disse isso? Não tem mais idade para correr, rolar pelo chão, dançar e fazer palhaçada com as crianças? Quem decretou? Faço tudo o que quero e ainda sou capaz de andar de patins como se só tivesse 15 anos.Eu escolho O LADO BOM DA VIDA'

Bom sábado pra você! Seja feliz, nem que seja um pouquinho! Você merece. Sim, merece sim!!!!

QUERO LER O POST COMPLETO

Quando a vida é uma grande vitória…

Olá, leitor! Tudo bem com você?

Vamos papear um pouco? Quero apresentar a você mais uma participante da Blogagem coletiva Há amor em mim. E para começar, veja o início do texto dela:

Após 4 anos de casada, meu corpo deu sinais de que estava preparado e desejando gerar uma vida. Os exames apontaram a necessidade de tratamento para engravidar. Tratamento feito. Sucesso garantido! Gravidez e parto perfeitos! Um precioso e saudável garotinho fazia parte de nossa família!

O trecho acima foi escrito pela Alessandra Rigazzo. Imagine uma menina delicada, meiga e talentosa… ela é mais. Gentil e muito simples, daquelas pessoas que me dá um baita orgulho ter em minha vida virtual. Se bem que ela está tão perto de onde moro que de repente a gente sai do virtual para o real mais cedo do que ela pensa…

Conheci a Alessandra Rigazzo há tempos atrás, e me aproximei mais dela depois de personalizar Tomando uma chávena de chá, seu blog lindo, fofo, útil e imperdível para quem gosta de uma receitinha boa, de um bom papo e de dicas caseiras insuperáveis.

Mas não é de seu talento como dona de casa que o post que destaco hoje fala; ele fala de um outro dom, algo exercido com coragem, força e fé. Não vou entrar em detalhes porque nada do que eu escrevesse teria a força das palavras da própria Alessandra. Eu li, eu me emocionei, eu me vi fazendo as mesmas perguntas, eu me vi desejando encontrar as mesmas respostas.

E acredito firmemente que o relato dela, seguido de todas as demais experiências subsequentes podem ajudar, e muito, a todos que vivenciam estórias semelhantes.

Assim, deixo aqui o destaque e meu convite insistente: conheça Alessandra, leia seu relato impressionante até o fim. E descubra que muitas vezes a pergunta não é "por que?" mas sim "para que?'

Para encontrar o texto siga o link:

Há amor em mim – by Alessandra Rigazzo

Amanhã trago o último selecionado da blogagem, uma menina linda e querida, com a uma maravilhosa forma de viver e ser feliz…

Espero você, tá?

E sábado tem o sorteio do template personalizado por mim+ 1 ano de domínio próprio pago. Participou da Blogagem coletiva e seu link está no Mosaico dos participantes? Então acho que o presente pode ser seu…

Bora torcer? Resultado pela extração da Loteria Federal, tá? E mais umas surpresinhas minhas…

fp8

QUERO LER O POST COMPLETO

O amor nas palavras do poeta

em 27/10/2011

Lá pelas bandas de Minas Gerais vive um poeta. Dono de um buteco muito movimentado, cheio de fregueses e 'causos' interessantes pra contar. Um poeta de voz aveludada, serena, de escrita tão musical quanto suas palavras.

Lá pelas terras mineiras vive um escritor, que domina a forma que as palavras têm, que sabe conduzir a escrita. E que me parece saber também conduzir a vida…

Há um tempo atrás ele chegou até mim, trazido, creio eu, pela Fernanda Reali (que sempre me traz gente maravilhosa, aliás). Leitor dos melhores, do tipo que lê, com comentários sempre tão pertinentes que enriquecem quaisquer artigos que comente. E por ser tão bom leitor, é tão bom escritor que está inclusive em nosso livro coletivo de contos Vidas, sendo que foi essa sua primeira vez como contista. Dos bons, dos melhores.

Ficou curioso pra conhecer o poeta/contista/contador de 'causos'? Pois ele é meu convidado de hoje, um dos selecionados da Blogagem coletiva há amor em mim.

 

"Não uso mascara, eu me exponho, me dou, me gosta prover,

acalento, apoio, estimulo, rego pra fazer crescer.

Ando na frente, cara limpa, as vezes abrindo caminho, 

eu resguardo, protejo, eu aninho."

Separei o trechinho que mais gostei, mas o texto todo é lindo, poético, profundo, assim meio prosa meio poesia, fruto de um homem maduro, sensível…

Agora que já declarei minha admiração ao escritor que vive lá pelas terras de BH deixo o convite para que você também o conheça, visitando o Buteco do Lufe. A participação dele você encontra clicando no link abaixo:

Há amor em mim – by Lufe

E caso tenha um tempinho, leia alguns outros posts dele. Diversão garantida, vai por mim!

maozinha

E conforme prometi, vamos conhecer agora o ganhador dos presentes by Artes da Luci sorteados entre os leitores que comentaram o guest post Irene Moreira em Tem um pouco de mim neste blog.

Foram 27 comentários e o resultado será obtido via extração da Loteria Federal de 26/10/2011. Veja:

image

Vou premiar portanto a dezena completa mais próxima, ou seja, o comentário número 10. E ele pertence à…veja abaixo:

 

Blogger ✿ chica disse...

Irene é tudo de bom sempre e tê-la aqui ou em qualquer blog só engrandece sempre. Adoro essa guriazinha...
beijos pra ti, pra Irene e Luci! Lindo fds,chica

22 de outubro de 2011 05:41

Excluir

Que delícia!!!! A Chica é das minhas leitoras mais queridas, sempre presente! Fico deliciada em poder presenteá-la! Parabéns, querida! Envie seu endereço pra mim e eu o repasso à Luci, tá?

sd1lqr2

E aproveitando o resultado da Loteria Federal vou premiar um dos participantes da Blogagem coletiva Há amor em mim com 1 exemplar (autografado) do livro Cabra cega, da querida Sheila.

O 1º prêmio da Loteria Federal foi o 299, e como temos 176 participantes válidos inscritos e linkados no mosaico dos participantes o ganhador é o dono do número 99. Quer saber quem foi? Clique Mosaico dos participantes e confira!

sd1lqr2

Gostou? Amanhã tem mais um texto selecionado, uma participação das mais emocionantes.

Beijos, boa quinta-feira pra você, querido leitor.

QUERO LER O POST COMPLETO

Um certo vale florido de esperança

em 25/10/2011

"Chegou a hora de contar para vocês um pouco do que me fez ficar afastada por tanto tempo…"

Assim a minha convidada de hoje começa seu relato, que mescla tristeza, perda e muita, mas muita esperança mesmo.

Mas antes de falar do texto participante da Blogagem coletiva Há amor em mim selecionado para hoje eu quero falar um pouquinho da autora do texto, Vanessa.

Ela tem 35 anos, é casada e tem uma filha canina linda e fofa chamada Aimê. Ela, em suas próprias palavras:

Sou uma mulher de trinta e cinco anos... Casada de coração há sete anos com o Adriano. Ainda não temos filhos juntos, mas pretendemos fazer um ainda este ano. Tenho uma linda cocker... É o meu eterno filhote!!! Tenho poucos amigos, e espero aqui nesse mundo virtual encontrar muitos amigos reais!!! Prazer em conhecer!!!

 

Como eu disse, o texto dela é muito comovente, e trás em si uma grande dose de esperança.

Quer ler e se emocionar? Clique no link abaixo:

Há amor em mim – by Vanessa

Desejo a você uma boa leitura. amanhã eu volto com uma participação mega especial. E resultado de sorteio. Ainda dá tempo de participar:

Irene Moreira em Tem um pouco de mim neste blog

Espero você, tá?

QUERO LER O POST COMPLETO

'Meu filho vai ter nome de santo…"

em 24/10/2011

O verso da canção despertou em minha convidada de hoje o texto que ela postou ao participar da Blogagem coletiva Há amor em mim. E que bom que foi assim, pois com isso ela nos deu o mais belo texto que li nos últimos tempos sobre ser mãe, ou sobre não ser.

"Eu não pretendia participar por alguns motivos, mas essa noite ouvi a única música que mexe comigo em relação a esse sentimento que poucas vezes permito vir a tona e enquanto a ouvia e chorava, pensei: esse é o amor que há em mim, porque é o único que está lá dentro em mim, só em mim."

Minha convidada de hoje é a Luci Cardinelli, artesã, blogueira, tuiteira, amiga, irmã, mãe, madrinha, 'vodrinha', intensa…

Conheci a Luci nem lembro como, tão íntimas ficamos que parece-me tê-la em minha vida desde sempre. Um dia ela comentou no blog, depois eu participei de uma brincadeira no blog dela, ela me enviou um sachê de coração (ou foi o próprio coração?) e pronto. Estava feito o laço.

E para te dar uma ideia do quanto o texto dela é forte e lindo, e o quanto mexeu comigo, quero dizer que lá, comentando, disse algo que nunca havia dito. Disse que meu primeiro filho teria se chamado Antônio, nome de santo…nome de meu avô..

Quer ler o texto todo e os comentários impressionantes que ele gerou? Clique no link abaixo. E leve lenços.

Há amor em mim -by Luci Cardinelli

  E caso queira recordar a canção, clique no vídeo abaixo.

 

Amanhã trago o 3º selecionado da Blogagem coletiva Há amor em mim.

E tem 2 sorteios rolando aqui no blog:

Irene Moreira em Tem um pouco de mim neste blog que premiará um dos leitores com presentes by Artes da Luci 

e

A autora é blogueira: Minéia Pacheco, que dará de presente a um leitor 1 exemplar do livro Histórias para criança ler, ouvir e sonhar 

 

Basta clicar no link e participar comentando.

tisperando, tá?

QUERO LER O POST COMPLETO

O texto emocionante de Iara

em 23/10/2011

"Oi mãe, sei que é estranho essa carta agora, depois de tanto tempo de tua partida, mas a verdade é que se passaram anos e ainda mora uma dúvida em mim, dúvida que me traz alguma dor às vezes, tento me consolar dizendo a mim mesmo: -Menina, você só tinha quinze anos.
Mas enfim acho que está na hora de tentar resolver e acho que pode ser assim."

 

Assim Iara começa um dos textos mais emocionantes que li nesta Blogagem coletiva Há amor em mim. Mas antes de pedir a você  leia o texto todo eu quero falar um pouco da dona do texto.

Iara Gonçalves é poeta, no mais profundo sentido da palavra. Ela tem um dom que, talvez por eu não ter, eu admire tanto: ela extrai do cotidiano poesia pura, poesia linda, poesia extrema. Há tanto sentimento nas coisas que ela escreve, que duvido você gostar de poesia, ou de um texto bem escrito, e não se render à Iara.

Mas, além de poeta e escritora (com livro publicado, aguarde entrevista em breve), ela também é muito divertida, sempre com uma expressão carinhosa ao falar com a gente, sempre com um elogio pra mim. Tem como não amar???

E também você pode se divertir com ela no Twitter, seguindo @iarapoesia; diversão garantida ou seu dinheiro de volta! rsrsrs

Assim, depois de apresentar a você minha convidada de hoje, deixo o caminho das pedras, ou melhor, da poesia, para que você encontre o texto lindo, delicado, profundo e extremamente tocante de Iara Gonçalves:

Há amor em mim

Clique no link e boa leitura.

Amanhã espero você com outro selecionado da Blogagem coletiva Há amor em mim.

QUERO LER O POST COMPLETO

A lista+resultado dos sorteios

em 22/10/2011

Conforme eu prometi, abaixo segue o resultado do sorteio da necessàire e máscara de dormir by Bichos de pano. Concorrem todos que deixaram comentários neste post: Guest post de festa: Patrícia Daltro, exceto a própria Patrícia e a Vero Kramer. Algumas pessoas concorrem com mais de 1 número por terem ido à Bichos de pano e voltado pra dizer o que mais gostaram na loja.

O resultado da Loteria Federal de sábado, dia 22/10/2011 é este:

image

O post teve 62 comentários. Então vou considerar a dezena próxima completa que é a dezena 43. E premia, portanto, o comentário número 43 que pertence à Vanessa do blog Fio de Ariadne. Veja:

Vanessa postou o comentário de número: 43

Seu falar mais por aí que sou fã da Patrícia, vão achar que a gente tá de caso :-P. Mas vou arriscar, sou fã da Patrícia, e acho que ela já devia estar com best seller nas livrarias e com coluna nas revistas e jornais. #prontofalei
Parabéns, Elaine.
bjs

Segunda vez que ela ganha presente aqui no blog!!! Parabéns!!! Vou repassar seu endereço à Pat Daltro.

Não ganhou? Não fica triste não! Leia e participe comentando este post: Irene Moreira em Tem um pouco de mim neste blog e concorra a mais presentes! Resultado será divulgado quarta-feira à noite.

30

Agora  em relação à seleção de 5 textos participantes da Blogagem coletiva Há amor em mim que foram escolhidos pelas queridas Vanessa, do blog Fio de Ariadne e Macá, do blog Agenda Ilustrada e por mim.

Cada uma de nós escolheu 5 textos, cruzamos as nossas listas e as escolhas coincidentes entre ao menos 2 listas fazem parte da seleção. Mas escolher apenas 5 foi uma luta… Então a minha lista de destaques tem na verdade 6 textos. E optei por não divulgar antes de falar com cada um antes, assim será uma surpresa diária!

Enviarei um email a cada um dos selecionados pedindo autorização para indicar o post respectivo aqui no blog. Não será uma republicação e sim uma indicação pois desejo que o texto seja lido no blog de origem. Fazendo assim a gente tem, de quebra, a chance de ler os comentários maravilhosos que foram feitos em cada blog. Prepare o lenço, pois a emoção é garantida! Começo na segunda-feira, um post por dia, tá? Será uma delícia!

29

E falando nesta blogagem maravilhosa eu quero presentear mais pessoas queridas que dela fizeram parte.

Vou sortear agora 3 presentes:

  1. Pano de prato by Lin Sousa, do blog Lin Sousa fazendo arte;
  2. Porta-bijuterias by Ana Paula Santhiago, do blog Inventando casa;
  3. Livro Vidas, a obra coletiva que é resultado do concurso Conto vidas que realizei aqui no blog.

Vamos lá então?

O primeiro presente (pano de prato) vou sortear via extração da Loteria Federal, cujo resultado vimos acima. O 1º prêmio é o número 27.267 e considerando a dezena (já que foram 176 participantes na Blogagem coletiva há amor em mim) a participante premiada é a dona do número 67, que é a …Clique Mosaico dos participantes e veja!

DEDO 0011

O segundo presente(porta-biju) vamos sortear através do método Random, que sorteia aleatóriamente entre os números 1 e 176. O resultado obtido foi este:

image

Confira a ganhadora clicando Mosaico dos participantes. Acabei de ver quem é, ela vai amar!!!

DEDO 0011[4]

E o terceiro presente (livro) vamos sortear assim: vou ali no Twitter e à primeira pessoa que responder meu boa noite vou pedir que me diga um número de 01 até 176. Peraí que já volto…

Voltei. A primeira pessoa que me respondeu (e me chamou de lindeza) foi a @CissaBranco. E ela disse o número 49. Veja:

image

Confira no mosaico quem ganhou o presente! Uma querida que mora longe!!!!

 

Gostou? Semana que vem tem muito mais, fechando as comemorações pelo aniversário do blog.

Desejo a você, querido leitor, um domingo abençoado e cheio de coisas boas!images

QUERO LER O POST COMPLETO

Irene Moreira em Tem um pouco de mim neste blog

em 21/10/2011

Antes do post de festa, uns avisinhos:
  • Amanhã tem sorteio para todos que participaram da Blogagem coletiva Há amor em mim.
  • Sortearei 3 presentes, pela extração da Loteria Federal. Coisas lindas!!!
  • E divulgarei o resultado do sorteio dos presentes by Bichos de pano para os leitores que comentaram o post Guest post de festa: Patrícia Daltro.
  • E domingo eu divulgo a lista com as 5 participações que serão destaque aqui no blog na última semana de outubro, fechando a temporada de festas, sorteios e comemorações.
 
Agora, seguindo a série de guest posts para comemorar os 3 anos de vida do meu blog eu apresento a você Irene Moreira, ou M@myrene como ela é mais conhecida.
Minha convidada de hoje é uma das minhas top comentaristas mais frequentes, e sua participação linda e emocionante é minha forma de agradecer a cada Top comentarista que está sempre comigo. Eu sou agraciada com uma lista de Top comentaristas que varia pouco, dada a dedicação desses amigos queridos e especiais aos meus escritos.
Sei que muitas pessoas me leem, e agradeço de todo coração pois jamais pensei que teria leitores, tão chique isso… Mas quero agradecer hoje de modo especial a todos os leitores que sempre comentam meus posts. Não só os Top 10 mas quero agradecer a cada um que dedica uns minutinhos do dia pra ler as minhas divagações. Muito obrigada!
E com você, leitor querido, Irene Moreira:
 
clip_image002Existem momentos que tenho tanta coisa para dizer, mas a telinha está lá em branco olhando para mim. Estava na janela apreciando a chuvinha fina caindo, sentindo aquele cheirinho de terra, o barulho do vento junto as folhas e quanta coisa foi surgindo só de ficar observando a natureza.
Comecei a pensar um pouco de mim e do quanto eu tinha mudado desde que criei o meu blog M@myrene. Sem muitas pretensões fazia minhas postagens falando de mim, dos meus sentimentos, dos meus sonhos, da minha família e fui conhecendo pessoas que foram mostrando um mundo que eu não conhecia. Um mundo cheio de vida e de uma beleza que se transformava a cada dia.
Confesso que me sinto no mundo da fantasia e muitas vezes imagino ser a Dorothy do Mágico de Oz que usa o chapéu em vez dos sapatinhos de rubi. Saio viajando como se estivesse folheando as páginas de um livro e a cada amigo a minha imaginação cria um personagem.
São tantos personagens que foram preenchendo a minha vida e fazendo com que realizasse alguns sonhos que tinha guardadinho na minha caixinha de segredos. Sempre gostei de contar histórias, mas disso a chegar a escrever, participar de projetos, de concursos literários e chegar a ter um conto publicado em um livro foi uma alegria imensa.
Nessa jornada como aprendiz de escritora tenho ao meu lado grandes amigos e incentivadores que agradecer ainda é muito pouco pelo que fizeram e ainda fazem.
Para tudo há um começo e foi há aproximadamente um ano atrás, quando recebi a primeira homenagem vinda de um blog. Olhei pela janelinha do blogroll e li “M@my para você! , e até me perguntei quem seria essa Mamy e fui ler os comentários do meu post e aí a ficha caiu. Aquela Mamy era eu e a emoção transbordou pelo coração que disparava, pelos olhos cheios de lágrimas, pelas mãos que não sabiam o que escrever.
Diga se não estava certa em sentir tanta emoção em ter sido uma indicada da Elaine Gaspareto de Um pouco de mim? Quantos vi passarem por essa mesma emoção, sem nem imaginar que um dia chegaria a minha vez. Como é gostoso de ver a alegria que contagia a todos que vão chegando.
Conheci Um pouco de mim através do blog Vida da amiga Luci Cardinelli e não tem quem conheça que não fique fã de carteirinha. Adorava conhecer as pessoas indicadas, ler suas histórias, participar de Blogagem Coletiva, de promoções, sorteios até que chegou o grande dia em que ela lançou o Concurso  Conto Vidas. Participei, meu conto foi selecionado e hoje sou um dos co- autores do livro Vidas.

Posso dizer com toda certeza que Tem Um pouco de mim neste blog não só pelo que já contei, mas porque estou presente em toda parte. Pode ir a qualquer postagem que na caixinha de comentário eu estou por lá. Claro que tenho vaga cativa na salinha de Top comentarista e estou até pensando em pedir para deixar o meu chapéu para marcar o lugar.
E aqui está o meu “ guest post “ atendendo ao convite feito pela amiga Elaine Gaspareto. Sinto-me lisonjeada só de saber que será postado em seu blog e não poderia deixar de colocar uma frase como normalmente faço ao final.
“ A vida é mais simples do que a gente pensa, basta aceitar o impossível, dispensar o indispensável e suportar o intolerável.” (Kathleen Norris)


clip_image001
 
Lindo, né?
Tem presente para celebrar a participação da minha querida M@myrene? Claro que tem!!!
Como ela me conheceu ( e me foi dada de presente) através do blog Vida da Luci vou sortear este presente:
Kit contendo 01 sachê e 01 chaveiro de matrioska by Luci do blog Artes da Luci;  Tinha foto, mas a lesada aqui não sabe onde guardou…
Atualizando: as fotos, a Luci me mandou pra me salvar:
outros10 005 outros10 011
Então faz assim: Clique Artes da Luci no Elo7 e veja  os demais produtos à pronta entrega que estão na lojinha. Se encomendar hoje você recebe com folga para o Natal.Já pensou? Presente lindo, com preço justo, de grife  e à pronta entrega? Puro luxo!
Como sempre vale um comentário por perfil e desta vez o resultado será obtido via Twitter.
Parabéns a você que chegou até aqui… eu escrevo demais, né?
Mas é com amor….































QUERO LER O POST COMPLETO

Guest post de festa: Patrícia Daltro

em 20/10/2011

menininhaQuando meu blog completou 2 anos eu tive (mentira, a Fernanda Reali me deu a maioria) algumas ideias para comemorar. Fiz a Blogagem Coletiva Há amor em mim ( única ideia 98% minha rsrsr) e arquivei algumas outras para uso futuro.
E uma das ideias foi convidar alguns autores/blogueiros para cederem um texto para que eu postasse no blog. Texto inédito, o chamado guest post. Serão alguns  textos simples, escritos por alguns amigos. Com o tema: Tem um pouco de mim neste blog. O tema é este, e o direcionamento é absulutamente livre e pessoal.
E pra começar a série em grande estilo convido você pra acompanhar o post abaixo com toda a atenção.
Trata-se de um guest post escrito por uma das melhores escritoras que conheço: Patrícia Daltro, dos blogs Bichos de pano e A vida sem manual.
Pedi, e ela gentilmente escreveu este texto para fazer parte das comemorações pelos 3 anos de meu blog.
Com você, querido leitor, Patrícia Daltro, que me enviou ainda a seguinte introdução:
Não posso expressar o quão feliz me senti ao ser convidada por você para participar dessa festa do aniversário de seu blog, e de uma maneira tão especial. Por isso, pela primeira vez, deixo na Internet:
Um Pouco de Mim
O marido fala de uma história em quadrinhos que ele gostou muito cujo tema era identidades. De como ao longo de nossa vida vamos assumindo várias, conscientemente ou não, optativamente ou não. Como camadas que vamos vestindo e despindo ao longo do doloroso processo do amadurecer. Mas, que no final, apenas aquela que só você sabe qual é, a sua essência, permanece.
Pensando nisso, espantei com a quantidade de “identidades” que fui vestindo ao longo da minha vida. De como fui me despindo de tantas sem sequer me despedir. De como outras se desfizeram de tal maneira, que não me fizeram falta...
A minha primeira identidade, sem dúvida, foi a que sempre permeou tudo aquilo que sou. A de filha, de uma mãe batalhadora, cuja dificuldade de demonstrar afeto, fez com que somente agora, soubéssemos nos abraçar.
A segunda, também vem da infância, quando aprendendo o poder das palavras, percebi que elas cresciam dentro de mim, e só não me sufocavam, quando extravasava o que sentia nas folhas em branco. Escritora era o que eu dizia que era; Escritora era o que respondia se me perguntavam o que seria quando crescesse.
Essa identidade me fez sobreviver a um colegial duro, onde o bullying não era nomeado como tal, mas praticado nos corredores. Embora estranha, seca, de óculos, com jeito andrógeno, de cabelos crespos e curtos, era eu quem escrevia as canções premiadas nos concursos dos corais pré-Glee. Era eu também quem escrevia as peças de teatro do grupo e garantia o sucesso nas tardes de apresentação no colégio. Por isso, tirando um ou outro, que ainda assim, não aceitavam os diferentes, sobrevivi incólume todo o 2º grau.
Foi aos dezoito que a revolucionária surgiu, ou despertou. Virei comunista de carteirinha, invadi MEC, Reitoria de Universidade, fui de DCE, Centro Acadêmico e UNE. Levei porrada da polícia defendendo a educação e contra as privatizações; socorri amigos com sangue escorrendo na cara e pernas quebradas. Militei, discursei, viajei o pais quase todo das maneiras mais doidas possíveis: pra Belém fui de avião da FAB – que batia as asas, voltei de Vitória de carona num caminhão, encarei mais de 3 dias Belém/Rio num ônibus fedido com galinhas vivas dentro de gaiolas e peixes apodrecendo em isopor...
Aos 30 descobri o amor verdadeiro e virei esposa. Deixei a revolucionária de lado e encarei o mercado de trabalho de maneira séria, surgia ai a professora de informática. Descobri a Internet e comecei ali outras das minhas identidades. Webdesigner. Virava a noite criando sites para clientes que sempre queriam tudo para anteontem a tardinha.
Durante esse período fui sendo consumida aos poucos pela depressão, que nunca foi identidade, mas uma doença que desde criança  cravava em mim suas garras, e com o nome de síndrome do pânico finalmente conseguiu sua vitória, derrubando todas as identidades até então construídas.
Com 35 não sabia quem eu era e seguia em frente segura pelas mãos do marido, que neste período negro (e em outros que surgiriam pela frente), sempre estava lá. Foi então que me descobri grávida. E todas as identidades desapareceram para dar a origem a maior e mais forte de todas, a de mãe.
Mas a vida, essa liMda! Adora dar loop e de repente, eis que surge de maneira imperativa, a artesã.
Mas, assim como a história que meu marido me contou sobre a personagem e suas identidades, se me perguntam o que realmente sou, eu começaria com Era uma Vez...

Gostou? Tenho ou não tenho razão quando digo que esta moça escreve bem demais?
E como sou uma pessoa que gosta de presentear, e esta é postagem de festa, vou sortear um presente entre todos os que comentarem neste guest post da Patrícia.
E claro que não poderia deixar de ser algo lindo, com acabamento perfeito e muito útil. Ah, e de grife pois sou chique, benhê… Um presente da grife Bichos de pano. Na verdade, 2 presentes: 1 máscara de dormir e uma necessàire à escolha do/a ganhador/a
As necessàires você escolhe clicando Necessàires e as máscaras de dormir você escolhe clicando Máscaras de dormir.
Vale um comentário por perfil, tá?
O quê? Quer mais uma chance? Então, depois de comentar aqui,  visite Bichos de pano, veja as fofuras, volte aqui e diga em seu comentário qual estampa é a sua preferida caso ganhe. Chance dupla! E de quebra ainda conhece um blog cheio de sugestões econômicas para presentear no Natal. Sim, ainda dá tempo de encomendar e os Correios estão entregando os pacotinhos…
#miajuda a divulgar? Bota o dedinho no botãozinho do Twitter/Orkut/Facebook e me ajuda?

Falando em pacotinhos: Jana Cassis, Cláudia, Adriana Balreira, Clau Finotti e Vanessa: seus presentes ganhos aqui no blog seguiram hoje! Finalmente! Assim que der envio código de rastreamento. Faltou o livro que a Carla Patrícia ganhou, pois estou terminando-o ainda. Mas seguirá em breve!
E já que você vai me ajudar, ajuda também a Verônica Kramer? Ela está concorrendo com um trabalho lindo em um desafio entre artesãs. O trabalho dela você confere clicando Além da rua Atelier e para votar basta ter conta no Facebook, clicar neste link e curtir. Só isso.
Clica, vai…barradoraddeusabençmuito



















QUERO LER O POST COMPLETO

Sobre levar vantagem em tudo

em 18/10/2011

Atualizado com comentários ao final do artigo!

Quando eu tinha uns 4 ou 5 anos morava em frente à nossa casa uma senhorinha bem velhinha chamada vó Raimunda. Quer dizer, ela não se chamava vó, mas todos a chamavam assim. No quintal enorme dela havia de tudo, muitas árvores, muita diversão para as crianças. E ela plantava milho e mandioca.

Um dia eu atravessei a rua, entrei no quintalzão dela, aproveitei que ela estava arrancando mandioca e peguei uma raiz. Atravessei a rua de volta, com a raiz de mandioca e botei em cima do fogão de lenha em minha casa.

Minha mãe, claro, me perguntou de onde viera a mandioca e eu, inocentemente, disse "peguei na vó Raimunda". Minha mãe perguntou: "Ela te deu?" E eu repondi: "Não, eu peguei".

Atravessamos a rua de volta, eu, minha mãe e a mandioca. Ela me fez devolver e pedir desculpas. A vózinha até tentou, disse que não tinha importância, que não era nada, mas não adiantou. Entreguei a mandioca de volta, pedi desculpas e levei uma surra pra nunca mais roubar.

 

Há em Franca, interior de São Paulo, um evento de música católica chamado Hallel-Som e vida (clique no link e veja o site). Fui muitas vezes ao evento, que lembra um pouco, guardadas as devidas proporções, shows de rock. Muitas bandas se revezam nos palcos, e cada uma delas costuma colocar uma barraca com seus cd's para venda. Milhares de pessoas assistem aos shows.

Cansei de ver, ao final de um show, as pessoas sairem do local e irem às barracas dos ambulantes, fora do parque de exposições, comprar cd pirata da banda que acabaram de assistir, com a qual oraram junto nas ministrações, banda ou cantor que de alguma forma tocou o coração do ouvinte.

As pessoas simplesmente diziam, quando eu perguntava, que não tinham dinheiro para o cd original.Sempre fiquei pensando nisso…

Mas eu aprendi com músicos e pregadores famosos do meio católico, e também do meio evangélico: Não tem dinheiro para o cd original? Então não tenha o cd. Ou faça economia e compre o seu. Comprar cd pirata, da banda que ralou pra gravar, é roubo. E entre irmãos de fé isso é ainda pior. E vale para cd's em geral, eu acrescento.

Sei que hoje em dia tudo está ao alcance de 1 clique: a música, o livro, o cd inteiro, a série. Está tudo certo se não é ilegal. Acontece que muitas vezes é ilegal.O fio de luz puxado clandestinamente, o programa pirata, os downloads ilegais… sei que pareço maluca falando nisso, mas me ocorre que se fazemos isso no nosso dia a dia, como vamos ensinar às crianças que roubar é feio, é errado? Palavras, quando não são seguidas de ações, não ensinam nada a ninguém.

Se você sabe que um botijão vazio de gás custa 60 reais (aqui custa) e de repente aquele vizinho malandro te oferece um botijão por 10 reais, tá na cara que é coisa irregular, não é? Afinal, de onde veio? Um por semana??? Difícil botijão dar cria…

Se você compra, quem é o ladrão? Quem roubou ou quem comprou? Eu digo que ambos são. Aqui onde moro acontece direto. Ladrões roubam até cesta básica nos mercados e revendem por 1/5 do valor. O ladrão roubou, e vendeu a outro ladrão. Já ofereceram à minha vizinha o celular que roubaram da filha dela… por 1/5 do valor.

Antiquada? Sim, eu sou. Sou do tempo em que era preferível pedir a roubar. Minha mãe mesma pedia banana maçã ao verdureiro pra me dar quando eu era bebê e meus pais não podiam comprar. Tempos duros, de pobreza mesmo, quem viveu nos anos 70 sabe o que foi aquilo, como uma vez me disse a Gilmara.

E eu cresci vendo homens terem cãimbra de tanto cortar cana pra sustentar a família, meus vizinhos e meu pai. Homens que pediam ao feitor alguns gomos de cana pra levar pras crianças em casa; era uma festa a cana chegando. Pessoas cuja primeira conta que pagavam era a de água e de luz.

Levar vantagem em tudo deve ser bom. Mas e se o botijão de gás roubado fosse o seu?

Outro dia um super daqueles grandes estavam fazendo uma promo daquelas... tipo 1/5 do valor do produto... depois saiu a reportagem que era carga roubada.
CD eu não compro, DVD também não, ás vezes fico com uma vontade de ver um filme, mas não compro.
Porque é fácil falar de ética em tantos aspectos, chamar político de ladrão (o que é verdade) mas fazer igual...

QUERO LER O POST COMPLETO

Sorteio+sinal de vida

em 17/10/2011

Ahá!

Achou que eu tinha abandonado o blog e fugido com os presentes da Blogagem coletiva Há amor em mim né?  Não, eu estou aqui, com algumas tempestades externas e outras internas, mas cá estou! E com novidade!

É o sorteio filmado que venho prometendo. Deu um baita trabalho pra conseguir tempo, e carregar o vídeo no YouTube foi quase um parto…

Mas veja a fofura que ficou:

 

Detalhe: o único papel que ficou na mãozinha dele foi o sorteado! Eita sorte!

Para conferir quem foi a sortuda que levou o presente confira clicando Mosaico dos participantes.

O presente dela: Este, com a marca Jubiart:

007

É um conjunto de brincos e pulseira. Veja o que a designer de biojoias Bia, do blog Jubiart, disse sobre as peças:

Criei um conjunto especialmente para o evento: Semente de jatobá natural, com metalúrgica banho prata (dando um ar mais fashion e contrastante), suas seguidoras merecem! Quando for enviado, vai com uma ficha técnica em papel reciclado e com orientação para conservação da semente.

Diz se não é puro luxo??? E o melhor é que se você quiser ter uma biojoia é muito simples: basta visitar Jubiart e ver as peças lindas que a Bia produz. E o preço é maravilhoso, ao alcance de todos, sem dúvida!

 

E como ando devendo postagens e sorteios, vou aproveitar o resultado da Loteria Federal de sábado, dia 15/10/2011, e sortear uma destas coisinhas fofas:

São as famosas calcinhas  da Cissa, do blog Sobre viver em Sinop. Calcinhas-necessàire lindas, cheirosas e com grife: Fatto da Cissa.

Você pode encomendar a sua diretamente com a Cissa via Sobre Viver em Sinop. Estampas lindas, acabamento impecável… a única dificuldade será se contentar com apenas uma…

E a ganhadora de 1 dessas lindezas foi a participante número 100 da Blogagem Coletiva Há amor em mim. Confira a participante clicando Mosaico dos participantes.

Veja o resultado da loteria:

image

Muito obrigada a todos que me escreveram perguntando por mim. Está tudo bem. Mas às vezes uma pausa se faz imperativa….

Bom domingo a todos.

PS:

Mesmo com o blog meio empoeiradinho, diz que ainda #miama?

QUERO LER O POST COMPLETO

A autora é blogueira: Minéia Pacheco

em 10/10/2011

Como todo mundo sabe, outubro é o mês das crianças. E para celebrar a data eu convidei uma blogueira linda, meiga, fofa e talentosa para estrelar a coluna Livro do Mês.

Ela é autora de lindas historinhas infantis, e além do livro que vai estar durante o mês de outubro em destaque aqui no meu blog, edita um blog lindo: Histórias para criança ler, ouvir e sonhar.

Com você, querido leitor, a autora Minéia Pacheco:

1. Conte um pouco sobre a autora Minéia Pacheco:

R. Moro em João Pessoa – Paraíba, cidade que amo demais. Sou casada e mãe de um lindo garotinho, minhas grandes paixões.

Já trabalhei por mais de 10 anos como professora de educação infantil. Depois que meu filho nasceu deixei a sala de aula para me dedicar integralmente a ele. Apesar de AMAR minha profissão, de amar estar em contato com as crianças, não me arrependo da decisão que tomei há três anos, pois sei que foi o melhor para ele, para nós!

Hoje em dia estou terminando minha pós graduação em psicopedagogia, editando o blog com minhas histórias e sendo muito feliz com a vida que Deus me deu.

2. Como surgiu o livro histórias para criança ler, ouvir e sonhar?

R. Em março de 2010 criei o blog para publicar histórias infantis. Aos poucos fui ganhando seguidores, eles foram comentando, falando o quanto haviam gostado das minhas histórias, e com alguns meses de blog já surgiram as cobranças pelo livro. Juntei 10 histórias que já havia publicado no blog, encontrei uma editora e publiquei meu primeiro livro. Foi muito emocionante ver aos poucos minhas histórias ganhando vida, através das ilustrações.

3. Em determinada parte do blog você diz que cria estórias que transmitam valores que possam fazer diferença no futuro das crianças. Como surgem esses textos?

R. Meus textos falam sobre amor, solidariedade, educação, comportamento, meio ambiente, família, entre outros temas. E eles surgem na necessidade que sinto em passar algo de bom para as crianças de hoje. Como, por exemplo, na história “A festa dos vegetaistento passar para as crianças a importância de se ter uma boa alimentação. Na história “A menina que não gostava de dividir” tento passar para as crianças a importância em saber dividir seus brinquedos. Acredito que através de uma boa história, as crianças aprendem com mais facilidade assuntos tão importantes para seu crescimento pessoal e social.

4. Escrever para crianças é diferente de escrever para adultos? Por quê?

R. Como disse o escritor russo Gorki “escrever para crianças é igual a escrever para adultos – só que mais difícil”. Escrever para criança tem que ser de um jeito mais simples, e , um texto mais natural, mais claro, é complicado. As crianças são mais sinceras, mais puras, a imaginação é maior. Mas, quando escrevemos e recebemos um lindo recadinho falando o quanto amaram, ahh.... É uma emoção indescritível e percebemos que estamos no caminho certo!

5. Você tem um livro publicado. Como foi o processo de publicar este livro?

R. Não foi fácil, pesquisei muito, e como já sabia que publicar em alguma editora sem custo algum para mim iria demorar demais, resolvi solicitar alguns orçamentos, alguns com preços exorbitantes, quase desisti! Mas, depois de muito pesquisar acabei encontrando uma editora que pôde tornar meu sonho possível. Não tive nenhum lucro na venda dos livros, mas fiquei feliz em poder publicá-lo e ver que onde ele chegou foi bem aceito e cumpriu com seu papel de transmitir os valores que considero tão importantes para o universo infantil!

6. Quais dicas você daria para quem deseja escrever para crianças? Quais os cuidados?

R. Como já falei escrever para crianças não é fácil, mas quando fazemos algo de coração e com amor tudo fica mais fácil e a resposta sempre é positiva.

Dicas:

1. Tenha certeza de que esse é o caminho que você quer seguir.

2. Procure ler muitos livros infantis, assistir desenhos, ouvir músicas...

3. Converse sempre com as crianças.

4. Fique atento ao comportamento das crianças nas escolas, praças, festas infantis...

5. Tente abordar assuntos simples, pois as crianças são simples. Elas não gostam de textos muitos complicados.

7. Como os leitores podem adquirir seu livro?

R. Através do meu e-mail: mineians@yahoo.com.br

8. Para encerrar, há algo que queira acrescentar?

R. Gostaria de deixar a seguinte citação de Fanny Abramovich:

 

“Ah, como é importante para a formação de qualquer criança ouvir
muitas, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem
para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente
infinito de descoberta e de compreensão do mundo...”

A criança que desde muito cedo entra em contato com histórias infantis terá uma compreensão maior de si e do outro. Terá a oportunidade de desenvolver seu potencial criativo e ampliar os horizontes da cultura e do conhecimento, percebendo o mundo e a realidade que a cerca. Presenteiem as crianças com livros!

APROVEITANDO PARA DESEJAR UM FELIZ DIA PARA TODAS AS CRIANÇAS DO MUNDO!!!

11

Gostou?

E claro que tem presente, né?

Todos os leitores que participarem comentando este post com o bate-papo que tive com a Minéia concorrerão a 1 exemplar autografado do livro Histórias para criança ler, ouvir e sonhar, entregue em sua casa, sem custo algum!

Vale um comentário por perfil, e o sorteio será realizado de acordo com a extração da Loteria Federal de 29/10/2011.

Me ajuda a divulgar o livro da Minéia? Basta clicar no ícone do twitter, facebook, orkut, etc. abaixo, ao final do post. Vamos incentivar e divulgar os blogueiros que são autores?

Posso contar contigo?

QUERO LER O POST COMPLETO

Sobre a blogagem coletiva + sorteio

Oi, leitor!

Quando eu propus a Blogagem coletiva Há amor em mim para comemorar o aniversário de 3 anos do blog fiquei devendo a lista com os presentes que iria sortear enquanto durasse  a festa.

Também estou devendo a seleção de 05 textos participantes. Falando nisso, conforme eu disse na postagem que convidava para a blogagem, eu convidei 2 amigas para me ajudarem na escolha de 5 textos que representem todos os participantes. São elas: a Macá, do blog Agenda Ilustrada e a Vanessa, do blog Fio de Ariadne.

É uma escolha difícil; não se trata de escolher os melhores, pois seria impossível escolher apenas 5, dentre tantos textos lindos, com relatos tão emocionantes, que me fizeram rir e chorar, que me alegraram e enriqueceram demais minha festa! Mas estamos escolhendo 05 participações, que é a minha forma de retribuir o carinho de todos… gostaria de poder destacar todos, um por dia… mas isso é impossível. Então serão 5, que representam todos os participantes.

Eu já li todas as participações, comentei até o número 60 e agora estou voltando pois faço questão de comentar em todos os posts. Demorarei mas conseguirei! Assim que fecharmos a lista dos 05 textos que vou destacar aqui eu divulgo, tá?

Agora a relação dos presentes que estão sendo sorteados durante a festa (que durará o mês de outubro todinho):

  • Caderno customizado pela Lola, do blog Entrei nos Enta (já foi sorteado, quem ganhou foi a Renata, do blog Cerca Viva;
  • Calcinha-necessàire by Fatto da Cissa, do blog Sobre Viver em Sinop;
  • Porta-bijuterias by Ana Paula Santhiago, do blog Inventando casa;
  • Pano de prato by Lin Sousa, do blog Lin Sousa fazendo arte;
  • Kit contendo 01 sachê e 01 chaveiro de matrioska by Luci do blog Artes da Luci;
  • Conjunto de biojoias contendo 01 par de brincos e 01 pulseira by Jubiart;
  • 01 template personalizado, com tudo o que o ganhador desejar, by Elaine Gaspareto, ou seja, eu mesma rrssrrs (caso o ganhador prefira pode presentear alguém);
  • Livro Cabra cega, da autora e blogueira (lindaaaa) Sheila, do blog Cantinho She;
  • Alguns livros do meu acervo pessoal (que chique isso de acervo);
  • Máscara de dormir e necessàire by Bichos de pano;

E pelo resultado da Loteria Federal de ontem, sábado, dia 08/10/2011 foi sorteado este presente:

porcelana 001presentes 013 São  2 sachês de joaninhas e 1 caneca com pratinho de bolo, também enfeitados com joaninhas by Luci Cardinelli.

Deixa eu te contar uma coisa antes de seguir:

Este sachê que a Luci faz foi o primeiro presente que ganhei na net. Eu havia conhecido o Artes da Luci há pouco tempo, ela fez uma promoção e eu ganhei um sachê lindo, perfumado e que guardo com todo carinho desde então.

Agora, o resultado da extração da loteria foi este:

image

E no Mosaico dos participantes o número 118 pertence à… peraí que vou lá ver…

Já vi. É uma moça linda, que está ainda mais linda atualmente. E que vai amar o presente, tenho certeza! Parabéns, minha querida! Envie seu endereço pra mim, tá?

Para conferir se a moça linda-ganhadora de presente lindo clique Mosaico dos participantes.

Nosso próximo sorteio será na quarta-feira, dia das crianças. Estou há dias planejando filmar este bebê sorteando:

Foto roubada do orkut de minha irmã

Será que dou conta de fazer a câmera colaborar, cortar os papéis,conseguir que ele pegue 1 papelzinho  e manter o bebê  comportado o bastante pra filmarmos? #oremos rsrsrs

Mispera? Ansiosamente?

QUERO LER O POST COMPLETO

Encomendas de blogs entregues

em 07/10/2011

Oi, querido leitor! Tudo bem?
Vou mostrar pra você alguns blogs que personalizei recentemente, tá?
Veja que coisa mais linda:
Reciclar e Decorar
Este é o lindo Reciclar e Decorar, da Fabiana Tardochi. Ela tinha uma outra imagem no cabeçalho do blog, mas optou por trocar por esta mocinha linda e delicada, parecida com ela, aliás.
No blog Reciclar e Decorar eu fiz, além do trabalho de criação da arte, organização do menu e inserção de alguns recursos, a migração para o domínio próprio. Também fiz todo o trabalho de limpeza e verificação do blog pois aquele famigerado alerta de vírus nos pegou bem no começo dos trabalhos. Também numerei os comentários, e aproveito pra dizer que  tá rolando sorteio por lá.  Pode ir sem medo, tá? Uma moça gentil e delicada, leveza, ótimo conteúdo e blog lindo e limpinho: eis o que te espera no blog Reciclar e Decorar.
Vamos?


E agora uma delicadeza:
Delicatto
Delicatto Atelier é o blog da Bertha Doimo. Ela, quando me enviou o direcionamento para o trabalho, foi bem específica sobre o que queria, e isso ajuda demais da conta! O principal é que ela queria algo delicado, feminino, que remetesse ao nome do blog. Disse que gosta de tulipas e de tudo bem delicado. Gente, eu amei o resultado!
Sem falar o quanto a Bertha é calma, delicada, uma graça ela. Convido você a conhecer, e quem sabe fazer uma nova amiga…
Quer conferir de perto? clique Delicatto Atelier e sinta-se em casa.

Gostou? Diz aí…
E se quiser me contratar será um prazer trabalhar com você!
Amanhã eu volto com sorteio.
E quem puder, reze por mim. ando precisando…
QUERO LER O POST COMPLETO

Quer publicar um livro?

No começo deste ano de 2011, quando eu lancei o Concurso de contos Conto vidas e disse que o resultado do concurso seria um livro, pouca gente acreditou que realmente o projeto vingaria. Até eu, em alguns momentos, achei que era ousadia demais para uma pessoa que mora no interior, sem acesso à gráficas e editoras.

Acontece, porém, que o segredo do sucesso consiste em arriscar e saber a quem se juntar. E eu me juntei a gente maravilhosa, desde os participantes que acreditaram e enviaram seus escritos, até os meus queridos Alexandre, Dama de Cinzas e Macá que compraram a ideia comigo e foram à luta.

Em especial eu quero dizer, publicamente, que a parceria com a Macá e com o Júlio, seu marido e dono da Digitexto, foi crucial para que o livro realmente viesse à luz. E é aí que entra o título deste artigo.

Você quer publicar um livro seu? Aquele que você guarda há tempos na gaveta ou no coração? Todinho seu, seu de verdade? Com seus contos, ou suas poesias, ou um romance, ou ainda um livro de crônicas? Já pensou? Então pense!

Ou quem sabe você possa transformar seu lindo blog em um livro. Imagine! Fotos de seus filhos, as receitas de sua família… suas memórias… "causos" de família… tudo em um livro real, de verdade!

Pois pode ter chegado sua hora! A Digitexto está abrindo as portas para receber seus originais para avaliação e possível publicação!

Sim, é isso mesmo!

Se você tem textos seus, de sua autoria, e deseja se tornar um escritor com livro publicado envie seus originais para a apreciação da editora Digitexto.

Como fazer? Simples. Acesse o link da página de contato da Digitexto, preencha com seus dados e envie.

Ah, quando publicar seu livro eu quero o meu autografado, tá?

Já pensou???

 

Falando em livro, o nosso livro coletivo de contos Vidas agora pode ser adquirido diretamente através do site da editora. Clique Digitexto e compre o seu! E com a vantagem de poder pagar com cartão de crédito via PagSeguro!

E o selo Digitexto, com link para compra do livro ficará exposto na sidebar, tá?

 

 

 

Agora o resultado do sorteio que prometi, entre os 174 participantes da Blogagem coletiva Há amor em mim.

O sorteio foi realizado via extração da loteria federal de ontem, dia 05/10/2011. Veja a imagem:

image

Considerarei a dezena do 1º prêmio, que é o número 17. No Mosaico dos participantes o número 17 pertence à… Clique no link e veja quem foi a ganhadora!

O presente? Este:

jogo 750

Esta fofura é um caderno de receitas customizado pela querida Lola, do blog Entrei nos Enta. Foi feito especialmente para este sorteio, com todo o carinho.

Quer um pra você? É simples! Entre em contato com a Lola através do blog e veja como adquirir o seu. E ainda faça uma amiga linda, doce e que completou  aniversário ontem! Bora lá dar os parabéns?

 

Sábado tem mais sorteio. Todo mundo que participou da blogagem já está concorrendo, tá?  Mais presentes… eita coisa boa, né?

Até lá!

QUERO LER O POST COMPLETO


Visualizações

Contando...

Dias online
Postagens
comentários