Na chuva

em 8 de abril de 2011

Como sempre acontecia na época da chuvas Elena saiu de casa coberta dos pés à cabeça com a grossa capa azul. Claro que parecia exagero mas antes sobrar capa do que sobrar chuva, ela pensava.
Subiu penosamente a rua enquanto sentia o vento gelado entrar pelas frestas da capa. Tudo embaçado, tudo encharcado e ela tendo que caminhar 10 quarteirões para chegar à fábrica de sacolas. "Será possível que não pára mais de chover?" pensava ela. Os carros passavam lentamente mas mesmo assim os esguichos eram constantes. Quando ela ia atravessar a rua escorregou e o tombo foi inevitável. E humilhante. Ao contrário do que a maioria das pessoas faria ela não levantou de imediato. Ficou sentada no meio fio, deixando a chuva escorrer pelos cabelos que ficaram descobertos com o tombo. A água inundou a capa pelo lado de dentro e Elena sentia as roupas colando no corpo.
Do outro lado da rua Ernesto observava a moça sentada no meio fio. Seu primeiro e natural impulso foi correr até ela e oferecer ajuda. Sabe-se lá se a moça não fraturara uma perna, ou torcera o pé. Mas viu ela se ajeitar no meio fio e permanecer sentada. Viu a horrorosa capa azul cair, revelando cabelos ruivos. Ah, as ruivas! Nada é mais comovente para ele do que as ruivas... Permaneceu sentado dentro do cyber-café. Ela, do outro lado da rua, retirou a capa de vez. Uma espécie de uniforme cinza apareceu. Colado ao corpo. Ela se ergueu lentamente e deu de ombros. A capa azul foi deixada no chão.
Ele se levantou, finalmente. Caminhou para fora do café. A chuva fria e o vento açoitaram-no mas ele nem sentiu. Sempre esperara ser atingido pelo amor como por um raio. E seu raio finalmente chegara. Um raio ruivo, molhado dos pés à cabeça, linda e com a capa azul mais feia que Ernesto já vira. Caminhou em direção à moça.
Elena deixou a capa no chão. Merda, pensou. O dia estava mesmo perdido, então deixou a água escorrer. De repente sentiu um revigoramento, uma alegria. Sempre gostara da chuva: quando menina, no interior de São Paulo, sua maior alegria era correr atrás da enxurrada que levava folhas secas e gravetos em seu curso. A cidade grande faz as pessoas deixarem antigas alegrias para trás. Fechou os olhos enquanto a chuva corria pelo seu corpo. Quando abriu os olhos viu um homem alto, de terno escuro, caminhando pela chuva como se estivesse passeando ao sol de uma manhã de primavera. Ele caminhou decidido em sua direção. Olhou firmemente para ela, que retribuiu o olhar perscrutador. Então aconteceu a coisa mais louca, mais inesperada e mais absurda que alguém poderia imaginar: Ernesto se inclinou, ergueu o rosto de Elena e a beijou. Sem uma palavra, sem um outro gesto. Apenas o beijo.
Porém, muito mais inesperado e louco que o beijo foram as primeiras palavras dela:
-Por que demorou tanto? Te espero há anos...
Desde então, todas as vezes que chove naquele bairro é possível ver uma moça ruiva e um homem alto correndo pela rua como se fossem crianças atrás da enxurrada. Felizes. Rindo. E recentemente um garotinho ruivo acompanha os pais...

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

49 comentários , comente também!

  1. Boa noite Elaine! Que casinha linda!!! Amo lilás, o arranjo de flores, borboletas...enfim, tudo ficou maravilhoso!!! Ainda não aprendi escrever contos!!! Gostaria de participar mesmo...Estou inscrita para o sorteio?
    beijo, Ro

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente, ameeii esse tom reconfortante do novo layout, viu! ;oD Ficou lindo!!

    E aaamo chuva, e nada melhor do que experienciá-la assim, de uma forma inesperada e tão bem acompanhada pelo amor! ;oD

    Aii, tenho que escolher logo o meu, e olha que nem são muitas as opções!! rs

    Xêros, frô!
    Paty

    ResponderExcluir
  3. adorei o desfecho! muito romântico e original. gosto qdo vc escreve contos, histórias...

    vai ser tão legal essa blogagem.
    pera ai q vou te mandar um mail secreto, te prometo que é curtinho

    bom fim de semana

    ResponderExcluir
  4. ah, esqueci de comentar! ficou mto bonito o novo visual do blog, gostei!
    combina com vc.

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Há! Adorei a Elena! E conto veio a calhar, coicidentemente está chuvendo aqui desde ontem, huuu... minha imaginação fez um vôo Elaine, você nem imagina rsrsrs... Essa vida de solteira já tá me dando nos nervos!!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Que delícia... adro seus contos, meu dia já começa bem hoje!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Pois, amiga! Esta faltando é D. Elaine publicar um livro...

    Genial a idéia da publicação, é mais uma força para tantas talentos não conhecidos...

    Cheguei de Sampa, ainda deu tempo de participar do "Culpa Zero", gostei muito do seu post sobre o mesmo. É um absurdo o milagre que temos que fazer com o nosso tempo...

    Um bom fim de semana p/ vc.

    Beijo e carinhos...

    ResponderExcluir
  8. Gente, que lindo este blog. Nas minhas cores preferidas! Rosa até o roxo - eu amo de paixão.
    E o conto? Que doçura... me fez lembrar anos atrás, quando eu lia sem parar, todos os romances, dos clássicos aos mais água com açucar das revistas das bancas de jornais: Julia, Sabrina e etcteras.
    Bons tempos!!! Tomara que muitas meninas escrevam contos lindos para que eu mate a saudade.
    Bjks e parabéns.

    ResponderExcluir
  9. Sua casinha ficou linda! Um charme.
    Acompanho todos os contos publicados aqui,um melhor que o outro.
    Um dia perco a timidez e tiro meus escritos de dentro da pasta.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. oi elanie - ontem vim aqui várias vezes - e davaperfil só para convidados - esava atrás de como colocar aqueles balões os coments -
    por causa do sorteio -
    adoro lilás - dá uma sensação de clama-
    e coo sempre lindo -
    já fiz o bck-up - seráqeu dou conta do recado? de colcoar etes monte de letrinhas - ai ai...
    tõ te esperando pra o sroteio lá dos eus 2 aninhos de blog - e toda semana vai ter surprises-
    bj
    lu

    ResponderExcluir
  11. Ta lindo o blog...adoro essa cor e minha nora (vixi..tenho nora)...ama de paixao..tudo pra ela tem que ser nessa cor...
    Elaine, quem nunca teve experiencias com a chuva hem.. eu mesma me lembro quando morava no interior de SP e minha rua era de terra vermelha..quando chovia aquilo virava um quiabo de escorregadio e a gente escorregava seguindo o curso da agua rua abaixo...quando conseguia chegar em casa so se enxergava os olhos de tanto barro vermelho grudado no corpo...era muito bom e aqui quando chove as vezes eu e meu filho dançamos na chuva...nao tem sensacao melhor que sentir a agua caindo e lavando todos os problemas (claro que momentaneo) embora e deixando a sensaçao de liberdade...bom demais...viajei..rsrsrs
    Adoro seus contos e estou escrevendo o meu...
    Bom final de semana
    Bjs carinhosos
    Marcia

    ResponderExcluir
  12. Senti falta das tulipas... Tao lindas!

    ResponderExcluir
  13. Lindo conto e linda casinha lilás! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  14. Adoro romance, e esse conto fez o sábado ficar ainda mais gostoso. ;oD

    Sua casa de cara nova ficou um luxo, tão delicada quanto você. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Amiga, amiga, amigaaaa??
    Fudeu!
    E segui o seu tutorial para enumerar os comentários...mas acho que fiz cáca! lembra que vc tinha colocando a opção de responder comentário no bloguito? então...não tem mais...que ki eu fiz?
    Miajuda? publica tutorial ensinando colocar vai? Plizi!

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Ah....esqueci de comentar sobre o conto! rsrsrs doida né?

    Lindo! e quanto a casinha Liláz? UM LUXO!

    falar mais pra quê?

    beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi, Elaine

    Que conto lindo, o romance deixe as nossas vidas mais leve...

    o blog ficou lindo lindo!! amo as flores

    tenha um lindo final de semana, minha amiga virtual.

    bjoss com carinho

    ResponderExcluir
  18. Casinha Lilás... isso soa como música né! Mas uma música suave e serena, adorei sua casinha nova, muito aconchegante e acolhedora. Quanto a chuva, ah a chuva! sempre romântica e imprevisível, bela narrativa no conto, e que ruivinho lindo ... pude visualizá-lo ao lado dos pais percorrendo as ruas na hora da chuva e ainda tentando limpar o rostinho respingado das gotas da chuva... Bjss

    ResponderExcluir
  19. Vou retocar meu cabelo falso-ruivo, e sair correndo na próxima chuva, quem sabe dou sorte! rsrs Adorei o conto. E o template então lindo demais, em cada detalhe, mulher caprichosa.
    E se cuida, hein! Ai ai ai

    Beijossssss

    ResponderExcluir
  20. Elaine
    Pena que só sei escrever o que vejo.
    Mas um dia arrisco alguma coisa hoje não.
    Eu adoro o cheiro da chuva.
    E se estivese lá em casa eu estaria na chuva, mas aqui com os carros andando e nos jogando agua. O bom mesmo é ficar em casa.
    com carinho MOnica

    ResponderExcluir
  21. Linda demais sua casa nova! No capricho!
    O conto, adorei.
    O meu fala de desencontro e reencontro.
    Mas vou pensar, pra ver se envio.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  22. Quando abri o blog para prestigiar vc, achei q tinha aberto o blog errado!
    Ficou mega-ultra-chique!
    Eu gosto de lilás, e amo borboletas!

    E amei seu conto sabe? Estou até inclinada a participar... Tem uma história rondando a minha cabeça... faz um tempinho...
    Vamos ver né? Tô meia sem tempo, mas vou dar um jeito aqui...

    bjo

    ResponderExcluir
  23. Ei Elaine... Esse conto é envolvente e inspirador...rsrss

    O blog está lindo! Alías como tudo que você faz! Aí dentro tem talento aos montes!!!

    Estou trabalhando no conto e em breve enviarei para você!

    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  24. Bom... eu ADORO lilás! Ficou lindo!!! Elaine, que conto lindo esse! E a notícia da diagramação de presente é ótima! Puxa vida, vai ser lindo isso!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  25. Oi Elaine, me desculpe, mas nem consegui prestar atenção no conto, fiquei de boca aberta com a nova decoração da casa rsrs. Adorei tudo desde a cor final as flores, tudo lindo, parabéns. beijos

    ResponderExcluir
  26. OLA ELAINE,sua casinha era linda,
    agora ficou maravilhosa,vc tem muito bom gosto,parabens menina e
    um bom fim de semana.bjos

    ResponderExcluir
  27. Amiga,teu cantinho ficou mara.
    Amei as borboletas.
    Eu gosto delas assim,nos desenhos,as de verdade me apavoram,coisa de mulher madura né.
    Então,na próxima eu te chamo e vamos rezar para ter próxima,pois esse evento promete muitos outros.
    Menina o Cauã é todo perfeitinho,uma graça,mas homi lindio mesmo é o Carmo,Deus tenha misericórdia,quase morri.
    Mas ninguém deixava o cara em paz,não deu pra fotografar,apesar de ter chegado bem pertinho e ter podido ver a coisa de louco que ele era.
    A bolsinha eu te empresto,é só falar.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  28. Olá Elaine!
    Adoro ler ... e venho sempre ler algo aqui ! Tudo mutcho lindo ! amei o lilás ! Ficou leve ... gostoso de olhar !!! e a borboletinha então ! maravilhoooosa ...
    Um forte abraço,
    Rose Ramos

    ResponderExcluir
  29. Olá Elaine, sua casinha ficou super aconchegante. De muito bom gosto, na verdade está fofa!bjinho.

    ResponderExcluir
  30. oi!!! Adorei o lilás!! Ando apaixonada por essa cor...

    beijinhos e um bom domingo pra vc!!

    ResponderExcluir
  31. Oii, achei usper romantico, adoro o amor!!!rss quanto ao seu cantinho lilás, ficou lindoooo!!
    Ahh já te respondi aquele email, desculpa a demora,é que corri para xuxux essa semana para dar conta de tudo por aqui!!!rs
    beijuu
    Amanda
    www.sermulhereomaximo.com.br

    ResponderExcluir
  32. Que conto lindo, e romântico! Amei demais ^^

    Faz tempo que criei um blog de contos, mas ainda não inaugurei, hehe... nem sei se vou! ;)

    Bjoos!

    ResponderExcluir
  33. Noite Elaine, amei sua casinha lilas. Linda como você. To na espera do meu livro autografado. Beijos

    ResponderExcluir
  34. Não li o post, mas vim dizer que gostei do lilás, porque refrescou, rejuvenesceu.

    beijooooo

    ResponderExcluir
  35. Adorei. Sou tão romântica.
    Um dia eu sei, vou ter e ler um livro do Um pouco de mim por Elaine Gaspareto.

    Adorei o lilás, você tem tão bom gosto, muda uma coisinha e parece ter mudado tudo.


    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  36. Adorei. Sou tão romântica.
    Um dia eu sei, vou ter e ler um livro do Um pouco de mim por Elaine Gaspareto.

    Adorei o lilás, você tem tão bom gosto, muda uma coisinha e parece ter mudado tudo.


    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  37. olá, só tinha visto a flor do lado direito , esse visual ficou beem mais lindooo ! quem sabe, sabe..depois gostaria q vc me ajudasse no seguinte: coloquei AddThis no meu blog mas reparei q o post q quero mandar pro face ou twitter é outro ou então vai o blog inteiro.. o q fiz de errado? vc me orienta no conserto? obrigada bjks LIN

    ResponderExcluir
  38. olá de novo .. estou rascunhando um conto .. sem experiencia mas vou me aventurar .. bjks LIN

    ResponderExcluir
  39. Ei, gostei muito do lilas ... parabébns.

    ResponderExcluir
  40. Oi Elaine,

    O blog ficou lindo, de lilás, adorei. Parabéns!

    Gostei bastante do conto também. Será que consigo produzir um? Tô super afim de participar... Vamos ver!

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  41. Lindo, lindo demais esse novo visual. Gostava muito do outro com a jarra de flores, mas esse é tão suave...
    Bjs
    Renata http://cercaviva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  42. Ai Elaine, que delicia de conto, aff, deu até tremedeira. rsrs
    Apaixonante.
    Parabéns pela sua criatividade viu.
    querida, quanto ao visual do blog, ficou lindinho,
    a sua cara.beijos.

    ResponderExcluir
  43. Elaine, ontem, quando abri não apareceu tudo do seu blog. Só as orquídeas do lado direito... fiquei triste porque amava aquele vaso de rosas cor de rosa... e fiquei pensando, pensando. (como se eu pudesse mudar alguma coisa, né?) Hoje resolvi entrar e olhar de novo pra gostar como gostava do outro template. E não é que ficou maravilhoso? Hoje abriu tudo... amei! Lindo demais... meigo, doce... lindo! Nem senti falta do vaso hoje... mas que era maravilhoso, isso era...
    Beijos
    Fabiana

    ResponderExcluir
  44. Oi Elaine!
    Comentei no outro post e esqueci de dizer: ficou linda sua casinha lilás!
    Muito delicada!
    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  45. Li o Conto e gostei muito. Adorei o casal ter tido um filhinho, rs. Muito bom.

    bjos Luzia Lira

    ResponderExcluir
  46. Elaine amada.
    Amei a inovação e confesso que de primeiro impacto achei estranho. Deve ser porque estava acostumada ao outro LO. Enfim, adorei o conto, lindo mesmo. E adoraria participar da blogagem, mas nunca escrevi um...não sei nem por onde começar. Fiquei triste comigo mesma, pois seria mt bacana explorar esse lado nunca antes requisitado e ainda ver estampado num livro.
    Bjs e até +.

    ResponderExcluir
  47. love at first sight.........pena que na vida real não é tão singelo assim,mas para sonhar é maravilhoso.Vou tingir meus cabelos de ruivo......rsrsrs...bom dia!!!!!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…