Das mudanças

em 20 de junho de 2011

Mudar, transformarVocê costuma mudar muito? Não, nem digo de aparência, casa ou amigos, mas de posturas e opiniões diante das coisas. Costuma?

Este blog tem quase 3 anos. Relendo posts antigos meus eu percebo que muitos deles hoje eu não escreveria. A maioria sim, mas alguns definitivamente não. Andei pensando nisso depois de atentar para o fato que algumas pessoas chegam ao blog via mecanismos de busca, e leem um ou outro post, geralmente mais antigo. E os comentários revelam que nem sempre o leitor percebe que tal post foi escrito há mais de 2 anos atrás…

Não que me incomode, mas… fiquei pensando…

Eu hoje sou uma pessoa muito diferente da Elaine de 2008, por exemplo. Sou extremamente mais cética, mais ponderada, menos ingênua. Menos radical, mais na minha. E algumas opiniões mudaram. Mesmo.

Então não adianta querer "cobrar" por coisas ditas há anos atrás, né? Vou dar um exemplo:

Há um post antigo onde eu falo sobre como lidar com comentários no blog. Nele eu digo que sempre respondo a todos os comentários. Se você acompanha (ainda que minimamente) meu blog sabe que isso não é mais verdade. Eu tento, jamais consigo e assim caminha a humanidade. Mas naqueles tempos era verdade. Então não é justo cobrar por algo que não é mais assim, certo? Um dia foi, mas as coisas mudam.

E na vida? Acontece também, comigo e talvez com você. Sexta-feira fui a um casamento com marido, de um amigo dele do trabalho. Lá, esperando pela noiva, encontrei uma conhecida de alguns anos. Conversa vai, conversa vem, eu comentei que se fosse hoje não casaria vestida de noiva, nem faria o ritual todo do casamento.

Ela, pasma, disse que há uns 10 (!) anos atrás me ouviu pregar justamente o oposto, que um casamento só seria realmente válido se fosse realizado na Igreja. Ela está certa, eu falava muito isso quando ministrava encontros para noivos. Era mentira? Absolutamente não! Era algo que eu acreditava com todo o meu coração.

Mas a Elaine versão 2011 é outra. Se as pessoas que conviveram comigo por anos a fio soubessem… tem horas que até eu me espanto com o tanto que a gente muda. E a mudança foi em relação a muitas coisas. Ah, se você soubesse…

Coisas que em um período da nossa vida são questão de honra, de repente perdem a urgência, perdem o status de prioridade. Acontece comigo, acho que pode acontecer com mais gente.

Claro que coisas fundamentais não mudam, como caráter (e medo de escorpião) mas no mais tudo muda, o tempo todo…

Assim, encontrar alguém com quem tivemos contato há tempos atrás e esperar encontrar exatamente a mesma pessoa, com os mesmos gostos e opiniões é meio ingênuo, né não? Serve para o blog, serve para a vida.

 

Falando no casamento:

Na hora de prestar o juramento o padre vai dizendo os votos e o noivo devia repetir.

"Eu (e o Edu repete: Eu)

O padre " Agora diga seu nome!

E o Edu, muito sério e compenetrado: "Agora diga seu nome".

Sério, ele fez isso mesmo. A igreja veio abaixo… Até a Ariana custou parar de rir..

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

62 comentários , comente também!

  1. Mas se até o planeta muda, porque nós deveríamos alimentar a pretensão de manter a rigidez de idéias??? Entendo bem o que disseste. Só posso dizer (e para eu ouvir também...): desencana.
    beijo!

    ResponderExcluir
  2. Olá Elaine,

    Vc disse TUDO sobre as mudanças! Esse post até me deixou com medo, porque esses dias eu estava refletindo sobre isso. Revirei minha pasta de textos e poemas (alguns deles publicados no meu blog)que escrevi há meses, mas que sinceramente, me envergonharam e que eu achei que parecia que eles tivessem sido escritos por uma criança. Ainda sou jovem, mas certamente,meus ideais são diferentes dos daquela época. Enfim, a prova de que as nossas opiniões e conceitos mudam, é que o que outrora atacávamos, onde defendemos com unhas e dentes, pessoas que diziam me amar, hoje nem "oi" falam pra mim... Tudo muda, tudo passa. Os sentimentos são os mesmos, o que muda é a forma com que sentimos e lidamos com os mesmos.

    Sucesso pra vc!!
    Bjão <3

    ResponderExcluir
  3. Elaine,

    Certíssima, você!

    Ainda bem que que a gente muda. São inevitáveis as mudanças externas. As mudanças internas são escolhas. Penso que quem escolhe não mudar interiormente perde a chance de crescer interiormente.

    Há 38 anos acabei com o meu casamento porque ele não mudava (pra ele, não pra mim). E eu mudava...acrescia aos meus interesses coisas que ia aprendendo. Em apenas 5 anos criou-se um fosso. Isso, penso, é com tudo. Sempre digo, gente não estaciona, quem não avança, retrocede. É duro conviver com quem estaciona/retrocede, se você é de avançar.

    Falei demais.

    Semana só de coisa que vc. queira!

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Oi Elaine, é verdade,como mudamos com o passar dos anos!No meu caso acho que estou aprendendo a relevar mais as coisas, não levar as coisas tão á sério. bjos.
    http://mulhersuper.com.br

    ResponderExcluir
  5. Você tem toda razão! Comigo acontece o mesmo, do pessoal cair em posts antigos. Imagina que meu blog é de 2007. Nossa! Quanta coisa mudou.

    Também posts que escrevi como verdades minhas na época, não são mais. Em 2008 eu acreditava que casamento aberto poderia dar certo, hoje em dia não acredito mais. Enfim, tanta coisa. E o povo cai nesses posts e comenta como se tivesse dito isso hoje... rs

    Teve um que fechei para comentários, porque não aguentava mais gente deixando suas histórias e me pedindo conselhos. Era um post que falava sobre relacionamento de mulher mais velha com homens mais novos. Sinceramente não me sinto capacitada para ser conselheira sentimental. Se assim fosse, resolveria a minha vida sentimental... rs

    É Elaine, mudamos nossas opiniões, mas creio que nossa essência, nossas bases, essas permanecem intactas...

    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. E como a gente muda Elaine! De ontem pra hoje já mudei um cadinho de coisas dentro de mim, na minha vida,na minha rotina, nos meus sonhos. E graças a Deus nós mudamos, evoluímos. Imaginou a falta de graça de encontrar essa pessoa e ter os mesmo assuntos? O legal é mudar de opinião e, se quiser, voltar atrás...
    Beijos,
    Fabiana

    PS: acredita que ainda não tive como entrar no site do livro que vc me indicou? Vergonha! Preguiça de ler em inglês... kkkkkkk (deixa meus professores saberem disso...)
    Boa semana

    ResponderExcluir
  7. Elaine
    Tenho a certeza que todos nós mudamos e isso faz parte de nosso aprendizado nesta vida.
    Saiba que estou muito feliz de poder estar aqui comentando, escrevendo algumas palavras depois de algum tempo ausente.
    Veja que as coisas acontecem e nem tudo que costumamos e gostamos de fazer é possível.
    Agora que estou melhor da coluna estou matando as saudades.
    Sei que tenho muito que colocar em ordem nos blogs, mas vou fazer passo a passo.
    Para mim isso é uma forma de mudança também. Quem diria que eu deixaria para amanhã o que posso fazer hoje.

    Tenha uma linda semana.
    Beijos no seu coração

    ResponderExcluir
  8. Elaine, querida!

    Eu estou arrepiada. Hoje passei o dia lendo minhas postagens e vendo o quanto fui infantil em muitas delas. com esse negócio de eu trocar de blog e carregar meus posts para um blog e outro até setembro do ano passado meus posts estão uma confusão total. A descrição do meu blog já diz que sou uma metamorfose, mas muitos que procuram o primeiro texto ficam espantados, pois não há uma sequência lógica.

    Meu arrepio é que estava pensando o mesmo que você. Tem muita coisa que escrevi e que não escreveria mais. Muito do que pensava e não penso mais.

    Também comecei em 2008 e de lá para cá, principalmente nestes últimos dez meses amadureci um monte e pensava nisso quando vejo seu texto e noto que escreveu tudo o que queria dizer.

    Elaine é transmissão de pensamentos...rs.

    Beijos minha querida. Mudar o pensamento é antes de mais nada amadurecer ideias.

    Uma semana linda para você e família!

    ResponderExcluir
  9. Ei Elaine:
    Esse post me lembra Lulu Santos:
    "Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia, tudo muda o tempo inteiro, no mundo."
    E nós também passamos por essas mudanças e muitas vezes elas são reflexo da maturidade.
    Gosto do jeito que escreve, parece mesmo falar com a gente!
    Que a semana que se inicia seja ótima para você!
    Gdbeijo

    ResponderExcluir
  10. Que bom que vc muda ,que eu mudo,caso contrário não aprenderíamos mais nada.O bom da vida é poder acessar novas informações,assimilar e colocarmos em práticas.Isso causa mudanças de atitudes,ideaise visão.Que bom que todos mudam,afinal somos seres em construção e quero muito mudar meu telhado.Também já fui muito cobrada, hoje sou o que sempre não tive coragem de ser,e estou amando.
    Obrigada oelas dicas nos blogs e boa semana.

    ResponderExcluir
  11. Ah, Elaine, a gente muda mesmo. São tantas coisas, responsabilidades, decepções, alegrias que ajudam a nos modelar, sabe. São coisas que acontecem para que nos tornemos pessoas melhores. Quando eu penso em mim mesma há um tempo atrás, eu me preocupava com tanta coisa que hj é uma besteira; pessoas que me deram motivos para duvidar da amizade, mas que eu não quis ver...Hj diria que sou mais pé no chão, que as pessoas precisam de muito esforço para conquistar minha confiança e que minha filosofia de vida é se preparar para o pior, esperar o melhor e o que vier é lucro.

    Bjs e bom início de semana

    ResponderExcluir
  12. Oi Elaine,
    é verdade mudamos muito, só a essência fica, vamos levando lambadas da vida e das pessoas e vamos vendo que muitos dos nossos conceitos, pré conceitos e sentimentos poderiam ser diferentes e seria melhor ou pior para nós e os outros, por isso que morremos aprendendo, ninguém é dono de nada nem de si próprio. Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Nossa como eu mudei, pareço ser outra pessoa, ás vezes nem eu mesma me reconheço... Mas na verdade eu não gostaria de ter mudado tanto.

    Essa do noivo foi boa, muito boa rs

    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  14. Elaine,
    Concordo com seu texto.
    A cada dia mudamos junto com o mundo, é preciso, não dá pra ficar parado.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. É verdade, Elaine. Se, como dizia Lulu Santos: "tudo muda o tempo todo, no mundo", por que nós não mudaríamos?
    Não mudar nos deixa estagnados.
    Também tenho alguns posts que deletaria. Mas acho que servem pra nos mostrar nosso outro lado.

    Quanto ao noivo, tadinho! distraído, ele! Isso mostra que não se presta atenção a uma cerimônia de casamento, pois será que ele nunca assistiu a um e viu o ritual? Deve ter sido hilário, mesmo!
    Beijo e boa semana.

    ResponderExcluir
  16. Mas mudamos mesmo. Eu hoje me importo com coisas que não me diziam nada tempos atras, e não me importo com tantas outras que pareciam imprescindíveis. Gabriel, o pensador, já cantava sobre isso: "muda que quando a gente muda o munfi muda com a gente".

    Beijas, Laine.

    ResponderExcluir
  17. Corretíssimo, Elaine. Mudar é preciso...

    ResponderExcluir
  18. Boa noite Elaine,
    mas mudar não nos faz bem? Penso que sim, com o passar do tempo amadurecemos e consequentemente mudamos o pensar, andar, comer, querer e assim por diante, não é?
    É da vida, as experiências nos transformam.

    ResponderExcluir
  19. Boa noite Elaine!

    Mudar, tem haver com o morrer a cada segundo, vou além, não somos a mesma pessoa de um minuto atrás, o mecanismo do nosso corpo sempre processando renovando e a nossa mente mais veloz ainda...

    Uma semana luz p/ vc!

    Beijo e ternurasssssss

    ResponderExcluir
  20. Elaine,

    Embora a gente não ache, estamos em constante mudança.
    Sinal que percebemos, absorvemos e processamos o que ocorre em nossa volta.
    Ainda bem!!!!

    Psiu: Meu favicon apareceu....eu achei otimo!

    bjo

    ResponderExcluir
  21. Todos nós mudamos Elaine e o tempo todo, eu mesma vivo me transformando, a vida é assim mesmo, nos faz mudar constantemente!! Acho que se for mudar pra melhor, ainda está valendo, mais conheço pessoas que mudam para pior e só sabe dá soco em ponta de faca!! Beijooooos
    http://artesdosanjos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Como disse o Manoel de Barros "achei certo", Elaine. Acho que permanências são de valores morais, feito caráter, honestidade, respeito e tolerância, o resto são flutuações do tempo e do espaço que vão nos moldando. Havendo base sólida é como a casa da gente (a nossa cara), vamos mudando de acordo com desejos, realidades... Abraços e ótima semana. paz e bem.

    ResponderExcluir
  23. Mudar pra melhor é sempre legal...Mesmo que depois de um tempo, olharmos pra trás e nem gostemos mais de nada que fizemos...Daí, mudamos de novo! bjs,chica e linda semana!

    ResponderExcluir
  24. Gente, como mudamos, né? Ainda bem! Triste seria não mudar! Beijose boa semana!

    ResponderExcluir
  25. Oiii Elaine
    Realmente com o tempo tudo muda. Todos nós mudamos.
    Lendo esse post me fez recordar de várias coisas.
    1º Dizia sempre que nunca mudaria da minha cidade (mudei)
    2º Nessas idas e vindas, me reencontrei com uma amiga de infância, aquela amiga que juramos estar sempre juntas eternamente (rsrsrs). Fiquei super feliz desse reencontro, mas com o tempo de por o papo em dia, me decepcionei.
    Ficamos mais madura sim, mas com valores de vida diferentes. Ela vive me cobrando uma visita, mas não quero esse papo.
    E tem um monte de coisas que mudamos de opinião, vixi me desabafei, pois não tinha contado isso a ninguém!!!
    Super beijo
    jpmulheresnainformatica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Bom dia!!! que bom que você, eu e toda humanidade muda um pouco a cada dia se não, seria muito chato passar anos convivendo ou esbarrando sempre nas mesmas coisas, ideias... etc.Eu adoro rever meus conceitos pra que eu mesma não me ache muito chataaaaa!! Bjs. Elaine vou mstrar seu post pra alguém que é sempre igual e assim quem sabe ela melhora um pouco...rsrsrsr santo de casa nem sempre faz milagres. BJJJJJJJ

    ResponderExcluir
  27. Oi, Elaine! faz tempo que não comento, pq ás vezes é tanto comentário, que mais um, dá a impressão que vc não vai nem conseguir ler...mas queria te dizer que as mudanças no blog estão lindas, suaves, delicadas...amei! e se o blog mudou, é pq vc mudou também...isto é meio lógico...e depois, com o tempo, pessoas inteligentes mudam mesmo, evoluem, crescem, se decepcionam e mudam a visão dos fatos...às vezes passamos a ver com mais clareza as coisas pelo fato de passarmos por inúmeras experiências que nos deixam menos ingênuas mesmo...
    Eu acabei de postar algo falando sobre o que está me acontecendo no mundo da blogosfera...vc até já tinha me alertado tb...e o quanto já está mudando a minha visão do mundo da internet em apenas dois meses de blog...o quanto já fiquei triste (vc sabe) e ainda me alertou que muito mais coisas eu iria passar...nossaaa, como era verdade!!!!
    Mas tudo bem, conquanto mudemos para melhor!!!
    Gosto muito de você, da sua sinceridade. Não gosto de pessoas hipócritas e falsas e amo quem fala o que quer falar na cara, com sinceridade. Para mim, isto é uma grande qualidade. E vc a tem...Que a conserve...sempre...
    Um beijo, com carinho!
    Liz

    ResponderExcluir
  28. Pra variar: disse tudo!!! =)
    ô como muda, tudo, o tempo todo...
    Em tão pouco tempo eu leio alguma coisa e penso que também não escreveria... sei lá... Concordo com tudo! E comentários em posts antigos "cobrando" por algo sem nem perceber a data é f... rsrsrs Desculpe pelo palavreado, amiga!
    O que realmente não deve mudar é o nosso caráter como vc disse, e no meu caso, o medo de barata!!!!rsrs
    A-M-E-I o tom rosado... ficou tão "cute"!!! rsrsrs
    Minha mãe costuma dizer que eu não "tenho mais idade pra tanta coisa"... depois ela mesma completa: "está certa minha filha, se vc gosta, tudo bem..." Isso se aplica muito no "rosa": sempre foi minha cor preferida, aí "cresci", porque deveria mudar de cor???? São coisas que não consigo entender...
    Quanto à "comportamento", aí é outra história... a gente vai mudando, é gradual... a própria cabeça vai tendo novos horizontes, vai se abrindo ao que antes não "entrava"... e os olhos passam a enxergar bem mais com o tempo (ao contrário do que se imagina...rs). Se "enxerga" até com eles fechados!=)
    Obrigada pelo comentário no post! Até que ficou legal vc lá meio, né?rsrsrs Melhor ficaria se fosse "real". Mas um dia, será? Quem sabe...
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  29. Desde os meus 14 anos de idade ouço isso do meu irmão, que me fez fazer um teste e colocar num caderno o que gosto e o que não gosto, e o que achava sobre certas coisas. Após 05 anos, me surpreendi com as mudanças. Tudo bem que dos 14 aos 19 muita coisa muda de uma hora pra outra, e por vezes não temos muitas "opiniões formadas", mas é bem interessante.
    Também confesso que mudei muito, em muitas coisas, opiniões diferentes, faz parte do nosso ser!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  30. Oi, Elaine... vc está certa, todos mudamos... que bom, né. Isso é evolução. Devemos sempre evoluir, pra melhor, de preferência.
    Eu tb mudei muito. Revi alguns conceitos e amizades... e hoje priorizo o que pra mim é mais valioso: minha família. Nenhuma amiga (por mais que me cobre) vai ocupar o 1º lugar da minha vida.
    E assim tb é no blog... no trabalho... enfim... creio que a mudança vem com o amadurecimento em nossas vidas. Isso é bom, né.
    bjs pro cê

    ResponderExcluir
  31. Parece que não mudamos mas mudamos um bocado.
    Sempre penso nisso em uma frase atribuída a Chico Xavier: “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”
    Muitas vezes ate da pra voltar atrás e começar do zero, mas não é mais a mesma coisa Justamente porque as pessoas mudam e o que nós vivemos não se apaga.
    E é claro que tudo que aprendemos muda nosso modo de pensar e encarar os fatos. Gente de mente aberta não é a mesma nem da manhã pra tarde!

    ResponderExcluir
  32. Olá,querida
    Legal o sue post!!!
    A vida passa.. e com ela muitas coisas vão mudando... ainda bem!!!
    Bjs de paz e excelente nova semana.

    ResponderExcluir
  33. Elaine, para uma pessoa que gosta de pensar, refletir, analisar as coisas...mudar é muito natural. porque novas situações acabam por pedir novas atitudes ou formas de pensar/enxergar. e com o tempo a maturidade traz um novo olhar.

    por isso o blog é tão bacana, a gente pode enxergar um retrato do passado, do que fomos um dia.

    estação, clima, cidade, rosto, plantas, comida, moda, tudo muda. quem não muda, parou no tempo, parou na EVOLUÇÃO (isso sim, é grave).

    é isso aí, parabéns por sempre se reinventar!

    boa semana

    ResponderExcluir
  34. Não tem como fugir disso.. tudo muda, todos mudam. Não digo que radicalmente, a essência sempre será a mesma, mas algumas coisinhas vão passando por ajustes, vamos amadurecendo.. isso eh natural. Meu blog eh recente, mas escrevo agendas desde os 15 anos de idade e relendo-as, por vezes, morro de rir de mim mesma. Confesso q tenho medo de mudanças, mas não há como se evitar. A vida eh assim e devemos dançar com ela.
    Bju grande!!!

    ResponderExcluir
  35. Concordo com você sobre as mudanças. Acredito que vamos ficando mais tolerantes com o tempo.
    Essa história do casamento foi demais. Imagino como foi engraçado.
    Bjoka e ótima semana.

    ResponderExcluir
  36. como disse o Raul " Eu prefiro ser aquela metamorfose ambulante/ Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo'

    Tadinho do noivo, devia estar muito nervoso!

    bjs

    ResponderExcluir
  37. Oi minha flor, acabei de mandar um e-mail para você, sobre customização de blog, preciso de você urgente!!rs
    Veja se recebeu e fale comigo, por favor!
    Ah! Procurei suas postagens de 2010 e não achei, você tirou do blog?

    beijos

    ResponderExcluir
  38. Elaine,

    Concordo em tudo com você, esse é um daqueles posts que fazem meu comentário quase virar um post também rsrs

    Eu sofri muitas mudanças, dou graças a Deus por isso, só tem uma coisa que é meio difícil de mudar em mim, quando cismo com algo ou alguém (desconfiar, “implicar”, não ter uma boa impressão, sabe?) levo isso até "o fim". Eu tento, mas, no fundo aquele sentimento paira no ar.

    As palavras ditas é algo mesmo que não se pode voltar atrás, e menina, quantas são as palavras que me arrependo de ter dito?! E mais tarde dizer (por acreditar) o oposto, e ver a pessoa despejando o que você disse séculos antes.

    Assim como você, hoje não dou prioridade ao que dava poucos meses atrás. Algumas coisas deixam de serem importantes, outras mais importantes tomam o lugar, né? Parece difícil para quem está "fora de nós" entender e, muitas vezes, aceitar tais mudanças.

    Acho que amadurecimento é que trás essas mudanças, hoje percebo que minha melhor amiga da adolescência, não era tão amiga assim, muito menos a melhor.
    Que todos os amores da minha vida eram apenas mais um, e não tinha nada de amor ali.
    Enfim, Elaine, só não muda de idéia quem não tem idéia pra mudar, né? Ruim demais conversar com pessoas limitadas que acham que algo que dizemos tem que ser lei, e não pode ser repensado.

    Beijos dessa metamorfose ambulante rs

    ResponderExcluir
  39. Começando pelo fim kkkkkkkkkk... eu ri Elaine, pobrzinho do Edu kkkkkk!!!

    E sim, a gente muda mesmo, de opinião, de gosto, de trabalho(como está doendo deixar minhas crianças), de igreja (como é sofrido deixar minhas adolescentes)... Aliás, começo a pensar que nem as crianças nem as adolescentes são minhas no sentido próprio da palavra, mas deixar sempre doí, mudar as vezes é um processo doloroso...

    Ah, e o blog, é interessante perceber como a gente muda através das postagens... dos diarios... Muito embora as vezes eu perceba nas mudanças muitas continuidades...

    Chero Elaine!

    ResponderExcluir
  40. Que bom que mudamos não?Sinal que não mumificamos no padrão que a sociedade prega ser o correto, temos uma cabeça pensante onde selecionamos o que ainda faz bem ou interessa no momento!Amo seu blog,para mim é muito informativo e autêntico!Boao semana!Angela.

    ResponderExcluir
  41. Oi Elaine,tudo bem?,com o passar dos anos aquilo que a gente achava que era tão importante não é mais....a gente muda mesmo....linda postagem para refletir...gde beijo amiga e otima semana....

    ResponderExcluir
  42. Oi frô!
    Adorei essa sua explanação, pois sempre achei ótima essa característica do ser humano de ser mutante. Claro que é melhor mudar para melhor, mas infelizmente nem todo mundo segue isso à risca. Enfim... A capacidade de mudar a si mesma requer uma boa dose de auto-conhecimento e auto-crítica, então só por aqui já mostra o quanto é evoluído o ser que se permite auto- avaliar-se, e conseguir operar essas mudanças, mesmo que naturalmente ou inconscientemente, é maravilhoso, porque ampliamos 2 vezes mais o nosso campo de visão.

    Um mega xêro pra ti, bonita!
    Paty

    ResponderExcluir
  43. Eu mudo sempre, e gosto de mudar. Não tenho nenhum problema qto a isso. Se me achar equivocada, peço desculpa se precisar e mudo de opinião. Eu gosto de coisas novas, de desbravar lugares, de gente diferente de mim, e mudo sim.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  44. Oi Elaine,boa noite !!
    Engraçado q andei pensando sobre isso neste final de semana...
    E cheguei a uma conclusão; NÃO POSSO TER AS MESMAS OPINIÕES e atitudes de uns 20 anos atrás,afinal estou aqui para evoluir um pouquinho...pelo menos!!!
    Só empaco na questão de bater o olho...e não gostar de uma pessoa...isso não tem jeito,já tentei ser mais maleável mas não consigo mesmo !!
    Já enraizou...mas ainda mudo isso tbm!
    Ahhh fala sério q o noivo repetiu a fala...muito engraçado...
    Elaine,parabéns pelas mudanças!
    Seja feliz !!
    beijo.
    Vania.

    ResponderExcluir
  45. Oi Elane,boa noite!!
    Voltei...desculpe,mas só para dar um exemplo do quanto mudei..até dois anos atrás,determinadas situações q eu teria de dizer NÃO,dizia SIM !!!
    Como sofri anos com isso...a cabeça dizia NÃO...E DA MINHA BOCA SAÍA SIM...!
    Até que um dia dei um basta neste meu sofrimento...nesta minha autotortura!
    Se desagrado alguém...fazer o que...!
    beijo.

    ResponderExcluir
  46. É Elaine, vivemos e aprendemos com as nossas experiências, sejam elas boas ou ruins...
    Assim, mudamos sempre, e esperamos que seja para melhor.
    Interessante que algumas vezes nos surpreendemos e muito com essas mudanças.
    adorei seu texto.
    Um xero bem grande!

    ResponderExcluir
  47. @Vania, boa noite
    Menina, faz tempo que quero responder a comentários seus, mas você não tem blog, né?
    Cria um!
    Você vai gostar!
    Beijos, e obrigada pelas visitas

    ResponderExcluir
  48. estamos sempre em movimento,passamos pelo tempo, e vida vem junto, e estamos todos neste trem...não podemos descer, nem pagar pedágio...o preço da vida é muito mais que isso. esta além.e nunca sabemos a hora que este trem vai parar!

    beijinhos querida

    otimo o teu texto.

    ResponderExcluir
  49. Elaine,
    Este post tem a ver com o momento que eu estou vivendo atualmente.
    Meu marido vive preso ao meu passado. E não aceita as minhas mudanças.
    Se vc tiver um tempinho, passe no Dama, vou explicar tudinho por lá!
    E eu sofro com isso, porque o q passou, passou...
    Mas ele não. E fica me martirizando com isso!
    A gente sempre briga mto por isso!

    A Milene de 2007 é diferente da Milene de 2011!

    E ele não entende isso!

    Adorei o post, e a resposta do seu marido! Dei mta risada aqui!

    bjo

    ResponderExcluir
  50. Olá amiga do meu coração!
    Estava com muitas saudadinhas suas... E por isso passei para deixar um miminho para vc:
    http://dl.dropbox.com/u/2444571/Meu%20Blog/Mimos/Friends.gif
    e não esqueça, que mesmo que eu esteja mais ausente, vc está sempre no meu coração!

    Continuação de uma linda semana!
    Um bjinho grande, Joana Neves

    http://joana-neves.blogspot.com

    ResponderExcluir
  51. Oi Eli.
    Felizmente a gente muda.
    Acho que perde-se algumas coisas e ganha-se outras.
    Bom estar por aqui de novo.
    Bjo grande

    ResponderExcluir
  52. Concordo! Mas "sempre" (kkk) digo: nao estamos na vida a passeio, ficar na janela "olhando a vida passar" e perda de tempo da propria vida! e mudar esta' dentro disso, do aprendizado, do caminho. MAS... A ESSENCIA... AH! ELA NAO MUJDA, NAO! Bjs!

    ResponderExcluir
  53. Oi Elaine!
    Gostei muito desse post. Há tempos venho pensando sobre isso...creio que mudei um pouco com o passar do tempo, mas sempre pensei que quem mudava não tinha firmeza, não tinha "personalidade"...que bobeira! É claro que temos que mudar! Nós interagimos com outras pessoas, vivenciamos novas experiências a cada dia, é certo que vamos aprendendo e nos moldando às novas situações. Hoje compreendo melhor tanta coisa! Mas acho que para algumas coisas, fiquei meio parada no tempo...preciso acordar!
    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  54. Tem toda razao, Elaine. Eu tbm já mudei mt e dou gracas a Deus por isso. Mas a essência da gente,nao muda. E isso tbm é bom.

    As coisas mais importantes que formam nosso caráter, permanecem. Mas nada como o passar do tempo pra nos clarear a mente e o coracao, nao é mesmo?

    Um bj!

    ResponderExcluir
  55. Oi, minha linda
    Pois é, quando eu leio as cartas que escrevia para o maridinho, é ruim heim, que eu escreveria aquilo atualmente. Mudar é preciso. Até nos próprios pontos de vista.
    Beijos

    ResponderExcluir
  56. Elaine
    Já pensou? As mesmas idéias, mesmos pensamentos, mesma forma de agir, de viver? Que coisa chata.
    Ainda bem que mudamos, a cada dia, sempre.
    beijos

    ResponderExcluir
  57. Visite meu blog, tem um " Selinho Inspiração " para você...
    Ficarei contente!
    Beijinho
    mizia

    ResponderExcluir
  58. É da natureza humana mudarmos, então porque negar a natureza humana? Nós estamos aqui na terra para evoluir e nos tornarmos a cada dia pessoas melhores, e isso não é papo de espírita.

    ResponderExcluir
  59. É da natureza humana mudarmos, então porque negar a natureza humana? Nós estamos aqui na terra para evoluir e nos tornarmos a cada dia pessoas melhores, e isso não é papo de espírita.

    ResponderExcluir
  60. É da natureza humana mudarmos conforme vai se passando o tempo, então porque negar a natureza humana? Nós estamos aqui na terra para evoluirmos mesmo, e nos tornarmos pessoas melhores a cada dia!

    ResponderExcluir
  61. Elaine, vou fazer control+C Control+V neste seu post! hahaha!
    Brincadeiras ä parte, concordo com cada vírgula que vc disse! Outro dia mesmo estava discutindo sobre isso com meu marido, que reclamava que mudei muito desde que ele me conheceu. Putz, ainda bem, né? Eu tinha 15 anos! Ja pensou que m#@^&% se eu ainda fosse a mesma? E olha que eu sempre fui cética para uma pá de coisas! Não casei na igreja, não fiz um monte de rituais da sociedade, e tudo mais.
    Adorei ler isso aqui. Beijos

    ResponderExcluir
  62. Elaine querida,quanto tempo nw venho aqui...Te acompanho em todos os post q vc publica,mas eu vejo em meu email, tenho trabalhado muito e isso me fez ausentar dos comentarios nos posts,poxa,q surpresa fiquei ao chegar aqui e me deparar com as lindas borboletas em seu blog...Amei!

    Vc é permitido mudanças,pq sempre esta em busca do melhor,mudar é sempre preciso né, são as mudanças q nos trazem esperanças e fé de que algo pode ser diferente...

    Bj grande querida e seu blog é sempre maravilhoso,amo suas dicas e seus "causos"....

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…