Fogueira das vaidades

em 6 de julho de 2011

Fogueira das vaidadesHá um tempo atrás eu li esta frase:

“Nunca se ache demais, pois tudo o que é demais sobra, tudo o que sobra é resto e tudo o que é resto vai para o lixo”

Eu, por conta do blog, "conheço" muitas pessoas e sou conhecida de outras tantas. Sou, merecida ou imerecidamente, muitas vezes elogiada. Imagino que muito criticada também, afinal apenas notas de 100$ agradam a todos. E sempre que recebo um elogio, eu tento manter os pés no chão e o coração livre. Sabe por que?

Porque a gente é facilmente influenciável quando se trata de vaidade. É muito tênue a linha que separa o aceitar um elogio e gostar dele de buscar elogios a todo custo e se desesperarar quando ele não chega.

Vejo muita gente aflita quando sente que seu trabalho (seja na vida, seja no blog) não tem o reconhecimento que era esperado. Já recebi emails de blogueiro desesperado porque não tem seguidor, não tem comentador, "ninguém me ama, ninguém me quer…" E já cansei de ver na vida gente reclamando que não tem o valor reconhecido…

Sabe, eu fico pensando…

Somos muito vaidosos, né? Mesmo a mais humilde das pessoas gosta de elogio, isso é fato. Mas eu acho que há uma grande diferença entre gostar de ser elogiado e buscar elogios à todo custo. e se desesperar quando os elogios não chegam.

Eu tenho um amigo que admiro muito. e quando éramos mais jovens ele muito me inspirava pois a mim sempre me pareceu muito sábio e maduro. Um dia, depois de ouvir eu dizer isso a ele, me respondeu: "Assim você fere a minha modéstia". Porque tem gente assim, que ensina sempre, mesmo sem querer. E ele me ensinou que excesso de elogios podem mal-acostumar a gente.

Por outro lado eu acredito que elogios sinceros podem fazer um bem enorme. Eu gosto de elogiar, gosto quando vejo algo bom em alguém e posso dizer. E claro que gosto de ser elogiada. Mas travo quando percebo que é elogio da boca pra fora. E quando a gente se depara com pessoas que imploram elogios? Sempre me pergunto o que está por trás… se é carência, se é baixa auto-estima…

Enfim…

Mudando de assunto:

Eu ando tendo sonhos estranhos. Muito, muito estranhos mesmo.

Há uns dias sonhei que a Luci estava me ensinando fazer pão. Tudo indo bem, ela fazia e explicava. Daí, quando eu fui tentar, o pão crescia que era uma beleza… crescia… crescia… um desespero ver aquele pão crescendo daquele tanto. Acordei num nervoso que só rsrsrsrs

Também sonho que estou trabalhando. Sério, eu sonho sim. Mas sonho que estou em lugares inusitados. Ou você já viu uma fábrica de calçados dentro de um bosque, com cachoeira e tudo? Até ponte tem… e a gente lá no meio, fazendo sapatilhas…

Até com sexo ando sonhando. Mas esses eu não conto senão teria de mudar a classificação do blog e botar aquele aviso de conteúdo impróprio…

Eu, hein…

barrinha_gatinho

Já se inscreveu na minha promoção para o Dia do amigo? Não????

Então bora lá se arriscar?

Promoção Um pouco de mim é coisa de amigo 

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

33 comentários , comente também!

  1. rsrsrs, adorei a parte do sonho de fábrica de calçados no bosque !!
    Tem um quê de Alice ai né não, rsrs

    Agora quanto á vaidade é tudo verdade, eu ás vezes me pego pensando o quanto a gente é vaidoso, por nada... só pela ansia de ser reconhecido, elogiado e tantas vezes por pessoas que a gente nem conhece e que ás vezes só o fazem para retribuir uma visita, acho que é sim uma carência..
    Eu estou lutando para não me angustiar por tão pouco... rsrsr

    Mas de verdadona, seus truques são ótemos , srrsrs

    bjus 1000

    ResponderExcluir
  2. Eu diria que quem gosta de uma fogueira acaba um dia se queimando não é mesmo?

    Eu mudei muito minha participação no meio virtual e dos blogs, me chateei tanto com algumas pessoas que só pensam na vaidade que estou neutra agora... estou seguindo pessoas novas com assuntos variados como os que eu gosto de postar ainda tem gente boa na net.

    O que mais me espanta é que eu e algumas amigas que conheci nos blogs e no TT, estavamos comentando sobre isso no MSN, o quanto de mentira tem ai no meio virtual, gente dando pinta de rica e fabulosa sendo que é gente como a gentemmm mas que pela vaidade tecem uma vida diferente.

    Desconfio sempre. E elogios quem não gosta? mas em gente que necessita deles pra viver, precisa ser amado senão murcha né?

    Acho esse comportamento ridiculo, porem vejo que se a pessoa ou pessosas se comportam dessa forma é porque tem um publico que fica lá dando gás pros balões da vaidade subirem ainda mais.

    Enfim... modéstia é fundamental.

    Sobre os sonhos, eu ando tendo muitos, muitos.... e inclusive andei conversando com uma pessoa sobre eles... há muitos anos eu tenho alguns sonhos que infelizmente me alertam de coisas ruins que acabam acontecendo depois de um tempo... acho que muita gente tem isso tb....

    Mas enfim....acho que os sonhos são uma plataforma que nos refugiamos da realidade... lá podemos viver e passear por emoções e sensações que na realidade nem pensariamos né?


    Bjoooo

    ResponderExcluir
  3. blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, blablabla, só me interessei pela parte dos sonhos sequissuais!
    sou dessas,












    beijoooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  4. Elaine, qdo o sonho começou a esquentar vc não nos contou? Ahhhhh...

    Olha, eu vou falar uma coisa... Tem muitos, mas muitos blogs por aí que tem uns trocentos seguidores mas o conteúdo dele é nulo. Eu não entendo ou estou em outra época. E tem muitos blogs bons que nem seguidor tem. O melhor mesmo é ficar quieto, dar uma pitadinha do seu blog aqui, outra ali e ter paciência. Eu até tirei o contator de visualizações. Os que lêem o meu blog ou comentam são todos muito especiais. E os que aparecerem e gostarem também. Independente da quantidade, a qualidade é mais importante.

    O seu blog é muito bom, útil e vc escreve com o coração. Por isso é tão elogiada e seguida. Eu sou uma.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Elaine, me bagunçou a cabeça agora! Este post é reeditado? Porque tive a nítida impressão de já tê-lo lido aqui. Até a imagem me parece já vista. Menina, fiquei confusa, agora!
    Misclarece?
    Olha, fico muito desconfiada de muitos elogios, mas quando são dados pessoalmente, sempre dá pra sentir se são verdadeiros.
    Também me acostumei, há pouco tempo, a agradecê-los. Antes eu quase que me desculpava, não me achando merecedora, mas agora agradeço os elogios que recebo. Não é possível que todos que convivem conosco sejam falsos, né?
    Enfim, principalmente nesse mundo dos blogs, há que se desconfiar sempre.
    Vou ver se minscrevo, tá?

    ResponderExcluir
  6. Oi Elaine,
    Tb acho que elogios são bons quando não nos tornamos escravos deles.
    Acho que elogios e críticas fazem parte sempre, por toda a vida.
    A gente sempre percebe quando eles são da boca pra fora né... Fico imaginando o que os outros esperam com isso!
    Um xero, se cuide e não se preocupe com os sonhos, apenas sonhe...

    ResponderExcluir
  7. Acabei de me inscrever na promõção do dia do amigo e agora estou aqui até rindo um pouco dessas verdades.

    Afagos de vez em quando fazem muito bem, mas também se não os tiver sigo minha vida.

    Esses sonhos me fizeram rir e essa do pão da Luci crescer sem fim já fiquei imaginando a HILDA sendo levada por eles.

    Beijos no seu coração

    ResponderExcluir
  8. Elaine,

    Elogio sempre é bom e massageia o ego.
    Mas ele é bom quando espontâneo. Ninguem aguenta o cordão dos puxa-sacos, nem mesmo o saco-puxado se tiver um mínimo de auto critica.
    Quanto aos “pedintes”, você já fez um excelente post sobre isso e se não me engano a Fernanda também. Essa de : “Oi, adorei o seu blog. Estou seguindo, segue o meu?” é de matar qualquer cristão. Eles normalmente nem chegam a ler o seu post. Um comentário interessante, inteligente ou criativo automaticamente atraira o autor comentado e os outros comentaristas deste blog. E certamente eles linkan para saber quem é! Se encontram substancia, atrativos, claro que acompanharão este blog. Esmolar seguidores é uma lastima. E como tem mendigo!

    bjos

    ResponderExcluir
  9. Elaine,

    Boa Noite feliz!

    Uma reflexão sobre vaidade:

    Haikai de Millôr Fernandes:
    "Eremita, me afundo
    No deserto, pra ser
    O centro do mundo."

    Adorei seus sonhos! rsrs faz tempo que só sonho de acordada!

    Girassóis nos seus dias!

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Oi, Elaine! Tem um texto do Axel Honnet (o nome dá nó mas o texto é bem desembolado)fantástico sobre o que ele chama de "a gramática moral dos conflitos sociais" onde trata de identidade pessoal e luta por reconhecimento no meio onde a gente vive que vale muito a pena ler. Dá para entendermos um pouco mais a fundo isso que você falou sobre essas intermináveis carências de afeto e elogios que muitas pessoas possuem e de outras que vivem falando da boca pra fora.

    Quanto aos sonhos, esse negócio de fábrica em bosque, em cachoeira, pode interpertar como um mundo que se abre à sua frente com esse frenesi de crescimento econômico que estamos vivendo. Só espero que quando você se tornar uma rica e poderosa industrial produtora de sapatos para o mundo não abandone esse blog maravilhoso. rsrs.

    Abração. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  11. Quer saber? Complicado é apoiar-se seja no elogio, seja na crítica. Elogio é um carinho, a crítica é professora (ensina q nem todo mundo precisa e tem a obração de gostar de vc).

    Ou seja, a opinião do outro é que nem a faca: bem usada é ótimo, usou mal vira Chico Picadinho.

    Muita gente usa o referencial do outro como caminho a seguir: se elogiam sou bom, se criticam sou ruim... e isso é obrigação de cada um, saber do que faz de bom e do que tem como ponto fraco.

    ruim, bom, tudo é relativo.

    bjs e feliz dia do amor eterno! (Tanabata)

    ResponderExcluir
  12. oiee
    muito realista seu post...bom para dar uma chacoalhada nas pessoas.

    bj

    ResponderExcluir
  13. Pois é... tem pessoas que não sabem conviver com certos tipos de situação.
    Eu sou muito pé no chão e não falo ou faço nada para agradar alguém, pouco tempo falei com minha irmã, que ela está engordando e minha outra irmã disse que ela está bem... conclusão, ela preferiu ouvir minha outra irmã.
    Todos os tipos de comentário que se refere a nós, temos que tirar bom aproveito de tudo, acho que se alguém não gosta de mim ou do que eu faço, é valido, nem todo mundo agrada todo mundo. beijooooos
    Seu Blog é nota 10... tem tudo!!

    ResponderExcluir
  14. Acho que a parte do pão crescendo junto com a Luci ´sinal que muitas coisas vão crescer e prosperar...Fazer o bem dá nisso, crescemos>... beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  15. Eh verdade que todo mundo gosta e precisa de um elogio (quando é verdadeiro). Aquela historia de que o funcionario ou aluno que nunca é elogiado acaba se desestimulando...
    Sofri muito no inicio aqui na França, pois no meio do trabalho os elogios néao vinham nunca! Então quando fazia algo errado, aí sim a crítica pegava superpesado! Mas agora que mudou a chefia meu trabalho é bem mais valorizado e confesso que me sinto melhor, pois antes achava que fazia tudo ao avesso...
    E sobre a vida virtual (blog), ainda sou nova nesse domínio, mas infelizmente despertei bem mais críticas do que elogios... Até tive que moderar os comentários, pois uma vez fiquei 2 dias sem internet e quando voltei tinham varios comentários anônimos extremamente agressivos. Ate escrevi sobre isso, pois realmente não entendo como é possível que determinadas pessoas vivam pelo prazer de falar mal das outras, quando nem nos conhecemos e nunca fizemos nenhum mal a ela. Mas essas pessoas se sentem agredidas pq néao aceitam nosso modo de vida, acho que é apenas isso.

    ResponderExcluir
  16. Oi estou seguindo seu blog, tudo aqui é incrivelmente belo, amei, beijos, adorei as dicas, parabéns!

    ResponderExcluir
  17. Elaine, quando alguém anda, desesperadamente, à caça de elogios não vai muito longe, é sempre assim!
    Também concordo que eles podem ser um incentivo, quem não gosta? apenas temos que ter bom senso o suficiente para separar os falsos, interesseiros dos verdadeiros, uma tarefa nem sempre fácil, uma vez que o ego, quando não preparado, perde a noção completamente. Cuidar é preciso!

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Eu penso que elogio é bom e todo mundo gosta (mesmo que fique com vergonha rsrs)mas reconhecimento vai mais alem. E algo como termometro de sua atuação.Se você faz alguma coisa precisa saber se está no caminho certo porque pra você está ótimo, ou do contrario não faria, mas quem tem a palavra final é o outro. O outro não tem a visão viciada.
    Reconhecer não significa fama, glamour, é só receber os créditos por tudo aquilo que você faz e sabe que esta fazendo com empenho, com interesse, com dedicação. Se ninguem valoriza, você fica desmotivado e se revolta porque nao é reconhecido pelo esforço. Elogio é bom mas pode ser frívolo, reconhecimento é "conhecer de novo" suas qualidades.

    ResponderExcluir
  19. É, o importante é manter os pés bem fincados no chão!
    :)

    ResponderExcluir
  20. NÃO GOSTO DE RECEBER ELOGIOS PQ FICO ENCABULADA... MESMO QUE SEJAM SINCEROS...

    AH! ADOREI SEU SONHO DA FÁBRICA DENTRO DO BOSQUE... DÁ UM TOM DE CONTO DE FADAS TIPO BRANCA DE NEVE...
    dEPOIS TE MANDO UM EMAIL, VOU PESQUISAR O SIGNIFICADO DE SEUS SONHOS, ELAINE...

    BJÃO

    ResponderExcluir
  21. SONHAR COM PÃO: reflete os seus desejos mais dominantes e também que deverá ter vida longa.

    SONHAR COM TRABALHO: Você é uma pessoa espirituosa.

    BJINHO

    ResponderExcluir
  22. É complicado esse assunto, mas quanto a mim um elogio discreto, simples mas na hora certa, serve de incentivo.
    Mas também é verdade que há pessoas que a sua auto-estima está mesmo por baixo, então não conseguem receber um elogio mas o problema é que também não o conseguem fazer!
    Eu gosto de fazê-los quando vejo que a pessoa o merece e faço-o muitas vezes.
    Mas,confesso que tambem me sabe muito bem ser reconhecida por aquilo que faço.
    Quanto aos sonhos....penso que isso seria até complicado para Freud! ! !
    BJs

    ResponderExcluir
  23. Vc deu um esporro tão sutil que achei que estava flutuando. rrssrsrs...
    Vc conseguiu implantar uma ideia sem que sequer ela fosse notada, mas deu o recado!!!

    uniu o pessoal com o virtual e ainda falou de sonhos...
    Gostei não só do contexto, mas da forma que foi escrita. Agora deixa eu parar de elogiar se não quem para nas nuvens é vc... kkkkkkkk

    abraço!

    ResponderExcluir
  24. Elogio pode ser perigoso, principalmente se estamos carentes. Mas tb não podemos deixar de "reconhecer" coisas, atitudes, ações, sejo o que for de bom no outro. é importante tb. O chato é quando a pessoa só quer ser elogiada e qdo isso não ocorre, ou ocorre um crítica, a pessoa fica arrasada, pensa até em complô. Temos que aprender a convier bem com os dois lados e seguir em frente.
    Quanto aos sonhos: meu amrido que é assim, sempre, sonha com cada coisa misturada, doida mesmo, dou risada.
    Beijinhos e boa quinta-feira!
    Com carinho

    ResponderExcluir
  25. Adorei o texto. Acredita q não me importo com opinião dos outros? Peço opinião sim, para confrontar o q penso do assunto. Sei de minhas qualidades e meus defeitos e vou tentando conciliar. Nunca peço pra ninguém me seguir no Blog. Se seguir é muito bem vindo, sou "amigona mesmo", se não tem afinidade, a fila anda, rs...


    Bjos Luzia Lira

    ResponderExcluir
  26. Acho que vc esta certa, elogios quando bem aplicados fazem um bem enorme, mas suplicar por elogios faz com que nos sintamos na obrigação de elogiar...Particularmente só elogio quando gosto ou realmente achei interessante, caso contrário, prefiro o silêncio.
    Muito engraçado seus sonhos...eu particularmente tenho dificuldade de lembrar dos meus.

    Bjão

    ResponderExcluir
  27. Sou meio esquisita, quer ver? Perdi a conta de me elogiarem o blog e vou lá e mudo tudo rs... Se não estou contente não adianta, preciso mudar (por hora estou contente rs..). Agora se for crítica fico balançada, sou capaz de me desmontar mesmo de tristeza. Nossa como preciso amadurecer, pois acredito que devemos ficar serenos tanto com elogio como com crítica. Se estamos em paz é o que importa.

    Quanto aos sonhos, sonhei uns dias seguidos com cachorros. Gosto de cachorros mas sempre preferi gatos. Mas aqueles cachorros do meu sonho eram de uma estimação que pareciam gente rs... Que coisa rs... Vai entender?

    Quanto a proposta do meu blog, penso que talvez seja reflexo da verdadeira Meri, mas que andava perdida, confusa rs… Na verdade estou seguindo a inspiração/necessidade interior de escrever sobre esse tema espiritual/católico, e do meu viver dentro disso, enfim, cada blog é um reflexo do seu autor, não é?

    Paz e bênçãos, querida!

    ResponderExcluir
  28. Adorei o texto (e não é da boca prá fora)). Confesso que fico um tanto decepcionada na semana em que não recebo nenhuma visita __ parece que sou invisível. Afinal, de que serve escrever, mostrar, se ninguém vê, ninguém lê! Já quando leio algum comentário, fico alegrinha, alegrinha, acho que sou vaidosa...Abrs!

    ResponderExcluir
  29. Faço minha as suas palavras. Todos nós gostamos de um elogio, mas eu prefiro os sinceros, os cautelosos. Tudo em exagero faz mal mesmo, até água... rs

    Beijocas

    ResponderExcluir
  30. Oi Elaine

    Se tratando do blog, da vida, gosto sim de um elogio, mas, já não abraço mais tudo que me chega aos olhos, ou ouvidos.
    Seu post me fez lembrar aquela frase:
    Melhor a verdade que machuque que a mentira que iluda (mais ou menos isso)
    A busca desesperada por elogio e atenção cansa.
    E já me deixei sim levar pela vaidade, quando li uma crítica pesada que nem se referia a meu blog especialmente, mas por alguma razão ( talvez mânia de perseguição) vesti a carapuça. Foi mais ou menos na época que a "Tyna" sumiu, lembra? Não somente no nome, mas na essencia do blog mesmo.

    As mudanças agradam alguns e desagradam outros, então vou buscando me agradar, afinal quem convive conosco 24 horas por dia? Nós mesmo, não é?
    Não digo que sou melhor que ontem, e sim que gosto de ser quem quero ser e sou.

    Mas,sabe porque essas coisas de elogios as vezes me deixa apreensiva, porque realmente quem agrada a todos é nota de 100, eu não me simpatizo com certas blogueiras que 'todo mundo' ama, sem nenhuma razão concreta, simplesmente não me simpatizo. Mas, não vou lá no blog da fulana "barbar ovo" só pq o blog é "bombado"

    Assim sou da lado de cá da tela, e no mundo do blog, só falo que gosto para aqueles de quem realmente gosto. Não distribuo elogios gratuitos, falo mesmo o que penso e sinto, se tratando de elogio. Pois quem eu não gosto, percebe pelo simples fato de eu ser neutra e o máximo possível distante dessa pessoa.

    Adorei os sonhos, queria ter sonhos coloridos como os seus rsrsrs.


    Já me inscrevi no sorteio. Será que algum dia eu ganho? rsrsrs

    Beijosssssss

    ResponderExcluir
  31. Gosto muito de passar por aqui,sempre com textos super interessantes e verdadeiros.
    Parabéns
    Bjs

    ResponderExcluir
  32. Oi adoro passar por aqui e ler esses textos tão interessantes e verdadeiros.
    Parabéns.
    Bjs

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…