Embriague-se hoje!

em 11 de julho de 2011

Há cerca de 15 dias aconteceu algo até então inesperado no mundo do futebol: o até então invicto São Paulo levou uma goleada do Corínthians, 5x0. Ouvi o jogo, vi alguns lances. E o que mais me surpreendeu não foi o placar ampliado. O que mais me espantou foram as falhas do excelente goleiro Rogério Ceni.

Experiente e do meu ponto de vista um líder na equipe são-paulina, Rogério  errou, aparentemente perdeu a serenidade, e pra finalizar viu o 5º gol ajoelhado.

Porque estou falando de futebol? Porque mesmo os fortes podem cair, e mesmo os líderes podem falhar. De lá pra cá o São Paulo não se recuperou, e esta semana perdeu também o discutido técnico. Parece que quando a coisa desanda, tudo desce ladeira abaixo…

E assim é na vida, já percebeu? A gente vai indo bem, tudo dá certo e a vida vai de vento em popa, como se tudo sempre fosse dar certo. A auto-confiança cresce, e a gente consegue realizar proezas. O amor vai bem, a saúde vai bem, até o chefe anda pegando leve…

Mas…

De repente algo dá errado. Pode ser algo na saúde, no amor ou no trabalho. E aquela auto-confiança que fazia a gente achar ser capaz de derrubar muralhas (poético isso) evapora. E a sombra do fracasso desce sobre a gente. Tempos ruins se aproximam, e parecem não ter fim. Tudo dá errado, e a gente se pega querendo viver num buraco. Mas nem buraco a gente encontra; todos já são habitados, ao que parece…

Eu já vivi fases boas. Muito boas. Eu já vivi fases ruins. Muito ruins. E descobri uma coisa maravilhosa e terrível: ambas passam.

Sério, a fase boa passa, a ruim passa também. Mas porque a ruim é ruim, parece que demora mais a passar. Mas olhando retroativamente (sou culta?) a gente vê que tempos bons e ruins duram mais ou menos o mesmo tempo. Mas o bom a gente nem sente… enquanto o ruim a gente amarga cada segundo…

Por isso eu sempre penso, quando estou vivendo um período bom, pacífico: "Aproveita, Elaine. Faz reserva de felicidade porque você vai precisar no tempo ruim". E eu faço isso; faço estoque de momentos bons, de livros bons, de risadas, de comida gostosa, de blog divertido. E quando os dias maus chegam eu consigo viver feliz apesar de tudo. E eles chegam… ah se chegam!

Daí você pergunta: "Como fazer reserva de felicidade?" Simples. Sendo feliz e sabendo que se é feliz. Tem gente que só reclama, nunca está bem. Tem sempre um espinho na ponta do dedo, sempre se queixando. Daí quando o tempo ruim chega não tem coisa boa pra servir de retaguarda.

Não me refiro a fingir que os problemas não existem. Me refiro a dar às coisas o seu exato valor. Sem mais, nem menos. Vai cozinhar? Aproveite o momento. Vai ler? Aproveite. Vai trabalhar? Curta tudo. Aproveite a vida. E se eu puder dar um conselho que muito me ajuda: não reclame. Não resmungue pelos cantos, não amarre a cara pra vida;

Beleza está aí pra gente ver. Felicidade está aí pra gente se embriagar dela…

Boa semana pra você! Embriague-se!!!

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

42 comentários , comente também!

  1. Esses altos e baixos são as constantes em nossas vidas.O segredo está em bem administrá-los.
    Bjosss.Elaine.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto, Elaine! Muito, muito bom!
    Eu estou aprendendo a ser mais leve assim. Sou muuuito reclamona. Para perceber o quanto era precisei de uns toques do Vi, que é ultra de bem com a vida. Ele raramente reclama, mesmo nas fases ladeira abaixo. E aprender com ele a fazer a vida mais leve tem sido muito bom (e nada fácil, que fique claro!). Hoje estou melhor do que antes, mas nunca é pouco relembrar o quanto isso facilita a vida. AMEI passar hoje por aqui. Obrigada! Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá, querida Elaine
    Um dia um religioso me disse exatamente o mesmo... E como me valeu!!!
    Muito bom viver livremente o dia a dia!!!
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
  4. Excelente, concordo em gênero, número e grau...tudo passa e ser feliz é uma escolha (diária) que só depende de nós! Boa semana, beijos.

    ResponderExcluir
  5. Estava precisando ouvir isto obg querida!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Elaine!
    Concordo com você: às vezes nem percebemos os momentos bons e nos prendemos às coisas ruins que acontecem. Eu tento não me deixar abater, mesmo quando acho que vai ser dureza sair do buraco, tento sempre ver a luz no fim do túnel. É claro que às vezes fico meio resmungona, mas são fases, e fases passam...
    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  7. Tá, tomarei um porre...rs brincadeirinha.

    Laine
    Eu já vejo por um outro ângulo (espiritual). Quando tudo vai bem, quase sempre esquecemos de agradecer, daí Deus permite as provações, os momentos difíceis, pois é nesses momentos que mais nos achegamos, nos lembramos de Deus, ele não quer que esqueçamos o quanto somos depedentes da Sua Graça.

    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  8. Delícia de post! E esta imagem me fez muuuuito bem! Brigada,amiga, sempre é bom passar na tua casa.

    Eu chamo isso de blindagem emocional. Éter a plena consciência da felicidade quando ela acontece, para termos boas memórias nos momentos difíceis. Desde 1998 eu faço essa blindagem emocional, que me fortalece com boas lembranças quando estou na tristeza.

    A escritora Martha Medeiros escreveu um texto sobre isso nos anos 90 e se chama o Senso da raridade, sobre um livro de mesmo nome.

    Um beijooooo

    ResponderExcluir
  9. Elaine,

    Passei 2 dias sorumbática (antiga, né?), mas já está passando, veio sem razão, vai sem eu descobrir porquê! Embriagar-se é muito bom, vou mesmo cair de cabeça nos meus girassóis!

    Girassóis nos seus dias também!
    Beijos e excelente semana.

    ResponderExcluir
  10. Oi Elaine!

    É um exercício diário isso. Não conseguimos mudar para sempre de uma vez, temos que nos esforçar todos os dias para ver as coisas com olhos diferentes.

    Eu reclamo mooointo do trânsito agora que moro na capital, mas ao mesmo tempo volto atrás e digo que agradeço por estar todos os dias na minha casa e não uma vez por semana, como antes. E fico olhando o tanto de gente que acorda de madrugada p entregar panfletos nos sinais, emprego sem garantias e mau remunerado...afff... não que eu use a desgraça alheia para fazer parâmetros com minha felicidade, não é isso...

    Mas muitas vezes é bom olhar para o lado e perceber quantas oportunidades temos.

    E isso de que tudo vai passar, é minha filosofia. Sempre passa.

    Bjus.

    Clau Finotti

    ResponderExcluir
  11. Noooooooooooossa, só podia ser vc pra escrever um texto dizendo "tanto" e com tanta "naturalidade" que já dá vontade de sorrir e "estocar" um pouquinho da felicidade de estar aqui com vc...
    Grande beijo amiga! Obrigada por nos "embriagar" com suas palavras!

    ResponderExcluir
  12. Até porque momentos felizes não existiriam se não vivéssemos os momentos ruins. Um não existe sem o outro! A vida é esse estica e puxa!! Reclamar só piora, porque quem está do lado pode se contaminar.
    Elaine, uma observação: Você já soube de algum doente que gemesse quando sozinho?
    Boa semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  13. Momentos bons e ruins fazem parte cabe a nós aprender com eles e buscar a felicidade apesar de tudo.
    As reservas ajudam e muito nos momentos ruins...
    Ótima semana minha linda!
    xero.

    ResponderExcluir
  14. Ah Elaine... que sincronia hoje. Fiz um almoço prá minha família hj, e o assunto principal entre o almoço e o bolo foi esse, sobre como as pessoas reclamam, às vezes até mesmo sem propriedade, tem gente que é focada só no lado ruim das coisas. E eu disse categoricamente que tenho mantido distância de gente assim. Tem gente que tem vocação prá se fazer de vitima e depois se autoconsolar... Eu prefiro olhar o lado positivo de tudo sempre e sou feliz mesmo é nas pequenas coisas que vivencio no dia-a-dia. E nunca pensei por esse lado de fazer reserva de felicidade, acho que estou no caminho certo, enchendo meus potinhos ;o) apesar de um e outro solavanco. Adoro vir aqui, vc me faz pensar e reavaliar sempre.

    Beijos e uma semana maravilhosa prá vc ♥

    ResponderExcluir
  15. Elaine, como sou reclamona, rsolvi parar com o blog. Para evitar choramingar por lá.
    Mas acredito que tudo dá certo quando a gente acredita que passa apenas por uma fase, como tantas outras na vida.
    Ser feliz é um exercício diário. Sempre que fico muito pra baixo, penso no tamanho do meu problema e vaejo que não é dos maiores...Par mim, felicidade é atrelada a saúde e paz de espírito. O reso é resto, temos que tirar de letra.
    Ser feliz é escolha nossa.
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  16. Concordo com a Barthes, adorei o texto!
    Amei o blog, já estou seguindo e adoraria se seguisse o meu tambem:
    http://www.enteddyada.com
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  17. Oi Elaine adorei essa post!!! vc falou tudo, tudinho o que muita gente precisava ouvir, é isso ai mesmo tentar sobreviver com serenidade os desertos que a vida nos impõe, amei!!! beijo e ótima semana.

    ResponderExcluir
  18. Oie Elaine,


    Então.. eu ando meio assim... eu li algo que casa bem com o que escreveu:


    A razão pela qual algumas pessoas acham tão difícil serem felizes é porque estão sempre a julgar o passado melhor do que foi, o presente pior do que é e o futuro melhor do que será.

    Marcel Pagnol

    ResponderExcluir
  19. Você tem total razão! Eu vinha muito bem, até o início do ano passado! Me sentia forte, podia fazer o que quisesse! De repente uma reviravolta da vida e fui declinando. Isso afetou minha autoestima de forma pesada, nem sei como lidar com isso.

    Mas é certo que as fases ruins passam, assim como as boas, mas elas parecem durar uma eternidade... rs

    Costumo ser agradecida a Deus quando as coisas dão certo. Sou daquela que não lembra de rezar só nos momentos difíceis, mas tb para agradecer...

    Beijocas

    ResponderExcluir
  20. É preciso estar sempre embriagado. Aí está: eis a única questão. Para não sentirem o fardo horrível do tempo que verga e inclina para a terra, é preciso que se embriaguem sem descanso.

    Com quê? Com vinho, poesia ou virtude, a escolher. Mas embriaguem-se.

    E se, porventura, nos degraus de um palácio, sobre a relva verde de um fosso, na solidão morna do quarto, a embriaguez diminuir ou desaparecer quando você acordar, pergunte ao vento, à vaga, à estrela, ao pássaro, ao relógio, a tudo que flui, a tudo que geme, a tudo que gira, a tudo que canta, a tudo que fala, pergunte que horas são; e o vento, a vaga, a estrela, o pássaro, o relógio responderão: "É hora de embriagar-se! Para não serem os escravos martirizados do Tempo, embriaguem-se; embriaguem-se sem descanso". Com vinho, poesia ou virtude, a escolher.
    (Baudelaire)

    Uma ótima semana para você, Elaine. paz e bem.

    ResponderExcluir
  21. Eu cosumo dizer que alem da queda, vem o coice. E nessas últimas semanas ando pensando na situação da #ForçaAnaLuíza, que faleceu na sexta a noite. A família sofreu tanto, tanto e ainda aturaram a família babaca do pai com classe! Não teria toda essa paciencia, entretanto quem é bom é que sofre. Mundo injusto...

    bjs

    A Reclamona

    ResponderExcluir
  22. Oi Eliane quanto tempo, eu estive fora por questões pessoais, mas estou retornando e feliz. O Blog sempre me foi um aconchego. Realmente seu texto é uma realidade e precisamos mergulhar de cabeça nas coisas boas, como tirar as melhores lições das ruins. Tudo é ensinamento. Parabéns pelo seu trabalho nos Blogs, o da Cintia Branco ficou um charme só. Beijos e boa segunda.

    ResponderExcluir
  23. Vim fazer lhe uma visita deixar um pouco de mim e levar um pouco de ti..
    Uma linda semana beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  24. Hola Elaine, minha frase predileta é justamente essa: "tudo passa, isso também passará", que é mais ou menos o mesmo. A vida é uma caixa repleta de surpresas algumas boas outras não, mas o importante é se ter em mente que tudo nos faz ser melhores e que nada nesta vida dura para sempre. Beijos, linda e abençoada semana para ti, marido e anjocães.

    ResponderExcluir
  25. Oi Elaine,

    Concordo com o que você disse. Só nao consigo pensar: aproveita por que isso vai passar. Para mim é como já ficar pedindo que o que nao é tao bom venha logo.
    Eu reclamo sim, de dores principalmente, mas estou tentando para com isso. Não é fácil. Mas ser reclamao nos torna ainda mais vulneráveis, além de chatos e incoveniente aos olhos dos outros.
    Amei o post.
    A Lucia disse exatamente o que penso também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Verdade. Temos q aproveitar as fases boas. As ruins fatalmente chegarão...para todos nós.Quando estou na fase boa, tb rezo e faço orações agradecendo a Deus pelo que consegui. E nas fases ruins faço novenas e orações para Deus me livar logo daquele tormento. E tem dado certo.



    Bjos Luzia Lira

    ResponderExcluir
  27. Olá Elaine, adorei a sua mensagem, acredito que felicidade é um estado de espirito e mesmo uma situação ruim tem algo a ensinar.
    Gostei muito do seu blog e venho a lhe convidar a conhecer o meu e se gostar seguir.
    http://patriciatrr.blogspot.com/

    Bjim

    Patty

    ResponderExcluir
  28. ELAINE QUERIDA..
    to de volta amiga e logo me deparo com esse post que tem tudo a ver com os momentos que passei,,,,foram dificeis , dolorosos e horas aterrorizantes, mas passaram, estão passando, e eu que sempre vivo com um sorriso no rosto(amigos dizem isso) apesar dos problemas estou rindo fruxo e leve.
    voltei hoje ao blog cheia de saudades tuas e dos amigos, saudade da terapia boa e da alegria que blogar me proporciona, estou feliz de novo.
    acho que tinha em mim essa tal reserva de que vc falou, guardei pra esse momento difícil e graças a ela não pirei(mais do que já sou piradinha)kkkk
    realmente devemos aproveitar ao máximo a alegria das coisas boas, guarda-las dentro de nós e ter a certeza que a vida é feita de bons e maus momentos, mas como vc disse tudo passa e o sol sempre volta a brilhar por que ha um Deus maior que tudo sabe, vê e provém em nossas vidas.
    obrigada por este post maravilhoso, obrigada por ser essa mulher nota mil, esse ser humano integro e nos dar tanta força com sua sabedoria e vivência.
    vc mora mem meu coração.
    bjuivos no seu coração, que seus dias sejam repletos de felicidade pra que suas reservas delas sejam inesgotáveis.
    sua amiga.
    loba.

    ResponderExcluir
  29. Oi Elaine,boa noite!!!
    Depois da tempestade sempre vem a bonança...ainda bem...!
    Anos de tempestades sem fim mesmo,em todos os setores q vc possa imaginar...qdo menos esperávamos,o tempo começou a abrir p/todos nós,como um estalar de dedos...!
    Pessoas querendo trazer um pouco de alívio ou consolo falavam q pelo menos serviu de aprendizado,não concordo,pq pimenta nos olhos dos outros é colírio,neh mesmo?
    Mas aprendemos q nem tudo que brilha é ouro,pode ser tudo,menos isso!
    Aprendemos q todos os "amigos" se afastaram,ainda bem!
    Pq assim tivemos oportunidade de outras pessoas se achegarem e mostrarem prá que vieram...!
    Estou caindo na real agora por estes dias,tive ressaca de anos não tão bons,e me peguei agradecendo pelos novos dias de sol...começarei a fazer "estoques" de bons momentos e mesmo de pequenas alegrias !!
    Elaine,parabéns pelo post de hj,sempre é um empurrãozinho...
    Linda,divina e maravilhosa semana p/ vc!
    Desculpe o tamanho do comentário,me empolguei,ainda mais q estou afônica,então o melhor é escrever,até pq vc não poderia escutar se eu falasse...rs.
    beijo.

    ResponderExcluir
  30. Lindo texto, parabéns!
    Você disse tudo que eu preciso ler neste momento.Muito obrigada!!1

    BEIJOS NO CORAÇÃO

    JOSY

    CAZADINHA

    ResponderExcluir
  31. Excelente mensagem Elanine vem corraborar com o ditado que diz Que não a bem que dure ou mal que perdure!
    Tudo passa, e o que resta são as experiencias adquiridas.
    Boa semana
    bjos
    Lilian Castro

    ResponderExcluir
  32. Olá Elaine
    Se você leu meu último post, viu que eu não estava legal. Essas coisas que nos acomete de vez em quando e eu estava me sentindo um zero à esquerda. Mas como, nem eu mesma me aguento quando estou assim, no outro dia sai, conversei com amigas e pronto, fiquei de bem com vida de novo, que é como eu gosto de ser.
    um beijo
    PS: Aproveitei e votei na minha capa preferida.

    ResponderExcluir
  33. Altos e baixos que fazem parte da vida de todos nós...

    ResponderExcluir
  34. Amiga que astral heim !!!! é isso ai, me servi de um gole e to querendo mais rsrsrs. Bj, siga assim distribuindo bom humor, que é uma das coisas que move o mundo.

    ResponderExcluir
  35. Olá vim te conhecer através do Blog Casa Corpo e Cia da amiga Rejane, adorei tudo aqui e já estou te seguindo, quando puder venha me fazer uma visita tbm vou amar receber vc por lá para tomarmos um coffe.
    Bjo,bjo linda.

    ResponderExcluir
  36. Olá vim te conhecer através do Blog Casa Corpo e Cia da amiga Rejane, adorei tudo aqui e já estou te seguindo, quando puder venha me fazer uma visita tbm vou amar receber vc por lá para tomarmos um coffe.
    Bjo,bjo linda.

    ResponderExcluir
  37. AMEI esse post,
    às vezes, por falta de tempo no trabalho e por não ter pc em casa, fico sem te ler...
    mas hj VALEU MTO A PENA,
    precisava ler td isso!
    Obrigada!

    Bjs
    da Li

    ResponderExcluir
  38. Olá!
    Gosto muito das suas postagens.
    Já faz um bom tempo que venho
    seguindo o seu blog.
    Gosto muito.
    Esse post é tão verdadeiro...
    Os momentos difíceis parecem intermináveis e os bons são tão fugazes...

    Um abraço

    ResponderExcluir
  39. Lindo doce amiga e já estou masi que embriagada!! Estou bebinha mesmo.

    Beijos grande no seu coração

    ResponderExcluir
  40. Elaine querida
    Sofria muito com a tpm, e por isso mesmo, fui desenvolvendo mecanismos para ficar bem. Um deles é trazer a memória coisas boas, lembranças boas. E outra é dar valor as pequenas coisas, novo broto que acabou de surgir na minha plantinha ou acabou de florescer, uma receitinha que deu certo, um livro que gostei, uma palestra que me foi edificante, e assim faço a vida dar certo ;).
    Beijinhos e um final de semana maravilhoso, com carinho

    ResponderExcluir
  41. Olá!

    Vim conhecer seu blog e adorei!
    Muito boa essa postagem!
    Estou seguindo para acompanhar as novidades,tenho dois blogs,quando puder me faça uma visitinha ficarei muito feliz,beijos

    http://artesempontocruz.blogspot.com
    http://sorteiosemimos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  42. de longe esse sorvete da foto do cachorro e da menina parece um penis

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…