Você não é obrigado a amar… mas….

em 12 de setembro de 2011

De 15 em 15 dias, aqui em São Joaquim, você pode encontrar na praça 7 de setembro uma feirinha de adoção de cachorrinhos protegidos pela Ong São Francisco de Assis. E sábado eu passei pela praça, e parei pra ver os cachorrinhos disponíveis. Eram tantos…

Mas deixa eu te contar um pouco sobre a Ong e depois falar sobre o motivo deste artigo.

A ong foi idealizada pela  Neusa, uma pessoa rara e impressionante. Ela e o marido têm uma relojoaria antiga na cidade e a dedicação dela aos animais já gerou todo tipo de reação. Já houve protesto de vizinhos porque os cães latem, já houve agressões, já houve julgamento dela como louca. Mas também houve ajuda, e os voluntários da ong estão aí pra provar o que digo. Veja:

A ong surgiu em um momento que a prefeitura resolveu reativar a carrocinha e o sacrifício dos animais capturados. Absurdo! Mas claro que é mais fácil matar do que resolver o problema, né? E aí a Neusa entrou, mobilizou a cidade, envolveu as pessoas, lutou, brigou, foi aos vereadores, fez um escarcéu e conseguiu que a carrocinha fosse abolida de vez. Mas o problema dos cães abandonados persistia, e muito mais persistente foi ela. Com uma luta árdua e muitas vezes solitária, ela conseguiu o terreno para a ong e foi à luta: pediu, implorou, conseguiu alguma ajuda.

E hoje a ong é uma realidade. A responsabilidade legal pela ong é do veterinário Renato Borges Nicolau, também ele dedicado a ajudar como pode, inclusive com um programa de castração a preços populares que ajuda e muito a reduzir os casos de abandono de ninhadas.

E as dificuldades estão só começando… Há necessidade de tudo, de remédios, de ração, de tudo. Mas ela segue, com sus voluntários lindos e jovens, fazendo o bem a quem não pode retribuir… amor em estado puro!

E ontem eu, enquanto estava lá conversando com uma das voluntárias que é amiga do meu marido, vi alguns filhotes sendo adotados. É uma coisa emocionante! Nem sempre o mais bonito é adotado antes, é uma coisa de olhar e amar. Vi uma filhotinha ser adotada assim, a moça olhou pra ela, ela retribuiu, amor à primeira vista. Saíram nos braços uma da outra.

A ong faz um cadastro do adotante e depois verifica as condições em que o bichinho está sendo criado. Futuramente vou voltar a falar disso pois quero usar este blog pra ajudar, se puder.

Dados da Ong:

Associação Protetora dos Animais São Francisco de Assis de São Joaquim da Barra
Fundação: 04/12/2002
Responsável: Renato Borges Nicolau
Telefone: (16) 3811-2444
Cidade: São Joaquim da Barra Estado: SP

Créditos das fotos: Mogiana Online

 

Mas, paralelamente às adoções que vi, à alegria dos filhotinhos no colo dos donos novos e a alegria das crianças com um cachorrinho, eu vi também uma mãe ralhando com o filho que tocou na cabecinha de uma filhotinha: "Ai, que nojo, tira a mã daí, credo!". A voluntária reagiu na hora, e disse que sim, deveria evitar tocar para não transmitir bactérias para a filhotinha. Certissíma ela.

Por que estou falando assim? Vou ser franca.

Você não precisa gostar. Você não é obrigado a amar, nem a entender quem ama e se preocupa com animais abandonados. Você não precisa ajudar, não precisa ter. Você pode ter nojo, ter asco. Mas você tem que respeitar na mesma proporção que deseja ser respeitado. E bater, atropelar de propósito, machucar, chutar, envenenar, jogar água fervendo, ferir e ensinar as crianças a fazerem o mesmo é crime, cruel e desumano. Sem desculpa, sem justificativa e do meu ponto de vista, sem perdão.

Vi por esses dias matérias sobre um idiota qualquer que está participando desta edição de A Fazenda, um tal de Gagliasso (será Timóteo, o terrível? rsrs). Asqueroso, nojento, desgraçado e infeliz, o miserável conta que bate nas cabras pelas quais é responsável, que desconta a raiva nelas, e que elas nada sentem, são burras e ele bate pra que aprendam.

Uma criatura dessas não merece nem ser chamado de homem, nem de bicho. Merece ser chamado de merda, porque é isso que ele é. E tão covarde quanto ele é a emissora que não se pronuncia, que expõe animais indefesos à criaturas doentes e más. Imagina o stress emocional a que esses animais são submetidos? E a emissora faz de conta que não viu, nem ouviu o desgraçado dizer o que faz.

Espero sinceramente (embora duvide) que as pessoas que acompanham o tal programa tirem esse infeliz de lá com votação recorde. E que ele seja execrado pela opinião pública. Mas como eu disse, eu duvido. Em um país que tem na brutalidade do rodeio uma diversão de massa, não dá pra esperar muita coisa, né?

Como eu disse, você não é obrigado a amar. mas se abrir seu coração para as diversas faces do amor eu aposto que seus dias serão melhores.

E dias melhores fazem uma vida melhor e mais feliz, e plena.

Não é?

 

Tenho recebido muitos emails para reservar exemplares do livro coletivo de contos Vidas. Mas quero dizer 2 coisas importantes:

1- As condições de pré-venda (frete zero acima de 1 exemplar) só será mantida mediante pagamento realizado e confirmado até dia 15/09/2011. Portanto, se você encomendou e ainda não efetuou o pagamento, faça-o o mais breve possível. E se já fez me envie email informando;

2- Caso você tenha entrado em contato comigo e eu ainda não tenha retornado, por favor reenvie o email pois posso ter deixado passar. Tem dias que recebo uns 200 emails, então posso me confundir, tá? A Elaine agradece rsrsrsrs

Quer encomendar o seu e ainda não o fez? Envie um email para elainegasparetoparada@gmail.com

Não sabe do que estou falando???? Então clica aqui e veja que coisa boa estamos conseguindo realizar:

Um livro escrito por blogueiros! Ou, como diz a Pandora: um blog que virou livro!

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

41 comentários , comente também!

  1. Elaine
    Eu adoro cachorrinhos, mas vamos ter que desfazer dos dois lá de casa.
    eles estão dando muito trabalho ed despesa.
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  2. Eu não posso ir a um lugar assim pois é capaz de eu trazer meia dúzia prá casa, muito fofos!

    Amiga, se fazem todas essas maldades com crianças, muitas vezes os próprios filhos... tem muita gente má nesse mundão.

    beijos e uma semana abençoada

    ResponderExcluir
  3. Aff, quando vou na Zoonoses tenho que me conter, se não além de levar mais do que podemos cuidar, ainda saio chorando porque não posso levar ...
    Concordo que as pessoas tem direito de não gostar, mas tb tenho nojo de quem maltrata, e sou taxativa, se maltrata animal pode me matar, porque eu falo, brigo... e animal que nem faz nada prá ninguém ??
    Agora falou bem, duvido que a Recopia faça alguma coisa, aliás que programa tosco coloca animais confinados junto com um bando de gente que nem sabe como trata-los ??

    Bjus 1000 sua linda !!!

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post! Adorei as fotos! Deve ser muito legal ir numa feirinha dessas. Foi assim que trouxe uma cadela pra morar comigo há uns anos atrás.

    Super concordo com tudo que disse, tem gente que tem prazer de dizer que não gosta de bicho, que acha disperdício se dedicar a eles. Acho que não tem nada de legal nisso, é de um egoísmo e desumanidade total.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Elaine, este é um assunto que muito me interessa!
    Vejo pessoas que descartam seus animais por darem trabalho, ou despesa, fico me perguntando se essas pessoas precisarem cuidar de seus pais idosos, doentes... Com certeza também serão abandonados.
    A vida perdeu todo valor, o amor virou coisa cafona!
    Uma das coisas que mais admiro em você, é essa sensibilidade e generosidade para com os animais, gesto nobre, coisa para poucos!
    E eu continuo na minha luta particular pelo meu Sassá! Que saudade daquele negão!
    Bjs,
    Lis

    ResponderExcluir
  6. Oi Elaine, vc. acaba de me conquistar!!!

    EU e marido já resgatamos e adotamos vários filhotes, quase todos que temos são resgatados.
    Amamos muitos nossos filhotes de 4 patas.
    Amamos, respeitamos e damos o melhor que nossa condição financeira permite.
    Temos 14 filhos de 4 patas - moramos numa chácara - e gostaríamos de ter mais, mas ... deixa ganhar o premio da Megasena e ai sim ... tenho alguns planos a realizar.
    Parabéns pela matéria, concordo com vc., sou contra estas festas de peão também.
    Povo civilizado ensina seus filhos a respeitarem toda forma de vida.
    Criança que respeita animal, será um adulto que respeitará crianças e idosos!

    Parabéns novamente



    Audeni

    ResponderExcluir
  7. Oi Elaine!

    Não é segredo pra ninguém no mundo real e no virtual que eu nunca tive e não penso em ter um animal de estimação. Às vezes brinco que "não gosto de cachorro" mas isso se traduz em: não gostaria de conviver com um cachorro na minha casa. Eu admiro muito o companheirismo e amor verdadeiro entre humanos e animais, mas não é para mim.

    Acho que é de família...

    E fico pensando que quem joga água fervendo em um cachorro é o mesmo tipo de gente que abandona bebê humano em lata de lixo, tudo gente da mesma classe, gente má, não importa se com gente ou animal.

    Vejo muitos animais atropelados entre Goiânia e Trindade, onde trabalho, isso se dá por ser uma rodovia muito perto das duas cidades, os bichinhos saem e os carros atropelam. Semana passada vi uma cena intrigante: um gato em pedaços (atropelado) envolvido em parte numa sacola plástica.

    Como em algumas circunstâncias eu espero pelo pior do ser humano, fiquei imaginando se uma pessoa não teria se "divertido" jogando o gato numa sacola na rodovia, para ser atropelado. Tomara que não.

    Ótimo post, como sempre.

    Beijos.

    Clau

    ResponderExcluir
  8. Oi Elaine!
    Parabéns pelo post e pelo apoio à ong aí de sua cidade. Eu aqui contribuo todo mês com uma ong. São apenas 15,00, mas são várias pessoas contribuindo então dá para eles fazerem alguma coisa. É claro que quanto mais melhor...mas eles também fazem castração a preços módicos e circulam por bairros mais pobres fazendo mutirão de castração, acolhem animais abandonados e machucados (por imbecis como esse Thiago Gagliasso da Fazenda) e também promovem feirinhas de doação. Aqui também já não existe carrocinha há bastante tempo (graças a Deus!).
    Eu não assisto à Fazenda, fiquei sabendo da agressão às cabras pelos jornais e internet. Um absurdo! O Gagliasso em questão é irmão do Bruno Gagliasso, mas parece ser mesmo é irmão do "Timóteo" de tão ruim e abjeto que o é! Mais absurdo ainda é a direção da rede que apresenta o programa não ter feito nada até agora. Soube que já expulsaram uma participante por causa de uma agressão à outro participante. Então quer dizer que as pobres cabras vão ter que continuar sofrendo? É um abuso, um absurdo, uma vergonha!
    Ah! quanto ao livro...devo fazer minha "ronda" pelos bancos amanhã, então eu devo fazer o depósito, mas te aviso assim que fizer, tá?
    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  9. Boa noite, Elaine:
    Os animais sempre nos ensinam a sermos melhores. Bela divulgação, parabéns!! Boa noite :)

    ResponderExcluir
  10. Elaine,
    Voltei...
    Falei, falei e como pude esquecer de dizer que sou LOUCA por essas coisinhas fofas! Só de olhar já fico com vontade de pegar um prá mim! aiiii...
    Amei os fofos das fotos!
    Beijos, Rê
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  11. Elaine fiquei revoltada a respeito dessa coisa que se chama Thiago Gagliasso,eu não assisto esse programa e não estava sabendo disso, é um absurdo um cara fazer isso com os pobres animaizinhos, que nem tem como se defender, mais absurdo ainda é a emissora não fazer nada a respeito, o cara ainda fala que elas tem que aprender? Aprender o que se ele não sabe o siginificado dessa palavra? Ele precisa antes de tudo aprender o que significa respeito, e respeito se estende tbém aos animais que são seres vivos, sentem dor, sentem fome,frio, é um pobre de espirito esse cara é a única palavra que encontro pra classificar uma pessoa como ele. Adorei seu post(tirando esse episódio), achei de uma atitude memorável o que essa moça Neusa, eu tenho 3 cães adotados e colaboro com uma ong aqui de Campinas, graças a Deus existe pessoas com ela no mundo...bjos ótima semana

    ResponderExcluir
  12. Olha que atitude legal heim? Parabéns para esse povo!
    Agora quanto ao rodeio amiga, não sei se concordo com vc....não tenho conhecimento de causa NÃO... mas pelo que ja ouvi peões falarem os animais (bois) são muito bem cuidados e tratados... Vx não estaria querendo falar da FARRA DO BOI? será?
    A Carine do "Coisas de Carine" é casada com um Peão, e ela poderia falar melhor sobre isso. SO to dizendo o que ja ouvi por ai.

    Beijos, e sorry, nem sempre agente concorda com tudo né? Ainda bem.

    Beijos, beijos e + beijos

    ResponderExcluir
  13. Meu pai sempre dizia que só pode ter animais em casa quem tem disposição e afeto para cuidar deles. E crescemos com esse ensinamento.
    Ótimo post.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Falou em bicho eu apareço na hora! Essa semana linkei no FB a matéria que falava desse infeliz, e ao que parece hoje ele fez de novo. Honestamente, eu não entendo "como" a emissora ainda não expulsou esse moleque que além de tudo é um porco, que perdoem os porquinhos que não merecem a comparação. Bjo!

    ResponderExcluir
  15. Eu cresci não gostando de animais em casa. Trabalho, gastos, perturbação... pra q? Meu padrasto já jogou água fervente num gato que nos perturbava à noite. O pobrezinho nem morreu, mas ficou todo deformado. Triste, triste, triste! Criei trauma!
    Hoje eu tenho uma adotada em casa. Mas daquelas q vieram da rua mesmo, sem procedência! Nem sei se já tinha tomado alguma vacina, se tinha cuidados anteriores. Mto espertinha e lindinha! Hj já tá grande e é a minha paixão!
    É abominável esses seres que maltratam animais dessa forma e dizem q os bichinhos não sentem nada! Aqui em casa, Sofia às vezes se irrita qndo Liana quer brincar e ela não, então a empurra com o pé, bate na cabeça e eu brigo e até coloco de castigo! Não admito!
    O trabalho dessa ONG é lindo e essa mulher que tanto lutou para q se tornasse real... parabéns pra ela! E q tenha mto sucesso em suas empreitadas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Hahahaha A - DO - REI a resposta da voluntaria!
    Mas sabe o que mais, Elaine? Devemos respeitar porque TODO animal é parte de um contexto maior e mais perfeito do que podemos supor. Ontem aprendi com uma aluna biologa (ontem mesmo! Trabalhei no domingo) que a barata, o bicho mais asqueroso, mais demonisado da terra tem o seu valor comercial inclusive.
    As baratas (justamente por serem nojentas) são utilizadas para uma vacina destinada a pessoas com alergias severas. E a agua de barata! Como as baratas transitam por todos os lugares que nos fazem tremer de asco, traz consigo microorganismos que não conseguimos encontrar com tanta facilidade, ou seja a baratinha tem tantos antígenos que seu suquinho é uma vacina poderosíssima!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Elaine...
    Infelizmente ainda tem gente que assiste A Fazenda... gosto é gosto e não se discute.
    Qdo eu era pequena e queria muito um cachorro ou gato, a reação de minha mãe era essa: nojo!
    Qdo me casei a primeira coisa que adquiri, mesmo antes de casa, móveis e tudo o mais, foi um cachorro. Não ficou muito comigo, porque era grande e a casa pequena. Mas hoje tenho 3 cachorros que adoro.
    Quem não gosta de animais, não sabe o que é amor fiel, verdadeiro, um olhar carinhoso e uma festa em casa todas as vezes que vc sai, nem que seja por 5 min.
    Eles sempre estão lá, prontos pra festejar nossa chegada. Adoro!

    Beijosssss

    ResponderExcluir
  18. Tenho uma cahorrinha adotada e lido todos os dias com os traumas que ela tem..... muita coisa ela já superou, mas outras ainda podemos perceber que estão lá no fundo, mesmo vivendo conosco há 2 anos e sendo tratada como uma princesinha.....kkk. Então fico furiosa com monstros (não são pessoas) que maltratam os animais... Esse Gagliasso deveria ter sido expulso da Fazenda, já que agressão é punida dessa forma. E ele agrediu as cabras.
    bjs
    Sônia

    ResponderExcluir
  19. Graças a Deus eu nem assisto esse tipo de programa. Um monte de artista decadente tentando voltar a mídia, um lixo!

    Belas palavras suas, como sempre!

    Bj

    ResponderExcluir
  20. Aqui no Rio tem feiras assim, tanto da prefeitura como de ongs ou somente grupos de pessoas que se reunem para ajudar. Eu colaboro como posso, adoro, e foi por meio deles que trouxe a minha ISA pra casa.

    Quem não pode adotar, pode doar.

    R$10 reais que a gente economize em um lanche e doe para alimentar um cão abandonado, já ajudam. Ajuda a perder a barriga, cortar calorias, afinar a cintura e ajuda a alimentar um filhote com ração por uma semana.

    Amei o post!

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  21. Elaine
    Adoro bichos,independente de ser cachorro,gato,onça,papagaio,elefante,tigre... Gosto de bichos e pronto!
    Eu acredito e espero que tanto quem maltrata animais,quanto quem maltrata crianças e idosos tenha uma vida triste,infernal.
    Meu cunhado morreu há um ano atrás em um acidente de moto depois que perdeu o controle da direção ao desviar de um cachorro que atravessou na sua frente,minha sogra,o marido dela e um dos irmãos mais velhos ficaram indignados e cismaram que matariam todos os cachorros existentes na área. Eu e meu marido ficamos horrorizados e isso rendeu até briga em família.
    Uma coisa não justifica a outra,e se meu cunhado morreu ao desviar do animal,é sinal que ele quis preservar uma vida,certo?
    Tenho alergia e não sei muito bem lidar com ignorância e estupidez.
    Eu e meu marido temos um pitbull mimado,cheio de manias e não imaginamos como seria nossa vida sem ele.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. oi Elaine...
    Amo bichos, e fico feliz em saber que em meio a tantas pessoas cruéis, que maltratam os animais indefesos, ainda existem os que ajudam, dão carinho, e cuidam dos bichinhos. Fico revoltada quando vejo animais sendo maltratados,já acho o programa A Fazenda ridículo, com isso então, me dá mais nojo.
    enfim, gostei muito do post...
    beijão

    ResponderExcluir
  23. Amo os bichinhos domésticos ou selvagem!

    Amei a resposta da voluntária!

    Elaine, honestamente, essa fazenda só sei o nome, pelo jeito estão contaminando os bichos com o homem lá dentro...

    Uma excelente semana p/ vc!

    Beijooooooooooooo

    ResponderExcluir
  24. Acho lindo e super apoio as ongs que fazem papel exemplar... e as pessoas que entendem isso e adotam um caozinho ao invés de comprar, ganham ternura em seu coração! Obrigada por compartilhar esse momento mega especial!

    beijos

    ResponderExcluir
  25. Elaine querida!
    O início da postagem muito me alegrou. Sempre que alguém noticia o bom trabalho dos protetores fico comovida. Quando falas dos trogloditas daquele programa podre da tv record (letras minúsculas propositais)sinto o estomago revolver.
    Já, sobre o livro, retornei ontem, amanhã farei o depósito, mas resta uma pergunta: como comprovar?
    Desejo a continuidade do sucesso de vendas!
    Abraço,
    Beth.

    ResponderExcluir
  26. Eu adoro animais, mas ainda prefiro gatos, por serem mais independentes...
    Mas saí o marido trouxe dois labradores pretos... Dois irmãos... E comecei um caso de amor com eles...
    Ah... adotei eles...
    Não gosto que maltratem também! Esse tal gagliasso é o irmão do Bruno... Qdo as cabras se estressarem e morderem ele, será bem feito!
    Meus animais são todos adotados...
    E nem por isso trato mal!!!

    Linda a sua iniciativa de mostrar o trabalho da ong, Elaine! E linda tb a atitude guerreira de sua amiga!

    Bela semana para vc!

    bjo

    ResponderExcluir
  27. Ai que fofos,são mesmo uns amores né,detesto,odeio,fico indignada com mal trato aos animais,concordo com você Elaine

    ResponderExcluir
  28. Oi Elaine!
    Que bela iniciativa desta ong e agora sua divulgando este trabalho. Tenho muita dó de animais que sofrem, não gosto de ver nem em filme, choro muiiito. Odeio quem maltrata animal, acho que quem não trata bem um animal, um inocente, não é capaz de tratar bem outro ser humano.
    Beijinhos e uma super semana!

    ResponderExcluir
  29. E eu que pensava que nunca criaria um, hoje em dia me vejo chegando do trabalho e dizendo: - kd o nenem da mamãe, kd? kkk
    Acho tão lindo quem faz esse tipo de trabalho, ah fia com certeza, essas pessoas já teem seu pedacinho no céu.


    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  30. Oi Elaine tudo bem? FAz tanto tempo que não passo por aqui, fiquei feliz em chegar aqui e ter a novidade do livro já concretizado, parabéns.
    beijos

    ResponderExcluir
  31. Elaine

    São muito fofos e não dá para resistir de adotar um.

    Amiga vou te reenviar o email então , pois já enviei desde o dia 05.

    Beijos no seu coração

    ResponderExcluir
  32. Tenho pena de quem não ama animais e não se deixa ser amado por eles. Como bem disseste, ninguém é obrigado a amar, mas maltratar é abominável.
    Ainda há os que acham que amor aos animais é coisa de mulher mal amada e carente. Eu sou uma profissional, casada, com dois filhos que ainda vivem comigo e sou apaixonada por esses serzinhos maravilhosos de quatro patas. Meu marido e meus filhos, felizmente, compartilham desse amor. Abrimos mão de muita coisa em prol de nossa família felina e canina, mas o retorno ao nosso coração não tem preço. Beijos e lambeijos mil

    ResponderExcluir
  33. Parabéns, Elaine. A você e a todo esse pessoal da ONG. Inclusive eu vou levar esta ideia para Itabira, a minha cidade natal, pois nunca vi uma cidade com tanto cachorro abandonado pelas ruas. É um descalabro total. Vou falar com a minha irmã ou sobrinha para ver se uma das duas topa. Aqui em BH até que o número é bem pequeno e mesmo assim a prefeitura possui serviço de adoção. Meu abraço a aguardemos o tão ansiado livro. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  34. Qurida, posso te fazer um pedido?
    Recebi um e-mail do ferramentas blog falando sobre o google panda e como temos que marcar um no flollow para que não percamos espaço na marcação do google.
    Fui fazer a parada (que é no html referente aos marcadores) mas o menu suspenso saiu...Então desfiz.
    Você tem noção de como resolver isso?

    bj

    Beta

    ResponderExcluir
  35. Eliane meus parabéns pela excelente postagem, a atitude de Neusa e seu marido é muito bela, isto é AMOR UNIVERSAL,para mim a única lei que realmente vale para conseguirmos nossa evolução, querida em em compensação o tal programa que eu não conheço deveria ser denunciado, ele e o tal criador de cabras, muita maldade e omissão, aqui na baixada santista Santo, Praia Grande e São Vicente graças a Deus não tem mais carrocinha e a castração dos animais é gratuita pelo órgão da prefeitura, inclusive na P.Grande tem uma unidade móvel que realiza a castração em gatos e cachorros de rua, parabéns pela postagem, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  36. Olá Elaine

    Vim conhecer seu espaço e adorei o que vi por aqui, por isso já estou te seguindo. Vou aguardar a sua visita e ficarei feliz se me seguir também.

    Bjoooooooooo.................
    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. Ô meu Deus, eu amo filhotinhos! Olha a carinha deles, que fofinhos! Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  38. Tenho paixão por cachorros desde que nasci rsrs Meu pai era criador de Pastor Alemão e sempre convivemos com o maior amor com os animais.
    Se eu presenciar alguém maltratando um cachorro, acho que "voou" em cima e levo o cachorro para casa. É a maior covardia.
    Quanto às cabras que o Gagliasso maltrata (nunca vi esse programa) deveriam dar parte a alguma Entidade Protetora de Animais !!!!!
    Coloque esta postagem no Facebook, assim será mais divulgado ainda.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  39. Olá, Elaine! Vc tem toda razão, não é preciso amar, mas é preciso respeitar os animais. Não assisto nenhum reality show, pq os abomino, acho que é um bando de vagabundo se coçando e mostrando as nádegas pra depois sair em revista pornô. Não acrescentam nada a mim ou a qualquer outro ser. Acho que deveriam ser exterminados das Tvs, mas infelizmente faz sucesso e tem gente que assiste. Acho legal outra coisa: aqui em Araraquara é proibido ter apresentação circense com animais e a lei municipal já existe há alguns anos e nessa semana foi aprovada a lei que impede realização de rodeios. São leis que precisam ser divulgadas e copiadas pro resto do país, parar com esse circo de Roma. Se quer judiar, faça MMA ou boxe, daí um bate na cara do outro como imbecis que são, mas não ferem os animais.
    Bjs e um lindo dia!

    ResponderExcluir
  40. Adorei demais conhecer esse cantinho tão especial!!!
    Obrigada
    http://andreaarteva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  41. Adorei o post. As pessoas tem que aprender a respeitar a vida, seja ela qual for. Ninguém é obrigado a amar, mas sim a ter respeito, e a preservar a vida. Quem adota um animal sabe o quanto ele tras felicidade, alegria e carinho para sua vida.
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…